O evangelho segundo Jesus Cristo                                                                           rdade que o    ...
Professor Luiz Lopes               PortuguêsAlunos:   André Magalhães          Daniel Pinheiro          Guilherme Pereira ...
"Antes eu dizia: Escrevo porque não quero morrer.  Mas agora mudei. Escrevo para compreender.            O que é um ser hu...
José de Sousa Saramago nasceu em 1922, em Azinhaga, aldeia ao sul de   Portugal, numa família de camponeses. Autodidata, a...
Principais Obras
Análise da obra
Resumo da obra
DINIZ, M. L.V.P."O evangelho segundo Saramago: a única históriapossível" Anais do XIV CELLIP – Centro de Estudos Lingüísti...
PersonagensJesus: protagonista e salvador da humanidade. Pessoa humilde,honesta e com ideias fixas.Maria: Mãe de Jesus, mu...
Tempo Cronológico                                CronológicoJesus na infância:“Quando chegou aos cinco anos, o filho de Jo...
Jesus na adolescência“ Jesus lançou-se para o chão, a chorar. Os inocentes, dizia ele queparecer incrível que um simples r...
EspaçoNo antigo Oriente Médio, a história se passa em cidades que estãohoje dentro das fronteiras da Jordânia, de Israel e...
Características da obra       Saramago tem um estilo único de escrever, com poucospontos finais, muitas vírgulas e nenhum ...
“Não faltará já por aí quem esteja protestando que semelhantes miudezas exegéticas em nada contribuem para a inteligência ...
Crítica à religião. É uma obra que põe em dúvida não só ahistória bíblica, mas também a ciência.        Um Jesus Humanizad...
Foco: ironiza a história de Jesus                                            Criando um Jesus humanizadoProblematiza = Por...
“o filho de José e de Maria nasceu como todos osfilhos dos homens, sujo de sangue de sua mãe, viscoso dassuas mucosidades ...
O que acreditamos é que o autor até cria no romance um espaçopara o narrador, mas ele não o deixa controlar a história e a...
“Há mais mistérios entre o céu e aTerra, que possa imaginar nossa vã            sabedoria.”          Shakespeare
O evagenlho segundo jesus cristo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O evagenlho segundo jesus cristo

431 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
431
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O evagenlho segundo jesus cristo

  1. 1. O evangelho segundo Jesus Cristo rdade que o que Deus não quis, (…) mas não é ve“Limitei-me a tomar para mim aquilo ter sido eu quem invent ou o pecado e , não me lembro demed o seja uma arma minha s há sempre.”o seu ca stigo, e o medo que nele (fala do Diabo a Jesus)
  2. 2. Professor Luiz Lopes PortuguêsAlunos: André Magalhães Daniel Pinheiro Guilherme Pereira Leandro Ferreira Pablo Miranda Tamara Silva
  3. 3. "Antes eu dizia: Escrevo porque não quero morrer. Mas agora mudei. Escrevo para compreender. O que é um ser humano?" José Saramago
  4. 4. José de Sousa Saramago nasceu em 1922, em Azinhaga, aldeia ao sul de Portugal, numa família de camponeses. Autodidata, antes de se dedicar exclusivamente à literatura trabalhou como serralheiro, mecânico, desenhista industrial e gerente de produção numa editora. A linha do tempo mostra do inicio até o fim da atividade literária do autor : 1947, 1966, 1975, 1976 passou a viver 1980, livro Levantado 1991, publica O 1998, romance tornou-se de seus escritos, do Chão, visto hoje Evangelho Segundo um livro de recebeu o Terra do diretor do inicialmente como como seu primeiro Jesus Cristo, livro poemas Prêmio Nobel Pecado jornal Diáriotradutor, depois censurado pelo grande romance. de Literatura, de Notícias. como autor. governo português1984, 1986, 1995, 1997, 2002, Morreu em 18 de junho deO Ano da A Jangada Ensaio sobre a Todos os O Homem 2010, emMorte de de Pedra Cegueira Nomes Duplicado Lanzarote,Ricardo Reis Espanha.
  5. 5. Principais Obras
  6. 6. Análise da obra
  7. 7. Resumo da obra
  8. 8. DINIZ, M. L.V.P."O evangelho segundo Saramago: a única históriapossível" Anais do XIV CELLIP – Centro de Estudos Lingüísticos e Literários doParaná, editado em CD Rom, Curitiba/PR, 2001.
  9. 9. PersonagensJesus: protagonista e salvador da humanidade. Pessoa humilde,honesta e com ideias fixas.Maria: Mãe de Jesus, muitas vezes censura Jesus mesmo sendo inferiora ele.José: Pai de Jesus, homem batalhador que morre por tentar salvar umamigoDeus: figura divina e bondosa. Porém se apresentar como um serambicioso por conquistas.Maria Madalena: prostituta, perdoado pelo seus pecados por Jesus e setorna esposa de Jesus.Discípulos: apoio de Jesus na propagação do evangelho e da missãodado por Deus à Jesus.
  10. 10. Tempo Cronológico CronológicoJesus na infância:“Quando chegou aos cinco anos, o filho de José começo a ir àescola.Todos as manhãs, logo ao nascer do dia , a mãe levava-o aoencarregado da sinagoga, que sendo os estudos do nível elementar,bastava a o efeito, e era ali, na própria sinagoga, feita sala de aula, queele e os outros rapazinhos de Nazaré até aos dez anos, realizavam asentença do sábio...”
  11. 11. Jesus na adolescência“ Jesus lançou-se para o chão, a chorar. Os inocentes, dizia ele queparecer incrível que um simples rapaz de treze nos, idade em queegoísmo facilmente se explica e desculpa, possa ter sofrido tão forteabalado por causa duma notícia que, se tivermos em conta o quesabemos do nosso mundo contemporâneo, deixaria indiferente a maiorparte da gente.”Jesus na fase adulta“E eis que, enfim, ia Jesus nos seus vinte e cinco anos, pareceu que ouniverso todo começou de súbito a mover-se, novos sinais se sucederam,uns atrás dos outros, como se alguém, com repentina pressa,pretendesse reaver um tempo que houvesse malgastado.”
  12. 12. EspaçoNo antigo Oriente Médio, a história se passa em cidades que estãohoje dentro das fronteiras da Jordânia, de Israel e da AutoridadeNacional Palestina (ANP)“...fora em peregrinação a Jerusalém descera até Belém...”“... o deserto de Judeia queimava e requeimava a antiquíssimacicatriz duma terra...”“... João nunca se demorava muitos dias num mesmo lugar, mas queo mais provável, em todos os casos, seria encontrá-lo batizado nasmargens do Jordão, desceram dos altos de Betânia para o sítio deBetabara, que está à beira do Mar Morto, com a ideia de irem depoissubindo o rio, sempre, até ao Mar da Galileia...”
  13. 13. Características da obra Saramago tem um estilo único de escrever, com poucospontos finais, muitas vírgulas e nenhum travessão. Diálogos sãotodos entre vírgulas, vocabulário extenso e construção das frases écomplicada. O narrador do romance não só narra uma história, mas temconsciência dos caminhos que utiliza e comenta-os. Várias vezes noromance ele faz uma parada para comentar como anda seu texto e seposiciona defendendo-se ou explicando-se. Como no trecho abaixo:
  14. 14. “Não faltará já por aí quem esteja protestando que semelhantes miudezas exegéticas em nada contribuem para a inteligência de uma história afinal arquiconhecida, mas ao narrador deste evangelho não parece que seja a mesma coisa, tanto no que toca ao passado como no que ao futuro há de tocar...” (Saramago, pág. 127)O narrador não usa nenhum recurso para aproximá-lo das cenas comotestemunha, faz questão de deixar clara sua posição no presente.
  15. 15. Crítica à religião. É uma obra que põe em dúvida não só ahistória bíblica, mas também a ciência. Um Jesus Humanizado.Como no trecho abaixo: “...José, perplexo, olhou o vulto da mulher, estranhando-lhe o sono pesado, ela que o mais ligeiro ruído fazia despertar, como um pássaro. ... Estará mal, pensou, mas eis que um sinal de urgência o distraiu da preocupação incipiente, uma instante necessidade de urinar, também ela muito fora do costume...” (Saramago, pág. 23)
  16. 16. Foco: ironiza a história de Jesus Criando um Jesus humanizadoProblematiza = Portugal é um país Cristão Crítica maior sobre a Igreja católicaA literatura portuguesa não aceita muito a obra.
  17. 17. “o filho de José e de Maria nasceu como todos osfilhos dos homens, sujo de sangue de sua mãe, viscoso dassuas mucosidades e sofrendo em silêncio. Chorou porque ofizeram chorar, e chorará por esse mesmo e único motivo.” Verossimilhança Acontecimentos bíblicos (com algumas alterações):bodas de Canaã. “enchei de água aquelas talhas, eram seis talhas depedra que serviam para purificação, e eles encheram-na atéem cima ... Então Jesus vira teu em cada talha uma parte do vinho que tinha no copo...”
  18. 18. O que acreditamos é que o autor até cria no romance um espaçopara o narrador, mas ele não o deixa controlar a história e assume ocomando por trás dos panos. Saramago faz questão de se colocarna obra e as reflexões que aparecem ao longo do romance (meta-textos) são melhor entendidas se considerarmos um autor-narradore não só um narrador.
  19. 19. “Há mais mistérios entre o céu e aTerra, que possa imaginar nossa vã sabedoria.” Shakespeare

×