Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 05. sistema de combustível

434 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
434
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 05. sistema de combustível

  1. 1. 5-1 5. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL LOCALIZAÇÃO DO COMPONENTE ................ 5-2 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO .......................... 5-3 DIAGNOSE DE DEFEITOS ................................ 5-4 CARCAÇA DO FILTRO DE AR .......................... 5-5 REMOÇÃO DO CARBURADOR ........................ 5-7 DESMONTAGEM DO CARBURADOR.............. 5-8 MONTAGEM DO CARBURADOR ....................5-12 INSTALAÇÃO DO CARBURADOR....................5-16 VÁLVULA DE ENRIQUECIMENTO DA PARTIDA (SE) ..............................................5-17 AJUSTE DO PARAFUSO DE MISTURA ..........5-18 SISTEMA DE SUPRIMENTO SECUNDÁRIO DE AR........................................5-19 VÁLVULA DE CONTROLE PAIR........................5-20 VÁLVULA DE RETENÇÃO PAIR........................5-21 5
  2. 2. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-2 LOCALIZAÇÃO DO COMPONENTE
  3. 3. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-3 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO INSTRUÇÕES GERAIS • Cabos de controle torcidos ou dobrados impedirão o funcionamento suave. Além disso, os cabos poderão ficar presos ou engripar, resultando na perda de controle da motocicleta. • Trabalhe somente em áreas bem ventiladas. A presença de cigarros, chamas ou faíscas na área de trabalho ou no local de armazenamento da gasolina pode causar uma explosão ou incêndio. • Antes de desmontar o carburador, coloque um recipiente de coleta apropriado sob a mangueira de drenagem, solte o parafuso de drenagem e drene o carburador. • Depois de remover o carburador, coloque um pano no orifício de admissão do cabeçote ou cubra-o com fita adesiva para impedir a entrada de materiais estranhos no motor. • Ao desmontar as peças do sistema de combustível, observe a localização dos anéis de vedação. Substitua os anéis por novos durante a montagem. • Se a motocicleta ficar inativa por mais de um mês, drene a cuba da bóia. Se o combustível permanecer na cuba, os giclês podem ficar obstruídos, tornando a partida difícil e prejudicando a dirigibilidade. ESPECIFICAÇÕES VALORES DE TORQUE Parafuso da tampa da válvula de retenção PAIR 5,2 N.m (0,5 kgf.m) Braçadeira isolante página 5-16 FERRAMENTA ESPECIAL Item Especificações Número de identificação do carburador BR VEA2H 2LA VEA2K 3LA VEA2J Giclê principal BR # 150 2LA # 138 3LA # 142 Giclê de marcha lenta # 45 Abertura/fechamento inicial do parafuso de mistura página 5-18 Nível da bóia 18,5 mm Rotações de marcha lenta 1.400 ± 100 rpm Folga livre da manopla do acelerador 2 – 6 mm Vácuo especificado do controle Pair 48 KPa (360 mm Hg) Chave de parafuso de mistura 07908-4730002 Medidor do nível da bóia do carburador 07401-0010000
  4. 4. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-4 DIAGNOSE DE DEFEITOS O motor é acionado, mas não dá partida • Não há combustível no tanque • Não há combustível no carburador – Filtro de combustível obstruído – Linha de combustível obstruída • Excesso de combustível no motor – Filtro de ar obstruído – Carburador afogado • Vazamento na entrada de ar • Combustível contaminado/deteriorado • Funcionamento incorreto do afogador • Funcionamento incorreto do acelerador • Não há faísca na vela de ignição (sistema de ignição defeituoso – página 16-2) Mistura pobre • Giclês de combustível obstruídos • Válvula da bóia defeituosa • Nível da bóia excessivamente baixo • Linha de combustível restringida • Tubo de respiro do carburador obstruído • Vazamento na entrada de ar • Pistão de vácuo defeituoso Mistura rica • Válvula de enriquecimento da partida (SE) aberta • Giclês de ar obstruídos • Válvula da bóia defeituosa • Nível da bóia excessivamente alto • Filtro de ar sujo • Pistão de vácuo defeituoso Motor morrendo, partida difícil ou marcha lenta irregular • Linha de combustível restringida • Mistura de combustível excessivamente rica/pobre • Combustível contaminado/deteriorado • Vazamento na entrada de ar • Ajuste incorreto da marcha lenta • Ajuste incorreto do parafuso de mistura • Filtro de ar obstruído • Circuito de marcha lenta obstruído • Válvula de enriquecimento da partida (SE) aberta • Sistema de ignição defeituoso (página 16-2) Pós-combustão quando o freio-motor é usado • Mistura pobre em circuito de marcha lenta • Sistema de ignição com defeito (página 16-2) • Sistema de suprimento secundário de ar defeituoso – Válvula de controle PAIR com defeito – Válvula de verificação PAIR com defeito – Mangueira do sistema de suprimento secundário de ar com defeito • Válvula de corte de ar com defeito Combustão retardada ou perdida durante a aceleração • Mistura turva • Sistema de ignição com defeito (página 16-2) Baixa performance (dirigibilidade) e baixa economia de combustível • Sistema de combustível obstruído • Sistema de ignição com defeito (página 16-2)
  5. 5. CARCAÇA DO FILTRO DE AR SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-5 REMOÇÃO Remova os seguintes itens: – Tanque de combustível (página 2-7) – Pára-lama traseiro (página 2-6) – Roda traseira Remova a caixa de fusíveis e interruptor do relé de partida da carcaça do filtro de ar. Libere a mangueira de passagem de ar das guias de mangueiras. Desaperte o parafuso da braçadeira do tubo de conexão. Remova o parafuso e desaperte a braçadeira do tubo de conexão do ressonador. Remova o ressonador. Desconecte a mangueira do respiro do motor e a mangueira de sucção de ar. Desenganche a mola de retorno e remova o interruptor da luz do freio traseiro. CAIXA DE FUSÍVEISCAIXA DE FUSÍVEIS MANGUEIRA DE RESPIRO MANGUEIRA DE SUCÇÃO DE AR MANGUEIRA DE RESPIRO DO MOTOR GUIAS PARAFUSO DA BRAÇADEIRA PARAFUSO DA BRAÇADEIRA PARAFUSO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO RESSONADOR INTERRUPTOR DO RELÉ DE PARTIDA
  6. 6. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-6 Remova os parafusos de fixação e buchas da carcaça do filtro de ar. Remova a carcaça do filtro de ar enquanto libera a guia da borracha do chassi. DESMONTAGEM/MONTAGEM Remova os parafusos, a tampa do filtro de ar, o elemento do filtro de ar e os anéis de vedação. Remova os parafusos, a carcaça superior do filtro de ar e o anel de vedação da carcaça inferior do filtro de ar. Instale anéis de vedação novos em cada orifício da carcaça superior e da carcaça inferior. A montagem da carcaça do filtro de ar é feita na ordem inversa da desmontagem. INSTALAÇÃO A instalação é feita na ordem inversa da remoção. PARAFUSOS DE FIXAÇÃO BUCHAS GUIAS PARAFUSOS PARAFUSOS MANGUEIRA DE DRENAGEM ELEMENTO TAMPA ANÉIS DE VEDAÇÃO ANEL DE VEDAÇÃO CARCAÇA SUPERIOR CARCAÇA INFERIOR BORRACHA Cuidado para não danificar a guia. CARCAÇA DO FILTRO DE AR
  7. 7. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-7 Remova o tanque de combustível (página 2-7) Remova a mangueira de vácuo da válvula de controle PAIR. Remova a válvula (SE). Desaperte o parafuso da braçadeira do isolante. Remova a mangueira de respiro das guias das mangueiras. Desconecte os cabos do tambor do acelerador. Desaperte o parafuso da braçadeira do tubo de conexão e remova o carburador. REMOÇÃO DO CARBURADOR MANGUEIRA DE VÁCUO VÁLVULA SE PARAFUSO DA BRAÇADEIRA PARAFUSO DA BRAÇADEIRA GUIAS CABOS DO ACELERADOR CARBURADOR MANGUEIRA DE RESPIRO
  8. 8. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-8 Remova os seguintes itens: – Mangueira de respiro – Mangueira de drenagem – Mangueira de combustível – Mangueiras de vácuo VÁLVULA DE CORTE DE AR Remova os parafusos enquanto segura a tampa da válvula de corte de ar. Remova a tampa da válvula de corte de ar, a mola e o diafragma/válvula de corte de ar da carcaça do carburador. Verifique se o diafragma não possui furos, deterioração ou outros danos. Verifique se a válvula de corte de ar está desgastada ou danificada na ponta. Verifique se o orifício na carcaça do carburador possui obstruções ou restrições. DESMONTAGEM DO CARBURADOR MANGUEIRAS DE VÁCUO PARAFUSOS DIAFRAGMA TAMPA MOLA MANGUEIRA DE DRENAGEM MANGUEIRA DE RESPIRO MANGUEIRA DE COMBUSTÍVEL A tampa da válvula de corte de ar está sob pressão. Não desaperte as molas ou parafusos. TAMPA DA VÁLVULA DE CORTE DE AR
  9. 9. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-9 Remova os parafusos e suportes enquanto segura a tampa da câmara de vácuo. Remova a tampa da câmara de vácuo, a mola de compressão e o diafragma/pistão de vácuo da carcaça do carburador. Gire o suporte de agulhas no sentido anti- horário enquanto pressiona o suporte e remova as flanges das ranhuras do pistão. Remova o suporte de agulhas, a mola e a agulha do pistão de vácuo. Verifique os seguintes itens: – Se a agulha está desgastada – Se o pistão de vácuo está desgastado ou danificado – Se o diafragma possui furos, deterioração ou está danificado – Se o pistão de vácuo faz a operação sobe/desce sem problemas na carcaça do carburador Poderá vazar ar da câmara de vácuo se o diafragma estiver danificado de qualquer forma, até mesmo por um pequeno orifício. CÂMARA DE VÁCUO PARAFUSOS TAMPA TAMPA SUPORTES MOLA DIAFRAGMA / PISTÃO DE VÁCUO DIAFRAGMA / PISTÃO DE VÁCUO AGULHA MOLA SUPORTE DE AGULHA MOLA/ AGULHA
  10. 10. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-10 Remova os parafusos, a cuba da bóia e o anel de vedação. Remova a placa defletora. Remova o pino, a bóia e a válvula da bóia. Verifique se a bóia está danificada ou contém combustível. Verifique os seguintes itens: – Se a válvula da bóia e a sede da válvula estão marcados, riscados, com alguma obstrução ou danificados. – Se a extremidade da válvula da bóia, na área de contato com o encaixe, está desgastada ou contaminada. – Funcionamento da válvula da bóia. CUBA DA BÓIA PARAFUSOSCUBA DA BÓIA PLACA DEFLETORA BÓIA BÓIAPINO VÁLVULA DA BÓIA VÁLVULA DA BÓIA SEDE DA VÁLVULA
  11. 11. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-11 Remova os seguintes itens: – Giclê principal – Suporte de agulha – Agulha – Giclê de marcha lenta Gire o parafuso de mistura para dentro e conte cuidadosamente o número de voltas até que se assente levemente. Anote o número de voltas e use-o como referência ao reinstalar o parafuso de mistura. Remova o parafuso de mistura, a mola, o assento da mola e o anel de vedação. Verifique cada giclê quanto a desgaste ou danos. Verifique o parafuso de mistura quanto a desgaste ou danos. Limpe os giclês com solvente de limpeza e aplique ar comprimido. LIMPEZA DO CARBURADOR Limpe todas as passagens de combustível e de ar da carcaça do carburador com ar comprimido. Segure os giclês com cuidado. Caso contrário, poderão ser facilmente riscados. O assento do parafuso de mistura será danificado se o parafuso for apertado excessivamente. Nunca limpe as passagens de combustível e de ar com um pedaço de arame, pois isso danificará a carcaça do carburador. GICLÊ DE MARCHA LENTA PARAFUSO DE MISTURA ANEL DE VEDAÇÃO ASSENTO DA MOLA MOLA PARAFUSO DE MISTURA GICLÊ DE MARCHA LENTA GICLÊ PRINCIPAL PULVERI- ZADOR PULVERIZADOR GICLÊ DE AGULHA GICLÊ PRINCIPAL
  12. 12. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-12 Instale o parafuso de mistura junto com a mola, assento da mola e anel de vedação e retorne-o para sua posição original, anotada anteriormente durante a remoção. Efetue o ajuste do parafuso de mistura, se um parafuso novo for instalado (página 5-18). Remova os seguintes itens: – Giclê de agulha – Pulverizador – Giclê principal – Giclê de marcha lenta MONTAGEM DO CARBURADOR O assento do parafuso de mistura será danificado se o parafuso for apertado excessivamente. Instale o giclê de agulha, o pulverizador, o giclê principal e o giclê de marcha lenta. ANEL DE VEDAÇÃO TAMPA DE CÂMARA DE VÁCUO BÓIA PINO DA BÓIA VÁLVULA DA BÓIA CUBA DA BÓIA MOLA DE COMPRESSÃO MOLA MOLA MOLA DIAFRAGMA CARCAÇA DO CARBURADOR ASSENTO DA MOLA MOLA PARAFUSO DE MISTURA GICLÊ DE MARCHA LENTA GICLÊ PRINCIPAL PULVERIZADOR GICLÊ DE AGULHA ANEL DE VEDAÇÃO ASSENTO DA MOLA PARAFUSO DE MISTURA GICLÊ DE MARCHA LENTA GICLÊ PRINCIPAL GICLÊ DE AGULHA GICLÊ DE AGULHA DIAFRAGMA/PISTÃO DE VÁCUO PULVERIZADOR SUPORTE DE AGULHA ANEL DE VEDAÇÃO PLACA DEFLETORA TAMPA DA VÁLVULA DE CORTE DE AR
  13. 13. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-13 Segure a válvula da bóia sobre a borda do braço da bóia. Instale a bóia e a válvula da bóia na carcaça do carburador, em seguida instale o pino da bóia entre a carcaça e o braço da bóia. Instale a placa defletora. VERIFICAÇÃO DO NÍVEL DA BÓIA Verifique o nível da bóia após análise da válvula da bóia e sede da válvula e bóia. Com a válvula da bóia assentada e o braço da bóia tocando levemente a válvula, meça o nível da bóia com a ferramenta especial. Nível da Bóia: 18,5 mm FERRAMENTA ESPECIAL: Medidor do nível da bóia 07401-0010000 A bóia não pode ser ajustada. Substitua o conjunto da bóia, se o nível estiver fora da especificação. Instale um anel de vedação novo na ranhura da cuba da bóia. Posicione o medidor do nível da bóia de modo que fique perpendicular à face da cuba, na posição mais alta da bóia BÓIA PINO DA BÓIA VÁLVULA DA BÓIA CUBA DA BÓIA ANEL DE VEDAÇÃO PLACA DEFLETORA MEDIDOR DO NÍVEL DA BÓIA
  14. 14. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-14 Instale a cuba da bóia e aperte os quatro parafusos. CÂMARA DE VÁCUO Instale a agulha no pistão de vácuo. Instale a mola no suporte da agulha e posicione o suporte da agulha no pistão de vácuo. Gire o suporte da agulha no sentido horário enquanto o pressiona até travar. Certifique-se de que os flanges do suporte e as ranhuras do pistão estejam encaixados após o giro. Instale o diafragma/pistão de vácuo na carcaça do carburador enquanto alinha a lingüeta do diafragma com a passagem de ar, então encaixe a trava do giclê no giclê de agulha. Levante a parte inferior do pistão com o dedo para ajustar a lingüeta do diafragma na ranhura do corpo do carburador. Em seguida, instale a mola de compressão e a tampa da câmara de vácuo enquanto suspende o pistão no lugar. Alinhe a lingüeta da tampa com a passagem de ar e fixe a tampa com pelo menos dois parafusos antes de liberar o pistão de vácuo. CUBA DA BÓIA DIAFRAGMA/PISTÃO DE VÁCUO DIAFRAGMA/ PISTÃO DE VÁCUO MOLA TAMPA LINGÜETA Alinhe MOLA SUPORTE PARAFUSOS AGULHA SUPORTE DE AGULHAS
  15. 15. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-15 Instale os suportes e aperte firmemente os parafusos. VÁLVULA DE CORTE DE AR Instale o diafrágma/válvula de corte de ar, a mola e a tampa da válvula na carcaça do carburador. Instale os parafusos enquanto segura a tampa da válvula de corte de ar e aperte os parafusos firmemente Instale os seguintes itens: – Mangueiras de vácuo – Mangueira de combustível – Mangueira de drenagem – Mangueira de respiro Cuidado para não prender o diafragma. DIAFRAGMA PARAFUSOS PARAFUSOS MANGUEIRA DE COMBUSTÍVEL MANGUEIRA DE RESPIRO MANGUEIRAS DE VÁCUO MANGUEIRA DE DRENAGEM TAMPA TAMPA MOLA SUPORTES TAMPA DA VÁLVULA DE CORTE DE AR
  16. 16. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-16 Instale o carburador no isolante enquanto alinha o guia do carburador com a ranhura do isolante. Aperte o parafuso da braçadeira do isolante na distância entre as extremidades de 10 ± 1 mm. Aperte o parafuso da braçadeira do tubo de conexão. Conecte os cabos no tambor de aceleração. Instale a mangueira de respiro nas guias das mangueiras. INSTALAÇÃO DO CARBURADOR Alinhe ISOLANTE PARAFUSO DA BRAÇADEIRA CABOS DO ACELERADOR GUIAS MANGUEIRA DE RESPIRO
  17. 17. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-17 Instale a válvula de enriquecimento da partida (SE). Instale a válvula de controle PAIR na mangueira de vácuo. Instale o tanque de combustível (página 2-7). VÁLVULA DE ENRIQUECIMENTO DA PARTIDA (SE) Remova a válvula de enriquecimento da partida (SE) (página 5-7). Inspecione a válvula de enriquecimento da partida (SE) quanto a riscos ou desgaste. Substitua o conjunto da válvula SE, se necessário. Instale as peças na ordem inversa da remoção. Após a instalação, verifique se a alavanca da válvula SE funciona suavemente (página 3-6). VÁLVULA SE MANGUEIRA DE VÁCUO VÁLVULA SE
  18. 18. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-18 PROCEDIMENTO PARA AJUSTE DAS ROTAÇÕES DE MARCHA LENTA NOTA • O parafuso de mistura é pré-ajustado na fábrica e não necessita de ajuste, a menos que tenha sido substituído ou o carburador tenha sido desmontado. • Use um tacômetro com graduação de 50 rpm ou menor, que indicará corretamente variações de 50 rpm nas rotações do motor. Gire o parafuso de mistura no sentido horário até que fique levemente assentado, em seguida, gire-o no sentido anti-horário até atingir a especificação. Este é o ajuste inicial prioritário para o ajuste final do parafuso de mistura. Ferramenta: Chave do Parafuso de Mistura 07908-4730002 Abertura inicial: BR: 2 voltas para fora 1. Aqueça o motor até atingir a temperatura normal de funcionamento. Desligue e dirija por 10 minutos. 2. Desligue o motor e conecte o tacômetro, de acordo com as instruções do fabricante. 3. Desconecte a mangueira de vácuo da válvula de controle PAIR, em seguida instale o soquete na mangueira de vácuo da válvula de controle PAIR e conecte a bomba de vácuo na válvula de controle PAIR. 4. Aplique o vácuo especificado na mangueira de vácuo da válvula de controle PAIR, mais que 48 kPa (360 mm Hg). AJUSTE DO PARAFUSO DE MISTURA O assento do parafuso de mistura será danificado se o parafuso for apertado excessivamente. PARAFUSO DE MISTURA CHAVE DO PARAFUSO DE MISTURA SOQUETE VÁLVULA DE CONTROLE PAIR MANGUEIRA DA VÁLVULA DE CONTROLE PAIR BOMBA DE VÁCUO
  19. 19. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-19 5. Acione o motor e ajuste a rotação de marcha lenta com o parafuso de aceleração. Marcha lenta: 1.400 ± 100 rpm 6. Gire lentamente o parafuso de mistura para dentro ou para fora para obter a rotação máxima. 7. Abra ligeiramente o acelerador de 2 a 3 vezes e então ajuste a marcha lenta através do parafuso de aceleração. 8. Gire o parafuso de mistura para dentro gradualmente até que a rotação do motor caia 50 rpm. 9. Gire o parafuso de mistura no sentido horário com a chave do parafuso de mistura até a abertura final, a partir da posição obtida na etapa 8. ABERTURA FINAL: 1/2 volta 10. Desconecte a bomba de vácuo da válvula de controle PAIR e, em seguida remova o bujão da mangueira de vácuo da válvula de controle PAIR e conecte a mangueira de vácuo da válvula de controle PAIR na válvula de controle PAIR. 11. Reajuste a marcha lenta com o parafuso de aceleração. 12. Verifique novamente as emissões de escapamento em marcha lenta (pág. 3-15) (Somente tipo BR). Se a concentração de CO e/ou HC não for a especificada, inspecione o sistema de suprimento secundário de ar (pág. 5-19). INSPEÇÃO DO SISTEMA DE SUPRIMENTO SECUNDÁRIO DE AR INSPEÇÃO Ligue o motor e aqueça-o até a temperatura normal de funcionamento. Em seguida, desligue-o. Remova o elemento do filtro de ar (pág. 3-7). Verifique se o orifício de admissão secundário de ar está limpo e livre de depósitos de carvão. Inspecione a válvula de retenção PAIR se houver depósitos de carvão no orifício (pág. 5-21). ORIFÍCIO DE ADMISSÃO DE AR PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
  20. 20. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-20 Desconecte a mangueira de vácuo da válvula de controle PAIR da válvula de controle PAIR e, em seguida instale o bujão na mangueira de vácuo da válvula de controle PAIR. Conecte uma bomba de vácuo na válvula de controle PAIR. Ligue o motor e abra ligeiramente o acelerador para certificar-se de que o ar esteja sendo aspirado através da mangueira de suprimento de ar. Se não estiver, verifique a mangueira de suprimento de ar quanto a obstrução. Com o motor em funcionamento, aplique gradativamente vácuo no tubo de vácuo da válvula de controle PAIR. Verifique se a mangueira de suprimento de ar pára de aspirar o ar, e se não há perda de vácuo. VÁCUO ESPECIFICADO: 48 kPa (360 mm Hg) Se o ar for aspirado ou se o vácuo especificado não for mantido, instale uma nova válvula de controle PAIR (pág. 5-20). VÁLVULA DE CONTROLE PAIR REMOÇÃO/INSTALAÇÃO Remova o tanque de combustível (pág. 2-7). Desconecte a mangueira de suprimento de ar, a mangueira de sucção de ar e o tubo de vácuo da válvula de controle PAIR. Remova os parafusos de fixação da válvula de controle PAIR, a porca e a válvula de controle PAIR. A instalação é efetuada na ordem inversa da remoção. TUBO DE VÁCUO DA VÁLVULA DE CONTROLE PAIR BOMBA DE VÁCUOBUJÃO MANGUEIRA DE SUCÇÃO DE AR TUBO DE VÁCUO MANGUEIRA DE SUCÇÃO DE ARPARAFUSO/PORCA DE FIXAÇÃO VÁLVULA DE CONTROLE PAIR VÁLVULA DE CONTROLE PAIR MANGUEIRA DE SUPRIMENTO DE AR
  21. 21. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5-21 REMOÇÃO Remova o tanque de combustível (pág. 2-7) Remova os parafusos e a tampa da válvula de PAIR da tampa do cabeçote. Remova a válvula de retenção PAIR e a placa da válvula. INSPEÇÃO Verifique a palheta quanto a danos ou fadiga. Substitua a válvula de retenção PAIR, se necessário. Substitua a válvula de retenção PAIR se o assento de borracha estiver rachado, deteriorado ou danificado, ou se houver folga entre a palheta e o assento de borracha. INSTALAÇÃO Instale a placa da válvula, a válvula de retenção PAIR e a tampa. Instale e aperte os parafusos no torque especificado. TORQUE: 5,2 N.m (0,52 kgf.m) Instale o tanque de combustível (pág. 2-7). VÁLVULA DE RETENÇÃO PAIR TAMPA PARAFUSOS PARAFUSOS VÁLVULA DE RETENÇÃO PAIR VÁLVULA DE RETENÇÃO PAIR PLACA DA VÁLVULA/VÁLVULA DE RETENÇÃO PAIR/TAMPA PALHETA ASSENTO DE BORRACHA PLACA DA VÁLVULA PLACA DA VÁLVULA
  22. 22. MEMO
  23. 23. COMO USAR ESTE MANUAL Este manual de serviço descreve os procedimentos de serviço para a CBX250. Siga as recomendações da Tabela de Manutenção (Capítulo 3) para garantir condições perfeitas de funcionamento da motocicleta. A 1ª manutenção programada é muito importante, pois irá compensar os desgastes iniciais que ocorrem durante o período de amaciamento. Os Capítulos 1 e 3 aplicam-se a toda a motocicleta. O Capítulo 2 apresenta os procedimentos de remoção/instalação de componentes que podem ser necessários para efetuar os serviços descritos nos capítulos subseqüentes. Os Capítulos 4 a 18 apresentam as peças da motocicleta, agrupadas de acordo com sua localização. Localize o capítulo desejado nesta página. Em seguida, consulte o índice apresentado na primeira página do capítulo selecionado. A maioria dos capítulos apresenta uma ilustração do sistema ou conjunto, as informações de serviço e a diagnose de defeitos. As páginas seguintes apresentam procedimentos mais detalhados. Se a causa do problema for desconhecida, consulte o Capítulo 20, “Diagnose de Defeitos”. A medida em que você lê o manual, irá encontrar informações precedidas pela palavra NOTA. O propósito desta mensagem é ajudar a prevenir danos ao veículo, outras propriedades ou ao meio ambiente. MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-venda (Setor de Publicações Técnicas) TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, INSTRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES CONTIDAS NESTE MANUAL ESTÃO BASEADAS NAS MAIS RECENTES INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO DISPONÍVEIS NA ÉPOCA DE SUA PUBLICAÇÃO. A Moto Honda da Amazônia Ltda., SE RESERVA O DIREITO DE FAZER ALTERAÇÕES A QUALQUER MOMENTO, SEM PRÉVIO AVISO, SEM QUE ISSO INCORRA EM QUALQUER OBRIGAÇÃO. NENHUMA PARTE DESTE MANUAL PODE SER REPRODUZIDA SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA POR ESCRITO. Sua segurança, e a segurança de outros, são muito importantes. Para lhe ajudar a realizar decisões fundamentadas disponibilizamos mensagens de segurança e outras informações neste manual. É óbvio que não é possível alertar sobre todos os problemas associados com a manutenção do veículo. Você deve usar seu próprio julgamento. Você vai encontrar informações importantes de segurança numa variedade de formas incluindo: • Etiquetas de Segurança – no veículo • Mensagens de Segurança – Precedido do símbolo de alerta de segurança e um dos três sinais de palavras, Perigo, Atenção, Cuidado. Estas palavras significam: Você SERÁ GRAVEMENTE FERIDO se não seguir as instruções. Você PODERÁ ser GRAVEMENTE FERIDO se não seguir as instruções. Você PODERÁ se FERIR se não seguir as instruções. • Instruções – Como realizar a manutenção deste veículo corretamente e com segurança. Data de Publicação: Outubro de 2005 © Moto Honda da Amazônia Ltda. ÍNDICE GERAL INFORMAÇÕES GERAIS 1 CHASSI/CARENAGEM/ SISTEMA DE ESCAPAMENTO 2 MANUTENÇÃO 3 SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO 4 SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5 REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR 6 CABEÇOTE/VÁLVULAS 7 CILINDRO/PISTÃO 8 EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9 ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA 10 CARCAÇA/ÁRVORE DE MANIVELAS/ TRANSMISSÃO/BALANCEIRO 11 RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/ SISTEMA DE DIREÇÃO 12 RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO 13 FREIO HIDRÁULICO 14 BATERIA/SISTEMA DE CARGA 15 SISTEMA DE IGNIÇÃO 16 PARTIDA ELÉTRICA 17 LUZES/INDICADORES/INTERRUPTORES 18 EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS 19 DIAGNOSE DE DEFEITOS 20 ÍNDICE 21 MOTORETRANSMISSÃOCHASSISISTEMAELÉTRICO PERIGO ATENÇÃO CUIDADO

×