Atividades do filme

11.385 visualizações

Publicada em

rdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdfdf

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.385
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
123
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividades do filme

  1. 1. Atividades do filme: Correntes do BemSociologia/FilosofiaResponda:1. As mazelas da sociedade.E a pobreza, o vicio, o desprezo da sociedade, a luta dos povos oprimidos e subjugados que são responsáveispor produzir a riqueza deste País, mas que não usufruem do que eles mesmos produzem. Trevor foi umacriança que o tempo todo quis ajudar a mãe a se socializar e deixar de permanecer nas mazelas dasociedade.2. O caminho de trevor ao ir embora.Trevor desde inicio foi um menino diferente, pois entendia bem o que as pessoas lhe falavam, mas nãocompreendia o tamanho do seu sofrimento. Passou pela vida sendo tão perturbado desde sua infância, jánasceu em um berço de brigas, contendas, sem amor de sua vo. Podemos ate pensar em miséria e fome,cresceu em um mundinho sem apoio familiar, estudando em escola de periferia e tendo de ir e voltar só,sem apoio e cuidado da mais, seu pai era ausente, viciado e presidiário , quando voltava para casa era só prabeber e bater em sua mãe , isso fazia o sofre muito, cresceu só, viveu só e em uma busca constante deajudar a mãe se restabelecer como mãe, mulher valorosa e amiga, ate vela feliz. Queria fazê-la feliz em todotempo, em todas as áreas. Ela não percebia isso claramente só trabalhava, não dava carinho e atenção queTrevor queria dela. Tudo a que ele queria ele fazia para os outros como que gostaria que fizesse a ele “eleconseguiu mais partiu...”3. A violência e suas caras.Violência: violenta em todas as áreasCaras: de apu, de sofrimento e de depressãoViolência familiar, fraternal, moral, física, psica, emocional, frieza conjugal dos pais, foi violentado desdeventre, pois os pais não o respeitavam bebendo , fumando e se drogando “durante a gravidez e depois” isso e umcrime e um assassinato, desprezado pela sociedade egoísta e egocêntrica, só sabe olhar para si e suas necessidades.4. O tipo de escola que Trevor estudavaPara mim era escola publica que ficava um pouco distante de sua casa, onde ele corria o risco para ir e voltarsozinho de bicicleta passando por ruas desertas e avenidas movimentadas, sua mãe sempre ausente nuncapodia estar com ele5. A mãe e o garotoMãe, mulher perturbada para mim isso já vem desde a adolescência pode se disser:-Sem moral, sem apoio, sem família, condições nenhuma de ter um filho, se entregando aos vícios e a umhomem que não lhe merecia, nada melhor do que a bagagem que vinha carregando durante anos para explicarseu jeito. Vai ai características dela:Pertubanda inconstanteDesiquilibradaCansada de sofrer (mesmice)Emocionalmente abaladaSem apoio familiarViciada em bebidas e cigarrosSem profissão, estudos e se envolveu com um homem até um pouco pior do que ela. Ai veio trevorsofrer, não tendo maturidade e juízo, e nem tão pouco amor a si e ao seu filho e a todos a sua volta. Nãolutava para mudar a sua situação.
  2. 2. 6. As atividades de trevor.Acordava às vezes e ia pra escola sem café da manha, voltava organizava a casa do seu jeito assistia TV,presso em seu quarto, esperando sua mãe, ate adormecer sem ela. Fazia as tarefas da escola, arrumava suaalimentação no horário que lhe dessa fome. E no meio da madrugada acordava com sua mãe procurandobebidas para esquecer dos problemas. Onde ela chorava e bebia isso fazia trevor sofrer mis ainda.7. Desestrutura familiar.Sem pai, mãe e avo presente. Não tinha acompanhamento deles, sem parentesco, conviviam com a solidão,dificuldades sociais, financeira e familiar. Com problemas antes dele nascer, sem base e estrutura.8. Preconceito.1° trabalho sua mãe não tinha um trabalho que fazia Trevor feliz e se orgulhar dela, dando estabilidade aeles2° ser uma criança solitária sem amizades presa o tempo todo em casa apos a escola3° o pai ausente viciado não gostava de trabalhar4° a vo que não podia ver o neto era mendiga suja e viciada5° o professor durão marcado visivelmente pela violência familiar não sorria nem para seus alunosA sociedade em si descarta deleta desconsidera família assim.9. A Fe em se e nos outros.Era um garoto de Fe, pois via na sua mãe ideal dos seus sonhos, via nela tudo o que ele esperava dela.Quando conheceu sua professora que o motivou mais ainda com mensagens. Acho que encontrou umamigo, companheiro, esposo, para sua mãe, um pai presente. Assim Trevor com sua Fe crença ajudou ummendigo, viu se dano uma nova chance de vida para ele. Tornando – a mais sociável um dando a Mao paraoutro , tornando uma corrente do bem.10.Comente as seguintes frases:a. E só generosidade entre entranho: As pessoas que não nos conhece cuidam e nos ajuda noscompreende mais do que os de casa. Trevor queria ajudar a todos, tornando o mundo dos seussonhos. O mendigo ajudado por Trevor agora ajuda uma jovem a não se suicidar, a mãe dele ajuda oprofessor a superar seu trauma, vergonha, medo, sua vo se ajuda rompendo as barreiras, tornando aconvivência com eles melhor e aconselhando aquele jornalistab. Há um mundo La fora e mesmo que não queiram enfrentá-lo vocês vão senti-lo como umaTapa na cara. Então e melhor pensar no que Le significa para vocês agora.Mesmo sem saber, sem experimentar, temos que passar pelo mundo, pelas pessoas, situações quenão conhecemos, onde poderemos nos dar bem ou mal. Há momentos que no nosso caminhopassam pessoas que deixam marcas boas ou ruins ou só alegrias, experiências agradáveis ou não ,nos cospe , bate na cara , critica , culpa-nos justamente ou injustamente, sem ao menos nosconhecer ou saber da verdade. Nunca estamos prontos, pois o mundo sempre e uma aprendizageme uma busca constante de mudanças. Então foi onde a mãe de Trevor decidiu mudar abrir os olhossaindo da inércia “seu marido” ignorante no aceitando a decisão lhe deu um tapa na cara, nãoquerendo ficar só na sua vida miserável perdendo sua companheira de sofrimento. Essa tapa erapara impedir que ela acordasse para uma nova vida, nova jornada, uma vida em uma sociedadedigna, ele pensava que ela não iria conseguir, não era capaz, era fraca demais , que para ele elavenceu , rompeu e conseguiu e continuou a fazer com que a corrente do bem se estendesse emNovos horizontes.c. O que e um “pensador global”.Uma pessoa que tem a visão de um mundo melhor espera-ve-lo e quer e pensa em uma sociedade,mas digna, humana, generosa, ajudadora, consciente, alegre, justa e todos têm direitos e deveresiguais, lutam por seus ideais pensamentos, querendo o tempo todo ver acontecer, mas a semente elançada plantada o tempo todo o frutos às vezes não vem com a mesma intensidade vem aos
  3. 3. poucos. A corrente não fica grossa e grande de uma só vez e ao poucos que cresce, e se destaca.Vendo ai o fruto a recompensa do nosso trabalho que e continuo dia após dia.d. O que o mundo quer de nos.Ele quer que sejamos ponte ou ponto de apoio se não fomos não significamos nada , principalmentequando não podemos dar ou oferecer o que eles querer . Mas Trevor nos ensinou que a corrente dobem ela acontece quando fazemos somente a nossa parte , o que nos e devido .Sigamos em frente efaçamos bem , que é o certo .e. Somos livres?Não. Os ladrões ai fora fazendo arruaças e nos presos dentro das grades, muros, cercas elétricas e osinfratores ai soltos, desfrutando da nossa liberdade, depredando nossas praças, parques ruas. Entãono filme mostra-o preso por questões sociais e econômicas não dizendo o mesmo espaço, ambientee preso por preconceitos e conceitos que nos afastam das pessoas ate mesmo por medo de nãosermos bem aceitos por todosf. Eu gosto do mundo que vejo?Fazer o que? Tenho que vê-lo e convive-lo, como e ser diferente fazendo a minha parte a diferençatornando possível uma boa amizade e convivência, fazendo as pessoas em minha volta feliz, e serfeliz ao lado delas.

×