472 questões conhecimentos bancários

1.925 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação

472 questões conhecimentos bancários

  1. 1. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 1 01. (DAVES/BANPARÁ/2005) Com relação à contra- ordem, o emitente de cheque cliente de um Banco onde efetuou depósitos em dinheiro. (A) não pode emitir contra-ordem. (B) unicamente deve fazer boletim de ocorrência em qualquer Delegacia de Polícia, pois esta tem obrigação de comunicar o ocorrido ao Banco. (C) pode fazer a contra-ordem, por escrito, com base em relevante razão de direito. (D) pode fazer a contra-ordem somente se o cheque tiver sido roubado. (E) pode fazer a contra-ordem tão somente no prazo de até 48 (quarenta e oito) horas após a data de emissão do cheque. 02. (DAVES/BANPARÁ/2005) Entre os títulos comerciais, existem as Duplicatas e as Notas Promissórias. Sobre quem está obrigado a emitir os títulos citados, está correta a afirmativa: (A) É o credor que tem a receber tanto as duplicatas quanto as notas promissórias. (B) É o devedor que tem a pagar tanto as duplicatas quanto as notas promissórias. (C) É o devedor que emite as duplicatas e o credor que emite as notas promissórias. (D) É o credor que emite as duplicatas e o devedor que emite as notas promissórias. (E) Tanto pode ser o credor como o devedor; quem estabelece a obrigatoriedade de emissão é o contrato firmado entre as partes interessadas. 03. (DAVES/BANPARÁ/2005) Quanto à divisão do capital das sociedades anônimas, também chamadas de companhias, está correta a afirmativa: (A) O capital é dividido em ações que podem ser nominativas ou ao portador. (B) O capital é dividido em quotas-partes, de acordo com o novo Código Civil. (C) Parte do capital poderá ser em quotas e parte, em ações, de acordo com o Estatuto da Empresa. (D) Os sócios minoritários terão participação em quotas e os sócios majoritários terão participação em ações. (E) Tanto os sócios minoritários quanto os sócios majoritários poderão ter quotas ou ações, de acordo com a opção de cada investidor. 04. (DAVES/BANPARÁ/2005) São elementos essenciais ao cheque: (A) a ordem condicional de pagar, a data e o lugar de emissão, e o valor a ser pago. (B) a assinatura do emitente, a indicação em cifra e por extenso do valor a ser pago, e o nome do banco que deve pagar. (C) a denominação cheque, a assinatura do emitente e a ordem condicional de pagar. (D) a data e o lugar de emissão, a denominação cheque e a assinatura do gerente do banco. (E) o nome do banco que deve pagar, a assinatura do beneficiário e local, e data de emissão. 05. (DAVES/BANPARÁ/2005) O conceito de alienação fiduciária está corretamente expresso na alternativa: (A) É um depósito em dinheiro que garantirá o pagamento de um empréstimo. (B) É o ato pelo qual um Banco, por conta de alguém, ou por conta própria, instrui suas agências para efetuarem certo pagamento ou crédito a terceiros. (C) É modalidade de seguro garantida pelo Governo Federal e pelo Banco Central para todos os depositantes de estabelecimentos bancários. (D) É uma forma programada de aplicação, em que o cliente autoriza, por escrito, o Banco onde mantém conta corrente a debitar uma parcela mensal, previamente ajustada. (E) É o contrato pelo qual o devedor, como garantia de uma dívida, pactua a transferência da propriedade fiduciária do bem ao credor, sob condição resolutiva e expressa. 06. (DAVES/BANPARÁ/2005) A incapacidade civil das pessoas físicas menores de 18 anos cessará a quando do(a): (A) conclusão do ensino médio, em qualquer estabelecimento de ensino. (B) obtenção do título de eleitor. (C) obtenção de uma aposentadoria, por ser portador de deficiência física. (D) casamento. (E) exercício de emprego em empresa privada, desde que haja assinatura do empregador na carteira de trabalho. 07. (DAVES/BANPARÁ/2005) Muitas são as operações realizadas entre os estabelecimentos bancários e seus clientes, existindo uma delas que é usualmente garantida por jóias. Essa operação é denominada de (A) endosso. (B) penhor. (C) caução. (D) aval ou fiança. (E) hipoteca. 08. (DAVES/BANPARÁ/2005) São documentos cuja apresentação é exigida na abertura de contas/correntes para pessoas físicas:
  2. 2. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 2 (A) contrato social, comprovação de endereço e CPF (Cadastro de Pessoas Físicas). (B) CPF (Cadastro de Pessoas Físicas), fontes de referências, nome completo e qualificação do depositante. (C) comprovação de endereço; assinatura do depositante e contrato social. (D) data de abertura da conta e respectivo número, contrato social e CPF (Cadastro de Pessoas Físicas). (E) assinatura do depositante, fontes de referências e assinaturas de fiadores. 09. (DAVES/BANPARÁ/2005) O título utilizado nas operações mercantis, decorrentes de vendas de mercadorias a prazo, é denominado de (A) Cédula de Crédito Comercial, se for empresa comercial e/ou industrial. (B) Nota Promissória. (C) Duplicata. (D) Título de Hipoteca. (E) Nota Fiscal. 10. (DAVES/BANPARÁ/2005) Podemos definir endosso, como o ato pelo qual o (A) favorecido de um cheque nominativo transfere o seu direito a outrem, passando este a ser o novo beneficiário do cheque. (B) Banco que emitiu o talonário endossa a assinatura do emitente. (C) portador do cheque nominativo a outrem faz a cobrança do cheque na ―boca do caixa‖ do Banco depositário dos fundos. (D) favorecido de um cheque nominativo apõe sua assinatura ao lado da assinatura do emitente, para não deixar dúvidas de que realmente é o favorecido do cheque. (E) emitente, mesmo passando cheque nominativo a terceiros, apõe sua assinatura no verso, para garantir o pagamento deste em qualquer agência do estabelecimento bancário. 11. (DAVES/BANPARÁ/2005) São elementos indispensáveis à produção da Letra de Câmbio, entre outros: (A) o mandato condicional, a quantia determinada e o nome do tomador. (B) a expressão ―letra de câmbio‖, o nome do tomador e o mandato condicional. (C) o nome do sacado, a expressão ―letra de câmbio‖ e o mandato condicional de pagar quantia determinada. (D) o nome do tomador, o nome do sacado e o mandato condicional. (E) o mandato puro e simples, a expressão ―letra de câmbio‖ e o nome do sacado. 12. (DAVES/BANPARÁ/2005) No que concerne ao critério que considera a responsabilidade dos sócios pelas obrigações sociais, nas sociedades empresárias, podemos afirmar que esta responsabilidade é (A) ilimitada em todas as sociedade empresárias. (B) limitada em todas as sociedade empresárias. (C) limitada e ilimitada em todas as sociedade empresárias, definindo que todos os sócios têm de ter o mesmo grau de responsabilidade. (D) ilimitada, mista e limitada em todas as sociedade empresárias. (E) limitada e mista em todas as sociedade empresárias. 13. (DAVES/BANPARÁ/2005) As cadernetas de poupança são modalidades de investimento, cujo rendimento é assim calculado: (A) 1% (um por cento) ao mês, mais TR (Taxa Referencial de Juros). (B) 0,5% (meio por cento) ao mês, mais Taxa Selic. (C) 0,5% (meio por cento) ao mês, mais TR (Taxa Referencial de Juros). (D) 1% (um por cento) ao mês, mais Taxa Selic. (E) 0,5% (meio por cento) ao mês, mais a menor taxa de juros praticada no mercado financeiro na concessão de empréstimos. 14. (DAVES/BANPARÁ/2005) O cheque pré- datado, se apresentado ao Banco 10 (dez) dias antes da data em que consta a emissão, (A) deverá ser pago, se a conta corrente apresentar suficiência de fundos, por ser uma ordem de pagamento à vista. (B) não poderá ser pago, mesmo que a conta corrente apresente suficiência de fundos, por valer a convenção efetuada entre as partes. (C) deverá ser pago pelo Banco, que estará obrigado a conceder uma operação de empréstimo ao correntista, para honrar o cheque, caso a conta corrente não apresente disponibilidade suficiente. (D) não poderá ser carimbado com o código 11 (onze) correspondente à insuficiência de fundos. (E) só poderá ser carimbado com o código 11 (onze) correspondente à insuficiência de fundos, se o emitente autorizar. 15. (DAVES/BANPARÁ/2005) É característica do TED (Transferência Eletrônica Disponível) a que se apresenta na alternativa: (A) O recurso estará disponível ao beneficiário no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas, ou seja, de 2 (dois) dias.
  3. 3. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 3 (B) O recurso sairá da conta do pagador no prazo de 24 (vinte e quatro) horas, para poder compensar em até 48 (quarenta e oito) horas ao beneficiário. (C) Se o TED for feito em cheque, poderá levar até 5 (cinco) dias úteis para o recurso entrar na conta do beneficiário. (D) Se o TED for feito em cheque de valor superior a R$ 1.000,00 (um mil reais), obrigatoriamente deverá ficar disponibilizado ao beneficiário, no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas. (E) Terá liquidação no próprio dia, ou seja, atualizará o saldo da conta do recebedor na mesma data em que é emitida pelo pagador. 16. (DAVES/BANPARÁ/2005) Na ordem de pagamento, a pessoa que autoriza a transferência de numerário é identificada como (A) favorecido. (B) remetente, se for pessoa jurídica; e favorecido, se for pessoa física. (C) beneficiário. (D) sacador. (E) tomador. 17. (DAVES/BANPARÁ/2005) Com relação à venda com reserva de domínio, é correto afirmar: (A) O bem ficará em poder do devedor ou fiduciante, que passa a ser o possuidor direto e depositário do bem. (B) O bem ficará em poder do credor ou fiduciário, que, se perder o bem, será considerado pela Lei como depositário infiel. (C) O bem poderá ficar em poder do devedor ou do credor, mas estes não poderão atravessar a fronteira do Estado onde foi realizada a operação, sob pena de serem considerados evadidos. (D) O bem só poderá ficar em poder do devedor, se este se comprometer, em contrato firmado com a Instituição Financeira, que será realizada vistoria mensal para avaliar o estado do bem objeto do contrato. (E) para cada contrato o Banco Central avaliará as condições do devedor e do credor e, em relatório circunstanciado, determinará em poder de quem ficará o bem. 18. (DAVES/BANPARÁ/2005) Nota Promissória poder ser definida como sendo uma promessa de pagamento. Para a sua emissão faz-se necessária a existência das seguintes partes: (A) o credor e o avalista. (B) o credor e o fiador. (C) o emitente e o tomador. (D) o emitente e o subscritor. (E) o credor e o tomador. 19. (DAVES/BANPARÁ/2005) No caso de venda de um bem com alienação fiduciária, caso não haja o pagamento da dívida no prazo contratual, o credor poderá adotar corretamente o seguinte procedimento, entre outros: (A) Comunicar ao Banco Central a inadimplência do cliente, para que aquele tome as providências de sua alçada. (B) Executar ação para penhora e alienação judicial de bens do devedor fiduciante. (C) Comunicar unicamente à Diretoria do seu Banco sobre a inadimplência do cliente. (D) Comunicar ao Banco Central e à Diretoria do seu Banco. (E) Comunicar ao Banco Central e ao Serasa. 20. (DAVES/BANPARÁ/2005) São garantias reais que podem ser averbadas nos cartórios de registro de imóveis: (A) o contrato particular de compra e venda de imóvel. (B) a hipoteca e os cheques pré-datados. (C) a caução e o contrato particular de compra e venda de imóvel. (D) a hipoteca e o penhor. (E) as alterações contratuais das sociedades empresariais, que possuem imóveis no seu patrimônio. 21. (DAVES/BANPARÁ/2005) É(São) motivo(s) pelo(s) qual(quais)o comprador poderá deixar de aceitar a duplicata emitida contra sua empresa: (A) defeitos e diferenças devidamente comprovados na qualidade das mercadorias. (B) diferença para menos no preço ajustado. (C) antecipação do prazo de entrega. (D) emissão de mais de uma duplicata para uma mesma fatura, mesmo que a soma das duplicatas se iguale ao valor total da fatura. (E) desconto efetuado pelo vendedor, da duplicata, em Estabelecimento Bancário, sem a anuência do comprador. 22. (DAVES/BANPARÁ/2005) A incapacidade absoluta que impede alguém de exercer pessoalmente os atos da vida civil diz respeito ao(a)(s) (A) funcionários públicos aposentados. (B) pessoas maiores de 75 anos de idade. (C) casados menores de 18 anos de idade. (D) pessoas que se encontram ausentes do País, por mais de 5 (cinco) anos, sem exercer o direito do voto.
  4. 4. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 4 (E) pessoas que, mesmo por causa transitória, não puderem exprimir sua vontade. 23. (DAVES/BANPARÁ/2005) O cruzamento nos cheques é efetuado por meio de (A) observação no ―verso‖ do cheque, quando se tratar de cheque nominal. (B) observação na ―face‖ do cheque, quando se tratar de cheque ao portador. (C) duas linhas paralelas traçadas na ―face‖ do cheque. (D) duas linhas paralelas traçadas no ―verso‖ do cheque. (E) sua emissão diretamente a um Banco, pois somente este poderá descontar os cheques cruzados. 24. (DAVES/BANPARÁ/2005) A hipoteca que recai sobre um bem imóvel, poderá ser extinta se (A) o mutuário decidir que já pagou o suficiente sobre o financiamento. (B) houver sentença judicial transitada em julgado favorável ao mutuário. (C) ocorrer o falecimento do mutuário, mesmo sem o pagamento ser efetuado pela Seguradora. (D) o mutuário mudar de endereço, ocupando outro imóvel e não mais o financiado, que é objeto da hipoteca. (E) houver desmoronamento de uma das paredes do imóvel. 25. (DAVES/BANPARÁ/2005) É correto afirmar que domicílio da pessoa jurídica é (A) aquele que fica mais fácil para o Estabelecimento Bancário enviar suas correspondências e avisos. (B) o local eleito pelo Ministério da Fazenda, que faz constar no Cadastro Nacional das Pessoas Jurídicas – CNPJ. (C) o local da residência do sócio majoritário. (D) a sede jurídica da pessoa, onde esta pratica habitualmente seus atos e negócios jurídicos. (E) o local da residência do Diretor Administrativo da Empresa. 26. (DAVES/BANPARÁ/2005) É correto afirmar que a administração das sociedades limitadas se realiza (A) por uma ou mais pessoas designadas no contrato social ou em ato separado. (B) pelo chefe do departamento financeiro. (C) pelo chefe do departamento de pessoal. (D) pelo contador. (E) pelo sócio majoritário, obrigatoriamente. 27. (DAVES/BANPARÁ/2005) A emissão de nota fiscal, pelo vendedor, referente à venda de mercadorias a prazo será efetuada (A) na data do recebimento da primeira parcela, para obedecer ao regime de Caixa. (B) na data do recebimento da última parcela, dada a certeza do recebimento do valor da venda. (C) trinta dias antes da saída das mercadorias, para obedecer ao regime de competência. (D) na data da saída das mercadorias do estabelecimento vendedor. (E) na data da chegada das mercadorias ao local do destino. 28. (DAVES/BANPARÁ/2005) Segundo a definição correta, contrato de mútuo é o contrato (A) de locação de um imóvel, seja terreno ou prédio. (B) pelo qual um dos contratantes transfere a propriedade de bem fungível ao outro, que se obriga a lhe restituir coisa do mesmo gênero, qualidade e quantidade. (C) de locação de veículos para uso empresarial ou particular. (D) de aluguel de bens infungíveis, tipo marcas de fabricação e patentes. (E) pelo qual um dos contratantes transfere a propriedade de bens infungíveis, tipo marcas de fabricação e patentes. 29. (DAVES/BANPARÁ/2005) A sociedade por ações apresenta, entre as suas características, a(s) natureza(s): (A) mercantil. (B) filantrópica. (C) beneficente. (D) religiosa. (E) filantrópica e beneficente. 30. (DAVES/BANPARÁ/2005) São duas as modalidades de cheque: (A) simples e garantido. (B) simples e visado. (C) composto e administrativo. (D) composto e cruzado. (E) cruzado e administrativo. 31. (FGV/BESC/2004) As debêntures são títulos (valores mobiliários) emitidos por uma sociedade anônima de capital aberto. Podem ser emitidas nos tipos simples, conversível ou permutável. O que caracteriza a debênture permutável é o fato de poder ser:
  5. 5. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 5 (A) convertida em ações emitidas pela empresa emissora da debênture a qualquer tempo. (B) convertida em ações emitidas pela empresa emissora da debênture, conforme regras do contrato de emissão da debênture. (C) resgatada, conforme regras do contrato de emissão da debênture. (D) trocada por bens da empresa emissora da debênture, conforme regras do contrato de emissão da debênture. (E) trocada por ações de outra empresa, existentes no patrimônio da empresa emissora da debênture, conforme regras do contrato de emissão da debênture. 32. (FGV/BESC/2004) É ordem de pagamento: (A) a letra de câmbio; (B) a fatura (C) a nota promissória; (D) a ação ordinária (E) o warrant 33. (FGV/BESC/2004) Assinale a afirmativa correta. (A) As companhias seguradoras subordinam-se à Bolsa de Valores e são por ela fiscalizadas. (B) A CVM é um órgão fiscalizador dos bancos múltiplos. (C) As sociedades de crédito imobiliário e poupança não são instituições financeiras. (D) As corretoras de seguros são instituições criadas para dar suporte às seguradoras na captação de seguros. (E) As companhias seguradoras são instituições captadoras de depósitos à vista. 34. (FGV/BESC/2004) É uma operação de crédito direto ao consumidor, com interveniência do vendedor, usado por lojas de bens de consumo duráveis ou não: (A) CDC; (B) CDCi; (C) CDI; (D) crédito pessoal; (E) contrato de mútuo 35. (FGV/BESC/2004) Dentre os instrumentos clássicos de política monetária, assinale aquele que se destaca como o mais ágil, para os objetivos do Banco Central de permanente regulagem da oferta monetária e do custo primário do dinheiro. (A) Depósito compulsório (B) Operações no mercado aberto (C) Empréstimo de liquidez (D) Emissão de moeda (E) Controle de crédito 36. (FGV/BESC/2004) Nas operações de leasing financeiro, o arrendatário (cliente) paga ao arrendador (empresa de leasing) contraprestações (aluguéis) durante a vigência do contrato, com a opção de compra do bem ao final do contrato, por um valor nele explicitado, usufruindo, assim, os benefícios fiscais do leasing. Caso a opção de compra seja exercida (paga) antes do final do contrato: (A) os benefícios se mantêm, e a operação segue normalmente até seu final. (B) renegocia-se uma nova operação de leasing pelo valor restante a pagar, mas o cliente perde os benefícios. (C) renegocia-se uma nova operação de leasing pelo valor restante a pagar, mantendo-se os benefícios. (D) a operação passa a se caracterizar como uma operação de compra e venda a prestações, e o cliente perde os benefícios. (E) a operação se encerra nesse momento, os benefícios se mantêm e há um acerto de contas. 37. (FGV/BESC/2004) O Fundo Garantidor de cada pessoa dentro de uma mesma instituição financeira, ou dentro de todas as instituições de um mesmo conglomerado financeiro, até o valor máximo de: (A) R$ 25.000,00; (B) R$ 22.500,00 (C) R$ 20.000,00; (D) R$ 18.000,00 (E) R$ 15.000,00 38 (FGV/BESC/2004) Analise as afirmativas a seguir: I. o preço do ouro no Brasil está atrelado às variações do preço do dólar no mercado flutuante e ao preço do metal na bolsa de Nova York; II. as operações de câmbio somente podem ser realizadas por meio de instituições autorizadas ou credenciadas pelo Ministério da Fazenda; III. ação é um título negociável, representativo de propriedade de uma fração do capital social de uma sociedade anônima. Assinale: (A) se somente a afirmativa II estiver correta. (B) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. (C) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. (D) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas.
  6. 6. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 6 39. (FGV/BESC/2004) A Lei de Reforma do Sistema Financeiro Nacional (4.595/64) criou: (A) o Comitê de Política Monetária e as bolsas de valores. (B) o Banco Central do Brasil e a Comissão de Valores Mobiliários. (C) a Comissão de Valores Mobiliários e o Conselho Monetário Nacional. (D) o Banco Central do Brasil e o Conselho Monetário Nacional. (E) a Sumoc – Superintendência da Moeda e do Crédito. 40. (FGV/BESC/2004) Qual das assertivas abaixo NÃO define o objetivo da Finame? (A) Financiar emissão de ações. (B) Financiar a importação de máquinas e equipamentos industriais não produzidos no País. (C) Financiar e fomentar a exportação de máquinas e equipamentos industriais de fabricação nacional. (D) Atender às exigências financeiras da crescente comercialização de máquinas e equipamentos fabricados no País. (E) Concorrer para a expansão da produção nacional de máquinas e equipamentos, mediante facilidade de crédito aos respectivos produtores e aos usuários. 41. (FGV/BESC/2004) É uma operação ativa de curtíssimo prazo, usada por empresas para atender a necessidades imediatas de recursos: (A) CDC (B) Hot Money (C) Crédito Rural (D) Leasing (E) CDB/RDB 42. (FGV/BESC/2004) A instituição financeira responsável pela operacionalização das políticas do Governo Federal para a habitação popular e saneamento básico, utilizando recursos de cadernetas de poupança, é: (A) o Banco Central do Brasil. (B) a Caixa Econômica Federal. (C) a Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários. (D) o Banco de Investimento. (E) a Bolsa de Valores. 43. (FGV/BESC/2004) É uma operação passiva num banco de investimentos: (A) arrendamento mercantil. (B) repasse de empréstimo externo. (C) financiamento de capital de giro. (D) depósito a prazo fixo. (E) empréstimo a estados e municípios e respectivas autarquias. 44. (FGV/BESC/2004) A taxa de câmbio determinada pelo Banco Central do País, que se compromete a comprar e vender qualquer quantidade de divisas a esta taxa, chama-se: (A) taxa de câmbio fixa (B) taxa de câmbio flutuante (C) taxa de câmbio derivada (D) swap (E) underwriting 45. (FGV/BESC/2004) Assinale o mercado em que as operações realizadas apresentam pouca influência nas negociações, em termos de preço, tendo em vista que NÃO há divulgação massificada. (A) Mercado de balcão (B) Cetip (C) Selic (D) Bovespa (E) Susep 46. (FGV/BESC/2004) O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social é a instituição responsável pela política de investimentos de longo prazo do Governo Federal. Como instituição financeira de fomento, NÃO é seu objetivo: (A) impulsionar o desenvolvimento econômico e social do País. (B) fortalecer o setor empresarial nacional. (C) atenuar os desequilíbrios regionais criando novos pólos de produção. (D) o recebimento, a crédito do Tesouro Nacional, das arrecadações de tributos e rendas federais. (E) promover o crescimento e a diversificação de exportações. 47. (FGV/BESC/2004) O lançamento de ações novas no mercado, de forma ampla e não restrita a subscrição pelos atuais acionistas, chama-se: (A) bonificação (B) captação de recursos para realização de investimentos (C) underwriting (D) mercado secundário (E) swap 48. (FGV/BESC/2004) A Cetip (Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos) foi criada para dar ao mercado financeiro e de capitais maior transparência, segurança e credibilidade nas operações realizadas. Qual dos títulos abaixo NÃO é administrado pela Cetip? (A) Letras de câmbio (B) CDBs e (C) Depósitos interfinanceiros (D) Letras hipotecárias
  7. 7. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 7 49. (FGV/BESC/2004) A taxa-Selic é a taxa básica da nossa economia, criada e administrada por um órgão normativo diretamente subordinado ao presidente do Banco Central. O nome desse órgão é: (A) Conselho Nacional de Seguros Privados (B) Copom – Conselho de Política Monetária (C) Comissão de Valores Mobiliários (D) Central de Liquidação Financeira e de Custódia de Títulos (E) Bolsa de Valores 50. (FGV/BESC/2004) O CDB (A) banco múltiplo (B) casa de poupança (C) casa de câmbio (D) distribuidora de títulos e valores mobiliários (E) corretora de seguros 51. (FGV/BESC/2004) É título emitido por sociedades anônimas não-financeiras de capital aberto, com garantia de seu ativo: (A) debênture; (B) underwriting (C) letra imobiliária; (D) CDB (E) letra de câmbio 52. (FGV/BESC/2004) Assinale a afirmativa FALSA. (A) As cooperativas de crédito atuam basicamente no setor primário da economia, com o objetivo de permitir uma melhor comercialização de produtos rurais. (B) Os bancos de investimento podem manter contas correntes de seus clientes e captam recursos pela emissão de CDBs e RDBs. (C) As sociedades de crédito, financiamento e investimentos têm a função de financiar bens de consumo duráveis por meio do crediário ou do crediário ao consumidor. (D) As sociedades de crédito imobiliário são instituições financeiras integrantes do Sistema Financeiro Nacional, especializadas em operações de financiamento imobiliário e constituídas sob a forma de sociedade anônima. (E) Depósitos à vista são operações de captação de fundos exclusivamente das instituições financeiras monetárias. 53. (FGV/BESC/2004) Assinale a afirmativa FALSA. (A) O Conselho Monetário Nacional é responsável pelas políticas monetária e cambial. (B) O Ministro da Fazenda faz parte da composição do Conselho Monetário Nacional. (C) O BNDES é o gestor dos recursos do fundo de garantia por tempo de serviço. (D) O Banco Central do Brasil é o órgão regulador e supervisor das atividades das instituições financeiras no Brasil. (E) Uma das atribuições do Conselho Monetário Nacional é autorizar as emissões de papel-moeda. 54. (FGV/BESC/2004) São entidades ligadas aos Sistemas de Previdência e Seguros: (A) sociedades seguradoras e caixa de liquidação e custódia (B) administradoras de consórcio e entidades abertas de previdência privada (C) sociedades de capitalização e sociedades de títulos e valores mobiliários (D) agências de fomento ou de desenvolvimento e entidades fechadas de previdência privada (E) entidades fechadas de previdência privada e entidades abertas de previdência privada 55. (FGV/BESC/2004) Assinale a afirmativa FALSA. (A) O aval bancário é uma obrigação assumida pelo banco a fim de garantir o pagamento de um título de crédito de um cliente preferencial. (B) Fiança bancária é um contrato por meio do qual o banco garante o cumprimento da obrigação de seu cliente com um credor a favor do qual a obrigação deve ser cumprida. (C) Hipoteca é uma garantia de pagamento de uma dívida dada sob a forma de um bem imóvel, não cabendo para navios e aviões. (D) Penhor mercantil é a entrega de um bem móvel ao credor como garantia de pagamento da dívida. (E) Alienação fiduciária é a transferência ao credor do domínio e posse de um bem, em garantia ao pagamento de uma obrigação. 56. (FGV/BESC/2004) Assinale a afirmativa FALSA. (A) As companhias de factoring são empresas comerciais que operam na aquisição de faturamento das empresas industriais e comerciais. (B) As companhias de leasing operam no arrendamento mercantil. (C) As companhias de seguros são empresas administradoras de riscos, com a obrigação de pagar indenizações se ocorrerem perdas e danos nos bens segurados. (D) As companhias de crédito, financiamento e investimento são instituições privadas, constituídas na forma de sociedade anônima, que têm por objetivo o financiamento ao consumo, captando recursos no mercado basicamente por meio da colocação de letras de câmbio. (E) Os bancos múltiplos podem operar simultaneamente, com autorização do BNDES, carteiras de banco comercial, de investimentos, de crédito imobiliário, de crédito, financiamento e
  8. 8. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 8 investimento, de arrendamento mercantil e desenvolvimento. 57. (FGV/BESC/2004) Assinale a afirmativa verdadeira. (A) A Secretaria de Previdência Complementar é o órgão executivo do Ministério da Previdência e Assistência Social, responsável pelo controle e fiscalização dos planos e benefícios e das atividades das entidades de Previdência Privada Fechada. (B) O Banco do Brasil é um órgão da administração indireta do País, sob a forma de autarquia. (C) A Superintendência de Seguros Privados é o órgão responsável pelo controle e fiscalização do mercado de ações. (D) A Comissão de Valores Imobiliários tem por finalidade a fiscalização e a regulação do mercado de seguros. (E) As distribuidoras de títulos e valores mobiliários são membros das bolsas de valores e, para exercício de suas atividades, não dependem de prévia autorização do Banco Central do Brasil. 58. (FGV/BESC/2004) Qual das características abaixo NÃO é, via de regra, apresentada em uma aplicação financeira de renda fixa? (A) Utilização de títulos, obrigações ou aplicações com data estabelecida para liquidação. (B) Aplicação mais conservadora. (C) Integra o mercado de risco, em que não há garantia de retorno financeiro ao investidor, nem mesmo do principal aplicado. (D) Remuneração ou retorno de capital pode ser dimensionado no momento da aplicação. (E) Gera rendimentos prefixados. 59. (FGV/BESC/2004) Analise as afirmativas a seguir, a respeito de fundos de investimento: I. alguns fundos de investimento são remunerados com ganhos de performance baseados em um índice de referência; II. os fundos DI são fundos referenciados à taxa do mercado interbancário; III. o administrador do fundo de investimento debitará uma taxa de administração sobre o patrimônio do fundo. Assinale: (A) se nenhuma afirmativa estiver correta. (B) se somente a afirmativa II estiver correta. (C) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. (D) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas. 60. (FGV/BESC/2004) Um fundo de ações fechado é um fundo no qual: (A) a composição da carteira permanece fixa desde o momento de sua criação. (B) só podem ser feitas aplicações em companhias fechadas. (C) o resgate de cotas só pode ser feito na data de vencimento do fundo. (D) o prazo de investimento pelo cotista é indeterminado. (E) o resgate da aplicação feita pelo cotista pode ser efetuado a qualquer momento. 61. (FGV/BESC/2004) Ao final do período de contribuição em um plano gerador de benefícios livres (PGBL), o investidor pode: (A) apenas sacar todo o valor acumulado de uma vez. (B) apenas efetuar saques dentro de um plano de renda vitalícia. (C) apenas efetuar saques dentro de plano de renda temporária. (D) apenas optar por sacar todo o valor ou efetuar saques dentro de um plano de renda vitalícia. (E) optar por sacar todo o valor ou efetuar saques dentro de um plano de renda vitalícia ou de renda temporária. 62. (FGV/BESC/2004) Analise as afirmativas a seguir: I. cartões de crédito são utilizados para aquisição de bens ou serviços nos estabelecimentos credenciados, possibilitando o pagamento no futuro; II. o crédito direto ao consumidor é uma modalidade de financiamento à disposição de pessoas físicas e jurídicas, para a aquisição de bens de consumo duráveis; III. conta garantida é um contrato de abertura de crédito na modalidade rotativa, concedida pelos bancos aos clientes, após análise de crédito. Assinale: (A) se nenhuma das afirmativas estiver correta. (B) se somente a afirmativa III estiver correta. (C) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. (D) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas. O contato mais usual de um cliente com um banco ocorre por meio da movimentação de uma conta bancária. Com referência à abertura e à movimentação de contas, julgue os itens seguintes. 63. (CESPE/BRB/2005) Considere a seguinte situação hipotética. Marcelo, engenheiro civil recém- formado, procurou o gerente da agência bancária
  9. 9. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 9 onde movimenta uma conta corrente para se informar acerca do destino correto a ser dado ao seu salário, já que gostaria que o dinheiro ficasse à sua disposição para saque na hora em que lhe convier. O gerente indicou-lhe fazer depósito à vista. Nessa situação, a indicação do gerente foi correta. 64. (CESPE/BRB/2005) Na caderneta de poupança, os valores depositados são atualizados com base na TR do dia do depósito, acrescida de juros de 0,5% ao mês, correspondendo a 6% ao ano, na data em que completa um mês. 65. (CESPE/BRB/2005) Considere a seguinte situação hipotética. Pedro, impossibilitado de comparecer à agência bancária para abertura de conta-corrente para recebimento e movimentação de seu salário, passou procuração específica para que Paulo providenciasse a abertura dessa conta corrente. Nessa situação, a procuração perderá o efeito quando Pedro vier a se casar. 66. (CESPE/BRB/2005) Um indivíduo com mais de 16 anos e menos de 21 anos de idade poderá abrir uma conta bancária desde que tenha autorização do responsável, no caso, pai, mãe ou tutor. 67. (CESPE/BRB/2005) O recibo de depósito bancário (RDB) é uma modalidade de depósito à vista. Julgue os itens a seguir, relativos a documentos comerciais e a características de pessoas jurídicas. 68. (CESPE/BRB/2005) Sociedade anônima é aquela em que o capital é dividido em debêntures. 69. (CESPE/BRB/2005) As ações preferenciais dão direito ao acionista de receber os lucros antes das ações ordinárias, mas não dão direito ao voto. 70. (CESPE/BRB/2005) Firma individual é uma pessoa que, regularmente matriculada na junta comercial, pratica atos de comércio com habitualidade profissional. 71. (CESPE/BRB/2005) A nota fiscal é mais importante como documento comercial e menos significativa como documento de controle do fisco. O cheque é um instrumento usual para movimentação de contas correntes. Julgue os seguintes itens, acerca das características do cheque. 72. (CESPE/BRB/2005) Considere que um cheque com data para 15 de agosto de determinado ano foi apresentado ao banco em 15 de junho do mesmo ano. Nesse caso, havendo suficiência de fundos, o banco deverá pagá-lo. 73. (CESPE/BRB/2005) Se ocorrer divergência entre o valor lançado por extenso e o valor expresso em números, o banco deverá devolver o cheque. 74. (CESPE/BRB/2005) Se, ao endossar o cheque, se fizer constar no verso o nome de um novo beneficiário, fica caracterizado o endosso em branco. 75. (CESPE/BRB/2005) O cheque cruzado não poderá ser resgatado diretamente no caixa. 76. (CESPE/BRB/2005) O cheque emitido em praça diferente daquela do banco sacado tem prazo de apresentação de até 60 dias. Além das contas bancárias, os bancos oferecem vários produtos e várias prestações de serviços. Com relação a esses produtos e serviços, julgue os próximos itens. 77. (CESPE/BRB/2005) Na cobrança, o banco recebe o título dos clientes e, agindo como seu mandatário, cobra dos devedores a quantia devida. 78. (CESPE/BRB/2005) Ordem de pagamento é a remessa de dinheiro, de um mesmo banco, de uma praça (cidade, localidade) para outra com o correspondente deslocamento físico do numerário. 79. (CESPE/BRB/2005) O DOC somente possibilita a transferência de valores entre clientes de agências do mesmo banco. 80. (CESPE/BRB/2005) O plano gerador de benefícios livre (PGBL) é uma aplicação oferecida como mais uma alternativa de complementação de aposentadoria. 81. (CESPE/BRB/2005) Do valor aplicado pelo investidor em título de capitalização, a instituição financeira separa um percentual para o seguro aos riscos da apólice, outro para o sorteio e um terceiro para cobrir suas despesas administrativas. Para se cobrar alguma coisa de alguém é necessário que se tenha um fundamento, ou seja, uma razão autorizada. O título de crédito é a razão pela qual uma pessoa tem o direito de cobrar algum valor de outra pessoa. Nesse sentido, julgue os itens subseqüentes, de acordo com o direito comercial brasileiro. 82. (CESPE/BRB/2005) A circularidade é uma característica dos títulos de crédito. 83. (CESPE/BRB/2005) A literalidade é uma característica dos títulos de crédito que significa que o credor tem direito somente ao que está escrito, nem um centavo a mais.
  10. 10. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 10 84. (CESPE/BRB/2005) A nota promissória retrata uma promessa de pagamento de uma importância. 85. (CESPE/BRB/2005) O cheque não representa um título de crédito. 86. (CESPE/BRB/2005) A partir de uma fatura (ou nota de venda), poderá ser extraída a duplicata, porém o comerciante não poderá colocá-la em circulação. Toda vez que pessoas contratam entre si direitos e obrigações, a primeira preocupação de ambas as partes é assegurar-se de que os deveres contratuais serão cumpridos. Julgue os itens a seguir, que se referem aos instrumentos que garantem o cumprimento dos contratos. 87. (CESPE/BRB/2005) A nota promissória, como nos demais títulos de crédito, pode ser transferida a terceiros por endosso. 88. (CESPE/BRB/2005) A hipoteca é uma modalidade de garantia real, enquanto a caução é uma modalidade de garantia pessoal. 89. (CESPE/BRB/2005) Pela alienação fiduciária, o vendedor somente transferirá o bem ao comprador após o pagamento da metade do preço. 90. (CESPE/BRB/2005) Em uma fiança de empréstimo, o fiador somente será obrigado ao pagamento depois de cobrado o tomador. 91. (CESPE/BRB/2005) A diferença entre aval e fiança é que o primeiro somente é prestado em títulos de crédito, enquanto o segundo é prestado em todo e qualquer tipo de contrato. Determinada instituição bancária propôs a realização de pesquisa dos perfis de seus clientes com o propósito de subsidiar o seu marketing de relacionamento. A partir dos resultados dessa pesquisa, a instituição traçou estratégias para uma eficaz utilização desse marketing. Diante da situação hipotética apresentada e considerando que em um planejamento de marketing a identificação do público- alvo é ponto crítico, julgue os itens que se seguem. 92. (CESPE/BRB/2005) A segmentação de mercado embasada na oferta de proposta de produtos e serviços adequados a cada perfil de cliente dessa instituição pode constituir fator de sucesso para o seu crescimento. 93. (CESPE/BRB/2005) Considere que um único produto/serviço dessa instituição não satisfaz às necessidades de todos os seus clientes. Nessa situação, a instituição poderá reunir grupos de pessoas com características, preferências e potencial de investimento semelhantes a fim de ofertar esse produto e, assim, criar uma relação mais forte com cada um desses grupos. 94. (CESPE/BRB/2005) A instituição deve utilizar-se do marketing de relacionamento para trabalhar com clientes de vida comercial curta, pois esse tipo de marketing é o adequado para esse tipo de cliente. 95. (CESPE/BRB/2005) Ao aplicar o marketing de relacionamento por meio da segmentação de mercado, a instituição estará utilizando um mecanismo de natureza homogênea. 96. (CESPE/BRB/2005) Ao lançar um novo produto ou serviço, a instituição deve determinar como deseja colocá-lo no mercado competitivo, levando em conta que fatores intangíveis precisam ganhar o reconhecimento do mercado por meio da conquista da credibilidade junto aos consumidores. 97. (CESPE/BRB/2005) Ao adotar o marketing de relacionamento, a instituição estará praticando a comunicação com enfoque em assuntos pessoais de seus clientes. 98. (ACEP/BNB/2004) Considerando as características das operações de empréstimos bancários, marque a alternativa CORRETA: A) os bancos devem assegurar o direito de liquidação antecipada do débito, total ou parcialmente, mediante redução proporcional dos juros. B) nas operações de empréstimos os bancos não podem cobrar tarifas porque já cobram juros. C) a utilização do limite do cheque especial está sujeita à cobrança de juros previamente definidos pelo Banco Central. D) o crédito direto ao consumidor é uma linha de empréstimo destinada exclusivamente ao consumo de bens alimentícios. E) os bancos estão sujeitos, na atualidade, a controles dos valores que podem emprestar aos usuários. 99. (ACEP/BNB/2004) A operação de Leasing é uma operação de crédito, considerada um aluguel de equipamentos por um período estabelecido, com algumas características especiais. Em relação a essa operação, analise as afirmações de I a IV: I) o Leasing, ou arrendamento mercantil, é uma operação em que o cliente pode fazer uso de um bem sem necessariamente tê-lo comprado; II) a operação de Leasing é destinada apenas para pessoas jurídicas do setor industrial; III) caso o cliente deseje adquirir o bem definitivamente deverá pagar o valor residual definido entre as partes no início do contrato; IV) os contratos de Leasing são feitos por tempo indeterminado.
  11. 11. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 11 Marque a alternativa CORRETA: A) são verdadeiros os itens I e II. B) são verdadeiros os itens I, III e IV. C) são verdadeiros os itens I e III. D) são verdadeiros os itens III e IV. E) apenas o item III é verdadeiro. 100. (ACEP/BNB/2004) O Programa de Geração de Emprego e Renda (PROGER) é um conjunto de linhas de crédito para financiar quem quer se iniciar ou investir no crescimento de seu próprio negócio, tanto na área urbana como na rural. A respeito desse Programa, considere as afirmativas abaixo como V se verdadeira e F se falsa : I) os recursos do PROGER rural se destinam exclusivamente às cooperativas localizadas na região Nordeste; II) os principais agentes financeiros do PROGER são exclusivamente bancos privados, que dispõem de recursos livres destinados a essa finalidade; III) o PROGER rural é destinado exclusivamente para a finalidade de investimento, por seu caráter empreendedor. Marque a alternativa com a sequência CORRETA: A) F-F-F B) F-V-F C) F-F-V D) V-F-F E) V-V-F 101. (ACEP/BNB/2004) O cheque é um documento que proporciona grande facilidade aos usuários como meio de pagamento de compras e serviços. Analise as afirmações abaixo sobre suas principais características legais: I) a aceitação de cheques é um ato de confiança entre a pessoa que emite o cheque (emitente) e aquele que recebe, o beneficiário; II) por lei, somente cheques de valor até R$ 100,00 (cem reais) podem ser emitidos ao portador; III) a pessoa física ou jurídica que for incluída no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF) não pode movimentar, sob hipótese alguma, sua conta corrente; IV) após cinco anos da inclusão, a ocorrência é retirada do CCF automaticamente, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor. Marque a alternativa CORRETA: A) são verdadeiros os itens I, II e III. B) são verdadeiros os itens I, II e IV. C) são verdadeiros os itens II e III. D) são verdadeiros os itens II, III e IV. E) são verdadeiros os itens III e IV. 102. (ACEP/BNB/2004) Considerando as principais funções e finalidades do Conselho Monetário Nacional e do Banco Central do Brasil, analise as afirmações de I a IV: I) o Conselho Monetário Nacional é um órgão ligado diretamente ao Congresso Nacional; II) a política do Conselho Monetário Nacional objetiva, dentre outras finalidades, zelar pela liquidez e solvência das instituições financeiras; III) dentre as principais funções do Banco Central do Brasil destacam-se a formulação, execução e acompanhamento da política monetária; IV) é considerada função do Banco Central do Brasil a emissão e a execução dos serviços do meio circulante. Marque a alternativa CORRETA: A) são verdadeiros os itens I, III e IV. B) são verdadeiros os itens I, II e III. C) são verdadeiros os itens I, II e IV. D) são verdadeiros os itens II,III e IV. E) apenas os itens III e IV são verdadeiros. 103. (ACEP/BNB/2004) Marque a alternativa CORRETA sobre as características e atribuições legais das instituições financeiras pertencentes ao Sistema Financeiro Nacional: A) consideram-se instituições financeiras, as pessoas jurídicas públicas e privadas que tenham como atividade principal a intermediação de recursos financeiros próprios. B) as instituições financeiras somente poderão funcionar no país mediante prévia autorização do Banco Central do Brasil ou de decreto do Poder Executivo, quando forem estrangeiras. C) as instituições financeiras públicas federais, por sua personalidade jurídica, não estão sujeitas às mesmas disposições relativas às instituições financeiras privadas. D) é permitido às instituições financeiras conceder empréstimos e adiantamentos a seus diretores e membros do conselho de administração, na condição dos mesmos possuírem, pelo menos, 20% do capital da instituição. E) as instituições financeiras podem manter aplicações ilimitadas em bens imóveis. 104. (ACEP/BNB/2004) Objetivando fortalecer a solidez do sistema financeiro, o Banco Central do Brasil estabeleceu diversas normas relativas ao risco das operações de crédito. Sobre esses riscos analise as afirmações abaixo: I) o risco de crédito está associado à necessidade de se avaliar a capacidade de endividamento dos tomadores;
  12. 12. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 12 II) o movimento nos preços de mercado dos ativos financeiros nacionais e internacionais expõe os bancos ao risco de mercado; III) o risco de liquidez em um banco decorre da sua incapacidade de promover reduções em seu passivo ou financiar acréscimos em seus ativos; IV) as modalidades mais relevantes de risco operacional envolvem o colapso de controles internos e do domínio corporativo. Marque a alternativa CORRETA: A) são verdadeiros os itens I e III. B) são verdadeiros os itens II e IV. C) são verdadeiros os itens I, II e III. D) apenas o item I é verdadeiro. E) todos os itens são verdadeiros. 105. (ACEP/BNB/2004) Para evitar problemas de risco de crédito, existem normas concernentes ao comportamento que os bancos devem cumprir em relação aos clientes e à própria operação. A respeito desse assunto, considere as afirmativas abaixo como V se verdadeira e F se falsa: I) as instituições financeiras só precisam lançar em suas demonstrações contábeis, os créditos em atraso por mais de noventa dias, quando são considerados de liquidação duvidosa; II) a classificação das operações de crédito é exigida apenas para as pessoas jurídicas, principalmente pelo risco inerente à atividade econômica do tomador; III) as operações de adiantamento sobre contratos de câmbio e de financiamento à importação não são classificadas por ordem de risco, por estarem amparadas por recursos internacionais; IV) as operações objeto de renegociação devem ser retiradas do nível de risco anterior e classificadas como normal. Marque a alternativa com a sequência CORRETA: A) V-F-F-F B) F-F-F-F C) V-V-F-F D) V-F-V-F E) F-F-F-V 106. (ACEP/BNB/2004) As operações de crédito bancário apresentam diversas modalidades de linhas de créditos, em função do direcionamento dos recursos e do tipo de instituição que está concedendo o recurso. Sobre este assunto, marque a alternativa CORRETA: A) o Hot Money é uma linha de crédito destinada ao financiamento das exportações, sendo operacionalizada exclusivamente por bancos estrangeiros atuando no país. B) os empréstimos para capital de giro são operações típicas de bancos de investimento, com abertura de linhas específicas sem limites de crédito e garantias. C) o crédito direto ao consumidor é um financiamento destinado para aquisição de bens e serviços, operação típica das financeiras e de bancos comerciais, com carteira de crédito, financiamento e investimento. D) o desconto de duplicatas ou notas promissórias é uma operação de empréstimo exclusivo de bancos comerciais. E) a conta garantida é uma linha especial de financiamento de capital de giro que deve ser quitada integralmente no vencimento estabelecido no prazo concedido no contrato. 107. (ACEP/BNB/2004) As instituições financeiras devem observar certas condições sobre as normas relativas a abertura, manutenção, movimentação e encerramentos de contas de depósito. A respeito deste assunto considere as afirmações abaixo: I) quando a conta for titulada por menor ou pessoa incapaz, além de sua qualificação, também deverá ser identificado o responsável que o assistir ou o representar; II) se o correntista emitir um cheque sem provisão de fundos, a instituição financeira deverá encerrar sua conta, sem necessidade de aviso ao correntista; III) as instituições financeiras estão autorizadas pelo Banco Central a cobrar tarifas sobre todos os serviços relativos à conta de depósitos; IV) é vedada a estipulação de cláusulas na ficha- proposta que, em qualquer hipótese, impeçam ou criem limitações a sustação de pagamentos de cheque. Marque a alternativa CORRETA: A) as afirmativas I e IV são verdadeiras. B) as afirmativas I e II são verdadeiras. C) as afirmativas II e III são verdadeiras. D) as afirmativas II e IV são verdadeiras. E) todas as afirmativas são verdadeiras. 108. (ACEP/BNB/2004) Objetivando expandir o acesso aos serviços bancários por parte da população de baixa renda e para facilitar recebimentos de proventos e de microcrédito, foram criadas contas especiais. Considerando as características dessas contas, marque a alternativa CORRETA: A) a conta especial de depósito a vista, denominada de conta simplificada, somente pode ser aberta por pessoas físicas e mantida na modalidade de conta individual, vedado o fornecimento de talonários de cheque para respectiva movimentação.
  13. 13. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 13 B) a conta especial de depósito a vista, denominada de conta simplificada, pode ser livremente movimentada, sem limites de recursos. C) por ser uma conta simplificada, é permitida a abertura de conta de depósitos sob nome abreviado ou de qualquer forma alterado, inclusive mediante supressão de parte ou partes do nome do depositante. D) a "conta salário" foi criada para prestação de serviços relativos ao pagamento de salários, vencimentos, aposentadorias, pensões e similares, contas essas que podem ser movimentadas por cheques. E) a "conta salário" pode ser aberta livremente pelo interessado para receber seus salários, vencimentos, aposentadorias ou pensões, mas essas contas estão sujeitas à cobrança de tarifas por parte das instituições financeiras. 109. (ACEP/BNB/2004) Foram instituídos alguns procedimentos a serem observados pelas instituições financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central na contratação e na prestação de serviços aos clientes e ao público em geral. Esses procedimentos são conhecidos no mercado como "Código de Defesa do Consumidor Bancário". Sobre esses procedimentos, marque a alternativa CORRETA: A) as instituições financeiras podem se recusar a receber cheques, bloquetos de cobrança, fichas de compensação e outros, sem necessidade de informação prévia aos clientes. B) não há, na norma, nenhum dispositivo relativo à propaganda enganosa ou abusiva. C) a liquidação antecipada de débito, total ou parcial, mediante redução proporcional dos juros nas operações de crédito pessoal e de crédito direto ao consumidor, é uma opção das instituições financeiras. D) as instituições devem estabelecer em suas dependências alternativas técnicas, físicas e especiais que garantam o atendimento prioritário para pessoas portadoras de deficiência física ou com mobilidade reduzida. E) os saques em espécie, realizados em contas de depósitos a vista, devem ser assegurados, independente de valor, não podendo as instituições postergar o saque para o expediente seguinte, alegando falta de recursos em caixa. 110. (ACEP/BNB/2004) Objetivando possibilitar a concessão de crédito para a população de baixa renda e para micro-empreendedores, o governo vem incentivando as operações de microfinanças. Para isso foram criadas instituições e linhas de crédito específicas para esse setor da economia. Em relação a esse assunto, considere as afirmações abaixo, indicando V se verdadeira e F se falsa: I) as instituições financeiras destinam, no mínimo, 2% dos saldos dos depósitos a vista para realização de operações de microfinanças direcionadas à população de baixa renda e a microempreendedores; II) as taxas de juros efetivas da linha de crédito para microfinanças não podem exceder a 2% a.m., e os limites máximos dos valores são definidos pela instituição financeira, de acordo com a capacidade de financiamento do tomador; III) as operações de crédito destinadas ao programa de microfinanças somente podem ser realizadas com pessoas físicas detentoras de contas especiais de depósitos a vista (conta simplificada); IV) dado o caráter social, as instituições financeiras não podem cobrar taxa de abertura de crédito e para valores inferiores a R$ 1.000,00 o prazo máximo da operação permitido é de 90 dias. Marque a alternativa com a seqüência CORRETA: A) V-V-F-V B) V-F-F-F C) V-F-V-F D) V-V-V-V E) F-F-V-V 111. (ACEP/BNB/2004) Existem, no mercado, diversos instrumentos de captação de recurso, que se diferenciam pelo prazo de captação, destinação e rentabilidade. Marque a alternativa CORRETA que caracteriza um desses instrumentos: A) as cadernetas de poupança representam o mais popular instrumento de captação, proporcionando uma rentabilidade de 12 % a.a. B) o prazo mínimo para aplicações em Certificado de Depósito Bancário (CDB) é de 90 dias. C) os recursos da caderneta de poupança são destinados exclusivamente para financiar casas para população de baixa renda. D) o Certificado de Depósito Bancário pode oferecer rendimento diferenciado, em função do valor e do prazo da aplicação. E) a Instituição Financeira pode remunerar o depósito a vista, desde que o cliente permaneça com o recurso depositado na conta corrente por mais de trinta dias. 112. (ACEP/BNB/2004) O Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) modernizou o sistema de transferências de recursos interbancários, sem eliminar, por completo, o sistema tradicional de compensação de cheques e outros documentos. Com relação ao seu funcionamento, assinale a alternativa CORRETA: A) a Transferência Eletrônica Disponível (TED) é utilizada para transferências de recursos superiores a R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais).
  14. 14. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 14 B) para transferências de recursos abaixo de R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais) deve ser utilizado cheque ou DOC (Documento de Compensação) por intermédio da Centralizadora de Compensação de Cheques e Outros Papéis (COMPE). C) os cheques apresentados à compensação sem provisão de fundos devem ser devolvidos pela alínea 11 na primeira apresentação e alínea 12 na segunda apresentação. D) os cheques e DOC's são compensados e transferidos da conta do emitente para a do beneficiário no mesmo dia. E) como o cheque é uma ordem de pagamento a vista, os bancos e empresas são obrigados a recebê-lo para quitar pagamentos. 113. (ACEP/BNB/2004) Dentre as operações de crédito especializado, o crédito rural tem como objetivo estimular e fortalecer o setor rural, destinando financiamentos aos produtores e suas associações. Sobre as características dessa modalidade de crédito, considere as afirmações abaixo: I) podem ser financiadas pelo crédito rural as atividades de custeio, investimento, comercialização e industrialização de produtos agropecuários; II) todos os recursos para financiamento do crédito rural são provenientes das instituições financeiras oficiais federais; III) o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) tem por finalidade apoiar as atividades agrícolas e não agrícolas desenvolvidas por agricultores familiares no estabelecimento ou aglomerado rural urbano; IV) o financiamento do PRONAF está limitado a R$ 3.000,00 (três mil reais), por produtor, em cada ano. Marque a alternativa CORRETA: A) são verdadeiros os itens I e IV. B) são verdadeiros os itens I e II. C) são verdadeiros os itens II e III. D) são verdadeiros os itens III e IV. E) apenas o item I é verdadeiro. 114. (ACEP/BNB/2004) O crédito rural foi institucionalizado pela Lei n° 4829/65, que o considera como suprimento de recursos financeiros por entidades públicas e estabelecimentos de crédito particulares e produtores rurais ou suas cooperativas para aplicação exclusiva em atividades que se enquadrem nos objetivos indicados na legislação em vigor. Assinale a alternativa CORRETA que caracteriza aspectos relacionados à política de crédito rural: A) entende-se por crédito de custeio quando destinados a cobrir despesas normais de um ou mais períodos da produção agrícola, não sendo beneficiado o custeio pecuário. B) para obter financiamento o tomador precisa formalizar a operação por meio da emissão de uma cédula de crédito rural, que não precisa de garantia real. C) a cédula rural pignoratícia deve conter a descrição dos bens vinculados ao penhor, indicados pela espécie, qualidade, quantidade, marca ou período da produção, se for o caso, além do local ou depósito em que os mesmos bens se encontram. D) na cédula rural hipotecária deve conter a descrição do imóvel hipotecado com indicação do nome, se houver, dimensões, confrontações, benfeitorias, título e data de aquisição, dispensando o registro no cartório de imóveis. E) não podem ser objeto de penhor cedular os gêneros oriundos da produção agrícola, extrativa ou pastoril, ainda que destinados a beneficiamento ou transformação. 115. (ACEP/BNB/2004) O crédito industrial, agro- industrial e para o comércio são atendidos principalmente por linhas operacionalizadas por instituições oficiais de crédito, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com relação às finalidades e beneficiários dessas linhas, marque a alternativa CORRETA: A) o FINAME é uma linha de financiamento do BNDES exclusivamente para pequenas e médias empresas para aquisição isolada de máquinas e equipamentos novos, com custo de apenas 12% ao ano. B) o custo dos financiamentos realizados diretamente pelo BNDES é composto por: custo financeiro mais remuneração do BNDES mais outros encargos, se for o caso. C) o BNDES financia a aquisição de veículos (automóveis e utilitários) desde que façam parte de um financiamento industrial. D) o BNDES não dispõe de linhas de crédito para exportações de bens produzidos no País. E) o BNDES não financia a capacitação tecnológica nem a formação e qualificação profissional. 116. (ACEP/BNB/2004) O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), regulamentado pela Lei n° 7827/89, tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento da região Nordeste, mediante execução de programas de financiamento aos setores produtivos, em consonância com os respectivos planos regionais de desenvolvimento. Considere as afirmações abaixo como V se verdadeira e F se falsa:
  15. 15. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 15 I) o Banco do Nordeste do Brasil S.A., como instituição financeira federal de caráter regional, é administradora do FNE; II) os encargos financeiros dos financiamentos concedidos com recursos do FNE, são definidos pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A , em função dos projetos específicos e da localização do projeto a ser financiado; III) as principais atividades beneficiadas com financiamentos do FNE são a indústria, a agropecuária e o turismo, por intermédio de diversos programas definidos no plano regional de desenvolvimento; IV) O Banco do Nordeste do Brasil S.A. financia, com recursos provenientes do FNE, o Programa de Apoio ao Turismo Regional, que tem por objetivo a implantação, expansão, modernização e reforma de empreendimentos do setor turístico. Marque a alternativa com a seqüência CORRETA: A) V-F-V-F B) V-F-V-V C) F-V-V-F D) V-V-V-V E) V-F-F-F 117. (ACEP/BNB/2004) O Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) constitui-se em uma importante fonte de financiamento para os programas sociais do Governo, o qual apresenta certas características. Marque a alternativa CORRETA: A) o FAT financia o Programa de Geração de Emprego e Renda (PROGER), que é uma iniciativa do Governo Federal voltada para quem deseja iniciar ou expandir seu próprio negócio, tanto na área urbana quanto na área rural. B) os recursos do FAT são oriundos do Orçamento Geral da União e de recursos próprios do Banco do Brasil S.A., que é a instituição financeira responsável pelo Fundo. C) os agentes financeiros do PROGER, programa financiado pelo FAT, são apenas o Banco do Brasil S.A. e o Banco do Nordeste do Brasil S.A. D) o FAT financia o Plano Nacional de Qualificação, que é um programa para trabalhadores das áreas de alta tecnologia. E) os recursos do FAT não financiam unidades habitacionais. 118. (ACEP/BNB/2004) Segundo a Constituição Federal, a Seguridade Social no Brasil compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência social e à assistência social. Com relação ao tema, marque a alternativa CORRETA: A) compete privativamente aos Estados legislar sobre seguridade social no âmbito de suas respectivas jurisdições, sem qualquer subordinação à União. B) cabe exclusivamente à sociedade civil organizar e administrar a seguridade social tendo como principais objetivos a universalidade da cobertura e do atendimento e o caráter democrático e descentralizado de sua administração. C) nenhum benefício ou serviço da seguridade social poderá ser criado, majorado ou estendido sem a correspondente fonte de custeio total. D) as contribuições sociais para a seguridade social somente poderão ser exigidas no exercício financeiro subseqüente àquele em que tenha sido publicada a lei que as instituiu ou aumentou. E) são isentas de contribuição para a seguridade social, as sociedades cooperativas, as micro e pequenas empresas e as entidades religiosas beneficentes de assistência social, atendidas as exigências estabelecidas em lei. 119. (ACEP/BNB/2004) Consoante a Constituição Federal, a Previdência Social no Brasil é organizada sobretudo sob a forma do Regime Geral de Previdência Social, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que lhe preservem o equilíbrio financeiro e atuarial. Sobre as principais características desse tema, marque a alternativa CORRETA: A) cobertura dos eventos de doença, invalidez, morte e idade avançada; proteção à maternidade, especialmente à gestante, e ao trabalhador em situação de desemprego involuntário; concessão de salário-família e auxílio-reclusão para os dependentes dos segurados de baixa renda e de pensão por morte do segurado, homem ou mulher, ao cônjuge ou companheiro e dependentes. B) a cobertura do risco de acidente do trabalho é atendida exclusivamente por companhias de seguro do setor privado. C) os benefícios da previdência social são acessíveis somente àqueles que tiveram relação formal de emprego, com carteira de trabalho assinada por seu(s) empregador(es). D) nenhum benefício que substitua o salário de contribuição ou o rendimento do trabalho do segurado é concedido com valor mensal inferior à media dos 3 (três) salários mínimos mensais pertinentes aos 3 (três) anos imediatamente anteriores à sua concessão. E) a gratificação natalina dos aposentados e pensionistas é igual ao provento do mês de dezembro de cada ano, mas somente é devida se tiverem sido trabalhados todos os meses do ano civil correspondente. 120. (ACEP/BNB/2004) Segundo mandamento constitucional, o regime da Previdência Privada tem caráter complementar e está organizado de forma
  16. 16. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 16 autônoma em relação ao Regime Geral de Previdência Social. Quanto a este segundo regime de previdência, marque a alternativa CORRETA: A) as instituições e empresas privadas, a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, suas autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista e outras entidades públicas, podem instituir entidades de previdência privada e patrocinar seus planos de benefícios de natureza complementar, situação na qual, o custo normal total é sempre dividido entre o empregador e o empregado de forma a nunca resultar em uma proporção nula para uma das partes. B) é facultativa para o empregador a instituição de entidade de previdência privada de plano de benefícios complementares, mas, uma vez instituída, torna-se obrigatória a filiação dos correspondentes empregados. C) as contribuições do empregador, os benefícios e as condições contratuais previstas no estatuto da entidade de previdência privada e no regulamento do plano de benefícios integram, para todos os fins de direito, o contrato de trabalho dos empregados participantes. D) o regime de previdência privada complementar é regulado por lei ordinária e por normas editadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego. E) o regime de previdência privada complementar adota sempre o regime financeiro de capitalização, constituindo reservas que garantam o benefício contratado. 121. (ACEP/BNB/2004) A Lei Complementar nº 108, de 29 de maio de 2001, dispõe sobre as entidades fechadas de previdência complementar do Setor Público e suas relações com a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, suas autarquias, fundações, sociedades de economia mista e outras entidades públicas, que lhes seriam patrocinadores. Sobre o tema em foco, marque a alternativa CORRETA: A) as entidades em questão organizam-se sob a forma de autarquia, fundação ou sociedade civil, com fins lucrativos. B) a elegibilidade a um benefício de prestação programada e continuada requer uma carência mínima de 120 (cento e vinte) contribuições mensais ao plano de benefícios, permitindo-se a manutenção do vínculo empregatício com o patrocinador após a concessão do benefício. C) os reajustes dos benefícios em manutenção são efetuados de acordo com os critérios do regulamento do plano, permitidos os repasses de ganhos de produtividade, de abonos e de vantagens concedidas ao cargo ou função em que o participante se aposentou. D) o custeio do plano de benefícios e a despesa administrativa da entidade de previdência complementar são de responsabilidade do patrocinador, dos participantes e, também, dos assistidos (participante ou seus beneficiários em gozo de benefício de prestação continuada). E) além das contribuições normais, os planos poderão prever o aporte de recursos adicionais pelos participantes, a título de contribuição laboral facultativa, aporte esse acompanhado do correspondente aporte patronal do patrocinador. 122. (ACEP/BNB/2004) Sobre a validade do negócio jurídico, segundo a legislação civil brasileiro, pode-se afirmar CORRETAMENTE que: A) é nulo o negócio jurídico por incapacidade relativa do agente. B) é anulável o negócio jurídico simulado. C) é nulo o negócio jurídico derivado de coação. D) é anulável o negócio jurídico que não revestir a forma prescrita em lei. E) é nulo o negócio jurídico quando for preterida alguma solenidade que a lei considere essencial para sua validade. 123. (ACEP/BNB/2004) O contrato de compra e venda é uma espécie de negócio jurídico pela qual um dos contratantes se obriga a transferir o domínio de certa coisa, e o outro, a pagar-lhe certo preço em dinheiro. Acerca deste negócio é CORRETO afirmar que: A) é defeso a uma das partes o arbítrio exclusivo na fixação do preço, o que tornaria o contrato nulo. B) até o momento da tradição, os riscos da coisa correm por conta do comprador. C) é ilícito, na formação do contrato, se deixar à fixação do preço à taxa de mercado ou de bolsa, em certo e determinado dia e lugar. D) é nula a venda de ascendente a descendente, salvo se os outros descendentes e cônjuge do alienante expressamente houverem consentido. E) nas coisas vendidas conjuntamente, o defeito oculto de uma autoriza a rejeição de todas. 124. (ACEP/BNB/2004) Sobre a classificação dos contratos é CORRETO afirmar que: A) contrato comutativo é o contrato gratuito. B) contrato aleatório ou de risco é aquele cujas partes não podem antever, no momento da formação do contrato, a extensão dos seus ganhos ou de suas perdas. C) o contrato unilateral é o mesmo que de adesão. D) o contrato de hipoteca é classificado como principal. E) o contrato aleatório é sempre gratuito. 125. (ACEP/BNB/2004) Os contratos são uma espécie de negócio jurídico com declaração de vontade, cuja validade depende de uma série de
  17. 17. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 17 fatores a serem considerados. Logo, pode-se concluir de forma CORRETA que: A) a validade da declaração de vontade na formação dos contratos dependerá de forma especial, independentemente de determinação legal que a autorize. B) a validade do negócio jurídico requer objeto lícito, possível, determinado ou indeterminável. C) nas declarações de vontade, que visam à formação do contrato, se atenderá mais a intenção nelas consubstanciadas do que ao sentido literal da linguagem. D) o silêncio, no direito brasileiro, não pode importar anuência ou aceitação da proposta contratual. E) a manifestação de vontade não subsiste ainda que o seu autor haja feito a reserva mental de não querer o que manifestou. 126. (ACEP/BNB/2004) Os títulos de crédito se constituem em documentos dotados de executividade, que gera o direito a uma prestação futura desde que obedecidos certos requisitos. Marque a alternativa INCORRETA: A) o título de crédito possui como requisito essencial a cartularidade. B) o título de crédito possui como requisito essencial a literalidade. C) o título de crédito para ser executado precisa ser endossado. D) o título de crédito possui como requisito essencial a autonomia. E) o título de crédito possui como requisito formal indispensável a data de emissão. 127. (ACEP/BNB/2004) Assinale a afirmação CORRETA que trata de empréstimo: A) o comodato é o empréstimo gratuito de coisa fungível. B) o mútuo transfere o domínio da coisa emprestada ao mutuário, por cuja conta correm todos os riscos dela desde a tradição. C) o contrato de comodato é a mesma coisa que contrato de mútuo. D) o comodato sempre será celebrado por prazo certo. E) o comodatário poderá recobrar do comodante as despesas feitas com o uso e gozo da coisa emprestada. 128. (FCC/CAIXA/2004) A captação e depósitos à vista, livremente movimentáveis, é atividade típica e distinta dos bancos comerciais, cooperativas de crédito, bancos múltiplos e caixas econômicas, o que os configura como instituições financeiras monetárias. É a chamada captação a custo zero. Assim, o depósito à vista para o banco é um dinheiro gratuito. Em relação à conta corrente e sua movimentação pode-se afirmar que: (A) no cheque, a quantia a ser paga é determinada sempre pela cifra e nunca pelo extenso, mesmo em caso de divergência entre um e outro. (B) a conta corrente é o produto básico da relação entre o cliente e o banco, pois através dela são movimentados, via depósito, cheques, ordens de pagamento ou doc, os recursos do cliente. (C) os valores depositados em conta corrente em cheque só podem ser movimentados no mesmo dia, via cheque, caso não sejam da mesma praça; caso contrário, darão origem a um ―saque sobre valor bloqueado‖. (D) Os cheques acima de R$ 100,00 devem, obrigatoriamente, serem nominativos, caso contrário, serão devolvidos e o nome do eminente incluído no Cadastro de Eminentes de Cheques sem Fundos. (E) Os cheques cruzados, assim com os cheques administrativos, são movimentados com se fossem dinheiro. Uma vez que podem ser descontados. 129. (FCC/CAIXA/2004) Está correto dizer que: (A) a transformação de conta conjunta em individual é feita mediante a solicitação de um dos titulares. (B) Para abertura de uma conta corrente junto a uma instituição financeira é necessário apenas carteira de identidade. (C) Para encerrar uma conta corrente Junto a uma instituição financeira é necessário primeiramente verificar se todos os cheques emitidos foram compensados para não evitar a inclusão do nome no cadastro de emitentes de cheques sem fundo. (D) Abrir uma conta corrente só é permitido aos maiores de 18 anos e aos menores, com idade entre 16 e 18 anos incompletos, desde que representados ou assistidos pelo responsável legal e aos emancipados. (E) Os menores emancipados não podem movimentar uma conta corrente. 130. (FCC/CAIXA/2004) Um dos produtos mais importantes desenvolvido pelas instituições financeiras nos últimos dez anos foi a cobrança bancária um serviço indispensável para qualquer banco comercial. Está correto, então, dizer que (A) a duplicata pode se considerada um instrumento de protesto, mesmo sem aceite do sacado. (B) A cobrança bancária é feita através de boletos que, embora substituam duplicatas, promissórias, letras de câmbio, recibos ou cheques, não têm o poder de circular pela câmera de compensação.
  18. 18. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 18 (C) Pode-se citar a capilaridade da rede bancária como uma vantagem para os cedentes dos titulos. (D) O desconto de títulos é considerado um meio de obtenção de capital de giro para o sacado, mas pouco utilizado pelas empresas devido à sua alta complexidade operacional. (E) A duplicata é um titulo de crédito formal e nominativo emitido pelo sacado de acordo com a fatura que lhe deu origem contra o cedente, podendo ser transferida por endosso. 131. (FCC/CAIXA/2004) Considera-se movimentação de valores de natureza financeira qualquer operação liquidada ou lançamento realizado pelas entidades referidas no artigo 2º da lei nº 9.311/96, que represente circulação escritural ou física de moeda, e de que resulte ou não transferência e titularidade dos mesmos valores. È INCORRETO afirmar que a CPMF (A) não incide nas contas da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municipios e das fundações, porém incide sobre as autarquias. (B) incide sobre a movimentação financeira das Entidades Beneficentes de Assistência Social. (C) incide no lançamento para pagamento da própria CPMF, na condição de contribuinte ou responsável. (D) incide no lançamento errado e respectivo estorno, que caracteriza a anulação da operação efetivamente contratada. (E) incide no lançamento de cheque devolvido em conformidade com as normas do Banco Central. 132. (FCC/CAIXA/2004) A CAIXA é a instituição financeira responsável pela operacionalização das políticas do Governo Federal para habitação popular e saneamento básico, caracterizando-se cada vez mais como o banco de apoio ao trabalhador de baixa renda. Em seu estatuto estão previstos também outros objetivos, COM EXCEÇÃO de (A) atuar nas áreas de atividades relativas a bancos comerciais sociedade de crédito imobiliário e de saneamento e infra-estrutura urbana. (B) Monopólio das operações de penhor, que consistem em empréstimos concedidos contra a garantia em bens e valor e alta liquidez, como jóias, metais preciosos, pedras preciosas, etc. (C) administração, com exclusividade, das loterias federais. (D) Ser órgão executivo e fiscalizador do Sistema Financeiro da Habitação, após a incorporação do BNH – Banco Nacional de Habitação. (E) Ser principal operador da política agrícola do governo. Atenção: Utilize o texto abaixo para responder as questões de números 36 a 39. As modernas instituições financeiras criaram o conceito da ―mesa de operações‖, onde centralizam a maioria das operações de sua área de mercado, ou seja, suas operações comerciais que envolvam a definição de taxas de juros e o conceito de spread, que é a diferença entre o custo do dinheiro tomado e o preço do dinheiro vendido, como, por exemplo, na forma de empréstimo. Em relação às operações praticadas pelos bancos, está correto afirmar: 133. (FCC/CAIXA/2004) (A) O CDC – Crédito Direito ao Credor- direto, é uma modalidade na qual a instituição financeira assume a carteira dos lojistas, mas não assume o risco dos créditos concedidos. (B) O C DC – Crédito Direito ao Consumidor – é uma operação destinada a financiar aquisições de bens e serviços por consumidores que sejam obrigatoriamente intermediários. (C) O CDC – Crédito Direito ao Credor – com interveniência, representa crédito bancário concedido às empresas para repasse a seus clientes, visando ao financiamento de bens e serviços a serem resgatados em prestações mensais. (D) O CDC – Crédito Direito ao Consumidor – direto, é uma modalidade na qual a instituição financeira assume a carteira de lojista e, conseqüentemente, todo o risco dos créditos concedidos. (E) O CDC – Crédito Direito ao Credor – com interveniência, é uma modalidade de CDC em que a instituição adquire s créditos comercias de uma loja, poremos riscos não as assumidos pela própria loja. 134. (FCC/CAIXA/2004) (A) Sobre a operações de Crédito Rotativo não incidem juros e IOF. (B) Operações Hot Money são operações de empréstimo de curto e curtíssimo prazos, demandas para cobrir as necessidades de longo prazo da empresa. O custo dessas operações é baseado na taxa ao CDI do dia mais o spread cobrado pelo banco. (C) As operações Hot Money são referenciadas pelo CDI – Certificado de Depósito Interfinanceiro – e as taxas são repactuadas diariamente. (D) Crédito Rotativo é uma linha de redito aberta pelos bancos para financiamento de investimentos permanentes. (E) As operações de Crédito Rotativo, por serem simples de operar, não exigem garantias. 135. (FCC/CAIXA/2004)
  19. 19. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 19 (A) Nas operações de desconto bancário, o risco é assumido pela instituição financeira. (B) A operação de Desconto de Títulos diz respeito ao adiantamento de recursos ao cliente, feito pelo banco, como uma antecipação dos valores a pagar a seus fornecedores. (C) Na operação de Desconto de Títulos, o valor liberado ao tomador é superior ao valor nominal (valor de resgate) dos títulos, em razão do encargos financeiros cobrados antecipadamente. (D) Nas operações de desconto bancário, a responsabilidade final da liquidação do titulo negociado perante a instituição financeira, caso o cedente não pague no vencimento, é do tomador de recursos, ou seja, o sacado. (E) A operação de Desconto de Títulos dá ao banco o direito de regresso, caso o título não seja pág pelo sacado. 136. (FCC/CAIXA/2004) (A) O CDB é uma taxa que mede a inflação de um determinado período e considerada a taxa prime do mercado. (B) O CDB – Certificado de Depósito Bancário – e o RDB – Recibo de Deposito Bancário – são titulo de captação de recursos pelos bancos (C) A liberdade de prazo dos CDB – Certificado de Depósito Bancário – não permite que os bancos emitam CDB com taxa pré-fixada, apenas pós -fixada. (D)A principal diferença ente CDB e o RDB é a impossibilidade do certificado e depósito bancário ser transferido a outros investidores pó endosso nominativo. (E) O termo CDB quer dizer a mesma coisa que a antiga CTN. 137. (FCC/CAIXA/2004) Existe hoje uma série de alternativas de DINHEIRO DE PLÁSTICO, que facilita o dia a dia das pessoas e representa um enorme incentivo ao consumo, por representar uma alternativa de credito intermediada pelo mercado bancário portanto, está correto afirmar que o (A) cartão de crédito utilizado para aquisição de bens ou serviços, alavaca as vendas dos estabelecimentos credenciados. (B) Estímulo ao consumo despertado pelo Cartão e Crédito é uma vantagem, mesmo quando o consumidor deseja poupar. (C) Desenvolvimento tecnológico tem restringido a utilização dos cartões magnéticos. (D) Cartão de débito é uma garantia para o consumidor apesar de não representar débito previamente aprovado. (E) Cartão magnético é utilização para obtenção de extrato de conta corrente, poupança mas não podem ser utilizados para saques. 138. (FCC/CAIXA/2004) NÃO é considerada uma vantagem d operação de leasing (A) a alta carga tributária. (B) A possibilidade de renovação periódica da maquinaria da empresa, atendendo assim às exigências do desenvolvimento tecnológico e do próprio mercado. (C) A minimização de problemas devido à imobilização, reduzindo também o risco de empresa. (D) A maior flexibilidade e dinamismo aos recursos financeiros da empresa, deixando os mesmos disponíveis para outros investimentos e para a sustentação do capital de giro. (E) O prazo da operação compatível com a amortização econômica do bem. 139. (FCC/CAIXA/2004) O acordo de Basiléia foi originalmente assinado em 1988 pelos dez maiores bancos centrais do mundo, e previa forte adequação do capital dos bancos em todo o mundo ao novo ambiente dos mercados financeiros. Pesar de o documento firmado ser apenas um tratado de intenções, os bancos centrais signatários desse documento conseguiram transformar em leis, em seus respectivos paises, as recomendações firmadas. Ao começar as discussões do Novo Acordo de Capital, em janeiro de 2001, o enfoque era dar maior solidez e transparência ao sistema financeiro mundial, visando adequar a regulamentação aos mecanismos de mercado e seus riscos. Em relação a esse novo acordo, pode-se dizer que NÃO estava contemplado: (A) regras de prudência bancária. (B) Ênfase ns metodologias de gerenciamento de risco dos bancos. (C) Supervisão das autoridades bancárias e fortalecimento da disciplina de mercado. (D) Disponibilização de serviços bancários apenas a clientes com alto poder aquisitivo. (E) Avaliação adequada de capital relacionada com os riscos bancários e fornecimento de incentivos aos banco para aumentar sua capacidade de mensuração e administração dos riscos. 140. (FCC/CAIXA/2004) Contrato é o acordo duas ou mais vontades, na conformidade da ordem jurídica, destinado a estabelecer uma regulamentação de interesse entre as partes com o escopo de adquirir, modificar ou extinguir relações jurídicas de natureza patrimonial, as operações de empréstimo caracterizam-se por firmar em contrato condições definidas em negociação entre o emprestador e o tomador. No contrato, devem estar expressos o valor da operação de crédito ( em moeda nacional), os custos da operação (juros, comissões, taxa e tarifas cobradas pela instituição financeira), os encargos tributários, os prazos da operação, a forma de cobrança e as garantias.
  20. 20. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 20 Em relação às garantias, assinale a alternativa correta. (A) Carta de fiança – depósito feito para garantia de pagamento de um empréstimo ou financiamento. (B) Garantias são exigidas pelo emprestador de acordo com o risco da operação e podem ser reais ou impessoais. (C) Aval - característica de título de crédito que permite que um terceiro, por sua aposição de assinatura, aceite ser coobrigado em relação às obrigações do avalizado. (D) Aval – exige outorga uxória ou qualificação do avalista. O avalista não tem beneficio de ordem. (E) Fiança – garantia constituída por contrato autônomo, em que o fiador se compromete a cumprir as obrigações do afiançado perante o credor, não havendo necessidade de fomalização por instrumento escrito, publico ou particular. 141. (FCC/CAIXA/2004)Considere as afirmativas abaixo: I. O Banco Central atua no mercado cambial visando principalmente o controle das reservas cambiais da economia e a manutenção do valor da moeda nacional em relação a outras moedas internacionais. II. Diversos fatores são determinados para a formação das paridades monetária no mercado de cambio, como o nível de reservas monetárias que um país deseja manter e a liquidez da economia, a taxa da inflação doméstica e do resto do mundo e a política de juros. III. No Brasil, as operações de compra e venda de moedas estrangeiras constituem um monopólio de governo; pois não podem ser praticadas livremente, somente podem ser realizadas por meio das autoridades monetárias. IV. A demanda por moeda estrangeira não se reflete nos exportadores, investidores internacionais, devedores que desejam amortizar seus compromissos com credores estrangeiros, empresas multinacionais que necessitam remeter capitais e dividendos. Em referência ao mercado de câmbio, estão corretas as afirmativas (A) I, II, III e IV. (B) I e II, apenas. (C) I e III, apenas. (D) II e IV, apenas. (E) I, II e III, apenas. 142. (FCC/CAIXA/2004) A moeda é um meio de pagamento legalmente utilizado para realizar transações com bens e serviços. É um instrumento previsto em lei e, por isso, apresenta curso legal forçado (sua aceitação é obrigatória) e poder liberatório (libera o devedor do compromisso). A moeda desempenha três importantes funções: instrumento de troca, medida de valor e reserva de valor, respectivamente abaixo definidas: (A) escambo; lastro em ouro e perda do poder de compra. (B) Intercâmbio de bens e serviços; parâmetro para apurar o valor monetário e liquidez absoluta que possibilita sua conversibilidade imediata em qualquer outro ativo. (C) divisibilidade; escambo e lastro em ouro. (D) coincidência de desejos; negociação de partes ou frações e perda do poder de compra. (E) escambo; imunidade à inflação e instrumento financeiro. 143. (FCC/CAIXA/2004) As operações de mercado aberto (open market) funcionam como um instrumento bastante ágil de política monetária a fim de melhor regular o fluxo monetário da economia e influenciar os níveis das taxas de juros a curto prazo. Está correto afirmar que (A) para uma expansão no volume dos meios de pagamento da economia, de forma a elevar sua liquidez e reduzir as taxas de juros, as autoridades monetárias intervêm no mercado resgatando títulos públicos em poder dos agentes econômicos. (B) para uma retração no volume dos meios de pagamento da economia, as autoridades devem resgatar os títulos públicos em poder dos agentes econômicos. (C) para elevação das taxas de juros vigentes a curto prazo, a postura assumida é aquisição dos títulos públicos em poder dos agentes econômicos. (D) Em termos de política monetária, a grande contribuição das operações de mercado aberto deve-se à sua rigidez. (E) para redução das taxas de juros, a postura assumida é colocar em circulação novos títulos da dívida pública. 144. (FCC/CAIXA/2004) Associe as afirmações abaixo aos Mercados Primário e Secundário. I. Negociação direta entre o emitente dos títulos e seus adquirentes. II. As colocações dos títulos públicos costumam desenvolver-se por meio de leilões periódicos coordenados pelo banco Central. III. Transferência para terceiros dos títulos adquiridos em leilão.
  21. 21. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 21 IV. Importante fonte de financiamento das carteiras de aplicações formadas pelas instituições financeiras. Mercado Primário Mercado Secundário A IV II I III B I II III IV C I III III IV D II III I IV E I IV II III 145. (FCC/CAIXA/2004)Assinale a alternativa correta. (A) A taxa de juros que precifica os ativos do Governo no mercado é denominada taxa limite. (B) Quanto mais baixa se situar a taxa de juros, menor se apresentar a atratividade dos agentes econômicos para novos investimentos, selecionando os de maior maturidade. (C) O Governo tem poder sobre a fixação da taxa de juros, pois não controla certos instrumentos de política monetária como o mercado aberto. (D) A taxa de juros que precifica os ativos do governo no mercado é denominada taxa pura, constituindo-se na taxa de juros mais alta do sistema econômico. (E) A taxa de juros estabelecida livremente pelo mercado é taxa referencial a ser comparada com os retornos oferecidos pelos investimentos com risco. 146. (FCC/CAIXA/2004)Após o dano ou perda de um bem e graças ao pagamento antecipado de uma quantia que representa pequena parcela desse bem, é possível receber uma indenização que permita a sua reposição integral. Em relação ao Sistema Nacional de Seguros Privados pode-se afirmar que (A) as Seguradoras são responsáveis pela regulação das operações de seguros e pela fixação das condições das apólices, dos planos de operação e valores das tarifas. (B) As Companhias Seguradoras são instituições administradoras de riscos, isto é, agências de ratings. (C) a SUSEP – Superintendência de Seguros Privados – é uma autarquia pública federal e tem como uma de suas principais atribuições fiscalizar a constituição, organização e funcionamento das sociedades do mercado segurador brasileiro, além de atuar em defesa dos interesses dos consumidores do mercado. (D) O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) controla e fiscaliza os mercados de seguros, resseguros, capitalização e previdência privada. (E) as propostas de seguro podem ser encaminhadas às Seguradoras por qualquer cidadão que se achar competente para fazê-lo. 147. (FCC/CAIXA/2004) Assinale a afirmativa correta. (A) O Banco do Brasil é uma sociedade anônima de capital fechado, cujo controle acionário é exercido pela União. (B) O Conselho Monetário Nacional é um órgão normativo, desempenhando atividade executiva. Processa todo o controle do sistema financeiro, influenciando as ações de órgãos normativos. (C) O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social define as regras, limites e condutas das instituições financeiras, além de ser considerado formulador de toda a política de moeda e do crédito. (D) Uma das atribuições do Conselho Monetário Nacional é fixar diretrizes e normas da política cambial, visando ao controle da paridade da moeda e o equilíbrio do balanço de pagamentos. (E) Dentre as principais atribuições de competência do Banco Central destaca-se efetuar o controle do crédito de capitais estrangeiros e executar os serviços de compensação. 148. (FCC/CAIXA/2004) Em relação ao subsistema de intermediação está correto afirmar que (A) os Bancos de Desenvolvimento apóiam formalmente o setor público da economia por meios de operações e financiamentos às empresas governamentais. (B) Os bancos comerciais são instituições financeiras constituídas obrigatoriamente sob a forma de sociedades anônimas e executam operações comerciais, isto é, de compra e venda de títulos. (C) bancos múltiplos têm sua formação com base nas atividades de quatro instituições: banco comercial, banco de investimento e desenvolvimento, sociedade de crédito, financiamento e investimento e sociedade de micro-crédito. (D) Os Bancos de Investimento constituem-se em instituições públicas de âmbito estadual, que visam promover investimentos na área de desenvolvimento urbano da região onde atuam. (E) a criação de bancos múltiplos surgiu como reflexo da própria evolução das cooperativas e crescimento do mercado. 149. (FCC/CAIXA/2004) A previdência privada é uma alternativa de aposentadoria complementar à previdência social. É classificada como um seguro
  22. 22. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 22 de renda, oferecendo diversos planos de benefícios de aposentadoria, morte e invalidez, todos lastreados no pecúlio formado por seus participantes. Em relação à previdência privada pode-se afirmar que (A) a sociedade de previdência privada fechada é a aposentadoria oficial paga ao Instituto Nacional de Seguridade Social. (B) Pode constituir-se como uma sociedade fechada ou aberta. A sociedade de previdência privada aberta, ou fundo de pensão, é formada geralmente dentro do ambiente de uma empresa. (C) os benefícios podem ser contratados para serem vitalícios, por tempo determinado ou de uma só vez. (D) a sua principal característica é que sua adesão não é operacional mas apresenta um caráter público e obrigatório. (E) as parcelas mensais que devem ser pagas são calculadas com base na renda de seu primeiro emprego corrigida pela TR. 150. (FCC/CAIXA/2004) Em relação às sociedades por ações pode-se afirmar que (A) para os efeitos da lei, a companhia é aberta ou fechada conforme sua atuação comercial, no atacado ou varejo. (B) são também chamadas de sociedades anônimas, podendo apenas ser de capital aberto. (C) a Lei das Sociedades Anônimas data de 1976 sem que nunca tenha sofrido qualquer reformulação. (D) as sociedades anônimas de capital fechado têm as ações nas mãos de pessoas físicas e jurídicas determinadas, mas são comercializadas em bolsas de valores. (E) a companhia ou sociedade anônima tem o capital dividido em ações, e a responsabilidade dos sócios ou acionistas é limitada ao preço das ações subscritas ou adquiridas. 151. (FCC/CAIXA/2004) A constituição das empresas tem aspectos técnicos, administrativos, legais e de mercado. Está correto afirmar que (A) as cooperativas são conglomerados de associações de bairro. (B) os aspectos técnicos e administrativos relacionam-se às atividades-fim da empresa, podendo ser classificadas em instituições financeiras; empresas privadas, comerciais, industriais e prestadoras de serviços; empresas e órgãos públicos, organizações sem fins lucrativos. (C) do ponto de vista legal, as empresas podem organizar-se com firma limitada, sociedade individual e sociedade por ações. (D) na empresa individual a responsabilidade do proprietário é limitada, respondendo por todas as dívidas da empresa com seus bens pessoais. (E) nas empresas limitadas os sócios estabelecem um contrato social que define a participação de cada um, mas não suas responsabilidades. 152. (FCC/CAIXA/2004) Na segmentação de mercado, (A) o conhecimento do todo replica-se às partes, desconsiderando-se os riscos envolvidos. (B) concentra-se esforços de marketing em determinados alvos, que a empresa entende como favoráveis para serem anulados comercialmente, em decorrência de sua capacidade de satisfazer a demanda dos focos, de maneira mais adequada. (C) conhece-se melhor as necessidades e desejos dos consumidores. Tal conhecimento se aprofunda à medida que novas variáveis de segmentação são combatidas entre si, proporcionando perda de conhecimento individual do consumidor. (D) apresentam-se as vantagens sinérgicas: domínio de tecnologia capaz de produzir bens preferidos por certas classes de compradores; maior proximidade ao consumidor final; possibilidades de oferecer bens e serviços a preços altamente competitivos; disponibilidade de pontos de venda adequados a seus produtos ou serviços; existência de veículos de publicidade que se dirijam direta e exclusivamente aos segmentos visados, etc. (E) a alocação de recursos de forma adequada não é um dos pontos chaves da segmentação de mercado, diminuindo, com isso, os riscos associados ao desempenho das atividades empresariais. 153. (FCC/CAIXA/2004) Preparar-se para uma venda deve fazer parte dos hábitos de um bom vendedor, isto quer dizer procurar conhecer melhor seu cliente para saber adequar às suas necessidades os melhores produtos ou serviços. São considerados ―boas‖ ações em relação a uma venda: (A) nem sempre o cliente precisa saber exatamente o que está comprando, por qual serviço está pagando. Mantenha sigilo se ele nada perguntar a respeito do que está sendo negociado. (B) Pesquisa sobre a empresa para obter informações de qualidade e em uma quantidade adequada; avaliar as várias possibilidades de abordagem; fazer chantagem emocional.
  23. 23. Conhecimentos Bancários Prof. Antonio Cláudio da Silva 23 (C) Ponderar as possibilidades que surgirão e definir objetivos factíveis conforme o nível de seu interlocutor e momento no ciclo de venda. (D) não fazer perguntas que você já saiba as respostas. Não é tão importante que seus clientes declarem suas necessidades ao invés de você assumir o que ele precisa, independentemente de você estar certo. (E) defina limites, principalmente em fechamento de negócios. Prometer e não entregar afeta o relacionamento com o cliente. 154. (FCC/CAIXA/2004) As empresas têm sido comumentemente avaliadas com relação aos riscos de crédito de suas dívidas, num processo denominado rating. Existem no mercado diversas organizações especializadas nessa análise de risco. É verdadeira a afirmação: (A) As agências de rating atribuem pesos subjetivos e diferenciados aos modelos de risco de um mesmo setor. (B) Rating é uma opinião expressa por uma agência especializada sobre a qualidade do crédito de uma empresa, devendo expressar uma verdade inquestionável. (C) Os ratings são atribuídos a partir de informações contidas nos demonstrativos financeiros publicados, além de outros de caráter setorial e conjuntural, mas não expressam a qualidade da dívida da empresa em termos de inadimplência e garantias do crédito. (D) As escalas de rating são diferentes de acordo com as agências, mas em geral são representadas pelas palavras excelente, ótimo, bom, satisfatório, baixo e ruim. (E) As dívidas mais bem classificadas nas escalas dos ratings são as que apresentam o menor risco possível. 155. (FCC/CAIXA/2004) Commercial papers são títulos de créditos emitidos visando a captação pública de recursos para o capital de giro das empresas. Está correto dizer que (A) a colocação de Commercial papers junto a investidores de mercado jamais poderá ser feita através de um dealer. (B) a vantagem da utilização de Commercial papers em relação às operações convencionais de empréstimos é o baixo custo financeiro e a maior agilidade em tomar recursos no mercado, explicados pela eliminação da intermediação bancária uma vez que não exige nenhum documento formal. (C) Além dos juros recebidos, a empresa emitente incorre também em despesas de emissão, tais como registro na CVM, publicações, etc. (D) Commercial papers são negociados no mercado por um valor descontado chamado deságio, sendo recomprados pela empresa emitente pelo seu valor de face, valor nominal. (E) Commercial papers são negociados sem garantia real e não podem oferecer garantia de fiança bancária. 156. (FCC/CAIXA/2004) Cheque cruzado é aquele que apresenta duas linhas paralelas no anverso do título. Em relação ao cruzamento do cheque está correto afirmar que (A) admite-se o cruzamento em preto para cruzamento em branco. (B) o cruzamento especial, qualificado ou em preto, contém na entrelinha o nome do banco a que deve ser pago. (C) o cruzamento em branco, ou simples, contém na entrelinha o nome do banco. (D) o cheque cruzado pode ser depositado ou sacado em espécie. (E) O acolhimento com cruzamento especial de outro banco é permitido desde que esteja provido de endosso-mandato. 157. (FCC/CAIXA/2004) Os títulos de capitalização caracterizam-se como uma forma de poupança de longo prazo, onde o sorteio funciona como um estímulo. Em relação a títulos de capitalização, é correto afirmar que (A) capital nominal é o valor que o investidor resgatará ao final do plano do título de capitalização, incidindo sobre ele correção e juros. (B) são regulados pela CAIXA. (C) não possuem liquidez. (D) não existe incidência de Impostos de Renda sobre os rendimentos auferidos nas operações com títulos de capitalização. (E) o investidor sempre escolhe a data do sorteio e o prêmio que deseja obter das operações com títulos de capitalização. 158. (FSADU/BNB/2007) A Constituição Federal, norma de maior hierarquia no ordenamento jurídico do Estado, ocupou-se, em capítulo específico, de estabelecer o regramento básico do Sistema Financeiro Nacional (SFN). A despeito de tal Sistema, a Carta Magna dispõe que será: a) regulado por leis ordinárias que disporão quanto aos interesses da coletividade e a promoção do desenvolvimento econômico e social do País. b) estruturado de modo a promover o desenvolvimento socioeconômico do País e abrangerá os sistemas cooperativos. c) regulado por lei complementar que disporá quanto às cooperativas de crédito e a participação de capitais nas instituições que o integram.

×