Drenos,acessos,sondas

6.859 visualizações

Publicada em

Para quem atua em Terapia Intensiva!! Conheça alguns dos artefatos que encontramos e que teremos que ter cuidado na hora das manipulações.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.859
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
347
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Drenos,acessos,sondas

  1. 1. Thatyana A. Mugica Fisioterapeuta intensivista Preceptora de estagio da Uninorte
  2. 2. Drenos São tubos ou materiais colocados no interior de uma ferida ou cavidade, visando permitir a saída de fluido ou ar. Cateter É um tubo que pode ser inserido em um ducto ou vaso (cateter vascular), em uma cavidade corpórea natural ou em uma cavidade cística ou de abcesso, possibilitando a drenagem ou a injeção de fluidos ou o acesso a instrumentos cirúrgicos. Sondas É definida como como um tubo que se introduz em um canal do organismo.
  3. 3. Dreno de tórax
  4. 4. Dreno de penrose Dreno local feito de material maleável. Utilizado em cavidades para drenagem de fluídos por capilaridade. Dreno de sucção Mais usados em afecções biliares. Atua por sucção e são utilizados quando se prevê o acúmulo de líquido em grandes quantidades.
  5. 5. Acessos Periféricos: Jelco Scalp
  6. 6. Central: Intracath
  7. 7. Cateter Swan-Ganz Chega as estruturas cardíacas e pulmonares.
  8. 8. Sondas Nasogástrica
  9. 9. Vesical
  10. 10. Retal Para a lavagem intestinal: eliminar ou evitar a distensão abdominal e flatulência , facilitar a eliminação de fezes, remover sangue nos casos de melena e preparar o paciente para cirurgias, exames e tratamento do trato intestinal.

×