Tui na ocidente - lombalgia

1.222 visualizações

Publicada em

artigo sobre tratamento de lombalgia aguda e crônica com tui na - passo a passo

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Tui na ocidente - lombalgia

  1. 1. 5Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 6 . Nº 20 . 2008 Observação Clínica Introdução: Inicialmente chamada de An Mo, é uma das mais antigas técnicas terapêuticas da história da humanidade, detentora de um espólio de saber inesgotável, pretende ir mais além do simples âmbito físico, induzindo um desenvolvimento expansivo do potencial humano. A Tui Na pode manipular, graduar, regularizar a circulação de energia e sangue, podendo, assim, ajudar o homem a lutar contra eventuais efeitos nefastos do ambiente (fim profilático) e igualmente ultrapassar os danos patológicos manifestados (fim terapêutico). Com origem em diferentes fontes académicas, linhagens, provincianismo, desenvolveu-se gradualmente durante séculos em muitas escolas. Cada uma destas formou o seu próprio método, na base da sua própria origem histórica, região, orientação teórica, manipulações principais, exercícios e métodos de treino, estilo terapêutico e esfera adaptável. HojeemdiaépraticadaporterapeutasdeM.T.C.especializados em Tui Na, quer em hospitais, quer em clínicas, e leccionada nas maiores universidades de medicina da China. Presentemente, com grande florescimento na China e no ocidente, pois o intercâmbio académico nacional e internacional foi muito incrementado, o número e qualidade de monografias e teses escritas sobre Tui Na, nos últimos anos, alcançou recordes históricos. Segundo aquilo que tenho observado nos últimos cinco anos a importância reconhecida à Tui Na no Ocidente tem vindo a aumentar, em Portugal, deixou de ser um enigma e tornou- se numa técnica terapêutica manual bastante procurada por praticantes de massagem das mais variadas origens, pois representa uma contribuição muito apreciável ao arsenal terapêutico moderno. O mesmo não se pode dizer em relação aos utentes, pois ainda existe por parte destes um grande desconhecimento da Tui Na, mas sendo uma terapia segura, eficaz, sem risco e livre de efeitos secundários, será aceite, sem dúvida, dia após dia, pelas pessoas e contribuirá grandemente para a saúde e qualidade de vida de todos. Importância da Tui Na no Alívio da Lombalgia: É típico situar o papel terapêutico da Tui Na ao nível das afecções superficiais, com o objectivo principal de acelerar o trabalho da acupunctura aplicado pelo terapeuta, fazendo uma rápida distribuição de Qi e Sangue e combatendo a sua estagnação. Porém, um dos sectores preferenciais de intervenção do terapeuta de Tui Na, no quadro do tratamento global, é, sem dúvida alguma, o das afecções de evolução, sub aguda ou crónica. Quanto às perturbações de origem interna, temos a salientar a importância do contacto manual entre o terapeuta e o paciente, fazendo este último ficar cônscio da imagem do corpo em movimento. É de realçar também a importância do tempo passado pelo massagista com seu paciente, que permite reunir progressivamente, ao longo de todo o processo terapêutico, numerosos dados úteis para todos os intervenientes no processo assistencial. Tendo em conta o contexto anterior, pretende, este artigo, contribuir para a divulgação da importância da Tui Na no procedimento terapêutico em M.T.C., tomando, como exemplo, o alívio da sintomatologia na lombalgia. A lombalgia representa hoje em dia um problema de saúde frequente, com uma grande necessidade de cuidados terapêuticos e elevado custo social. Alguns estudos realizados recentemente, referem que a lombalgia é um problema de saúde frequente nos países desenvolvidos, afecta cerca de 60% a 80% dos indivíduos adultos em alguma fase da sua vida, sendo que 5% a 10% destes indivíduos sofrerão de lombalgia crónica. Tui Na no Ocidente Alívio da Lombalgia Aguda e Crónica Bruno Palma Clínicas Dr. Pedro Choy, Portugal (2007)
  2. 2. 6 Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 6 . Nº 20 . 2008 Observação Clínica Precisar os custos humanos e económicos da lombalgia para a sociedade não é tarefa fácil, pelas diversas variáveis envolvidas no desenvolvimento desta sintomatologia, e também porque os indivíduos que apresentam lombalgia leve ou moderada podem suportar a dor por vários anos sem procurar ajuda. Anos em que é difícil quantificar o sofrimento no trabalho, em casa e na sua vida, o número de dias de trabalho perdidos ou de baixa produção. Considerando todos estes aspectos, vale a pena não só tratar mas prevenir o seu aparecimento, com um procedimento terapêutico simples, seguro, eficaz, sem risco, livre de efeitos secundários e que está sempre à mão, no espaço e no tempo: Tui Na. Apresentam-se, a seguir, duas sequências gerais de Tui Na de fácil aplicação para o alívio da lombalgia aguda e crónica. 1-Sequência geral de Tui Na para lombalgia aguda: Nível de execução: fácil Tempo de Execução: 20 a 30 minutos Efeitos Fisiológicos Gerais: diminuição da tensão em repouso dos músculos, conservação da mobilidade e integridade articular, redução da dor, activação sensitiva, diminuição da sensação de ansiedade. Remoção da obstrução dos meridianos e colaterais, regulação da circulação do Qi e do Sangue. Dados complementares: lubrificação com fluido de massagem de aquecimento. 1.3 Técnica Tui Fa Manobra: Empurrar com o polegar Contacto polegar. Pressão suave Aplicação Dumai (VG) Obs. ascendente entre o Yaoyangguan (3VG) e o Dazhui (14VG) Ritmo 5 a 25 cm/s Duração 3 a 10 minutos Indicação estimular o mar das medulas, relaxar a coluna vertebral. 1.2 Técnica Ca Mo Fa Manobra: Fricção suave com a mão Contacto mão Pressão suave Aplicação costas Obs. ascendente, linear e circular. Ritmo 25 a 50 cm/s Duração 3 a 5 minutos Indicação ascendente, linear e circular. distribuir o fluido de aquecimento, sedar sistemicamente, diminuir a ansiedade, expulsar o vento e o frio, aquecer e desobstruir os canais, acalmar a dor. 1.1 Técnica: An Fa Manobra: Pressionar com as duas mãos Contacto mão Pressão suave Aplicação sobre o Shenhu (23V) Duração 1 a 3 minutos Indicação sedar, diminuir a ansiedade, dispersar, promovendo a circulação de qi e sangue, acalmar a dor.
  3. 3. 7Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 6 . Nº 20 . 2008 Observação Clínica 1.4 Técnica Tui Fa Manobra: Empurrar com a mão Contacto mão Pressão suave a média Aplicação costas Obs. ascendente, linear. Ritmo 5 a 25 cm/s Duração 3 a 10 minutos Indicação aquecer, desobstruir os canais, tonificar e relaxar a musculatura paravertebral, promover a circulação de qi e sangue, acalmar a dor. 1.5 Técnica Ca Mo Fa Manobra: Fricção com a polpa dos dedos Contacto polpa dos dedos. Pressão suave a profunda. Aplicação costas Obs. linear e circular. Ritmo 5 a 100 cm/s. Duração 3 a 10 minutos Indicação avaliar os tecidos moles, reduzir a tensão muscular em repouso, estimular a circulação do qi e do sangue. 1.6 Técnica Ca Fa Manobra: Fricção transversal unilateral Contacto mão. Pressão suave a média. Aplicação região lombar. Obs. no triângulo efectuado pelos pontos Shenhu (23V), Qihaishu (24V), Dachangshu (25 V) e o Daimai (26 VB). Ritmo 20 a 50 cm/s. Duração 3 a 10 minutos Indicação aquecer a região lombar, expulsar o vento e o frio. 1.7 Técnica Ca Fa Manobra: Fricção transversal bilateral Contacto mão. Pressão suave a média. Aplicação região lombar. Obs. entre os dois pontos Daimai (26 VB). Ritmo 20 a 100 cm/s. Duração 3 a 10 minutos Indicação aquecer a região lombar e expulsar o vento e o frio, estimular o aquecedor inferior.
  4. 4. 8 Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 6 . Nº 20 . 2008 Observação Clínica 1.9 Técnica Tui Fa Manobra: Separar com os polegares Contacto polegar. Pressão suave a média. Aplicação região lombar. Obs. coloque os dois polegares bilateralmente no Shenhu (23V) e os restantes dedos envolvem a cintura, então separe bilateralmente terminando o movimento quando o polegar tocar o Daimai (26 VB). Ritmo 5 a 25 cm/s. Duração 1 a 3 minutos Indicação dispersar e eliminar a estagnação, acalmar a dor aguda. 1.8 Técnica Tui Fa Manobra: Empurrar unilateralmente com oito dedos Contacto polpa dos dedos. Pressão suave a profunda. Aplicação região lombar. Obs. pôr quatro dedos de uma mão no Pishu (20V) e os quatro da outra mão no Weicang (50 V), empurrar fazendo uma pausa no Shenhu (23V), Zhishi (52V) terminando o movimento ao nível do Xiaochangshu (27V). Ritmo 5 a 25 cm/s. Duração 3 a 10 minutos Indicação aquecer a região lombar, estirar a musculatura, eliminar aderências, desfazer contracturas, acalmar a dor. 1.10 Técnica Tui Fa Manobra: Separar com as mãos Contacto polegar. Pressão suave a média. Aplicação região lombar. Obs. coloque as palmas das mãos bilateralmente no Mingmen (4VG), com o polegar em sentido cranial e os restantes dedos virados anteriormente, separe bilateralmente fazendo uma pausa no Shenhu (23V), terminando o movimento quando a eminência tenar tocar o Daimai (26 VB). Ritmo 1 a 25 cm/s. Duração 3 a 5 minutos Indicação dispersar e eliminar a estagnação, acalmar a dor aguda. 1.11 Técnica Zhen Fa Manobra: Pontear com 3º dedo Contacto extremidade do 3º dedo Pressão suave a profunda Aplicação jianjing (21VB), Shenhu (23V), Huantiao (30VB), Weizhong (40V) Ritmo O mais elevado possível, dependendo da observação a cada instante. Duração 30 s/ponto Indicação aliviar a lombalgia aguda.
  5. 5. 9Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 6 . Nº 20 . 2008 Observação Clínica 1.14 Técnica An Fa Manobra: Pressão com as mãos sobrepostas Contacto mãos. Pressão profunda. Aplicação sacro Obs. colocar a mão debaixo transversalmente sobre o sacro e a outra por cima da primeira, em posição caudal; pressionar, estirando em direcção caudal. Duração 30 s Indicação lombalgia, sacralgia, ciatalgia. 1.12 Técnica Tui Rou Fa Manobra: Empurrar e amarrotar com a mão Contacto mão. Pressão suave a profunda. Aplicação Zu Tai Yang (V). Obs. ascendente, unilateral, ao longo dos dois ramos do canal, do Xiaochangshu (27V) ao Dazhu (11V). Ritmo 1 a 5 cm/s. Duração 5 a 10 minutos Indicação movimentar os tecidos derivando o qi e o sangue para as zonas adjacentes, sedar, diminuir a ansiedade. 1.13 Técnica An Fa Manobra: Pressão mobilizante sobre o sacroilíaco Contacto mãos. Pressão profunda. Aplicação sacroilíaco. Obs. uma mão sobre o sacro em direcção caudal, a outra sobre o ilíaco em posição cranial, pressionar e estirar ligeiramente em sentidos opostos, executar a mesma manobra invertendo a posição das mãos. Duração 10 s Indicação lombalgia, sacralgia, ciatalgia.
  6. 6. 10 Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 6 . Nº 20 . 2008 Observação Clínica 2- Sequência geral de Tui Na para lombalgia crónica: Nível de execução: fácil Tempo de Execução: 20 a 30 minutos Efeitos Fisiológicos Gerais: Melhorar a circulação de sangue e qi em zonas de vazio, reforçar a capacidade de suporte dos músculos e ligamentos da região lombar, aumentar a mobilidade articular e manter a sua integridade, reduzir a dor, diminuir a sensação de ansiedade. Dados complementares: lubrificação com fluido de massagem. Conclusões: Apesar de não poder concluir sobre a eficácia destas duas sequências, por falta de dados que permitam fazer um estudo credível, posso dizer, com base na minha experiência pessoal de alguns anos a trabalhar com este tipo de sequência, que estas demonstraram sempre resultados muito interessantes. Outra vantagem destas duas sequências é a sua simplicidade de aplicação técnica e o facto de encaixarem perfeitamente na cultura ocidental e em todo o processo assistencial do paciente. As duas sequências supõem que o paciente chega ao terapeuta de Tui-Na já com uma terapêutica estabelecida, se isto não acontecer, deve o terapeuta encaminhar o paciente para um médico de M.T.C. Não nos podemos esquecer que uma lombalgia aguda mal tratada vai tornar-se crónica e, por isso, devemos, atempadamente, equacionar o problema, em toda a sua extensão. Um tratamento de lombalgia é muito complexo, preciso e minucioso: o terapeuta de TUI-NA irá necessitar de toda a sua arte, para além dos seus conhecimentos. Estas duas sequências foram estudadas para serem complementares a qualquer tipo de processo terapêutico, não tendo qualquer risco na sua intervenção. No entanto, deve-se respeitar um período de 24 a 48 horas entre a uma sessão de acupunctura ou de uma aplicação intramuscular de anti-inflamatórios e a aplicação de uma destas sequências. Para além disso, são aplicáveis todas as contra-indicações da massocinesioterapia. 2.2 Técnica Zhen Fa Manobra: Pontear com 3ºdedo Contacto extremidade do 3º dedo Pressão suave a profunda Aplicação Jianjing (21VB), Shenhu (23V), Yaoyangguan (3VG), Huantiao (30VB), Weizhong (40V), Kunlun (60V). Ritmo lento. Duração 30 s/ponto Indicação aliviar a lombalgia. 2.1 Técnica Repetir as manobras 1.1; 1.2; 1.3; 1.4; 1.5; 1.6; 1.7; 1.8 2.4 Técnica Repetir as manobras 1.13; 1.14 2.3 Técnica Tui Rou Fa Manobra: Empurrar e amarrotar com a mão Contacto mão. Pressão suave a profunda. Aplicação Zu Tai Yang (V). Obs. descendente, unilateral, ao longo dos dois ramos do canal, do Pishu (20V) ao Xiaochangshu (27V) Ritmo 1 a 5 cm/s. Duração 5 a 10 minutos Indicação movimentar os tecidos derivando o qi e o sangue para as zonas adjacentes, sedar, diminuir a ansiedade.
  7. 7. 11Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 6 . Nº 20 . 2008 Observação Clínica Hoje em dia acredito que em Portugal a Tui Na não vai ser apenas uma massagem que tem umas manobras e manipulações curiosas e espectaculares, que apenas servem para encher o ego de alguns terapeutas, mas será, decerto, uma metodologia de terapia manual respeitada, eficaz e com resultados clínicos comprovados por dados credíveis.■ Referências: ■ http://pt.wikipedia.org/wiki/Tui_na, consultado a 11/2007; ■ Aubry, Jocelyne e Chang Ho-Han, (2000), Do-in Chinês, a cura na ponta dos dedos, Lisboa, Pergaminho; ■ Centro Cochrane do Brasil, (2005), Acupunctura para Lumbalgia, São Paulo; ■ Choy, Dr. Pedro, (2000), Textos de Apoio, Pontos Curiosos, Pontos Novos, Massagem Energética Chinesa, Associação Portuguesa de Acupunctura e Disciplinas Associadas; ■ Direcção-Geral de Saúde (2003), A Dor como 5º sinal vital. Registo Sistemático da Intensidade da Dor in <http://www. myos.pt/downloads/circular5sinalvital.pdf>; ■ Fu, Wang (2004), Métodos Chinos De Masoterapia, República Popular China, Ediciones En Lenguas Extranjeras, Beijing; ■ Guoquan, Shen and Yan Juntao, (2003), Illustrations of Tuina Manipulations, Chinese-English Edition, Shanghai Scientific & Technical Publishers; ■ Xhardez, Yves, (2001), Vade-Mécum de Cinesioterapia, São Paulo, Andrei; ■ Xingjun, Qiu, (1991), Tratamento de la Diabetes com Masaje Terapêutico Chino y Acupunctura, Madri, Miraguano Ediciones; Mestre, Secretária & Biblioteca ▫ Diagnóstico ▫ Observação da língua ▫ Diagnóstico pelo pulso ▫ Pontos de Acupunctura . Descrição . Localização . Função . Indicações . Pronúncia em pinyin ▫ Pontos auriculares ▫ Meridianos ▫ Método para selecção de pontos ▫ Apresentação de propostas de tratamento ▫ Elaboração de fichas clínicas ▫ Estatística Tel.: 263 506 360/1 | Móvel: 969 848 917 | E-mail: info@tcm5seasons.com Estrada da Peteja, Ed. Lezíria, Lt. 7 – R/C | 2120 – 111 Salvaterra de Magos Novo software de Acupunctura. Indispensável para profissionais, exelente para alunos.

×