Aula europa 17-08-2012

1.707 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.707
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula europa 17-08-2012

  1. 1.  Leste EuropeuLeste Europeu  Ex-União SoviéticaEx-União Soviética  Ex-IugosláviaEx-Iugoslávia  Ex-TchecoslováquiaEx-Tchecoslováquia  Ex-Alemanha OrientalEx-Alemanha Oriental  Bloco SocialistaBloco Socialista  Blocos EconômicosBlocos Econômicos  União EuropeiaUnião Europeia  EuroEuro  Crise econômica europeiaCrise econômica europeia  EXERCÍCIOSEXERCÍCIOS
  2. 2. • A chamada “Europa Oriental” – ouA chamada “Europa Oriental” – ou Leste Europeu – refere-se àqueleLeste Europeu – refere-se àquele conjunto de países que logo após oconjunto de países que logo após o término da 2ª Guerra Mundial (1939-término da 2ª Guerra Mundial (1939- 1945) caiu sob hegemonia soviética e1945) caiu sob hegemonia soviética e se converteu ao sistema de economiase converteu ao sistema de economia planificada com forte centralismoplanificada com forte centralismo estatal – também conhecido comoestatal – também conhecido como “Comunismo”.“Comunismo”. • Durante a 2ª Guerra, a UniãoDurante a 2ª Guerra, a União Soviética, à medida que expulsava asSoviética, à medida que expulsava as tropas nazistas dos territóriostropas nazistas dos territórios invadidos, alocava a sua e, assim, oinvadidos, alocava a sua e, assim, o domínio no flanco leste da Europa sedomínio no flanco leste da Europa se consolidou logo no início da Guerraconsolidou logo no início da Guerra Fria (1945-1991).Fria (1945-1991). 1945-19911945-1991
  3. 3. • A chamada “Europa Oriental” – ouA chamada “Europa Oriental” – ou Leste Europeu – refere-se àqueleLeste Europeu – refere-se àquele conjunto de países que logo após oconjunto de países que logo após o término da 2ª Guerra Mundial (1939-término da 2ª Guerra Mundial (1939- 1945) caiu sob hegemonia soviética e1945) caiu sob hegemonia soviética e se converteu ao sistema de economiase converteu ao sistema de economia planificada com forte centralismoplanificada com forte centralismo estatal – também conhecido comoestatal – também conhecido como “Comunismo”.“Comunismo”. • Durante a 2ª Guerra, a UniãoDurante a 2ª Guerra, a União Soviética, à medida que expulsava asSoviética, à medida que expulsava as tropas nazistas dos territóriostropas nazistas dos territórios invadidos, alocava a sua e, assim, oinvadidos, alocava a sua e, assim, o domínio no flanco leste da Europa sedomínio no flanco leste da Europa se consolidou logo no início da Guerraconsolidou logo no início da Guerra Fria (1945-1991).Fria (1945-1991). • Importante lembrar que a Iugoslávia eImportante lembrar que a Iugoslávia e Albânia mantiveram suas autonomiasAlbânia mantiveram suas autonomias em relação à União Soviética.em relação à União Soviética. União SoviéticaUnião Soviética IugosláviaIugoslávia AlbâniaAlbânia
  4. 4. • Após contar um pouco da históriaApós contar um pouco da história recente da região leste europeia, antesrecente da região leste europeia, antes de prosseguir é importante citar suasde prosseguir é importante citar suas sub-regiões e quais países as formam:sub-regiões e quais países as formam: • Sub-região dos Balcãs:Sub-região dos Balcãs: - Moldávia (ex-União Soviética)- Moldávia (ex-União Soviética) - Romênia- Romênia - Bulgária- Bulgária - Croácia (ex-Iugoslávia)- Croácia (ex-Iugoslávia) - Bósnia-Herzegovina (ex-Iugoslávia)- Bósnia-Herzegovina (ex-Iugoslávia) - Sérvia (ex-Iugoslávia)- Sérvia (ex-Iugoslávia) - Montenegro (ex-Iugoslávia)- Montenegro (ex-Iugoslávia) - Kosovo (ex-Iugoslávia)- Kosovo (ex-Iugoslávia) - Macedônia (ex-Iugoslávia)- Macedônia (ex-Iugoslávia) - Albânia- Albânia • Sub-região do Báltico:Sub-região do Báltico: - Estônia (ex-União Soviética)- Estônia (ex-União Soviética) - Letônia (ex-União Soviética)- Letônia (ex-União Soviética) - Lituânia (ex-União Soviética)- Lituânia (ex-União Soviética)
  5. 5. • Sub-região do Leste EuropeuSub-região do Leste Europeu - Polônia- Polônia - Bielorrúsia (ex-União Soviética)- Bielorrúsia (ex-União Soviética) - Ucrânia (ex-União Soviética)- Ucrânia (ex-União Soviética) - Rússia (ex-União Soviética)- Rússia (ex-União Soviética)
  6. 6. • Sub-região do Leste EuropeuSub-região do Leste Europeu - Polônia- Polônia - Bielorrúsia (ex-União Soviética)- Bielorrúsia (ex-União Soviética) - Ucrânia (ex-União Soviética)- Ucrânia (ex-União Soviética) - Rússia (ex-União Soviética)- Rússia (ex-União Soviética) • Importante lembrar que em muitasImportante lembrar que em muitas fontes a República Tcheca,fontes a República Tcheca, Eslováquia, Hungria e EslovêniaEslováquia, Hungria e Eslovênia também são consideradas como Lestetambém são consideradas como Leste Europeu, embora nessa aula asEuropeu, embora nessa aula as estudamos como parte da Europaestudamos como parte da Europa Central.Central.
  7. 7. • Sub-região do Leste EuropeuSub-região do Leste Europeu - Polônia- Polônia - Bielorrúsia (ex-União Soviética)- Bielorrúsia (ex-União Soviética) - Ucrânia (ex-União Soviética)- Ucrânia (ex-União Soviética) - Rússia (ex-União Soviética)- Rússia (ex-União Soviética) • Importante lembrar que em muitasImportante lembrar que em muitas fontes a República Tcheca,fontes a República Tcheca, Eslováquia, Hungria e EslovêniaEslováquia, Hungria e Eslovênia também são consideradas como Lestetambém são consideradas como Leste Europeu, embora nessa aula asEuropeu, embora nessa aula as estudamos como parte da Europaestudamos como parte da Europa Central.Central. • Já que citamos a União Soviética e aJá que citamos a União Soviética e a Iugoslávia, vamos procurar lembrar oIugoslávia, vamos procurar lembrar o que foram esses dois países,que foram esses dois países, formados por um conjunto deformados por um conjunto de repúblicas. Bem como vamos lembrarrepúblicas. Bem como vamos lembrar o que foram a Tchecoslováquia e ao que foram a Tchecoslováquia e a Alemanha Oriental.Alemanha Oriental. União SoviéticaUnião Soviética IugosláviaIugoslávia TchecoslováquiaTchecoslováquia Alemanha OrientalAlemanha Oriental
  8. 8. • A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) foi oficialmenteA União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) foi oficialmente extinta em 1991extinta em 1991.. • Em seu lugar criaram-se novos países e redesenharam-se fronteiras, mas o espaço outroraEm seu lugar criaram-se novos países e redesenharam-se fronteiras, mas o espaço outrora ocupado pela poderosa União Soviética ainda guarda marcas de um longo passado comumocupado pela poderosa União Soviética ainda guarda marcas de um longo passado comum a todos esses novos Estados.a todos esses novos Estados. União SoviéticaUnião Soviética 1922-19911922-1991
  9. 9. • As 15 Repúblicas que formavam a União Soviética, na qual hoje todas são paísesAs 15 Repúblicas que formavam a União Soviética, na qual hoje todas são países independentes:independentes: - 1. Rússia (Leste Europeu)- 1. Rússia (Leste Europeu) - 2. Ucrânia (Leste Europeu)- 2. Ucrânia (Leste Europeu) - 3. Bielorrússia (Leste Europeu)- 3. Bielorrússia (Leste Europeu) - 4. Cazaquistão (Ásia Central)- 4. Cazaquistão (Ásia Central) - 5. Uzbequistão (Ásia Central)- 5. Uzbequistão (Ásia Central) - 6. Turcomenistão (Ásia Central)- 6. Turcomenistão (Ásia Central) - 7. Quirguistão (Ásia Central)- 7. Quirguistão (Ásia Central) - 8. Tadjiquistão (Ásia Central)- 8. Tadjiquistão (Ásia Central) União SoviéticaUnião Soviética - 9. Estônia (Báltico)- 9. Estônia (Báltico) - 10. Letônia (Báltico)- 10. Letônia (Báltico) - 11. Lituânia (Báltico)- 11. Lituânia (Báltico) - 12. Moldávia (Balcãs)- 12. Moldávia (Balcãs) - 13. Geórgia (Cáucaso)- 13. Geórgia (Cáucaso) - 14. Armênia (Cáucaso)- 14. Armênia (Cáucaso) - 15. Azebaijão (Cáucaso)- 15. Azebaijão (Cáucaso) 11 22 33 44 55 66 77 88 99 1010 1111 1212 1313 14141515 1922-19911922-1991
  10. 10. • Na época em que existiu, a União Soviética praticou uma economia planejada peloNa época em que existiu, a União Soviética praticou uma economia planejada pelo governo. A Rússia pré-soviética era basicamente agrária, e o governo comunista buscougoverno. A Rússia pré-soviética era basicamente agrária, e o governo comunista buscou uma industrialização rápida do país, que ocorreu em poucas décadas.uma industrialização rápida do país, que ocorreu em poucas décadas. • Em alguns casos essa industrialização foi bem sucedida, levando à vanguarda da corridaEm alguns casos essa industrialização foi bem sucedida, levando à vanguarda da corrida espacial, e ao desenvolvimento da tecnologia de equipamentos militares de ponta, além daespacial, e ao desenvolvimento da tecnologia de equipamentos militares de ponta, além da siderurgia para equipamentos industriais em geral.siderurgia para equipamentos industriais em geral. • Em outros casos, essa industrialização forçada gerou problemas ambientais, como oEm outros casos, essa industrialização forçada gerou problemas ambientais, como o secamento do Mar de Aral, entre o Uzbequistão e o Cazaquistão (Ásia Central), gerado pelosecamento do Mar de Aral, entre o Uzbequistão e o Cazaquistão (Ásia Central), gerado pelo desvio do fluxo dos rios que o abasteciam, com o propósito de irrigar plantações.desvio do fluxo dos rios que o abasteciam, com o propósito de irrigar plantações. União SoviéticaUnião Soviética  MAR DE ARALMAR DE ARAL Iuri GagarinIuri Gagarin O 1° homemO 1° homem no espaçono espaço
  11. 11. • Regiões soviéticas que antes eram essencialmente agrícolas, se tornavam industriais, eRegiões soviéticas que antes eram essencialmente agrícolas, se tornavam industriais, e regiões antes pouco exploradas pela agricultura, passavam a ser intensamente utilizadas.regiões antes pouco exploradas pela agricultura, passavam a ser intensamente utilizadas. Caso de áreas próximas à bacia do Mar de Aral.Caso de áreas próximas à bacia do Mar de Aral. • Em termos agrícolas, a antiga União Soviética possuía dois tipos de locais agro-pecuários:Em termos agrícolas, a antiga União Soviética possuía dois tipos de locais agro-pecuários: - As fazendas estatais, na qual o governo era o dono e administrava a terra e a produção- As fazendas estatais, na qual o governo era o dono e administrava a terra e a produção - As fazendas cooperativas, na qual um grupo de trabalhadores administravam a terra e a- As fazendas cooperativas, na qual um grupo de trabalhadores administravam a terra e a produção, não havendo um dono.produção, não havendo um dono. • Apesar do extenso território, apenas havia viabilidade agrícola na metade sul do país, poisApesar do extenso território, apenas havia viabilidade agrícola na metade sul do país, pois o norte tinha um clima polar, e havia o predomínio das vegetações de Tundra e Taiga.o norte tinha um clima polar, e havia o predomínio das vegetações de Tundra e Taiga. União SoviéticaUnião Soviética  MAR DE ARALMAR DE ARAL
  12. 12. • O território soviético possuía invernos muito rigorosos, o que causava o congelamento deO território soviético possuía invernos muito rigorosos, o que causava o congelamento de vários rios durante este período do ano, inviabilizando a produção de energia hidrelétrica emvários rios durante este período do ano, inviabilizando a produção de energia hidrelétrica em várias regiões do país. Problema este que a atual Rússia ainda enfrenta.várias regiões do país. Problema este que a atual Rússia ainda enfrenta. • Outra característica soviética era o manejo dos recursos naturais. Para evitar os custos deOutra característica soviética era o manejo dos recursos naturais. Para evitar os custos de transporte de matérias-primas e produtos industriais, havia uma descentralização industrialtransporte de matérias-primas e produtos industriais, havia uma descentralização industrial muito grande.muito grande. • Isso significa que buscavam regionalizar todo o processo industrial. Desde a coleta deIsso significa que buscavam regionalizar todo o processo industrial. Desde a coleta de matérias-primas, passando pelo processo industrial e levando ao mercado de consumo. Omatérias-primas, passando pelo processo industrial e levando ao mercado de consumo. O governo se preocupava que tudo isto estivesse o mais próximo possível.governo se preocupava que tudo isto estivesse o mais próximo possível. União SoviéticaUnião Soviética
  13. 13. • Com a transformação da União Soviética em potência após a 2ª Guerra Mundial e oCom a transformação da União Soviética em potência após a 2ª Guerra Mundial e o consequente advento da Guerra Fria, o país priorizou quase exclusivamente o setor de bensconsequente advento da Guerra Fria, o país priorizou quase exclusivamente o setor de bens de produção, que abastecia o setor militar, deixando a indústria civil em segundo plano.de produção, que abastecia o setor militar, deixando a indústria civil em segundo plano. • Essa contradição industrial foi questionada a partir da “Perestroika” (Transformação, emEssa contradição industrial foi questionada a partir da “Perestroika” (Transformação, em russo), que pretendia revertê-la, renovando o fôlego do setor de bens de consumo.russo), que pretendia revertê-la, renovando o fôlego do setor de bens de consumo. • Para tanto, praticou uma política de abertura à tecnologia capitalista visando aperfeiçoar aPara tanto, praticou uma política de abertura à tecnologia capitalista visando aperfeiçoar a estagnação industrial soviética.estagnação industrial soviética. União SoviéticaUnião Soviética
  14. 14. União SoviéticaUnião Soviética • O então líder da União Soviética, Mikhail Gorbatchov (também transcrito “Gorbachev”),O então líder da União Soviética, Mikhail Gorbatchov (também transcrito “Gorbachev”), que iniciou as mudanças da “Perestroika” assim que chegou ao poder em 1985, foique iniciou as mudanças da “Perestroika” assim que chegou ao poder em 1985, foi gradualmente perdendo o controle da situação ao longo dos anos seguintes.gradualmente perdendo o controle da situação ao longo dos anos seguintes. • Uma combinação de...Uma combinação de... ...estagnação econômica há anos,...estagnação econômica há anos, ...falta de liberdades políticas,...falta de liberdades políticas, ...nacionalismos nas Repúblicas,...nacionalismos nas Repúblicas, ...política liberalizante de Gorbatchov,...política liberalizante de Gorbatchov, levou à dissolução da União Soviética no 2° semestre de 1991.levou à dissolução da União Soviética no 2° semestre de 1991. 19911991
  15. 15. • Deixou de existir o poder central concentrado em Moscou, a partir do “Kremlin” (Fortaleza,Deixou de existir o poder central concentrado em Moscou, a partir do “Kremlin” (Fortaleza, em russo), e cada República instituiu seu próprio governo independente, e adotou oem russo), e cada República instituiu seu próprio governo independente, e adotou o Capitalismo como sistema econômico.Capitalismo como sistema econômico. • Ao final de 1991 as 15 ex-Repúblicas soviéticas estabeleceram um bloco econômico, aAo final de 1991 as 15 ex-Repúblicas soviéticas estabeleceram um bloco econômico, a “Comunidade dos Estados Independentes” (CEI), que ainda não foi bem sucedida em criar“Comunidade dos Estados Independentes” (CEI), que ainda não foi bem sucedida em criar um bloco regional de desenvolvimento nos moldes da União Europeia.um bloco regional de desenvolvimento nos moldes da União Europeia. • Algumas ex-Repúblicas soviéticas desistiram da CEI logo nos primeiros anos, como aAlgumas ex-Repúblicas soviéticas desistiram da CEI logo nos primeiros anos, como a Geórgia, e os estados bálticos: Estônia, Letônia e Lituânia.Geórgia, e os estados bálticos: Estônia, Letônia e Lituânia. 19921992
  16. 16. • Em termos geopolíticos, a extinção da União Soviética levou à perdaEm termos geopolíticos, a extinção da União Soviética levou à perda de influência global que a região possuía. Apenas a Rússia aindade influência global que a região possuía. Apenas a Rússia ainda guarda alguma herança dessa influência.guarda alguma herança dessa influência. • Nos últimos 20 anos os países que um dia formaram a URSS oscilamNos últimos 20 anos os países que um dia formaram a URSS oscilam momentos de crescimento econômico com baixas liberdades políticas.momentos de crescimento econômico com baixas liberdades políticas. • Na Rússia, a mais importante das repúblicas soviéticas, há umNa Rússia, a mais importante das repúblicas soviéticas, há um predomínio político do Presidente Vladimir Putin desde o ano 2000.predomínio político do Presidente Vladimir Putin desde o ano 2000. A alternância no poder ainda não é rotina na Rússia pós-soviética,A alternância no poder ainda não é rotina na Rússia pós-soviética, embora o país ganhou muita liberdade civil e econômica desde então.embora o país ganhou muita liberdade civil e econômica desde então. 19921992
  17. 17. • A Iugoslávia foi um país que englobava uma junção de povos eslavos dos Balcãs atravésA Iugoslávia foi um país que englobava uma junção de povos eslavos dos Balcãs através de uma Federação composta por 6 repúblicas:de uma Federação composta por 6 repúblicas: - 1. ESLOVÊNIA:- 1. ESLOVÊNIA: religião católicareligião católica,, língua eslovenalíngua eslovena,, alfabeto romanoalfabeto romano - 2. CROÁCIA:- 2. CROÁCIA: religião católicareligião católica,, língua servo-croatalíngua servo-croata,, alfabeto romanoalfabeto romano - 3. BÓSNIA-HERZEGOVINA:- 3. BÓSNIA-HERZEGOVINA: religião muçulmanareligião muçulmana,, língua servo-croatalíngua servo-croata,, ambos os alfabetosambos os alfabetos - 4. SÉRVIA:- 4. SÉRVIA: religião cristã-ortodoxareligião cristã-ortodoxa,, língua servo-croatalíngua servo-croata,, alfabeto cirílicoalfabeto cirílico - 5. MONTENEGRO:- 5. MONTENEGRO: religião cristã-ortodoxareligião cristã-ortodoxa,, língua servo-croatalíngua servo-croata,, ambos os alfabetosambos os alfabetos - 6. MACEDÔNIA:- 6. MACEDÔNIA: religião cristã-ortodoxareligião cristã-ortodoxa,, língua macedônicalíngua macedônica,, alfabeto cirílicoalfabeto cirílico • Uma região no sul da Sérvia, o “Kosovo” (n° 7), tenta se separar deste país desde 2008.Uma região no sul da Sérvia, o “Kosovo” (n° 7), tenta se separar deste país desde 2008. 1918-19911918-1991 11 33 44 66 55 22 77 IugosláviaIugoslávia
  18. 18. • A Iugoslávia tinha a Sérvia como a república mais forte, mais populosa e rica.A Iugoslávia tinha a Sérvia como a república mais forte, mais populosa e rica. • AsAs diferenças étnicas se acirraramdiferenças étnicas se acirraram durante a década de 1980, após a morte do Marechaldurante a década de 1980, após a morte do Marechal Josip Broz Tito, que governou a Iugoslávia com carisma e mão-de-ferro desde 1945.Josip Broz Tito, que governou a Iugoslávia com carisma e mão-de-ferro desde 1945. • Em 1991 a Eslovênia e Croácia (países de maioria católica) se separaram da Iugoslávia. AEm 1991 a Eslovênia e Croácia (países de maioria católica) se separaram da Iugoslávia. A Macedônia (país de maioria cristã-ortodoxa e língua própria) se separou em 1992.Macedônia (país de maioria cristã-ortodoxa e língua própria) se separou em 1992. • Entre 1992 e 1995 houve uma guerra na Bósnia-Herzegovina pela separação dessa entãoEntre 1992 e 1995 houve uma guerra na Bósnia-Herzegovina pela separação dessa então república iugoslava. Foi obtido após acordos de paz com a minoria sérvia que habita o país.república iugoslava. Foi obtido após acordos de paz com a minoria sérvia que habita o país. 199219921918-19911918-1991 IugosláviaIugoslávia
  19. 19. • Entre 1992 e 2006 as repúblicas da Sérvia e Montenegro (incluindo o Kosovo, dentro daEntre 1992 e 2006 as repúblicas da Sérvia e Montenegro (incluindo o Kosovo, dentro da Sérvia) ainda se mantinham juntas formando uma Iugoslávia menor. Porém, após plebiscitosSérvia) ainda se mantinham juntas formando uma Iugoslávia menor. Porém, após plebiscitos em 2006, Montenegro decidiu se separar da Sérvia e formar um país independente.em 2006, Montenegro decidiu se separar da Sérvia e formar um país independente. • Em 2008 o Kosovo proclamou a sua independência, mas ainda não possui reconhecimentoEm 2008 o Kosovo proclamou a sua independência, mas ainda não possui reconhecimento internacional, e a Sérvia clama que o Kosovo ainda é parte de seu território.internacional, e a Sérvia clama que o Kosovo ainda é parte de seu território. 1992-Hoje1992-Hoje
  20. 20. • A Tchecoslováquia foi um país que unia os povos tchecos (boêmios e moravianos) eA Tchecoslováquia foi um país que unia os povos tchecos (boêmios e moravianos) e eslovacos em uma só nação. Surgiu ao final da 1ª Guerra Mundial, em 1918.eslovacos em uma só nação. Surgiu ao final da 1ª Guerra Mundial, em 1918. • Com o fim do regime socialista em 1990, os eslovacos ansiavam a independência.Com o fim do regime socialista em 1990, os eslovacos ansiavam a independência. 1918-19921918-1992 TchecoslováquiaTchecoslováquia
  21. 21. • Após um plebiscito em 1992, decidiram que a partir de 1° de janeiro de 1993 a EslováquiaApós um plebiscito em 1992, decidiram que a partir de 1° de janeiro de 1993 a Eslováquia seria um país independente, e o restante se chamaria República Tcheca. E assim se fez aseria um país independente, e o restante se chamaria República Tcheca. E assim se fez a separação.separação. 1993-Hoje1993-Hoje RepúblicaRepública TchecaTcheca EslováquiaEslováquia
  22. 22. • A Alemanha esteve dividida em dois países entre 1949 e 1990:A Alemanha esteve dividida em dois países entre 1949 e 1990: - 1. Alemanha Ocidental, de sistema econômico capitalista, e democrático politicamente- 1. Alemanha Ocidental, de sistema econômico capitalista, e democrático politicamente - 2. Alemanha Oriental, de sistema econômico planificado e politicamente comunista- 2. Alemanha Oriental, de sistema econômico planificado e politicamente comunista • A Alemanha Ocidental é também conhecida como “República Federal da Alemanha” e aA Alemanha Ocidental é também conhecida como “República Federal da Alemanha” e a Alemanha Oriental era chamada de “República Democrática Alemã”.Alemanha Oriental era chamada de “República Democrática Alemã”. • Se originaram do fato da Alemanha Oriental englobar a área ocupada pelo exércitoSe originaram do fato da Alemanha Oriental englobar a área ocupada pelo exército soviético ao final da 2ª Guerra Mundial, e a Alemanha Ocidental compunha a área ocupadasoviético ao final da 2ª Guerra Mundial, e a Alemanha Ocidental compunha a área ocupada pelos exércitos aliados-capitalistas ao final do conflito, como EUA, Reino Unido e França.pelos exércitos aliados-capitalistas ao final do conflito, como EUA, Reino Unido e França. 1949-19901949-1990 Alemanha OrientalAlemanha Oriental Alemanha OcidentalAlemanha Ocidental
  23. 23. • Após o fim do comunismo na Alemanha Oriental, na qual a população de Berlim passou aApós o fim do comunismo na Alemanha Oriental, na qual a população de Berlim passou a ter permissão para cruzar a fronteira e ir para a Alemanha Ocidental, culminou com ater permissão para cruzar a fronteira e ir para a Alemanha Ocidental, culminou com a derrubada do Muro de Berlim por populares em Novembro de 1989.derrubada do Muro de Berlim por populares em Novembro de 1989. • Nos meses seguintes os governos de ambos os países negociaram um acordo deNos meses seguintes os governos de ambos os países negociaram um acordo de unificação, culminando com a Reunificação Alemã em 03 de Outubro de 1990, na qual aunificação, culminando com a Reunificação Alemã em 03 de Outubro de 1990, na qual a “República Democrática Alemã” (Alemanha Oriental) deixava de existir, passando a ser parte“República Democrática Alemã” (Alemanha Oriental) deixava de existir, passando a ser parte da “República Federal da Alemanha” (Alemanha Ocidental), formando uma só Alemanha.da “República Federal da Alemanha” (Alemanha Ocidental), formando uma só Alemanha. 1990-Hoje1990-Hoje AlemanhaAlemanha
  24. 24. • Entre o fim da 2ª Guerra MundialEntre o fim da 2ª Guerra Mundial (1945) e o fim dos regimes socialistas(1945) e o fim dos regimes socialistas no Leste Europeu (1989-1991), a regiãono Leste Europeu (1989-1991), a região era composta de 9 países cujosera composta de 9 países cujos regimes políticos eram comunistas e aregimes políticos eram comunistas e a economia era planificada (planejada).economia era planificada (planejada). • Alemanha Oriental (1949-1990)Alemanha Oriental (1949-1990) • PolôniaPolônia • Tchecoslováquia (1918-1993)Tchecoslováquia (1918-1993) • HungriaHungria • Iugoslávia (1918-1991)Iugoslávia (1918-1991) • RomêniaRomênia • BulgáriaBulgária • AlbâniaAlbânia • União Soviética (1922-1991)União Soviética (1922-1991) • Com o afrouxamento da influênciaCom o afrouxamento da influência soviética nos países do Leste Europeusoviética nos países do Leste Europeu a partir de 1989, cada um delesa partir de 1989, cada um deles substituiu o regime comunista por umsubstituiu o regime comunista por um sistema capitalista democrático.sistema capitalista democrático. União SoviéticaUnião Soviética 1945-19901945-1990
  25. 25. • Alemanha Oriental, Polônia,Alemanha Oriental, Polônia, Tchecoslováquia, Hungria, Romênia eTchecoslováquia, Hungria, Romênia e Bulgária viveram na órbita daBulgária viveram na órbita da influência soviética de 1945 a 1989.influência soviética de 1945 a 1989. • Fora da zona de influência soviética,Fora da zona de influência soviética, outros dois países adotavam ooutros dois países adotavam o socialismo, a Albânia e Iugoslávia.socialismo, a Albânia e Iugoslávia. • Durante a bipolaridade da GuerraDurante a bipolaridade da Guerra Fria, estes países estiveram sempre aoFria, estes países estiveram sempre ao lado da União Soviética nas questõeslado da União Soviética nas questões geopolíticas.geopolíticas. União SoviéticaUnião Soviética 1945-19901945-1990
  26. 26. • Com o fim dos regimes comunistas, os países europeus do leste buscaram fazer parte deCom o fim dos regimes comunistas, os países europeus do leste buscaram fazer parte de blocos econômicos, pois seriam mais geoestratégicos.blocos econômicos, pois seriam mais geoestratégicos. • No continente europeu há 2 grandes blocos econômicos. Um mais bem sucedido, o outroNo continente europeu há 2 grandes blocos econômicos. Um mais bem sucedido, o outro ainda não se afirmou adequadamente:ainda não se afirmou adequadamente: - A União Europeia, bem sucedida (em- A União Europeia, bem sucedida (em azulazul, no mapa), no mapa) - A Comunidade dos Estados Independentes, ainda reticente (em- A Comunidade dos Estados Independentes, ainda reticente (em vermelhovermelho, no mapa), no mapa) • O predomínio da Rússia na Comunidade dos Estados Independentes, e o nacionalismo nasO predomínio da Rússia na Comunidade dos Estados Independentes, e o nacionalismo nas ex-repúblicas soviéticas fazem a combinação para que os países membros da CEI estejamex-repúblicas soviéticas fazem a combinação para que os países membros da CEI estejam receosos em aprofundar as relações nos mesmos moldes que a União Europeia fez.receosos em aprofundar as relações nos mesmos moldes que a União Europeia fez.
  27. 27. • Após o final da 2ª GuerraApós o final da 2ª Guerra Mundial, 6 países da EuropaMundial, 6 países da Europa (França, Alemanha Ocidental,(França, Alemanha Ocidental, Itália, Bélgica, Holanda eItália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo), fundaram emLuxemburgo), fundaram em 1957 a “Comunidade Econômica1957 a “Comunidade Econômica Europeia” (CEE).Europeia” (CEE). • De início a proposta dessas 6De início a proposta dessas 6 nações fundadores era integrarnações fundadores era integrar as economias através doas economias através do comércio, com facilidadescomércio, com facilidades tarifárias.tarifárias.
  28. 28. • Após o final da 2ª GuerraApós o final da 2ª Guerra Mundial, 6 países da EuropaMundial, 6 países da Europa (França, Alemanha Ocidental,(França, Alemanha Ocidental, Itália, Bélgica, Holanda eItália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo), fundaram emLuxemburgo), fundaram em 1957 a “Comunidade Econômica1957 a “Comunidade Econômica Europeia” (CEE).Europeia” (CEE). • De início a proposta dessas 6De início a proposta dessas 6 nações fundadores era integrarnações fundadores era integrar as economias através doas economias através do comércio, com facilidadescomércio, com facilidades tarifárias.tarifárias. • Em 1973 mais 3 paísesEm 1973 mais 3 países ingressaram nessa comunidade:ingressaram nessa comunidade: Dinamarca, Irlanda e ReinoDinamarca, Irlanda e Reino Unido.Unido.
  29. 29. • Após o final da 2ª GuerraApós o final da 2ª Guerra Mundial, 6 países da EuropaMundial, 6 países da Europa (França, Alemanha Ocidental,(França, Alemanha Ocidental, Itália, Bélgica, Holanda eItália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo), fundaram emLuxemburgo), fundaram em 1957 a “Comunidade Econômica1957 a “Comunidade Econômica Europeia” (CEE).Europeia” (CEE). • De início a proposta dessas 6De início a proposta dessas 6 nações fundadores era integrarnações fundadores era integrar as economias através doas economias através do comércio, com facilidadescomércio, com facilidades tarifárias.tarifárias. • Em 1973 mais 3 paísesEm 1973 mais 3 países ingressaram nessa comunidade:ingressaram nessa comunidade: Dinamarca, Irlanda e ReinoDinamarca, Irlanda e Reino Unido.Unido. • Nos anos 80 mais 3 nações seNos anos 80 mais 3 nações se juntaram: Grécia, Espanha ejuntaram: Grécia, Espanha e Portugal. Totalizando 12 países.Portugal. Totalizando 12 países.
  30. 30. • Com o fim da União SoviéticaCom o fim da União Soviética e do Bloco Socialista entre 1989e do Bloco Socialista entre 1989 e 1991, os países membros dae 1991, os países membros da então “Comunidade Econômicaentão “Comunidade Econômica Europeia” notaram um vácuo aEuropeia” notaram um vácuo a preencher no equilíbrio depreencher no equilíbrio de forças na geopolítica mundial.forças na geopolítica mundial. • Sem a União Soviética, osSem a União Soviética, os Estados Unidos predominariamEstados Unidos predominariam no mundo sem concorrência deno mundo sem concorrência de nenhum tipo.nenhum tipo. • Os 12 membros da “CEE”Os 12 membros da “CEE” negociaram e firmaram em 1992negociaram e firmaram em 1992 o “Tratado de Maastricht”, nao “Tratado de Maastricht”, na qual a CEE passaria a se chamarqual a CEE passaria a se chamar “União Europeia” e o processo“União Europeia” e o processo de integração econômica sede integração econômica se juntação à integração política.juntação à integração política.
  31. 31. • O objetivo da União EuropeiaO objetivo da União Europeia foi buscar um contrapeso àfoi buscar um contrapeso à influência americana no mundoinfluência americana no mundo que não comprometesse a pazque não comprometesse a paz mundial.mundial. • A partir do “Tratado deA partir do “Tratado de Maastricht” se iniciaram asMaastricht” se iniciaram as negociações para:negociações para: - Adotar uma moeda única nos- Adotar uma moeda única nos países-membrospaíses-membros - Expandir o número de países-- Expandir o número de países- membros da União Europeiamembros da União Europeia - Adotar um espaço único de- Adotar um espaço único de circulação de pessoas ecirculação de pessoas e mercadoriasmercadorias - Fortalecer o “Parlamento- Fortalecer o “Parlamento Europeu”, em funcionamentoEuropeu”, em funcionamento desde 1979.desde 1979. - Criar um único Exército- Criar um único Exército (Forças Armadas).(Forças Armadas).
  32. 32. • Desses objetivos, apenas oDesses objetivos, apenas o último ainda não foi alcançado.último ainda não foi alcançado. • No “Tratado de Maastrich” aNo “Tratado de Maastrich” a União Europeia estabeleceuUnião Europeia estabeleceu oficialmente uma bandeira, deoficialmente uma bandeira, de fundo azul-escuro com comofundo azul-escuro com como visto ao lado.visto ao lado. • A expansão do número deA expansão do número de membros da União Europeia foimembros da União Europeia foi alcançada nos 15 anosalcançada nos 15 anos seguintes à efetivação doseguintes à efetivação do “Tratado de Maastricht”.“Tratado de Maastricht”. • Em 1995 ingressaram mais 3Em 1995 ingressaram mais 3 membros na União: Suécia,membros na União: Suécia, Finlândia e Áustria.Finlândia e Áustria.
  33. 33. • Em 2004 a União EuropeiaEm 2004 a União Europeia passou a contar com mais 10passou a contar com mais 10 países-membros, muitos delespaíses-membros, muitos deles antigos membros do Blocoantigos membros do Bloco Socialista: Polônia, RepúblicaSocialista: Polônia, República Tcheca, Eslováquia, Hungria,Tcheca, Eslováquia, Hungria, Eslovênia, Estônia, Letônia,Eslovênia, Estônia, Letônia, Lituânia, Chipre e Malta.Lituânia, Chipre e Malta. • Em 2007 se juntaram à UniãoEm 2007 se juntaram à União Europeia mais dois antigosEuropeia mais dois antigos países do Bloco Socialista:países do Bloco Socialista: Romênia e Bulgária.Romênia e Bulgária. • Esses países ex-comunistasEsses países ex-comunistas que ingressaram na Uniãoque ingressaram na União Europeia foram os mais bemEuropeia foram os mais bem sucedidos na transição dasucedidos na transição da economia planificada para oeconomia planificada para o livre-mercado, com fortelivre-mercado, com forte industrialização, alta renda perindustrialização, alta renda per capita e baixo desemprego.capita e baixo desemprego.
  34. 34. • Os atuais 27 países-membrosOs atuais 27 países-membros da União Europeia elegemda União Europeia elegem Deputados para um ParlamentoDeputados para um Parlamento Europeu.Europeu. • Através do ParlamentoAtravés do Parlamento Europeu e da “ComissãoEuropeu e da “Comissão Europeia” (o poder executivo daEuropeia” (o poder executivo da União Europeia) acontece oUnião Europeia) acontece o funcionamento do bloco, cujofuncionamento do bloco, cujo objetivo é moderar as relaçõesobjetivo é moderar as relações entre seus estados-membros eentre seus estados-membros e integrá-los politicamente.integrá-los politicamente. • Desde 2004 o “Presidente daDesde 2004 o “Presidente da Comissão Europeia” é oComissão Europeia” é o português José Manuel Durãoportuguês José Manuel Durão Barroso.Barroso.
  35. 35. • Importante lembrar que aImportante lembrar que a Suíça e a Noruega NÃO fazemSuíça e a Noruega NÃO fazem parte da União Europeia.parte da União Europeia. • Embora sejam dois países comEmbora sejam dois países com alto padrão de vida e quealto padrão de vida e que possuem ricas economias, suaspossuem ricas economias, suas políticas de neutralidade externapolíticas de neutralidade externa as fazem abdicar do potencialas fazem abdicar do potencial de serem membros da Uniãode serem membros da União Europeia.Europeia. • Alguns micro-países EuropeusAlguns micro-países Europeus como Andorra, San Marino,como Andorra, San Marino, Liechtenstein, Vaticano eLiechtenstein, Vaticano e Mônaco também não fazemMônaco também não fazem parte da União Europeia, porémparte da União Europeia, porém mantém fortes tratados demantém fortes tratados de cooperação com o bloco.cooperação com o bloco.
  36. 36. • Após 2007 alguns países queApós 2007 alguns países que compunham a antiga Iugosláviacompunham a antiga Iugoslávia manifestam a intenção de semanifestam a intenção de se juntarem à União Europeia.juntarem à União Europeia. • A Croácia, Bósnia-A Croácia, Bósnia- Herzegovina, Sérvia,Herzegovina, Sérvia, Montenegro e MacedôniaMontenegro e Macedônia querem entrar na Uniãoquerem entrar na União Europeia, além da Albânia.Europeia, além da Albânia. • Da antiga Iugoslávia, apenas aDa antiga Iugoslávia, apenas a Eslovênia faz parte da UniãoEslovênia faz parte da União Europeia, desde 2004.Europeia, desde 2004. • Outro país que quer se juntar àOutro país que quer se juntar à União Europeia é a Turquia.União Europeia é a Turquia. Essa é a candidatura maisEssa é a candidatura mais polêmica, pois o país possuipolêmica, pois o país possui uma identidade fortementeuma identidade fortemente relacionada com o Orienterelacionada com o Oriente Médio, e não com a Europa.Médio, e não com a Europa.
  37. 37. • Para ingressar na UniãoPara ingressar na União Europeia um país deve cumprirEuropeia um país deve cumprir alguns requisitos políticos ealguns requisitos políticos e econômicos.econômicos. • Politicamente o país precisa terPoliticamente o país precisa ter um sistema democrático deum sistema democrático de direito, constitucional, quedireito, constitucional, que garanta as plenas liberdadesgaranta as plenas liberdades individuais. Não pode estar emindividuais. Não pode estar em guerra.guerra. • Economicamente o paísEconomicamente o país precisa ter um sistemaprecisa ter um sistema capitalista de livre-mercado.capitalista de livre-mercado. • Antes de ingressar na UniãoAntes de ingressar na União Europeia o candidato precisaEuropeia o candidato precisa assinar diversos tratados queassinar diversos tratados que garantem a livre circulação degarantem a livre circulação de pessoas e mercadorias, além depessoas e mercadorias, além de políticas sociais e externas.políticas sociais e externas.
  38. 38. • Antes do objetivo deAntes do objetivo de integração política europeia,integração política europeia, afirmado em 1992, a Uniãoafirmado em 1992, a União Europeia já buscava aEuropeia já buscava a integração econômica.integração econômica. • Décadas de mercado-comumDécadas de mercado-comum entre os países membrosentre os países membros culminou com a implantação deculminou com a implantação de uma moeda única: o Euro.uma moeda única: o Euro. O Euro (símbolo: € ), a moedaO Euro (símbolo: € ), a moeda única europeia entrou emúnica europeia entrou em circulação há 10 anos, em 1º decirculação há 10 anos, em 1º de Janeiro de 2002.Janeiro de 2002. Nos primeiros anos ela ganhouNos primeiros anos ela ganhou corpo, e foi se consolidandocorpo, e foi se consolidando como uma opção de moedacomo uma opção de moeda padrão, tornando-se umpadrão, tornando-se um respeitável concorrente dorespeitável concorrente do dólar.dólar. €€
  39. 39. • A adoção do Euro fez com queA adoção do Euro fez com que os países-membrosos países-membros abandonassem suas moedasabandonassem suas moedas históricas como o Francohistóricas como o Franco (França), o Marco (Alemanha), a(França), o Marco (Alemanha), a Lira (Itália), a Peseta (Espanha),Lira (Itália), a Peseta (Espanha), o Escudo (Portugal), o Dracmao Escudo (Portugal), o Dracma (Grécia), entre outros.(Grécia), entre outros. • Quem emite o Euro e decideQuem emite o Euro e decide suas políticas monetárias é osuas políticas monetárias é o Banco Central Europeu, umBanco Central Europeu, um órgão pertencente aos 27órgão pertencente aos 27 estados-membros.estados-membros. • Para ter o Euro como moeda, oPara ter o Euro como moeda, o país-membro precisa cumprirpaís-membro precisa cumprir rigorosas metas econômicas,rigorosas metas econômicas, como inflação baixa, gastoscomo inflação baixa, gastos públicos sob controle, entrepúblicos sob controle, entre outros.outros. €€
  40. 40. • Nem todos os países da UniãoNem todos os países da União Europeia adotaram o Euro.Europeia adotaram o Euro. • Dos membros mais antigos, oDos membros mais antigos, o Reino Unido, a Dinamarca e aReino Unido, a Dinamarca e a Suécia preferiram continuar comSuécia preferiram continuar com suas moedas nacionais (Librasuas moedas nacionais (Libra Esterlina, Coroa DinamarquesaEsterlina, Coroa Dinamarquesa e Coroa Sueca,e Coroa Sueca, respectivamente).respectivamente). • Dos membros mais novos,Dos membros mais novos, países que faziam parte dopaíses que faziam parte do antigo Bloco Socialista, apenasantigo Bloco Socialista, apenas a Estônia, a Eslováquia e aa Estônia, a Eslováquia e a Eslovênia adotaram o Euro.Eslovênia adotaram o Euro. • Os demais membrosOs demais membros pretendem adotar o Euro, maspretendem adotar o Euro, mas antes, precisam cumprir asantes, precisam cumprir as metas econômicas. Caso dametas econômicas. Caso da Polônia, Romênia, Hungria, etc.Polônia, Romênia, Hungria, etc. €€
  41. 41. • Atualmente 17 países-Atualmente 17 países- membros da União Europeiamembros da União Europeia adotam o Euro.adotam o Euro. • Junto à eles, 4 micro-paísesJunto à eles, 4 micro-países adotam o Euro como moeda poradotam o Euro como moeda por suas fortes ligações comsuas fortes ligações com países-membros.países-membros. • Os 21 países da Zona do Euro:Os 21 países da Zona do Euro: PortugalPortugal EspanhaEspanha FrançaFrança AlemanhaAlemanha ItáliaItália IrlandaIrlanda HolandaHolanda BélgicaBélgica LuxemburgoLuxemburgo ÁustriaÁustria EslovêniaEslovênia EslováquiaEslováquia GréciaGrécia ChipreChipre MaltaMalta EstôniaEstônia FinlândiaFinlândia Andorra (micro)Andorra (micro) Mônaco (micro)Mônaco (micro) San Marino (micro)San Marino (micro) Vaticano (micro)Vaticano (micro) Cotação do Euro:Cotação do Euro: € 1.00 = R$ 2,49€ 1.00 = R$ 2,49
  42. 42. • Porém, a partir da crisePorém, a partir da crise internacional de 2008, o Eurointernacional de 2008, o Euro aos poucos foi perdendoaos poucos foi perdendo impulso por conta da crise deimpulso por conta da crise de endividamento de alguns países.endividamento de alguns países. • O caso mais crônico é o daO caso mais crônico é o da Grécia.Grécia. • Mas também é importanteMas também é importante lembrar que outros países dalembrar que outros países da “Europa Mediterrânea” foram“Europa Mediterrânea” foram atingidos por essa crise deatingidos por essa crise de endividamento, como Portugal,endividamento, como Portugal, Espanha e Itália.Espanha e Itália. • E até mesmo a Irlanda, naE até mesmo a Irlanda, na “Europa Oceânica” foi atingida.“Europa Oceânica” foi atingida. • O que é essa crise deO que é essa crise de endividamento?endividamento?
  43. 43. • Todo governo, seja nacional,Todo governo, seja nacional, regional ou municipal, possuiregional ou municipal, possui algum nível de dívida.algum nível de dívida. • Deve para bancos privados,Deve para bancos privados, bancos públicos de outrosbancos públicos de outros países, bancos internacionaispaíses, bancos internacionais (como o Banco Mundial), para(como o Banco Mundial), para fundos monetários (como ofundos monetários (como o FMI), e para qualquer pessoaFMI), e para qualquer pessoa física ou jurídica que comprefísica ou jurídica que compre títulos da dívida do governo.títulos da dívida do governo. • A questão é se essa dívida éA questão é se essa dívida é muito alta ou não. Se elamuito alta ou não. Se ela extrapola os limites daextrapola os limites da capacidade do governocapacidade do governo conseguir pagar essasconseguir pagar essas “parcelas” da dívida dentro do“parcelas” da dívida dentro do prazo, ou não.prazo, ou não.
  44. 44. • A relação entre o valor totalA relação entre o valor total das dívidas e o tamanho dadas dívidas e o tamanho da economia (PIB) é um parâmetroeconomia (PIB) é um parâmetro para fazer ideia do nível depara fazer ideia do nível de endividamento das nações.endividamento das nações. • Na tabela abaixo, os 5 paísesNa tabela abaixo, os 5 países europeus com a maior relaçãoeuropeus com a maior relação dívida/PIB:dívida/PIB: Pos.Pos. PaísPaís DívidaDívida (% do PIB)(% do PIB) 1°1° GréciaGrécia 160 %160 % 2°2° ItáliaItália 120 %120 % 3°3° PortugalPortugal 106 %106 % 4°4° IrlandaIrlanda 104 %104 % 5°5° IslândiaIslândia 99 %99 % -- BrasilBrasil 66 %66 %
  45. 45. • Há países no mundo comHá países no mundo com altíssima relação dívida/PIB,altíssima relação dívida/PIB, como o Japão, que possui umacomo o Japão, que possui uma dívida equivalente a 230% dodívida equivalente a 230% do PIB (quase 2,5x a economiaPIB (quase 2,5x a economia japonesa!)japonesa!) • Mas a questão é a capacidadeMas a questão é a capacidade do país de honrar as “parcelas”do país de honrar as “parcelas” dessa dívida.dessa dívida. • Os chamados “títulosOs chamados “títulos públicos” são como ospúblicos” são como os “boletos” de um “carnê” de“boletos” de um “carnê” de prestação.prestação. • Se um país tem arrecadação deSe um país tem arrecadação de impostos suficiente para pagarimpostos suficiente para pagar esses “boletos do carnê” emesses “boletos do carnê” em dia, não há pânico se sua dívidadia, não há pânico se sua dívida é elevada.é elevada.
  46. 46. • O problema é se o governo doO problema é se o governo do país não tem dinheiro líquido empaís não tem dinheiro líquido em caixa o suficiente para honrarcaixa o suficiente para honrar essas “parcelas”.essas “parcelas”. • Uma combinação de fatoresUma combinação de fatores explica a crise da Grécia, a maisexplica a crise da Grécia, a mais crônica da Europa nos últimos 2crônica da Europa nos últimos 2 anos.anos. - Alto endividamento nos- Alto endividamento nos últimos 7 anos.últimos 7 anos. - Ocultação dos reais dados- Ocultação dos reais dados sobre essa dívida ao longo desobre essa dívida ao longo de alguns anosalguns anos - Baixa atividade econômica- Baixa atividade econômica após a crise financeiraapós a crise financeira internacional de 2008internacional de 2008 - Baixa arrecadação de- Baixa arrecadação de impostos nos últimos 4 anosimpostos nos últimos 4 anos • O inchaço da dívida gregaO inchaço da dívida grega “estorou” em 2010.“estorou” em 2010.
  47. 47. • Os mesmos fatores queOs mesmos fatores que levaram a crise econômica àlevaram a crise econômica à Grécia também explicam asGrécia também explicam as crises em Portugal, na Itália, nacrises em Portugal, na Itália, na Espanha e na Irlanda.Espanha e na Irlanda. • O endividamento de todosO endividamento de todos esses países entrou em umaesses países entrou em uma curva ainda mais ascendentecurva ainda mais ascendente após a crise financeira de 2008.após a crise financeira de 2008.
  48. 48. • Porquê?Porquê? •Vamos raciocinar...Vamos raciocinar... ...A crise de 2008 praticamente...A crise de 2008 praticamente “paralisou” a atividade“paralisou” a atividade econômica de vários setores naeconômica de vários setores na Europa,Europa, ...Para não criar uma recessão...Para não criar uma recessão de imediato, e apostando nade imediato, e apostando na rápida superação da criserápida superação da crise internacional, os paísesinternacional, os países europeus aumentaram suaseuropeus aumentaram suas dívidas ao pedir empréstimosdívidas ao pedir empréstimos com o propósito de investir nocom o propósito de investir no re-aquecimento de suasre-aquecimento de suas economias,economias,
  49. 49. ...Mas as economias não...Mas as economias não reagiram tão bem, e a atividadereagiram tão bem, e a atividade econômica ficou abaixo doeconômica ficou abaixo do esperado, fazendo os governosesperado, fazendo os governos arrecadarem menos impostos,arrecadarem menos impostos, ...Com menos impostos, menos...Com menos impostos, menos liquidez em caixa, e com umaliquidez em caixa, e com uma dívida bem maior que a dedívida bem maior que a de antes, surgiu a incerteza sobre oantes, surgiu a incerteza sobre o pagamento às “parcelas” maispagamento às “parcelas” mais imediatas dessas dívidas,imediatas dessas dívidas, ...Vários países europeus...Vários países europeus contraíram mais dívidas (essascontraíram mais dívidas (essas de pagamento a um prazo maisde pagamento a um prazo mais longo) para conseguir pagar aslongo) para conseguir pagar as “parcelas” mais imediatas.“parcelas” mais imediatas. São os chamados “Pacotes deSão os chamados “Pacotes de Resgate Econômico”Resgate Econômico”
  50. 50. • A Grécia, Portugal, Islândia eA Grécia, Portugal, Islândia e Irlanda já foram socorridas porIrlanda já foram socorridas por “Pacotes de Resgate”, seja nas“Pacotes de Resgate”, seja nas dívidas públicas de seusdívidas públicas de seus governos, seja na falta degovernos, seja na falta de liquidez de seus sistemasliquidez de seus sistemas bancários (caso da Irlanda).bancários (caso da Irlanda). • O “Pacote de Resgate” éO “Pacote de Resgate” é organizado pela União Europeia,organizado pela União Europeia, com o intuito de proteger a Zonacom o intuito de proteger a Zona do Euro.do Euro. • O país que recebe o pacoteO país que recebe o pacote assina acordos na qual ele seassina acordos na qual ele se condiciona a atingircondiciona a atingir determinadas metas.determinadas metas. • Nos últimos meses, a GréciaNos últimos meses, a Grécia precisou desses pacotes,precisou desses pacotes, condicionados à austeridadecondicionados à austeridade fiscal por parte do governo.fiscal por parte do governo. €€
  51. 51. • A austeridade fiscal é oA austeridade fiscal é o governo enxugar gastosgoverno enxugar gastos públicos, ao máximo. Gastar opúblicos, ao máximo. Gastar o mínimo possível, diminuindomínimo possível, diminuindo investimentos em educação,investimentos em educação, saúde, infra-estrutura, entresaúde, infra-estrutura, entre outros, para economizar ooutros, para economizar o máximo de dinheiro possívelmáximo de dinheiro possível para pagar as dívidas.para pagar as dívidas. • A União Europeia vemA União Europeia vem impondo esses “Pacotes deimpondo esses “Pacotes de Resgate” condicionados àResgate” condicionados à austeridade fiscal à Grécia,austeridade fiscal à Grécia, Irlanda, Portugal e Espanha.Irlanda, Portugal e Espanha. • Com o governo investindoCom o governo investindo menos na economia, ela crescemenos na economia, ela cresce pouco (ou decai), gerandopouco (ou decai), gerando desemprego.desemprego.
  52. 52. • O desemprego agora é oO desemprego agora é o fantasma que assombra asfantasma que assombra as populações grega, portuguesa,populações grega, portuguesa, espanhola, irlandesa, italiana eespanhola, irlandesa, italiana e islandesa.islandesa. PaísPaís Índice deÍndice de DesempregoDesemprego em 2011/2012em 2011/2012 EspanhaEspanha 24 %24 % GréciaGrécia 22 %22 % PortugalPortugal 15 %15 % IrlandaIrlanda 15 %15 % ItáliaItália 10 %10 % IslândiaIslândia 6,6 %6,6 % BrasilBrasil 4,7 %4,7 %
  53. 53. • Ainda não se tem certeza sobreAinda não se tem certeza sobre o que pode acontecer devido ào que pode acontecer devido à essa combinação sofrível deessa combinação sofrível de enorme dívida pública,enorme dívida pública, austeridade fiscal eausteridade fiscal e desempregodesemprego.. • A consolidação democráticaA consolidação democrática dos países europeus serádos países europeus será duramente testada caso essaduramente testada caso essa crise dure por vários anos.crise dure por vários anos.

×