SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
CBR1100XX 21. INSTRUÇÕES TÉCNICAS
BALANCEIRO DUPLO 21-1 CBS DUPLO (SISTEMA DE FREIOS
DUPLO COMBINADO) 21-3
21-1
BALANCEIRO DUPLO
Nos motores com alta potência, a eliminação das indesejáveis vibrações de alta freqüência é muito importante. O motor utiliza
dois balanceiros que giram em direções opostas pela utilização de uma engrenagem intermediária, eliminando mais do que
somente as vibrações secundárias. A localização dos balanceiros, em função da posição de instalação do motor, foi
cuidadosamente planejada através de análises por computador. Este sistema com dois balanceiros, combinado com um
motor rigidamente instalado, minimiza as vibrações de alta freqüência do motor em altas rotações, resultando em uma
resposta mais precisa e segura.
21
CBR1100XX
21-2
INSTRUÇÕES TÉCNICAS
ESBOÇO DOS BALANCEIROS
BALANCEIRO DIANTEIRO
ÁRVORE DE MANIVELAS
BALANCEIRO TRASEIRO
ENGRENAGEM
INTERMEDIÁRIA
O primeiro balanceiro (dianteiro) está localizado na parte dianteira da árvore de manivelas e é acionado por engrenagem na
direção oposta à rotação da árvore de manivelas. O segundo balanceiro (traseiro) está localizado atrás e acima da árvore de
manivelas, onde uma engrenagem intermediária faz com que seja girado na direção oposta à do primeiro balanceiro. A
combinação destes dois balanceiros elimina quase que totalmente os efeitos das vibrações secundárias do motor e das
vibrações produzidas pelos próprios balanceiros, resultando em um funcionamento suave do motor em qualquer rotação.
CBR1100XX INSTRUÇÕES TÉCNICAS
21-3
CBS DUPLO (SISTEMA DE FREIOS DUPLO COMBINADO)
RESUMO
O CBS DUPLO (SISTEMA DE FREIOS DUPLO COMBINADO) foi projetado para acionar ambos os freios, dianteiro e traseiro,
sempre que o pedal do freio traseiro ou a alavanca do freio dianteiro forem acionados.
Este não é simplesmente um sistema que divide a força de frenagem entre o cáliper traseiro e um dos cálipers dianteiro, e sim
um sistema composto por um conjunto de cálipers com 3 pistões, conectados a dois sistemas hidráulicos independentes. A
combinação destes sistemas proporciona um equilíbrio ideal entre as forças de frenagem dianteira e traseira, sempre que a
alavanca e /ou o pedal do freio forem acionados.
Sem o auxílio de qualquer tipo de controle eletrônico, o componente chave do sistema hidráulico é um dispositivo mecânico
que transmite a força de frenagem do cáliper dianteiro para um cilindro mestre secundário, instalado no garfo dianteiro
esquerdo.
(1) Cálipers dianteiros (3 pistões)
(2) Mecanismo de conexão
(3) Cáliper traseiro (3 pistões)
(4) Válvula de retardamento
Retarda o tempo de acionamento do freio dianteiro para diminuir o mergulho associado à desaceleração, quando são
efetuadas pequenas correções na velocidade, utilizando-se somente o pedal do freio.
(5) Cilindro mestre secundário
Transmite o torque rotacional aplicado no cáliper dianteiro para o cáliper do freio traseiro, através da Válvula de Controle
de Proporcionalidade (PCV).
(6) Válvula de controle de proporcionalidade (PCV)
Regula a pressão hidráulica do cáliper traseiro proveniente do cilindro mestre secundário.
ROTA DE ENTRADA DO PEDAL
ROTA DE ENTRADA
DA ALAVANCA
RODA DIANTEIRA ROTA DA REAÇÃO DO TORQUE
RODA TRASEIRA
CBR1100XX
21-4
INSTRUÇÕES TÉCNICAS
COMPONENTES DO SISTEMA
CÁLIPER COM 3 PISTÕES
Um conjunto de cálipers com 3 pistões cada é controlado por dois sistemas hidráulicos independentes.
O pistão central em cada um dos três cálipers é acionado diretamente pelo pedal do freio.
Os dois pistões externos dos cálipers dianteiros são controlados pela alavanca do freio, e os dois pistões do cáliper traseiro
são controlados pelo cilindro mestre secundário, acionado por um servo-mecanismo.
Esta combinação produz uma variação ampla e facilmente controlada na força de frenagem, independentemente de qual freio
seja acionado (alavanca ou pedal) ou se ambos forem acionados.
CILINDRO MESTRE DO FREIO DIANTEIRO VÁLVULA DE CONTROLE
PROPORCIONALIDADE
CÁLIPER TRASEIRO
CILINDRO MESTRE DO
FREIO TRASEIRO
CÁLIPER DIANTEIRO
VÁLVULA DE
RETARDAMENTO
CILINDRO MESTRE
SECUNDÁRIO
PISTÕES
EXTERNOS
PISTÃO CENTRAL
PISTÕES EXTERNOS
PISTÃO CENTRAL
CBR1100XX INSTRUÇÕES TÉCNICAS
21-5
VÁLVULA DE RETARDAMENTO
A válvula de retardamento está posicionada entre o cilindro mestre do freio traseiro e os pistões centrais dos cálipers
dianteiros. Primeiro, a válvula aciona somente o cáliper dianteiro esquerdo, reduzindo efetivamente a força de frenagem inicial
da roda dianteira (Fig.1-2).
Com o aumento na pressão do pedal, a válvula de retardamento introduz pressão no cáliper dianteiro direito, a qual aumenta
para se equalizar com a pressão do cáliper dianteiro esquerdo, até um nível pré-determinado (Fig.3). O resultado é uma
sensação de conforto, mesmo quando a desaceleração começa pela parte traseira, com pouco mergulho frontal, que ocorre
quando os freios dianteiros são aplicados repentinamente.
CÁLIPER
DIANTEIRO
DIREITO
CÁLIPER
DIANTEIRO
ESQUERDO
CÁLIPER
TRASEIRO
VÁLVULA DE RETARDAMENTO
CILINDRO MESTRE
DO FREIO TRASEIRO
ENTRADA
(proveniente do
cilindro mestre
do freio traseiro)
SAÍDA 2
(para o cáliper
dianteiro direito)
SAÍDA 1
(para o cáliper
dianteiro
esquerdo)
ABERTO
FECHADO
Fig. 1 Fig. 2 Fig. 3
FECHADO
FECHADO
FECHADO
ABERTO
Saída 1 (Cáliper dianteiro esquerdo
Saída 2 (Cáliper dianteiro direito)
Pressão de entrada
Saída 2
Linha A - B: Fig. 1
Linha B - C: Fig. 2
Linha C- D: Fig. 2 e 3
alternadas
Linha D: Fig. 3
Saída 1
Pressãodesaída(Pa)
Diagrama do sistema
Funcionamento
CBR1100XX
21-6
INSTRUÇÕES TÉCNICAS
MECANISMO DE CONEXÃO / CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO
O servo-mecanismo do sistema usa o torque rotacional gerado nos cálipers dianteiros quando estes são utilizados para
acionar o cilindro mestre secundário. Em seguida, aplica uma quantidade de pressão correspondente no cáliper do freio
traseiro.
VÁLVULA DE CONTROLE DE PROPORCIONALIDADE (PCV)
A PCV, instalada entre o cilindro mestre secundário e os pistões externos do cáliper traseiro, regula a pressão nos três
estágios do funcionamento.
Inicialmente, a pressão de saída da PCV aumenta em proporção direta ao aumento da pressão de entrada originada no
cilindro mestre secundário (Fig.1).
Com o aumento na pressão de entrada, o pistão de corte é ativado, fechando a válvula e fazendo com que a pressão de saída
seja mantida (Fig. 2).
Um outro aumento na pressão de entrada força o pistão de descompressão para baixo, o qual expande uma câmara
secundária e conduz a pressão para o lado de saída da PCV (Fig. 3).
Rota da reação de torque
HASTE DE
ACIONAMENTO
CÁLIPER
DIANTEIRO
ESQUERDO
CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO
Pistão de
compressão
Pistão de corte ABERTO
Entrada (proveniente do
cilindro mestre secundário)
Saída (para o
cáliper traseiro)
FECHADO
Para baixo
FECHADOFig. 1 Fig. 2 Fig. 3
Pressão de entrada (Pa)
Pressãodesaída(Pa)
Linha A - B: Fig. 1
Linha B - C: Fig. 2
Linha C - D: Fig. 3
CBR1100XX INSTRUÇÕES TÉCNICAS
21-7
FUNCIONAMENTO DO CBS
Quando o freio dianteiro é aplicado:
Na operação inicial, o freio dianteiro funciona como qualquer sistema de freio dianteiro convencional de motocicletas. O
acionamento da alavanca aplica uma pressão no cilindro mestre que transmite sua pressão hidráulica aumentada para os dois
pistões externos dos cálipers dianteiros, fazendo com que uma força de frenagem equivalente seja aplicada na roda dianteira.
Em resposta a força de frenagem aplicada pelo cáliper dianteiro no rotor do freio o cáliper é movido para a direção de rotação
da roda, ao redor de sua articulação inferior. Este movimento de avanço do cáliper também atua na haste de acionamento, a
qual está conectada ao cilindro mestre secundário. Esta pressão direta sobre o cilindro mestre secundário é regulada pela
PCV que então transmite a pressão hidráulica para os pistões externos do cáliper traseiro.
DIREITO
PCV
HASTE DE
ACIONA-
MENTO
ESQUERDO
CILINDRO
MESTRE
SECUNDÁ-
RIO
ALAVANCA DO FREIO
CÁLIPER DIANTEIRO ESQUERDO
(Pistões externos)
CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO
PCV (Pressão Reguladora)
CÁLIPER TRASEIRO (Pistões externos)
CÁLIPER DIANTEIRO DIREITO
(Pistões externos)
CILINDRO MESTRE DIANTEIRO
Haste de acionamento direta
CBR1100XX
21-8
INSTRUÇÕES TÉCNICAS
Quando o freio traseiro é aplicado:
Quando o pedal do freio é pressionado, a pressão hidráulica proveniente do cilindro mestre traseiro é conduzida através de
duas linhas. Uma das linhas está diretamente conectada ao cáliper traseiro e atua no pistão central. A outra linha segue para
os pistões centrais dos cálipers dianteiros, através da válvula de retardamento, que por sua vez diminui a atuação do freio
dianteiro para minimizar o mergulho associado à ação de frenagem. Como no funcionamento do freio dianteiro, a pressão
hidráulica proveniente do cilindro mestre secundário passa através da PCV e atua nos pistões externos do cáliper traseiro.
Como a pressão hidráulica do cilindro mestre traseiro também é aplicada pelo pistão central do cáliper traseiro, a força de
frenagem aplicada à roda traseira é maior do que a força aplicada quando é utilizada somente a alavanca do freio.
DIREITO
ESQUERDO
CILINDRO
MESTRE
SECUNDÁRIO
VÁLVULA
DE RETAR-
DAMENTO
PEDAL DO FREIO
PCV
VALVULA DE RETARDAMENTO
CÁLIPER DIANTEIRO DIREITO
(Pistões externos)
CÁLIPER DO FREIO DIANTEIRO
ESQUERDO (Pistões externos)
CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO
PCV (Pressão Reguladora)
CÁLIPER TRASEIRO
(Pistão central)
(Pistões externos)
CILINDRO MESTRE TRASEIRO
LINHA DE DERIVAÇÃO
PARA SANGRIA DO AR
Haste de acionamento direta
CBR1100XXINSTRUÇÕES TÉCNICAS
21-0
NOTAS
INFORMAÇÕES GERAIS
CHASSI/CARENAGEM /SISTEMA DE
ESCAPAMENTO
MANUTENÇÃO
SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO
SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR
CABEÇOTE/VÁLVULAS
EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS
ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA
CARCAÇA DO MOTOR/PISTÃO/CILINDRO
ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO/
BALANCEIRO
RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/SISTEMA
DE DIREÇÃO
RODA TRASEIRA/SUSPENSÃO
FREIO HIDRÁULICO
BATERIA/SISTEMA DE CARGA
SISTEMA DE IGNIÇÃO
PARTIDA ELÉTRICA
LUZES/INDICADORES/INTERRUPTORES
DIAGRAMA ELÉTRICO
INSTRUÇÕES TÉCNICAS
DIAGNOSE DE DEFEITOS
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
21
CBR1100XX INFORMAÇÕES GERAIS
COMO USAR ESTE MANUAL
Este manual descreve os procedimentos de serviço
para a motocicleta CBR1100XX.
Siga as recomendações da Tabela de Manutenção
(Capítulo 3) para assegurar que o veículo esteja em
perfeitas condições de funcionamento.
A realização da primeira manutenção programada é
extremamente importante. O desgaste inicial que
ocorre durante o período de amaciamento será
compensado.
Os capítulos 1 e 3 aplicam-se para toda a
motocicleta.
O capítulo 2 descreve os procedimentos de
remoção/ instalação dos componentes necessários
para possibilitar os serviços dos capítulos a seguir.
Os capítulo 4 a 19 descrevem as peças da
motocicleta, agrupadas de acordo com sua
localização.
Encontre o capítulo desejado nesta página e
consulte a tabela de índice na primeira página do
capítulo.
A maioria dos capítulos apresenta inicialmente a
ilustração de um conjunto ou sistema, informações
de serviço e diagnose de defeitos para aquele
capítulo. As páginas seguintes apresentam
procedimentos detalhados.
Consulte no capítulo 21 as instruções técnicas de
funcionamento para familiarizar-se com esta
motocicleta.
Se não houver conhecimento sobre a causa do
problema, consulte o capítulo 22 "Diagnose de
Defeitos".
MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA.
Departamento de Serviços Pós-Venda
Setor de Publicações Técnicas
TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES,
INSTRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES INCLUÍDAS
NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS
INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS
NA OCASIÃO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO
DO MANUAL. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA
LTDA SE RESERVA O DIREITO DE ALTERAR AS
CARACTERÍSTICAS DA MOTOCICLETA A
QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO,
NÃO INCORRENDO, ASSIM, EM OBRIGAÇÕES
DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMA PARTE
DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER
REPRODUZIDA SEM AVISO PRÉVIO. ESTE
MANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS
QUE TENHAM CONHECIMENTOS BÁSICOS
SOBRE A MANUTENÇÃO DAS MOTOS HONDA.
ÍNDICE GERAL
SISTEMA
ELÉTRICO
CHASSIMOTORETRANSMISSÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual de serviço cr250 99 rodatras
Manual de serviço cr250 99 rodatrasManual de serviço cr250 99 rodatras
Manual de serviço cr250 99 rodatrasThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) alimenta
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) alimentaManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) alimenta
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) alimentaThiago Huari
 
010178 manutenc
010178 manutenc010178 manutenc
010178 manutencDigossound
 
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 manutenc
Manual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 manutencManual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 manutenc
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 manutencThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) manivela
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) manivelaManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) manivela
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) manivelaThiago Huari
 
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p rodadian
Manual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p rodadianManual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p rodadian
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p rodadianThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) chassi
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) chassiManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) chassi
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) chassiThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) motor
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) motorManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) motor
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) motorThiago Huari
 
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p rodatras
Manual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p rodatrasManual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p rodatras
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p rodatrasThiago Huari
 
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) partida
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) partidaManual de serviço cbr600 f(1) (~1997) partida
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) partidaThiago Huari
 
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p manutenc
Manual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p manutencManual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p manutenc
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p manutencThiago Huari
 
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p informa
Manual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p informaManual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p informa
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p informaThiago Huari
 
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p embreage
Manual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p embreageManual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p embreage
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p embreageThiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 sistcomb
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 sistcombManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 sistcomb
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 sistcombThiago Huari
 
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983) ms443831 p informac
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983)   ms443831 p informacManual de serviço cb450 e cb450 custom (1983)   ms443831 p informac
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983) ms443831 p informacThiago Huari
 
Manual de serviço ms cg125 suplemento 00 x6b-kgaz-001
Manual de serviço ms cg125 suplemento   00 x6b-kgaz-001Manual de serviço ms cg125 suplemento   00 x6b-kgaz-001
Manual de serviço ms cg125 suplemento 00 x6b-kgaz-001Thiago Huari
 
Manual de serviço cr125 00 manutenc
Manual de serviço cr125 00 manutencManual de serviço cr125 00 manutenc
Manual de serviço cr125 00 manutencThiago Huari
 
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p motor
Manual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p motorManual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p motor
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p motorThiago Huari
 
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 lubrific
Manual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 lubrificManual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 lubrific
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 lubrificThiago Huari
 
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983) ms443831 p manutenc
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983)   ms443831 p manutencManual de serviço cb450 e cb450 custom (1983)   ms443831 p manutenc
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983) ms443831 p manutencThiago Huari
 

Mais procurados (20)

Manual de serviço cr250 99 rodatras
Manual de serviço cr250 99 rodatrasManual de serviço cr250 99 rodatras
Manual de serviço cr250 99 rodatras
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) alimenta
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) alimentaManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) alimenta
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) alimenta
 
010178 manutenc
010178 manutenc010178 manutenc
010178 manutenc
 
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 manutenc
Manual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 manutencManual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 manutenc
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 manutenc
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) manivela
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) manivelaManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) manivela
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) manivela
 
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p rodadian
Manual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p rodadianManual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p rodadian
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p rodadian
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) chassi
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) chassiManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) chassi
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) chassi
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) motor
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) motorManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) motor
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) motor
 
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p rodatras
Manual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p rodatrasManual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p rodatras
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p rodatras
 
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) partida
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) partidaManual de serviço cbr600 f(1) (~1997) partida
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) partida
 
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p manutenc
Manual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p manutencManual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p manutenc
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p manutenc
 
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p informa
Manual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p informaManual de serviço nx150 (1989)   mskw8891 p informa
Manual de serviço nx150 (1989) mskw8891 p informa
 
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p embreage
Manual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p embreageManual de serviço xl250 r (1983)   mskb7831p embreage
Manual de serviço xl250 r (1983) mskb7831p embreage
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 sistcomb
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 sistcombManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 sistcomb
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 sistcomb
 
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983) ms443831 p informac
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983)   ms443831 p informacManual de serviço cb450 e cb450 custom (1983)   ms443831 p informac
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983) ms443831 p informac
 
Manual de serviço ms cg125 suplemento 00 x6b-kgaz-001
Manual de serviço ms cg125 suplemento   00 x6b-kgaz-001Manual de serviço ms cg125 suplemento   00 x6b-kgaz-001
Manual de serviço ms cg125 suplemento 00 x6b-kgaz-001
 
Manual de serviço cr125 00 manutenc
Manual de serviço cr125 00 manutencManual de serviço cr125 00 manutenc
Manual de serviço cr125 00 manutenc
 
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p motor
Manual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p motorManual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p motor
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p motor
 
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 lubrific
Manual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 lubrificManual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 lubrific
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 lubrific
 
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983) ms443831 p manutenc
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983)   ms443831 p manutencManual de serviço cb450 e cb450 custom (1983)   ms443831 p manutenc
Manual de serviço cb450 e cb450 custom (1983) ms443831 p manutenc
 

Destaque

Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) manutenc
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) manutencManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) manutenc
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) manutencThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemenManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemenThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) diagrama
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) diagramaManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) diagrama
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) diagramaThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) informac
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) informacManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) informac
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) informacThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) interrup
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) interrupManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) interrup
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) interrupThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) defeito
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) defeitoManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) defeito
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) defeitoThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefecManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefecThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) ignicao
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) ignicaoManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) ignicao
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) ignicaoThiago Huari
 
Manual do propietário cbr1100 xx 99_d2203-man-0199
Manual do propietário cbr1100 xx 99_d2203-man-0199Manual do propietário cbr1100 xx 99_d2203-man-0199
Manual do propietário cbr1100 xx 99_d2203-man-0199Thiago Huari
 
Manual do propietário cbr1100 xx 97~98_d2203-man-0163
Manual do propietário cbr1100 xx 97~98_d2203-man-0163Manual do propietário cbr1100 xx 97~98_d2203-man-0163
Manual do propietário cbr1100 xx 97~98_d2203-man-0163Thiago Huari
 
Manual Moto Cbr1100 x xvwxy_02
Manual Moto Cbr1100 x xvwxy_02Manual Moto Cbr1100 x xvwxy_02
Manual Moto Cbr1100 x xvwxy_02Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) freio
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) freioManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) freio
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) freioThiago Huari
 
Manual do propietário cbr1100 xx (2001)_d2203-man-0245
Manual do propietário cbr1100 xx (2001)_d2203-man-0245Manual do propietário cbr1100 xx (2001)_d2203-man-0245
Manual do propietário cbr1100 xx (2001)_d2203-man-0245Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) lubrific
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) lubrificManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) lubrific
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) lubrificThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosManual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosThiago Huari
 

Destaque (15)

Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) manutenc
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) manutencManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) manutenc
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) manutenc
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemenManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) suplemen
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) diagrama
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) diagramaManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) diagrama
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) diagrama
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) informac
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) informacManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) informac
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) informac
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) interrup
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) interrupManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) interrup
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) interrup
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) defeito
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) defeitoManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) defeito
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) defeito
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefecManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) ignicao
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) ignicaoManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) ignicao
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) ignicao
 
Manual do propietário cbr1100 xx 99_d2203-man-0199
Manual do propietário cbr1100 xx 99_d2203-man-0199Manual do propietário cbr1100 xx 99_d2203-man-0199
Manual do propietário cbr1100 xx 99_d2203-man-0199
 
Manual do propietário cbr1100 xx 97~98_d2203-man-0163
Manual do propietário cbr1100 xx 97~98_d2203-man-0163Manual do propietário cbr1100 xx 97~98_d2203-man-0163
Manual do propietário cbr1100 xx 97~98_d2203-man-0163
 
Manual Moto Cbr1100 x xvwxy_02
Manual Moto Cbr1100 x xvwxy_02Manual Moto Cbr1100 x xvwxy_02
Manual Moto Cbr1100 x xvwxy_02
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) freio
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) freioManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) freio
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) freio
 
Manual do propietário cbr1100 xx (2001)_d2203-man-0245
Manual do propietário cbr1100 xx (2001)_d2203-man-0245Manual do propietário cbr1100 xx (2001)_d2203-man-0245
Manual do propietário cbr1100 xx (2001)_d2203-man-0245
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) lubrific
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) lubrificManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) lubrific
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) lubrific
 
Manual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosManual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitos
 

Semelhante a CBS duplo balanceiro duplo freios CBR1100XX

Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadianManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadianThiago Huari
 
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p caracter
Manual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p caracterManual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p caracter
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p caracterThiago Huari
 
Manual de serviço xlx250 r caracter
Manual de serviço xlx250 r caracterManual de serviço xlx250 r caracter
Manual de serviço xlx250 r caracterThiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) roda dianteira
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) roda dianteiraManaul de serviço ms cbx250 (2001) roda dianteira
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) roda dianteiraThiago Huari
 
Manual de serviço cr250 00 caracter
Manual de serviço cr250 00 caracterManual de serviço cr250 00 caracter
Manual de serviço cr250 00 caracterThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) roda_dianteira
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) roda_dianteiraManaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) roda_dianteira
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) roda_dianteiraThiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 rodadian
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 rodadianManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 rodadian
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 rodadianThiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c rodadian
Manual de serviço vt600 c rodadianManual de serviço vt600 c rodadian
Manual de serviço vt600 c rodadianThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) freio
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) freioManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) freio
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) freioThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) rodadianManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) rodadianThiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) rodadian
Manual de serviço cbx750 f (1990) rodadianManual de serviço cbx750 f (1990) rodadian
Manual de serviço cbx750 f (1990) rodadianThiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f rodadian
Manual de serviço cbx750 f rodadianManual de serviço cbx750 f rodadian
Manual de serviço cbx750 f rodadianThiago Huari
 
Manual de serviço cb450 manutenc
Manual de serviço cb450 manutencManual de serviço cb450 manutenc
Manual de serviço cb450 manutencThiago Huari
 
SENSORES E ATUADORES PEUGEOT CITROEN .pdf
SENSORES E ATUADORES PEUGEOT CITROEN .pdfSENSORES E ATUADORES PEUGEOT CITROEN .pdf
SENSORES E ATUADORES PEUGEOT CITROEN .pdfAlejandroMec
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) rodadiant
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) rodadiantManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) rodadiant
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) rodadiantThiago Huari
 
Manual de serviço cargotod manutenc
Manual de serviço cargotod manutencManual de serviço cargotod manutenc
Manual de serviço cargotod manutencThiago Huari
 
Manaul de serviço cbx150 aero (1988) mskw1881 p rodadian
Manaul de serviço cbx150 aero (1988)   mskw1881 p rodadianManaul de serviço cbx150 aero (1988)   mskw1881 p rodadian
Manaul de serviço cbx150 aero (1988) mskw1881 p rodadianThiago Huari
 
Manual serviço aero rodadian
Manual serviço aero rodadianManual serviço aero rodadian
Manual serviço aero rodadianThiago Huari
 
Manual de serviço cb450 caracter
Manual de serviço cb450 caracterManual de serviço cb450 caracter
Manual de serviço cb450 caracterThiago Huari
 

Semelhante a CBS duplo balanceiro duplo freios CBR1100XX (20)

Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadianManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) rodadian
 
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p caracter
Manual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p caracterManual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p caracter
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p caracter
 
Manual de serviço xlx250 r caracter
Manual de serviço xlx250 r caracterManual de serviço xlx250 r caracter
Manual de serviço xlx250 r caracter
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) roda dianteira
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) roda dianteiraManaul de serviço ms cbx250 (2001) roda dianteira
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) roda dianteira
 
Manual de serviço cr250 00 caracter
Manual de serviço cr250 00 caracterManual de serviço cr250 00 caracter
Manual de serviço cr250 00 caracter
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) roda_dianteira
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) roda_dianteiraManaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) roda_dianteira
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) roda_dianteira
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 rodadian
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 rodadianManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 rodadian
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 rodadian
 
Manual de serviço vt600 c rodadian
Manual de serviço vt600 c rodadianManual de serviço vt600 c rodadian
Manual de serviço vt600 c rodadian
 
Sistema de Injeção
Sistema de InjeçãoSistema de Injeção
Sistema de Injeção
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) freio
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) freioManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) freio
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) freio
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) rodadianManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) rodadian
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) rodadian
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) rodadian
Manual de serviço cbx750 f (1990) rodadianManual de serviço cbx750 f (1990) rodadian
Manual de serviço cbx750 f (1990) rodadian
 
Manual de serviço cbx750 f rodadian
Manual de serviço cbx750 f rodadianManual de serviço cbx750 f rodadian
Manual de serviço cbx750 f rodadian
 
Manual de serviço cb450 manutenc
Manual de serviço cb450 manutencManual de serviço cb450 manutenc
Manual de serviço cb450 manutenc
 
SENSORES E ATUADORES PEUGEOT CITROEN .pdf
SENSORES E ATUADORES PEUGEOT CITROEN .pdfSENSORES E ATUADORES PEUGEOT CITROEN .pdf
SENSORES E ATUADORES PEUGEOT CITROEN .pdf
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) rodadiant
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) rodadiantManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) rodadiant
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) rodadiant
 
Manual de serviço cargotod manutenc
Manual de serviço cargotod manutencManual de serviço cargotod manutenc
Manual de serviço cargotod manutenc
 
Manaul de serviço cbx150 aero (1988) mskw1881 p rodadian
Manaul de serviço cbx150 aero (1988)   mskw1881 p rodadianManaul de serviço cbx150 aero (1988)   mskw1881 p rodadian
Manaul de serviço cbx150 aero (1988) mskw1881 p rodadian
 
Manual serviço aero rodadian
Manual serviço aero rodadianManual serviço aero rodadian
Manual serviço aero rodadian
 
Manual de serviço cb450 caracter
Manual de serviço cb450 caracterManual de serviço cb450 caracter
Manual de serviço cb450 caracter
 

Mais de Thiago Huari

Manual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoManual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoThiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadianManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadianThiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indiceManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indiceThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indManual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoManual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdManual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoManual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceManual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoManual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemManual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaManual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaManual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroManual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiManual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaManual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteManual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaManual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaThiago Huari
 
Manual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorManual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorThiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2Thiago Huari
 

Mais de Thiago Huari (20)

Manual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoManual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacao
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadianManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indiceManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
 
Manual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indManual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes ind
 
Manual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoManual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacao
 
Manual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdManual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introd
 
Manual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoManual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacao
 
Manual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceManual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indice
 
Manual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoManual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicao
 
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
 
Manual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemManual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagem
 
Manual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaManual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagrama
 
Manual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaManual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapa
 
Manual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroManual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindro
 
Manual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiManual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassi
 
Manual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaManual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capa
 
Manual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteManual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecote
 
Manual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaManual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateria
 
Manual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorManual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternador
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
 

CBS duplo balanceiro duplo freios CBR1100XX

  • 1. CBR1100XX 21. INSTRUÇÕES TÉCNICAS BALANCEIRO DUPLO 21-1 CBS DUPLO (SISTEMA DE FREIOS DUPLO COMBINADO) 21-3 21-1 BALANCEIRO DUPLO Nos motores com alta potência, a eliminação das indesejáveis vibrações de alta freqüência é muito importante. O motor utiliza dois balanceiros que giram em direções opostas pela utilização de uma engrenagem intermediária, eliminando mais do que somente as vibrações secundárias. A localização dos balanceiros, em função da posição de instalação do motor, foi cuidadosamente planejada através de análises por computador. Este sistema com dois balanceiros, combinado com um motor rigidamente instalado, minimiza as vibrações de alta freqüência do motor em altas rotações, resultando em uma resposta mais precisa e segura. 21
  • 2. CBR1100XX 21-2 INSTRUÇÕES TÉCNICAS ESBOÇO DOS BALANCEIROS BALANCEIRO DIANTEIRO ÁRVORE DE MANIVELAS BALANCEIRO TRASEIRO ENGRENAGEM INTERMEDIÁRIA O primeiro balanceiro (dianteiro) está localizado na parte dianteira da árvore de manivelas e é acionado por engrenagem na direção oposta à rotação da árvore de manivelas. O segundo balanceiro (traseiro) está localizado atrás e acima da árvore de manivelas, onde uma engrenagem intermediária faz com que seja girado na direção oposta à do primeiro balanceiro. A combinação destes dois balanceiros elimina quase que totalmente os efeitos das vibrações secundárias do motor e das vibrações produzidas pelos próprios balanceiros, resultando em um funcionamento suave do motor em qualquer rotação.
  • 3. CBR1100XX INSTRUÇÕES TÉCNICAS 21-3 CBS DUPLO (SISTEMA DE FREIOS DUPLO COMBINADO) RESUMO O CBS DUPLO (SISTEMA DE FREIOS DUPLO COMBINADO) foi projetado para acionar ambos os freios, dianteiro e traseiro, sempre que o pedal do freio traseiro ou a alavanca do freio dianteiro forem acionados. Este não é simplesmente um sistema que divide a força de frenagem entre o cáliper traseiro e um dos cálipers dianteiro, e sim um sistema composto por um conjunto de cálipers com 3 pistões, conectados a dois sistemas hidráulicos independentes. A combinação destes sistemas proporciona um equilíbrio ideal entre as forças de frenagem dianteira e traseira, sempre que a alavanca e /ou o pedal do freio forem acionados. Sem o auxílio de qualquer tipo de controle eletrônico, o componente chave do sistema hidráulico é um dispositivo mecânico que transmite a força de frenagem do cáliper dianteiro para um cilindro mestre secundário, instalado no garfo dianteiro esquerdo. (1) Cálipers dianteiros (3 pistões) (2) Mecanismo de conexão (3) Cáliper traseiro (3 pistões) (4) Válvula de retardamento Retarda o tempo de acionamento do freio dianteiro para diminuir o mergulho associado à desaceleração, quando são efetuadas pequenas correções na velocidade, utilizando-se somente o pedal do freio. (5) Cilindro mestre secundário Transmite o torque rotacional aplicado no cáliper dianteiro para o cáliper do freio traseiro, através da Válvula de Controle de Proporcionalidade (PCV). (6) Válvula de controle de proporcionalidade (PCV) Regula a pressão hidráulica do cáliper traseiro proveniente do cilindro mestre secundário. ROTA DE ENTRADA DO PEDAL ROTA DE ENTRADA DA ALAVANCA RODA DIANTEIRA ROTA DA REAÇÃO DO TORQUE RODA TRASEIRA
  • 4. CBR1100XX 21-4 INSTRUÇÕES TÉCNICAS COMPONENTES DO SISTEMA CÁLIPER COM 3 PISTÕES Um conjunto de cálipers com 3 pistões cada é controlado por dois sistemas hidráulicos independentes. O pistão central em cada um dos três cálipers é acionado diretamente pelo pedal do freio. Os dois pistões externos dos cálipers dianteiros são controlados pela alavanca do freio, e os dois pistões do cáliper traseiro são controlados pelo cilindro mestre secundário, acionado por um servo-mecanismo. Esta combinação produz uma variação ampla e facilmente controlada na força de frenagem, independentemente de qual freio seja acionado (alavanca ou pedal) ou se ambos forem acionados. CILINDRO MESTRE DO FREIO DIANTEIRO VÁLVULA DE CONTROLE PROPORCIONALIDADE CÁLIPER TRASEIRO CILINDRO MESTRE DO FREIO TRASEIRO CÁLIPER DIANTEIRO VÁLVULA DE RETARDAMENTO CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO PISTÕES EXTERNOS PISTÃO CENTRAL PISTÕES EXTERNOS PISTÃO CENTRAL
  • 5. CBR1100XX INSTRUÇÕES TÉCNICAS 21-5 VÁLVULA DE RETARDAMENTO A válvula de retardamento está posicionada entre o cilindro mestre do freio traseiro e os pistões centrais dos cálipers dianteiros. Primeiro, a válvula aciona somente o cáliper dianteiro esquerdo, reduzindo efetivamente a força de frenagem inicial da roda dianteira (Fig.1-2). Com o aumento na pressão do pedal, a válvula de retardamento introduz pressão no cáliper dianteiro direito, a qual aumenta para se equalizar com a pressão do cáliper dianteiro esquerdo, até um nível pré-determinado (Fig.3). O resultado é uma sensação de conforto, mesmo quando a desaceleração começa pela parte traseira, com pouco mergulho frontal, que ocorre quando os freios dianteiros são aplicados repentinamente. CÁLIPER DIANTEIRO DIREITO CÁLIPER DIANTEIRO ESQUERDO CÁLIPER TRASEIRO VÁLVULA DE RETARDAMENTO CILINDRO MESTRE DO FREIO TRASEIRO ENTRADA (proveniente do cilindro mestre do freio traseiro) SAÍDA 2 (para o cáliper dianteiro direito) SAÍDA 1 (para o cáliper dianteiro esquerdo) ABERTO FECHADO Fig. 1 Fig. 2 Fig. 3 FECHADO FECHADO FECHADO ABERTO Saída 1 (Cáliper dianteiro esquerdo Saída 2 (Cáliper dianteiro direito) Pressão de entrada Saída 2 Linha A - B: Fig. 1 Linha B - C: Fig. 2 Linha C- D: Fig. 2 e 3 alternadas Linha D: Fig. 3 Saída 1 Pressãodesaída(Pa) Diagrama do sistema Funcionamento
  • 6. CBR1100XX 21-6 INSTRUÇÕES TÉCNICAS MECANISMO DE CONEXÃO / CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO O servo-mecanismo do sistema usa o torque rotacional gerado nos cálipers dianteiros quando estes são utilizados para acionar o cilindro mestre secundário. Em seguida, aplica uma quantidade de pressão correspondente no cáliper do freio traseiro. VÁLVULA DE CONTROLE DE PROPORCIONALIDADE (PCV) A PCV, instalada entre o cilindro mestre secundário e os pistões externos do cáliper traseiro, regula a pressão nos três estágios do funcionamento. Inicialmente, a pressão de saída da PCV aumenta em proporção direta ao aumento da pressão de entrada originada no cilindro mestre secundário (Fig.1). Com o aumento na pressão de entrada, o pistão de corte é ativado, fechando a válvula e fazendo com que a pressão de saída seja mantida (Fig. 2). Um outro aumento na pressão de entrada força o pistão de descompressão para baixo, o qual expande uma câmara secundária e conduz a pressão para o lado de saída da PCV (Fig. 3). Rota da reação de torque HASTE DE ACIONAMENTO CÁLIPER DIANTEIRO ESQUERDO CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO Pistão de compressão Pistão de corte ABERTO Entrada (proveniente do cilindro mestre secundário) Saída (para o cáliper traseiro) FECHADO Para baixo FECHADOFig. 1 Fig. 2 Fig. 3 Pressão de entrada (Pa) Pressãodesaída(Pa) Linha A - B: Fig. 1 Linha B - C: Fig. 2 Linha C - D: Fig. 3
  • 7. CBR1100XX INSTRUÇÕES TÉCNICAS 21-7 FUNCIONAMENTO DO CBS Quando o freio dianteiro é aplicado: Na operação inicial, o freio dianteiro funciona como qualquer sistema de freio dianteiro convencional de motocicletas. O acionamento da alavanca aplica uma pressão no cilindro mestre que transmite sua pressão hidráulica aumentada para os dois pistões externos dos cálipers dianteiros, fazendo com que uma força de frenagem equivalente seja aplicada na roda dianteira. Em resposta a força de frenagem aplicada pelo cáliper dianteiro no rotor do freio o cáliper é movido para a direção de rotação da roda, ao redor de sua articulação inferior. Este movimento de avanço do cáliper também atua na haste de acionamento, a qual está conectada ao cilindro mestre secundário. Esta pressão direta sobre o cilindro mestre secundário é regulada pela PCV que então transmite a pressão hidráulica para os pistões externos do cáliper traseiro. DIREITO PCV HASTE DE ACIONA- MENTO ESQUERDO CILINDRO MESTRE SECUNDÁ- RIO ALAVANCA DO FREIO CÁLIPER DIANTEIRO ESQUERDO (Pistões externos) CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO PCV (Pressão Reguladora) CÁLIPER TRASEIRO (Pistões externos) CÁLIPER DIANTEIRO DIREITO (Pistões externos) CILINDRO MESTRE DIANTEIRO Haste de acionamento direta
  • 8. CBR1100XX 21-8 INSTRUÇÕES TÉCNICAS Quando o freio traseiro é aplicado: Quando o pedal do freio é pressionado, a pressão hidráulica proveniente do cilindro mestre traseiro é conduzida através de duas linhas. Uma das linhas está diretamente conectada ao cáliper traseiro e atua no pistão central. A outra linha segue para os pistões centrais dos cálipers dianteiros, através da válvula de retardamento, que por sua vez diminui a atuação do freio dianteiro para minimizar o mergulho associado à ação de frenagem. Como no funcionamento do freio dianteiro, a pressão hidráulica proveniente do cilindro mestre secundário passa através da PCV e atua nos pistões externos do cáliper traseiro. Como a pressão hidráulica do cilindro mestre traseiro também é aplicada pelo pistão central do cáliper traseiro, a força de frenagem aplicada à roda traseira é maior do que a força aplicada quando é utilizada somente a alavanca do freio. DIREITO ESQUERDO CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO VÁLVULA DE RETAR- DAMENTO PEDAL DO FREIO PCV VALVULA DE RETARDAMENTO CÁLIPER DIANTEIRO DIREITO (Pistões externos) CÁLIPER DO FREIO DIANTEIRO ESQUERDO (Pistões externos) CILINDRO MESTRE SECUNDÁRIO PCV (Pressão Reguladora) CÁLIPER TRASEIRO (Pistão central) (Pistões externos) CILINDRO MESTRE TRASEIRO LINHA DE DERIVAÇÃO PARA SANGRIA DO AR Haste de acionamento direta
  • 10. INFORMAÇÕES GERAIS CHASSI/CARENAGEM /SISTEMA DE ESCAPAMENTO MANUTENÇÃO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO SISTEMA DE ARREFECIMENTO REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR CABEÇOTE/VÁLVULAS EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA CARCAÇA DO MOTOR/PISTÃO/CILINDRO ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO/ BALANCEIRO RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/SISTEMA DE DIREÇÃO RODA TRASEIRA/SUSPENSÃO FREIO HIDRÁULICO BATERIA/SISTEMA DE CARGA SISTEMA DE IGNIÇÃO PARTIDA ELÉTRICA LUZES/INDICADORES/INTERRUPTORES DIAGRAMA ELÉTRICO INSTRUÇÕES TÉCNICAS DIAGNOSE DE DEFEITOS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 22 21 CBR1100XX INFORMAÇÕES GERAIS COMO USAR ESTE MANUAL Este manual descreve os procedimentos de serviço para a motocicleta CBR1100XX. Siga as recomendações da Tabela de Manutenção (Capítulo 3) para assegurar que o veículo esteja em perfeitas condições de funcionamento. A realização da primeira manutenção programada é extremamente importante. O desgaste inicial que ocorre durante o período de amaciamento será compensado. Os capítulos 1 e 3 aplicam-se para toda a motocicleta. O capítulo 2 descreve os procedimentos de remoção/ instalação dos componentes necessários para possibilitar os serviços dos capítulos a seguir. Os capítulo 4 a 19 descrevem as peças da motocicleta, agrupadas de acordo com sua localização. Encontre o capítulo desejado nesta página e consulte a tabela de índice na primeira página do capítulo. A maioria dos capítulos apresenta inicialmente a ilustração de um conjunto ou sistema, informações de serviço e diagnose de defeitos para aquele capítulo. As páginas seguintes apresentam procedimentos detalhados. Consulte no capítulo 21 as instruções técnicas de funcionamento para familiarizar-se com esta motocicleta. Se não houver conhecimento sobre a causa do problema, consulte o capítulo 22 "Diagnose de Defeitos". MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-Venda Setor de Publicações Técnicas TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, INSTRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES INCLUÍDAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS NA OCASIÃO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO DO MANUAL. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA SE RESERVA O DIREITO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DA MOTOCICLETA A QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, NÃO INCORRENDO, ASSIM, EM OBRIGAÇÕES DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMA PARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM AVISO PRÉVIO. ESTE MANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS QUE TENHAM CONHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE A MANUTENÇÃO DAS MOTOS HONDA. ÍNDICE GERAL SISTEMA ELÉTRICO CHASSIMOTORETRANSMISSÃO