Apresentação teleconferência 1 t 0910

189 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
189
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação teleconferência 1 t 0910

  1. 1. Resultados do 1º Trimestre 09/10 18 de Agosto de 2009
  2. 2. 2 Aviso As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas de crescimento da Açúcar Guarani são meramente projeções e, como tais, são baseadas exclusivamente nas expectativas da administração sobre o futuro dos negócios. Essas expectativas dependem, substancialmente, de variações nas condições de mercado, do desempenho da economia brasileira e mundial, do setor sucroenergético e dos mercados internacionais e, portanto, estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio.
  3. 3. 300 500 700 900 1T07/08 2T07/08 3T07/08 4T07/08 1T08/09 2T08/09 3T08/09 4T08/09 1T09/10 3 Crescimento dos preços do açúcar em função da queda de produção de importantes produtores mundiais, como a Índia e a União Europeia Os preços do açúcar encerraram o trimestre nos níveis mais elevados dos últimos três anos, tanto em Dólares quando em Reais O aumento nos preços do açúcar foi também sustentado pelo crescimento da posição líquida de index funds, fundos especulativos e pelas tradings Comportamento do Mercado de Açúcar no 1T 09/10 Guarani: Preços Médios do Açúcar (R$/ton)
  4. 4. 400 600 800 1000 1T07/08 2T07/08 3T07/08 4T07/08 1T08/09 2T08/09 3T08/09 4T08/09 1T09/10 4 Aumento de 25% nas vendas de etanol hidratado no mercado doméstico (Centro-sul do Brasil), comparado ao 1T 08/09, devido ao crescimento da frota de veículos flex fuel O 1T 09/10 apresentou queda de preços em comparação ao mesmo período do ano precedente, em função da maior oferta causada pelas restrições de crédito dos produtores brasileiros Exportação reduzida: 1 bilhão de litros (-9,4% comparado ao 1T 08/09) em função da redução das importações pelos EUA, porém com aumento do volume exportado para o Japão, Índia e Coreia do Sul Comportamento do Mercado de Etanol no 1T 09/10 Guarani: Preços Médios do Etanol (R$/m³)
  5. 5. 5 Crescimento de 9,5% no Processamento de Cana-de-açúcar no 1T 09/10 Processamento de Cana- de-açúcar (MM t) Aumento em função do maior processamento de cana-de-açúcar própria • A estratégia de aumento do plantio durante o ano passado permitiu suprimento adicional de cana-de- açúcar própria • A estratégia de concentração em cana- de-açúcar de terceiros fornecedores se mostrou acertada, face à crise de crédito Meta de processamento de cana-de-açúcar para 2009/10: 14,8 milhões de toneladas • Brasil: 14,2 milhões de toneladas • Moçambique: 0,6 milhão de toneladas 1,4 1,8 2,7 2,7 1T 08/09 1T 09/10 Própria Terceiros 4,5 4,1
  6. 6. 6 Forte Crescimento na Produção de Açúcar Refinado e de Etanol Produção de Açúcar (‘000 t) Produção de Etanol (‘000 m³) Aumento na produção de açúcar refinado para atender aos mercados industriais com benefício do prêmio do açúcar branco Aumento na produção de etanol no 1T 09/10 em função das condições climáticas, que favoreceram a destinação de cana-de-açúcar para etanol O mix da safra será revertido para açúcar, em função das maiores margens do produto 22 29 107 122 1T 08/09 1T 09/10 Anidro Hidratado 151 129 96 146 145 90 37 33 1T 08/09 1T 09/10 Refinado Cristal VHP 278 269
  7. 7. 7 Receita Líquida (R$ MM) Crescimento na receita líquida principalmente em função de: • Aumento no preço médio do açúcar em Reais (+50,8%), alcançando 703,3 R$/ton • Aumento nas vendas de açúcar em 1,7% • Concentração das vendas de açúcar no mercado doméstico (67,7%) Receitas do etanol foram reduzidas em 18,6% A distribuição da receita líquida da Guarani no 1T 09/10 foi: Açúcar: 64,3% Etanol: 28,1% Energia: 1,7% Outros produtos: 5,9% 18,1% de Aumento na Receita Líquida em Função de Maiores Preços do Açúcar no 1T 09/10 98 151 81 6619 18 1T 08/09 1T 09/10 Açúcar Etanol Outros 198 234
  8. 8. 8 EBITDA Ajustado (R$ MM) Expressivo aumento no EBITDA Ajustado em função de maiores preços de açúcar e controle dos custos e despesas administrativas Margem EBITDA Ajustado de 21,3% contra 8,8% no 1T 08/09 EBITDA Ajustado medido em toneladas de ATR comercializado de R$ 122,5 no 1T 09/10 (+194,5%) Expressivo Aumento no EBITDA Ajustado para R$ 49,9 Milhões, 185,1% Acima do 1T 08/09 Margem EBITDA Ajustado1 (1) Devido à Lei 11638/07, os dados referentes ao período 2007/08 foram reclassificados e alterados comparativamente aos dados previamente publicados. 17,5 49,9 8,8% 21,3% 5,0% 7,0% 9,0% 11,0% 13,0% 15,0% 17,0% 19,0% 21,0% 23,0% 0 20 40 60 80 100 1T 08/09 1T 09/10 EBITDA Ajustado Margem EBITDAAjustado 0% 10% 20% 30% 40% 1T 2T 3T 4T 1T 2T 3T 4T 1T 07/08 08/09 09/10
  9. 9. (27) 14 1T 08/09 1T 09/10 9 Lucro Líquido (R$ MM) Lucro líquido: R$ 14,3 milhões no 1T 09/10, comparado ao prejuízo líquido de R$ 26,6 milhões no mesmo período do ano anterior Lucro líquido impactado principalmente por: • Forte recuperação nos preços do açúcar (+50,8%) • Efeito não-caixa líquido da variação cambial de R$ 86,0 milhões Lucro Líquido de R$ 14,3 Milhões em Função de Preços Maiores e Impacto Positivo da Valorização do Real
  10. 10. Curto Prazo 37% Longo Prazo 63% Moeda Estrangeira 61% Real 39% 10 A dívida de curto prazo líquida de caixa e aplicações financeiras totalizou R$ 233,5 milhões, representando 37% da Dívida Líquida, excluindo os mútuos O aumento na dívida líquida da Guarani ocorreu principalmente em função do aumento dos estoques de produtos acabados Indicador Dívida Líquida/ EBITDA Ajustado de 4,1x em junho de 2009 contra 4,3x em março de 2009. Excluindo os mútuos, a Dívida Líquida/ EBITDA Ajustado foi de 2,4x Dívida Líquida por Vencimento1 Dívida Líquida por Moeda1 (1) Exclui mútuos, caixa e aplicações financeiras (1) Inclui R$112,1 milhões referentes a SHL em Moçambique Aumento da Dívida Líquida porém com Melhora nos Índices de Endividamento
  11. 11. 11 Investimentos: Foco no Plantio de Cana-de-açúcar, Redução de Custos e Aumento de Eficiência Manutenção da seletividade nos investimentos: R$ 52 milhões no 1T 09/10, comparados aos R$ 91 milhões no 1T 08/09 Foco nos Investimentos de plantio (R$ 30 milhões) para garantir o rendimento adequado e disponibilidade de cana-de-açúcar própria para a próxima safra Seletividade nos investimentos industriais (R$ 22 milhões) para eliminar gargalos e aumentar marginalmente a capacidade de moagem e reduzir custos fixos nas unidades São José e Tanabi Aprovação de investimentos visando possibilitar a produção de açúcar na unidade Tanabi, a partir da próxima safra 1) Não considera CAPEX de manutenção. 61 22 30 30 1T 08/09 1T 09/10 Aquisição de Ativo Imobilizado Plantio 91 52 Investimentos (R$ MM)1
  12. 12. 100 120 140 160 180 30 40 50 60 98/99 99/00 00/01 01/02 02/03 03/04 04/05 05/06 06/07 07/08 08/09E 09/10E Produção/Consumo(MMton) Estoque(MMton) Estoque Produção Consumo Fonte: LMC 15 18 21 24 27 30 33 36 8 10 12 14 16 18 01-abr-08 01-jul-08 01-out-08 01-jan-09 01-abr-09 01-jul-09 centavosR$/lb centavosUS$/lb centavos US$/lb centavos R$/lb 2T09 1T101T09 3T09 4T09 Fonte: ICE 12 Déficit global de açúcar deve continuar sustentando preços elevados Posição brasileira favorecida pela redução da produção em importantes produtores mundiais, como a Índia, China e União Europeia Condições climáticas influenciando o rendimento das safras na Índia (secas causadas pelo atraso das monções) e no Brasil (fortes chuvas durante o inverno) Sólido crescimento da demanda mundial, não afetada pela crise Preços do Açúcar Bruto (NY 11) Balanço Mundial de Açúcar Mercado de Açúcar: Tendência Positiva para as Safras Mundiais 08/09 e 09/10
  13. 13. 13 Mercado de Etanol: Crescimento do Consumo Estimulado pelo Aumento nas Vendas de Veículos Flex Fuel Vehicles Sales per Fuel Type (Brazil) Mercado Doméstico Demanda aquecida pelas fortes vendas de veículos flex fuel Crescimento do consumo de etanol hidratado em função da relação competitiva com o preço da gasolina, na bomba Expectativa de estoques reduzidos no segundo semestre da safra brasileira 09/10 Recuperação de preços a partir do 2T 09/10 Mercado Internacional Crescimento dos preços do etanol no mercado Norte-americano em função dos preços mais elevados do milho, gasolina e petróleo Aumento das exportações para a Ásia e continuidade das vendas ao mercado Europeu 0 50 100 150 200 250 300 350 abr-08 jul-08 out-08 jan-09 abr-09 '000unidades Etanol+ Flex-Fuel Gasolina + Diesel 2T09 1T101T09 3T09 4T09 Fonte: Anfavea
  14. 14. 14 Cenário: A Guarani Está Solidamente Posicionada para Aproveitar as Oportunidades e Beneficiar-se da Recuperação do Mercado Expectativa de moagem de 14,8 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2009/10, frente às 14,4 milhões na safra anterior Mix de produção voltado para açúcar, permitindo que a Guarani aproveite a valorização dos preços do açúcar Aumento da demanda por etanol devido à paridade atrativa entre os preços do etanol e da gasolina ao consumidor final. Cenário de preços positivo para o segundo semestre de 2009/10 Unidades industriais se beneficiarão de maiores volumes e menores custos fixos por tonelada produzida Disciplina no direcionamento dos investimentos com o objetivo de garantir disponibilidade de cana- de-açúcar com programas de rápido retorno do investimento realizado Foco contínuo no processo de fortalecimento do balanço patrimonial Efeito não-caixa positivo da valorização do Real frente ao Dólar norte-americano nos resultados Forte compromisso e suporte da Tereos, acionista controlador da Guarani, permitindo aproveitar oportunidades
  15. 15. Obrigado! Reynaldo F. Benitez Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Alexandre L. Menezio Gerente de Relações com Investidores Felipe F. Mendes Analista de Relações com Investidores Renato N. Zanetti Neto Analista de Relações com Investidores Leonardo T. Goes Assistente de Relações com Investidores fone: +55 (11) 3544-4900 e-mail: ri@aguarani.com.br website:www.acucarguarani.com.br/ri

×