CONSTRUÇÃO E PROJETOS | ENGENHARIA E DESIGN

17.224 visualizações

Publicada em

Oferece soluções que proporcionam flexibilidade, assertividade e produtividade aos clientes, pelas quais é possível realizar orçamento, planejamento e controle, através de dimensionamentos assertivos do controle de alocação de recursos, sempre em convergência com as melhores práticas na gestão de projetos.

TOTVS. Juntos, fazemos melhor.

Aproveite também para conferir as novidades no site da TOTVS. Acesse: http://www.totvs.com. Ficou interessado? Agende uma visita com um de nossos consultores: https://www.totvs.com/contatos.

Siga a TOTVS nas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/totvs
Twitter: https://twitter.com/TOTVS
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/totvs


Publicada em: Tecnologia
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.224
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14.856
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
109
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CONSTRUÇÃO E PROJETOS | ENGENHARIA E DESIGN

  1. 1. : ORÇAMENTO ASSERTIVO, CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL E PROCESSOS INTEGRADOS SOFTWARE DE GESTÃO PARA ENGENHARIA E DESIGN
  2. 2. HOJE FALAREMOS SOBRE 1. INTRODUÇÃO 2. COMO FUNCIONA: MACROPROCESSO E DETALHAMENTOS 3. PLANEJAMENTO 4. ACOMPANHAMENTO 5. OFERTAS PADRÃO TOTVS 6. FATOS
  3. 3. 1. INTRODUÇÃO
  4. 4. O QUE FAZ A SOLUÇÃO?
  5. 5. O QUE FAZ A SOLUÇÃO? QUEM ATENDEMOS? Empresas de Engenharia e Design. O QUE FAZ A SOLUÇÃO? Oferece soluções que proporcionam flexibilidade, assertividade e produtividade aos clientes, pelas quais é possível realizar orçamento, planejamento e controle, através de dimensionamentos assertivos do controle de alocação de recursos, sempre em convergência com as melhores práticas na gestão de projetos. O QUE ATENDEMOS? Empresas de criação de projetos de engenharia, que não precisam executar a obra, mas que podem gerenciar os projetos.
  6. 6. DORES • Estimativa e dimensionamento para o orçamento do projeto. • Gestão de pessoas e alocação. • Ter os dados atualizados em tempo real.
  7. 7. O QUE OFERECE? DE FORMA GERAL: • Recursos para um dimensionamento mais preciso. DE FORMA ESPECÍFICA: • Montagem de vários cenários para análise de viabilidade e posterior acompanhamento. • Facilidade no processo de orçamento com o uso de templates de projetos. • Acompanhamento de projetos. • Acompanhamento da produtividade da equipe e apuração de diversos índices de desempenho. • Conectividade rápida e com baixo investimento.
  8. 8. ESCOPO O QUE FAZ A SOLUÇÃO? • Orçamentação • Cenários • Planejamento • Elaboração de cronogramas de obra • Acompanhamento • Gestão de obras para outras empresas
  9. 9. 2. COMO FUNCIONA: MACROPROCESSO E DETALHAMENTOS
  10. 10. MACROPROCESSO
  11. 11. MACROPROCESSO ORÇAMENTO ORÇAMENTISTA INSUMO COMPOSIÇÃO EQUALIZAÇÃO MÃO DE OBRA SERVIÇOS CURVAS CUSTO VALOR DE VENDA X BDI
  12. 12. MACROPROCESSO ORÇAMENTO • O orçamento é composto por insumo, composição, serviço e custo indireto. • Para o módulo de orçamento, a solução permite a criação de um ou mais banco de dados de insumos e composições, visando sempre otimizar o tempo de montagem de um orçamento. • Possibilidade de fazer todo o controle dos custos indiretos do projeto. • Não existem limites de inclusão com relação a composições, composições auxiliares, insumos e serviços. • Quanto melhor for o detalhamento e a precisão do orçamento, melhor será a base para o planejamento do projeto e a possibilidade de apuração de resultados gerenciais.
  13. 13. MACROPROCESSO INSUMOS • Neste item aparecerá a listagem de todos os insumos cadastrados. • Pode-se alternar entre os preços do insumo, serviços ao qual o insumo foi associado, ou tarefas ao qual o insumo está associado.
  14. 14. MACROPROCESSO COMPOSIÇÕES • Neste item aparecerá a listagem de todas as composições cadastradas. • Pode-se alternar entre os recursos da composição, composições onde a mesma é recurso e para os serviços ao qual a composição está associada.
  15. 15. MACROPROCESSO CURVAS • Por meio desta opção é possível visualizar um gráfico de cada item da planilha, considerando pelo menos um dos grupos DNIT do período, de acordo com o cronograma previsto, realizado e medido. • A Curva S poderá ser visualizada nas opções Simples ou Acumulada: Simples: Ao gerar a curva S serão listados os valores separados por períodos. Acumulada: Ao gerar a curva S serão listados os valores acumulados dos períodos.
  16. 16. MACROPROCESSO CUSTO E BDI • Neste item cadastra-se a tabela de grupos de custo. • Deve-se informar a condição de pagamento para o grupo de custo, que será considerada no cronograma de desembolso. • Taxa de BDI que será aplicada sobre os insumos pertencentes a este grupo de custo. O preço improdutivo do insumo não sofre incidência de leis sociais.
  17. 17. 3. PLANEJAMENTO
  18. 18. PLANEJAMENTO
  19. 19. MACROPROCESSO PLANEJAMENTO PLANEJADOR CRONOGRAMA EXECUTIVO SERVIÇOS CRONOGRAMA ATIVIDADES PERT/CPM CRONOGRAMA AQUISITIVO CRONOGRAMA FINANCEIRO
  20. 20. PLANEJAMENTO SERVIÇOS • Este item possui detalhamento com todos os serviços necessários para a execução do projeto. • Esta planilha tem a estrutura solicitada pela contratante da obra.
  21. 21. PLANEJAMENTO ATIVIDADES • Conforme processo de Gestão de Projetos de construção em várias empresas, a organização em macroprocessos (revisões de projeto) foi desenvolvida em planilhas que descrevem as atividades a serem executadas no projeto. • As tarefas são compostas por obras que se dividem em etapas que, por sua vez, podem possuir vários serviços.
  22. 22. PLANEJAMENTO PERT/CPM • O cálculo do PERT/CPM possibilita o conhecimento do Caminho Crítico: Tarefas atrasadas, por consequência, atrasarão todo o projeto. Por isso, o conhecimento prévio destas atividades permite ao gestor orientar as atenções e ter maior cuidado com as áreas importantes. • O PERT/CPM também faz parte dos processos de acompanhamento e controle. Nele, informamos as datas de execução da atividade, assim que elas terminam. Estes dados auxiliam o PERT/CPM replanejar as datas das demais atividades usando suas informações de predecessão e o impacto que a data real trará nelas.
  23. 23. PLANEJAMENTO CRONOGRAMA É possível utilizar o cronograma para a programação e acompanhamento do projeto. Nele estão disponíveis os cronogramas Previsto, Base, Realizado, Medido e Apropriado: • O Cronograma Previsto tem como objetivo programar a execução de uma tarefa, etapa ou projeto no tempo, ou seja, é uma previsão do quanto da tarefa/etapa/projeto será executado em um determinado período. • O Cronograma de Linha de Base tem como objetivo armazenar o planejamento inicial do projeto. • O Cronograma Realizado tem como objetivo apresentar a execução real (avanço físico) de uma tarefa, etapa ou projeto em cada período. Ele auxilia no acompanhamento do projeto, ou seja, se comparado ao Cronograma Previsto, é possível identificar se o que está sendo realizado está distante ou dentro do que foi programado.
  24. 24. PLANEJAMENTO CRONOGRAMA • O Cronograma Medido está relacionado às contratações (a pagar ou receber) do projeto. Dessa forma, pode ser diferente do realizado, pois as medições podem ser superiores ou inferiores ao que realmente está executado (avanço físico), sendo necessária a separação entre controle do medido e realizado. • O Cronograma Apropriado tem com objetivo mostrar todas as apropriações feitas no projeto, período a período. Assim, é possível visualizar todo o consumo (compra ou gasto) e o custo real na tarefa e/ou na obra.
  25. 25. 4. ACOMPANHAMENTO
  26. 26. MACROPROCESSO ACOMPANHAMENTO EXECUTOR MOBILIDADE ATIVIDADES CONTRATOS ANÁLISE DE VALOR AGREGADO CRONOGRAMA CONTABILIDADE COMPRAS PERT/CPM FINANCEIRO
  27. 27. ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO • Desde a apropriação da mão de obra pode se apurar o custo efetivamente impetrado no projeto, o material consumido, a quantidade de material consumida para cada serviço executado e a produção de cada equipamento envolvido no processo de construção do projeto. • Ponto de igual importância é o controle dos empreiteiros, estágio no qual temos um completo módulo de contratos que permite que sejam feitos todos os controles referentes a adiantamento, medição, retenção e deduções de contratos. • Para controle de seus faturamentos, você poderá fazer suas medições para que o dono da obra saiba o que foi medido, quando será pago, quais os tributos que estarão envolvidos e quando este faturamento entrará em seu caixa.
  28. 28. ACOMPANHAMENTO ATIVIDADES • Conforme processo de Gestão de Projetos de Construção em várias empresas, a organização em macroprocessos (revisões de projeto) foi desenvolvida em planilhas que descrevem as atividades a serem executadas no projeto. • As tarefas são compostas por obras que se dividem em etapas que, por sua vez, podem possuir vários serviços.
  29. 29. ACOMPANHAMENTO CONTRATOS • O Módulo de Contratos é utilizado para realizar: Gestão de terceirização de mão de obra e de serviços, Fornecimento de materiais, Contrato de insumo, Marco contratual e Contrato de parcela fixa nos projetos. • Assim que criado, o contrato assume o status "Em andamento", sendo possível assumir outros status como "Em negociação", "Sem status", "Paralisado", "Encerrado" ou "Cancelado". Veja em “Criando e alterando contratos”.
  30. 30. ACOMPANHAMENTO FINANCEIRO • Planos de pagamento flexíveis e específicos por obra. • Controle orçamentário das obras. • Controle de caixas. • Controle da inadimplência.
  31. 31. ACOMPANHAMENTO PERT/CPM • O cálculo do PERT/CPM possibilita o conhecimento do Caminho Crítico: Tarefas atrasadas, por consequência, atrasarão todo o projeto. Por isso, o conhecimento prévio destas atividades permite ao gestor orientar as atenções e ter maior cuidado com as áreas importantes. • O PERT/CPM também faz parte dos processos de acompanhamento e controle. Nele, informamos as datas de execução da atividade, assim que elas terminam. Estes dados auxiliam o PERT/CPM replanejar as datas das demais atividades usando suas informações de predecessão e o impacto que a data real trará nelas.
  32. 32. ACOMPANHAMENTO COMPRAS • Compras a partir do cronograma. • Respeita o lead time do insumo. • Usa contrato de fornecimento de material. • Envia automaticamente pedido para Suprimentos. • Controle de alçada em suprimentos. • Controle de extras com aprovação. • Utiliza verbas das atividades de valor cotado. • Envia automaticamente pedido para Suprimentos após aprovação.
  33. 33. ACOMPANHAMENTO CRONOGRAMA É possível utilizar o cronograma para a programação e acompanhamento do projeto. Nele estão disponíveis os cronogramas Previsto, Base, Realizado, Medido e Apropriado: • O Cronograma Previsto tem como objetivo programar a execução de uma tarefa, etapa ou projeto no tempo, ou seja, é uma previsão do quanto da tarefa/etapa/projeto será executado em um determinado período. • O Cronograma de Linha de Base tem como objetivo armazenar o planejamento inicial do projeto. • O Cronograma Realizado tem como objetivo apresentar a execução real (avanço físico) de uma tarefa, etapa ou projeto em cada período. Ele auxilia no acompanhamento do projeto, ou seja, se comparado ao Cronograma Previsto, é possível identificar se o que está sendo realizado está distante ou dentro do que foi programado.
  34. 34. ACOMPANHAMENTO CRONOGRAMA • O Cronograma Medido está relacionado às contratações (a pagar ou receber) do projeto. Dessa forma, pode ser diferente do realizado, pois as medições podem ser superiores ou inferiores ao que realmente está executado (avanço físico), sendo necessária a separação entre controle do medido e realizado. • •O Cronograma Apropriado tem com objetivo mostrar todas as apropriações feitas no projeto, período a período. Assim, é possível visualizar todo o consumo (compra ou gasto) e o custo real na tarefa e/ou na obra.
  35. 35. ACOMPANHAMENTO MOBILIDADE • O TOP Mobile é uma ferramenta que permite analisar dados obtidos por meio de coletores móveis diretamente do canteiro de obras. As informações levantadas são enviadas para o TOTVS Obras e Projetos em tempo real e permitem medir o percentual de realização das atividades propostas, a partir da utilização de folhas tarefas que podem ser semanais, quinzenais ou mensais. Com os dados coletados, é possível saber se o projeto está sendo realizado conforme o planejado.
  36. 36. ACOMPANHAMENTO ANÁLISE DE VALOR AGREGADO • A funcionalidade tem como recurso permitir ao usuário, a partir dos índices apresentados, avaliar os resultados atingidos no projeto comparado à quantidade de capital investida. Assim, a Análise de Valor Agregado é definida por meio da avaliação entre o que foi realizado em relação ao que foi realmente gasto e ao que se planejava gastar. • Por meio dos Cronogramas, PERT ou Módulo de Contratos disponibilizados pelo TOP, é possível obter todos os elementos básicos para gerar a AVA (Análise de Valor Agregado) das obras, etapas e atividades. • Todas as variáveis que influenciam a análise de valor agregado, e o próprio resultado dela, serão exibidos através dos Períodos de controle do projeto (períodos utilizados no cronograma).
  37. 37. 5. OFERTA PADRÃO TOTVS
  38. 38. PROPOSTA DE VALOR ORÇAMENTO ASSERTIVO • Equalização de Insumos • Planejamento com Curvas • Pert/CPM CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL • Pedidos a partir do Cronograma • Controle de pedidos extras • Análise de Valor Agregado • Controle de Contratos
  39. 39. PROPOSTA DE VALOR PROCESSOS INTEGRADOS • Integração BackOffice e RH • Geração de Lançamentos de previsão financeira baseado no saldo do histograma do projeto • Integração com Orçamento da Empresa
  40. 40. EFICAZ PARA O PROJETO BENEFÍCIOS Melhoria no processo de orçamento, com maior organização e performance Apuração do custo real de forma dinâmica e online Apuração da eficiência econômico-financeira Replanejamento e registro de cenários
  41. 41. EFICAZ PARA O PROJETO BENEFÍCIOS Viabilidade do planejamento financeiro e apuração dos resultados just-in-time Melhoria do dimensionamento de equipamentos e mão de obra para alocação Gestão rigorosa de subempreiteiros
  42. 42. 6. FATOS
  43. 43. NÚMEROS FATOS 35% de nossos clientes são de grande porte 1600 Construtoras atendidas 74 dos nossos clientes estão entre as 100 maiores do Brasil 25% são de pequeno porte
  44. 44. FATOS Mais de 25% dessas empresas são de grande porte e mais de 30% são de pequeno porte São mais de 450 empresas no segmento Os clientes primam pela excelência na gestão de projetos, atendendo ao alto grau de exigência, qualidade e profissionalismo de empresas como Petrobras, Vale e CSN A TOTVS NO SUBSEGMENTO
  45. 45. ATUAÇÃO SOBRE A TOTVS ATUAÇÃO EM TRÊS LINHAS DE NEGÓCIO: ABRANGÊNCIA • 6 unidades próprias • 47 franquias • Mais de 400 canais complementares Software Tecnologia Serviços Já somos mais de 10.000 participantes diretos/indiretos
  46. 46. SOBRE A TOTVS HISTÓRICO RECEITABRUTA(R$MILHÕES)EMARGEMDEEBITDA(%)¹ (1) EBITDA MARGEM NÃO INCLUI DESPESAS EXTRAORDINÁRIAS. 1983 1986 1989 1992 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 201220112010200920082007200620052004 INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS PARA SMES SISTEMA DE FRANQUIAS MICROSIGA STARTUP 1º TIPO NA AMÉRICA LATINA TECNOLOGIA TOTVS R$ 1 BILHÃO EM VENDAS 2010 LIDERANÇADNACRESCIMENTOFUNDAÇÃO REFERÊNCIA GLOBAL CONSOLIDAÇÃO NO MERCADO 17 24 35 63 98 106 110 126 173 247 392 490 760 1080 1,233 1,343 9.8% 10.0% 8.4% 6.5% 10.6% 12.4% 12.4% 13.9% 18.4% 21.9% 20.6% 25.2% 25.6% 24.1% 5ªFASE HISTÓRICO MARCADO POR INTEGRAÇÕES E CRESCIMENTO
  47. 47. NÚMEROS POR QUE A TOTVS É A MELHOR ESCOLHA? Somos a 22ª marca de maior valor no país, segundo ranking da BrandAnalytics Mais de 50% no Brasil e liderança na América Latina 18.000 jovensCapacitamos + de no uso de softwares de gestão, que entram no mercado de trabalho por meio da atuação social do Instituto da Oportunidade Social - IOS
  48. 48. Valor 1000 Campeã na categoria Tecnologia da Informação. SOBRE A TOTVS RECONHECIMENTO Fomos eleitos a Empresa do Ano 2012 pelo especial Melhores e Maiores da Revista Exame. Destaque Agência Estado Empresas 2012 As Melhores da Dinheiro 2012 Vencedora do prêmio Destaque Agência Estado Empresas 2012 na categoria estreante Small Caps. Empresa número 1 na categoria “Gestão, Inovação e Qualidade” e a melhor no setor de “Tecnologia – Software e Serviços. Prêmio Executivo de Valor 2012 – categoria Tecnologia da Informação e Serviços Laércio Cosentino foi eleito pela quarta vez consecutiva Executivo de Valor na área de Tecnologia da Informação e Serviços.
  49. 49. Obrigado ;) 0800 70 98 100 www.totvs.com

×