SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Ficar em abstinência sexual faz mal à saúde
São José do Rio Preto, 9 de Agosto de 2009

Cecília Dionizio

Embora muito se fale sobre sexo, de fato, nem sempre
se pratica o mesmo com a frequência com que é
decantado em verso, prosa e nas melodias românticas. É
isto mesmo, tem mais gente falando de sexo do que
praticando-o. Hoje não apenas os seminaristas, padres e
outros categorias que optam pela abstinência sexual
espontânea são privados dos prazeres da carne. Há um
sem número de homens e mulheres que passam por
verdadeiras privações quando o assunto é encontrar um
parceiro sexual. De acordo com a sabedoria popular, a
ausência de uma rotina sexual pode levar as pessoas a se
tornarem ranzinzas, mal-humoradas e outros adjetivos
nem sempre carinhosos. Para a psicóloga Mara Lúcia
Madureira, especializada na linha cognitivo- Orlandeli/Editoria de Arte
comportamental, em Rio Preto, a explicação para isto
está no fato de algumas pessoas que já sofrem com transtornos de humor e por isto apresentam
alterações no desejo e nas respostas sexuais. “Daí as crenças e suposições populares de que falta de
sexo provoca alterações do humor, quando na verdade ambos os sintomas podem aparecer
simultaneamente como parte de um quadro patológico”, afirma.

Na prática, ao ter orgasmo a pessoa libera endorfina e uma série de substâncias dentre elas a
serotonina - neurotransmissor que desempenha um papel importante na regulação do humor, no
apetite sexual e alimentar, função motora, no ciclo sono-vigília e percepção da dor -, que resultam
numa melhor disposição da pessoa em questão. Por outro lado, é visível o desconforto que sentem
as pessoas que não mantêm uma vida sexual ativa. É como mostra o psicólogo Thiago Almeida, do
Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP), em seu artigo “Envelhecimento,
amor e sexualidade: utopia ou realidade?”, publicado pela Revista Brasileira de Geriatria e
Gerontologia, em que observa haver “inúmeros exemplos que podemos citar, do modo como o
contexto histórico-social valida ou discrimina determinadas práticas, ao verificar o que significa a
expressão “viúva alegre”. Muitas vezes as mulheres passam anos sob o jugo de um marido
completamente intransigente e quando este é subtraído da vida, estas passam a conhecer a vida por
um novo prisma, otimizando e usufruindo situações para as quais não tiveram oportunidade antes,–
por exemplo, com um novo parceiro que escolheram.

Embora alguns critiquem essas pessoas, elas nos mostram que a sexualidade faz parte da vida dos
seres humanos e está presente em todas as fases do desenvolvimento do homem. Vai desde o
nascimento até a morte. A função sexual continua por toda a vida, mesmo na Terceira Idade”,
afirma. No entanto, a psicóloga Mara Lúcia observa que a ausência ou não de sexo não deve afetar
o comportamento das pessoas. E quando isto ocorre, ela explica que as pessoas já portam alguns
déficits cognitivos e comportamentais. “Isto sim pode prejudicar a qualidade das relações
interpessoais das atividades sexuais”, diz.

Transtornos
Não por acaso, explica a psicóloga, algumas pessoas portadoras de transtornos psiquiátricos, como
o bipolar, por exemplo, têm sua libido afetada. “No curso do transtorno bipolar pode ocorrer
diminuição ou inibição do desejo sexual durante um episódio depressivo e aumento exacerbado da
libido na fase maníaca (euforia). O desenvolvimento da doença está relacionado a fatores
neurobiológicos e psicossociais, e as anormalidades dos sistemas de neurotransmissores podem
favorecer o surgimento de diversos sintomas como oscilações do humor, alterações do pensamento
e comportamentos, sintomas psicóticos, entre outros”, afirma.

Ficar longo tempo sem sexo pode não implicar nada, a não ser em escolha pessoal. Contudo quando
isto afeta as relações e o próprio humor é preciso recorrer à ajuda terapêutica. Segundo a psicóloga
rio-pretense, quando existe desejo sexual intenso e carência de parceiro para satisfazê-lo, deve-se
considerar que já existe um problema instalado na situação. “O mesmo pode referir-se, por
exemplo, a crenças religiosas e pecado, timidez ou inibição para iniciar um relacionamento, medo
da exposição ou de rejeição, dificuldade para estabelecer vínculos afetivos e por aí vai. Buscar
ajuda é a única forma de reverter isto”, diz.

Quem vive esta situação é o mecânico M.D.R., 31 anos, ele diz que é tão tímido que só consegue se
aproximar de uma mulher após beber muito. “Como estou sempre ruim, se tento falar em sexo, elas
se afastam. E quando consigo ficar com alguém, acabo nem me lembrando direito depois”,
confessa. Mara Lúcia observa que muitas pessoas têm dificuldade para reconhecer e admitir os
próprios problemas, mas conseguem superá-los com incentivos adequados de amigos
compreensivos. Outras, mais resistentes, devem procurar ajuda psicoterápica para modificar seus
padrões rígidos de pensamentos e criar um novo repertório de habilidades para viver com mais
satisfação.

Masturbação
A masturbação, alternativa muito utilizada pelos homens, é, em muitos casos, ignorada pelas
mulheres. E segundo a psicóloga, isto ainda é resquício de influência cultural e modelos familiares
que repreendem este comportamento nas mulheres e o encoraja nos homens. “Ainda há um
predomínio social de (pré)conceitos que admitem a diversidade de parceiras para homens sem a
necessidade de vínculos e sem prejuízo moral, enquanto para a mulher o sexo sem compromisso,
com a finalidade exclusiva de satisfazer necessidades fisiológicas é visto de forma pejorativa.”,
finaliza.

Alguns efeitos da abstinência sexual:

:: Homens – a privação sexual por até três dias provoca aumento do sêmen e a potência do
espermatozoide. A partir do terceiro dia começa o declínio e pode se inverter entre o 7º e o 10º dia.

:: Mulheres – a privação sexual por longo período pode provocar ressecamento e perda da
elasticidade dos tecidos e fechamento do canal vaginal, causando dor e sangramento quando ocorrer
o ato.

Depoimentos:


>> “Em outras épocas, cheguei a ficar um ano e meio sem sexo, mas hoje tenho muito mais
dificuldades nesse sentido. Com dois meses de abstinência já sinto muita falta. E fico até meio
destreinada. Meu último parceiro me perguntou há quanto tempo eu não transava devido a minha
atrapalhação. Hoje, abstinência sexual me dá dores musculares, de cabeça, tipo enxaquecas e
sinusites, e encanações psicológicas ridículas. Ficar sem sexo é complicado, principalmente sem
sexo de qualidade. Não é transar por transar, é transar e ter um orgasmo bom. De preferência, ótimo.
Aquele que deixa o corpo relaxado, onde realmente acontece uma descarga. Não estou falando
necessariamente de sexo com amor, é sexo com intimidade e sintonia. Na falta disso, de vez em
quando a gente mesmo se ajeita como pode. Mas é claro que não é a mesma coisa. Masturbação não
tem toque, beijo, cheiro, carinho e aconchego. Quando estou com a vida sexual ativa, em paz, em
um relacionamento legal, tudo funciona melhor: a cabeça, a pele, o cabelo e a vitalidade orgânica
como um todo. Em compensação, quando não estou comum companheiro ou comum homem que
eu não consiga ter um relacionamento sexual pelo menos satisfatório, por melhor que as coisas
estejam, o corpo sente. Acho que Freud, Reich e toda a psicologia estão certos. Não dá para ignorar
nosso lado instintivo. Sexualidade faz parte da vida e tem de ser, de alguma forma, praticada”

M.T.S, 40 anos, empresária
___________________________________________________________________________

>> “Há exatos 22 anos, estou sem sexo. Por sinal a idade de minha única filha. O nascimento dela
marcou o encerramento da minha vida sexual. Hoje, nem sei se consigo mais manter uma relação
sexual. Devo ter voltado a ser virgem. E como não tenho mais qualquer lubrificação, só em pensar
sofro com receio de sentir dor. Mas não penso mais sobre isto. Houve tempo em que acordava de
madrugada morrendo de desejo, mas aos poucos foi passando eme acomodei. Sinto muita vergonha
de me aproximar de um homem e dizer a ele que faz todo este tempo. Com isto, me sinto completa
com a maternidade, que de alguma maneira, substituiu com êxito minha vida sexual”

S.G.S., 57 anos, aposentada
___________________________________________________________________________

>> Já perdi as contas dos anos que não faço sexo. Mas nem por isto, desisti. Acredito que a
qualquer momento o homem que me devolverá o prazer vai aparecer.

W.H.G., 50 anos, profa.




Ficar em abstinência sexual faz mal à saúde – Diário Web
http://www.diarioweb.com.br/noticias/corpo_noticia.asp?IdCategoria=4&IdNoticia=124482

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDAORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDARafael Almeida
 
Sexualidade e erotismo na terceira idade
Sexualidade e erotismo na terceira idadeSexualidade e erotismo na terceira idade
Sexualidade e erotismo na terceira idadeDarciane Brito
 
SEXUALIDADE E DOENÇA DE ALZHEIMER
SEXUALIDADE E DOENÇA DE ALZHEIMERSEXUALIDADE E DOENÇA DE ALZHEIMER
SEXUALIDADE E DOENÇA DE ALZHEIMERMárcio Borges
 
140327 sips violencia_mulheres
140327 sips violencia_mulheres140327 sips violencia_mulheres
140327 sips violencia_mulherescoeppelotas
 
2 prevencao de suicidio com efeitos
2 prevencao de suicidio com efeitos2 prevencao de suicidio com efeitos
2 prevencao de suicidio com efeitosventofrio
 
Valorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CGValorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CGMima Badan
 
Slides suicício (2)
Slides suicício (2)Slides suicício (2)
Slides suicício (2)Catiane HENZ
 
Trabalho expo pinheiro 2012
Trabalho expo pinheiro 2012Trabalho expo pinheiro 2012
Trabalho expo pinheiro 2012Leonardo Dunham
 
Falando abertamente sobre suicidio
Falando abertamente sobre suicidioFalando abertamente sobre suicidio
Falando abertamente sobre suicidioRobson Peixoto
 
10 razões do porque você não está fazendo sexo
10 razões do porque você não está fazendo sexo10 razões do porque você não está fazendo sexo
10 razões do porque você não está fazendo sexoJoe Pinheiro
 
Acompanhamento e animação da pessoa idosa manual
Acompanhamento e animação da pessoa idosa   manualAcompanhamento e animação da pessoa idosa   manual
Acompanhamento e animação da pessoa idosa manualMargarida Pires
 

Mais procurados (18)

ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDAORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
 
Sexualidade e erotismo na terceira idade
Sexualidade e erotismo na terceira idadeSexualidade e erotismo na terceira idade
Sexualidade e erotismo na terceira idade
 
SEXUALIDADE E DOENÇA DE ALZHEIMER
SEXUALIDADE E DOENÇA DE ALZHEIMERSEXUALIDADE E DOENÇA DE ALZHEIMER
SEXUALIDADE E DOENÇA DE ALZHEIMER
 
Sexualidade na terceira idade
Sexualidade na terceira idadeSexualidade na terceira idade
Sexualidade na terceira idade
 
140327 sips violencia_mulheres
140327 sips violencia_mulheres140327 sips violencia_mulheres
140327 sips violencia_mulheres
 
Retrospectiva Melhoridade
Retrospectiva MelhoridadeRetrospectiva Melhoridade
Retrospectiva Melhoridade
 
2 prevencao de suicidio com efeitos
2 prevencao de suicidio com efeitos2 prevencao de suicidio com efeitos
2 prevencao de suicidio com efeitos
 
Cuidador de Idoso
Cuidador de Idoso Cuidador de Idoso
Cuidador de Idoso
 
Valorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CGValorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CG
 
Slides suicício (2)
Slides suicício (2)Slides suicício (2)
Slides suicício (2)
 
Art 1
Art 1Art 1
Art 1
 
Livreto seminario dupla_af1
Livreto seminario dupla_af1Livreto seminario dupla_af1
Livreto seminario dupla_af1
 
Trabalho expo pinheiro 2012
Trabalho expo pinheiro 2012Trabalho expo pinheiro 2012
Trabalho expo pinheiro 2012
 
Falando abertamente sobre suicidio
Falando abertamente sobre suicidioFalando abertamente sobre suicidio
Falando abertamente sobre suicidio
 
O que e paixao
 O que e paixao O que e paixao
O que e paixao
 
10 razões do porque você não está fazendo sexo
10 razões do porque você não está fazendo sexo10 razões do porque você não está fazendo sexo
10 razões do porque você não está fazendo sexo
 
5626317
56263175626317
5626317
 
Acompanhamento e animação da pessoa idosa manual
Acompanhamento e animação da pessoa idosa   manualAcompanhamento e animação da pessoa idosa   manual
Acompanhamento e animação da pessoa idosa manual
 

Destaque

Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x ...
Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x ...Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x ...
Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x ...Pe Business
 
To save a life 2
To save a life 2To save a life 2
To save a life 2Ali Abdi
 
Notas sobre corpo urbano de belo horizonte
Notas sobre corpo urbano de belo horizonteNotas sobre corpo urbano de belo horizonte
Notas sobre corpo urbano de belo horizonteTopografiap
 
Diário Oficial - 16/10/2013
Diário Oficial - 16/10/2013Diário Oficial - 16/10/2013
Diário Oficial - 16/10/2013prefeituraguaruja
 
Edital bolsistas PETCiências
Edital bolsistas PETCiênciasEdital bolsistas PETCiências
Edital bolsistas PETCiênciaspetcienciasUFFS
 
Inocencio meléndez julio. preacuerdo empresarial. mapa conceptual sobre la ...
Inocencio meléndez julio. preacuerdo empresarial.  mapa conceptual sobre la ...Inocencio meléndez julio. preacuerdo empresarial.  mapa conceptual sobre la ...
Inocencio meléndez julio. preacuerdo empresarial. mapa conceptual sobre la ...INOCENCIO MELÉNDEZ JULIO
 
Le bon coin annonces
Le bon coin annoncesLe bon coin annonces
Le bon coin annoncesjl11100
 
Trabajo de informatica
Trabajo de informaticaTrabajo de informatica
Trabajo de informaticatatiana1404
 
Projeto bastidor
Projeto bastidor Projeto bastidor
Projeto bastidor jkastrup
 
Dinamica das membranas_parte2
Dinamica das membranas_parte2Dinamica das membranas_parte2
Dinamica das membranas_parte2Mylena Melgaço
 

Destaque (20)

Cristão ateu 02
Cristão ateu 02Cristão ateu 02
Cristão ateu 02
 
Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x ...
Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x ...Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x ...
Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x ...
 
To save a life 2
To save a life 2To save a life 2
To save a life 2
 
Vifer a todo color
Vifer a todo colorVifer a todo color
Vifer a todo color
 
Gastos y colores
Gastos y coloresGastos y colores
Gastos y colores
 
Ii za........
Ii za........Ii za........
Ii za........
 
Guia iphone 04
Guia iphone 04Guia iphone 04
Guia iphone 04
 
Notas sobre corpo urbano de belo horizonte
Notas sobre corpo urbano de belo horizonteNotas sobre corpo urbano de belo horizonte
Notas sobre corpo urbano de belo horizonte
 
Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
Recreo cocama cantado
Recreo cocama cantadoRecreo cocama cantado
Recreo cocama cantado
 
Diário Oficial - 16/10/2013
Diário Oficial - 16/10/2013Diário Oficial - 16/10/2013
Diário Oficial - 16/10/2013
 
Edital bolsistas PETCiências
Edital bolsistas PETCiênciasEdital bolsistas PETCiências
Edital bolsistas PETCiências
 
Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
Inocencio meléndez julio. preacuerdo empresarial. mapa conceptual sobre la ...
Inocencio meléndez julio. preacuerdo empresarial.  mapa conceptual sobre la ...Inocencio meléndez julio. preacuerdo empresarial.  mapa conceptual sobre la ...
Inocencio meléndez julio. preacuerdo empresarial. mapa conceptual sobre la ...
 
Conrado navarro
Conrado navarroConrado navarro
Conrado navarro
 
Le bon coin annonces
Le bon coin annoncesLe bon coin annonces
Le bon coin annonces
 
Livro AMEO
Livro AMEOLivro AMEO
Livro AMEO
 
Trabajo de informatica
Trabajo de informaticaTrabajo de informatica
Trabajo de informatica
 
Projeto bastidor
Projeto bastidor Projeto bastidor
Projeto bastidor
 
Dinamica das membranas_parte2
Dinamica das membranas_parte2Dinamica das membranas_parte2
Dinamica das membranas_parte2
 

Semelhante a Abstinência sexual e saúde

Namoro e sexo na terceira idade
Namoro e sexo na terceira idadeNamoro e sexo na terceira idade
Namoro e sexo na terceira idadeVivianny Mundim
 
A sexualidade do idoso.pptx
A sexualidade do idoso.pptxA sexualidade do idoso.pptx
A sexualidade do idoso.pptxanasoares14061
 
Revista bem estar-07-09-14
Revista bem estar-07-09-14Revista bem estar-07-09-14
Revista bem estar-07-09-14Fernanda Caprio
 
Diversidade sexual e homofobia
Diversidade sexual e homofobiaDiversidade sexual e homofobia
Diversidade sexual e homofobiaBeatriz Roedel
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Dignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaDignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaTarcio Oliveira
 
Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexualpdrpxt5
 
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?Thiago de Almeida
 
Educaosexual 110404184710-phpapp02
Educaosexual 110404184710-phpapp02Educaosexual 110404184710-phpapp02
Educaosexual 110404184710-phpapp02Pelo Siro
 
ConsideraçõEs Sobre A Sexualidade Do Autista Com A
ConsideraçõEs Sobre A Sexualidade Do Autista Com AConsideraçõEs Sobre A Sexualidade Do Autista Com A
ConsideraçõEs Sobre A Sexualidade Do Autista Com AThiago de Almeida
 
Disfunções Sexuais e Parafilias - uma abordagem psicanalítica
Disfunções Sexuais e Parafilias - uma abordagem psicanalíticaDisfunções Sexuais e Parafilias - uma abordagem psicanalítica
Disfunções Sexuais e Parafilias - uma abordagem psicanalíticaWania Andrade
 
Parafilia - Fetichismo travestido
Parafilia - Fetichismo travestidoParafilia - Fetichismo travestido
Parafilia - Fetichismo travestidoWania Andrade
 

Semelhante a Abstinência sexual e saúde (20)

Namoro e sexo na terceira idade
Namoro e sexo na terceira idadeNamoro e sexo na terceira idade
Namoro e sexo na terceira idade
 
Sem tabus
Sem tabus  Sem tabus
Sem tabus
 
Homofobia e homossexualidade
Homofobia e homossexualidade Homofobia e homossexualidade
Homofobia e homossexualidade
 
A sexualidade do idoso.pptx
A sexualidade do idoso.pptxA sexualidade do idoso.pptx
A sexualidade do idoso.pptx
 
sexualidade
sexualidadesexualidade
sexualidade
 
Revista bem estar-07-09-14
Revista bem estar-07-09-14Revista bem estar-07-09-14
Revista bem estar-07-09-14
 
Sexualidade Relacao
Sexualidade RelacaoSexualidade Relacao
Sexualidade Relacao
 
Diversidade sexual e homofobia
Diversidade sexual e homofobiaDiversidade sexual e homofobia
Diversidade sexual e homofobia
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Dignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaDignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual Humana
 
Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
 
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
 
Sexualidade e Saúde reprodutiva.
Sexualidade e Saúde reprodutiva.Sexualidade e Saúde reprodutiva.
Sexualidade e Saúde reprodutiva.
 
Educaosexual 110404184710-phpapp02
Educaosexual 110404184710-phpapp02Educaosexual 110404184710-phpapp02
Educaosexual 110404184710-phpapp02
 
SOCIOLOGIA SEXUALIDADE
SOCIOLOGIA SEXUALIDADESOCIOLOGIA SEXUALIDADE
SOCIOLOGIA SEXUALIDADE
 
0 of.pedagogica-pmec diversidade-sexual-03.5.11
0   of.pedagogica-pmec diversidade-sexual-03.5.110   of.pedagogica-pmec diversidade-sexual-03.5.11
0 of.pedagogica-pmec diversidade-sexual-03.5.11
 
ConsideraçõEs Sobre A Sexualidade Do Autista Com A
ConsideraçõEs Sobre A Sexualidade Do Autista Com AConsideraçõEs Sobre A Sexualidade Do Autista Com A
ConsideraçõEs Sobre A Sexualidade Do Autista Com A
 
A sexualidade do casal
A sexualidade do casalA sexualidade do casal
A sexualidade do casal
 
Disfunções Sexuais e Parafilias - uma abordagem psicanalítica
Disfunções Sexuais e Parafilias - uma abordagem psicanalíticaDisfunções Sexuais e Parafilias - uma abordagem psicanalítica
Disfunções Sexuais e Parafilias - uma abordagem psicanalítica
 
Parafilia - Fetichismo travestido
Parafilia - Fetichismo travestidoParafilia - Fetichismo travestido
Parafilia - Fetichismo travestido
 

Mais de Tharas On Line

O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E  OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E  OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...Tharas On Line
 
O ASSÉDIO SEXUAL E A REVISTA ÍNTIMA NO AMBIENTE DE TRABALHO
O ASSÉDIO SEXUAL E A REVISTA ÍNTIMA NO AMBIENTE DE TRABALHOO ASSÉDIO SEXUAL E A REVISTA ÍNTIMA NO AMBIENTE DE TRABALHO
O ASSÉDIO SEXUAL E A REVISTA ÍNTIMA NO AMBIENTE DE TRABALHOTharas On Line
 
Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos
Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodosDireitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos
Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodosTharas On Line
 
Nen so de sexo viviam os libertinos
Nen so de sexo viviam os libertinosNen so de sexo viviam os libertinos
Nen so de sexo viviam os libertinosTharas On Line
 
Guia de segurança On line
Guia de segurança On lineGuia de segurança On line
Guia de segurança On lineTharas On Line
 
Adukterioa - A Traição, A Infidelidade, O Adultério e Os Relacionamentos Ext...
Adukterioa - A Traição, A Infidelidade, O Adultério e Os  Relacionamentos Ext...Adukterioa - A Traição, A Infidelidade, O Adultério e Os  Relacionamentos Ext...
Adukterioa - A Traição, A Infidelidade, O Adultério e Os Relacionamentos Ext...Tharas On Line
 
Relações Homoafetivas: uniões de afeto Gabriel
Relações Homoafetivas: uniões de afeto   GabrielRelações Homoafetivas: uniões de afeto   Gabriel
Relações Homoafetivas: uniões de afeto GabrielTharas On Line
 
amizades virtuais, paixões reais
amizades virtuais, paixões reaisamizades virtuais, paixões reais
amizades virtuais, paixões reaisTharas On Line
 
A BUSCA DA EXCITAÇÃO NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA
A BUSCA DA EXCITAÇÃO  NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA A BUSCA DA EXCITAÇÃO  NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA
A BUSCA DA EXCITAÇÃO NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA Tharas On Line
 
Comunica gironaartigo2 (1)
Comunica gironaartigo2 (1)Comunica gironaartigo2 (1)
Comunica gironaartigo2 (1)Tharas On Line
 
16 -liberdade_sexual_e_direitos_humanos
16  -liberdade_sexual_e_direitos_humanos16  -liberdade_sexual_e_direitos_humanos
16 -liberdade_sexual_e_direitos_humanosTharas On Line
 
1277471255 arquivo aimagemdamulhernamidia-definitivo (1)
1277471255 arquivo aimagemdamulhernamidia-definitivo (1)1277471255 arquivo aimagemdamulhernamidia-definitivo (1)
1277471255 arquivo aimagemdamulhernamidia-definitivo (1)Tharas On Line
 
265 gerenciamento do estresse ocupacional uma nova abordagem
265 gerenciamento do estresse ocupacional uma nova abordagem265 gerenciamento do estresse ocupacional uma nova abordagem
265 gerenciamento do estresse ocupacional uma nova abordagemTharas On Line
 

Mais de Tharas On Line (18)

O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E  OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E  OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
 
O ASSÉDIO SEXUAL E A REVISTA ÍNTIMA NO AMBIENTE DE TRABALHO
O ASSÉDIO SEXUAL E A REVISTA ÍNTIMA NO AMBIENTE DE TRABALHOO ASSÉDIO SEXUAL E A REVISTA ÍNTIMA NO AMBIENTE DE TRABALHO
O ASSÉDIO SEXUAL E A REVISTA ÍNTIMA NO AMBIENTE DE TRABALHO
 
Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos
Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodosDireitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos
Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos
 
Nen so de sexo viviam os libertinos
Nen so de sexo viviam os libertinosNen so de sexo viviam os libertinos
Nen so de sexo viviam os libertinos
 
Guia de segurança On line
Guia de segurança On lineGuia de segurança On line
Guia de segurança On line
 
Adukterioa - A Traição, A Infidelidade, O Adultério e Os Relacionamentos Ext...
Adukterioa - A Traição, A Infidelidade, O Adultério e Os  Relacionamentos Ext...Adukterioa - A Traição, A Infidelidade, O Adultério e Os  Relacionamentos Ext...
Adukterioa - A Traição, A Infidelidade, O Adultério e Os Relacionamentos Ext...
 
Relações Homoafetivas: uniões de afeto Gabriel
Relações Homoafetivas: uniões de afeto   GabrielRelações Homoafetivas: uniões de afeto   Gabriel
Relações Homoafetivas: uniões de afeto Gabriel
 
0203 meiry
0203   meiry0203   meiry
0203 meiry
 
amizades virtuais, paixões reais
amizades virtuais, paixões reaisamizades virtuais, paixões reais
amizades virtuais, paixões reais
 
EQUILÍBRIO SEXUAL
EQUILÍBRIO SEXUALEQUILÍBRIO SEXUAL
EQUILÍBRIO SEXUAL
 
A BUSCA DA EXCITAÇÃO NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA
A BUSCA DA EXCITAÇÃO  NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA A BUSCA DA EXCITAÇÃO  NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA
A BUSCA DA EXCITAÇÃO NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA
 
Comunica gironaartigo2 (1)
Comunica gironaartigo2 (1)Comunica gironaartigo2 (1)
Comunica gironaartigo2 (1)
 
16 -liberdade_sexual_e_direitos_humanos
16  -liberdade_sexual_e_direitos_humanos16  -liberdade_sexual_e_direitos_humanos
16 -liberdade_sexual_e_direitos_humanos
 
1277471255 arquivo aimagemdamulhernamidia-definitivo (1)
1277471255 arquivo aimagemdamulhernamidia-definitivo (1)1277471255 arquivo aimagemdamulhernamidia-definitivo (1)
1277471255 arquivo aimagemdamulhernamidia-definitivo (1)
 
445 4
445 4445 4
445 4
 
Conquistas
ConquistasConquistas
Conquistas
 
265 gerenciamento do estresse ocupacional uma nova abordagem
265 gerenciamento do estresse ocupacional uma nova abordagem265 gerenciamento do estresse ocupacional uma nova abordagem
265 gerenciamento do estresse ocupacional uma nova abordagem
 
Prostituicao
ProstituicaoProstituicao
Prostituicao
 

Último

Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 

Último (20)

Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 

Abstinência sexual e saúde

  • 1. Ficar em abstinência sexual faz mal à saúde São José do Rio Preto, 9 de Agosto de 2009 Cecília Dionizio Embora muito se fale sobre sexo, de fato, nem sempre se pratica o mesmo com a frequência com que é decantado em verso, prosa e nas melodias românticas. É isto mesmo, tem mais gente falando de sexo do que praticando-o. Hoje não apenas os seminaristas, padres e outros categorias que optam pela abstinência sexual espontânea são privados dos prazeres da carne. Há um sem número de homens e mulheres que passam por verdadeiras privações quando o assunto é encontrar um parceiro sexual. De acordo com a sabedoria popular, a ausência de uma rotina sexual pode levar as pessoas a se tornarem ranzinzas, mal-humoradas e outros adjetivos nem sempre carinhosos. Para a psicóloga Mara Lúcia Madureira, especializada na linha cognitivo- Orlandeli/Editoria de Arte comportamental, em Rio Preto, a explicação para isto está no fato de algumas pessoas que já sofrem com transtornos de humor e por isto apresentam alterações no desejo e nas respostas sexuais. “Daí as crenças e suposições populares de que falta de sexo provoca alterações do humor, quando na verdade ambos os sintomas podem aparecer simultaneamente como parte de um quadro patológico”, afirma. Na prática, ao ter orgasmo a pessoa libera endorfina e uma série de substâncias dentre elas a serotonina - neurotransmissor que desempenha um papel importante na regulação do humor, no apetite sexual e alimentar, função motora, no ciclo sono-vigília e percepção da dor -, que resultam numa melhor disposição da pessoa em questão. Por outro lado, é visível o desconforto que sentem as pessoas que não mantêm uma vida sexual ativa. É como mostra o psicólogo Thiago Almeida, do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP), em seu artigo “Envelhecimento, amor e sexualidade: utopia ou realidade?”, publicado pela Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, em que observa haver “inúmeros exemplos que podemos citar, do modo como o contexto histórico-social valida ou discrimina determinadas práticas, ao verificar o que significa a expressão “viúva alegre”. Muitas vezes as mulheres passam anos sob o jugo de um marido completamente intransigente e quando este é subtraído da vida, estas passam a conhecer a vida por um novo prisma, otimizando e usufruindo situações para as quais não tiveram oportunidade antes,– por exemplo, com um novo parceiro que escolheram. Embora alguns critiquem essas pessoas, elas nos mostram que a sexualidade faz parte da vida dos seres humanos e está presente em todas as fases do desenvolvimento do homem. Vai desde o nascimento até a morte. A função sexual continua por toda a vida, mesmo na Terceira Idade”, afirma. No entanto, a psicóloga Mara Lúcia observa que a ausência ou não de sexo não deve afetar o comportamento das pessoas. E quando isto ocorre, ela explica que as pessoas já portam alguns déficits cognitivos e comportamentais. “Isto sim pode prejudicar a qualidade das relações interpessoais das atividades sexuais”, diz. Transtornos Não por acaso, explica a psicóloga, algumas pessoas portadoras de transtornos psiquiátricos, como o bipolar, por exemplo, têm sua libido afetada. “No curso do transtorno bipolar pode ocorrer diminuição ou inibição do desejo sexual durante um episódio depressivo e aumento exacerbado da libido na fase maníaca (euforia). O desenvolvimento da doença está relacionado a fatores
  • 2. neurobiológicos e psicossociais, e as anormalidades dos sistemas de neurotransmissores podem favorecer o surgimento de diversos sintomas como oscilações do humor, alterações do pensamento e comportamentos, sintomas psicóticos, entre outros”, afirma. Ficar longo tempo sem sexo pode não implicar nada, a não ser em escolha pessoal. Contudo quando isto afeta as relações e o próprio humor é preciso recorrer à ajuda terapêutica. Segundo a psicóloga rio-pretense, quando existe desejo sexual intenso e carência de parceiro para satisfazê-lo, deve-se considerar que já existe um problema instalado na situação. “O mesmo pode referir-se, por exemplo, a crenças religiosas e pecado, timidez ou inibição para iniciar um relacionamento, medo da exposição ou de rejeição, dificuldade para estabelecer vínculos afetivos e por aí vai. Buscar ajuda é a única forma de reverter isto”, diz. Quem vive esta situação é o mecânico M.D.R., 31 anos, ele diz que é tão tímido que só consegue se aproximar de uma mulher após beber muito. “Como estou sempre ruim, se tento falar em sexo, elas se afastam. E quando consigo ficar com alguém, acabo nem me lembrando direito depois”, confessa. Mara Lúcia observa que muitas pessoas têm dificuldade para reconhecer e admitir os próprios problemas, mas conseguem superá-los com incentivos adequados de amigos compreensivos. Outras, mais resistentes, devem procurar ajuda psicoterápica para modificar seus padrões rígidos de pensamentos e criar um novo repertório de habilidades para viver com mais satisfação. Masturbação A masturbação, alternativa muito utilizada pelos homens, é, em muitos casos, ignorada pelas mulheres. E segundo a psicóloga, isto ainda é resquício de influência cultural e modelos familiares que repreendem este comportamento nas mulheres e o encoraja nos homens. “Ainda há um predomínio social de (pré)conceitos que admitem a diversidade de parceiras para homens sem a necessidade de vínculos e sem prejuízo moral, enquanto para a mulher o sexo sem compromisso, com a finalidade exclusiva de satisfazer necessidades fisiológicas é visto de forma pejorativa.”, finaliza. Alguns efeitos da abstinência sexual: :: Homens – a privação sexual por até três dias provoca aumento do sêmen e a potência do espermatozoide. A partir do terceiro dia começa o declínio e pode se inverter entre o 7º e o 10º dia. :: Mulheres – a privação sexual por longo período pode provocar ressecamento e perda da elasticidade dos tecidos e fechamento do canal vaginal, causando dor e sangramento quando ocorrer o ato. Depoimentos: >> “Em outras épocas, cheguei a ficar um ano e meio sem sexo, mas hoje tenho muito mais dificuldades nesse sentido. Com dois meses de abstinência já sinto muita falta. E fico até meio destreinada. Meu último parceiro me perguntou há quanto tempo eu não transava devido a minha atrapalhação. Hoje, abstinência sexual me dá dores musculares, de cabeça, tipo enxaquecas e sinusites, e encanações psicológicas ridículas. Ficar sem sexo é complicado, principalmente sem sexo de qualidade. Não é transar por transar, é transar e ter um orgasmo bom. De preferência, ótimo. Aquele que deixa o corpo relaxado, onde realmente acontece uma descarga. Não estou falando necessariamente de sexo com amor, é sexo com intimidade e sintonia. Na falta disso, de vez em quando a gente mesmo se ajeita como pode. Mas é claro que não é a mesma coisa. Masturbação não tem toque, beijo, cheiro, carinho e aconchego. Quando estou com a vida sexual ativa, em paz, em
  • 3. um relacionamento legal, tudo funciona melhor: a cabeça, a pele, o cabelo e a vitalidade orgânica como um todo. Em compensação, quando não estou comum companheiro ou comum homem que eu não consiga ter um relacionamento sexual pelo menos satisfatório, por melhor que as coisas estejam, o corpo sente. Acho que Freud, Reich e toda a psicologia estão certos. Não dá para ignorar nosso lado instintivo. Sexualidade faz parte da vida e tem de ser, de alguma forma, praticada” M.T.S, 40 anos, empresária ___________________________________________________________________________ >> “Há exatos 22 anos, estou sem sexo. Por sinal a idade de minha única filha. O nascimento dela marcou o encerramento da minha vida sexual. Hoje, nem sei se consigo mais manter uma relação sexual. Devo ter voltado a ser virgem. E como não tenho mais qualquer lubrificação, só em pensar sofro com receio de sentir dor. Mas não penso mais sobre isto. Houve tempo em que acordava de madrugada morrendo de desejo, mas aos poucos foi passando eme acomodei. Sinto muita vergonha de me aproximar de um homem e dizer a ele que faz todo este tempo. Com isto, me sinto completa com a maternidade, que de alguma maneira, substituiu com êxito minha vida sexual” S.G.S., 57 anos, aposentada ___________________________________________________________________________ >> Já perdi as contas dos anos que não faço sexo. Mas nem por isto, desisti. Acredito que a qualquer momento o homem que me devolverá o prazer vai aparecer. W.H.G., 50 anos, profa. Ficar em abstinência sexual faz mal à saúde – Diário Web http://www.diarioweb.com.br/noticias/corpo_noticia.asp?IdCategoria=4&IdNoticia=124482