O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

02 newsletter abril 2007

179 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

02 newsletter abril 2007

  1. 1. Norte do Paraná é destaque na Alemanha Deu bons frutos a visita da comitiva de empresários alemães ao Norte do Paraná no final de março. Além dos contatos feitos, uma ampla matéria sobre o trabalho da Terra Roxa Investimentos e uma entrevista com o presidente Adrian von Treuenfels foram publicadas num dos mais importantes jornais de agronegócios daquele país: Agrarzeitung Ernährungsdienst. Publicada com o título “Nós somos a Suíça Brasileira”, a entrevista de Adrian destacou a infra-estrutura e os potenciais econômicos da região, enfatizando as boas oportunidades para o agronegócio. “Essa publicação, para nós, significa um passo importante na divulgação da nossa região. O Norte do Paraná, agora, está mais conhecido na Alemanha e isso pode nos facilitar futuros contatos”, avalia Adrian. Cianorte conhece o trabalho da TRI A Associação Comercial e Industrial e a Prefeitura de Cianorte conheceram o trabalho da Terra Roxa Investimentos e o projeto – já em execução – da criação de um Banco de Dados completo da região Norte, em reunião realizada no último dia18. O trabalho foi apresentado pelo presidente da TRI, Adrian von Treuenfels, e pelo diretor-executivo da entidade, Flávio Vicente. Com a visita a Cianorte, a Terra Roxa também coloca em prática a meta de englobar em suas ações cidades da região Noroeste do Estado. Líder das ADRs A TRI acaba de se consolidar como líder das Agências de Desenvolvimento (ADRs) no Estado. A entidade foi escolhida como coordenadora da recém-criada rede de ADRs, que reúne as 12 entidades estruturadas no Paraná. A escolha da TRI como coordenadora da rede se deu em encontro realizado em Curitiba, este mês. O diretor-executivo da TRI, Flávio Vicente, destaca que o trabalho da rede começa com três grandes metas: a elaboração de um termo de cooperação entre as ADRs; a organização de eventos para divulgação, no Estado e em Brasília, dos trabalhos da agências; e impressão de material gráfico conjunto para divulgação das ADRs.
  2. 2. Trem de passageiros Foi bastante positiva a reunião da TRI com o secretário Estadual de Transportes, Rogério Walbach Tizzot,, também realizada no começo de abril, em Curitiba. O assunto em pauta foi a viabilização do retorno do trem de passageiros no trecho que liga Paiçandu a Ibiporã. O secretário se comprometeu a levar o assunto a uma reunião que teria com autoridades, em Brasília, ainda esta semana. Na conversa entre a TRI, juntamente com representantes da ACIL, ACIM, URBAMAR, CODEM, Prefeitura de Apucarana, CREA-PR e Tizzot foi discutida a possibilidade de se firmar um convênio com as Universidades Estaduais de Londrina e Maringá para a elaboração de um estudo de viabilidade técnica e financeira do projeto, como determina o Ministério dos Transportes, já que o trecho foi contemplado pelo Ministério com o Estudo de Viabilidade. Após isso, serão lançados os editais de concessão dos trechos que tenham a viabilidade confirmada. Ainda durante a viagem a Curitiba, Flávio Vicente manteve contatos com o presidente do CREA, Álvaro Cabrini, para começar a formatar parcerias entre as duas entidades.
  3. 3. Reunião em Maringá No próximo dia 8, será realizada reunião mensal da TRI em Maringá, no auditório da Acim. Na oportunidade, a TRI irá detalhar o trabalho que está sendo realizado para o formação de um amplo Banco de Dados sobre a região. A reunião será das 9 às 11 horas. A Terra Roxa conta com a presença de todos.

×