Sua transmissão            on-line é lucrativa?            4 questões que empresas de rádio            devem se perguntar ...
A Saga Communications, uma empresa de transmissão com mais de 100 estações de rádio     em 29 mercados dos EUA, está consi...
Estes ouvintes são altamente atenciosos, cada vez mais sociais, conectados em         casa, na academia, no carro e respon...
É assim que a indústria de radiofusão terrestre funciona, no entanto, quando streaming    de áudio e por ar são analisados...
“A emergência da Webcast Metrics da Triton Digital como um serviço de medição de público    primário de rádios de Internet...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Triton Digital White Paper: Sua Streaming é lucrativa?

425 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
425
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Triton Digital White Paper: Sua Streaming é lucrativa?

  1. 1. Sua transmissão on-line é lucrativa? 4 questões que empresas de rádio devem se perguntar para fazer acontecer.Sua transmissão on-line é lucrativa?Page 1
  2. 2. A Saga Communications, uma empresa de transmissão com mais de 100 estações de rádio em 29 mercados dos EUA, está considerando acabar com sua transmissão on-line. Por quê? "As vendas de publicidade não estão cobrindo os custos”, diz o CEO, Ed Christian. Ele está pensando em colocar um fim na transmissão por web em algumas ou todas as estações de rádio da Saga.1 Apesar de uma recusa insistente por muitas transmissoras em acreditar o contrário, ouvintes e receita de anúncios estão fugindo das transmissões por torres. O público espera disponibilidade de áudio por transmissão entregue em vários dispositivos com conectividade por Internet a qualquer hora e lugar. Para manter, crescer e interessar seu público, é obrigatório monetizar cada interação possível com sua marca. Isto é possível. Uma combinação de vendas de anúncios e oportunidades mais inteligentes para anunciantes agrega um modelo de negócios inteligente, que proporcionará a cobertura dos custos de transmissão por web e garantirá lucros. Pergunta 1: Para onde os ouvintes e anunciantes foram? A migração de radiofusão para áudio por streaming tem ocorrido rapidamente em mercados maduros e de maneira explosiva em mercados emergentes. Seu público quer e espera poder ouvir seu conteúdo em qualquer hora, dispositivo e lugar. Com este tipo de fidelidade, você realmente quer perdê-los? A rádio é uma mídia interativa, que move milhões de clientes on-line e através de dispositivos móveis toda semana. Quase 80 milhões de usuários da Internet sintonizaram estações de rádio semanalmente em 2011. Até 2015, este número quase dobrará para 158 milhões, graças ao streaming através de smartphones e reprodutores integrados conectados por Wi-Fi.2 Entre 2010 e 2015, estima-se que gastos de publicidade com rádios tradicionais permaneçam relativamente estagnados com um crescimento de apenas 16%.3 Os gastos com anúncios totais no mundo devem aumentar em quase 27%. Os gastos com anúncios globais estão aumentando, mas o nível no rádio não está mantendo o ritmo. O que exatamente está acontecendo com os recursos alocados para as rádios? Ele estão sendo gastos on-line. Durante o mesmo período de cinco anos, gastos com anúncios on-line em todo o mundo devem crescer em mais de 94%.4 Um aumento de 94% nos gastos com publicidade on-line.5 Esta é uma quantidade incrível de receita abandonada por radiodifusoras que não estão abraçando o futuro inevitável e inegável das rádios, que é o streaming. Seus ouvintes on-line são o público que você deseja satisfazer: 1 Inside Radio, 9 de maio de 2012 http://www.insideradio.com/Article.asp?id=2452200&spid=32061 2 The Internet Radio Audience: Personalized, Mobile and Targetable, Lisa E. Phillips, 26 de maio de 2011 eMarketer 3 Comparative Estimates: Radio Ad Spending, 18 de abril de 2012, eMarketer 4 Worldwide Ad Spending: Online Drives Growth, Kris Oser, agosto de 2011, eMarketer 5 Nota: inclui anúncios em banners, classificados, e-mails (somente anúncios integrados), geração de clientes, rich media, pesquisas, patrocínios e vídeos; inclui anúncios móveis dentro de formatos existentes.Sua transmissão on-line é lucrativa?Page 2
  3. 3. Estes ouvintes são altamente atenciosos, cada vez mais sociais, conectados em casa, na academia, no carro e respondem à publicidade. (Ênfase adicionada) - Michael Theodore, Vice-presidente do Comitê de Publicidade Interativa (Interactive Advertising Bureau) 6 Pergunta 2: Já sei onde meu lucro está. E agora? É comum pensar que uma transmissão de conteúdo de radiodifusão simultânea é o caminho mais fácil. Trate o streaming como algo que deve ser feito porque “outras estações já o fazem”. Trate os anúncios como “impressões bônus” para seus anunciantes. Este modelo de negócios já comprovou não ser lucrativo. Caso não tenha lucros, aquelas que estão atentos aos resultados desafiarão a lógica do streaming. Seu público está mudando a maneira de ouvir seu conteúdo, mas ainda estão participando e isso é importante. Por que deixar o dinheiro na mesa? Leve isto em conta: cada vez que um ouvinte clica em seu reprodutor da web ou abre seu app, é iniciada uma campanha pré-roll com áudio ou vídeo? Você tem um ouvinte cativo esperando sua transmissão começar. Esta é uma oportunidade perfeita para pacotes de anúncios exclusivos. Não importa se sua estação esteja transmitindo uma transmissão simultânea de seu conteúdo de radiodifusão ou não, cada início de sessão de streaming é uma chance para uma ótima impressão. Por exemplo, suponha que uma de suas estações tenha 500 mil inícios de sessão por mês. Cada uma das 500 mil vezes que uma sessão de streaming é iniciada, esta é uma oportunidade para inserir publicidade especial. Estações exclusivas de streaming podem tirar vantagem da publicidade de longo e curto prazo, além de posicionamento pré e mid-roll. A publicidade por streaming é, naturalmente, o que realmente impulsiona a receita. Sem abordar as regras e regulações de cada país, é possível e rentável inserir anúncios criados especificamente para seu público de streaming, ao mesmo tempo em que o conteúdo de transmissão é enviado simultaneamente. Agora então é hora de fazer com que sua equipe de vendas de anúncios apresse-se e seja criativa com a venda de pacotes de publicidade específicos para os ouvintes atentos de streaming. Pergunta 3: Como posso valorizar anúncios localizados para meus ouvintes de streaming? O lucro começa com o valor. Para definir um valor monetário aos anúncios ouvidos por seus ouvintes, é necessário primeiro compreender quem são eles. Estes são critérios demográficos, socioeconômicos e geográficos padrão usados para definir públicos de rádio por radiofusão tradicional. Respostas para perguntas como quando, como e onde ouvem geralmente são determinadas por painéis, diários, estimativas e estatísticas. A partir destes dados coletados por empresas de medição de rádio em todo o mundo, cada empresa de radiofusão é capaz de atribuir um valor monetário ao seu público e falar aos anunciantes: “você paga o valor x para que eu coloque seu anúncio para meus ouvintes”. 6 TargetSpot Digital Audio Benchmark and Trend Study, 2012Sua transmissão on-line é lucrativa?Page 3
  4. 4. É assim que a indústria de radiofusão terrestre funciona, no entanto, quando streaming de áudio e por ar são analisados de forma integrada, o alcance do streaming de uma empresa é subavaliado. A monetização de inventário de publicidade é alcançada com dados demográficos completos de ouvintes. Uma vez que os dados por ar são medidos por pesquisas ou painéis, a probabilidade estatística é extrapolada, de modo que um ouvinte único representará um grupo maior. Felizmente, medidas baseadas em censos usadas para medição de streaming evitam estas armadilhas. A entrega de streaming de áudio baseado em IP para qualquer dispositivo pode ser facilmente medida com precisão em tempo real. Em vez de aguardar vários meses pelos melhores dados de ouvintes sobre seu público por ar, imagine ser capaz de fornecer à sua equipe de vendas de anúncios dados muito específicos de maneira rápida. Dados sobre quando homens entre 18 a 34 anos ouvem a rádio ou se você tem um grande percentual de ouvintes concentrado em outro país. Munido deste nível de detalhes, é possível colocar um alto valor em pontos de anúncios uma vez que você pode fornecer prova de desempenho aos seus anunciantes de que sua publicidade alcançará o público alvo. O streaming é uma forma diferente de entregar seu conteúdo então, logicamente, isso exige uma maneira diferente de planejamento de sua estratégia de negócios. Pergunta 4: Medições específicas para áudio de streaming são a resposta? Sim. O Webcast Metrics® da Triton Digital mede mais de 1 bilhão de total de horas ouvidas para áudio por streaming de rádios e sessões em todo o mundo. A metodologia é auditada anualmente pela empresa global de contabilidade Ernst & Young. Nos EUA, trabalhamos com 43 das principais 50 radiodifusoras que receberam credenciamento do MRC (Conselho de Classificação de Mídia). Com o nível de detalhes que pode ser obtido a partir das medições de áudio por streaming, é possível agora criar um ecossistema de publicidade completamente novo. Definir um padrão global definirá a moeda comercial para que os anunciantes possam alcançar seus públicos em todo o mundo e rádios possam monetizar seu conteúdo em níveis locais, nacionais e globais. A metodologia de censo fornece métricas de público com dados definitivos (número, hora, local, nível de participação) indispensáveis ao planejamento de campanhas. O ecossistema comercial floresce. As rádios conhecem o valor e a disponibilidade de inventário, os compradores podem garantir metas de entrega, há uma sintaxe comum e a compra e a venda ocorrem em uma estrutura padrão, responsável e transparente. “Fico realmente ansioso sobre qualquer modelo de negócios [radiodifusão] que conte com estimativas baseadas em amostras. Eu não investiria em um modelo assim. Precisamos migrar nosso conhecimento para longe destas amostras: isso era a economia antiga. A nova economia não se baseia em amostras.” Clive Dickens, Absolute Radio, Reino Unido Triton Digital Session: Medição. Gerenciamento. Monetização. Radiodays Europa, 2012Sua transmissão on-line é lucrativa?Page 4
  5. 5. “A emergência da Webcast Metrics da Triton Digital como um serviço de medição de público primário de rádios de Internet ajudará a indústria.” Price Waterhouse Coopers Global Entertainment and Media Outlook 2010-2014Com o Webcast Metrics®, o áudio por streaming on-line é medido com um nível preciso de certeza,inerentemente impossível com rádios terrestres. A medição define o valor de um anúncio em umatransmissão de uma rádio. Agências e anunciantes aplicam valor de custo, alcance, frequência,impressões e demográficos para preparar compras direcionadas possíveis somente através de áudiopor streaming, e as radiodifusoras têm agora a receita incremental para tornar o streaming rentável.O áudio por streaming como um meio de publicidade muda as regras do jogo. O público pode serdefinido, contado e confirmado. Por que uma empresa de publicidade gastaria o dinheiro de umcliente para alcançar uma meta que não é possível garantir ou confirmar? É mais inteligente gastar amesma quantia para alcançar o público exato (um ouvinte altamente cativado) na transmissão deuma empresa com precisão e controle sem precedentes.A Triton Digital é uma empresa tecnologia que conhece muito bem as rádios. Somos sua parceirapara desenvolver as soluções corretas para suas estratégias de streaming on-line e geração dereceita criativa.Para respostas imediatas em sua região, envie um e-mail um dosendereços abaixo:APAC_sales@tritondigital.comEU_sales@tritondigital.comLATAM_sales@tritondigital.comMEA_sales@tritondigital.comSales@tritondigital.com (EUA e Canadá)Descubra mais em www.tritondigital.com; siga-nos no Facebook, Twitter e LinkedIn.Sua transmissão on-line é lucrativa?Page 5

×