TRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUS

743 visualizações

Publicada em

As relações no trabalho, o que a Bíblia tem a dizer sobre a minha vida profissional. Mensagem baseada em Colossenses 3:22 - 4:1

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
743
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
62
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • A Bíblia não nos fala de direitos e deveres, mas sim de obediência e responsabilidade

    O Senhor está presente em todos os aspectos de nossa vida.

    Existe vida espiritual?
  • Para alguns a motivação está na concorrência interna, disputas e medição de prestígio
    Para outros a visão está sempre no concorrente
    Para alguns autônomos comparação com outros
  • Dependência total da chefia
    O bajulador sempre busca vantagens pessoais a partir da intimidade com o chefe
    O fingido aparenta esforço, mas é só quando o chefe está por perto
    O lento só pega quando recebe bronca
  • Quando o interesse financeiro vem na frente
  • TRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUS

    1. 1. Trabalhando para agradar a Deus em minha profissão Colossenses 3:22 - 4:1
    2. 2. A reciprocidade nas relações sob a ótica do cristianismo  A mulher era propriedade do seu marido  “Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela” (Ef 5:25)  “Esposas, sede submissas ao próprio marido, como convém no Senhor.” (Cl 3:18)  Os filhos estavam sob o domínio de seus pais  “pais não irriteis os vossos filhos, para que não fiquem desanimados” (Cl 3:21)  “Filhos, em tudo obedecei a vossos pais; pois fazê-lo é grato diante do Senhor” (Cl 3:20)
    3. 3. A reciprocidade nas relações sob a ótica do cristianismo  O escravo era propriedade do seu senhor, bem como os filhos do escravo  “Senhores, tratai os servos com justiça e equidade” (Cl 4:1)  “Servos, obedecei em tudo ao vosso senhor (...) em singeleza de coração, temendo ao Senhor” (Cl 3:22)
    4. 4. A reciprocidade nas relações sob a ótica do cristianismo “Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus” (Gl 3:28)
    5. 5. “Pois acredito que ele veio a ser afastado de ti temporariamente, a fim de que o recebas para sempre, não como escravo; antes, muito acima de escravo, como irmão caríssimo, especialmente de mim e, com maior razão, de ti, quer na carne, quer no Senhor. Se, portanto, me consideras companheiro, recebe-o, como se fosse a mim mesmo” (Fm 15-17)
    6. 6. A reciprocidade nas relações sob a ótica do cristianismo  Uma ética de responsabilidade mútua  Todas as relações são no Senhor, Jesus Cristo é sempre a terceira pessoa presente  No casamento tratamos nosso cônjuge como Cristo trata a Igreja e como a Igreja respeita a Cristo  Na relação com os filhos, devemos trata-los como Deus trata a seus filhos  Na relação entre servos e senhores, ambos são servos de um só Senhor
    7. 7. As relações no trabalho “Não servindo apenas sob vigilância, visando tão-somente agradar homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor” (Cl 3:22)
    8. 8. As relações no trabalho  Qual tem sido minha motivação para trabalhar?  O que os outros estão pensando? • Meus colegas de trabalho • Meus concorrentes • Os outros profissionais de minha área
    9. 9. As relações no trabalho  Qual tem sido minha motivação para trabalhar?  O que o chefe está pensando? • Se ele mandou tá mandado, não discuto, não penso • Bajulando o chefe terei vantagens • Quando ele não está olhando eu relaxo • Só pego no tranco
    10. 10. As relações no trabalho  Qual tem sido minha motivação para trabalhar?  O dinheiro que você vai receber? • Trabalhando muito recebo uma promoção e ganho mais • Se não me pagam o que eu gostaria de ganhar, não vale a pena se esforçar • Se eu me esforçar ou não o salário é o mesmo • Pra que me dedicar mais? já consigo tirar o suficiente do meu negócio
    11. 11. As relações no trabalho  O que a Bíblia nos ensina? • “Não servindo apenas sob vigilância, visando tão- somente agradar homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor” (Cl 3:22) • “Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens” (Cl 3:23) • “Pois aquele que faz injustiça receberá em troco a injustiça feita; e nisto não há acepção de pessoas” (Cl 3:25)
    12. 12. As relações no trabalho  Todo nosso trabalho é feito para agradar a Deus  A recompensa final o Senhor nos dará  Atos de injustiça são condenados tanto em patrões como em empregados
    13. 13. Objetivos a alcançar  Faça tudo com o máximo de dedicação  Excelência será a minha meta constante. É para o Senhor  Seja proativo  Eu não vou fazer apenas o que me mandam fazer. Eu vou descobrir soluções para problemas antes que eles aconteçam. Serei o projetista e não o bombeiro
    14. 14. Objetivos a alcançar  Acima de tudo, estou servindo ao Senhor, a Ele prestarei contas  Seja honesto e verdadeiro  Lute contra as injustiças  Seja companheiro e ajude seus colegas  Ganhe a amizade de todos. Isto abre portas para o testemunho do Evangelho
    15. 15. Conclusão  Nos relacionamentos, Jesus Cristo é sempre a terceira pessoa presente  Meu trabalho deve ser feito para agradar a Deus, será sempre excelente  Ao Senhor prestarei contas, Ele me recompensará

    ×