O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

infografico-pastoraldizimocomoorganizar_1.pdf

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 1 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

infografico-pastoraldizimocomoorganizar_1.pdf

  1. 1. Pastoral do Dízimo como organizar em 7 passos Pastoral do Dízimo como organizar em 7 passos 1. Alinhe as atribuições, ideias e perspectiv as com o pároco e o CPP O Dízimo tem grande importância na vida da comunidade, tanto no aspecto material como espiritual. Sendo um ato de gratidão a Deus por seus benefícios na vida de cada paroquiano, podemos dizer que se trata de uma rede de amor e partilha com a Igreja e com o próximo. Para que funcione de modo concreto e eficiente, é preciso uma pastoral sólida e estruturada. Por isso, queremos ajudar você a organizar sua pastoral em 7 passos. Confira. A pastoral é estruturada a partir da escolha de um coordenador e demais membros, geralmente, pelo pároco e Conselho Paroquial de Pastoral (CPP). Estes são os órgãos de gestão da paróquia, por isso, é importante que todas as atribuições e decisões sejam feitas e articuladas em sintonia com eles. 3. Defina o dia de reunião É importante que a equipe, sobretudo no início, possua uma reunião regular para articular formação, organização, atribuições e monitoramento dos trabalhos. Marque de acordo com o calendário paroquial e agenda dos agentes. Vale lembrar que uma reunião de trabalho não deve ter mais que 1 hora e meia de duração, para não se tornar cansativa. 4. Cultive o relacionamento com as pessoas para além dos trabalhos pastorais O principal sentimento que mantém as pessoas fiéis a um trabalho na comunidade de fé é o sentimento de pertença e unidade. Portanto, cabe ao coordenador promover momentos fraternos como lanches, aniversários, encontros para oração do terço, visita nas casas, a fim de promover os laços de amizade e cumplicidade. 5. Distribua funções de acordo com o perfil e disponibilidade dos membros da pastoral Dentro de uma pastoral do dízimo existem funções importantes como coordenação, vice coordenador (se necessário), secretário e gerente de plantão. O pároco e o coordenador devem escolher as pessoas de acordo com suas habilidades e disponibilidades para o trabalho e a agenda da pastoral. 6. O líder deve acompanhar o andamento dos trabalhos O responsável pela pastoral deve avaliar - juntamente com a equipe - e monitorar o encaminhamento das atribuições e a eficiência do serviço. Não como um patrão, mas como um irmão que está ali para servir com mais amor e disposição ainda. As reuniões e sua presença no dia a dia da comunidade serão meios para uma avaliação consistente. 7. Uma pastoral em saída O aumento da arrecadação do dízimo está diretamente ligado à evangelização. Quando os agentes de pastoral se colocam em missão, enxergam a ação de Deus na vida das pessoas e se tornam ainda mais comprometidos com o trabalho apostólico. Só com o coração na evangelização, as pessoas são capazes de aderir de modo sério e comprometido a missão da pastoral. www.dominuscomunicacao.com 2. Engaje as pessoas na pastoral Buscar irmãos para a vivência pastoral no dízimo pode ser um desafio. Porém, com algumas ferramentas é possível agregar mais membros: 1º) Invista no acolhimento da paróquia; 2º) Promova cursos de formação sobre assuntos econômicos e financeiros; 3º) Estabeleça critérios para as determinadas funções e busque pessoas com perfil adequado; 4º) Promova encontros fraternos da comunidade para gerar sentimento de pertença; 5º) Convide os agentes de pastoral e esteja próximo para conduzir os primeiros passos.

×