Minicurso de Desenvolvimento Android - Iguatu - CE

1.061 visualizações

Publicada em

Minicurso ministrado na II EDUCITRA (Encontro de Educação, Ciência e Trabalho) na cidade de Iguatu - Ceará

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.061
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Minicurso de Desenvolvimento Android - Iguatu - CE

  1. 1. MINICURSO DE DESENVOLVIMENTO DEAPLICAÇÕES PARAA PLATAFORMA Google
  2. 2. ApresentaçãoMinistrante: Ronildo Oliveira da Silva• Cursando o oitavo semestre do curso IntegradoInformática IFCE Campus Cedro.• Monitor de Programação Estruturada no IFCECampus Cedro.• Programador de aplicações desktop e móveis.
  3. 3. O Que é Android?• O Android é um ambiente de desenvolvimento desoftware para dispositivos móveis.• O Android possui: Aplicações, Bibliotecas,Frameworks, rica interface de Usuário (UI) e muitomais.• Uso da linguagem de programação Java.
  4. 4. Criação do AndroidAndrew E. Rubin – (Fundador da Android Inc.)• Vice-presidente de mobilidade do Google.• (CEO) da Android;• (CEO) da Danger.Inc .Chief Executive Officer(Diretor Executivo)
  5. 5. Android e a OHA• Open Handset Alliance™(OHA) é um grupoformado por gigantes do mercado de telefonia decelulares liderados pelo Google que revelou aplataforma Open Source Android e uma versão daSDK em 12 de novembro de 2007.
  6. 6. T-Mobile G1
  7. 7. Open Handset Alliance™Atualmente são 84 empresas participantes!Acesse:http://www.openhandsetalliance.com/oha_members.htmlpara mais informações.
  8. 8. Versões do Android
  9. 9. Versões do AndroidAs diferentes versões de Android tem desde a versão 1.5,nomes de sobremesas ou bolos (em inglês) e seguemuma lógica alfabética:1.5: Cupcake (Abril de 2009)1.6: Donut (Setembro de 2009)2.1: Eclair (Janeiro de 2010)2.2: FroYo (Frozen Yogourt - Maio de 2010)2.3-2.4: Gingerbread (Dezembro de 2010)3.0-3.2: Honeycomb (Janeiro de 2011)4.0: Ice Cream Sandwich (Outubro de 2011)4.1: Jelly Bean (Junho de 2012)5.0: Key Lime Pie (Maio de 2013)
  10. 10. Estrutura da Aplicação Android• Arquitetura do Android• Linux Kernel• Bibliotecas• Aplicações• Android Runtime• Dalvik VM
  11. 11. Arquitetura da Plataforma AndroidDriver de USBDriver doTecladoDriver de RedeSem fioDrivers deÁudioGerenciamentoDe EnergiaDriver deDisplayDriver daCameraDriver deBluetoothDriver deCartão (SD)Driver deConexão (PC)NÚCLEO LINUXGerência deSuperfíciesQuadro deMídiasSQLite -DadosOpen GL/S -Gráficos 3DFreeType –FontesWebKit -Rede InternetSGL -Gráficos 2DSSL - Camadade SegurançaLibc -Bibliotecas CBIBLIOTECASGerência dePacotesGerência deTelefoniaGerência deRecursosGerência deLocalizaçãoServiços deXMPPGerência deAtividadesGerência deJanelaProvedor deConteúdoSistema deVisualizaçãoGerência deNotificaçãoQUARO DE APLICAÇÕESInício Contatos Telefone Navegador ...APLICAÇÕESBibliotecas doNúcleo JavaANDROID TEMPO/EXECUÇÃOMáquinaVirtual Dalvik
  12. 12. Linux Kernel• O Android foi construído sobre uma versão dokernel do Linux.• Isso permite que a plataformaAndroid tenha alta portabilidade.• Por ser de código aberto, permiteque talentos individuais ecompanhias melhorem-no.
  13. 13. BibliotecasA próxima camada acima do kernel contém asbibliotecas nativas do Android.Essas bibliotecas são todasescritos em C ou C++ ecompiladas para a arquiteturade hardware específicautilizada pelo telefone.
  14. 14. Android Runtime• Core libraries;• Dalvik Virtual Machine.
  15. 15. Dalvik VM• Ao invés de usar uma versão da máquina virtualJava, tal como Java ME, ele usa a sua própriamáquina virtual.• A máquina virtual Dalvik possui as seguintescaracterísticas:– Poder existir múltiplas instâncias da máquina virtualsimultaneamente;– Baixo consumo de memória;– Mais eficiente do que uma JVM.
  16. 16. Dalvik VMCódigo JAVADalvikExecutableCompiladorCompiladorJAVAJAVA Byte CodeCompiladorCompiladorDEXDalvik Byte CodeAPK
  17. 17. AplicaçõesO Android nos fornece um conjunto deaplicações fundamentais, são elas:• um cliente de e-mail;• programa de SMS;• agenda;• mapas;• navegador;• contatos entre outros.
  18. 18. Instalação e Configuraçãodo Eclipse e do Android
  19. 19. Conceitos básicos• Activity• R.java• Método findViewById• Manifest• Layout
  20. 20. Activity• A classe android.app.Activity representabasicamente uma tela da aplicação.• Uma tela (Activity) écomposta de várioselementos visuais, osquais no Android sãorepresentados pelaclasse android.view.View
  21. 21. Activitypackage ifce.android.minicurso;import android.app.Activity;import android.os.Bundle;public class MinicursoActivity extends Activity {/** Called when the activity is first created. */@Overridepublic void onCreate(Bundle savedInstanceState) {super.onCreate(savedInstanceState);setContentView(R.layout.main);}}
  22. 22. CiclodevidadeumaActivityActivityonCreate()onStart()onResume()Activity IniciadaOutra Activity é IniciadaonPause()A Activity principal não é mais visívelonStop()onDestroy()A Activity principal é destruídaO programa precisa de maismemóriaonRestart()A Activity perde o focoA Activity perde o focoA Activity é reaberta através do usuárioO processo é destruído
  23. 23. Classe R• É uma classe que possui métodos estáticos comas referências de todos os recursos do projeto.• A classe R é gerada automaticamente pelo pluginADT do eclipse e NUNCA deve ser alteradamanualmente.
  24. 24. Classe Rpackage curso.android;public final class R {public static final class attr {}public static final class drawable {public static final int ic_launcher=0x7f020000;}public static final class layout {public static final int main=0x7f030000;}public static final class string {public static final int app_name=0x7f040001;public static final int hello=0x7f040000;}}
  25. 25. Método findViewByIdActivity Principal (Activity.java)Button meuBotao01 = (Button)findViewById(R.id.button1);@Overridepublic void onCreate(BundlesavedInstanceState){super.onCreate(savedInstanceState);setContentView(R.layout.main);}View Principal (main.xml)<LinearLayout><Buttonandroid:id="@+id/button1"android:layout_width="100dp"android:layout_height="wrap_content"android:text="@string/telaInicialBotao" /> </LinearLayout>Arquivo R.javapublic static final class id {public static final intbutton1 =0x7f050002; }
  26. 26. Android Manifest• O arquivo AndroidManifest.xml é o alicerce de uma aplicaçãoAndroid.• Este arquivo deve estar na raiz da aplicação.• Este arquivo serve para:– Descrever o contexto da aplicação;– Manipular configurações suportadas pela Aplicação;– Permissões;– Entre outras funções.
  27. 27. Android Manifest<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?><manifest xmlns:android="http://schemas.android.com/apk/res/android"package="curso.android"android:versionCode="1"android:versionName="1.0" ><uses-sdk android:minSdkVersion="7" /><applicationandroid:icon="@drawable/ic_launcher"android:label="@string/app_name" ><activity android:name=“CursoAndroid"android:label="@string/app_name"><intent-filter><action android:name="android.intent.action.MAIN" /><category android:name="android.intent.category.LAUNCHER" /></intent-filter></activity></application> </manifest>
  28. 28. Layout
  29. 29. Mãos à obra!
  30. 30. Hello World!!
  31. 31. Widgets
  32. 32. Utilizando Recursos Estudados
  33. 33. Referências Bibliográficas
  34. 34. Obrigado• E-mail:ro.nildooliveira@hotmail.comdev.rwx@gmail.comhttp://www.slideshare.net/TheRonildoOliveira

×