Design thinking (mobilidade e pertencimento)

260 visualizações

Publicada em

Projeto acadêmico de Design Thinking com o objetivo de imaginar um serviço sistemático para um futuro próximo que une mobilidade e pertencimento.

Publicada em: Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Design thinking (mobilidade e pertencimento)

  1. 1. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING IED-Instituto Europeo di Design MASTER Design.estratégico AGO_2013 Thamise de Falco Baptista pertencimento
  2. 2. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING pertencimento
  3. 3. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING pertencimento
  4. 4. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING pertencimento
  5. 5. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING pertencimento
  6. 6. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING pertencimento cenários possíveis o postal como agentesistema simples um único cartão pertence a várias pessoas desconhecidas, em momentos diferentes. mobilidade acesso pertencimento individual/coletivo
  7. 7. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING pertencimento cenários possíveis o postal como agentesistema simples um único cartão pertence a várias pessoas desconhecidas, em momentos diferentes. mobilidade acesso pertencimento individual/coletivo como funciona? um endereço aleátorio recebe o cartão o novo usuário cadastra seu email e o número do cartão pelo site o cadastro libera o acesso para diversos espaços culturais parceiros, na cidade. o cadastro tem um tempo limite de um mês. e deverá ser deixado em algum espaço cultural parceiro. o estabelecimento renova o cartão e passa para algum frequentador do espaço. através do site, usuários antigos conseguem ver um mapa da sua trajetória com o cartão. além de comparar com os trajetos atuais. o site também se torna uma rede de troca de informações culturais e um espaço aberto de contato entre estabelecimentos e frequentadores. cada vez mais usuários e estabelecimentos interessados. usuários antigos esperam a sorte de receber o cartão de novo.
  8. 8. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING pertencimento cenários possíveis branded supply tripssistema complexo mobilidade transporte/veículo pertencimento marcas/expansão de pontos de contato sistemas de transporte coletivo fornecidos por estabelecimentos comerciais para consumidores em supply trips.
  9. 9. mobilidade - em 2016o que você pode contar DESIGN THINKING pertencimento cenários possíveis branded supply tripssistema complexo mobilidade transporte/veículo pertencimento marcas/expansão de pontos de contato sistemas de transporte coletivo fornecidos por estabelecimentos comerciais para consumidores em supply trips. empresas fornecem uma rota de transporte para o público das marcas. o site centraliza funcionalidades como mapas de trajeto, horários etc.. e o consumidor pode buscar por serviço ou por marca. cada marca tem sua página, personalizada com fotos dos veículo, perfil de motoristas, e liguagem da marca. cada estabelecimento escolhe o modelo e quantidade da frota, se tornando mais um ponto de contato com o consumidor.o transporte de consumo entra dentro da experiência de compra. o código da página de cada marca é disponibilizado para que os estabelecimentos incorporem a página do sistema dentro de seu próprio site. menos pessoas utilizando carros individuais e mais utilizando veículos coletivos. SHOPPING VILLA LOBOS EXTRA/CARREFOUR LEROY MERLIN COBASI PÃO DE AÇUCAR ST.MARCHE porque as pessoas precisam possuir um carro? autonomia/ transporte de consumo/ viagens como funciona?

×