Apresentação
1357092 – Nº 18 – Júlia do Amaral Quintiliano
1357068 – Nº 33 – Vanessa Yukari Hayashida
1357082 – Nº 34 – Vi...
Introdução
Justificativa:
● Tema atual;
● Muito utilizado por adolescentes;
● Todos precisam tomar conhecimento e
cuidado....
Objetivos
Gerais:
● Observar a maneira que jovens de Bauru e
Pederneiras utilizam os fones de ouvido.
Específicos:
● Mostr...
População
Aproximadamente:
● 348.146 habitantes de Bauru;
● 41.497 habitantes de Pederneiras;
5
Amostra
Locais:
● Colégio Preve Objetivo (38 questionários);
● ETEC Rodrigues de Abreu (38 questionários);
● Sesi-337 (74 ...
Histórico
● 1919;
● Fins de comunicação com amplificadores de telefone
e rádio;
● Pesados, grandes e limitados.
7
● 1930;
● Beyerdynamic;
● Comercialização.
8
● 1958;
● Fone estéreo;
● John C. Koss (Koss Corporation).
9
● 1980;
● Intra-Auriculares;
● Se encaixam melhor no ouvido.
10
QuestõesQuestões
12
1) Qual a sua idade?
13
Observações
● Os entrevistados são jovens;
● Motivo:
- Questionários passados no Ensino Médio;
- São os que mais utilizam ...
15
16
Observações
● Porcentagem de quem utiliza fones de ouvido
durante 7 dias surpreendeu o grupo.
● Motivo: Achávamos que essa...
18
Observações
● Porcentagem das opções “até 1 hora” e “1 à 2
horas”, já era esperado.
● Causa:
- Os entrevistados eram
joven...
20
Observações
● Já era esperado a opção “Músicas” ser a
maior.
● Causa:
- Principal utilidade.
21
22
Observações
● Acidentes;
● Motivo: Perda de atenção.
23
24
Observações
● Porcentagem de quem sempre dorme de
fones surpreendeu o grupo;
● Prejudicial;
● Motivo: Esquecimento.
25
26
Observações
● Opção “Preço” ser a maior já era esperado.
● Motivo: Entrevistados procuram por preços
em conta.
27
28
FilmeFilme
29
30
31
Observações
● Os problemas acontecem no futuro.
32
33
Observações
● Era esperado as opções “Alto” ou “Máximo”
com a maior porcentagem;
● Motivo: Volume prejudicial.
34
Nível de Ruído
dB
Máxima Exposição Diária
Permissível
85 8 horas
95 2 horas
105 30 minutos
115 7 minutos
35
Tabela
36
Observações
● Haviam pessoas que não sabiam sobre os
problemas (9%);
● Continuam o mal uso;
● Motivos: Não se importam.
37
38
Observações
● Respostas balanceadas;
● Há uma boa porcentagem de quem acredita
que não utiliza o volume adequado;
● Precis...
40
Observações
● Porcentagem de quem já foi ao
otorrinolaringologista (23%) surpreendeu o
grupo;
● Motivo: Os entrevistados
t...
42
Observações
● Respostas balanceadas;
● Alguns reconhecem o mal uso;
● Outros usam corretamente.
43
Conclusão
● Continuam usando de maneira errada;
● Alguns entrevistados se consideram com
audição ruim;
● Futuro.
44
Blog
http://perigo-fones-de-ouvido.tumblr.com/
45
Agradecimentos
● Professores
Rodrigo Carvalho
Luiz Eduardo Comin
● Família e amigos
46
Referências
http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/12/som-alto-no-fone-de-
ouvido-ameaca-audicao-de-adolescentes...
“A dúvida é o princípio da sabedoria.”
─ Aristóteles.
48
71 c   problemas causados por fones de ouvido - impress
71 c   problemas causados por fones de ouvido - impress
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

71 c problemas causados por fones de ouvido - impress

1.077 visualizações

Publicada em

Slides do trabalho anual, Problemas causados por fones de ouvido, do Colégio (CTI) de Bauru. 2013

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.077
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

71 c problemas causados por fones de ouvido - impress

  1. 1. Apresentação 1357092 – Nº 18 – Júlia do Amaral Quintiliano 1357068 – Nº 33 – Vanessa Yukari Hayashida 1357082 – Nº 34 – Vitor Fabrile Guastala 2
  2. 2. Introdução Justificativa: ● Tema atual; ● Muito utilizado por adolescentes; ● Todos precisam tomar conhecimento e cuidado. 3
  3. 3. Objetivos Gerais: ● Observar a maneira que jovens de Bauru e Pederneiras utilizam os fones de ouvido. Específicos: ● Mostrar que pode ocorrer problemas auditivos no futuro. 4
  4. 4. População Aproximadamente: ● 348.146 habitantes de Bauru; ● 41.497 habitantes de Pederneiras; 5
  5. 5. Amostra Locais: ● Colégio Preve Objetivo (38 questionários); ● ETEC Rodrigues de Abreu (38 questionários); ● Sesi-337 (74 questionários); 6
  6. 6. Histórico ● 1919; ● Fins de comunicação com amplificadores de telefone e rádio; ● Pesados, grandes e limitados. 7
  7. 7. ● 1930; ● Beyerdynamic; ● Comercialização. 8
  8. 8. ● 1958; ● Fone estéreo; ● John C. Koss (Koss Corporation). 9
  9. 9. ● 1980; ● Intra-Auriculares; ● Se encaixam melhor no ouvido. 10
  10. 10. QuestõesQuestões 12
  11. 11. 1) Qual a sua idade? 13
  12. 12. Observações ● Os entrevistados são jovens; ● Motivo: - Questionários passados no Ensino Médio; - São os que mais utilizam os fones de ouvido. 14
  13. 13. 15
  14. 14. 16
  15. 15. Observações ● Porcentagem de quem utiliza fones de ouvido durante 7 dias surpreendeu o grupo. ● Motivo: Achávamos que essa opção não seria a maior. 17
  16. 16. 18
  17. 17. Observações ● Porcentagem das opções “até 1 hora” e “1 à 2 horas”, já era esperado. ● Causa: - Os entrevistados eram jovens, que utilizam fones nos ônibus, dentre outros. 19
  18. 18. 20
  19. 19. Observações ● Já era esperado a opção “Músicas” ser a maior. ● Causa: - Principal utilidade. 21
  20. 20. 22
  21. 21. Observações ● Acidentes; ● Motivo: Perda de atenção. 23
  22. 22. 24
  23. 23. Observações ● Porcentagem de quem sempre dorme de fones surpreendeu o grupo; ● Prejudicial; ● Motivo: Esquecimento. 25
  24. 24. 26
  25. 25. Observações ● Opção “Preço” ser a maior já era esperado. ● Motivo: Entrevistados procuram por preços em conta. 27
  26. 26. 28
  27. 27. FilmeFilme 29
  28. 28. 30
  29. 29. 31
  30. 30. Observações ● Os problemas acontecem no futuro. 32
  31. 31. 33
  32. 32. Observações ● Era esperado as opções “Alto” ou “Máximo” com a maior porcentagem; ● Motivo: Volume prejudicial. 34
  33. 33. Nível de Ruído dB Máxima Exposição Diária Permissível 85 8 horas 95 2 horas 105 30 minutos 115 7 minutos 35 Tabela
  34. 34. 36
  35. 35. Observações ● Haviam pessoas que não sabiam sobre os problemas (9%); ● Continuam o mal uso; ● Motivos: Não se importam. 37
  36. 36. 38
  37. 37. Observações ● Respostas balanceadas; ● Há uma boa porcentagem de quem acredita que não utiliza o volume adequado; ● Precisam mudar de comportamento. 39
  38. 38. 40
  39. 39. Observações ● Porcentagem de quem já foi ao otorrinolaringologista (23%) surpreendeu o grupo; ● Motivo: Os entrevistados tinham pouca idade. 41
  40. 40. 42
  41. 41. Observações ● Respostas balanceadas; ● Alguns reconhecem o mal uso; ● Outros usam corretamente. 43
  42. 42. Conclusão ● Continuam usando de maneira errada; ● Alguns entrevistados se consideram com audição ruim; ● Futuro. 44
  43. 43. Blog http://perigo-fones-de-ouvido.tumblr.com/ 45
  44. 44. Agradecimentos ● Professores Rodrigo Carvalho Luiz Eduardo Comin ● Família e amigos 46
  45. 45. Referências http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/12/som-alto-no-fone-de- ouvido-ameaca-audicao-de-adolescentes-diz-estudo.html http://webnoticias.facomb.ufg.br/pages/42514 http://www.winaudio.com.br/produtos-e-servicos/noticias-em-audiologia/3704- deficiencia-auditiva-atinge-98-milhoes-de-brasileiros.html Data de acesso: 22/05/2013. http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=JrAF4G4-_Dw Data de acesso: 09/07/2013. 47
  46. 46. “A dúvida é o princípio da sabedoria.” ─ Aristóteles. 48

×