Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?

306 visualizações

Publicada em

Palestra realizada a convite do SERPRO Regional Florianópolis com conteúdo introdutório sobre a cultura de feedback e ferramentas utilizadas na Taller.

Publicada em: Recrutamento e RH
  • Seja o primeiro a comentar

Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?

  1. 1. Trabalhando a cultura do feedback Por onde começar? Mariana Graf mariana@taller.net.br
  2. 2. Sou a Mari Graf :) ● Gestão para as pessoas (People no cartão) ● Mídias Sociais ● Atuo em comunidades (Agile Floripa, Agile Trends e Agile BR) ● Agilidade é cultura ● Mas as práticas são legais também ;)
  3. 3. Todo mundo sabe o que é feedback. Certo? Nem sempre.
  4. 4. Feedback é uma cultura, um mindset!
  5. 5. Antes das ferramentas é preciso pensar na base. Como preparar as pessoas?
  6. 6. Precisamos discutir explicitamente o propósito do feedback.
  7. 7. Feedback não é só retorno.
  8. 8. O que os feedbacks podem transmitir? RECONHECIMENTO ★ Você é importante para mim ★ Eu vejo o que você faz ★ Motiva e estimula ORIENTAÇÃO ★ Aumentar conhecimentos diversos ★ Desperta suscetibilidade dos relacionamentos AVALIAÇÃO ★ Informa sobre a situação ★ Alinha expectativas ★ Subsidia a tomada de decisões ★ Geralmente surge de uma comparação
  9. 9. Pontos cegos
  10. 10. Todos nós temos pontos cegos porque: ★ Não enxergamos nosso próprio rosto, que às vezes, pode nos entregar sobre como realmente nos sentimos. ★ Não podemos ouvir o nosso próprio tom de voz ★ Desconhecemos a maior parte dos nosso padrões de comportamento
  11. 11. E eles são amplificados por: Matemática emocional ★ subtraímos nossas emoções enquanto os demais multiplicam Atribuição ★ nós atribuímos nossas falhas a situações, enquanto outros atribuem ao nosso caráter Abismo entre intenção e impressão ★ nós nos julgamos por nossas intenções, e os demais pelas impressões que causamos neles.
  12. 12. Peça para que outro alguém seja seu espelho franco e confie.
  13. 13. Pergunte-se: o que eu estou fazendo que está me atrapalhando?
  14. 14. Aprendendo a ser receptor
  15. 15. Volte três casas e entenda melhor as diferenças: Casa 1 ★ As diferenças entre nós (eu + você) estão gerando atritos? Casa 2 ★ isso seria resultado dos papéis que desempenhamos na empresa? Casa 3 ★ o sistema (ambiente, processos, políticas) estão intensificando esse problema?
  16. 16. Admita que você não pode controlar o que pensam sobre você
  17. 17. As opiniões alheias são informações e não conclusões sobre você
  18. 18. Aprendendo a ser emissor
  19. 19. Assim que você for dar um feedback a alguém, questione-se:
  20. 20. 1) Qual é o seu objetivo ao dar este feedback? 2) Esse objetivo é correto do seu ponto de vista?
  21. 21. 3) Esse objetivo é correto do ponto de vista da outra pessoa? 4) Sua meta principal é orientação, avaliação ou reconhecimento?
  22. 22. Ferramentas
  23. 23. Feedback Canvas
  24. 24. Feedback 360
  25. 25. One-on-One meetings ● Status e progresso ● Obstáculos e problemas ● Desenvolvimento de carreira ● Coaching e feedback
  26. 26. K U D O S
  27. 27. Feedback Wall
  28. 28. Precisamos trabalhar juntos para obter um quadro mais completo que aumente as oportunidades de aprendizado mútuo.
  29. 29. Mas você é a pessoa mais importante no seu próprio aprendizado.
  30. 30. (…) “o motivador número um das pessoas é o feedback sobre os resultados. Na verdade, temos aqui outra máxima que valeria a pena anotar: O feedback é o alimento dos campeões. O feedback sobre os resultados nos mantém em atividade.” (Blanchard, Kenneth H.)
  31. 31. Obrigada pela atenção! mariana@taller.net.br blog.taller.net.br marianagraf Mariana Graf

×