Questão nº7: (Geografia do Brasil)Questão nº7: (Geografia do Brasil)
Explique os motivos que levaram à ocorrência de dois ...
Questão nº7: (Geografia do Brasil)Questão nº7: (Geografia do Brasil)
Explique os motivos que levaram à ocorrência de dois ...
Questão nº7: (Geografia do Brasil)Questão nº7: (Geografia do Brasil)
Explique os motivos que levaram à ocorrência de dois ...
01. "Graças às abundantes reservas
carboníferas existentes em seu território e à
grande importação de outras matérias-prim...
01. "Graças às abundantes reservas
carboníferas existentes em seu território e à
grande importação de outras matérias-prim...
 Condições de trabalhoCondições de trabalho
 Alfabetização e desempregoAlfabetização e desemprego
 Trabalho infantilTra...
• Uma maneira possível de se detectar a territorialidade de uma população, as intrínsecasUma maneira possível de se detect...
• Analisando globalmente (abordando todas as faixas etárias) o mercado de trabalho porAnalisando globalmente (abordando to...
• O número de trabalhadores agrícolas vem diminuindo no Brasil.O número de trabalhadores agrícolas vem diminuindo no Brasi...
• Importante lembrete:Importante lembrete:
A tradicional divisão dos setores da economia emA tradicional divisão dos setor...
• Historicamente as migrações em direção ao Sudeste foram fundamentais para concentrarHistoricamente as migrações em direç...
• Outro fator, que merece destaqueOutro fator, que merece destaque
especial, é a relação entre alfabetização eespecial, é ...
• Comparando as listas com os 10 estadosComparando as listas com os 10 estados
com menor analfabetismo, percebemoscom meno...
• Já dentre os 10 Estados com maiorJá dentre os 10 Estados com maior
índice de analfabetismo, 9 deles são osíndice de anal...
• Ao longo das últimas décadas, asAo longo das últimas décadas, as
maiores oportunidades de empregos semaiores oportunidad...
• Há 1.900.000 pessoas entre 10 e 14 anos trabalhando. São 2,6% dos trabalhadoresHá 1.900.000 pessoas entre 10 e 14 anos t...
• Quando se fala em trabalho escravo no Brasil, nos remetemos logo ao período daQuando se fala em trabalho escravo no Bras...
• No mapa ao lado,No mapa ao lado,
podemos observar aspodemos observar as
principais rotas de trabalhoprincipais rotas de ...
• No campo brasileiro convivem diferentes formas de organização do trabalho:No campo brasileiro convivem diferentes formas...
• 1. PARCERIAS OU ARRENDAMENTOS1. PARCERIAS OU ARRENDAMENTOS
• São formas de “aluguel” da terra que os trabalhadores acert...
• 2. TRABALHO ASSALARIADO2. TRABALHO ASSALARIADO
• Com a chegada do capitalismo ao campo, houve o consequente assalariamen...
• 2. TRABALHO ASSALARIADO2. TRABALHO ASSALARIADO
• Os bóia-frias podem ser:Os bóia-frias podem ser:
- Fixos, os que tem pe...
• 3. CAPITALISTAS AGRÁRIOS3. CAPITALISTAS AGRÁRIOS
• Empresários nacionais e internacionais, geralmente oriundos das cidad...
• 4. TRABALHO PARA PAGAMENTO DE DÍVIDAS4. TRABALHO PARA PAGAMENTO DE DÍVIDAS
• Chamada de “nova escravidão” ou “escravidão...
• 5. POSSEIRO5. POSSEIRO
• Posseiro é o nome dado ao trabalhador que ocupa e declara a posse da terra.Posseiro é o nome da...
• 6. GRILAGEM6. GRILAGEM
• A grilagem de terra é uma prática comum no campo brasileiro. Trata-se de uma formaA grilagem de...
• Em 2010, o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) estabeleceuEm 2010, o PNUD (Programa das Nações Unid...
• Vejamos a lista dos Estados comVejamos a lista dos Estados com
melhores e piores IDH do Brasil:melhores e piores IDH do ...
• Vejamos a lista dos Estados comVejamos a lista dos Estados com
melhores e piores IDH do Brasil:melhores e piores IDH do ...
• Se considerarmos o IDH de cadaSe considerarmos o IDH de cada
unidade da federação, constatamosunidade da federação, cons...
• De 1999 para 2001, a redução do rendimento médio real de trabalho foi de 0,7% em médiaDe 1999 para 2001, a redução do re...
Aula trabalho idh_24-08-2012
Aula trabalho idh_24-08-2012
Aula trabalho idh_24-08-2012
Aula trabalho idh_24-08-2012
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula trabalho idh_24-08-2012

574 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
574
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula trabalho idh_24-08-2012

  1. 1. Questão nº7: (Geografia do Brasil)Questão nº7: (Geografia do Brasil) Explique os motivos que levaram à ocorrência de dois fenômenos demográficos no Brasil a partir daExplique os motivos que levaram à ocorrência de dois fenômenos demográficos no Brasil a partir da década de 1940, e que transformaram a sociedade brasileira ao longo das 7 décadas seguintes:década de 1940, e que transformaram a sociedade brasileira ao longo das 7 décadas seguintes: a) O crescimento da população urbana brasileiraa) O crescimento da população urbana brasileira b) A diminuição da taxa de fecundidade (filhos por mulher)b) A diminuição da taxa de fecundidade (filhos por mulher) Questão nº8: (Geografia Geral)Questão nº8: (Geografia Geral) Tendo em mente os países e povos do Oriente Médio, e sabendo que é a região do planeta com a maiorTendo em mente os países e povos do Oriente Médio, e sabendo que é a região do planeta com a maior concentração de reservas petrolíferas, bem como com diversidade linguistica, étnica e religiosa, e queconcentração de reservas petrolíferas, bem como com diversidade linguistica, étnica e religiosa, e que todos estes elementos juntos causam uma combinação que gera alguns conflitos, responda:todos estes elementos juntos causam uma combinação que gera alguns conflitos, responda: a) Cite pelo menos dois países do Oriente Médio que estão entre os 10 maiores produtores mundiais dea) Cite pelo menos dois países do Oriente Médio que estão entre os 10 maiores produtores mundiais de petróleo, e comente em um texto claro e objetivo sobre qualquer conflito que envolveu algum destespetróleo, e comente em um texto claro e objetivo sobre qualquer conflito que envolveu algum destes países nas últimas décadas. Por conflito podemos entender desde guerras contra outros países, comopaíses nas últimas décadas. Por conflito podemos entender desde guerras contra outros países, como turbuências internas.turbuências internas. b) Cite pelo menos dois grupos étnico-linguisticos do Oriente Médio e suas respectivas religiõesb) Cite pelo menos dois grupos étnico-linguisticos do Oriente Médio e suas respectivas religiões majoritárias.majoritárias.
  2. 2. Questão nº7: (Geografia do Brasil)Questão nº7: (Geografia do Brasil) Explique os motivos que levaram à ocorrência de dois fenômenos demográficos no Brasil a partir daExplique os motivos que levaram à ocorrência de dois fenômenos demográficos no Brasil a partir da década de 1940, e que transformaram a sociedade brasileira ao longo das 7 décadas seguintes:década de 1940, e que transformaram a sociedade brasileira ao longo das 7 décadas seguintes: a) O crescimento da população urbana brasileiraa) O crescimento da população urbana brasileira Êxodo rural / Industrialização das cidades / Expectativa de vida maior / Cidades com melhores ofertas deÊxodo rural / Industrialização das cidades / Expectativa de vida maior / Cidades com melhores ofertas de emprego e educação, condições melhores de vidaemprego e educação, condições melhores de vida + Boa construção do texto+ Boa construção do texto b) A diminuição da taxa de fecundidade (filhos por mulher)b) A diminuição da taxa de fecundidade (filhos por mulher) Mais participação das mulheres no mercado de trabalho / Migração para as cidades, menos espaço paraMais participação das mulheres no mercado de trabalho / Migração para as cidades, menos espaço para criar filhos / Métodos anticoncepcionais, Planejamento Familiarcriar filhos / Métodos anticoncepcionais, Planejamento Familiar + Boa construção do texto+ Boa construção do texto Questão nº8: (Geografia Geral)Questão nº8: (Geografia Geral) Tendo em mente os países e povos do Oriente Médio, e sabendo que é a região do planeta com a maiorTendo em mente os países e povos do Oriente Médio, e sabendo que é a região do planeta com a maior concentração de reservas petrolíferas, bem como com diversidade linguistica, étnica e religiosa, e queconcentração de reservas petrolíferas, bem como com diversidade linguistica, étnica e religiosa, e que todos estes elementos juntos causam uma combinação que gera alguns conflitos, responda:todos estes elementos juntos causam uma combinação que gera alguns conflitos, responda: a) Cite pelo menos dois países do Oriente Médio que estão entre os 10 maiores produtores mundiais dea) Cite pelo menos dois países do Oriente Médio que estão entre os 10 maiores produtores mundiais de petróleo, e comente em um texto claro e objetivo sobre qualquer conflito que envolveu algum destespetróleo, e comente em um texto claro e objetivo sobre qualquer conflito que envolveu algum destes países nas últimas décadas. Por conflito podemos entender desde guerras contra outros países, comopaíses nas últimas décadas. Por conflito podemos entender desde guerras contra outros países, como turbuências internas.turbuências internas. b) Cite pelo menos dois grupos étnico-linguisticos do Oriente Médio e suas respectivas religiõesb) Cite pelo menos dois grupos étnico-linguisticos do Oriente Médio e suas respectivas religiões majoritárias.majoritárias.
  3. 3. Questão nº7: (Geografia do Brasil)Questão nº7: (Geografia do Brasil) Explique os motivos que levaram à ocorrência de dois fenômenos demográficos no Brasil a partir daExplique os motivos que levaram à ocorrência de dois fenômenos demográficos no Brasil a partir da década de 1940, e que transformaram a sociedade brasileira ao longo das 7 décadas seguintes:década de 1940, e que transformaram a sociedade brasileira ao longo das 7 décadas seguintes: a) O crescimento da população urbana brasileiraa) O crescimento da população urbana brasileira b) A diminuição da taxa de fecundidade (filhos por mulher)b) A diminuição da taxa de fecundidade (filhos por mulher) Questão nº8: (Geografia Geral)Questão nº8: (Geografia Geral) Tendo em mente os países e povos do Oriente Médio, e sabendo que é a região do planeta com a maiorTendo em mente os países e povos do Oriente Médio, e sabendo que é a região do planeta com a maior concentração de reservas petrolíferas, bem como com diversidade linguistica, étnica e religiosa, e queconcentração de reservas petrolíferas, bem como com diversidade linguistica, étnica e religiosa, e que todos estes elementos juntos causam uma combinação que gera alguns conflitos, responda:todos estes elementos juntos causam uma combinação que gera alguns conflitos, responda: a) Cite pelo menos dois países do Oriente Médio que estão entre os 10 maiores produtores mundiais dea) Cite pelo menos dois países do Oriente Médio que estão entre os 10 maiores produtores mundiais de petróleo, e comente em um texto claro e objetivo sobre qualquer conflito que envolveu algum destespetróleo, e comente em um texto claro e objetivo sobre qualquer conflito que envolveu algum destes países nas últimas décadas. Por conflito podemos entender desde guerras contra outros países, comopaíses nas últimas décadas. Por conflito podemos entender desde guerras contra outros países, como turbuências internas.turbuências internas. Poderia citar: Arábia Saudita, IrãPoderia citar: Arábia Saudita, Irã (Revolução Islâmica, Guerra Irã x Iraque)(Revolução Islâmica, Guerra Irã x Iraque), Iraque, Iraque (Guerra Irã x Iraque,(Guerra Irã x Iraque, Guerra do Golfo, Invasão dos EUA em 2003, Guerra do Iraque)Guerra do Golfo, Invasão dos EUA em 2003, Guerra do Iraque), Kuwait, Kuwait (Guerra do Golfo)(Guerra do Golfo), Emirados Árabes, Emirados Árabes Unidos, LíbiaUnidos, Líbia (Guerra Civil de 2011, deposição de Khadafi, Primavera Árabe)(Guerra Civil de 2011, deposição de Khadafi, Primavera Árabe) b) Cite pelo menos dois grupos étnico-linguisticos do Oriente Médio e suas respectivas religiõesb) Cite pelo menos dois grupos étnico-linguisticos do Oriente Médio e suas respectivas religiões majoritárias.majoritárias. Poderia citar: Israelenses Judeus, Árabes Muçulmanos/Islâmicos, Persas Muçulmanos Xiitas/Islâmicos,Poderia citar: Israelenses Judeus, Árabes Muçulmanos/Islâmicos, Persas Muçulmanos Xiitas/Islâmicos, Turcos Muçulmanos/Islâmicos, Curdos Muçulmanos/IslâmicosTurcos Muçulmanos/Islâmicos, Curdos Muçulmanos/Islâmicos
  4. 4. 01. "Graças às abundantes reservas carboníferas existentes em seu território e à grande importação de outras matérias-primas, o país transformou-se em centro econômico- industrial, no século XIX." O texto melhor caracteriza: ( ) a) O Reino Unido ( ) b) A Alemanha ( ) c) A Itália ( ) d) O Canadá ( ) e) Os Estados Unidos 02. (UnB) A Bacia do Ruhr, na Europa Ocidental, é uma região caracterizada: ( ) a) por um microclima extremamente frio e seco; ( ) b) pela presença de um complexo urbano- industrial; ( ) c) por uma atividade agrícola altamente desenvolvida; ( ) d) pela existência de lençóis petrolíferos; ( ) e) pela presença de altas cadeias montanhosas. 03. (MACK) Na Holanda, a área de planície sujeita à inundação pelo mar ou pelos rios, protegida por diques e utilizável para práticas agrícolas, recebe o nome de: ( ) a) punas ( ) b) horst ( ) c) pôlder ( ) d) necks ( ) e) boulders 04. Rio que nasce nos Alpes Suíços, faz a fronteira Alemanha-França, banha a Alemanha e a Holanda e desemboca no Mar do Norte. ( ) a) Danúbio ( ) b) Reno ( ) c) Volga ( ) d) Tamisa ( ) e) Pó 05. A posição geográfica leva à fácil percepção que as pessoas possuem dos países, como, por exemplo, um país da Europa denominado a “caixa d’água”, talvez para função da distribuição da orientação dos rios europeus. Esse país é: ( ) a) Suíça ( ) b) Áustria ( ) c) Suécia ( ) d) Hungria ( ) e) Espanha 06. Dentre as características do desenvolvimento industrial da ex-URSS, podemos destacar: ( ) a) a inexistência de qualquer planificação; ( ) b) o crescimento relativamente lento da produção industrial; ( ) c) o predomínio das indústrias de equipamento; ( ) d) o predomínio da mão-de-obra feminina; ( ) e) a predominância das indústrias de consumo. 07. A descentralização industrial da ex-URSS é explicada: ( ) a) pela necessidade de evitar intenso transporte de produtos industriais e matérias- primas; ( ) b) pela regular distribuição de recursos naturais; ( ) c) pela necessidade de ocupar grandes áreas desabitadas; ( ) d) grande diversidade climato-botânica ( ) e) necessidade de aproximação com a China. 08. (PUC - RJ) O homem, mesmo com todo o aparato científico do fim do século, ainda conhece pouco as questões de equilíbrio ambiental e as controla ainda menos. Se, na África, cientistas afirmam que o Saara reduziu de tamanho, na Ásia Central aumenta o secamento da: ( ) a) Sibéria Oriental ( ) b) bacia do Mar de Aral ( ) c) bacia do Rio Obi ( ) d) região das estepes em torno do Mar Negro ( ) e) região oriental dos Montes Urais 09. (MACK) A produção de energia hidrelétrica na ex-URSS é prejudicada principalmente: ( ) a) pela pobreza da rede hidrográfica; ( ) b) pela predominância de rios intermitentes; ( ) c) pelo relevo excessivamente plano; ( ) d) pela ocorrência de invernos rigorosos; ( ) e) pela pequena extensão dos rios.
  5. 5. 01. "Graças às abundantes reservas carboníferas existentes em seu território e à grande importação de outras matérias-primas, o país transformou-se em centro econômico- industrial, no século XIX." O texto melhor caracteriza: ( X ) a) O Reino Unido ( ) b) A Alemanha ( ) c) A Itália ( ) d) O Canadá ( ) e) Os Estados Unidos 02. (UnB) A Bacia do Ruhr, na Europa Ocidental, é uma região caracterizada: ( ) a) por um microclima extremamente frio e seco; ( X ) b) pela presença de um complexo urbano- industrial; ( ) c) por uma atividade agrícola altamente desenvolvida; ( ) d) pela existência de lençóis petrolíferos; ( ) e) pela presença de altas cadeias montanhosas. 03. (MACK) Na Holanda, a área de planície sujeita à inundação pelo mar ou pelos rios, protegida por diques e utilizável para práticas agrícolas, recebe o nome de: ( ) a) punas ( ) b) horst ( X ) c) pôlder ( ) d) necks ( ) e) boulders 04. Rio que nasce nos Alpes Suíços, faz a fronteira Alemanha-França, banha a Alemanha e a Holanda e desemboca no Mar do Norte. ( ) a) Danúbio ( X ) b) Reno ( ) c) Volga ( ) d) Tamisa ( ) e) Pó 05. A posição geográfica leva à fácil percepção que as pessoas possuem dos países, como, por exemplo, um país da Europa denominado a “caixa d’água”, talvez para função da distribuição da orientação dos rios europeus. Esse país é: ( X ) a) Suíça ( ) b) Áustria ( ) c) Suécia ( ) d) Hungria ( ) e) Espanha 06. Dentre as características do desenvolvimento industrial da ex-URSS, podemos destacar: ( ) a) a inexistência de qualquer planificação; ( ) b) o crescimento relativamente lento da produção industrial; ( X ) c) o predomínio das indústrias de equipamento; ( ) d) o predomínio da mão-de-obra feminina; ( ) e) a predominância das indústrias de consumo. 07. A descentralização industrial da ex-URSS é explicada: ( X ) a) pela necessidade de evitar intenso transporte de produtos industriais e matérias- primas; ( ) b) pela regular distribuição de recursos naturais; ( ) c) pela necessidade de ocupar grandes áreas desabitadas; ( ) d) grande diversidade climato-botânica ( ) e) necessidade de aproximação com a China. 08. (PUC - RJ) O homem, mesmo com todo o aparato científico do fim do século, ainda conhece pouco as questões de equilíbrio ambiental e as controla ainda menos. Se, na África, cientistas afirmam que o Saara reduziu de tamanho, na Ásia Central aumenta o secamento da: ( ) a) Sibéria Oriental ( X ) b) bacia do Mar de Aral ( ) c) bacia do Rio Obi ( ) d) região das estepes em torno do Mar Negro ( ) e) região oriental dos Montes Urais 09. (MACK) A produção de energia hidrelétrica na ex-URSS é prejudicada principalmente: ( ) a) pela pobreza da rede hidrográfica; ( ) b) pela predominância de rios intermitentes; ( ) c) pelo relevo excessivamente plano; ( X ) d) pela ocorrência de invernos rigorosos; ( ) e) pela pequena extensão dos rios.
  6. 6.  Condições de trabalhoCondições de trabalho  Alfabetização e desempregoAlfabetização e desemprego  Trabalho infantilTrabalho infantil  Trabalho escravoTrabalho escravo  As relações de trabalho no campoAs relações de trabalho no campo  Índice de Desenvolvimento HumanoÍndice de Desenvolvimento Humano
  7. 7. • Uma maneira possível de se detectar a territorialidade de uma população, as intrínsecasUma maneira possível de se detectar a territorialidade de uma população, as intrínsecas relações existentes entre as pessoas e seus lugares de origem ou de residência, é identificarrelações existentes entre as pessoas e seus lugares de origem ou de residência, é identificar suas condições de trabalho.suas condições de trabalho. • Mais da metade da população brasileira encontra-se em idade legal de trabalho,Mais da metade da população brasileira encontra-se em idade legal de trabalho, constituindo a chamada “População Economicamente Ativa” (PEA).constituindo a chamada “População Economicamente Ativa” (PEA). • O PEA indica uma possibilidade de crescimento econômico ao país.O PEA indica uma possibilidade de crescimento econômico ao país. • Nós temos um número maior de pessoas disponíveis para produzir.Nós temos um número maior de pessoas disponíveis para produzir. • Porém, em plena situação de desenvolvimento econômico, o Brasil ainda encontraPorém, em plena situação de desenvolvimento econômico, o Brasil ainda encontra dificuldades para abrir espaços que incorporem todos ao mercado de trabalho,dificuldades para abrir espaços que incorporem todos ao mercado de trabalho, proporcionando uma existência mais digna à população.proporcionando uma existência mais digna à população. População e trabalhoPopulação e trabalho (em 6 regiões metropolitanas: S.Paulo, Rio, BH, P.Alegre, Salvador, Recife) Maio de 2012(em 6 regiões metropolitanas: S.Paulo, Rio, BH, P.Alegre, Salvador, Recife) Maio de 2012 Pessoas em idade de trabalho (PIA) + de 10 anos de idadePessoas em idade de trabalho (PIA) + de 10 anos de idade 42.383.00042.383.000 População Economicamente Ativa (PEA)População Economicamente Ativa (PEA) 24.398.10024.398.100 Pessoas Desempregadas/DesocupadasPessoas Desempregadas/Desocupadas 1.414.0001.414.000 Taxa de desemprego (em relação à PEA)Taxa de desemprego (em relação à PEA) 5,79% da PEA5,79% da PEA
  8. 8. • Analisando globalmente (abordando todas as faixas etárias) o mercado de trabalho porAnalisando globalmente (abordando todas as faixas etárias) o mercado de trabalho por região homogênea do IBGE, vemos que o Sudeste tem os maiores percentuais:região homogênea do IBGE, vemos que o Sudeste tem os maiores percentuais: - de pessoas entre 10 e 65 anos consideradas em idade ativa de trabalho (PIA)- de pessoas entre 10 e 65 anos consideradas em idade ativa de trabalho (PIA) - de PEA, pessoas economicamente ativas, que trabalham ou buscam trabalho.- de PEA, pessoas economicamente ativas, que trabalham ou buscam trabalho. • A taxa de desocupação é um pouco maior nas capitais do Nordeste, conforme podemosA taxa de desocupação é um pouco maior nas capitais do Nordeste, conforme podemos observar na tabela abaixo:observar na tabela abaixo: Taxa de desocupação entre pessoas com idade ativa (PIA) em Maio de 2012Taxa de desocupação entre pessoas com idade ativa (PIA) em Maio de 2012 Região MetropolitanaRegião Metropolitana Taxa de desocupaçãoTaxa de desocupação RecifeRecife 6,6 %6,6 % SalvadorSalvador 8,3 %8,3 % Belo HorizonteBelo Horizonte 4,9 %4,9 % Rio de JaneiroRio de Janeiro 6,2 %6,2 % São PauloSão Paulo 5,1 %5,1 % Porto AlegrePorto Alegre 6,0 %6,0 %
  9. 9. • O número de trabalhadores agrícolas vem diminuindo no Brasil.O número de trabalhadores agrícolas vem diminuindo no Brasil. • Veja na tabela a seguir, que demonstra a distribuição da população economicamente ativaVeja na tabela a seguir, que demonstra a distribuição da população economicamente ativa (PEA) por setor de atividade(PEA) por setor de atividade • Observando a tabela, percebemos que 79,4 % da população exerce atividades ligadas aosObservando a tabela, percebemos que 79,4 % da população exerce atividades ligadas aos setores secundário (industrial) e terciário (comercial e de serviços), concentrados nas áreassetores secundário (industrial) e terciário (comercial e de serviços), concentrados nas áreas urbanas.urbanas. • Estas áreas apresentam, também, elevadas taxas de desemprego.Estas áreas apresentam, também, elevadas taxas de desemprego. Ocupados por setor de atividade econômica – 2001Ocupados por setor de atividade econômica – 2001 SETOR DE ATIVIDADESETOR DE ATIVIDADE EM %EM % Primário / AgrícolaPrimário / Agrícola 20,6 %20,6 % Secundário / IndustrialSecundário / Industrial 20,0 %20,0 % Terciário / ComercialTerciário / Comercial 14,3 %14,3 % Terciário / ServiçosTerciário / Serviços 45,1 %45,1 % TOTALTOTAL 100 %100 %
  10. 10. • Importante lembrete:Importante lembrete: A tradicional divisão dos setores da economia emA tradicional divisão dos setores da economia em primário, secundário e terciário está sendo cadaprimário, secundário e terciário está sendo cada vez mais relativizada em função do deslocamentovez mais relativizada em função do deslocamento de indústrias para áreas rurais.de indústrias para áreas rurais. Lá, as chamadas “Agroindústrias” realizam,Lá, as chamadas “Agroindústrias” realizam, numa mesma propriedade, funções do setornuma mesma propriedade, funções do setor primário (matéria-prima), secundárioprimário (matéria-prima), secundário (transformação) e terciário (comércio e serviços),(transformação) e terciário (comércio e serviços), ou seja...ou seja... ...produzem a matéria-prima (por exemplo, a...produzem a matéria-prima (por exemplo, a cana-de-açúcar), transformam (em etanol) ecana-de-açúcar), transformam (em etanol) e comercializam.comercializam.
  11. 11. • Historicamente as migrações em direção ao Sudeste foram fundamentais para concentrarHistoricamente as migrações em direção ao Sudeste foram fundamentais para concentrar nessa região as maiores e mais populosas cidades do país, como São Paulo, Rio de Janeironessa região as maiores e mais populosas cidades do país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.e Belo Horizonte. • Essas cidades concentram a maioria das indústrias, dos serviços e do comércio, o queEssas cidades concentram a maioria das indústrias, dos serviços e do comércio, o que significa oportunidades de emprego.significa oportunidades de emprego. • Atualmente, com grande concentração populacional, cresce a disputa por empregos, queAtualmente, com grande concentração populacional, cresce a disputa por empregos, que diminuem à medida que as empresas vão modernizando suas máquinas e seu processo dediminuem à medida que as empresas vão modernizando suas máquinas e seu processo de trabalho.trabalho. • Com o desenvolvimento de outras regiões (Centro-Oeste e Nordeste), muitas empresasCom o desenvolvimento de outras regiões (Centro-Oeste e Nordeste), muitas empresas estão migrando para elas, o que faz com que venha a aumentar o desemprego nas grandesestão migrando para elas, o que faz com que venha a aumentar o desemprego nas grandes cidades do Sudeste.cidades do Sudeste.
  12. 12. • Outro fator, que merece destaqueOutro fator, que merece destaque especial, é a relação entre alfabetização eespecial, é a relação entre alfabetização e desemprego.desemprego. • O mapa ao lado mostra, regionalmente,O mapa ao lado mostra, regionalmente, as taxas de analfabetismo entre asas taxas de analfabetismo entre as pessoas com mais de 15 anos.pessoas com mais de 15 anos.
  13. 13. • Comparando as listas com os 10 estadosComparando as listas com os 10 estados com menor analfabetismo, percebemoscom menor analfabetismo, percebemos que todos se inserem na metade sul doque todos se inserem na metade sul do país, regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.país, regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
  14. 14. • Já dentre os 10 Estados com maiorJá dentre os 10 Estados com maior índice de analfabetismo, 9 deles são osíndice de analfabetismo, 9 deles são os estados da região Nordeste, mais o Acreestados da região Nordeste, mais o Acre na região Norte.na região Norte.
  15. 15. • Ao longo das últimas décadas, asAo longo das últimas décadas, as maiores oportunidades de empregos semaiores oportunidades de empregos se concentram na região centro-sul do paísconcentram na região centro-sul do país (Sul, Sudeste e Centro-Oeste).(Sul, Sudeste e Centro-Oeste). • Há menores índices de analfabetismoHá menores índices de analfabetismo nessas regiões.nessas regiões. • O desemprego também pode ser umO desemprego também pode ser um pouco menor no centro-sul, porém atingepouco menor no centro-sul, porém atinge em cheio justamente a faixa populacionalem cheio justamente a faixa populacional não-alfabetizada, pois os trabalhosnão-alfabetizada, pois os trabalhos demandam algum nível de qualificação.demandam algum nível de qualificação.
  16. 16. • Há 1.900.000 pessoas entre 10 e 14 anos trabalhando. São 2,6% dos trabalhadoresHá 1.900.000 pessoas entre 10 e 14 anos trabalhando. São 2,6% dos trabalhadores brasileiros.brasileiros. • Além das outras 300 mil crianças trabalhadoras entre 5 e 9 anos.Além das outras 300 mil crianças trabalhadoras entre 5 e 9 anos. • Dessas crianças trabalhadoras, 60% encontram-se em áreas rurais e 40% em áreasDessas crianças trabalhadoras, 60% encontram-se em áreas rurais e 40% em áreas urbanas.urbanas. • Na região Nordeste é onde mais se encontra o trabalho infantil: 51,4 % do total.Na região Nordeste é onde mais se encontra o trabalho infantil: 51,4 % do total. • A taxa de trabalho infantil no Brasil ainda é bastante elevada.A taxa de trabalho infantil no Brasil ainda é bastante elevada. • O Brasil tem o compromisso assinado junto à OIT (Organização Internacional do Trabalho)O Brasil tem o compromisso assinado junto à OIT (Organização Internacional do Trabalho) de erradicar o trabalho infantil até 2016. Alguns especialistas já duvidam que o país possade erradicar o trabalho infantil até 2016. Alguns especialistas já duvidam que o país possa conseguir cumprir a meta.conseguir cumprir a meta.
  17. 17. • Quando se fala em trabalho escravo no Brasil, nos remetemos logo ao período daQuando se fala em trabalho escravo no Brasil, nos remetemos logo ao período da escravidão, que terminou oficialmente em 1888, no final do século XIX, há 124 anos.escravidão, que terminou oficialmente em 1888, no final do século XIX, há 124 anos. • Contudo, ainda hoje encontramos trabalho escravo no país.Contudo, ainda hoje encontramos trabalho escravo no país. • Atualmente a escravidão ocorre predominantemente nas áreas rurais e concentra-se emAtualmente a escravidão ocorre predominantemente nas áreas rurais e concentra-se em alguns estados, entre os quais:alguns estados, entre os quais: - Pará- Pará - Tocantins- Tocantins - Maranhão- Maranhão - Mato Grosso- Mato Grosso - Mato Grosso do Sul- Mato Grosso do Sul - Rondônia- Rondônia • Muitas vezes os trabalhadores são oriundos de outros estados brasileiros.Muitas vezes os trabalhadores são oriundos de outros estados brasileiros. • A “Comissão Pastoral da Terra”, ligada à Igreja Católica, encontrou cerca de 3.200A “Comissão Pastoral da Terra”, ligada à Igreja Católica, encontrou cerca de 3.200 escravos apenas no Pará.escravos apenas no Pará. • O Ministério da Justiça alega que libertou 4.581 escravos no Brasil entre 1995 e 2002.O Ministério da Justiça alega que libertou 4.581 escravos no Brasil entre 1995 e 2002. • Entre 2005 e 2010 o número de trabalhadores resgatados subiu para 17.000, segundo oEntre 2005 e 2010 o número de trabalhadores resgatados subiu para 17.000, segundo o Ministério Público do Trabalho.Ministério Público do Trabalho.
  18. 18. • No mapa ao lado,No mapa ao lado, podemos observar aspodemos observar as principais rotas de trabalhoprincipais rotas de trabalho escravo no Brasil.escravo no Brasil. • Muitos trabalhadores saemMuitos trabalhadores saem dos estados nordestinos, dedos estados nordestinos, de Minas Gerais e do ParanáMinas Gerais e do Paraná para trabalharem em grandepara trabalharem em grande parte nos estados do Pará eparte nos estados do Pará e Mato Grosso, com a ilusãoMato Grosso, com a ilusão de prosperidade, masde prosperidade, mas acabam sem recursosacabam sem recursos financeiros e dependentesfinanceiros e dependentes do empregador.do empregador. • O que motiva osO que motiva os empregadores a exploraremempregadores a explorarem os trabalhadores incluios trabalhadores inclui vários motivos, desde avários motivos, desde a ganância por lucros fáceis,ganância por lucros fáceis, como a competitividadecomo a competitividade econômica global.econômica global.
  19. 19. • No campo brasileiro convivem diferentes formas de organização do trabalho:No campo brasileiro convivem diferentes formas de organização do trabalho: - 1. Parcerias, ou arrendamentos- 1. Parcerias, ou arrendamentos - 2. Trabalho assalariado- 2. Trabalho assalariado - 3. Capitalistas agrários- 3. Capitalistas agrários - 4. Trabalho para pagamento de dívidas- 4. Trabalho para pagamento de dívidas - 5. Posseiro- 5. Posseiro - 6. Grilagem- 6. Grilagem • Vamos ver em mais detalhes cada uma delas.Vamos ver em mais detalhes cada uma delas.
  20. 20. • 1. PARCERIAS OU ARRENDAMENTOS1. PARCERIAS OU ARRENDAMENTOS • São formas de “aluguel” da terra que os trabalhadores acertam com os proprietários.São formas de “aluguel” da terra que os trabalhadores acertam com os proprietários. • Quando o pagamento é feito em dinheiro, ficaQuando o pagamento é feito em dinheiro, fica caracterizado o “arrendamento”.caracterizado o “arrendamento”. • Quando o pagamento é feito com uma parcelaQuando o pagamento é feito com uma parcela da produção, dá-se a “parceria”.da produção, dá-se a “parceria”. • Neste último caso, o “preço” pode ser:Neste último caso, o “preço” pode ser: - a metade da produção, sendo o trabalhador chamado de “meeiro”- a metade da produção, sendo o trabalhador chamado de “meeiro” - um terço da produção, constituem-se os “terceiros”- um terço da produção, constituem-se os “terceiros” • Esta é uma forma típica de “trabalho familiar” em pequenas e médias propriedades queEsta é uma forma típica de “trabalho familiar” em pequenas e médias propriedades que muitas vezes se situam ao redor de grandes áreas urbanas, compondo os chamadosmuitas vezes se situam ao redor de grandes áreas urbanas, compondo os chamados “cinturões verdes”.“cinturões verdes”. • ““Cinturões verdes” são áreas que circundam as grandes cidades, fornecendo-lhesCinturões verdes” são áreas que circundam as grandes cidades, fornecendo-lhes diariamente produtos agrícolas perecíveis, basicamente hortifrutigranjeiros aos centros dediariamente produtos agrícolas perecíveis, basicamente hortifrutigranjeiros aos centros de distribuição (exemplo: CEASA), aos supermercados e aos restaurantes.distribuição (exemplo: CEASA), aos supermercados e aos restaurantes.
  21. 21. • 2. TRABALHO ASSALARIADO2. TRABALHO ASSALARIADO • Com a chegada do capitalismo ao campo, houve o consequente assalariamento dasCom a chegada do capitalismo ao campo, houve o consequente assalariamento das relações de trabalho.relações de trabalho. • Isso acelerou o processo de expropriação, fomentando a migração para regiões em queIsso acelerou o processo de expropriação, fomentando a migração para regiões em que houvesse chance de trabalho remunerado.houvesse chance de trabalho remunerado. • Surgiu, então, o “trabalho temporário”, caso dos trabalhadores:Surgiu, então, o “trabalho temporário”, caso dos trabalhadores: - “bóias-frias” (designação utilizada no Sudeste e Sul do país)- “bóias-frias” (designação utilizada no Sudeste e Sul do país) - “corumbás” (designação no Nordeste e Centro-Oeste)- “corumbás” (designação no Nordeste e Centro-Oeste) - “peões” (designação na região Norte)- “peões” (designação na região Norte) • Eles constituem a mão-de-obra barata das grandes fazendas,Eles constituem a mão-de-obra barata das grandes fazendas, principalmente, das agroindústrias, recebendo por dia trabalhado.principalmente, das agroindústrias, recebendo por dia trabalhado. • Como só trabalham nas plantações e colheitas, têm emprego sazonal, e não estãoComo só trabalham nas plantações e colheitas, têm emprego sazonal, e não estão protegidos por direitos trabalhistas.protegidos por direitos trabalhistas. • Apenas 10% dos trabalhadores rurais tem registro em carteira e outros direitos, comoApenas 10% dos trabalhadores rurais tem registro em carteira e outros direitos, como assistência hospitalar, férias, etcassistência hospitalar, férias, etc
  22. 22. • 2. TRABALHO ASSALARIADO2. TRABALHO ASSALARIADO • Os bóia-frias podem ser:Os bóia-frias podem ser: - Fixos, os que tem pequenas propriedades e voltam para casa, para trabalhar em suas- Fixos, os que tem pequenas propriedades e voltam para casa, para trabalhar em suas roçasroças - Volantes, sem residência fixa, ficam nas mãos dos “gatos”, verdadeiros atravessadores- Volantes, sem residência fixa, ficam nas mãos dos “gatos”, verdadeiros atravessadores que os contratam para os serviços braçaisque os contratam para os serviços braçais
  23. 23. • 3. CAPITALISTAS AGRÁRIOS3. CAPITALISTAS AGRÁRIOS • Empresários nacionais e internacionais, geralmente oriundos das cidades, queEmpresários nacionais e internacionais, geralmente oriundos das cidades, que diversificam seus investimentos aplicando na produção rural.diversificam seus investimentos aplicando na produção rural. • São grandes agentes da modernização e doSão grandes agentes da modernização e do aprofundamento das relações capitalistas noaprofundamento das relações capitalistas no campo.campo. • As empresas dos capitalistas agráriosAs empresas dos capitalistas agrários representam cerca de 10% dos estabelecimentosrepresentam cerca de 10% dos estabelecimentos rurais e ocupam aproximadamente 35% da árearurais e ocupam aproximadamente 35% da área agrícola brasileira.agrícola brasileira. • Em muitas vezes os donos apenas entram comEm muitas vezes os donos apenas entram com o investimento, tratam a fazenda como negócio,o investimento, tratam a fazenda como negócio, e delegam a administração para profissionaise delegam a administração para profissionais especializados em assuntos do campo.especializados em assuntos do campo. • A fazenda funciona como um instrumento na qual o dono joga para ganhar dinheiro, e terA fazenda funciona como um instrumento na qual o dono joga para ganhar dinheiro, e ter retorno do investimento.retorno do investimento.
  24. 24. • 4. TRABALHO PARA PAGAMENTO DE DÍVIDAS4. TRABALHO PARA PAGAMENTO DE DÍVIDAS • Chamada de “nova escravidão” ou “escravidão por dívida”.Chamada de “nova escravidão” ou “escravidão por dívida”. • Muitos trabalhadores tornam-se “escravos” das fazendas, sendo forçados a trabalhar paraMuitos trabalhadores tornam-se “escravos” das fazendas, sendo forçados a trabalhar para pagar dívidas com os proprietários da terra.pagar dívidas com os proprietários da terra. • Atraídos por falsas promessas de condições deAtraídos por falsas promessas de condições de trabalho, são chamados a arcar com as despesas detrabalho, são chamados a arcar com as despesas de seu deslocamento.seu deslocamento. • Além disso, pagam pelo que consomemAlém disso, pagam pelo que consomem necessariamente na própria fazenda.necessariamente na própria fazenda. • Como o salário é muito baixo, vão sendo obrigadosComo o salário é muito baixo, vão sendo obrigados a trabalhar de graça.a trabalhar de graça. • Essa é, ainda, uma ocorrência comum no Brasil.Essa é, ainda, uma ocorrência comum no Brasil. • Dessa forma específica de organização do trabalho se deriva a imensa maioria do trabalhoDessa forma específica de organização do trabalho se deriva a imensa maioria do trabalho escravo no Brasil, na qual agentes dos ministérios da Justiça e Trabalho, em parceria com oescravo no Brasil, na qual agentes dos ministérios da Justiça e Trabalho, em parceria com o Ministério Público do Trabalho, buscam libertar.Ministério Público do Trabalho, buscam libertar.
  25. 25. • 5. POSSEIRO5. POSSEIRO • Posseiro é o nome dado ao trabalhador que ocupa e declara a posse da terra.Posseiro é o nome dado ao trabalhador que ocupa e declara a posse da terra. • Atualmente muitos são organizados em fortes movimentos sociais rurais, como o MSTAtualmente muitos são organizados em fortes movimentos sociais rurais, como o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra).(Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra). • Já outros, são aventureiros que ocupam umaJá outros, são aventureiros que ocupam uma terra abandonada e lá se instalam, se apossandoterra abandonada e lá se instalam, se apossando do local.do local.
  26. 26. • 6. GRILAGEM6. GRILAGEM • A grilagem de terra é uma prática comum no campo brasileiro. Trata-se de uma formaA grilagem de terra é uma prática comum no campo brasileiro. Trata-se de uma forma criminosa de regularizar posses indevidas.criminosa de regularizar posses indevidas. • Documentos falsos de propriedades rurais são produzidos e regularizados em cartório.Documentos falsos de propriedades rurais são produzidos e regularizados em cartório. • O termo “grileiro” tem origem no fato de golpistasO termo “grileiro” tem origem no fato de golpistas guardarem os documentos falsos em caixas nasguardarem os documentos falsos em caixas nas quais colocam grilos, pois esses insetos expelemquais colocam grilos, pois esses insetos expelem uma substância que impregna os documentos,uma substância que impregna os documentos, dando-lhes ares de antiguidade.dando-lhes ares de antiguidade. • Como se não bastasse, os grilos comem as bordasComo se não bastasse, os grilos comem as bordas dos papéis, o que corrobora a impressão dedos papéis, o que corrobora a impressão de documento guardado há muito tempo.documento guardado há muito tempo.
  27. 27. • Em 2010, o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) estabeleceuEm 2010, o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) estabeleceu uma nova metodologia para medir o índice de desenvolvimento humano (IDH) de cada país.uma nova metodologia para medir o índice de desenvolvimento humano (IDH) de cada país. • Assim, espera comparar melhor o grau de desenvolvimento dos países.Assim, espera comparar melhor o grau de desenvolvimento dos países. • Cinco variáveis são levadas em consideração:Cinco variáveis são levadas em consideração: - 1. Expectativa de vida ao nascer (indicador de saúde)- 1. Expectativa de vida ao nascer (indicador de saúde) - 2. Índice de educação- 2. Índice de educação - 3. Índice de anos médios de estudo- 3. Índice de anos médios de estudo - 4. Índice de anos esperados de escolaridade- 4. Índice de anos esperados de escolaridade - 5. Índice de renda (PIB per capita, indicador econômico)- 5. Índice de renda (PIB per capita, indicador econômico) • O IDH oscila entre 0 e 1.O IDH oscila entre 0 e 1. • Quanto mais próximo de 1, melhor.Quanto mais próximo de 1, melhor. • Mesmo sendo a sexta economia do planeta, de acordo com os dados de 2011, o IDHMesmo sendo a sexta economia do planeta, de acordo com os dados de 2011, o IDH brasileiro é de 0,718, o que lhe confere a 84ª colocação num total de 187 países.brasileiro é de 0,718, o que lhe confere a 84ª colocação num total de 187 países. • Isso porque...Isso porque... ... 21,4% da população está abaixo da linha da pobreza.... 21,4% da população está abaixo da linha da pobreza. ... A expectativa de vida do brasileiro ao nascer é de 72,4 anos... A expectativa de vida do brasileiro ao nascer é de 72,4 anos ... Nossa taxa de analfabetismo entre os adultos (mais de 15 anos) é de 9,02%... Nossa taxa de analfabetismo entre os adultos (mais de 15 anos) é de 9,02%
  28. 28. • Vejamos a lista dos Estados comVejamos a lista dos Estados com melhores e piores IDH do Brasil:melhores e piores IDH do Brasil:
  29. 29. • Vejamos a lista dos Estados comVejamos a lista dos Estados com melhores e piores IDH do Brasil:melhores e piores IDH do Brasil:
  30. 30. • Se considerarmos o IDH de cadaSe considerarmos o IDH de cada unidade da federação, constatamosunidade da federação, constatamos uma intensa desigualdade territorial.uma intensa desigualdade territorial. • Para além das variáveis do IDH, paraPara além das variáveis do IDH, para melhorarmos nosso índices demelhorarmos nosso índices de desenvolvimento humano, há quedesenvolvimento humano, há que melhorar as condições de vida damelhorar as condições de vida da população globalmente.população globalmente. • Nos aspectos sociais, permitir oNos aspectos sociais, permitir o acesso à educação e à saúde.acesso à educação e à saúde. • Quanto à economia, desconcentrar aQuanto à economia, desconcentrar a posse de terras e de renda,posse de terras e de renda, proporcionando uma distribuição justa.proporcionando uma distribuição justa. • Vale citar que:Vale citar que: - 1% da renda total do país se- 1% da renda total do país se concentram nas mãos dos 10% maisconcentram nas mãos dos 10% mais pobres.pobres. - Os 10% mais ricos concentram 46,1%- Os 10% mais ricos concentram 46,1% da renda total brasileira.da renda total brasileira.
  31. 31. • De 1999 para 2001, a redução do rendimento médio real de trabalho foi de 0,7% em médiaDe 1999 para 2001, a redução do rendimento médio real de trabalho foi de 0,7% em média ao ano.ao ano. • A perda real do rendimento médio de trabalho da população ocupada, de 1996 para 2001,A perda real do rendimento médio de trabalho da população ocupada, de 1996 para 2001, foi de 10,3%, passando de R$ 663,00 em média, em 1996, para R$ 595,00 em 2001.foi de 10,3%, passando de R$ 663,00 em média, em 1996, para R$ 595,00 em 2001. • Em relação a 1992 o ganho real foi de 28,8%.Em relação a 1992 o ganho real foi de 28,8%. • Entre os 10% com as menores remunerações de trabalho, a perda real anual foi de 1,6% e,Entre os 10% com as menores remunerações de trabalho, a perda real anual foi de 1,6% e, no outro extremo, entre os 10% com os maiores rendimentos, a perda real anual foi de 0,3%.no outro extremo, entre os 10% com os maiores rendimentos, a perda real anual foi de 0,3%. • Entretanto, no segmento em que mais se concentravam as pessoas ocupadasEntretanto, no segmento em que mais se concentravam as pessoas ocupadas remuneradas com o salário mínimo (terceira faixa inferior da distribuição), o ganho real foiremuneradas com o salário mínimo (terceira faixa inferior da distribuição), o ganho real foi de 4,7% em média, por ano.de 4,7% em média, por ano. • Fonte: PNAD 2001Fonte: PNAD 2001 136136

×