Adequação ao eSocial e evolução na
Gestão de Recursos Humanos
SÃO PAULO, 15 DE ABRIL DE 2014
HOJE
FALAREMOS
SOBRE
1. O QUE É eSOCIAL?
2. ENTENDIMENTO DO DESAFIO DO eSOCIAL
3. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
O QUE É eSOCIAL?
O QUE É eSOCIAL?
O eSocial é um projeto do Governo Federal para unificar a coleta de informações trabalhistas, previdenciá...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO DO
eSOCIAL
ENTENDIMENTO DO DESAFIO DO eSOCIAL
Espera-se que cerca de 80% das obrigações acessórias sejam substituídas pelo eSocial.
O...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL
OBJETIVOS DO ESOCIAL
• Unificar a captação das informações da folha pagamento – RAIS, DI...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL
CRONOGRAMA ESTIMADO
DO eSOCIAL*
Porte da empresa Cadastro inicial
Envio da folha
mensal
...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL
FUNCIONAMENTO DO
eSOCIAL
• A empresa fará a carga das
tabelas básicas
(estabelecimentos,...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL
FUNCIONAMENTO DO
eSOCIAL
• Para cada informação recebida, o eSocial emitirá um
número de...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL
TEMPORALIDADE DO ENVIO
DE INFORMAÇÕES DO
eSOCIAL
Arquivos da folha de pagamento
Admissõe...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL
PRINCIPAIS EVENTOS NÃO
PERIÓDICOS
• Admissão do trabalhador
• Trabalhador sem vínculo
• ...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL
IMPACTOS E RISCOS DO
eSOCIAL NAS ROTINAS
• Admissão x ASO x Cargos e Salários
• Rescisão...
ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL
• Após a transmissão do eSocial, as informações constantes no arquivo poderão ser cruzad...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
IMPACTO NAS
ORGANIZAÇÕES
Legislação
A princípio, o governo
não prevê alteração na
legislação
trab...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
Nossa experiência em projetos de eSocial mostra que 3 a cada 4 processos necessitam de adequação ...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
MITOS E VERDADES SOBRE
O eSOCIAL
“O eSocial abrange diversas áreas
da empresa (DP, SESMT, Fiscal,...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
PRINCIPAIS DESAFIOS
ENVOLVIDOS
• Transformar informações de folha, fiscais, de medicina e de proc...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
O QUE MUDA COM O
eSOCIAL?
• Novas informações de empregadores e trabalhadores
serão exigidas;
• A...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
Processos:
• Admissão e movimentação sem ASO
• Informações das tabelas de cargos (Ex: CBO e descr...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
Cadastros:
• É necessário saneamento de informações cadastrais de pessoas (Ex:
documentação, ende...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
Sistemas:
• Atenção com relação a possibilidade de truncamento ou perda de
informações no momento...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
SLA eSocial x SLA Processos internos:
• Atenção com os prazos exigidos pelo governo, principalmen...
IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
O RISCO OCULTO
A transmissão dos eventos com sucesso não garante que as empresas
estejam adequada...
Obrigada ;)
Renata Seldin
TOTVS Consulting
+55 (21) 99112-3995
renata.seldin@totvs.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TOTVS CONSULTING | GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

705 visualizações

Publicada em

TOTVS apresenta como aproveitar o esforço de adequação ao e-social para evoluir a sua gestão de recursos humanos.

TOTVS. Juntos, fazemos melhor.

Aproveite também para conferir as novidades no site da TOTVS. Acesse: http://www.totvs.com. Ficou interessado? Agende uma visita com um de nossos consultores: https://www.totvs.com/contatos.

Siga a TOTVS nas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/totvs
Twitter: https://twitter.com/TOTVS
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/totvs


Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
705
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
62
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TOTVS CONSULTING | GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

  1. 1. Adequação ao eSocial e evolução na Gestão de Recursos Humanos SÃO PAULO, 15 DE ABRIL DE 2014
  2. 2. HOJE FALAREMOS SOBRE 1. O QUE É eSOCIAL? 2. ENTENDIMENTO DO DESAFIO DO eSOCIAL 3. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
  3. 3. O QUE É eSOCIAL?
  4. 4. O QUE É eSOCIAL? O eSocial é um projeto do Governo Federal para unificar a coleta de informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais e propiciar aos órgãos do governo o acesso às informações, em uma única base. A implantação está prevista inicialmente para 2014. DEFINIÇÃO DO eSOCIAL 4 Cenário proposto Mesma fonte e mesma informação com visões e formatos diferentes para órgãos/entidades Cenário atual A mesma informação é enviada diversas vezes a diferentes órgãos/ entidades para atender a várias obrigações RAIS Folha de Pagamento GPS Form. De Seguro GFIP Arq. eletrônicos PPP Reg. do Empregado DIRF CAGED CAT
  5. 5. ENTENDIMENTO DO DESAFIO DO eSOCIAL
  6. 6. ENTENDIMENTO DO DESAFIO DO eSOCIAL Espera-se que cerca de 80% das obrigações acessórias sejam substituídas pelo eSocial. OBRIGAÇÕES DO eSOCIAL 6 A Caixa Econômica Federal terá acesso às informações do e-Social para emissão da guia de recolhimento do FGTS. O Ministério do Trabalho e Emprego terá acesso à informações como salário família e salários educação através do e-Social. O RAIS terá suas informações disponibilizadas diretamente no e-Social e não existirá como obrigação acessória. O programa deixará de ser utilizado para gerar a GFIP uma vez que este será realizado pela Caixa com as informações do e-Social. A obrigação acessória, DIRF, não será mais executada e as mesmas informações referentes a ela serão retiradas do e-Social. O Perfil Profissiografico Profissional terá suas informações disponibilizadas nos arquivos do e-Social, tornando a obrigação desnecessária. O CAGED não deve mais ser realizado mas as informações antes contidas nele estarão disponíveis no ambiente do e-Social. A Receita Federal emitirá a DARF a partir das informações fornecidas pelos empregadores no e-Social. O empregador realiza o envio das informações através de uma transmissão única para o ambiente do e-Social. INSS Empregador
  7. 7. ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL OBJETIVOS DO ESOCIAL • Unificar a captação das informações da folha pagamento – RAIS, DIRF, CAGED, SEFIP, MANAD etc.; • Aumentar o controle e a disponibilização das informações, com redução da informalidade na relação de emprego; • Melhorar a distribuição da carga tributária sobre os contribuintes por meio de um vigoroso combate à sonegação, com cruzamentos de dados e auditoria eletrônica. Além de combater as fraudes na concessão de benefícios previdenciários e no seguro desemprego; • Ampliar a base de arrecadação dos tributos incidentes sobre a remuneração, sem aumentar a carga tributária. 7
  8. 8. ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL CRONOGRAMA ESTIMADO DO eSOCIAL* Porte da empresa Cadastro inicial Envio da folha mensal Substituição da GFIP Lucro Real 31/10/2014 10/2014 01/2015 Produtor rural pessoa física e segurado especial 01/2015 A definir A definir Lucro Presumido, empresas do Simples Nacional, micro empreendedor individual (MEI) 01/2015 A definir A definir (*) Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Dilemas/noticia/2014/03/governo-adia-prazo-do-esocial-para-outubro-de-2014.html 8
  9. 9. ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL FUNCIONAMENTO DO eSOCIAL • A empresa fará a carga das tabelas básicas (estabelecimentos, cargos, rubricas, lotações, horários, etc.) e dos funcionários ativos em sua base de dados • A partir da carga dessas informações, toda e qualquer movimentação deve ser enviada ao Governo, mantendo assim o sistema do eSocial sempre atualizado 9
  10. 10. ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL FUNCIONAMENTO DO eSOCIAL • Para cada informação recebida, o eSocial emitirá um número de recibo (protocolo). Caso essa informação tenha que ser retificada, deve-se informar o número anteriormente enviado • Mensalmente as empresas entrarão no sistema eSocial e emitirão as GUIAS e DARF para recolhimentos • Todo o processo de envio das informações será por meio de arquivos com assinatura digital 10
  11. 11. ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL TEMPORALIDADE DO ENVIO DE INFORMAÇÕES DO eSOCIAL Arquivos da folha de pagamento Admissões, alterações, rescisões, CATs, afasta mentos, ASO, etc. Transmissão digital - protocolo de entrega Empregadores Periódicos Não periódicos Anuais Informe de Rendimentos DIRF RAIS Periódicos GFIP (SEFIP) CAGED Não periódicos CAT (Com. Ac. Trab) GRRF(recol. Recis. FGTS) PPP (Perifl Profis. Prev) Seguro Desemprego Sob demanda PPP MANAD Não Exaustivo 11
  12. 12. ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL PRINCIPAIS EVENTOS NÃO PERIÓDICOS • Admissão do trabalhador • Trabalhador sem vínculo • Alteração cadastral do trabalhador • Alteração contratual do trabalhador • Afastamentos temporários e atestados médicos (CRM e nome) • CAT • ASO e exames relacionados ao atestado • Alterações referentes a atividades desempenhadas, riscos ocupacionais e medidas preventivas (EPI, EPC) • Aviso prévio • Desligamento e reintegração • Estabilidade 12
  13. 13. ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL IMPACTOS E RISCOS DO eSOCIAL NAS ROTINAS • Admissão x ASO x Cargos e Salários • Rescisão x ASO x APT x API • Riscos de trabalho e previdência x insalubridade/ periculosidade • NF Terceiro x EFD x eSocial x ECD • Contabilizações manuais da Folha • Dependentes legais • Assistência médica e odontológica • Retiradas, Prolabore, JCP, IRPF, etc. • Descrições dos cargos e das funções Legenda •ASO -> Atestado de Saúde Ocupacional •APT-> Aviso prévio trabalhado •API -> Aviso prévio indenizado •EFD -> Escrituração Fiscal Digital •ECD -> Escrituração Contábil Digita 13
  14. 14. ENTENDIMENTO DO DESAFIO - eSOCIAL • Após a transmissão do eSocial, as informações constantes no arquivo poderão ser cruzadas automaticamente, assim como já acontece com a entrega dos demais SPEDs • Com a fiscalização crescente e o cruzamento de dados eletrônicos, as empresas precisam aprimorar seus controles de forma a estarem aptas a cumprir as novas exigências do Fisco • Valores isentos de diárias, indenizações, ajuda de custo e abono de férias são alguns exemplos das informações constantes no eSocial que poderão ser cruzadas com outras declarações transmitidas (DIRF, DIPJ, além dos demais módulos do SPED) • Tenha certeza das informações que vai transmitir, garanta o compliance CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES DO eSOCIAL 14
  15. 15. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES
  16. 16. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES Legislação A princípio, o governo não prevê alteração na legislação trabalhista, previdenciári a e tributária. Contudo, as organizações devem avaliar se estão de acordo com a legislação. Caso não estejam, deverão reavaliar as regras, bem como os prazos legais, e praticá-los. Processos As organizações devem identificar quais são os processos considerados críticos e redefini-los, de forma a atender as exigências do eSocial. Também devem ser reavaliados os prazos legais e a qualidade das informações prestadas. Sistemas É necessário avaliar a aderência das aplicações utilizadas nos processos de trabalho de cada área da organização e solicitar aos fornecedores o atendimento das exigências. Integrações entre as áreas de Recursos Humanos, Tecnologia da Informação, Contabilidade , Financeiro, Faturamento, Compras, Jurídico e Fiscal. Infraestrutura Pode ser necessário adquirir novas ferramentas de trabalho ou atualizar as atuais aplicações. Pessoas As organizações precisam capacitar os profissionais e conscientizá-los da importância do projeto. Comunicação. 16
  17. 17. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES Nossa experiência em projetos de eSocial mostra que 3 a cada 4 processos necessitam de adequação em função das obrigatoriedades do eSocial. Podemos destacar como principais: • Processo de admissão • Processos de SESMT (Ex: ASO, controle de afastamentos, acidentes de trabalho, EPIs, entre outros) • Processos de Prestação de Serviço com cessão de mão de obra • Movimentações IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES 17 Além dos processos listados acima, há necessidade de adoção de um novo processo, responsável por garantir a atualização e integridade das informações para o eSocial;
  18. 18. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES MITOS E VERDADES SOBRE O eSOCIAL “O eSocial abrange diversas áreas da empresa (DP, SESMT, Fiscal, TI...)” “O maior desafio é transformar informações em processos corporativos” “Alguns processos que hoje atendem a legislação podem se tornar inadequados na implantação do eSocial” “As validações que o eSocial irá realizar ao receber os eventos não garantem integralmente sua qualidade” “O eSocial é um projeto do DP” “O maior desafio é ajustar o sistema” “Não há necessidade de revisar os processos, pois a legislação permanece a mesma” “O recebimento do protocolo de transmissão sem erros garante que não há riscos de autuação” 1 1 2 2 3 4 3 4 18
  19. 19. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES PRINCIPAIS DESAFIOS ENVOLVIDOS • Transformar informações de folha, fiscais, de medicina e de processos judiciais em processos corporativos • Revisão de processos não controlados por sistema • Conscientizar a alta gestão da empresa • Alinhamento com as diretorias envolvidas • Integração entre as áreas • Equalizar os conflitos de papéis • Qualificar as informação antes de enviar 19
  20. 20. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES O QUE MUDA COM O eSOCIAL? • Novas informações de empregadores e trabalhadores serão exigidas; • As admissões deverão ser transmitidas para o ambiente do eSocial até o final do dia anterior ao início do vínculo; • As informações de ASO deverão ser transmitidas na sua emissão (admissão, desligamento, periódico, retorno ao trabalho e mudança de função); • Eventos não periódicos deverão ser comunicados na sua ocorrência; • Deverá ser criado um procedimento de monitoria do envio e retorno das informações ao eSocial, a fim de garantir a consistência dos dados. 20
  21. 21. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES Processos: • Admissão e movimentação sem ASO • Informações das tabelas de cargos (Ex: CBO e descrição de atividades) • Equiparação salarial • Movimentações informais X Riscos de acidentes de trabalho • Necessidade de adoção de processo de atualização de informações para o e-Social PRINCIPAIS RISCOS Processos Base de Dados (Cadastros) Sistemas SLAs do Governo X SLAs Internos 21
  22. 22. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES Cadastros: • É necessário saneamento de informações cadastrais de pessoas (Ex: documentação, endereço, dependentes e tipo de admissão) • É necessária adequação de valores inseridos nas tabelas de eventos, funcionários, em especial a tabela de natureza das rubricas que devem ser relacionadas com os valores indicados no eSocial • É necessário realizar o preenchimento das tabelas iniciais do eSocial (ex: Cadastro de Empregadores) • Campos descritivos que passarão a ser códigos • De-para de códigos existentes nos sistemas e diferentes no eSocial PRINCIPAIS RISCOS Processos Base de Dados (Cadastros) Sistemas SLAs do Governo X SLAs Internos 22
  23. 23. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES Sistemas: • Atenção com relação a possibilidade de truncamento ou perda de informações no momento de atualizações do patch do sistema • Sistemas distintos para cada departamento com pouca ou nenhuma integração (Ex: RH, SESMT, Fiscal, Contábil) • Prazo para alterações no sistema sem oficialização dos leiautes pelo Governo PRINCIPAIS RISCOS Processos Base de Dados (Cadastros) Sistemas SLAs do Governo X SLAs Internos 23
  24. 24. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES SLA eSocial x SLA Processos internos: • Atenção com os prazos exigidos pelo governo, principalmente para os casos de Admissão, CAT, Desligamento, entre outros PRINCIPAIS RISCOS Processos Base de Dados (Cadastros) Sistemas SLAs do Governo X SLAs Internos 24
  25. 25. IMPACTO NAS ORGANIZAÇÕES O RISCO OCULTO A transmissão dos eventos com sucesso não garante que as empresas estejam adequadas às exigências legais Informações transmitidas com baixa qualidade • Ex: descrições de cargos / descrição de funções Envio de eventos fora dos prazos legais • Ex: admissão até a data de início, desligamento sem aviso prévio trabalhado D+10 Eventos não transmitidos, pois não foram registrados no sistema • Ex: exames periódicos / condições diferenciadas de trabalho 25
  26. 26. Obrigada ;) Renata Seldin TOTVS Consulting +55 (21) 99112-3995 renata.seldin@totvs.com.br

×