As aventuras <br />de<br />Ratatoni<br />
Numa tarde fria de Outono, o rato Ratatoni tinha    uma preocupação: como encontrar a solução para acabar com <br />a fome...
crise<br />De facto, na Ratolândia vivia-se um período de crise. Muitas famílias de ratos não tinham trabalho e a comida n...
Aproximava-se a época do Natal e, sem perspectivas de arranjar um manjar mais apetitoso, como é próprio desta época, Ratat...
Reza a lenda que, na floresta Gatarrante, nunca nenhum roedor se atrevera a entrar. Mais…, nem sequer se atreviam a pensar...
Ratatoni não esqueceu nunca o dia em que o seu pai, um rato aventureiro, foi em busca do famoso livro mágico, que um dia p...
Apesar do perigo que corria, e preocupado com a miséria dos habitantes da Ratolândia, Ratatoni procurou reaver o livro mág...
V…v…v…<br />E eis que Ratatoni consegue alcançar a árvore mais alta da floresta, onde se encontra o famoso e desejado livr...
Aí foi aplaudido por todos os habitantes. Foi considerado um herói.<br />  - Ei! Viva o Ratatoni! É o maior!<br />
   Rapidamente, abriu o livro e disse “Alma querida, alma querida, a todos os ratos trazei comida”. E, a todos os ratos ja...
Natal<br />Sem perder tempo, abriu o livro noutra página e aí leu “Avental, avental, faz aparecer presentes de Natal!”. E ...
Não satisfeito ainda, voltou a abrir o livro e disse “Catrapuz, catrapuz, em cada árvore brilhe uma luz!”.<br />
E, foi assim, que a paz e a harmonia voltaram à Ratolândia!<br />
Autoras:<br />Isaura Ribeiro<br />Rosalina  Castro<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As aventuras de ratatoni[1]

412 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
412
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As aventuras de ratatoni[1]

  1. 1. As aventuras <br />de<br />Ratatoni<br />
  2. 2. Numa tarde fria de Outono, o rato Ratatoni tinha uma preocupação: como encontrar a solução para acabar com <br />a fome na Ratolândia?<br />grande<br />fome<br />
  3. 3. crise<br />De facto, na Ratolândia vivia-se um período de crise. Muitas famílias de ratos não tinham trabalho e a comida não lhes chegava à mesa. Os que tinham trabalho, ganhavam cada vez menos e não conseguiam acudir à miséria dos seus lares, quanto mais à dos vizinhos! <br />
  4. 4. Aproximava-se a época do Natal e, sem perspectivas de arranjar um manjar mais apetitoso, como é próprio desta época, Ratatoni meteu os pés ao caminho e, decidido, entrou pela floresta tenebrosa e misteriosa que todos temiam. <br />floresta<br />misteriosa<br />
  5. 5. Reza a lenda que, na floresta Gatarrante, nunca nenhum roedor se atrevera a entrar. Mais…, nem sequer se atreviam a pensar! Como se pode perceber, aqui viviam os mais assustadores e felpudos gatos que jamais deixariam regressar com vida qualquer rato que aí entrasse.<br />Miau…miau…<br />
  6. 6. Ratatoni não esqueceu nunca o dia em que o seu pai, um rato aventureiro, foi em busca do famoso livro mágico, que um dia pertencera aos seus antepassados e que fora roubado pelos felpudos e horripilantes gatos da floresta Gatarrante.<br /> Seu pai, em vão perdera a vida. Muitos outros valentes guerreiros o tentaram reaver, mas sem sucesso.<br />
  7. 7. Apesar do perigo que corria, e preocupado com a miséria dos habitantes da Ratolândia, Ratatoni procurou reaver o livro mágico, vendo nele a solução para os problemas dos seus. Disfarçou-se de planta, cobrindo-se com as mais variadas e verdejantes folhas que encontrou. Sempre que por ele passava um gato, Ratatoni tremia e, os gatos morriam de susto, ao verem uma planta caminhante. <br />
  8. 8. V…v…v…<br />E eis que Ratatoni consegue alcançar a árvore mais alta da floresta, onde se encontra o famoso e desejado livro mágico da sua família. Aproveitou o momento em que o guardião do livro dormia uma sesta. Com muito sacrifício chegou à copa, agarrou no livro e, de imediato, o abriu. Nessa página leu “Diabrete, diabrete, traz-me um tapete!”.E um tapete voador surgiu. Depressa o levou de regresso à Ratolândia.<br />
  9. 9. Aí foi aplaudido por todos os habitantes. Foi considerado um herói.<br /> - Ei! Viva o Ratatoni! É o maior!<br />
  10. 10. Rapidamente, abriu o livro e disse “Alma querida, alma querida, a todos os ratos trazei comida”. E, a todos os ratos jamais faltou comida.<br />
  11. 11. Natal<br />Sem perder tempo, abriu o livro noutra página e aí leu “Avental, avental, faz aparecer presentes de Natal!”. E muito presentes surgiram.<br />
  12. 12. Não satisfeito ainda, voltou a abrir o livro e disse “Catrapuz, catrapuz, em cada árvore brilhe uma luz!”.<br />
  13. 13. E, foi assim, que a paz e a harmonia voltaram à Ratolândia!<br />
  14. 14. Autoras:<br />Isaura Ribeiro<br />Rosalina Castro<br />

×