Participantes
Douglas Inue
Evandro Bueno
Janaina Emidio
Taise Bortoletto
Marketing Digital
Fundação Getúlio Vargas
Mobile ...
1. Cenário pré-mobile
2. Ubiquidade
3. Disruptura
4. Mudança da proposta de valor
5. Comparativo
6. Exemplos
Mobile Banking
Antes do Mobile e da Internet Banking, ir ao banco era um compromisso, como ir ao
médico ou supermercado. Tratava-se de um...
Com a chegada da internet e dos smartphones, o comportamento do consumidor
mudou. Hoje, o cliente preza pela disponibilida...
Acesso aos serviços bancários de qualquer
lugar, a qualquer momento.
Abertura de conta pela internet, com o envio
dos docu...
A internet e Mobile banking se consolidaram no Brasil, com mais de 50% das
transações feitas por esses canais. O número de...
Dados comparativos
Ano 2014 e 2015 – Febraban.
Mobile
Banking
2014
4,7
Milhões
2015
11,2
Milhões
Internet
Banking
2014 201...
Banco Original
Desde o início das
operações, o Banco
Original não conta com
agências próprias. Em 2013
deu início a um pro...
FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentacao Mobile Banking - Julho/2016 - FGV Santo André

151 visualizações

Publicada em

A Revolução Mobile nos Bancos, suas mudanças e evoluções.
As instituições bancárias se aprimoraram e se digitalizaram durante os anos (Itaú, Bradesco, Banco Original, Nubank, Xp Investimentos , entre outros) .

Publicada em: Serviços
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
151
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao Mobile Banking - Julho/2016 - FGV Santo André

  1. 1. Participantes Douglas Inue Evandro Bueno Janaina Emidio Taise Bortoletto Marketing Digital Fundação Getúlio Vargas Mobile Marketing Fabio Flatschart
  2. 2. 1. Cenário pré-mobile 2. Ubiquidade 3. Disruptura 4. Mudança da proposta de valor 5. Comparativo 6. Exemplos Mobile Banking
  3. 3. Antes do Mobile e da Internet Banking, ir ao banco era um compromisso, como ir ao médico ou supermercado. Tratava-se de uma responsabilidade semanal ou mensal que, na maioria das vezes, consumia muito tempo devido as filas imensas. Além disso, era sinônimo stress, por atendentes algumas vezes mal humorados e alguns processos burocráticos. Com a chegada da internet, alguns processos começaram a ser simplificados. Extratos e algumas operações bancárias já podiam ser realizadas através da rede, porém o acesso à internet era limitado e, geralmente, as pessoas podiam navegar apenas a noite, quando voltavam do trabalho. Cenário pré-mobile
  4. 4. Com a chegada da internet e dos smartphones, o comportamento do consumidor mudou. Hoje, o cliente preza pela disponibilidade dos serviços na palma da sua mão, pelo mobile. É ele quem decide o canal e o horário que quer ser atendido. Com isso, o serviço bancário precisou se reestruturar. Não existe mais o dia de ir à agência fazer os pagamentos. Agora, é possível fazer a maioria das transações por meio dos aplicativos. A fatura do cartão de crédito é acompanhada diretamente pelo aplicativo e por lá, é feito também o seu pagamento. Ubiquidade “O serviço bancário está na mão do cliente 24 horas por dia e em qualquer lugar”
  5. 5. Acesso aos serviços bancários de qualquer lugar, a qualquer momento. Abertura de conta pela internet, com o envio dos documentos e uma selfie, sem a necessidade de ir até uma agência. Startups, como Nubank, passam a ser as principais concorrentes dos bancos com nomes já consagrados. Bancos 100% digitais, como o Banco Original. Desburocratização de serviços, como o pagamento por meio de uma foto do código de barras do boleto, ou transferência de dinheiro pelo número de celular do favorecido, sem a necessidade de digitar agência e conta. Disruptura Tokpag Aplicativo do Itaú que possibilita transferência para os contatos da agenda que também possuam o aplicativo.
  6. 6. A internet e Mobile banking se consolidaram no Brasil, com mais de 50% das transações feitas por esses canais. O número de transações via mobile, cresceu mais de 100 vezes desde 2011 e apresentou um aumento de 4,7 bilhões para 11,2 bilhões de 2014 para 2015 (aumento de 138 %). O que o cliente quer Rapidez, sem ter que enfrentar filas. Online, transferências feitas na mesma hora. Comodidade, resolver o seu problema de onde estiver. Qualidade, não só ter acesso ao serviço digital, mas que ele funcione. Facilidade, o aplicativo tem que ser fácil de usar. Mudança da proposta de valor
  7. 7. Dados comparativos Ano 2014 e 2015 – Febraban. Mobile Banking 2014 4,7 Milhões 2015 11,2 Milhões Internet Banking 2014 2015 18,0 Milhões 17,7 Milhões Caixas Eletrônicos 2014 2015 10,2 Milhões 10,0 Milhões Posto de Serviço e Compras 2014 2015 7,2 Milhões 7,8 Milhões Contact Centers 2014 2015 1,5 Milhões 1,4 Milhões Agências Fisicas 2014 2015 4,9 Milhões 4,4 Milhões
  8. 8. Banco Original Desde o início das operações, o Banco Original não conta com agências próprias. Em 2013 deu início a um projeto para se tornar o primeiro banco brasileiro 100% digital, sem agências e todos os serviços oferecidos por meio de aplicativos para computadores, celulares, tablets e Smart TVs. Em 2016, foi o lançamento de uma plataforma 100% digital para atender o público de varejo, e todas as transações do banco passaram a ser online. O projeto foi comandado pelo idealizador do banco, Henrique Meirelles, atual Ministro da Fazenda do governo Temer. Exemplos Nubank Nubank é a nova operadora de cartões de crédito que está deixando os brasileiros ansiosos. Ela possui muitos diferenciais em comparação com as demais operadoras de cartões, a começar pela ausência de uma agência física. Absolutamente tudo é feito online e com a rapidez que a Internet proporciona, através de um app disponível para Android e iOS. O cartão Nubank, surpreendentemente, não cobra anuidade e nenhuma outra taxa. Isso é possível graças ao modelo de negócio 100% digital, que permite a eles cortar custos com agências e estruturas caras, além da papelada, já que a burocracia é menor. Banco XP XP Investimentos é uma das maiores empresas independentes de investimento do país e oferece educação, informação e um portfólio completo de produtos e serviços financeiros, de forma isenta, para que os clientes invistam melhor e consigam alcançar o sucesso financeiro. Bancos tradicionais O Itaú e outros bancos, como: Bradesco, Santander entre outros, também estão de olho no futuro digital, o fato de possuir um legado de agencias e estruturas físicas ainda não conseguem diminuir algumas tarifas que hoje são cobradas, de olho nas startups estão preocupados em lançar serviços que simplificam a vida de seus clientes e investem de mais em propagada tanto da mídia convencional quanto da digital.
  9. 9. FIM

×