UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI                DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA – DZO       GEPEQ – GRUP...
O COMPORTAMENTO É DETERMINADO POR:   Capacidade funcional do sistema nervoso central;   Dos órgãos funcionais;   Das gl...
CAUSAS DOS DISTÚRBIOS: Estresse Instinto de intimidação Mudança brusca no manejo Nutrição inadequada ou insuficiente ...
4
5
SINAIS DE ALTERAÇÃO DE COMPORTAMENTO:   Posição do animal dentro da baia   Localização dentro da baia   Alterações no t...
TRÊS CATEGORIAS   Vícios   Agressividade   Distúrbios sexuais                         7
VÍCIOS   Manifestação frequentes de determinados    movimentos.   Podem acarretar traumas físicos   Podem acarretar des...
   Língua pendente   Aerofagia   Coprofagia   Apoiar membro posterior sobre o outro   Incensar e bater membros anteri...
CONSEQUÊNCIAS Ferimentos na língua Perda de saliva Prejudica boa apreensão dos alimentos e  mastigação Desperdício de ...
11
12
AGRESSIVIDADE   Anormalidades graves, ocultas   Má índole do animal   Maus tratos   Tornam os animais impróprios para ...
   Morder ou escoicear   Difícil de selar ou montar   Negar estribo   Empinar e bolear   Recuar e estirar   Medo   ...
CONSEQUÊNCIAS   Traumas ao cavaleiro, tratador e ferrador   Traumas ao cavalo                                           ...
16
17
18
DISTÚRBIOS SEXUAIS   Masturbação   Temperamento nervoso do macho   Constante presença de fêmeas                        ...
CONSEQUÊNCIAS   Enfraquecimento e possível queda do índice de    fertilidade                                             ...
COMO CORRIGIR OS DISTÚRBIOS   Aumento de refeições diárias (4 vezes ao dia)   Fornecer maior quantidade de volumoso nas ...
22
23
   Controlar temperatura nas baias (25ºC – ideal)   Não manter animal isolado na baia por muito tempo   Exercícios diár...
25
26
27
28
   Tratamento dócil e paciente   Aplicação da gamarra (dificulta empinar e bolear)   Recusar animal com sinais de agres...
30
31
   Código Civil - Título III, Cap. V   Art.1.101 – A coisa recebida em virtude de contrato    comutativo pode ser enjeit...
Obrigada!            33
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Distúrbios comportamentais dos cavalos quando estabulados

2.853 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.853
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
80
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Distúrbios comportamentais dos cavalos quando estabulados

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA – DZO GEPEQ – GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM EQUIDEOS Distúrbios comportamentais dos cavalos quando estabulados1 Thayssa Littiere
  2. 2. O COMPORTAMENTO É DETERMINADO POR: Capacidade funcional do sistema nervoso central; Dos órgãos funcionais; Das glândulas endócrinas; Do aparelho locomotor; Do sistema digestivo 2
  3. 3. CAUSAS DOS DISTÚRBIOS: Estresse Instinto de intimidação Mudança brusca no manejo Nutrição inadequada ou insuficiente Alterações climáticas Alojamento pequeno Falta de contato social Ócio Exaustão por exercícios exagerados 3
  4. 4. 4
  5. 5. 5
  6. 6. SINAIS DE ALTERAÇÃO DE COMPORTAMENTO: Posição do animal dentro da baia Localização dentro da baia Alterações no temperamento Tempo depreendido em alimentação e exercícios diários 6
  7. 7. TRÊS CATEGORIAS Vícios Agressividade Distúrbios sexuais 7
  8. 8. VÍCIOS Manifestação frequentes de determinados movimentos. Podem acarretar traumas físicos Podem acarretar desvalorização do animal 8
  9. 9.  Língua pendente Aerofagia Coprofagia Apoiar membro posterior sobre o outro Incensar e bater membros anteriores Comer terra Morder partes da baia 9
  10. 10. CONSEQUÊNCIAS Ferimentos na língua Perda de saliva Prejudica boa apreensão dos alimentos e mastigação Desperdício de energia Usura anormal da superfície de apoio do casco (sola) Contusão da coroa, ferimentos na muralha e pinça Cólicas Gasto excessivo dos dentes 10
  11. 11. 11
  12. 12. 12
  13. 13. AGRESSIVIDADE Anormalidades graves, ocultas Má índole do animal Maus tratos Tornam os animais impróprios para as finalidades a que se destinam 13
  14. 14.  Morder ou escoicear Difícil de selar ou montar Negar estribo Empinar e bolear Recuar e estirar Medo Tomar o freio 14
  15. 15. CONSEQUÊNCIAS Traumas ao cavaleiro, tratador e ferrador Traumas ao cavalo 15
  16. 16. 16
  17. 17. 17
  18. 18. 18
  19. 19. DISTÚRBIOS SEXUAIS Masturbação Temperamento nervoso do macho Constante presença de fêmeas 19
  20. 20. CONSEQUÊNCIAS Enfraquecimento e possível queda do índice de fertilidade 20
  21. 21. COMO CORRIGIR OS DISTÚRBIOS Aumento de refeições diárias (4 vezes ao dia) Fornecer maior quantidade de volumoso nas baias Tempo gasto nas refeições X Ócio 21
  22. 22. 22
  23. 23. 23
  24. 24.  Controlar temperatura nas baias (25ºC – ideal) Não manter animal isolado na baia por muito tempo Exercícios diários Uso de cinta para aerofagia Corrigir mineralização (comer terra) Brinquedos nas baias Barras (grades) nas baias 24
  25. 25. 25
  26. 26. 26
  27. 27. 27
  28. 28. 28
  29. 29.  Tratamento dócil e paciente Aplicação da gamarra (dificulta empinar e bolear) Recusar animal com sinais de agressividade Uso de aparelho de superfície revestida com objetos pontiagudos na região umbilical (masturbação) 29
  30. 30. 30
  31. 31. 31
  32. 32.  Código Civil - Título III, Cap. V Art.1.101 – A coisa recebida em virtude de contrato comutativo pode ser enjeitada por vício ou defeito ocultos, que a tornem imprópria ao uso a que é destinada, ou lhe diminuam o valor. 32
  33. 33. Obrigada! 33

×