O mundo industrializado (recuperação 8ºano)

1.032 visualizações

Publicada em

Esquema síntese

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.032
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
651
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O mundo industrializado (recuperação 8ºano)

  1. 1. 1 SOCIEDADE ANÓNIMA - sociedade industrial elou comercial em que a parte do capital de cada um dos sócios (acionista) é representada por títulos (ações) negociados na Bolsa. CONCENTRAÇÃO VERTICAL- Integração numa mesma empresa, de todas as fases da produção, desde a obtenção da matéria-prima à produção e à venda do produto. CONCENTRAÇÃO HORIZONTAL - Associação de empresas que controlam uma das fases de produção, geralmente a ultima. CAPITALISMO FINANCEIRO - tipo de economia capitalista em que o grande comércio e a grande indústria estão associados ao poder dos bancos e de outras sociedades financeiras (ex. Bolsa) LIBERALISMO ECONÓMICO - Doutrina económica que surgiu na segunda metade do século XVIII, com Adam Smith e os fisiocratas e se difundiu no século XIX. Defendia a liberdade de iniciativa e de concorrência e a não intervenção do Estado na economia. O MUNDO INDUSTRIALIZADO NO SÉCULO XIX FASES DA INDUSTRIALIZAÇÃO ÁREAS DE EXPANSÃO Progresso na metalurgia 1ª – idade do vapor Hegemonia inglesa Progresso nos transportes 2ª - idade do caminho de ferro Alargamento a outros países europeus (França, Alemanha) Revolução no quotidiano 3ª – idade da eletricidade e do petróleo Alargamento a outros países extraeuropeus (Japão e EUA) Crescimento dos mercados nacionais Crescimento do mercado mundial Aumento da população/ migrações e crescimento urbano Provocou fortes contrastes e antagonismos sociais Proletariado Classes médias Grande burguesia Operários Pequenos e médios comerciant es e industriais, funcionário s públicos, profissões liberais Grandes empresário s e banqueiros Revolta e lutas sociais  Destruição de máquinas  Greves Novas ideias políticas  Doutrinas socialistas (destaque para o marxismo)  Partidos socialistas  Sindicatos LIBERALISMO ECONÓMICO Valorização da iniciativa individual e da livre concorrência (liberdade de produção e de circulação de produtos, sem existir intervenção do Estado). Lei da oferta e da procura CAPITALISMO INDUSTRIAL E FINANCEIRO:  Poderosas empresas (sociedades anónimas)  Concentrações empresariais (verticais e horizontais )  Intervenção da banca nas atividades económicas (capitalismo financeiro)
  2. 2. 2 Aparecimento de novas teorias e inventos científicos que tiveram um impacto importante na vida da humanidade. A industrialização demonstrou o papel da ciência e da técnica no progresso das sociedades Estilos Características Principais artistas Arquitetura do Ferro Ilustração 1- Construção da Torre Eifflel Novos materiais, como o ferro e o vidro, passaram a ser aplicados nas construções. - Estruturas metálicas sólidas; - Revestimentos a vidro - leveza dos edifícios; - Funções utilitárias. Gustave Eiffel Romantismo Ilustração 2- A Liberdade guiando o povo (1830), Delacroix Movimento literário e artístico surgido no início do século XIX: › defende a liberdade de criação do artista; › exalta o sonho e a fantasia; › Representação das forças da natureza; › valoriza os sentimentos e as emoções. Delacroix Turner Constable Realismo Ilustração 3 -As respigadoras, Jean-François Millet Movimento literário e artístico da segunda metade do século XIX: › crítica aos costumes das classes privilegiadas; › mostra a miséria e as injustiças socias; › inspira-se no quotidiano e na vida real. Courbet Millet Daumier Impressionismo Ilustração 4 -Dançarinas azuis, Edgar Degas Movimento artístico surgido em França no século XIX: › pinceladas soltas e pequenas; › ênfase na luz e no movimento; › telas, geralmente, pintadas ao ar livre para que o pintor pudesse capturar melhor a luz e a natureza; › cores puras. Degas Renoir Manet Monet Cientismo A felicidade e o bem-estar da humanidade seriam atingidos através do desenvolvimento da ciência. Positivismo A ciência passa a ser considerada a única fonte de verdade (Auguste Comte) INOVAÇÕES CIENTÍFICAS OCORRIDAS NO SÉCULO XIX A ARTE
  3. 3. 3 O CASO PORTUGUÊS Portugal no século XIX Invasões Francesas Perda do Brasil Guerra Civil  Quebra no comércio e atraso tecnológico Predomínio da economia agrícola tradicional Instabilidade política MODERNIZAÇÃO ADIADA REGENERAÇÃO (1851-1870) Estabilização política Progresso material Fontismo (Fontes Pereira de Melo) Crescimento da dívida externa Estradas + caminho-de-ferro + telégrafo + correio Dependência económica face ao estrangeiro Fraco desenvolvimento agrícola e industrial Aumento da população Lenta formação do mercado nacional Influência da burguesia financeira Ruína dos pequenos produtores – êxodo rural Forte emigração Fraco crescimento do operariado INDUSTRIALIZAÇÃO TARDIA Desinteresse pelo investimento industrial A emigração portuguesa dirigiu-se principalmente para o Brasil. As remessas de dinheiro dos emigrantes contribuíram para atenuar as dificuldades financeiras de Portugal

×