Resumo final av2 historia da arte (2)

1.016 visualizações

Publicada em

Resumo de Historia da Arte do Renascimento ao Pós Impressionismo

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.016
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
243
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo final av2 historia da arte (2)

  1. 1. Motivação na arte greco-romana/o nú era belo /nada sobra, nada falta/equilibio da forma/ racional RESUMO - HISTORIA DA ARTE RENASCIMENTO CARACTERÍSTICAS Realismo Linha de Fuga no Centro da tela / Linhas verticais e horizontais exploração da Beleza Luz / Sombra e Volume Antropocentrismo Científico - geometria e anatomia Técnica / Perspectiva Formas da natureza reproduzidas com realismo Motivos Mitologicos , retratos e paisagens Escultura - configuração de pirâmide Obras Monalisa - Leonardo Da Vinci Incorpora todas as descobertas renascentistas de perspectiva, anatomia e composição Pietà - MichelAngelo Reune cristo e a virgem numa composição piramidal. Emociona pelo que evoca, porque não demonstra emoção Duomo (Florença) - Brunelleschi Inovação técnica que possibilitou a construção Portas do Paraíso - Ghiberti Representa a entrada para o Paraíso. Toda esculpida em ouro. Vênus de Millo - Botticelli Desenha linhas ondulantes e figuras com pescoços Longos, ombros caídos e corpos pálidos, macios. A Última Ceia - Leonardo Da Vinci Revela o carater de cada discipulo, através dos gestos e expressões faciais. A figura principal, Jesus, no meio da tela. Presença dos 3 planos. Acima, das cabeça, no meio da mesa e nos pés.
  2. 2. CARACTERÍSTICAS Mundo das Aparências Teatralidade / Dramaticidade / Emoção / Movimento Horror ao vazio Emoção Contraste de claro e escuro p/ intensificar a expressão de sentimento Composição em diagonal Efeitos decorativos Linhas curvas, excesso de dobras e utilização do dourado Uma forma inade a outra Presença de diagonais Judith Degolando Holofernes - Gentileschi Em sua obra Judith degolando Holofernes tem uma iluminação que dá ainda mais dramaticidade a obra. Gentileschi era mulher. Relata como a bela e a jovem viúva Judite afasta dramaticamente a ameaça de uma invasão Assíria decapitando o general inimigo Holofernes. Obras O Êxtase de Santa Teresa - Bernini Fala sobre santa Teresa D'Avila, no momento em que um anjo vai cravar sobre seu peito a flexa do amor.. Exacerba a emoção: as feições da santa conseguem expressar mais de uma emoção. As nuvens se misturam com a roupa. Feixos dourados representam a luz divina. O Massacre dos Inocentes - Peter Paul RUBENS retrata o masacre de recém nascidos promovido por Herodes, na tentativa de eliminar o menino nascido em Belém, que diziam ser o Messias. Moça com Brinco de Pérola - Vermmer RESUMO - HISTORIA DA ARTE A Igreja lança mão do Barroco que por meio de imagens que expressavam maior exatidão das narrativas bíblicas, decoração pesada, design complexo porém sistemático e a aplicação abundante de luz e sombra podiam despertar um fervor religioso renovado. O terrível massacre relatado por São Mateus é uma das mais tardias obras-primas de Rubens. A ação desenrola-se entre três distintos grupos e uma mística figura central, sem grupo definido. Soldados possuídos pela fúria e pela implacável impiedade tomam um templo, cujos crentes lutam pela vida, plenos de terror e desespero. No alto personagens celestes assistem, tristes, a toda a batalha. olhar direto e os lábios entreabertos,Exuberância exótico. O tom de sua pele clara e pura é salientado pelo brilho de seu brinco de pérola.Veermer criou os brincos, em forma de gota, usando apenas duas pinceladas de tinta. A luz espalha-se pelo rosto e cabeça da moça, e desce sobre o corpo. A delicadeza da modelo é destacada pelo fundo preto da composição. O Chamado de São Matheus - Caravaggio Através de um feixo de luz converte um quadro comum em uma representação do divino - Trata da conversão de São Paulo. Dominava totalmente a técnica do claro e escuro "chiaroscuro". O Julgamento de Páris - Peter paul RUBENS Figuras mitológicas retratadas. Páris, o jovem príncipe troiano, está prestes a dar o pomo de ouro com a inscrição "À mais bela" a uma das três deusas romanas: Juno, Minerva ou Vênus. Nus femininos e beleza ideal. BARROCO
  3. 3. olhar direto e os lábios entreabertos,Exuberância exótico. O tom de sua pele clara e pura é salientado pelo brilho de seu brinco de pérola.Veermer criou os brincos, em forma de gota, usando apenas duas pinceladas de tinta. A luz espalha-se pelo rosto e cabeça da moça, e desce sobre o corpo. A delicadeza da modelo é destacada pelo fundo preto da composição. COMPARAÇÃO OBRAS - RENASCIMENTO X BARROCO OBRA : ANUNCIAÇÃO RENASCIMENTO - DA VINCI BARROCO - RUBENS O anjo Gabriel anuncia à Maria que ela está esperando o filho de Deus. Para retratar a cena, da Vinci utilizou cores solenes que transferem seriedade para a obra. As asas do anjo foram feitas de forma naturalista, tais como se fossem um dos ensaios científicos do autor. PRESENÇA DE SENTIMENTOS / TEATRALIDADE / A SENA EMOCIONA / PRESENÇA DE EMOÇÃO NAS FEIÇÕES OBRA: DAVI RENASCIMENTO - MICHELANGELO BARROCO - BERNINI Davi prestes a lutar contra Golias, as formas de um jovem Davi com um estilingue na mão, tendo em mente que, assim como ele defendera seu povo e o governava com justiça, aqueles que agora governavam a cidade pudessem defendê-la com bravura e também governá- la com justiça. SEM EXPRESSÃO FACIAL. RETRATADO COMO UM DEUS. Redefiniu como mais que aparência. A verdadeira semelhança - a que ele queria captar em suas esculturas - era a vivacidade do caráter, expressa nos movimentos do corpo e do rosto. Escapam da força de gravidade exercida pelo pedestal para correr, contorcer-se, rodopiar, ofegar. PRESENÇA DE MOVIMENTO.
  4. 4. COMPARAÇÃO OBRAS - RENASCIMENTO X BARROCO com justiça, aqueles que agora governavam a cidade pudessem defendê-la com bravura e também governá- la com justiça. SEM EXPRESSÃO FACIAL. RETRATADO COMO UM DEUS. do corpo e do rosto. Escapam da força de gravidade exercida pelo pedestal para correr, contorcer-se, rodopiar, ofegar. PRESENÇA DE MOVIMENTO. OBRA : AS TRÊS GRAÇAS RENASCIMENTO - RAFAEL SANZIO Graças, nome latino das Cárites gregas, eram as deusas da fertilidade, do encantamento, da beleza, da criatividade humana, da natureza e da amizade. A tela As Três Graças , pintada em 1639 pelo flamengo Peter Paul Rubens (1577-1640), mostra que a celulite não é um problema associado ao estilo de vida antigo... BARROCO - RUBENS
  5. 5. SEPARAÇÃO DAS ESFERAS DO CONHECIMENTO: O OBJETIVO DA CIÊNCIA É A VERDADE, DA MORAL É O BEM, E DA ARTÉ É O BELO. PREOCUPAÇÃO COM O BEM COMUM E A RAZÃO. ILUMINISMO: PENSO LOGO EXISTO - DECARTES - 1720 (REVOLUÇÃO DO PENSAMENTO) CARACTERÍSTICAS NEOCLASSICISMO RESUMO - HISTORIA DA ARTE A ARTE É LIVRE, PRÉM O HOMEM EM DIFICULDADE DE SE DESVENCILHAR DE SUA HISTÓRIA. SUA HISTORIA SURGEM OS GRANDES MUSEOS E OS ARTISTA SE INSPIRAM NO CLASSICISMO: GRECIA E ROMA FORMALISMO E EQUILIBRIO FORMAL / EXATIDÃO NOS CONTORNOS / REJEIÇÃO AO ROCOCÓ RETORNO AO ESTILO GRECO-ROMANO / ENFASE NA RAZÃO / NÃO TEM EMOÇÃO / HARMONIA DO COLORIDO SÉCULO DAS RUPTURAS - BUSCA DA NOVA ESTÉTICA: MÓVEIS MENORES, MUDA A CASA, A JOIA, A ESCULTURA A) ILUMINISMO - SEPARAÇÃO DAAS ESFERAS DO CONHCIMENTO B) REVOLUÇÃO INDUSTRIAL (O POVO SAIU DO CAMPO PARA A CIDADE) C) REVOLUÇÃO FRANCESA (POLÍTICA, ECONÔMICA E DA SOCIEDADE) FOCO TEMÁTICO DE HERÓIS-MARAT/ SÓCRATES, MAS SEMPRE COM EQUILÍBRIO E HARMONIA DAS CORES VALORES: ORDEM E SOLENIDADE TOM: CALMO E RACIONAL TEMAS: HISTORIA GREGA E ROMANA / MITOLOGIA TÉCNICA: ENFATIZA O DESENHO COM LINHAS, NÃO COR, NÃO HÁ VESTIGIO DAS PINCELADAS PAPEL DA ARTE: LEVANTAR A MORAL / INSPIRAR O NÚ ERA DE COSTA E NEUTRALIZADO COM AZUL Obras A ODALISCA - INGRES RETRATA UMA ODALISCA OU CONCUMBINA. FALTA DE REALISMO ANATÔMICO E PROPORÇÕE ALONGADAS. ESQUEMA DE CORES FRESCA. QUEBRA A SENSUALIDADE COM O AZUL (COR FRIA) DA CORTINA. E ESTÁ DE COSTA - CARACTERÍSTA DO NÚ NEOCLASSICO. AS SABINAS - DAVI RETRATA A GUERRA TRAVADA ENTRE AS SABINAS E OS ROMANOS, QUE AS RAPTAVAM PARA LEVÁ-LAS ONDE SERIA CRIADA A CIDADE DE ROMA. ROMULO E REMO (FUNDADORES DA CIDADE, CONFORME A LENDA), SÃO REPRESENTADOS NA FRENTE SEGURANDO ESPADA E ESCUDO. HÁ PRESENÇA DE MUITOS DETALHES / FIGURAS PRINCIPAIS NO MEIO.
  6. 6. CARACTERÍSTICAS REAÇÃO AO NEOCLÁSSICO: CRITICAVA O ILUMINISMO POR NÃO DAR IMPORTANCA AO SUBJETIVO. RENTES AO INDIVÍDO. VALORIZA MAIS AS EMOÇÕES , INSTINTOS E INTUIÇÕES HUMANA, DO QUE A RAZÃOVALORIZA MAIS AS EMOÇÕES , INSTINTOS E INTUIÇÕES HUMANA, DO QUE A RAZÃO TENTATIVA DE SALVAR A ARTE PARA A BURGUESIA TEMAS: PAISAGENS, DEVIDO À ASCINAÇÃO COM O NATURAL E TAMBÉM HORROR E SOBRENATURAL , ROMANTISMOROMANTISMO CONSAGRAR. JÁ EXITE O MARCHÃ, O PRI DE ROME E O PRI DE PARIS. O TREM EXISTIA E AS NOTÍCIAS CHEGAVAM RÁPIDO 2ª FASE - INTRODUÇÃO DA NÉVOA NAS TELAS. REPRESENTADO POR TURNER.2ª FASE - INTRODUÇÃO DA NÉVOA NAS TELAS. REPRESENTADO POR TURNER. CONTRASTE FORTE DE LUZ E SOMBRA MULHER PINTADA DE FRENTE, NUA, SENSUAL, FALA COM O OBSERVADOR, É OUSADA. PINTURA AINDA DENTRO DOS ATELIÊS VENDA DE SEUS QUADROS. Obras MAJA VESTIDA E DESNUDA - GOYA (ESPANHOL) A OBRA DESNUDA FOI DENUNCIADA PELA INQUISIÇÃO. PRESENÇA DE SENSUALIDADE PARA ESCANDALIZAR A SOCIEDADE. INSPIRADA NA VENUS DE VELASQUES. A VERSÃO VESTIDA FOI FEITA 3 ANOS DEPOIS PARA ATENDER À IMPOSIÇÃO DA IGRAJA CATÓLICA. MAIS SEDUTORA, APESAR DE VESTIDA. PELE MAIS MACIA CONTRASTANDO COM OS LENÇÕIS DE SETIME BABADOS DE RENDA. LIBERDADE GUIANDO O POVO - DELACROIX PRESENÇA DE BASTANTE DRAMA. RESALTA E CRITICA QUESTÕES POLÍTICAS DO MOMENTO. CLEPTOMANÍACO - GERICAULT RICO, TEVE UM FILHO COM SUA FILHA, SE INTERNOU NUM MANICÔMIO. COMEÇAMAM A FAZER EXPERIÊNCIAS. A ARTE VAI SE TORNANDO ARTE POR SI SÓ. TRANSPORTA A CONFUSÃO DE SUA VIDA PESSOAL PARA AS TELAS. EMOÇÃO DO VIOLENTO DEVIDO AS GUERRAS NAPOLEÔNICAS. INCÊNDIO NA CÂMARA DOS LORDES - TURNER FEZ EXPERIÊNCIAS COM TREM EM MOVIMENTO. APESAR DE SER ROMANTICO, FOI O GRANDE INSPIRADOR DO IMPRESSIONISMO. INTRODUZIU A NÉVOA NAS TELAS DO ROMANTISMO. RESUMO - HISTORIA DA ARTE PARTE POR CAUSA DAS GUERRAS NAPOLEÔNICAS, EM PARATE POR CONTA DOS MITOS E FANTASIAS INE- A ARTE COMEÇA A SE LIBERTAR DE TUDO. COMEÇA A FAZER EXPERIÊNCIAS. NÃO SE PREOCUPAM COM A OS CRÍTICOS DE ARTE DEFENDIAM O NEOCLÁSSICO, E O ARTISTA PRECISAVA DO AVAL DE PARIS PARA SE O ROMANTISTA FORAM OS ARTISTAS QUE NÃO QUISERAM SEGUIR O RIGOR DO NEOCLASSICISMO
  7. 7. EM 1870 SURGE A FOTOGRAFIA. NÃO HÁ MAIS COMPROMISSO DO ARTISTA COM A PINTURA JORNA LÍSTICA (QUE REGISTRA EVENTOS). EM 1874 IMPRESSIONISMO FEZ EXPERIÊNCIAS COM TREM EM MOVIMENTO. APESAR DE SER ROMANTICO, FOI O GRANDE INSPIRADOR DO IMPRESSIONISMO. INTRODUZIU A NÉVOA NAS TELAS DO ROMANTISMO. EXISTE A TINTA EM TUBO NÃO HAVIA PERSPECTIVA NÃO ESTAVAM PREOCUPADOS COM A VENDA DAS TELAS OS OBJETOS PERDEM VALOR. IMPORTANTE É A IMPRESSÃO DA IMAGEM NAQUELA LUZ. MUDOU O PONTO FOCAL. PINTA DE VÁRIOS ANGULOS RESUMO - HISTORIA DA ARTE NÃO SE USA A CR PRETA FIGURAS SEM CONTORNO NÍTIDO. REJEITOU A PERSPECTIVA, A COMPOSIÇÃOEQUILIBRADA E AS FIGURAS IDEALIZADAS DA Renascença. OBJETIVO PRINCIPAL: APRESENTAR UMA IMPRESSÃO SUGERINDO TODO UM JOGO DE LUZ, COR E MOVIMENTO. A PINTURA PRECISA SER VISTA A CERTA DISTÂNCIA PARA TER SENTIDO ESTILO QUE REPRESENTA A COR, A LUZ E O MOVIMENTO - FULGACIDADE DO MOVIMENTO REPRESENTAÇÃO EXATA DA REALIDADE. PINTA O QUE VÊ. ROMPE COM MUITOS PARADOXOS: RETIRA O DESENHO DA PINTURA CAPTA AS CORES AO AR LIVRE, NA PRESENÇA DA LUZ, QUE MUDA A CADA 3 MINUTOS. OS OBJETOS PERDEM VALOR. IMPORTANTE É A IMPRESSÃO DA IMAGEM NAQUELA LUZ. MONET PINTOU 49 TELAS DE FENO, E DESCOBRIU A COR NO BRANCO QUANDO PINTOU O FENO NA NEVE. DEGAS - ERA APAIXONADO PELO MOVIMENTO DO TULE DAS BAILARINAS Obras A PINTURA PRECISA SER VISTA A CERTA DISTÂNCIA PARA TER SENTIDO NEVE. MONET PINTOU 49 TELAS DE FENO, E DESCOBRIU A COR NO BRANCO QUANDO PINTOU O FENO NA Obras OBJETIVO PRINCIPAL: APRESENTAR UMA IMPRESSÃO SUGERINDO TODO UM JOGO DE LUZ, COR E MOVIMENTO. IMPRESSÃO DO SOL NASCENTE - MONET Caráter “sugestivo” das obras, que apenas nos causam uma “impressão” captada por nossos sentidos. Pincelando de forma suave, Desrespeitou as regras acadêmicas. E, de forma ousada, retrata a luz do sol refletida na água, causando um contrastre impressionante entre as cores que predominam no quadro, bem como com o espectro solar nas águas marinhas. RENOIR - ERA UM GRANDE RETRATISTA. O ROSTO ERA DEFINIDO E O RESTANTE DO CORPO PULSAVA., USAVA PINCELADAS. USAVA CORES PRIMÁRIAS, FUND NUBLADO. PINTAVA COM ALEGRIA. OS NÚS ERAM SOLIDAMENTE FORMADOS.
  8. 8. COMPARAÇÃO OBRAS - NEOCLASSICISMO X ROMANTISMO OBRA : A MORTE DE MARAT NEOCLÁSSICO - DAVI ROMÂNTICO - MUNCH representa um acontecimento emblemático da Revolução Francesa (o assassinato de um dos seus chefes político). foi concebido como um monumento para um homem que foi simultaneamente herói, mártir e amigo. Embora dominada por uma forte emotividade, a obra deve também ser entendida a partir de um ponto de vista documental, enquanto testemunho e descrição da ação. Como em muitos outros trabalhos iniciais David, todos os objetos presentes na tela têm uma função concreta, tendo sido evitado qualquer detalhe ou alusão supérflua de forma a não prejudicar a clareza do tema. Desta forma, a composição é francamente encenada, de forma incluir todos os sinais e pistas para uma identificação e compreensão do acontecimento: a banheira, a faca, a carta, a ferida e o sangue. Uma fonte luminosa rasante ilumina a figura partir de um ponto alto, criando uma atmosfera mística acentuada pela vibração cromática do fundo. A utilização de tons frios e tendencialmente escuros permitiu realçar alguns pormenores dos corpo morto recorrendo a subtis e simbólicas manchas avermelhadas, contribuindo igualmente para destacar a caixa de madeira onde David inscreveu a sua dedicatória. uma versão conturbada do pintor norueguês Edvard Munch. Na nova interpretação, uma figura nua representando Charlotte Corday, deu ao trabalho um tom sexual. Os lençóis ensanguentados e tons mosqueadas do cadáver de Marat acrescentou um realismo horrível a versões anteriores. Era uma questão pessoal de Munch, que se sentiu traído pela ex- amante Tulla Larsen, que o abandonou quando ele ficou perturbado e se feriu com um tiro acidental.
  9. 9. PÓS-IMPRESSIONISMO RESUMO - HISTORIA DA ARTE CORES QUENTES P/ TRANSMITEM EMOÇÕES DE ALEGRIA E FRIAS PARA TRISTEZA. REPRESENTAÇÃO DA NATUREZA DE FORMA MAIS ABSTRATA CARACTERÍSTICAS ENFATIZARAM AS EXPRESSÕES E EMOÇÕES Obras GAUGIN - ENFFATIZARAM AS FORMAS DURAS E GEOMÉTRICAS RESPRESENTAVAM UMA ANÁLISE ESTRUTURAL DA NATUREZA COMPOSIÇÃO EQUILIBRADA. CORES CHAPADAS, DESENHOS VIGOROSOS, FORMAS SEM SOMBREAMENTO E CURVAS. UMA ARTE COM MAIS ESSÊNCIA, NÃO SOMENTE CAPTAR UM MOMENTO. REAÇÃO AO MOVIMENTO IMPRESSIONISTA: CONTRA O DESEJO DE REPRODUZIR FIELMENTE A NATUREZA USO DE CORES, LUZ, PICELADAS DESIGUAIS, PORÉM COM MAIS EMOÇÃO E EXPRESSÃO EXPLORARAM AS POSSIBILIDADES ABERTAS PELO IMPRESSIONISMO APRESENTOU UMA VISÃO MAIS INDIVIDUALIZADA DO MUNDO MAIS PLANEJAMENTO NAS PINTURAS OBJETOS COM FORMAS MAIS SÓLIDAS E COMPREENSÍVEIS Foi morar no Thaiti e ficou impressionado com a cor da pele das mulheres. A arvore é azul, o ceu rosa. Importante é enfatizar emoções através das cores. VAN GOGH - MUNCH
  10. 10. EXPLORA NOVOS MATERIAIS COMO FERRO E VIDRO PARA BUSCAR ORIGINALIDADE. ART NEUVOAU CARACTERÍSTICAS FINAL D SÉCULO XIX TENDÊNCIA ARQUITETONICA INOVADORA, COM ESTILO FLOREADO, FORMAS ORGÃNICAS INSPI RADOS EM FOLHAGENS, FLORES, CISNES, LABAREDAS E OUTROS. ALBREY BEARDSLEY ARTISTAS MAIS CONHECIDOS KLIMT EXPRESSO EM CARTAZES E OBJETO DE DECORAÇÃO, ALÉM DE MÓVEIS.
  11. 11. O SÉCULO XIX E XX FOI PALCO DE IMPORTANTES RUPTURAS. NA PASSAGEM DO SÉCULO XVIII PARA O XIX ACONTECEU A SEPARAÇÃO DAS ESFERAS DO CONHECIMENTO. O OBJETIVO DA CIÊNCIA ERA A VERDADE, DA MORAL É O BEM E DA ARTE É A BELEZA. A ARTE NEOCLÁSSICA QUERIA SER COMPROMETIDA COM A PROBLEMÁTICA DO SEU TEMPO. (ILUMINISMO, REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E REVOLUÇÃO FRANCESA). O IMPRESSIONISMO ROMPEU COM AS ARTES PLÁSTICAS, QUANDO A FOTOGRAFIA SE TORNOU RESPONSÁVEL POR DAR CONTA DE REGISTRAR A REALIDADE, O MUNDO REAL. O ARTISTA FICOU LIVRE PRA TRANSPOR SUA VISÃO PARA O MUNDO. NESSA ÉPOCA TAMBÉM SURGIU A TINTA INDUSTRIALIZADA. A PINTURA PULSA, NÃO SENDO NEESSÁRIO MAIS O DESENHO SOBRE A TELA. A TEMÁTICA FICA CADA VEZ MENOS IMPORTANTE, SENDO SUBSTITUIDA PELA IMPRESSÃO DA IMAGEM NA LUZ. NÃO HÁ EMOÇÃO NAS TELAS. ELA REPRESENTA A FULGACIDADE DOS MOVIMENTOS, DA ÁGUA EM MOVIMENTO. A PINTURA É FEITA AO AR LIVRE PARA CAPTAR A LUZ QUE MUDA A CADA 3 MINUTOS. O ART NEUVOAU EVIDENCIOU QUE OS ARQUITETOS E OS ARTISTA SE DEPARARAM COM UMA NOVA HISTÓRIA E UMA NOVA FORMA DE FAZER ARTE. ELA ROMPE COM O PASSADO APESAR DE AINDA USAR O ORNAMENTO. O ART NEUVOAU É CARO POR QUE FICA ENTRE O ÚLTIMO ESTILO HISTÓRICO E A MODA (1º ESTILO MODERNO). USAVA O FERRO INDUSTRIALIZADO E O ACABAMENTO DE UM ARTISTA. NÃO DESEJAVA UM LÍRICO RETORNO AO PASSADO, MAS UMA "ARTE NOVA" QUE SE UTILIZASSE DAS NOVAS POSSIBILIDADES DE CONSTRUÇÃO E ENFRENTASSE O DESAFIO DA EXPLOSÃO POPULACIONAL E DO DESENVOLVIMENTO ECONOMICO. DESCARTOU A SIMETRIA E EXPLOROU AS CURVAS SINUOSAS, INSPIRANDO-SE NA NATUREZA. USOU O FERRO E O VIDRO NA ARQUITETURA E NOS ELEMENTOS ORNAMENTAIS, BUSCANDO SIGNIFICANTES EM SI PRÓPRIAS, SEM UM CONTEÚDO EXPOSTO. PROVA DISSO É A TORRE EIFEL, CONSTRUIDA POR SI PRÓPRIA. SEM OBJETIVO EXPLÍCITO. EM SUMA, O IMPRESSIONISMO E O ART NEUVOAU COMO ESTILOS ORIUNDOS DA EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO, DA ECONOMIA, DA CULTURA E DA MORAL, POSSIBILITARAM A LIBERTAÇÃO DA ARTE, DOS ARTISTAS E DA ARQUITETURA EXISTENTES ATÉ ENTÃO. ART NEUVOAU E IMPRESSIONISMO COMO QUEBRA DE IMPORTANTES RUPTURAS

×