Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
APRESENTAÇÃO
A SOMÁTICA desenvolve e implementa p...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
 MANUTENÇAO AUTOMOTIVA:
Implantação de Programa ...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
TRABALHOS RECENTES DA SOMÁTICA NA ÁREA DE
LOGÍSTI...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMA DE CONFIABILIDADE NA ÁREA...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
PROJETO TERCEIRIZAÇÃO DO TRANSPORTE DE DENDÊ
O pr...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
PROJETO CCT DO DENDÊ
O projeto desenvolvido para ...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
DIAGNÓSTICO DO CCT – RENUKA VALE DO IVAÍ
O objeti...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
PROJETO CCT WILSON SONS
O projeto desenvolvido pa...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
MAPEAMENTO DE PROCESSOS DE MOVIMENTAÇÃO DE AÇÚCAR...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
ESTUDO TÉCNICO-ECONÔMICO DE TRANSPORTE POR CABOTA...
Itupeva – SP
(11) 98285-8995 contato@somatica.com.br
www.somatica.com.br
MINI-CURRICULO DOS CONSULTORES
JOÃO UMBIRUÇU CAMP...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PROJETOS SOMATICA LOGISTICA 2015 v1b

285 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PROJETOS SOMATICA LOGISTICA 2015 v1b

  1. 1. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br APRESENTAÇÃO A SOMÁTICA desenvolve e implementa projetos de consultoria customizados para os segmentos de manufatura, logística e serviços, que auxiliam o planejamento nos níveis estratégico, tático e operacional. Utilizando-se de metodologias diferenciadas e modernas ferramentas que integram engenharia, administração, economia e tecnologia de simulação, a SOMÁTICA apresenta ao cliente uma visão ampla e detalhada dos processos, proporcionando o aumento da eficiência, competitividade e conseqüente ganho em produtividade. EQUIPE A SOMÁTICA trabalha em parceria com consultores da área industrial e de logística, compondo uma equipe multidisciplinar formada por engenheiros, administradores, economistas, estatísticos e analistas de sistemas titulados com Mestrado em Engenharia e Administração e especialização/MBA. Para os projetos na área industrial tem uma forte parceria com a Reenge Consultoria Industrial e Logística, formada por consultores com grande vivência na área industrial, com atuação no Brasil e exterior. A SOMÁTICA atua em conjunto com as equipes de seus Clientes executando, na prática do “chão de Fábrica”, os projetos e implantações das filosofias e ferramentas de PRODUTIVIDADE e QUALIDADE. HISTÓRICO A equipe da SOMÁTICA atua no mercado de consultoria há mais de 20 anos, tendo desenvolvido e implementado projetos de grande sucesso. No setor sucroenergético desenvolveu projetos para Grupo São João, Da Pedra, Cerradinho, Itamarati, Usina São José da Estiva, Renuka Vale do Ivaí, Wilson & Sons, Usina Caeté (parceria REENGE), Grupo Raízen (parceria REENGE) . No setor de varejo, em parceria com a REENGE, desenvolve projetos de logística de armazenagem para o Grupo Pão-de-Açúcar, eLog, Whirlpool, Atlas, entre outros A SOMÁTICA atua na prática do “chão de Fábrica”. NOSSA ÁREA DE ATUAÇÃO Logística agrícola Logística rodoviária Logística industrial Manutenção por confiabilidade Treinamentos KPI´s
  2. 2. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br  MANUTENÇAO AUTOMOTIVA: Implantação de Programa de Confiabilidade na manutenção automotiva Lay-out de oficina Dimensionamento dos recursos de Oficina fixa e móvel. Configuração ótima para equipamentos de apoio da manutenção Avaliação da Manutenção Agrícola (estrutura, eficiência, segurança, custo, estratégia, controle e planejamento);  TREINAMENTO: Treinamento de operadores de colhedoras/tratores Motoristas (transbordos, canavieiros....... Supervisores de CTT Planejadores/despachador de frota  LOGÍSTICA AGRÍCOLA: Diagnóstico e melhoria da Cadeia Agrícola Diagnóstico e melhoria do CTT (colheita, transbordo e transporte) Diagnóstico e melhoria do Plantio Mecanizado Dimensionamento da Frota: CTT Veículos de apoio (comboio, caminhão oficina, caminhão borracheiro)  LOGÍSTICA INDUSTRIAL: Avaliação e dimensionamento de centro de distribuição e equipe de picking; Logísticas de Movimentações Internas; Logísticas de Operação de Armazéns; Logísticas de Transportes e Movimentações industriais; Definições de Áreas, Equipamentos e Estruturas porta-paletes; Análise de localização de fábricas e CD´s  LOGÍSTICA RODOVIÁRIA: Avaliação da logística de movimentação Dimensionamento de Pátio de veículos; Avaliação e dimensionamento de sistemas rodoviários de carga; Elaboração de tabelas de frete (tarifa) Dimensionamento de frota  CONCEITOS/TÉCNICAS APLICADAS: JIT e JIDOKA; Melhorias Contínuas; CÉLULAS, KANBAN, MPT, SET-UP Kaizen, Qualidade na Fonte, 5S, Poka-yoke, Gestão à Vista; PAG: Processos Auto Gerenciável; OAC: Operadores Auto Controle; Fluxos Contínuos na produção; Manutenção: Sistemas PCP.
  3. 3. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br TRABALHOS RECENTES DA SOMÁTICA NA ÁREA DE LOGÍSTICA DE TRANSPORTE E CCT ALGUNS CLIENTES: Biopalma/Vale Usina São João de Araras Usina da Pedra Usina São José da Estiva Usina Cerradinho Wilson, Sons Açúcar Guarani (parceria REENGE) Grupo Raízen (parceria REENGE)
  4. 4. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMA DE CONFIABILIDADE NA ÁREA DE MANUTENÇÃO AUTOMOTIVA O objetivo deste trabalho é a implantação de um programa de confiabilidade na manutenção automotiva. ESCOPO DO PROJETO: Devido ao cenário cada vez mais desafiador da indústria sucroalcooleira é necessário que todos os ativos da empresa sejam utilizados em sua plenitude e com custos reduzidos de manutenção. Com o uso de ferramentas de confiabilidade é possível aumentar a disponibilidade mecânica e a capacidade operacional dos equipamentos, ao mesmo tempo que se reduz o custo de manutenção, o número de equipamentos e a equipe de manutenção e operação dos mesmos. O programa aborda todas as etapas necessárias para a mudança da cultura reativa de manutenção para a cultura proativa, desde o treinamento dos multiplicadores até a adaptação do software de manutenção (CMMS) utilizado na empresa. Resumidamente as etapas do programa incluem: • Definição das plantas aceleradas e não aceleradas; • Lançamento do programa nas plantas aceleradas e não aceleradas; • Treinamento dos multiplicadores – Ferramentas de confiabilidade, FMEA, RCM e planos de manutenção; • Levantamento dos ativos da companhia e definição de matriz de criticidade; • Elaboração de planos de manutenção preventivos (PM) e preditivos (PdM) para os equipamentos respeitando a hierarquia da matriz de criticidade; • Desenvolvimento e adaptação de CMMS para a abertura e controle de PM e PdM; • Definição de métricas e modo de acompanhamento de resultados. RESULTADO A mudança de cultura da equipe de manutenção e o uso das técnicas de manutenção preventiva, preditiva e análise de causa raiz racionalizou a manutenção e permitiu um melhor rendimento dos ativos. A disponibilidade mecânica atingiu 86% após 3 anos de implantação (11% de aumento), aumento de 64 t/dia de produtividade da colhedora, redução do número de colaboradores da manutenção em 273 pessoas (8 unidades) e redução do custo de manutenção em R$ 2,00/t. Novidade no setor sucroenergético
  5. 5. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br PROJETO TERCEIRIZAÇÃO DO TRANSPORTE DE DENDÊ O projeto desenvolvido para uma das maiores produtoras mundiais de dendê, teve como objetivo o estudo técnico e econômico da terceirização do transporte do dendê, para apoiar a tomada de decisão sobre a forma de investimento em frota, a ser aplicada para suportar o aumento da produção de matéria-prima.. A empresa inaugurou em 2012 uma usina extratora de óleo de palma (dendê) no município de Moju (PA), a 150 quilômetros de Belém. Uma segunda usina extratora, no Polo Vera Cruz, está em fase inicial de construção, cujas operações irão demandar um volume crescente de frutos para suprir os processos produtivos destas plantas. ESCOPO DO PROJETO: O serviço de consultoria consiste no desenvolvimento de estudo de terceirização do transporte de CFF, para aplicação na unidade da contratante, para os Polos de Moju, Concórdia e Tomé-Açu, no estado do Pará, por meio de análises de cenários técnicos, econômicos e jurídicos, e também pela qualificação técnica e gerencial dos colaboradores envolvidos com o estudo, que serão utilizadas na tomada de decisão estratégica da empresa e no orçamento das safras futuras. Compreende três etapas operacionais: • Análise Técnica • Análise Jurídica • Análise Econômica • Suporte técnico para seleção de concorrentes RESULTADOS O projeto encontra-se em fase final, tendo sido realizado o dimensionamento determinístico da frota, a análise econômica para dois cenários: frota própria e frota 100% terceirizada. Foram identificados e indicados potenciais provedores de serviços.
  6. 6. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br PROJETO CCT DO DENDÊ O projeto desenvolvido para a maior produtora de dendê do Brasil, teve como objetivo Diagnosticar, desenvolver e implantar processos de melhorias no Sistema CCT, para aplicação em quatro polos agroindustriais no Estado do Pará. A empresa inaugurou em 2012 uma usina extratora de óleo de palma (dendê) no município de Moju (PA), a 150 quilômetros de Belém. Uma segunda usina extratora, no Polo Vera Cruz, está em fase inicial de construção, cujas operações irão demandar um volume crescente de frutos para suprir os processos produtivos destas plantas. ESCOPO DO PROJETO: Diagnóstico da cadeia logística agrícola, com propostas de melhorias desde as lavouras até as unidades extratoras, buscando maximizar a utilização dos recursos e a preservação da qualidade da matéria-prima; mapear o sistema CCT, incluindo o corte dos cachos de dendê, as operações de transbordo, o transporte (lavoura-fábrica), o estoque na fábrica e o processo de descarregamento; dimensionar o número de caçambas reservas na indústria, na lavoura (agrícola) e sobre rodas, calculando a necessidade de caçambas para realizar o transporte dos frutos de diferentes áreas de colheita até a fábrica, bem como a necessidade de caçambas para o estoque no pátio da fábrica; desenvolver Processos Auto Gerenciáveis e de Gestão à Vista, fazendo com que estes gerenciem o fluxo e as prioridades, permitindo a todos uma visão instantânea, de fácil interpretação e em tempo real; criar um modelo de simulação para dimensionamento dos recursos CCT e novos cenários (rodoviário e hidroviário), desenvolvendo um Modelo de Simulação para avaliar o desempenho da cadeia logística de suprimento de matéria-prima para a fábrica, em função do dimensionamento da frota de transporte; dimensionar os recursos necessários para o sistema proposto e testar novos cenários de arranjo logístico; dar suporte em automação de despacho dinâmico de caminhões e telemetria agrícola (transferência de dados online, via radio frequência), identificando qual dos sistemas existentes no mercado pode ser implantado na região, incluindo assessoria técnica para a equipe da contratante RESULTADOS O projeto encontra-se em fase final, sendo que as propostas de melhoria apresentadas tem os seguintes potenciais de economia: Redução de 2% no custo das operações de corte e carreamento Redução de 49% da demanda de mão-de-obra Redução de 49% da frota de trator com reorganização dos turnos de trabalho Redução de 25% no custo de transporte Redução de 21% do tempo de usina dos caminhões
  7. 7. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br DIAGNÓSTICO DO CCT – RENUKA VALE DO IVAÍ O objetivo deste trabalho foi diagnosticar e mapear o processo de CCT, incluindo o planejamento e controle das atividades envolvidas. ESCOPO DO PROJETO: A Gerência de Planejamento da Renuka Vale do Ivaí identificou oportunidades de melhoria nas atividades do CCT das unidades SÃO PEDRO DO IVAÍ e SÃO MIGUEL DO CAMBUÍ. Para que se possa obter o máximo de ganhos nestas oportunidades identificadas, é importante que se faça um diagnóstico mais aprofundado da situação, de modo que as ações a serem tomadas possam ser direcionadas para os pontos de maior relevância. O projeto abordou o sistema CCT, incluindo o planejamento da colheita, o corte/colheita mecanizada, o carregamento/transbordo, o transporte e a recepção na usina. DESENVOLVIMENTO: O trabalho foi desenvolvido em 4 etapas:. Logística de colheita Foi identificado e mapeado o modelo logístico da etapa de corte e transporte primário da cana (talhão – pátio de transbordo), identificando os modelos de equipamentos utilizados e o desempenho operacional. Logística de transporte para a indústria Foi mapeado e diagnosticado o modelo logístico de transporte a partir da lavoura até a indústria. Também neste caso, os equipamentos e a infraestrutura necessários deverão ser detalhados. Planejamento do CCT O planejamento das atividades de CCT foi diagnosticado, procurando identificar as tecnologias e metodologias aplicadas na definição das áreas a serem colhidas (sequenciamento), bem como na quantificação e distribuição dos equipamentos. Gestão do CCT Nesta etapa foi identificada a forma como os recursos do CCT (colhedoras, transbordos, caminhões) são administrados, incluindo a tecnologia e metodologia aplicadas nos despacho dos caminhões para a lavoura, bem como as atividades de reparo e manutenção dos equipamentos. RESULTADO Ao final do projeto foi apresentado um relatório com indicação das fragilidades do CCT e recomendações para melhoria da produtividade. Entre as fragilidades foram identificadas o planejamento manual da colheita, sem recursos para otimização da POL; blocos não contíguos; controles operacionais deficientes, entre outros. Como recomendações podem ser elencados: implementação de rotina de controle de tempos operacionais, gestão das perdas na colheita e indicação de medidas para sua mitigação, readequação das carrocerias de cana inteira, adoção de sistema bate- volta. Foi realizada também a análise da rentabilidade dos terceiros no transporte e o dimensionamento determinístico da frota.
  8. 8. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br PROJETO CCT WILSON SONS O projeto desenvolvido para a Wilson, Sons ("Um dos maiores operadores de serviços portuários, marítimos e logísticos terrestres do Brasil, a Wilson Sons iniciou suas atividades no Brasil em 1837, em Salvador, Bahia") teve objetivo assessorar a equipe técnica para a revisão/validação de parâmetros técnicos e operacionais considerados na elaboração da proposta técnica de terceirização das atividades de corte, carregamento e transporte de cana-de-açúcar (CCT). ESCOPO DO PROJETO: Elaboração de cartilha didática sobre o sistema CCT incluindo terminologia aplicada, visão sistêmica do sistema, Mapeamento do fluxo da operação, definindo principais pontos de controle e indicadores a serem utilizados (com benchmarking destes principais indicadores); Definição das principais despesas operacionais a serem consideradas, informando benchmarking e drivers para validação dos números utilizados Definição dos principais investimentos pré-operacionais a serem considerados, informando benchmarking e drivers para validação dos números utilizados Avaliação das condições geográficas da região onde será efetuado o CCT, especialmente as condições de solo e declividade, que podem afetar diretamente a produtividade dos equipamentos envolvidos. Avaliação das características técnicas e operacionais dos equipamentos selecionados pela Wilson, Sons observando a sua adequação às características geográficas da região, às características físicas da usina (disposição de equipamentos, tais como balanças, sondas de amostragem, mesa de descarga e pátios de caminhões), bem como aos níveis de serviço esperados. Analisar as características dos processos de manutenção mecânica previstos pela Wilson, Sons, incluindo o dimensionamento da oficina. Avaliar alternativas de terceirização destas atividades x recursos próprios Análise dos parâmetros técnicos considerados no dimensionamento dos equipamentos, tais como produtividade esperada, velocidades de equipamentos, tempos e eficiências. Analisar os parâmetros econômicos considerados no projeto, tais como custos de aquisição e de manutenção de equipamentos e sua vida útil estipulada. Análise das características operacionais consideradas no dimensionamento da estrutura de pessoal, considerando motoristas, operadores de máquinas, engatadores de composições, equipe de supervisão e coordenação, bem como equipe de apoio administrativo e de manutenção mecânica. Avaliação dos procedimentos de troca de turnos e o dimensionamento de folguistas. Análise dos parâmetros econômicos da folha de pagamento tais como salários e encargos. RESULTADO Ao final do projeto a equipe técnica foi treinada sobre os principais conceitos do CCT. Foram elaborados o dimensionamento da frota de CCT, com toda a estrutura de custo, bem como definida a estrutura organizacional de RH. A empresa venceu a licitação, porém declinou do contrato
  9. 9. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br MAPEAMENTO DE PROCESSOS DE MOVIMENTAÇÃO DE AÇÚCAR -RAIZEN PROPÓSITO: Mapear o processo de movimentação de açúcar para armazéns internos, armazéns externos e retorno para dissolução, nas unidades Barra e Tarumã, investigando as vulnerabilidades do sistema e do processo. estocagem do açúcar ESCOPO DO PROJETO: Levantamento de informações junto aos usuários Desenho do processo AS IS Identificação dos principais problemas Proposição e validação de melhorias/mudanças (tanto de sistemas quanto operacionais) Desenho do processo TO BE RESULTADO: Ao final do projeto foram identificados os pontos de vulnerabilidade no sistema de gestão da produção, da controle de estoques e de emissão de notas fiscais. Exemplo de mapa de processo gerado:
  10. 10. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br ESTUDO TÉCNICO-ECONÔMICO DE TRANSPORTE POR CABOTAGEM OPERADOR LOGÍSTICO O objetivo deste trabalho foi a avaliação técnico-econômica do transporte de por cabotagem. O cliente é um grande operador logístico. ESCOPO DO PROJETO: Em virtude do aumento da produção do mercado do cliente, bem como da mudança dos mercados consumidores, notadamente o aumento da participação das regiões norte, nordeste e centro-oeste, aliado às características que regulam a atividade, o cliente identificou a oportunidade de uso de cabotagem para a distribuição de mercadorias do segmento em que é líder de mercado. O projeto abordou o sistema de transporte pelo multimodal rodoviário/marítimo, desde as fábricas até centros de distribuição, com navegação pela costa brasileira. Atualmente 100% da produção é distribuída no Brasil unicamente por rodovias. Neste estudo foram considerados os seguintes aspectos: Mapeamento de portos candidatos à utilização como hub de distribuição, com avaliação de suas características (organização, aspectos legais e fiscais que impactam a operação do porto; infra-estrutura local e retro portuária – acessos, cais, pátios etc.); Identificação e qualificação dos navios disponíveis no mercado; Análise do mercado, com identificação da participação de cada região, agrupando os dados por fabricante; Estudo de alocação de CDs (centros de distribuição) com a avaliação da zona de influência de cada um, no que tange à distribuição de veículos; Determinação do custo logístico total da distribuição para cada porto identificado como potencial; Visitas aos portos e organismos envolvidos (públicos e privados – empresas potencialmente parceiras, órgão gestores, administrações portuárias, agenciadores etc.). RESULTADO Foram visitados 14 portos marítimos ao longo da costa brasileira. Para cada um deles foi elaborado um relatório com a descrição de suas características (organização, aspectos legais e fiscais que impactam a operação do porto; infra- estrutura local e retro portuária – acessos, cais, pátios etc.). Ao final do projeto foi elaborado um relatório com a geração de uma matriz de avaliação, em que os portos foram classificados de acordo com sua aptidão/adequação para uma operação de cabotagem.
  11. 11. Itupeva – SP (11) 98285-8995 contato@somatica.com.br www.somatica.com.br MINI-CURRICULO DOS CONSULTORES JOÃO UMBIRUÇU CAMPOS MUNDIM: Mestre em Engenharia de Sistemas Logísticos pela Escola Politécnica da USP - Tecnólogo em Processamento de Dados pela Fatec. Desenvolveu e implantou projetos por 09 anos no Centro de Tecnologia Coopersucar para sistemas de controle de frotas e de Mão de Obra - operadores, para sistemas de avaliação de equipamentos e sistemas de dimensionamento de frota. Desde 1998 atua como Consultor em Logística para as áreas automobilísticas, siderurgias, minerações e agro business, tendo atuado em projetos de simulação para empresas de grande porte tais como: ACESITA, ARACRUZ, BELGO MINEIRA, CIA SIDERÚRGICA DE NACIONAL – CSN, CIA SIDERÚRGICA DE TUBARÃO – CST, ELEKTRO, FORD, MERCEDES BENZ, PETROBRAS, TEGMA, VILLARES METALS E USINAS DE ÁLCOOL E AÇÚCAR (GRUPO USJ, CERRADINHO, USINA DA PEDRA,). Entre outras. Ministra treinamentos em simulação com Arena. É professor convidado de Simulação de Sistemas no Curso de Especialização em Logística Empresarial – CELOG, da Fundação Vanzolini. Professor das disciplinas de Mecanização Agrícola e Gestão da Logística Agroindustrial no curso de MBA Gestão e Produção de Álcool e Açúcar do IAT. Trabalhou por dois anos na TEGMA Gestão Logística S.A., como Consultor Especialista de Projetos Logísticos, coordenando equipe de analistas de projetos responsáveis pelo desenvolvimento de estudos de novos projetos, bem como quanto à avaliação dos atuais negócios, visando obter retorno dos investimentos compatíveis com os objetivos da empresa. HELMUT WINTRUFF KÖLLER: Pós-graduado em -Planejamento da Manutenção – INPG, Logística, USP/EE S.Carlos e -Engenharia Econômica, Unimep/Piracicaba. MBA em Agronegócio com ênfase no setor sucroalcooleiro – FGV/COC. Engenheiro Agrícola – Unicamp. Amplo conhecimento em motomecanização (Operações e Corporativo, P&D e Planejamento) com mais de 25 anos de atuação no setor sucroenergético, onde adquiriu experiência em Desenvolvimento e implantação de programa de confiabilidade e otimização de ativos; gerenciamento de CTT e manutenção dos equipamentos; prospecção e disseminação de novas tecnologias e processos, visando o aumento de produtividade e redução de custos; desenvolvimento e implantação de programa de treinamento para a área de manutenção e operações agrícolas; gerenciamento de operações agrícolas desde a formação do canavial até a colheita; liderança e desenvolvimento de equipes de alta performance (incluindo jovens talentos) com ênfase em resultados; definição da configuração ótima (sob o aspecto operacional, manutenção e custos) de equipamentos agrícolas, entre outras. Experiência profissional desenvolvida nas empresas Bunge Açúcar & Bioenergia, Brenco (atual ETH), Empresas JP, Gatec, Centro de Tecnologia Copersucar e Florin / Grupo Simão. Palestrante em importantes seminários do setor sucroenergético como “5º Seminário sobre Redução de Custos na Agroindústria Canavieira” com o tema “Transporte de Cana de Alto Desempenho: uma importante opção de redução de custos do CCT” (set/2006); II InfoCana com o tema “Tecnologias inovadoras de Planejamento e Controle da Produção Agro- industrial – Ganhos de Eficiência com a Automatização das Operações” (ago/2004) e IV Simpósio Agroindustrial de Inovações Tecnológicas STAB com o tema “Simulação de Operações Motomecanizadas do Setor Sucroalcooleiro” Participou de missões técnicas e viagens internacionais como visita à feira Agritechnica (Hannover) e visita às fábricas John Deere (Mannheim e Zweibrücken) e: participação no Congresso Arenasphere (Pittsburg, PA) e visita à usina US Sugar (Clewiston, FL).

×