O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

16 newsletter dezembro 2008

218 visualizações

Publicada em

Publicada em: Governo e ONGs
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

16 newsletter dezembro 2008

  1. 1. Terra Roxa apresenta balanço de 2008 e metas para 2009 Sem perder o foco da aproximação com países emergentes, iniciada em 2008, a Agência de Desenvolvimento Terra Roxa Investimentos também tem como meta estreitar relações com a Itália em 2009. E a primeira comitiva de empresários italianos preparada especialmente para conhecer o Norte do Paraná deve desembarcar na região em abril de 2009. A recepção ao grupo de empresários italianos faz parte do planejamento da entidade para o próximo ano, apresentada na assembléia geral anual realizada no sábado, 29 de novembro, em Londrina. Outra comitiva prevista para estar no Norte do Paraná para rodadas de negócios em 2009 vem da Alemanha. A expectativa é que a atividade seja realizada já em fevereiro. Com estes encontros, cujas negociações estão em andamento, e outros ainda em estudo, a Terra Roxa pretende dar continuidade, ano que vem, ao trabalho de prospecções de novos negócios em áreas diversas, como a de couros, pigmentos e processamento de madeiras. Com a Itália, o foco são as indústrias alimentícias, moda, moveleira e metal-mecânica. “Essas indústrias, fortes na Itália, também são importantes para a nossa região e há grandes possibilidades de troca de informações e serviços”, analisou Fernando Kireeff, presidente da Terra Roxa.
  2. 2. Material de divulgação da região sai do forno Depois de mais de um ano em planejamento e execução, o Norte do Estado pode, enfim, contar com um material de apoio na divulgação das potencialidades da região. A publicação “Norte do Paraná, uma região surpreendente – Boas razões para investir aqui” foi lançada durante a assembléia geral da Terra Roxa. Editado em inglês e português, terá distribuição dirigida a escritórios de negócios de Embaixadas, empresas, consulados, câmaras de comércio e demais agentes de desenvolvimento no Brasil e exterior. Na publicação, são destacadas a infra-estrutura da região, grandes empresas instaladas aqui e também pessoas com trabalho internacionalmente reconhecidas e que têm suas origens no Norte do Estado, como a top model Michelle Alves e os atletas Natália Falavigna e Vanderlei Cordeiro de Lima. Centro de estudos dos BRIC Em 2009, a Terra Roxa continua o trabalho de apoio a definições e estruturação do Centro de Estudos dos países integrantes do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China). A discussão foi levada á Universidade Estadual de Londrina e muito bem recebida. No dia 21 de novembro, foi feita a primeira reunião para debater o assunto, reunindo diretores da Terra Roxa, e professores, diretores de centro e o reitor da UEL, Wilmar Marçal. A necessidade da criação do centro foi trazida à Terra Roxa por representantes da Índia, que estiveram em Londrina recentemente. Foram eles que propuseram que a região, que já tem uma organização em torno da Terra Roxa para divulgação e busca de investimentos, tenha também um centro que possa disponibilizar informações para os empresários em negociação com os países emergentes.
  3. 3. “A intenção é que a criação deste centro ajude-nos a compreender melhor as particularidades desses países, com os quais o comércio está crescendo muito. O Norte do Paraná pode se tornar uma referência com este centro de estudo”, considera Fernando Kireeff, presidente da TRI. Novas reuniões serão realizadas nos próximos meses para amadurecer e implementar a proposta. “A UEL está aberta para essa discussão, que é de grande interesse para nós”, disse o reitor. Balanço de atividades de 2008 foi positivo Veja a seguir o resumo das atividades desenvolvidas este ano Viagens internacionais Mesmo trabalhando, em sua grande maioria, com voluntários que acreditam na proposta da Terra Roxa de desenvolvimento regional, a entidade avançou bastante em suas metas este ano, avalia o presidente Fernando Kireeff. Aproveitando viagens particulares, membros da Terra Roxa representaram a entidade em contatos importantes no exterior. O vice- presidente Adrian Von Treuenfels fez contatos com empresários de Bremen; a responsável pela área internacional, Sandy Schöler, visitou uma Agência de Desenvolvimento do Norte da Alemanha; e Fernando Kireeff fez contatos em visitas à região da Emilia-Romagna (Itália), que culminou com a perspectiva de visita de uma comitiva à região em 2009. Recepção de visitas internacionais Este ano, a Terra Roxa recepcionou comitiva de empresários do norte da Alemanha, que esteve na região em fevereiro de 2008, com 33 pessoas para visitas a cooperativas e usinas da região; empresários neozelandeses com interesse em vestuário e alimentos; diretores do India Trade Promotion, que fizeram palestra na Acil e atenderam empresários; o presidente da Câmara Brasil-China, Paul Liu, que também se reuniu com empresários da região; diretores da indiana TATA Corporation, que estiveram na Sociedade Rural do Paraná, com interesse em investimentos em couros e móveis; diretores da Satyam, grande empresa indiana de TI, parceira da londrinense Lint; o presidente da Câmara de Comércio Ítalo-Brasileira e Presidente do COMITES (Comitê para os Italianos no Exterior), respectivamente, Roberto Colliva e Gianluca Cantoni.
  4. 4. Representação italiana na região Ainda este ano, a Terra Roxa firmou parceria para representar a Câmara de Comércio Ítalo- Brasileira do Paraná no Norte do Estado. O trabalho da Câmara na região ocorre por meio da parceria já estabelecida entre a Acil e a Terra Roxa na área de comércio exterior da associação. Esta parceira é mais um canal aberto para facilitar a troca de informações e de negócios entre o Norte do Paraná e o país europeu. Dia do Consultor continua em 2009 Atividade considerada bastante produtiva este ano, o Dia do Consultor tem prosseguimento garantido em 2009, conforme informou o presidente da Terra Roxa, Fernando Kireeff. Trata-se de uma ação iniciada este ano, com a finalidade de trazer para conhecer a região representantes de empresas que dispõem de dados para fornecer a empresários em busca de informações sobre boas oportunidades para expandir seus negócios. Estiveram na região este ano, Ilka von Borries, presidente do Centro Empresarial Europeu; e representantes do The Jai Group Rakesh Vaidyanathan e Felipe Bindo, além do cônsul geral da Índia no Brasil, Sivaraman Swaminathan. Outras conquistas e atividades realizadas - Certificação de Utilidade Pública Estadual: consolidando o trabalho de quatro anos, desde sua fundação, a Terra Roxa Investimentos foi declarada entidade de utilidade pública pela Assembléia Legislativa do Paraná, em agosto deste ano; - A Terra Roxa promoveu encontro de diretores do CODEM e do Fórum Desenvolve Londrina; - Firmada parceria com Maringá e Londrina Convention Bureau, derivando na proposta de apresentar a candidatura da região norte para sediar o Encontro Brasil-Alemanha, em 2011; - Foram realizadas reuniões ordinárias no decorrer do ano em Londrina, Maringá e Apucarana; - O trabalho da Terra Roxa foi apresentado em Tucuruí, no Pará, a convite de lideranças daquela região, que estão criando uma agência de desenvolvimento e têm as agências do Paraná como modelo. Troca de funções A partir do próximo ano, o cargo de diretor-executivo da Terra Roxa passa a ser ocupado por Alexandre Farina, funcionário da entidade desde sua criação. O atual diretor, Flávio Vicente, deixa a Terra Roxa para ocupar uma vaga no legislativo de Maringá, para a qual foi eleito em outubro.

×