O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

09 newsletter fevereiro 2008

215 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

09 newsletter fevereiro 2008

  1. 1. FEVEREIRO 2008 Terra Roxa recebe comitiva alemã Entre os dias 14 e 15 próximos, a Terra Roxa Desenvolvimento recebeu mais uma comitiva de empresários rurais da Alemanha. Eles chegaram ao Brasil dia 11 para uma série de compromissos por vários Estados do país. O foco de interesse do grupo foi a produção de cana-de-açucar e agroenergia.
  2. 2. No Paraná, atendendo a convite da Terra Roxa Desenvolvimento, a comitiva, composta por 33 empresários rurais, visitou a Usina Vale do Ivaí, em São Pedro do Ivaí. Além da unidade industrial, eles também conheceram as lavouras de cana-de-açucar da usina. Além de conversar com empresários, o grupo também ouviu uma palestra, proferida por Sandy Schöler, da área de contatos internacionais da Terra Roxa Desenvolvimento sobre o trabalho que realiza e os potenciais econômicos do Norte do Estado. Divulgando o Norte do Estado Fernando Kireeff, presidente da Terra Roxa, avalia a vinda dos empresários como altamente positiva, especialmente, por ser um caminho para divulgar o Norte do Paraná. “São empresários que multiplicam as informações que levam daqui”. Ano passado, também por intermédio da Terra Roxa, outro grupo de alemães esteve na região. Um dos integrantes da comitiva na época, Gerhard Ammon, retornou várias outras vezes e discute a instalação, na região, de uma empresa do ramo de mineralização de resíduos urbanos. O ano da atração de investimentos Chegar ao final de 2008 com atrações pró-ativas de atração de investimentos. Esta é a meta da Terra Roxa Desenvolvimento para este ano, traçada após uma ampla avaliação e conclusão de que a agência já está madura para dar este passo. “Fizemos um trabalho de base, informando empresários, instituições e população sobre o nosso trabalho e nossos objetivos. Já estamos prontos para avançar”, avalia o diretor executivo da agência Flávio Vicente. Abaixo, as principais ações planejadas para o ano: 1. Ação com empresas âncoras  Empresas com escala ou tecnologia diferenciada que justifique a reunião da cadeia através de empresas satélites. 2. Ação com Clusters  Atração de empresas do mesmo ramo ligadas a um segmento/cadeia representativo da região. 3. Ação através das vocações regionais
  3. 3.  Busca de empresas que podem se beneficiar das vantagens competitivas intrínsecas da região. 4. Ação de Busca de Oportunidades  Atenção a informações sobre empresas em expansão.  Missão de Prospecção interna  Missão de Prospecção externa 5. CIN (Centro Internacional de Negócio)  Estreitar os laços com o CIN sendo a referência regional de informações para missões estrangeiras, buscando uma parceria para representar regionalmente o Centro. 6. Publicação NORTHERN PARANA - 1OO Reasons to invest here  Contactar potenciais parceiros para lançamento em Junho de 2008. 7. Projeto de resíduos urbanos em Apucarana  Acompanhamento e aprofundamento das ações e parceiras. 8. Ampliar a receita financeira da TRI.  Busca de novos associados entre prefeituras, entidades e empresas privadas.  Criação de projetos e prestação de serviços que gerem receita para a TRI. Diretores estabelecem prioridades Além das ações citadas acima, outras 14 foram listadas como complementares, e que darão suporte às ações prioritárias. Também foram estabelecidas as prioridades para o ano. Abordar as empresas consideradas âncoras na região é uma iniciativa que já começa a sair do papel. A intenção, informa o presidente da Terra Roxa, Fernando Kireeff, é mostrar aos empresários destas grandes empresas que a agência pode ser sua aliada e juntas, podem favorecer o desenvolvimento de toda a região. Kireeff lembra que ao tomar conhecimento das necessidades de mão-de-obra e serviços terceirizados destas empresas âncoras, é possível agir para atrair á região empresas ligadas aos segmentos abordados. Ele destaca que a meta do ano é tornar as ações da Terra Roxa mais concretas.

×