O que é o IBOPE? Quais suas Ferramentas?

3.717 visualizações

Publicada em

Este material é fantástico para todos os mídias deste vasto Brasil, que precisam estar conectados como funcionam os institutos de pesquisa, quais são as ferramentas que as agências podem ter acesso e acima de tudo, entender como ocorrem as pesquisas. Essa compreensão nos mune de informação para que possamos interpretar os dados e ter decisões mais acertadas no investimento em mídia.

Publicada em: Marketing
  • Seja o primeiro a comentar

O que é o IBOPE? Quais suas Ferramentas?

  1. 1. O que é o IBOPE?
  2. 2. Grupo IBOPE Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística o Unidades de Negócios o Instituto Paulo Montenegro
  3. 3. Parceiros e Participação Acionária Joint-venture entre IBOPE Media e Nielsen Company, líder mundial em medição de audiência de internet. O IBOPE possui uma participação acionária da Millward Brown Inc., instituto de pesquisa de mercado ad hoc. Joint-venture entre IBOPE Inteligência e iVox para fundar a Conectaí. Parceria entre IBOPE e Grupo WPP, considerada a maior agência de publicidade do mundo.
  4. 4. Grupo IBOPE Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística  Multinacional brasileira de capital privado  70 anos no mercado (13 de maio de 1942)  Na América Latina: Líder em pesquisa de audiência  No mundo: entre as 25 maiores empresas de pesquisa, de acordo com o ranking Honomichl Top 25 Global Research Organizations – 2012
  5. 5. IBOPE no Dicionário Verbete de dicionário no Brasil: reconhecido por seu prestígio e idoneidade, como sinônimo de pesquisa e audiência.
  6. 6. Grupo IBOPE Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Escritórios: • Brasil: Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Distrito Federal, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Ma naus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória, além de Campinas (interior do estado de São Paulo). • América Latina: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Panamá , Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. • Estados Unidos: Miami e Nova York
  7. 7. Grupo IBOPE Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Contribuir de forma relevante para a maximização dos resultados e redução de riscos na tomada de decisão por nossos clientes, por meio do provimento de informações e conhecimento, fundamentados principalmente em pesquisas de mercado, mídia e opinião.
  8. 8. 8
  9. 9. Insituto Paulo Montenegro  Organização sem fins lucrativos, criada em 2000, com o apoio das empresas do Grupo IBOPE, para desenvolver projetos voltados para educação e que estimulem a ação social.  O Instituto desenvolve e dissemina projetos que têm como base o know-how em pesquisa das empresas do Grupo e a credibilidade conquistada ao longo de seus 69 anos de atividade. Para saber mais, veja: www.ipm.org.br. Parcerias: ONG Ação Educativa, UNESCO, Gif e, Movimento todos pela Educação.
  10. 10. Principais Projetos Nossa Escola Pesquisa Sua Opinião – NEPSO Promove o uso pedagógico de pesquisa de opinião em escolas públicas, inspirando professores e alunos investigarem temas por eles considerados relevantes. Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional – INAF Único indicador no Brasil que revela os níveis de alfabetismo funcional da população adulta brasileira, quantificando habilidades e práticas de leitura, escrita e matemática, de pessoas entre 15 e 64 anos de idade. Perguntação Utiliza a metodologia de consultas participativas de opinião como instrumento de articulação e mobilização em comunidades, investigando temas de interesse e procurando qualificar ações que mudem a realidade local.
  11. 11. 11
  12. 12. Ibope Media Audiência • TV • Rádio • Jornal • Internet (IBOPE Nielsen Online) Monitor (Investimento Publicitário) Target Group Index (Single Source)
  13. 13. “ Enquanto um homem individualmente é um quebra-cabeças insolúvel, no conjunto ele se torna uma certeza matemática. Você nunca pode prever o que um homem fará, mas pode dizer com precisão o que, em média, um número deles fará. Individualmente eles variam, mas em média se mantêm constantes.” (Sir Conan Doyle, criador do personagem Sherlock Holmes)
  14. 14. Ibope Media na Prática
  15. 15. O primeiro passo para a Agência X montar uma campanha de lançamento eficaz do carro é conhecer seu target. E para isso o Ibope Media oferece o...
  16. 16. Target Group Index
  17. 17. Target Group Index Presente em 62 países Cerca de 1 milhão de entrevistados/ano Noruega Canadá EUA México Porto Rico Colômbia Equador Peru Chile Venezuela Brasil Finlândia Inglaterra Dinamarca Polônia Irlanda Alemanha R. Tcheca Eslováquia França Hungria Croácia Eslovênia Portugal Itália Bulgária Turquia Espanha GréciaSérvia Síria Iran Líbano Marrocos Israel Jordânia Bahrein Argélia Egito Kuwait Catar Arábia EAU Saudita Base regional combinad a África do Sul Quênia Rússia China Índia Tailândia Coréia do Sul Japão Hong Kong Taiwan Filipinas Malásia Singapura Indonésia Austrália Argentina Nova Zelândia Fonte: 2012 Target Group Index Product Book
  18. 18. Base amostral Brasil 20.736 entrevistas 71 milhões de pessoas representadas 47% da população (12 a 75 anos) e 66% do IPC/Pyxis IBOPE Inteligência Base histórica de 12 anos preservada pela estrutura do questionário. População urbana das 9 maiores regiões metropolitanas do país + interiores: São Paulo| Rio de Janeiro | Porto Alegre | Curitiba | Belo Horizonte | Salvador Recife | Fortaleza | Brasília | Campinas | Interiores de São Paulo e das regiões Sul e Sudeste. Amostra 100% probabilística: projetada para representar o total dos domicílios urbanos e o total de indivíduos de 12 a 75 anos. Fonte: Target Group Index Br13w1+w2(jul11-Ago12) - Pessoas
  19. 19. Target Group Index Utilidades Definição de conteúdo de campanhas publicitárias. Segmentação de mercado. Avaliação de posicionamento. Seleção das mídias mais adequadas.
  20. 20. Bases de Estudo O Target Group Index envolve várias áreas de estudo para a compreensão do comportamento brasileiro.
  21. 21. Target Group Index  São mais de  Mais de produtos.  Mais de 700 veículos de comunicação. 3.100 marcas, distribuídas em 220 categorias de 50 variáveis sociodemográficas.  Valores e atitudes: diversos assuntos. 241 frases comportamentais abordando 40  São atividades recreativas/bem-estar e mais de esportes praticados e assistidos.  O dia do consumidor apontado a cada 60 minutos;  Análise de marketing boca-a-boca e de PDV. 30 tipos de
  22. 22. A agência já sabe que o público-alvo são os universitários... ...mas nem todos os universitários tem como objetivo, comprar um carro. Então, quantos deles realmente pretendem comprar um carro 0km?
  23. 23. ATENÇÃO As informações e estratégias traçadas para esse exemplo são somente ilustrativas.
  24. 24. Target Group Index Na prática O Target Group Index tem a resposta. Esse é o target Universitários • 71.096.000 • 4.871.000 (7%) Universo TGIndex Fonte: Target Group Index Br13w1+w2 (jul11-Ago12) - Pessoas • 570.000 (12%) Pretendem comprar um carro 0km nos próximos 12 meses
  25. 25. Perfil Demográfico ? E quem são esses 12% População Universitários 70% Homens da classe AB de 18 a 34 anos 51% 48% 52% 49% 49% 48% 49% 40% 29% 22% 12% 15% MM AB C DE Fonte: Target Group Index Br13w1+w2 (jul11-Ago12) - Pessoas 16% 11% 3% 1% HH 18% 18 - 24 25 - 34 35 - 44 6% 0% 0% 0% 45 - 54 55 - 64 65 - 75
  26. 26. Consumo de Meios ? Quais os meios eles consomem Universitários que pretendem comprar carro 0km, próx. 12 meses Universo (.000) 570 Afinidade Internet - 7 dias 99% 176 Mídia Extensiva (+ Outdoor) 96% 116 TV Aberta - 7 dias 92% 95 Rádio AM/FM - 7 dias 72% 98 TV Paga - 7 dias 69% 174 Revista - Recente 49% 136 Cinema - 30 dias 48% 293 Jornal -Recente 34% 111 Fonte: Target Group Index Br13w1+w2 (jul11-Ago12) - Pessoas
  27. 27. Fatores Importantes para Compra Fatores Importantes para Compra Preço 67% Custo com a manutenção 60% Consumo de combustível 59% Comodidade/ Conforto 55% mais alta que a população em geral, os Estilo/ design 52% universitários que pretendem comprar Confiabilidade 45% Segurança 45% Marca 37% meses, se preocupam, principalmente, Facilidade de revenda 37% com fatores relacionados à custo de Garantia 26% Facilidades para pagamento/ crediário compra e manutenção. 20% Experiência anterior 17% Velocidade 15% Recomendações de outras pessoas 9% Prêmios do seguro 8% Proximidade da concessionária 6% Outros 2% Publicidade 1% Fonte: Target Group Index Br13w1+w2 (jul11-Ago12) - Pessoas Mesmo com uma renda média pessoal um automóvel 0km nos próximos 12
  28. 28. Conclusão Perceba que a Agência X já definiu e conheceu seu target:  12% dos universitários pretendem comprar um carro 0km nos próximos 12 meses;  O perfil demográfico do target são homens, da classe AB com idade entre 18 e 34 anos;
  29. 29. Agora que o target está definido, a pergunta é: O que ele assiste, ouve, lê...? As respostas determinarão os melhores caminhos para atingir esse público com assertividade.
  30. 30. AUDIÊNCIA TV
  31. 31. Histórico Brasil  Estudos especiais com dados de GRP, cobertura e frequência para SP e RJ; Instalação dos primeiros aparelhos tevêmetros em SP. 50’s 1951: O IBOPE inicia a pesquisa Flagrante de TV. 60’s  Entre 2000 e 2005: Peoplemeter em Salvador, Recife, Dist rito Federal, Fortaleza e Florianópolis;  Lançamento das Famílias Telereport e Planview, e início da medição de audiência Pay TV (SP + RJ).  Real Time em SP. 70’s  Primeiros relatórios de audiência por faixa horária.  1974: Audiência domiciliar no RJ;  1977: Início da medição de audiência individual (Caderno) em SP e RJ. 80’s 90’s 2000  O Peoplemeter é implementado no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Curitiba;  1992: O IBOPE oferece ao mercado um sistema que permite independência no processamento de Alcance e Frequência  1996: Divulgação dos primeiros relatórios do PNT.
  32. 32. Peoplemeter – Dib 6 Visto pelo colaborador Painel com mensagens interativas Visto por nosso técnico instalador
  33. 33. Painel Nacional de Televisão 15 mercados regulares 100% coleta Peoplemeter Metodologia Painel Amostras fixas de famílias acompanhadas ao longo do tempo • Manaus 220 • Belém 150*** Fortaleza - 220 PNT – amostra 4.450 = 20.410.785 domicílios em 15 mercados PayTV 9 mercados**** Recife - 280 DF 300 Goiânia – 220** Salvador 280 BH 330 Vitória – 150* RJ 460 * Grande Vitória: Cariacica,Viana,Vila Velha,Serra, Vitória ** Grande Goiânia:Goiânia, Trindade, Aparecida de Goiânia, Nerópolis e Senador Canedo. *** Belém : Belém e Ananindeua **** PayTV 9 mercados: GSP, GRJ, CTA, POA, BHZ, DFE, CAM, FLO, SAL Campinas 170 SP Curitiba 800 300 Florianópolis - 240 Porto Alegre 330
  34. 34. Pesquisas Especiais Metodologia Caderno + de 100 mercados Região Norte: 17 mercados Região CentroOeste: 14 mercados Região Nordeste: 24 mercados Região Sudeste: 29 mercados Região Sul: 28 mercados 35
  35. 35. Como se mede a audiência? 1 Dados do IBGE, sobre gênero, idade e classificação econômica da população, são complementados com o Levantamento Socioeconômico (LSE) do IBOPE Media. 3 Instalação do Peoplemeter na(s) TV(s) mais utilizada(s) ou distribuição dos cadernos nos domicílios selecionados pela pesquisa. 4 2 São identificados e selecionados grupos de domicílios que representam, proporcionalmente , a população da região (amostra). Após treinamento, os moradores identificam-se sempre que estiverem assistindo à TV, através de um controle remoto ou caderno.
  36. 36. Como se mede a audiência? 5 As informações são armazenadas e transmitidas minuto-aminuto para o IBOPE Media através da rede de telefonia móvel instalada ou pela entrega dos cadernos. Na Grande São Paulo, Grande Rio de Janeiro, Grande Belo Horizonte, Grande Porto Alegre, Grande Recife, Grande Curitiba, Distrito Federal e Grande Salvador a audiência é atualizada a cada minuto. Em toda América Latina, a audiência real time é, até hoje, um serviço exclusivo do Ibope Media. Nas cidades do Brasil onde o serviço minuto-a-minuto ainda não está disponível, os dados são transmitidos no dia seguinte.
  37. 37. Como são calculadas as audiências?  O tempo que cada TV ficou ligada em um certo programa é somado. Minutos assistidos Minutos totais do programa 10 60 15 60 20 60 18 60 42 60 SOMA 105|300 105 300 100 35% 35 pontos  O resultado é dividido pelo tempo total potencial (registrada se todas as casas vissem o programa inteiro).  A porcentagem resultante vira pontos de audiência. 38
  38. 38. TC.Net Audiência real time 39
  39. 39. Auditorias Regul ares  Desde 1998 IBOPE é auditado regularmente pela Ernst & Young.  Ernst & Young utiliza como referência para avaliação das empresas auditadas standards estabelecidos pelo MRC - Media Ratings Council (entidade que reúne institutos, emissoras e agências e monitora os serviços de medição de audiência nos EUA).  IBOPE possui (hoje) uma estrutura de auditoria interna diretamente ligada à gerência geral com um programa anual de auditoria nos diferentes mercados e módulos do serviço de audiência de televisão. 40
  40. 40. Audiência Domiciliar 1% de audiência equivale a 1% do universo pesquisado 204.108 PNT 20.410.785 6.195.2086 3.862.163 61.953 GSP 38.622 GRJ 1% de audiência domiciliar equivale a 204.108 domicílios no Painel Nacional de Televisão Fonte: Estimativas Populacionais 2013
  41. 41. Audiência Individual 1% de audiência equivale a 1% do universo pesquisado 608.165 PNT 60.816.520 18.581.410 10.857.880 185.814 GSP 108.579 GRJ Fonte: Estimativas Populacionais 2013
  42. 42. Índices Qualitativos - Afinidade Nem sempre a audiência e outros índices quantitativos, são fatores determinantes na tomada de decisão, por muitas vezes é necessário analisar também a qualidade. A Afinidade, por exemplo, é um atributo qualitativo e Indica o desempenho proporcional do programa/ faixa horária entre dois targets. Gêneros de Programas Total Indívíduos Homens Audiênci a Audiênc ia Afinidad e Novela 6,88 5,05 73 Minissérie 5,71 4,78 84 Filme 3,54 3,28 93 Humorístic o 3,49 3,43 98 Auditório 3,48 3,03 87 Político 3,45 2,87 83 Reality Show 3,39 3,05 90 Futebol 3,14 3,70 118 Fonte: IBOPE Media Workstation Telereport – Grande São Paulo - 2011 100
  43. 43. Audiência na Prática Veremos isso na prática... Em quais emissoras de TV aberta veicular, para atingir o target HH AB 18-34 anos? 44
  44. 44. Audiência na Prática* Gêneros – Top 15 por Audiência – Junho 2012 Gênero Futebol Novela Filme Desenho Adulto Humorístico Esporte Auditório Show Jornalismo Entrevista Reality Show Séries Saúde Reportagem Musical HH AB 18-34 Audiência (%) Afinidade 5,6 98 4,6 53 3,3 74 3,1 124 2,8 2,4 2,1 2,0 1,9 1,8 1,6 1,6 1,6 1,5 1,5 100 93 65 68 62 95 51 69 58 59 59 Fonte: IBOPE Media Workstation Telereport - PNT – target: HH AB 18-34 (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas.
  45. 45. Audiência na Prática* Emissoras HH AB 18-34 anos – Julho/2012 Emissora A Emissora B Emissora C Emissora D Emissora E o Target assiste mais a Emissora B, porém tem maior afinidade com a Emissora A. 4.4 93 67 0.7 0.1 1.1 53 1.3 Audiência (%) Afinidade Fonte: IBOPE Media Workstation Telereport - PNT – target: HH AB 18-34 (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas. 52 53
  46. 46. Audiência na Prática* Programação - TV Período da Campanha: Agosto/ 2012 Lançamento: 29/jul a 04/ago - Sustentação: 12/ago a 25/ago Total Inserções Rat% (Média) HUMORÍSTICO 3 2,9 AUDITÓRIO 6 2,6 3 REPORTAGEM 3 1,8 3 Gênero Emissora A Emissora B Emissora C seg ter qua qui sex sáb dom 3 3 3 REALITY SHOW 3 1,7 FUTEBOL 3 1,4 3 3 FUTEBOL 6 10,7 3 NOVELA 6 8,0 DESENHO ADULTO 3 3,1 ESPORTE 3 4,0 FILME 6 3,7 HUMORÍSTICO 3 0,4 AUDITÓRIO 3 0,3 FILME 3 0,2 REALITY SHOW 3 0,2 JORNALISMO 3 1,8 3 3 3 3 3 3 3 3 3 3 3 3 1 1 Fonte: IBOPE Media Workstation Telereport - PNT – target: HH AB 18-34 (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas. 1 3 3 3 47
  47. 47. Audiência na Prática* Programação - TV Período da Campanha (2012) Lançamento: 30/jul a 05/ago - Sustentação: 13/ago a 26/ago Total Inserções Rat% (Média) ESPORTE 6 2,2 D SHOW 3 2,1 HUMORÍSTICO 3 2,1 Emissora Gênero Emissora E seg ter qua qui 3 sex sáb dom 3 3 3 REALITY SHOW 6 2,0 FILME 1 1,7 FILME 3 2,2 3 HUMORÍSTICO 3 2,7 3 AUDITÓRIO 3 1,8 SHOW 3 1,7 REPORTAGEM 3 1,7 3 3 3 3 3 3 Fonte: IBOPE Media Workstation Telereport - PNT – target: HH AB 18-34 (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas. 48
  48. 48. AUDIÊNCIA RÁDIO
  49. 49. Linha do Tempo – Rádio 00’s 90’s 80’s Easymedia2 para Rádio. Implantação do painel de rádio em SP. Easymedia Rádio. Implantação da Inclusão de rádio metodologia no investimento recall e amostra publicitário. móvel para rádio. 40’s Fundação do IBOPE e inicio da Pesquisa de flagrante de rádio. Investimento Publicitário, ampliação de cobertura de 21 para 78 emissoras. 1ª pesquisa de consumo de rádio na internet.
  50. 50. Metodologia da Pesquisa Rádio 1 Levantamento Socioeconômico (LSE) 2 Seleção da amostra: o Sorteio dos setores censitários de acordo com a probabilidade proporcional ao tamanho; o Representatividade por zona geográfica e classe econômica ABCDE (Critério Brasil); o População com 10 anos e mais, residente em domicílios permanentes particulares de áreas urbanas; o Praças - seleção em 2 estágios: setores censitários e domicílios.
  51. 51. Metodologia da Pesquisa Rádio Distribuição de cotas para os entrevistadores o Seleção da amostra representativa dos moradores da área pesquisada por sexo, idade e classe socioeconômica. Realização das entrevistas 4 o As informações são registradas eletronicamente e alimentam automaticamente o sistema de processamento; o Metodologia Recall - Lembrança estimulada por meio de cartelas (ordem alterada aleatoriamente). Qual jornal você leu ontem? 3
  52. 52. Metodologia da Pesquisa Rádio 5 Controle de Qualidade Antes do processamento o 20% das entrevistas são verificadas (nova entrevista feita pelo Verificador) para checagem da exatidão na aplicação do questionário e conferência dos dados coletados; o O arrolamento é revisado. Depois do processamento o Análise dos dados separadamente, entrevistador por entrevistador, visando evitar fraudes; o Comparações históricas. o Certificado ISO 9001:2008
  53. 53. Informações Coletadas Rádio » Metodologia recall – retrospectiva - o respondente informa sobre: Rádi o o Emissoras de rádio ouvidas ontem o Emissoras de rádio ouvidas anteontem o Emissoras de rádio ouvidas, ainda que de vez em quando (últimos 3 meses) - Quais emissoras ouviu? - Em que horário e local?
  54. 54. Amostra por Praça - Rádio Quantidade de Entrevistas Diárias por Praça Gde. Fortaleza: 100 39.780 Gde. Recife: 100 Gde. Salvador: 100 DF: 100 Gde. Belo Horizonte: 100 Gde. Goiânia: 42 Campinas: 60 entrevistas por mês 120.675 entrevistas por trimestre Gde. Vitória: 42 Gde. Rio de Janeiro: 200 Gde. São Paulo: 240 Gde. Curitiba: 100 Gde. Florianópolis: 42 Gde. Porto Alegre: 100 476.700 entrevistas por ano
  55. 55. Programação Rádio * Ranking (Top 3) Audiência por Praça – Target HH AB 18-34 Praça 17.655 152 Emissora 2 FM SP 1,09 12.424 333 1,08 12.319 171 2,65 12.297 158 Emissora 2 FM RJ 1,59 7.389 135 1,16 5.406 114 Emissora 1 FM BH 2,69 6.915 135 Emissora 2 FM BH 1,95 5.004 397 Emissora 3 FM BH 1,36 3.482 70 Emissora 1 FM POA 2,27 3.815 281 Emissora 2 FM POA 2,23 3.774 208 Emissora 3 FM POA 1,24 2.082 72 Emissora 1 FM SAL 1,82 1.647 194 Emissora 2 FM SAL 1,29 1.170 75 Emissora 3 FM SAL Salvador 1,55 Emissora 3 FM RJ Grande Porto Alegre Afinidade Emissora 1 FM RJ Grande Belo Horizonte Audiência # Emissora 3 FM SP Grande Rio de Janeiro Audiência % Emissora 1 FM SP Grande São Paulo Emissora 1,08 973 287 Essas são as emissoras escolhidas para anunciar o lançamento do , baseando-se na análise de audiência vs. afinidade. Fonte: IBOPE EasyMedia – Jul a Set 2012 – target: HH AB 18-34 (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas.
  56. 56. AUDIÊNCIA DE INTERNET
  57. 57. Painel de Internautas É uma pesquisa do tipo painel, realizada em computadores com acesso à internet de domicílios e ambiente de trabalho de todo o Brasil. o Informações: nº de internautas, perfil dos internautas, faixa horária de navegação, concentração de audiência por dia da semana, tempo médio de acesso, número de sessões, page views (páginas vistas), entre outras. o Amostra de, no mínimo, 20.000 painelistas entre ambiente domiciliar e de trabalho. o Dados mensais.
  58. 58. Audiência Internet Nielsen Online
  59. 59. Plano de Mídia – Internet* Afinidade 222 “A Internet me ajuda mais que a televisão para decidir que produto comprar.” “Eu acesso sites de esportes mais frequentemente quando estou no trabalho”. “Os sites de comunidades virtuais são ideais para manter contato com meus amigos.” “Costumo recorrer à Internet antes de comprar algo.” Fonte: IBOPE TG.net (Mai12-Jun12) - target: Universitários HH AB 18-34 (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas “Consultar blogs de outras pessoas influencia minhas próprias opiniões.” “Compro em qualquer site onde o produto é mais barato.”
  60. 60. Programação Internet - * O foco da campanha será nos sites de maior afinidade com o target Categoria Afinidade Humorísticos 331 Entretenimento 287 Automobilísticos 280 Esportes 272 Fonte: IBOPE Media Netview – Julho/2012 – Nacional – target: Universitários HH AB 18-34 (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas
  61. 61. INVESTIMENTO PUBLICITÁRIO Monitor Evolution
  62. 62. IBOPE Monitor O que é? O IBOPE Monitor reporta, nos serviços oferecidos ao mercado publicitário, todas as inserções veiculadas nos meios:  TV aberta (incluindo Merchandising)  Revista  TV assinatura  Outdoor  Rádio  Internet  Cinema  Mobiliário urbano  Jornal Os dados fornecidos são utilizados pelos profissionais de mídia que atuam nos mercados mais expressivos do território brasileiro.
  63. 63. Investimento Publicitário Cobertura 10 Meios TV Aberta Merchandising TV Assinatura 127 praças fiscalização, 38 praças investimento e 279 emissoras TV Aberta 51 canais Revista Em média, 250 títulos por mês, entre nacionais, especiais, regionais e guias. 14 praças e 5 redes Jornal Outdoor Mobiliário Urbano 61 títulos e 24 praças 30 praças e 21 exibidoras 4 exibidoras em 10 mercados Cinema 11 praças e 564 salas Rádio 8 praças e 77 emissoras Internet 6 portais 3 milhões de registros/mês
  64. 64. Estrutura de Mercado
  65. 65. Detalhe das Informações Agência LEO BURNETT Ex: Anúncio do Uno Setor Econômico VEÍCULOS PEÇAS E ACESSÓRIOS Categoria VEÍCULOS PASSEIO Item AUTO HATCH NAC FIAT Anunciante FIAT Marca UNO
  66. 66. Análise da Concorrência Top 10 Investimento Setores – Janeiro a Junho 2012 Comércio e Varejo 9.6 R$ 9,6 bilhões 4.1 4 3.8 3.4 3.2 Fonte: IBOPE Monitor Evolution - ME1209TOTAL (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas 2.9 2.7 2.3 2
  67. 67. Análise da Concorrência Categorias Veículos Peças e Acessórios Investimento Janeiro a Junho 2012 - Top 10 VAREJO MONTADORA R$ 1,4 bilhões VEÍCULOS PASSEIO R$ 1,4 bilhões VEICULOS UTILITÁRIOS LINHA VEÍCULOS R$ 637 milhões R$ 145 milhões VEÍCULOS CARGA R$ 72 milhões MOTOCICLETAS E CICLOMOTORES R$ 71 milhões INSTITUC VEÍCULOS PECAS E ACES R$ 66 milhões PEÇAS PARA VEÍCULOS R$ 26 milhões PNEUS R$ 19 milhões ACESSÓRIOS PARA VEÍCULOS R$ 18 milhões Fonte: IBOPE Monitor Evolution - ME1209TOTAL (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas
  68. 68. Análise da Concorrência Anunciantes – Janeiro a Junho 2012 E como anda o investimento publicitário dos concorrentes? Concorrente 1 Concorrente 2 Investimento (R$) 54 milhões 50 milhões Fonte: IBOPE Monitor Evolution - ME1209TOTAL (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas.
  69. 69. Análise da Concorrência Anunciantes – Janeiro a Junho 2012 Quais os meios utilizados pelos concorrentes? Investimento Concorrência por Meios Meios R$ Participação 53,1 milhões 52,3% Internet 30 milhões 29,5% TV Paga 11,8 milhões 11,6% TV Merchandising 3,4 milhões 3,4% Revista 1,8 milhões 1,8% Rádio 1 milhão 1,0% Jornal 381 mil 0,4% Mob. Urbano 89 mil 0,1% TV Aberta Fonte: IBOPE Monitor Evolution - ME1209TOTAL (*) ATENÇÃO: As informações e estratégias traçadas para esse exemplo, são somente ilustrativas.
  70. 70. RESULTADO
  71. 71. Público Identificado Plano de Mídia + Análise da Concorrência Target Atingido
  72. 72. Diferencial Relevância e Exclusividade o Conteúdo constantemente atualizado, informações exclusivas e imprescindíveis na tomada de decisão. Praticidade o Agilidade na atualização e facilidade na pesquisa e captação de Informações. Confiabilidade o Fonte de informação segura, garantida pela marca de um dos maiores institutos de pesquisa do mundo.
  73. 73. Visite  www.ibope.com.br  www.nielsen-online.com  1ª Pesquisa Nacional de Telecomunicação www.ibope.com.br/pnt  Conectmídia http://www.ibope.com/conectmidia/  Conectaí http://conecta-i.com  Grupo de Mídia www.gm.org.br  Conar www.conar.org.br  Educação a Distância http://www.ead.ibopeeducacao.com.br  Pyxis http://www.ibope.com/pyxis  Bus http://www.ibope.com.br/bus  IBGE www.ibge.gov.br  Associação Brasileira de Anunciantes www.aba.com.br  Mídia Fatos
  74. 74. Visite Visite  Associação Brasileira de Grupos de Empresas de Pesquisas www.abep.org  Potencial para Supermercado http://www.ibope.com/potencialparasupermercado  Cadastro de Shopping Center http://www.ibope.com/cadastroshopping  Esporte Clube IBOPE Media http://www.ibope.com.br/maximidia2011  Fórum IBOPE http://www.ibope.com.br/forumibope
  75. 75. "O IBOPE esclarece que todos os direitos sobre o material aqui apresentado são únicos e exclusivos do IBOPE, de forma que a reprodução não autorizada de tal material ensejará a tomada das medidas judiciais cabíveis por parte do IBOPE. "
  76. 76. Obrigado(a)!

×