Antonio Pessoa – 23 de Maio de 2012Antonio Pessoa – 23 de Maio de 2012
• A paisagem estépica é dominante no Oriente Médio, e sua população está adaptada a essa
realidade.
• A paisagem estépica é dominante no Oriente Médio, e sua população está adaptada a essa
realidade.
• Aliás, a palavra “ár...
• A geomorfologia do Oriente Médio é diversificada: há montanhas, planaltos, planícies e
depressões.
• A geomorfologia do Oriente Médio é diversificada: há montanhas, planaltos, planícies e
depressões.
• Os planaltos áridos...
• A geomorfologia do Oriente Médio é diversificada: há montanhas, planaltos, planícies e
depressões.
• Os planaltos áridos...
• A geomorfologia do Oriente Médio é diversificada: há montanhas, planaltos, planícies e
depressões.
• Os planaltos áridos...
• Entre os rios Tigre e Eufrates (ambos no Iraque), está a fértil e pantanosa Mesopotâmia
(expressão grega que significa “...
• Entre os rios Tigre e Eufrates (ambos no Iraque), está a fértil e pantanosa Mesopotâmia
(expressão grega que significa “...
• Entre os rios Tigre e Eufrates (ambos no Iraque), está a fértil e pantanosa Mesopotâmia
(expressão grega que significa “...
• Entre os rios Tigre e Eufrates (ambos no Iraque), está a fértil e pantanosa Mesopotâmia
(expressão grega que significa “...
• O clima é predominantemente árido e semi-árido.
• O clima é predominantemente árido e semi-árido.
• A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribue...
• O clima é predominantemente árido e semi-árido.
• A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribue...
• O clima é predominantemente árido e semi-árido.
• A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribue...
• O clima é predominantemente árido e semi-árido.
• A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribue...
• O clima é predominantemente árido e semi-árido.
• A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribue...
• O clima é predominantemente árido e semi-árido.
• A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribue...
• Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre.
• Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre.
• Poucos são os rios volumosos no Oriente Médio e nem todos são pere...
• Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre.
• Poucos são os rios volumosos no Oriente Médio e nem todos são pere...
• Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre.
• Poucos são os rios volumosos no Oriente Médio e nem todos são pere...
• Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre.
• Poucos são os rios volumosos no Oriente Médio e nem todos são pere...
• Estes são os principais rios da região: Tigre, Eufrates e Jordão.
• Estes são os principais rios da região: Tigre, Eufrates e Jordão.
• Os dois primeiros nascem na Turquia, cortam a Síria ...
• Estes são os principais rios da região: Tigre, Eufrates e Jordão.
• Os dois primeiros nascem na Turquia, cortam a Síria ...
• Estes são os principais rios da região: Tigre, Eufrates e Jordão.
• Os dois primeiros nascem na Turquia, cortam a Síria ...
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Aula oriente médio_23-05-2012_parte3
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula oriente médio_23-05-2012_parte3

446 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
446
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula oriente médio_23-05-2012_parte3

  1. 1. Antonio Pessoa – 23 de Maio de 2012Antonio Pessoa – 23 de Maio de 2012
  2. 2. • A paisagem estépica é dominante no Oriente Médio, e sua população está adaptada a essa realidade.
  3. 3. • A paisagem estépica é dominante no Oriente Médio, e sua população está adaptada a essa realidade. • Aliás, a palavra “árabe” quer dizer “morador do deserto”.
  4. 4. • A geomorfologia do Oriente Médio é diversificada: há montanhas, planaltos, planícies e depressões.
  5. 5. • A geomorfologia do Oriente Médio é diversificada: há montanhas, planaltos, planícies e depressões. • Os planaltos áridos ocupam grande parte da paisagem.
  6. 6. • A geomorfologia do Oriente Médio é diversificada: há montanhas, planaltos, planícies e depressões. • Os planaltos áridos ocupam grande parte da paisagem. • Entre eles destacamos a Anatólia, na Turquia, o Planalto Iraniano, e o Planalto da Arábia.
  7. 7. • A geomorfologia do Oriente Médio é diversificada: há montanhas, planaltos, planícies e depressões. • Os planaltos áridos ocupam grande parte da paisagem. • Entre eles destacamos a Anatólia, na Turquia, o Planalto Iraniano, e o Planalto da Arábia. • Na franja setentrional (norte), o Oriente Médio é coberto por um conjunto montanhoso do cenozóico (até no máximo 65 milhões de anos atrás), que se estende desde o cáucaso, passando ao sul do Mar Cáspio e seguindo à zona montanhosa do Himalaia.
  8. 8. • Entre os rios Tigre e Eufrates (ambos no Iraque), está a fértil e pantanosa Mesopotâmia (expressão grega que significa “entre rios”).
  9. 9. • Entre os rios Tigre e Eufrates (ambos no Iraque), está a fértil e pantanosa Mesopotâmia (expressão grega que significa “entre rios”). • É uma das raras áreas úmidas do Oriente Médio.
  10. 10. • Entre os rios Tigre e Eufrates (ambos no Iraque), está a fértil e pantanosa Mesopotâmia (expressão grega que significa “entre rios”). • É uma das raras áreas úmidas do Oriente Médio. • Já na foz do Rio Jordão, na fronteira entre Israel e a Jordânia, localiza-se a depressão do Mar Morto, uma grande fossa tectônica a 394 metros abaixo do nível do mar, cujas águas apresentam a mais alta taxa de salinidade do mundo.
  11. 11. • Entre os rios Tigre e Eufrates (ambos no Iraque), está a fértil e pantanosa Mesopotâmia (expressão grega que significa “entre rios”). • É uma das raras áreas úmidas do Oriente Médio. • Já na foz do Rio Jordão, na fronteira entre Israel e a Jordânia, localiza-se a depressão do Mar Morto, uma grande fossa tectônica a 394 metros abaixo do nível do mar, cujas águas apresentam a mais alta taxa de salinidade do mundo. • Esse mar está fadado ao desaparecimento em alguns milhares de anos, uma vez que a evaporação intensa supera a drenagem, fenômeno agravado pelos diversos projetos de irrigação realizados por Israel com o propósito de viabilizar a agricultura no deserto.
  12. 12. • O clima é predominantemente árido e semi-árido.
  13. 13. • O clima é predominantemente árido e semi-árido. • A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribuem para a aridez do Oriente Médio.
  14. 14. • O clima é predominantemente árido e semi-árido. • A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribuem para a aridez do Oriente Médio. • Nessas condições climáticas, destacam-se as xerófilas (plantas que se adaptam à escassez de água), formações desérticas e estepes. Contudo, há exceções.
  15. 15. • O clima é predominantemente árido e semi-árido. • A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribuem para a aridez do Oriente Médio. • Nessas condições climáticas, destacam-se as xerófilas (plantas que se adaptam à escassez de água), formações desérticas e estepes. Contudo, há exceções. • Na orla mediterrânea, há chuvas no inverno (Novembro-Abril).
  16. 16. • O clima é predominantemente árido e semi-árido. • A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribuem para a aridez do Oriente Médio. • Nessas condições climáticas, destacam-se as xerófilas (plantas que se adaptam à escassez de água), formações desérticas e estepes. Contudo, há exceções. • Na orla mediterrânea, há chuvas no inverno (Novembro-Abril). • No entanto, uma barreira montanhosa que acompanha latitudinalmente (“norte-sul”) a porção ocidental da Síria, do Líbano e de Israel inviabiliza a penetração de massas úmidas para o interior.
  17. 17. • O clima é predominantemente árido e semi-árido. • A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribuem para a aridez do Oriente Médio. • Nessas condições climáticas, destacam-se as xerófilas (plantas que se adaptam à escassez de água), formações desérticas e estepes. Contudo, há exceções. • Na orla mediterrânea, há chuvas no inverno (Novembro-Abril). • No entanto, uma barreira montanhosa que acompanha latitudinalmente (“norte-sul”) a porção ocidental da Síria, do Líbano e de Israel inviabiliza a penetração de massas úmidas para o interior. • Outra “ilha” de umidade no Oriente Médio é a Mesopotâmia (Iraque); não que ocorram chuvas intensas na região, ao contrário, mas o derretimento de neve na cabeceira dos rios provoca inundações no baixo relevo iraquiano, tornando a área pantanosa.
  18. 18. • O clima é predominantemente árido e semi-árido. • A disposição geográfica, o relevo e a circulação atmosférica contribuem para a aridez do Oriente Médio. • Nessas condições climáticas, destacam-se as xerófilas (plantas que se adaptam à escassez de água), formações desérticas e estepes. Contudo, há exceções. • Na orla mediterrânea, há chuvas no inverno (Novembro-Abril). • No entanto, uma barreira montanhosa que acompanha latitudinalmente (“norte-sul”) a porção ocidental da Síria, do Líbano e de Israel inviabiliza a penetração de massas úmidas para o interior. • Outra “ilha” de umidade no Oriente Médio é a Mesopotâmia (Iraque); não que ocorram chuvas intensas na região, ao contrário, mas o derretimento de neve na cabeceira dos rios provoca inundações no baixo relevo iraquiano, tornando a área pantanosa. • A planície é extensa – tem 500 kms entre Bagdá e o Golfo Pérsico – e a oscilação do relevo é de apenas 40 metros de altitude.
  19. 19. • Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre.
  20. 20. • Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre. • Poucos são os rios volumosos no Oriente Médio e nem todos são perenes.
  21. 21. • Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre. • Poucos são os rios volumosos no Oriente Médio e nem todos são perenes. • É comum a presença dos “wadis”, leitos secos de rios na qual correm águas apenas na época de chuvas.
  22. 22. • Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre. • Poucos são os rios volumosos no Oriente Médio e nem todos são perenes. • É comum a presença dos “wadis”, leitos secos de rios na qual correm águas apenas na época de chuvas. • Por conta disso, somados a fatores geopolíticos, são frequentes os desentendimentos políticos ou mesmo guerras pelo controle estratégico da água.
  23. 23. • Como consequencia do clima, a rede hídrica é pobre. • Poucos são os rios volumosos no Oriente Médio e nem todos são perenes. • É comum a presença dos “wadis”, leitos secos de rios na qual correm águas apenas na época de chuvas. • Por conta disso, somados a fatores geopolíticos, são frequentes os desentendimentos políticos ou mesmo guerras pelo controle estratégico da água. • Podemos citar como exemplo disso desentendimentos entre Turquia e Síria, na cabeceira (nascente) do Rio Eufrates, ou a tensa relação entre Síria e Israel, devido aos mananciais próximas às Colinas de Golã (sudoeste da Síria, invadida por Israel em 1967), junto a fontes do Rio Jordão.
  24. 24. • Estes são os principais rios da região: Tigre, Eufrates e Jordão.
  25. 25. • Estes são os principais rios da região: Tigre, Eufrates e Jordão. • Os dois primeiros nascem na Turquia, cortam a Síria (Eufrates) e correm em sua maior parte dentro do Iraque.
  26. 26. • Estes são os principais rios da região: Tigre, Eufrates e Jordão. • Os dois primeiros nascem na Turquia, cortam a Síria (Eufrates) e correm em sua maior parte dentro do Iraque. • O Rio Jordão fica entre Israel e Jordânia.
  27. 27. • Estes são os principais rios da região: Tigre, Eufrates e Jordão. • Os dois primeiros nascem na Turquia, cortam a Síria (Eufrates) e correm em sua maior parte dentro do Iraque. • O Rio Jordão fica entre Israel e Jordânia. • A tradicional irrigação é um dos recursos para minimizar os problemas da carência de água.

×