Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec

454 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
454
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec

  1. 1. 6. SISTEMA DE ARREFECIMENTO PADRÃO DO FLUXO DO SISTEMA 6-0 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 6-1 DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS 6-2 TESTE DO SISTEMA 6-3 SUBSTITUIÇÃO DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO 6-4 TERMOSTATO 6-6 RADIADOR 6-8 BOMBA D'ÁGUA 6-13 RESERVATÓRIO DO RADIADOR 6-15 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO INFORMAÇÕES GERAIS c a • Todos os serviços do sistema de arrefecimento podem ser feitos com o motor no chassi. • Evite derramar o líquido de arrefecimento sobre superfícies pintadas. • Após efetuar os reparos, utilize o testador do sistema de arrefecimento para verificar se há vazamentos. • Consulte o Capítulo 19 para a inspeção do interruptor do motor da ventoinha e do termo sensor. ESPECIFICAÇÕES VALORES DE TORQUE Parafuso da tampa da bomba d'água 13 N.m (1,3 kg.m) Parafuso CT Termo-sensor/ECT 10 N.m (1,0 kg.m) Aplique junta líquida na rosca Porca do motor da ventoinha 2 N.m (0,2 kg.m) Aplique trava química na rosca Interruptor da motor da ventoinha 18 N.m (1,8 kg.m) Aplique junta líquida na rosca Item Especificações Capacidade do líquido Radiador e Motor 3,2 l de arrefecimento Reservatório 1,1 l Pressão de alívio da tampa do radiador 108 - 137 kPa (1,1 – 1,4 kgf/cm2 , 16 – 20 psi) Termostato Início da abertura 80 – 84°C Completamente aberto 95°C Curso da válvula mínimo 8 mm Anticongelante recomendado Etileno glicol e água destilada de alta qualidade Mistura Recomendada 50 – 50% de etileno glicol e água destilada • Use apenas água destilada e etileno glicol no sistema de arrefecimento. Uma mistura na proporção 50-50 é recomendada para proteção máxima contra corrosão. Não use anticongelante à base de álcool. • Adicione líquido de arrefecimento no reservatório. Não remova a tampa do radiador exceto para abastecer ou drenar o sistema. • Não remova a tampa do radiador enquanto o motor estiver quente. Caso contrário, o líquido escaldante, que está sob pressão, poderá causar sérias queimaduras. • O líquido de arrefecimento é tóxico. Mantenha-o afastado dos olhos, boca, pele e roupas. – Em caso de contato com os olhos, lave-os com bastante água e procure um médico imediatamente. – Em caso de ingestão, provoque vômito e procure um médico imediatamente. – Em caso de contato com a pele ou roupas, lave a área atingida com água em abundância. • MANTENHA-O FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS. 6-1 CBR1100XXx 6
  2. 2. 6-0 SISTEMA DE ARREFECIMENTO CBR1100XXx PADRÃO DO FLUXO DO SISTEMA UNIDADE DE MARCHA LENTA INICIAL TERMOSTATO RESERVATÓRIO DO RADIADOR BOMBA D'ÁGUA MANGUEIRA INFERIOR DO RADIADOR RADIADOR MANGUEIRA SUPERIOR DO RADIADOR TUBO DE SANGRIA DE AR TUBO SIFÃO
  3. 3. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-2 DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS Temperatura do motor muito alta • Tampa do radiador defeituosa • Líquido do arrefecimento insuficiente • Passagens obstruídas no radiador, mangueiras ou canaleta • Presença de ar no sistema • Bomba d'água defeituosa • Termostato engripado na posição fechada • Indicador de temperatura do líquido do arrefecimento ou termo-sensor defeituoso • Motor da ventoinha de arrefecimento defeituoso • Interruptor do motor da ventoinha defeituoso Temperatura do motor muito baixa • Indicador de temperatura do líquido de arrefecimento ou ECT / termo-sensor defeituoso • Termostato engripado na posição aberta • Interruptor do motor da ventoinha defeituoso Vazamento de líquido de arrefecimento • Vedador mecânico da bomba d'água defeituoso • Anéis de vedação deteriorados • Junta danificada ou deteriorada • Braçadeira ou conexão da mangueira solta • Mangueira danificada ou deteriorada • Tampa do radiador defeituosa CBR1100XXx
  4. 4. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-3 TESTE DO SISTEMA c LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO (TESTE COM DENSÍMETRO) Remova a carenagem inferior (página 2-3). Remova a tampa do radiador. Teste a densidade do líquido de arrefecimento, usando um densímetro (consulte abaixo a "Tabela de Densidade do Líquido de Arrefecimento"). Para proteção máxima contra corrosão, recomendamos que uma solução de 50 - 50% de etileno glicol e água destilada seja utilizada (página 6-4). Verifique se há contaminação e substitua o líquido de arrefecimento se necessário. O motor deve estar frio antes da remoção da tampa do radiador. Caso contrário, poderão ocorrer sérios ferimentos causados pelo líquido escaldante ou vapor expelidos. TAMPA DO RADIADOR CBR1100XXx DENSÍMETRO Tabela de Densidade do Líquido de Arrefecimento Temperatura do Líquido de Arrefecimento (°C) 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 Taxa do Líquido de Arrefecimento 5 1,009 1,009 1,008 1,008 1,007 1,006 1,005 1,003 1,001 0,999 0,997 10 1,018 1,017 1,017 1,016 1,015 1,014 1,013 1,011 1,009 1,007 1,005 15 1,028 1,027 1,026 1,025 1,024 1,022 1,020 1,018 1,016 1,014 1,012 20 1,036 1,035 1,034 1,033 1,031 1,029 1,027 1,025 1,023 1,021 1,019 25 1,045 1,044 1,043 1,042 1,040 1,038 1,036 1,034 1,031 1,028 1,025 30 1,053 1,052 1,051 1,047 1,046 1,045 1,043 1,041 1,038 1,035 1,032 35 1,063 1,062 1,060 1,058 1,056 1,054 1,052 1,049 1,046 1,043 1,040 40 1,072 1,070 1,068 1,066 1,064 1,062 1,059 1,056 1,053 1,050 1,047 45 1,080 1,078 1,076 1,074 1,072 1,069 1,066 1,063 1,060 1,057 1,054 50 1,086 1,084 1,082 1,080 1,077 1,074 1,071 1,068 1,065 1,062 1,059 55 1,095 1,093 1,091 1,088 1,085 1,082 1,079 1,076 1,073 1,070 1,067 60 1,100 1,098 1,095 1,092 1,089 1,086 1,083 1,080 1,077 1,074 1,071
  5. 5. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-4 TAMPA DO RADIADOR/ INSPEÇÃO DA PRESSÃO DO SISTEMA Remova a tampa do radiador (veja a página anterior). NOTA Teste a tampa do radiador quanto à pressão. Substitua a tampa do radiador caso não retenha a pressão ou caso o alívio de pressão seja muito alto ou baixo. A tampa deve reter esta pressão especificada por, pelo menos, 6 segundos. Pressão de alívio da 108 – 137 kPa tampa do Radiador (1,1 – 1,4 kgf/cm2 , 16 – 20 psi) Verifique a pressão do radiador, do motor e das mangueiras, e verifique se há vazamentos. c Repare ou substitua os componentes caso o sistema não retenha a pressão especificada por, pelo menos, 6 segundos. SUBSTITUIÇÃO DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO PREPARAÇÃO c • O líquido de arrefecimento do radiador é tóxico. Mantenha-o longe dos olhos, boca, pele e roupas. – Em caso de contato com os olhos, lave-os com bastante água e procure um médico imediatamente. – Em caso de ingestão, provoque vômito e procure um médico imediatamente. – Em caso de contato com a pele ou roupas, lave a área atingida com água em abundância. • MANTENHA-O FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS. Uma pressão excessiva pode danificar os componentes do sistema de arrefecimento. Não exceda a pressão de 137 kPa (1,4 kgf/cm2 , 20 psi). Antes de instalar a tampa no testador, umedeça as superfícies de vedação. TESTADOR DA TAMPA DO RADIADOR TAMPA DO RADIADOR TESTADOR DA TAMPA DO RADIADOR CBR1100XXx
  6. 6. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-5 NOTA Anticongelante Recomendado: Anticongelante a base de Etileno-Glicol de alta qualidade contendo proteção anti-corrosiva Mistura Recomendada: 50 – 50 (Água Destilada e anticongelante) SUBSTITUIÇÃO/SANGRIA DO AR c NOTA Remova a tampa do radiador. Remova o parafuso de drenagem da tampa da bomba d'água e drene o sistema de arrefecimento. Ao abastecer o sistema ou reservatório com líquido de arrefecimento (verificando o nível do líquido de arrefecimento), estacione a motocicleta na posição vertical sobre uma superfície plana e nivelada. Espere até que o motor esfrie antes de remover a tampa do radiador. Não remova a tampa do radiador enquanto o motor estiver quente. Caso contrário, o líquido escaldante, que está sob pressão, poderá causar sérias queimaduras. • A eficácia do líquido de arrefecimento diminui com o acúmulo de ferrugem ou com alguma alteração na proporção da mistura durante sua utilização. Desta maneira, para melhores resultados, substitua o líquido de arrefecimento regularmente, como especificado na tabela de manutenção. • Misture apenas água destilada com o anticongelante. PARAFUSO DE DRENAGEM/ARRUELA DE VEDAÇÃO PARAFUSO DE DRENAGEM/ARRUELA DE VEDAÇÃO TAMPA DO RADIADOR CBR1100XXx Remova o parafuso de drenagem do cilindro e drene todo o líquido de arrefecimento. Reinstale o parafuso de drenagem com uma arruela de vedação nova. SOLUÇÃO DE ANTI- CONGELANTE (SOLUÇÃO A BASE DE ETILENO- GLICOL) ÁGUA DESTILADA LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO
  7. 7. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-6 Remova os seguintes itens: • Assento (página 2-2) • Carenagem inferior (página 2-3) Desconecte o tubo sifão do radiador. Drene o líquido de arrefecimento do reservatório. Esvazie o reservatório e enxágüe seu interior com água. Reinstale o tubo sifão do radiador. Remova a tampa do reservatório do radiador e adicione líquido de arrefecimento até atingir a linha de nível superior. Sangre o ar do sistema de arrefecimento como se segue: 1. Posicione a transmissão em ponto morto. Acione o motor e deixe-o funcionando em marcha lenta por 2 - 3 minutos. 2. Acione a manopla do acelerador de 3 a 4 vezes para sangrar o ar do sistema. 3. Desligue o motor. Se necessário, adicione líquido de arrefecimento até atingir o nível correto. Reinstale a tampa do radiador. 4. Verifique o nível do líquido de arrefecimento no reservatório. Se necessário, adicione até atingir a marca superior. RESERVATÓRIO TAMPA DO RESERVATÓRIO TERMOSTATO REMOÇÃO Drene o líquido de arrefecimento do motor (página 6-5). Levante a extremidade dianteira do tanque de combustível (página 3-5). Remova a carenagem inferior (página 2-3). Remova os parafusos e a tampa do alojamento do termostato. PARAFUSOS TAMPA DO ALOJAMENTO Abasteça o sistema com o líquido de arrefecimento recomendado através do gargalo de abastecimento. GARGALO DE ABASTECIMENTO CBR1100XXx TUBO SIFÃO
  8. 8. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-7 Remova o termostato do alojamento. TERMOSTATO INSTALAÇÃO Instale o termostato na carcaça com seu orifício de drenagem virado para cima e alinhando as lingüetas com as ranhuras da carcaça. TERMOSTATO ORIFÍCIO DE DRENAGEM ALINHAR INSPEÇÃO c Inspecione visualmente o termostato quanto a danos. Verifique se o anel de vedação está danificado. Aqueça a água com uma resistência elétrica na temperatura normal de funcionamento durante 5 minutos. Coloque o termostato na água aquecida, conforme mostrado, para verificar seu funcionamento. NOTA Substitua o termostato caso a válvula permaneça aberta na temperatura ambiente ou caso responda a temperaturas diferentes das especificadas. Início da abertura do tesmostato: 80 – 84°C Curso da Válvula: mínimo 8 mm a 85°C Não deixe o termostato ou termômetro encostar no recipiente. Caso contrário, a leitura poderá ser incorreta. • Use luvas isolantes e utilize um óculos protetor apropriado. • Mantenha materiais inflamáveis afastados da resistência elétrica. CBR1100XXx TERMOSTATO TERMOSTATO ANEL DE VEDAÇÃO TERMÔMETRO
  9. 9. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-8 Instale a tampa do alojamento do termostato. ALOJAMENTO DO TERMOSTATO RADIADOR REMOÇÃO Drene o líquido de arrefecimento (página 6-4). Remova as carenagens inferiores (página 2-3). Remova o painel interno (página 2-14). Remova os parafusos de fixação do dissipador de calor e a guia da fiação principal. Remova o dissipador de calor dos suportes e o radiador. Puxe o dissipador de calor para a frente. PARAFUSOS DISSIPADOR DE CALOR Desconecte o tubo sifão e o tubo de sangria do ar do radiador. Desconecte a mangueira superior do radiador. MANGUEIRA SUPERIOR TUBO DE SANGRIA DO RADIADOR DO AR TUBO SIFÃO Instale e aperte os parafusos da tampa do alojamento. Abasteça o sistema com o líquido de arrefecimento recomendado e sangre o ar (página 6-5). PARAFUSOS TAMPA DO ALOJAMENTO DO TERMOSTATO CBR1100XXx
  10. 10. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-9 Solte o conector 2P (Natural) da subfiação do motor da ventoinha. Desconecte a mangueira inferior do radiador. MANGUEIRA INFERIOR DO RADIADOR CONECTOR 2P (NATURAL) Deslize o radiador para o lado esquerdo e, em seguida solte as borrachas superiores e inferiores do ressalto do chassi. Remova o radiador em conjunto. a Cuidado para não danificar o núcleo do radiador. BORRACHAS INFERIORES RADIADOR BORRACHAS SUPERIORES DESMONTAGEM Solte o conector do interruptor do motor da ventoinha e o cabo das presilhas. Remova os três parafusos, o fixador do terminal terra e o conjunto do motor da ventoinha/suporte. CONECTOR CONJUNTO DO MOTOR DA VENTOINHA/RADIADOR CABO TERRA BRAÇADEIRA PARAFUSOS Remova o parafuso de fixação do radiador. PARAFUSO CBR1100XXx
  11. 11. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-10 Remova a porca e a ventoinha de arrefecimento. PORCA VENTOINHA DE ARREFECIMENTO MONTAGEM Remova o espaçador do eixo do motor da ventoinha. Remova as porcas flange e o motor da ventoinha do suporte. Para informações sobre o interruptor do motor da ventoinha, consulte a página 19-15. ESPAÇADOR MOTOR DA VENTOINHA PORCAS CBR1100XXx SUPORTE 2 N.m (0,25 kg.m) 18 N.m (1,8 kg.m) SUPORTE MOTOR DA VENTOINHA VENTOINHA DE ARREFECIMENTO ESPAÇADOR RADIADOR
  12. 12. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-11 Instale o motor da ventoinha no suporte e aperte as porcas. Instale o espaçador do eixo do motor da ventoinha. ESPAÇADOR MOTOR DA VENTOINHA PORCAS Aplique trava química na rosca da porca da ventoinha. Instale e aperte a porca no torque especificado. Torque: 2 N.m (0,2 kg.m) PORCA DO MOTOR VENTOINHA DE DA VENTOINHA ARREFECIMENTO Instale o conjunto do motor da ventoinha/suporte no radiador. Passe corretamente o cabo do interruptor do motor da ventoinha e o fixador do terminal terra. Instale e aperte os parafusos. Conecte o cabo no interruptor do motor da ventoinha e fixe-o como mostrado. CONECTOR CONJUNTO DO MOTOR DA VENTOINHA/SUPORTE FIXADOR DO TERMINAL TERRA BRAÇADEIRA PARAFUSOS Instale a ventoinha de arrefecimento no eixo do motor da ventoinha, alinhando as superfícies planas. ALINHAR VENTOINHA DE ARREFECIMENTO CBR1100XXx TRAVA
  13. 13. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-12 INSTALAÇÃO a Instale o conjunto do radiador, alinhando as borrachas com os ressaltos dos suportes superiores e inferiores. Cuidado para não danificar o núcleo do radiador. BORRACHA INFERIOR RADIADOR BORRACHA SUPERIOR Ligue o conector 2P (Natural) da subfiação do motor da ventoinha. Conecte a mangueira inferior do radiador. MANGUEIRA INFERIOR DO RADIADOR CONECTOR 2P (NATURAL) Conecte a mangueira superior do radiador. Conecte o tubo sifão e o tubo da sangria do ar no radiador. MANGUEIRA SUPERIOR TUBO DE SANGRIA DE AR DO RADIADOR TUBO SIFÃO Instale e aperte os parafusos de fixação do radiador. PARAFUSO CBR1100XXx
  14. 14. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-13 Instale o dissipador de calor e os suportes no radiador. Instale e aperte os parafusos de fixação. NOTA Abasteça o sistema com o líquido de arrefecimento recomendado (página 6-5). Instale a carenagen inferior (página 2-4). Instale o painel interno (página 2-14). Instale a guia da fiação principal no suporte esquerdo do dissipador de calor. PARAFUSOS DISSIPADOR DE CALOR REMOÇÃO Drene o líquido de arrefecimento (página 6-4). Desconecte a mangueira inferior do radiador da tampa da bomba d'água. Desconecte o tubo de derivação. Remova os quatro parafusos flange e a tampa da bomba d'água. MANGUEIRA INFERIOR DO RADIADOR PARAFUSOS TAMPA DA BOMBA D'ÁGUA TUBO DE DERIVAÇÃO Remova o anel de vedação da carcaça da bomba d'água. Remova a carcaça da bomba d'água da carcaça do motor. ANEL DE VEDAÇÃO CARCAÇA DA BOMBA D'ÁGUA BOMBA D'ÁGUA INSPEÇÃO DO VEDADOR MECÂNICO Verifique o orifício de inspeção quanto a vazamentos de líquido de arrefecimento. Caso haja algum vazamento, o vedador mecânico estará com defeito. Substitua o conjunto da bomba d'água. ORIFÍCIO DE INSPEÇÃO CBR1100XXx
  15. 15. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-14 Desconecte a mangueira entre a bomba d'água e a conexão de água, e remova a bomba d´água. CARCAÇA DA BOMBA D'ÁGUA MANGUEIRA DE ÁGUA Conecte a mangueira entre a bomba d'água e a conexão de água na carcaça da bomba d'água e aperte o parafuso da braçadeira. CARCAÇA DA BOMBA D'ÁGUA MANGUEIRA DE ÁGUA INSTALAÇÃO CBR1100XXx CARCAÇA DA BOMBA D'ÁGUA TAMPA DA BOMBA D'ÁGUA 13 N.m (13 kg.m) NOVA ÓLEO ÓLEO ÓLEO
  16. 16. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-15 Aplique óleo para motor no novo anel de vedação e instale-o na parte ranhurada da bomba d'água. Instale a bomba d'água na carcaça do motor enquanto alinha a ranhura do eixo da bomba d´água com a extremidade do eixo da bomba de óleo. ALINHAR ANEL DE VEDAÇÃO Instale a tampa da bomba d'água e aperte os quatro parafusos no torque especificado. Torque: 13 N.m (1,3 kg.m) Conecte a mangueira inferior do radiador e tubo de derivação. Aperte os parafusos da braçadeira. MANGUEIRA INFERIOR DO RADIADOR PARAFUSOS TAMPA DA BOMBA D'ÁGUA TUBO DE DERIVAÇÃO RESERVATÓRIO DO RADIADOR REMOÇÃO Remova os seguintes itens: • Pára-lama traseiro (página 2-15) • Trilho do assento (página 2-19) Remova o tubo do freio da guia no chassi. Alinhe os orifícios dos parafusos de fixação da bomba d'água e da carcaça do motor, e certifique-se de que a bomba d'água esteja instalada firmemente. Instale um novo anel de vedação na ranhura da carcaça da bomba d'água. ANEL DE VEDAÇÃO CARCAÇA DA BOMBA D'ÁGUA CBR1100XXx NOVO ÓLEO GUIA MANGUEIRAS DO FREIO NOVO
  17. 17. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-16 Remova o amortecedor (página 14-9). Solte o gancho do espaçador de fixação do motor e, em seguida, remova o reservatório, puxando-o para trás. Desconecte o tubo sifão e drene o líquido de arrefecimento do reservatório. INSTALAÇÃO Conecte o tubo sifão no reservatório e instale o reservatório no radiador, alinhando seu gancho com o espaçador de fixação do motor. Instale as peças removidas na ordem inversa de remoção. NOTA Ao instalar o pára-lama traseiro, alinhe o rebaixo do pára-lama traseiro com o ressalto do gargalo do abastecimento do reservatório. CBR1100XXx RESERVATÓRIOTUBO SIFÃO TUBO SIFÃO RESERVATÓRIO NOTAS
  18. 18. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6-17 CBR1100XXx NOTAS
  19. 19. COMO USAR ESTE MANUAL Este manual de serviço descreve os procedimentos de serviço para a CBR1100XXx. Siga as recomendações da Tabela de Manutenção (Capítulo 3) para garantir condições perfeitas de funcionamento e níveis de emissões dentro dos limites permitidos. A 1ª manutenção programada é muito importante, pois irá compensar os desgastes iniciais que ocorrem durante o período de amaciamento. Os Capítulos 1 e 3 aplicam-se a toda motocicleta. O Capítulo 2 apresenta os procedimentos de remoção/instalação de componentes que pode ser necessária para efetuar os serviços descritos nos capítulos subseqüentes. Os Capítulos 4 a 20 apresentam as peças da motocicleta, agrupadas de acordo com sua localização. Localize o capítulo desejado nesta página. Em seguida, consulte o índice apresentado na primeira página do capítulo selecionado. A maioria dos capítulos começa com uma ilustração do sistema ou conjunto, as informações de serviço e a diagnóstico de defeitos. Consulte no capítulo 21 as instruções técnicas de funcionamento para familiarizar-se com esta motocicleta. Se a causa do problema for desconhecida, consulte o Capítulo 22, "Diagnóstico de Defeitos". MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-Venda Setor de Publicações Técnicas TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, PROCEDIMENTOS E ESPECIFICAÇÕES APRESENTADAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS SOBRE O PRODUTO NO MOMENTO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA RESERVA-SE O DIREITO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO A QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, SEM QUE ISTO INCORRA EM QUAISQUER OBRIGAÇÕES. NENHUMA PARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA POR ESCRITO. INFORMAÇÕES GERAIS CHASSI/CARENAGEM /SISTEMA DE ESCAPAMENTO MANUTENÇÃO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO (Injeção de Combustível Programada) SISTEMA DE ARREFECIMENTO REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR CABEÇOTE/VÁLVULAS EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA CARCAÇA DO MOTOR/PISTÃO/CILINDRO ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO/ BALANCEIRO RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/SISTEMA DE DIREÇÃO RODA TRASEIRA/SUSPENSÃO FREIO HIDRÁULICO BATERIA/SISTEMA DE CARGA SISTEMA DE IGNIÇÃO SISTEMA DE PARTIDA LUZES/INDICADORES/INTERRUPTORES DIAGRAMA ELÉTRICO CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 22 21 ÍNDICE GERAL SISTEMA ELÉTRICO CHASSIMOTORETRANSMISSÃO SUPLEMENTO 23

×