SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
 
At 6:1-7
1 Ora, naquelesdias,multiplicando-seo número dos discípulos,
houvemurmuraçãodos helenistascontraos hebreus,porqueas
viúvasdeles estavam sendo esquecidasna distribuiçãodiária.
2 Então,os dozeconvocarama comunidadedos discípulose
disseram:Não é razoávelque nós abandonemosa palavrade
Deus para servir às mesas.
3 Mas, irmãos, escolheidentrevós sete homensde boa reputação,
cheiosdo Espírito e de sabedoria,aos quais encarregaremosdeste
serviço;
4 e, quantoa nós,nos consagraremosà oraçãoe ao ministérioda
palavra.
5 O parecer agradoua toda a comunidade;e elegeram Estêvão,
homem cheio de fé e do EspíritoSanto,Filipe, Prócoro,Nicanor,
Timão,Pármenase Nicolau,prosélitode Antioquia.
6 Apresentaram-nosperanteos apóstolos,e estes,orando,lhes
impuseramas mãos.
7 Crescia a palavrade Deus, e, em Jerusalém,se multiplicavao
número dos discípulos;tambémmuitíssimossacerdotes
obedeciamà fé.
 A escolha estabelece uma nova classe de liderança (v. 3, 4)
o É importante não haver centralização de liderança.
o Os ministérios são formados na medida das necessidades e dos
dons que são distribuídos
 A escolha vem para suprir uma falha, fechar uma brecha (v. 1)
o Não podemos deixar que brechas permaneçam abertas, o diabo
adora usá-las para dividir o povo de Deus
 A escolha visava igualdade, equidade (v. 1b)
o Não podemos admitir parcialidade, desequilíbrio no
tratamento dos irmãos dentro da igreja.
o O tratamento desigual gera insatisfação e “panelinhas”
 A escolha acontece debaixo de consenso(v. 5)
o É importante que haja unidade nas decisões
o Os insatisfeitos hoje serão os empecilhos amanhã
 Três princípiosfundamentaisna casa de Deus:
o Não permitir as brechas, manter-se vigilante
o Tratar a todos com igualdade
o Buscar unidade nas decisões
3 Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa
reputação, cheios do Espírito e de sabedoria, aos quais
encarregaremos deste serviço
1. Homem de caráter confiável, de boa reputação
a. Comportamento e caráter comprovadamente retos dentro
e fora da igreja
b. Demonstra zelo, imparcialidade, honestidade
2. Homem consagrado,cheio do Espírito
a. Guiado pelo Espírito em suas decisões e atitudes
b. Não é crente carnal, valoriza a oração, o estudo da Bíblia
c. Comprometido com a expansão do Reino (veja o exemplo
do diác. Estevão e do diác. Felipe – At 6:7,8; 8:4,5)
d. É colaborador do ministério pastoral
a. É submisso à liderança,
b. Demonstra vigilância, equidade, busca por unidade
c. É servo dos irmãos, pronto para ajudar, disponível
d. Misericordioso, de bom coração, combate a injustiça e o
sofrimento
 Comprometido com o ministério de misericórdia
 Estimula a igreja a cuidar dos pobres e carentes
 Ampara a criança, o idoso, o marginalizado, a viúva
3. Homem sábio que reflete antes de agir
a. Evita contendas, tem equilíbrio, analisa bem cada situação
b. Tem maturidade, não se deixa levar por emoção de
momento, não é traído pela preguiça e não age por
conveniência
c. Tem iniciativa, enxerga situações antes que aconteçam, é
previdente
Peça cópia desta mensagem
enviando e-mail para:
tgssilva@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1 l4 a caminho da maturidade
1 l4   a caminho da maturidade1 l4   a caminho da maturidade
1 l4 a caminho da maturidadeClaudinei Dias
 
Curso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosCurso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosSergio Silva
 
Curso de formação de diáconos
Curso de formação de diáconosCurso de formação de diáconos
Curso de formação de diáconosCleiton Azevedo
 
Lbj lição 3 a organização da igreja
Lbj lição 3   a organização da igrejaLbj lição 3   a organização da igreja
Lbj lição 3 a organização da igrejaboasnovassena
 
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasLição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasÉder Tomé
 
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertidoDiscipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertidoJoary Jossué Carlesso
 
Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosmgno42
 
Lição 10 - O Culto Racional
Lição 10 - O Culto RacionalLição 10 - O Culto Racional
Lição 10 - O Culto RacionalÉder Tomé
 
Curso para presbitero
Curso para presbiteroCurso para presbitero
Curso para presbiteroHeron20
 
Apostila diaconato. templo agape da adoração
Apostila diaconato. templo agape da adoraçãoApostila diaconato. templo agape da adoração
Apostila diaconato. templo agape da adoraçãoclebersonpereiradasilva
 
Lição 9 – A Igreja e o Sustento Missionário.pptx
Lição 9 – A Igreja e o Sustento Missionário.pptxLição 9 – A Igreja e o Sustento Missionário.pptx
Lição 9 – A Igreja e o Sustento Missionário.pptxCelso Napoleon
 
Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Luciana Lisboa
 
Discipulado na Prática
Discipulado na PráticaDiscipulado na Prática
Discipulado na PráticaNarlea Walkyse
 
Treinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASDTreinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASDGilson Barbosa
 
Projeto de Pequenos Grupos - IBS
Projeto de Pequenos Grupos - IBSProjeto de Pequenos Grupos - IBS
Projeto de Pequenos Grupos - IBSRodrigo Branco
 
Lição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano DivinoLição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano DivinoÉder Tomé
 

Mais procurados (20)

Diáconos apostila
Diáconos   apostilaDiáconos   apostila
Diáconos apostila
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
1 l4 a caminho da maturidade
1 l4   a caminho da maturidade1 l4   a caminho da maturidade
1 l4 a caminho da maturidade
 
Curso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosCurso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para Presbíteros
 
Curso de formação de diáconos
Curso de formação de diáconosCurso de formação de diáconos
Curso de formação de diáconos
 
Lbj lição 3 a organização da igreja
Lbj lição 3   a organização da igrejaLbj lição 3   a organização da igreja
Lbj lição 3 a organização da igreja
 
Culto e Liturgia
Culto e LiturgiaCulto e Liturgia
Culto e Liturgia
 
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasLição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
 
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertidoDiscipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
 
Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreiros
 
Estudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e OfertasEstudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e Ofertas
 
Lição 10 - O Culto Racional
Lição 10 - O Culto RacionalLição 10 - O Culto Racional
Lição 10 - O Culto Racional
 
Curso para presbitero
Curso para presbiteroCurso para presbitero
Curso para presbitero
 
Apostila diaconato. templo agape da adoração
Apostila diaconato. templo agape da adoraçãoApostila diaconato. templo agape da adoração
Apostila diaconato. templo agape da adoração
 
Lição 9 – A Igreja e o Sustento Missionário.pptx
Lição 9 – A Igreja e o Sustento Missionário.pptxLição 9 – A Igreja e o Sustento Missionário.pptx
Lição 9 – A Igreja e o Sustento Missionário.pptx
 
Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1
 
Discipulado na Prática
Discipulado na PráticaDiscipulado na Prática
Discipulado na Prática
 
Treinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASDTreinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASD
 
Projeto de Pequenos Grupos - IBS
Projeto de Pequenos Grupos - IBSProjeto de Pequenos Grupos - IBS
Projeto de Pequenos Grupos - IBS
 
Lição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano DivinoLição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano Divino
 

Destaque

Abel, exemplo de caráter que agrada a deus - Lição 2 - 2ºTrimestre 2017
Abel, exemplo de caráter que agrada a deus - Lição 2 - 2ºTrimestre 2017Abel, exemplo de caráter que agrada a deus - Lição 2 - 2ºTrimestre 2017
Abel, exemplo de caráter que agrada a deus - Lição 2 - 2ºTrimestre 2017Pr. Andre Luiz
 
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11  maria mãe de jesus - uma serva humildeLição 11  maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humildePr. Andre Luiz
 
Lição 08 a igreja de cristo
Lição 08  a igreja de cristoLição 08  a igreja de cristo
Lição 08 a igreja de cristoPr. Andre Luiz
 
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017Pr. Andre Luiz
 
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
sermão os diáconos na Bíblia
sermão os diáconos na Bíbliasermão os diáconos na Bíblia
sermão os diáconos na BíbliaDjalma C. Filho
 
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017Pr. Andre Luiz
 
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017Pr. Andre Luiz
 
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
Lição 10 as manifestações do espirito santo
Lição 10  as manifestações do espirito santoLição 10  as manifestações do espirito santo
Lição 10 as manifestações do espirito santoPr. Andre Luiz
 
Lição 09 a necessidade de termos uma vida santa
Lição 09  a necessidade de termos uma vida santaLição 09  a necessidade de termos uma vida santa
Lição 09 a necessidade de termos uma vida santaPr. Andre Luiz
 

Destaque (20)

Abel, exemplo de caráter que agrada a deus - Lição 2 - 2ºTrimestre 2017
Abel, exemplo de caráter que agrada a deus - Lição 2 - 2ºTrimestre 2017Abel, exemplo de caráter que agrada a deus - Lição 2 - 2ºTrimestre 2017
Abel, exemplo de caráter que agrada a deus - Lição 2 - 2ºTrimestre 2017
 
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11  maria mãe de jesus - uma serva humildeLição 11  maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
 
Lição 08 a igreja de cristo
Lição 08  a igreja de cristoLição 08  a igreja de cristo
Lição 08 a igreja de cristo
 
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
 
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
 
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
 
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
 
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
 
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
 
sermão os diáconos na Bíblia
sermão os diáconos na Bíbliasermão os diáconos na Bíblia
sermão os diáconos na Bíblia
 
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
 
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
 
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
 
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
 
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
 
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
 
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
 
Lição 10 as manifestações do espirito santo
Lição 10  as manifestações do espirito santoLição 10  as manifestações do espirito santo
Lição 10 as manifestações do espirito santo
 
Lição 09 a necessidade de termos uma vida santa
Lição 09  a necessidade de termos uma vida santaLição 09  a necessidade de termos uma vida santa
Lição 09 a necessidade de termos uma vida santa
 
Bibliologia - Introdução - Aula 01
Bibliologia - Introdução - Aula 01Bibliologia - Introdução - Aula 01
Bibliologia - Introdução - Aula 01
 

Semelhante a O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA

Dons e talentos usados para a gloria de deus
Dons e talentos usados para a gloria de deusDons e talentos usados para a gloria de deus
Dons e talentos usados para a gloria de deusTiago Silveira
 
Muitos buscam um evangelho fácil estevão
Muitos buscam um evangelho fácil   estevãoMuitos buscam um evangelho fácil   estevão
Muitos buscam um evangelho fácil estevãoDaniel Felipe Kroth
 
igreja-161123235227 (1).pdf
igreja-161123235227 (1).pdfigreja-161123235227 (1).pdf
igreja-161123235227 (1).pdfTiago Silva
 
Um visão bíblica da Igreja
Um visão bíblica da IgrejaUm visão bíblica da Igreja
Um visão bíblica da IgrejaViva a Igreja
 
Estevão – a igreja precisa de membros como
Estevão – a igreja precisa de membros comoEstevão – a igreja precisa de membros como
Estevão – a igreja precisa de membros comoAntônio Luiz João
 
Livro Manual De Orações E Da Vida Cristã
Livro Manual De Orações E Da Vida CristãLivro Manual De Orações E Da Vida Cristã
Livro Manual De Orações E Da Vida CristãNilson Almeida
 
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhorEncontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhortorrasko
 
Dimensões do crescimento Integral da igreja
Dimensões do crescimento Integral da igrejaDimensões do crescimento Integral da igreja
Dimensões do crescimento Integral da igrejaAlmy Alves
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassMariadaSilva95
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Robson Rocha
 
“Anunciando a Palavra – O ministério da evangelização"
“Anunciando a Palavra – O ministério da evangelização"“Anunciando a Palavra – O ministério da evangelização"
“Anunciando a Palavra – O ministério da evangelização"JUERP
 

Semelhante a O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA (20)

Dons e talentos usados para a gloria de deus
Dons e talentos usados para a gloria de deusDons e talentos usados para a gloria de deus
Dons e talentos usados para a gloria de deus
 
Muitos buscam um evangelho fácil estevão
Muitos buscam um evangelho fácil   estevãoMuitos buscam um evangelho fácil   estevão
Muitos buscam um evangelho fácil estevão
 
igreja-161123235227 (1).pdf
igreja-161123235227 (1).pdfigreja-161123235227 (1).pdf
igreja-161123235227 (1).pdf
 
Um visão bíblica da Igreja
Um visão bíblica da IgrejaUm visão bíblica da Igreja
Um visão bíblica da Igreja
 
Estevão – a igreja precisa de membros como
Estevão – a igreja precisa de membros comoEstevão – a igreja precisa de membros como
Estevão – a igreja precisa de membros como
 
Somos um em Cristo
Somos um em CristoSomos um em Cristo
Somos um em Cristo
 
Livro Manual De Orações E Da Vida Cristã
Livro Manual De Orações E Da Vida CristãLivro Manual De Orações E Da Vida Cristã
Livro Manual De Orações E Da Vida Cristã
 
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhorEncontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
 
Atos 006
Atos   006Atos   006
Atos 006
 
Boletim ippi 02.08.2015
Boletim ippi 02.08.2015Boletim ippi 02.08.2015
Boletim ippi 02.08.2015
 
Boletim ippi 02.08.2015
Boletim ippi 02.08.2015Boletim ippi 02.08.2015
Boletim ippi 02.08.2015
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
O pastor e o ministério.pptx
O pastor e o ministério.pptxO pastor e o ministério.pptx
O pastor e o ministério.pptx
 
Dimensões do crescimento Integral da igreja
Dimensões do crescimento Integral da igrejaDimensões do crescimento Integral da igreja
Dimensões do crescimento Integral da igreja
 
DIACONATO MINISTÉRIO HEBROM
DIACONATO MINISTÉRIO HEBROM DIACONATO MINISTÉRIO HEBROM
DIACONATO MINISTÉRIO HEBROM
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
Boletim 30 anos
Boletim 30 anosBoletim 30 anos
Boletim 30 anos
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
 
Caráter
CaráterCaráter
Caráter
 
“Anunciando a Palavra – O ministério da evangelização"
“Anunciando a Palavra – O ministério da evangelização"“Anunciando a Palavra – O ministério da evangelização"
“Anunciando a Palavra – O ministério da evangelização"
 

Mais de Tiago Silveira

Ezequias e a serpente de bronze
Ezequias e a serpente de bronze Ezequias e a serpente de bronze
Ezequias e a serpente de bronze Tiago Silveira
 
A importancia da Escola Bíblica Dominical
A importancia da Escola Bíblica DominicalA importancia da Escola Bíblica Dominical
A importancia da Escola Bíblica DominicalTiago Silveira
 
As prioridades na vida do homem de Deus
As prioridades na vida do homem de DeusAs prioridades na vida do homem de Deus
As prioridades na vida do homem de DeusTiago Silveira
 
Os elementos essenciais da vida: água
Os elementos essenciais da vida: águaOs elementos essenciais da vida: água
Os elementos essenciais da vida: águaTiago Silveira
 
Os elementos essenciais da vida: pão da vida
Os elementos essenciais da vida: pão da vidaOs elementos essenciais da vida: pão da vida
Os elementos essenciais da vida: pão da vidaTiago Silveira
 
Os elementos essenciais da vida ar: folego de vida
Os elementos essenciais da vida ar: folego de vidaOs elementos essenciais da vida ar: folego de vida
Os elementos essenciais da vida ar: folego de vidaTiago Silveira
 
O Deus soberano que elege os que salva
O Deus soberano que elege os que salvaO Deus soberano que elege os que salva
O Deus soberano que elege os que salvaTiago Silveira
 
O Deus soberano que atrai irresistivelmente
O Deus soberano que atrai irresistivelmenteO Deus soberano que atrai irresistivelmente
O Deus soberano que atrai irresistivelmenteTiago Silveira
 
O Deus soberano que guarda os que são seus
O Deus soberano que guarda os que são seusO Deus soberano que guarda os que são seus
O Deus soberano que guarda os que são seusTiago Silveira
 
Jó: Fé, Perseverança, Adoração
Jó: Fé, Perseverança, AdoraçãoJó: Fé, Perseverança, Adoração
Jó: Fé, Perseverança, AdoraçãoTiago Silveira
 
Um coração parecido com o do senhor
Um coração parecido com o do senhorUm coração parecido com o do senhor
Um coração parecido com o do senhorTiago Silveira
 
O Deus soberano e a corrupção humana
O Deus soberano e a corrupção humanaO Deus soberano e a corrupção humana
O Deus soberano e a corrupção humanaTiago Silveira
 
O atleta que alcança o premio
O atleta que alcança o premioO atleta que alcança o premio
O atleta que alcança o premioTiago Silveira
 
Porque zaqueu subiu na árvore
Porque zaqueu subiu na árvorePorque zaqueu subiu na árvore
Porque zaqueu subiu na árvoreTiago Silveira
 
Os elementos essenciais da vida: luz
Os elementos essenciais da vida: luzOs elementos essenciais da vida: luz
Os elementos essenciais da vida: luzTiago Silveira
 
Deus se revela a Moisés
Deus se revela a MoisésDeus se revela a Moisés
Deus se revela a MoisésTiago Silveira
 
TRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUS
TRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUSTRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUS
TRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUSTiago Silveira
 
IMPEDIMENTOS PARA UMA COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUS
IMPEDIMENTOS PARA UMA COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUSIMPEDIMENTOS PARA UMA COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUS
IMPEDIMENTOS PARA UMA COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUSTiago Silveira
 

Mais de Tiago Silveira (20)

Ezequias e a serpente de bronze
Ezequias e a serpente de bronze Ezequias e a serpente de bronze
Ezequias e a serpente de bronze
 
A importancia da Escola Bíblica Dominical
A importancia da Escola Bíblica DominicalA importancia da Escola Bíblica Dominical
A importancia da Escola Bíblica Dominical
 
As prioridades na vida do homem de Deus
As prioridades na vida do homem de DeusAs prioridades na vida do homem de Deus
As prioridades na vida do homem de Deus
 
Os elementos essenciais da vida: água
Os elementos essenciais da vida: águaOs elementos essenciais da vida: água
Os elementos essenciais da vida: água
 
Os elementos essenciais da vida: pão da vida
Os elementos essenciais da vida: pão da vidaOs elementos essenciais da vida: pão da vida
Os elementos essenciais da vida: pão da vida
 
Os elementos essenciais da vida ar: folego de vida
Os elementos essenciais da vida ar: folego de vidaOs elementos essenciais da vida ar: folego de vida
Os elementos essenciais da vida ar: folego de vida
 
O Deus soberano que elege os que salva
O Deus soberano que elege os que salvaO Deus soberano que elege os que salva
O Deus soberano que elege os que salva
 
O Deus soberano que atrai irresistivelmente
O Deus soberano que atrai irresistivelmenteO Deus soberano que atrai irresistivelmente
O Deus soberano que atrai irresistivelmente
 
O Deus soberano que guarda os que são seus
O Deus soberano que guarda os que são seusO Deus soberano que guarda os que são seus
O Deus soberano que guarda os que são seus
 
Jó: Fé, Perseverança, Adoração
Jó: Fé, Perseverança, AdoraçãoJó: Fé, Perseverança, Adoração
Jó: Fé, Perseverança, Adoração
 
Um coração parecido com o do senhor
Um coração parecido com o do senhorUm coração parecido com o do senhor
Um coração parecido com o do senhor
 
O Deus soberano e a corrupção humana
O Deus soberano e a corrupção humanaO Deus soberano e a corrupção humana
O Deus soberano e a corrupção humana
 
O atleta que alcança o premio
O atleta que alcança o premioO atleta que alcança o premio
O atleta que alcança o premio
 
Porque zaqueu subiu na árvore
Porque zaqueu subiu na árvorePorque zaqueu subiu na árvore
Porque zaqueu subiu na árvore
 
Os elementos essenciais da vida: luz
Os elementos essenciais da vida: luzOs elementos essenciais da vida: luz
Os elementos essenciais da vida: luz
 
Deus se revela a Moisés
Deus se revela a MoisésDeus se revela a Moisés
Deus se revela a Moisés
 
Livros proféticos
Livros proféticosLivros proféticos
Livros proféticos
 
TRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUS
TRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUSTRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUS
TRABALHANDO PARA AGRADAR A DEUS
 
SEJA COMO CRIANÇA
SEJA COMO CRIANÇASEJA COMO CRIANÇA
SEJA COMO CRIANÇA
 
IMPEDIMENTOS PARA UMA COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUS
IMPEDIMENTOS PARA UMA COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUSIMPEDIMENTOS PARA UMA COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUS
IMPEDIMENTOS PARA UMA COMPLETA DEPENDÊNCIA DE DEUS
 

Último

Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaRicardo Azevedo
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfDaddizinhaRodrigues
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfFrancisco Baptista
 

Último (7)

Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 

O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA

  • 2. 1 Ora, naquelesdias,multiplicando-seo número dos discípulos, houvemurmuraçãodos helenistascontraos hebreus,porqueas viúvasdeles estavam sendo esquecidasna distribuiçãodiária. 2 Então,os dozeconvocarama comunidadedos discípulose disseram:Não é razoávelque nós abandonemosa palavrade Deus para servir às mesas. 3 Mas, irmãos, escolheidentrevós sete homensde boa reputação, cheiosdo Espírito e de sabedoria,aos quais encarregaremosdeste serviço;
  • 3. 4 e, quantoa nós,nos consagraremosà oraçãoe ao ministérioda palavra. 5 O parecer agradoua toda a comunidade;e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do EspíritoSanto,Filipe, Prócoro,Nicanor, Timão,Pármenase Nicolau,prosélitode Antioquia. 6 Apresentaram-nosperanteos apóstolos,e estes,orando,lhes impuseramas mãos. 7 Crescia a palavrade Deus, e, em Jerusalém,se multiplicavao número dos discípulos;tambémmuitíssimossacerdotes obedeciamà fé.
  • 4.  A escolha estabelece uma nova classe de liderança (v. 3, 4) o É importante não haver centralização de liderança. o Os ministérios são formados na medida das necessidades e dos dons que são distribuídos  A escolha vem para suprir uma falha, fechar uma brecha (v. 1) o Não podemos deixar que brechas permaneçam abertas, o diabo adora usá-las para dividir o povo de Deus
  • 5.  A escolha visava igualdade, equidade (v. 1b) o Não podemos admitir parcialidade, desequilíbrio no tratamento dos irmãos dentro da igreja. o O tratamento desigual gera insatisfação e “panelinhas”  A escolha acontece debaixo de consenso(v. 5) o É importante que haja unidade nas decisões o Os insatisfeitos hoje serão os empecilhos amanhã
  • 6.  Três princípiosfundamentaisna casa de Deus: o Não permitir as brechas, manter-se vigilante o Tratar a todos com igualdade o Buscar unidade nas decisões
  • 7. 3 Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste serviço
  • 8. 1. Homem de caráter confiável, de boa reputação a. Comportamento e caráter comprovadamente retos dentro e fora da igreja b. Demonstra zelo, imparcialidade, honestidade
  • 9. 2. Homem consagrado,cheio do Espírito a. Guiado pelo Espírito em suas decisões e atitudes b. Não é crente carnal, valoriza a oração, o estudo da Bíblia c. Comprometido com a expansão do Reino (veja o exemplo do diác. Estevão e do diác. Felipe – At 6:7,8; 8:4,5) d. É colaborador do ministério pastoral
  • 10. a. É submisso à liderança, b. Demonstra vigilância, equidade, busca por unidade c. É servo dos irmãos, pronto para ajudar, disponível d. Misericordioso, de bom coração, combate a injustiça e o sofrimento  Comprometido com o ministério de misericórdia  Estimula a igreja a cuidar dos pobres e carentes  Ampara a criança, o idoso, o marginalizado, a viúva
  • 11. 3. Homem sábio que reflete antes de agir a. Evita contendas, tem equilíbrio, analisa bem cada situação b. Tem maturidade, não se deixa levar por emoção de momento, não é traído pela preguiça e não age por conveniência c. Tem iniciativa, enxerga situações antes que aconteçam, é previdente
  • 12. Peça cópia desta mensagem enviando e-mail para: tgssilva@gmail.com