Formação intercessão apóstila i

13.889 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
27 comentários
63 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.889
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
27
Gostaram
63
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formação intercessão apóstila i

  1. 1. DIOCESE DE BOM JESUS DO
  2. 2. ão Ministério daão Ministério daIntercessãoIntercessão
  3. 3. Módulo de Serviço Apostila I – Ensino 02Vida deSantidadeFUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA:I Carta de São Pedro 1, 16
  4. 4. 1. FOLHA DE PAPEL EM BRANCO E CANETA.2. FAZER UM PEQUENO DESENHO EM SEGUNDOS E COLOCAR O SEU NOME.3. PASSAR OS DESENHOS PARA QUEM ESTÁ DO SEU LADO DIREITO.4. FAZER NOVOS DESENHOS NA FOLHA DO OUTRO EM 30 SEG5. TROCA DE NOVO MARCA 30 SEG, ATÉ CHEGAR NO DESENHO QUE VOCE FEZ,AÍ PARA! E TODOS OS DESENHOS SÃO RECOLHIDOS.6. TODO O PROCESSO DE SANTIFICAÇÃO É LENTO, POIS CADA PESSOA ÉÚNICA E TEM UMA CARACTERÍSTICA DIFERENTE, CADA DESENHO TEM UMACARACTERÍSTICA PESSOAL, ÚNICA, EXCLUSIVA.“Transformai-vos pela renovação da vossa mente”(Rm 12.2),
  5. 5.  O intercessor precisaestar intimamente liga-do à santíssima Trinda-de, na qual ele foi inse-rido pelo seu batismo,tendo readquirido agraça santificante que éfonte da obra santifica-dora.
  6. 6.  CONCEITO Santidade é a finalidade da obra santificadora de Jesus, é ocaminho que o intercessor é chamado a percorrer seguindo oestilo de vida de Jesus Cristo, numa transformação total.
  7. 7.  CONCEITO Santidade é acolher nossa humanidade, almejar eexercitar as virtudes e os dons infusos para queproduzamos os frutos do Espírito (Gl 5,22).
  8. 8.  CONCEITO Santidade é acolher o Verbo encarnado em nossa históriaacolher o Verbo encarnado em nossa históriade vida.de vida.
  9. 9. Fundamentação Bíblica l Tessalon. 4,3 Mateus 5,48 l Pedro 1,16 l Pd 2,9l Tessalon. 4,7
  10. 10.  No ser humano existe o bem e o mal: as virtudes, osdons, os frutos e os pecados capitais. Por esta razãoSão Paulo disse “faço o mal que não quero e deixode fazer o bem que quero” (Rm 7,19). A resposta ao convite, ao chamadopara ser santo e evitar a impureza,é fixar o olhar em Jesus.
  11. 11.  O exercício da virtudes leva o cristão aosfrutos, e os dons infusos aperfeiçoam asvirtudes; os frutos são perfeições que o EspíritoSanto nos concede. (CIC 1831-1832).(CIC 1831-1832). CIC 1803CIC 1803 CIC 1813CIC 1813O QUE ÉVIRTUDE ?
  12. 12.  A Fé –A Fé – Atitude de confiança em Deus; Total dependência e necessidade d’Ele.
  13. 13.  A Esperança :A Esperança : é a firmeza de aguardar arealização das promessas de Deus (Rm 15,13).
  14. 14.  A Caridade (amor)A Caridade (amor)  SSignifica querer o bem, procurar fazê-lo eter o amor que vem de Deus;  Que ama o seu eleito desde toda a eternidade.
  15. 15.  A) Virtude da Prudência: Decide e ordenasua conduta, na razão prática de discernir eescolher os meios adequados de agir;
  16. 16.  B) Virtude da Justiça: vontade constante efirme de dar a Deus e ao próximo o que lhes édevido (Cl 4,1).
  17. 17.  Virtude da Fortaleza: dá segurança nasdificuldades, firmeza e constância na procura dobem (Jo 16,33);
  18. 18.  Virtude da Temperança: dá o equilíbrio no uso dosbens criados e moderação nos prazeres (Tt 2,12). Formas: sobriedade, castidade, mansidão ehumildade.
  19. 19.  Na caminhada de santificação pessoal, oEspírito Santo dota-nos como batizados,inseridos no Corpo Místico de Cristo, devirtudes sobrenaturais e dos dons infusos. (CIC 1830).
  20. 20.  1). Sabedoria: nos dá entendimento a vidasobrenatural e nos faz saborear as relações entreDeus e as criaturas; 2) Entendimento ou inteligência: nos dácompreensão profunda das verdades reveladas,sem, contudo, compreendermos o mistério deDeus. 3). Prudência ou conselho: nos faz viver sob aorientação do Espírito Santo.
  21. 21.  4) Coragem ou fortaleza: aprimora a virtude da fortaleza,pela qual suportamos e empreendemos árduas tarefas. 5) Ciência ou conhecimento: faz-nos conhecer as relaçõesdas coisas criadas com o Criador. 6) Temor de Deus: caracteriza-se pelo temor filial a Deus,produzindo na alma o desejo de não querer desonrar o santonome de Deus e de não querer ofender nem se afastar d’Ele. 7) Piedade: produz uma afeição filial para com Deus ,fazendo-nos adorá-lo pelo que Ele é, e levando-nos aadquirir uma terna afeição para com as pessoas e as coisas
  22. 22.  1) Caridade: é o maior fruto do Espírito (l Cor 13,1). É o eloque entrelaça todos os outros frutos d’Ele e que deverá nutri-los (l Cor 13,4-7). 2). Alegria: é o fruto que transcende muitas vezes asrealidades que estamos vivendo e expressam que o EspíritoSanto está conduzindo a vida do intercessor. 3) Paz: é ela que permanece ainda que estejamos emmomentos de grande tribulação e combate espiritual. 5.Produzindo frutos de santidade
  23. 23.  4) Paciência: significa ser paciente e sofrer asdemoras de Deus (Eclo 2,3); 5) Bondade: é produzida quando fazemos o bem eagimos com caridade e benevolência com osirmãos. 6) Fidelidade: fruto produzido pelos que cumprem avontade de Deus, sendo constantes na vida cristã;
  24. 24.  7) Benignidade ou afabilidade: é agir com misericórdia, ouseja, é primeiro reconhecer como Deus é para conosco, paraassim também sermos com os outros. 8) Mansidão ou humildade: é o fruto produzido por aqueleque não se irrita com facilidade e que não deixa os impulsose sentimentos coléricos se anteporem ao dom da prudênciae da virtude da temperança. 9) Autodomínio: acontece quando não deixamos as paixõese os sentimentos do dia a dia se sobreporem à vida noEspírito.
  25. 25.  Algumas ações diárias que nos fazem permanecerna videira: vida de oração pessoal, meditação daPalavra de Deus, formação contínua, vidasacramental, práticas penitenciais, jejum, esmola,devoção Mariana, etc.
  26. 26.  Viver e buscar a santidaderequer um esforço próprio,uma perseverança, pois quemsantifica é o Pai, na pessoaé o Pai, na pessoade Jesus Cristo, pela ação dode Jesus Cristo, pela ação doEspírito Santo,Espírito Santo, tornando oser humano a imagem esemelhança Sua, tendo o seuestilo de vida.
  27. 27. ão Ministério daão Ministério daIntercessãoIntercessão
  28. 28. FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA: I Pedro 3,18
  29. 29. FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA: I Pedro 3,18
  30. 30. “Como podes pretender que Deus teescute, se tu não escutas a ti mesmo ?Tu queres que Deus pense em ti,quando tu mesmo não pensas ““Se queres conhecer a Deus, aprendeprimeiramente a conhecer a timesmo”
  31. 31. “o teu servo mais fiel é aquele que nãoprocura ouvir de ti aquilo que quer, mas aquerer aquilo que ouve de ti“É preciso se lembrar de Deus commais frequência do que se respira”
  32. 32. “”Muitas vezes somos o Evangelhoque os irmãos leem”“O homem contemporâneo escuta commelhor boa vontade as testemunhas do queos Mestres ...
  33. 33. ão Ministério daão Ministério daIntercessãoIntercessão
  34. 34. ão Ministério daão Ministério daIntercessãoIntercessão
  35. 35. ão Ministério daão Ministério daIntercessãoIntercessão
  36. 36. ão Ministério daão Ministério daIntercessãoIntercessão
  37. 37. ão Ministério daão Ministério daIntercessãoIntercessão

×