Lei de diretrizes e bases da educação nacional

335 visualizações

Publicada em

LDBEN 9394/96

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
335
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lei de diretrizes e bases da educação nacional

  1. 1. Lei de Diretrizese Bases da Educação Nacional (LDBEN 9394/96) A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional é a legislação que regulamenta o sistema educacional do Brasil, da educação básica ao ensino superior
  2. 2. Responsabilidades A matrícula de todas as crianças na escola a partir dos 4 anos tornou-se obrigatória em 2009 por meio de uma emenda constitucional. É dever dos pais matricular seus filhos a partir dos 4 anos e obrigação das redes de ensino garantir a vaga para todos as crianças a partir da mesma idade. A Educação infantil (Creche e pré-escola) é de responsabilidade dos Municípios.
  3. 3. Art. 29. “A educação infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança de até 5 anos, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade.” A EducaçãoInfantilna LDB
  4. 4. Art. 30. A educação infantil será oferecida em: I – Creches, ou entidades equivalentes, para crianças de até três anos de idade; II – Pré-escolas, para as crianças de quatro a cinco anos de idade.
  5. 5. Art. 31. A educação infantil será organizada de acordo com as seguintes regras comuns: I – avaliação mediante acompanhamento e registro do desenvolvimento das crianças, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao ensino fundamental; II – carga horária mínima anual de 800 horas, distribuída por um mínimo de 200 dias de trabalho educacional; III – atendimento à criança de, no mínimo, 4 horas diárias para o turno parcial e de 7 horas para a jornada integral; IV – controle de frequência pela instituição de educação pré-escolar, exigida a frequência mínima de 60% do total de horas; V – expedição de documentação que permita atestar os processos de desenvolvimento e aprendizagem da criança.

×