140226 argbras2014

275 visualizações

Publicada em

Argentina e Brasil 2014

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
275
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

140226 argbras2014

  1. 1. Argentina e Brasil 2014 26 de feverejro de 2014 robertotroster@uol.com.br
  2. 2. Brasil 2014 13 de feverejro de 2014 robertotroster@uol.com.br
  3. 3. 3
  4. 4. Crescimento do PIB 8 1989 6 4 2.9 2.7 2 0 -2 -4 América Latina FMI Mundo
  5. 5. Crescimento 6.0 5.2 5.0 4.5 3.7 3.9 4.0 3.0 3.0 2.7 2.6 3.0 3.3 2.0 1.0 0.0 Mundo Comércio 2013 FMI 2014 América Latina 2015
  6. 6. Crescimento 2.0 1.5 1.0 0.5 -0.5 -1.0 -1.5 -2.0 1.5 1.4 0.5 0.8 0.2 -1.2 Alemanha França 2013 FMI 1.1 -1.8 Itália 2014 Espanha 2015
  7. 7. Jan/99 Nov/99 Sep/00 Jul/01 May/02 Mar/03 Jan/04 Nov/04 Sep/05 Jul/06 May/07 Mar/08 Jan/09 Nov/09 Sep/10 Jul/11 May/12 Mar/13 Jan/14 US$ / Euro 1.8 1.6 1.4 1.2 1.0 0.8 0.6 0.4 0.2 0.0 1.37 1.14 Bloomberg
  8. 8. Jan/94 Feb/95 Mar/96 Apr/97 May/98 Jun/99 Jul/00 Aug/01 Sep/02 Oct/03 Nov/04 Dec/05 Jan/07 Feb/08 Mar/09 Apr/10 May/11 Jun/12 Jul/13 Libor 6 meses US$ % anual 8 7 6 5 4 3 2 1 0 6.98 3.43 0.33 Bloomberg
  9. 9. Cotação do ouro US$ 2,000 1,800 1,600 1,400 1,200 1,000 800 600 400 200 0 Bloomberg 1,771.1 1,336.8 1,202.3
  10. 10. Cotação Soja US$ 2,000 1,800 1,600 1,400 1,200 1,000 800 600 400 200 0 Bloomberg 1 375.00
  11. 11. 11
  12. 12. Dívida pública/PIB 2013 80 68.3 70 60 50 47.8 40 30 18.6 20 12.9 10 0 Argentina FMI Brasil Chile Peru
  13. 13. Déficit público 1.0 0.5 0.0 -0.5 -1.0 -1.5 -2.0 -2.5 -3.0 -3.5 0.6 -0.6 -2.7 -3.3 Argentina The Economist Brasil Chile Perú
  14. 14. Investimento / PIB 2013 30 25 27.9 25.7 24.2 19.2 20 15 10 5 0 Argentina FMI Brasil Chile Peru
  15. 15. Mercado ações % PIB 40 37.05 35 30 25 20 17.32 15 10 5 0 2.44 0.31 Argentina Banco Mundial Brasil Chile Peru
  16. 16. Custo por conteiner 2,500 2,215 2,000 1,650 1,500 980 1,000 890 Chile Peru 500 0 Argentina Banco Mundial Brasil
  17. 17. Exportações % PIB 40 34.2 35 30 25.6 25 20 19.7 15 12.6 10 5 0 Argentina Banco Mundial Brasil Chile Peru
  18. 18. Dias para abrir uma empresa 120 107.5 100 80 60 40 25 25 20 5.5 0 Argentina World Bank Brazil Chile Peru
  19. 19. Doing Business 2014 140 126 116 120 100 80 60 34 40 42 20 0 Argentina Brasil Doing Business 2014 (189) Chile Peru
  20. 20. Câmbio em 1 ano 60 55.0 50 40 30 21.9 17.2 20 8.9 10 0 Argentina The Economist Brasil Chile Perú
  21. 21. Projeção do PIB 2014 5.6 6 5 4.1 4 3 2.2 2 1 0 -1 -0.6 Argentina Brasil Chile 2014 The Economist Perú
  22. 22. 22
  23. 23. 24
  24. 24. Câmbio • • • • • • • Curva J Expectativas e setor real Balanços Investidores Estoques Inflação Incertezas
  25. 25. Posição de inv. internacional (A-B) Ativo (A) Investimentos Reservas Outros Passivo (B) IED Investimento em carteira Empréstimos Outros -712.2 -1,000.0 BCB -500.0 755.8 297.4 360.9 97.4 1,467.9 715.9 547.4 190.9 13.7 - 500.0 1,000.0 1,500.0 2,000.0
  26. 26. Relação dívida/PIB • Aumenta: juros e déficits • Diminui: crescimento do PIB e superávits • Importância do primário
  27. 27. A armadilha B A
  28. 28. Déficit público 8 6 4 5.28 3.28 5.18 5.71 2.61 2.48 4.87 5.18 3.28 2.48 2 0 -2 -2.00 -4 2009 -2.70 2010 Nominal BCB -3.11 2011 Juros -2.39 2012 Primário -1.90 2013
  29. 29. BCB Líquida Bruta Aug/13 Mar/13 Oct/12 May/12 Dec/11 Jul/11 Feb/11 Sep/10 Apr/10 Nov/09 Jun/09 Jan/09 Aug/08 Mar/08 Oct/07 70 60 50 40 30 20 10 0 May/07 Dec/06 Dívida pública 56.4 46.1 58.5 34.6
  30. 30. Juros implícitos na DLSP 17.5 17.0 16.5 16.0 15.5 15.0 14.5 14.0 13.5 13.0 16.9 15.1 14.6 2007 BCB 2008 16.9 15.0 14.9 14.4 2009 2010 2011 2012 2013
  31. 31. Transações externas 4 2.81 3 2 1 -0.62 -1 -2 -3 -2.20 -4 -5 Conta corrente BCB 2.82 2.94 0.73 -0.22 -2.60 -3.67 Investimentos externos NFE
  32. 32. Projeções do PIB 4.0 3.5 3.0 2.5 2.0 1.5 1.0 0.5 - 3.63 2.95 3.55 2.00 1.67 2014 BCB 2015 2016
  33. 33. Riscos • • • • • • • Bolha Crescimento nos EUA Crise em emergentes China Problemas no Euro Oriente médio Clima
  34. 34. 37
  35. 35. 38
  36. 36. 40
  37. 37. 41
  38. 38. Sinergia Argentina Brasil • • • • • • • Turismo Educação Esportes Cultura Infraestrutura Empresários Economia
  39. 39. Balança com Argentina • Renda de investimentos diretos • Despesa US$ 134 milhões • Receita U$ 163 bilhões • Exportações 8,1% • Manufaturados 19,4% 44
  40. 40. 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 Exportações para Argentina 25 22.7 20 19.6 15 10 5 0.7 0 Ministério do Desenvolvimento US bilhões
  41. 41. Âncora ou acelerador? • • • • • • • SML Contas na moeda do parceiro Coordenação de política externa Potencial de comércio Sincronização de políticas macro Integração com Aliança do Pacífico Operação Parceiros
  42. 42. Consultoria independente em assuntos bancários, gestões de riscos, capital, liquidez, margens e crédito, planos de negócios, guias de investimento, estudos técnicos, competitividade, benchmarking, macroeconomia, cenários, testes de estresse, road shows, regulamentação e projetos. A carteira de clientes inclui os bancos: Paulista, Luso Brasileiro, VR, Prosper, BCN, CIT, Bradesco, Pecúnia, da Amazônica, Antônio de Queiroz, Geral do Comércio, BanPará e Semear, e Prefeitura Municipal de Campinas; Igeoc; Confederação Nacional da Indústria; Sebrae; Cooperativa de Bancos da Alemanha; Paranapanema; Brasil EcoDiesel; Companhia Melhoramentos Norte do Paraná; Serasa Experian; Willian Mercer; Atalntic Rating; Banco Mundial; Cooperforte; Supervisão Bancária da Colômbia e o Fundo Monetário Internacional. Roberto Luis Troster é o sócio principal da Troster & Associados e é doutor em economia pela USP, pós graduado em banking pela Stonier School of Banking; foi economista chefe da Febraban, da ABBC e do Banco Itamarati, ex diretor adjunto dos bancos Finasa e Mercantil de São Paulo foi membro fundador da Câmara de Administração de Assuntos de Risco, lecionou na USP, Mackenzie e PUC-SP.

×