Baruch Ben Avraham
Lista de Sobrenomes Judaico
Sefarditas de Luso-brasileiros
Uma lista contendo 1853
sobrenomes usados po...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
2 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaar...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
3 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaar...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
4 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaar...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
5 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaar...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
6 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaar...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
7 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaar...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
8 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaar...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
9 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaar...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
10 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
11 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
12 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
13 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
14 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
15 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
16 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
17 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
18 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
19 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
20 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
21 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
22 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
23 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
24 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
25 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
26 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
27 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
28 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
29 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
30 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
31 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
32 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
33 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
34 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
35 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
36 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
37 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
38 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
39 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
40 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
41 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
42 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br
43 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oliveira brasileira

591 visualizações

Publicada em

invest

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
591
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oliveira brasileira

  1. 1. Baruch Ben Avraham Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas de Luso-brasileiros Uma lista contendo 1853 sobrenomes usados por judeus sefarditas durante séculos em Portugal, Espanha e Itália e encontrados no Brasil.
  2. 2. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 2 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss EEddiiççõõeess CCoommuunniiddaaddee ddee IIssrraaeell RRuuaa MMiissssiioonnáárriioo GGuunnaarr VViinnggrreenn,, 11992222 CCEEPP 7788996644--225500 BBaaiirrrroo NNoovvaa BBrraassíílliiaa.. JJii--PPaarraannáá.. RRoonnddôônniiaa,, BBrraassiill TTeell ((6699)) 33442211--66005511 CCeell 6699 88111111--33008822 PPáággiinnaa WWeebb:: hhttttpp::////wwwwww..ccoommuunniiddaaddeeddeeiissrraaeell..ccoomm..bbrr//
  3. 3. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 3 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Brasil – Descoberta e Colonização de um País de Contrastes Étnicos Quando os portugueses chegaram ao Brasil a 22 de abril de 1500 encontraram uma terra habitada por povos nômades que viviam da floresta de onde extraiam sua subsistência, eram os Índios cuja população à época é estimada e mais de 3 milhões que falavam 1.300 línguas diferentes. Depressa atraídos pelas riquezas e exuberância dessa terra começaram a chegar os portugueses. Foram 100 mil nos primeiros duzentos anos, a maioria deles homens solitários que acabavam sua solidão nos braços das nativas cuja beleza nua muito os atraia. Dessas uniões apaixonadas imortalizadas no romance Iracema, de Machado de viriam os caboclos, filhos do homem branco com a índia morena das selvas. EEmmbboorraa aa mmaaiioorriiaa ddee nnoossssoo ppoovvoo nnããoo oo ssaaiibbaa,, ooss ppoorrttuugguueesseess lleeggaarraamm àà bbrraassiilliiddaaddee nnããoo ssóó oo nnoommee lluussiittaannoo,, mmaass ttaammbbéémm oo DDNNAA jjuuddaaiiccoo ttrraannssmmiittiiddoo aa mmiillhhaarreess ddee nnaattiivvooss ddeessssaa tteerrrraa,, ttaannttoo ccaabbooccllooss ccoommoo mmuullaattooss,, bbeemm ccoommoo àà ppooppuullaaççããoo nnããoo mmeessttiiççaa.. MMoonnuummeennttoo aaooss BBaannddeeiirraanntteess,, iinnssttaallaaddoo nnoo aacceessssoo aaoo CCeennttrroo HHiissttóórriiccoo ddee SSaannttaannaa ddee PPaarrnnaaííbbaa SSPP -- NNaasscciimmeennttoo CCaabboocclloo aarrttiissttaa MMúúrriilloo SSáá TToolleeddoo,, eessccuullttuurraa eemm bbrroonnzzee eemm pprraaççaa ppúúbblliiccaa.. –– DDoommiinniioo PPuubblliiccoo,, AAuuttoorr HTPF Fonte Wikipedia. http://en.wikipedia.org/wiki/File:Nascimento_Caboclo.JPG
  4. 4. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 4 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss O caldeirão étnico que fez do Brasil o que ele é hoje estava apenas começando a se completar e receberia um aditivo enorme a partir de 1.532 quando os portugueses abastados ansiosos por explorar a terra começaram a importar escravos vindos da África, um terço dos quais era composto por mulheres. Também aqui as mais belas negras eram escolhidas pelos senhores, ou seus capatazes, na maior parte das vezes como concubinas e raramente como esposas. Estas uniões, estáveis ou não, consensuais ou forçadas trouxeram um novo elemento à demografia da nascente civilização, os mulatos que ajudariam a formar e embelezar esse povo. Ocasionalmente havia uniões entre os negros e os índios resultando em filhos que foram denominados cafuzos. No entanto, por agora, já que estamos tratando da herança genética portuguesa, o que conta para nós são os descendentes de europeus lusitanos. Estes mestiços filhos de pais portugueses e mães índias e negras, tanto os caboclos como os mulatos receberam em sua genética o DNA dos portugueses, foram apadrinhados em batismos cristãos e receberam nomes lusitanos. A assimilação por parte foi tal que os nomes da África praticamente foram esquecidos e hoje já ninguém se lembra deles. Não estamos falando de democracia racial, que só começaria a chegar com a Lei do Ventre Livre, quando todos os filhos de escravas recebiam automática alforria, matando um comércio infame que já não podia se abastecer com escravos provindos da África já que os navios negreiros eram caçados pela frota de Sua Majestade da Inglaterra. Estamos falando da mistura indiscriminada ditada pelo amor, pelo desejo ou pelo simples e degradante sentimento de posse dos senhores sobre suas escravas, casadas ou solteiras. Pelo sim pelo não, o sangue, o nome, o DNA dos portugueses passava a índios e negros através das uniões consensuais ou não entre os senhores e suas servas. Até ai todo o Brasil conhece a história de como negros, índios e portugueses se fundiram numa amálgama que não diferia o “selvagem” do escravo ou o escravo de seu senhor, ou os filhos destes entre si. Pelos nomes eram todos iguais, jaó não eram Kufukila, Cabinda, Mina ou Guiné, mas Silva, Cardozo ou Ferreira.
  5. 5. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 5 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss O que muita gente não sabe é que grande parte destes nomes são de herança judaica, e que na formação do Brasil entre 25 e 33% da população branca era composta de cristãos novos, eufemismo para esconder o passado judaico de populações convertidas á força à fé da “santa cruz.” Estas pessoas viram no Atlântico o Mar Vermelho se abrindo e no Brasil uma Nova Canaã, onde algures poderiam praticar uma forma sincrética de cristianismo e judaísmo que ficou conhecida como cripto-judaismo, o judaísmo oculto. Até os inícios dos anos 70 a existência desse contingente era praticamente ignorado, e infelizmente jamais mencionado em livros escolares. Aqueles que foram responsáveis de formar o Brasil são dados apenas como portugueses e nunca como judeus portugueses um dado que certamente teria feito nosso povo e nosso país a ver com simpatia o enorme sofrimento dos judeus durante a II Guerra quando Getúlio se juntou à conspiração nazi-facista não prendendo e nem matando judeus é claro, mas ordenando aos embaixadores na Europa que não lhes concedessem vistos de saída. Nosso povo, se devidamente informado teria visto os judeus não como os “assassinos de deus”, mas como seus irmãos. E estes são mais do que muitos. Ninguém tem como saber ao certo quantos são mas por certo são dezenas de milhões aqui e em Portugal. Só para ter uma ideia de quantos luso-brasileiros são descendentes de Israel é bom que se saiba que em 1492, entre 120 e 150 mil judeus espanhóis expulsos pelos reis católicos foram para Portugal e se juntaram aos mais de 100 mil judeus portugueses numa época em que Portugal tinha 1 milhão de habitantes. Sob pressão da Espanha o Rei de Portugal ordenou a conversão em massa dos judeus que não tendo para onde ir se resignaram ao catolicismo. Eles passaram a ser os “cristãos novos”. Convertidos à força de um decreto eles passaram a viver o judaísmo escondido, que no Brasil nem foi tão escondido assim, pelo menos até à chegada das visitações do Tribunal do Santo Ofício que servia à mais abominável das práticas, o de caçar bruxas, feiticeiros e hereges, mas sobretudo e principalmente judeus, os “assassinos de deus”.
  6. 6. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 6 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Por essas práticas o Tribunal do Santo Ofício enviado ao Brasil processou, julgou e condenou centenas deles ao confisco dos bens, à hábito perpétuo, cárcere privado, à prisão e por vezes à morte, ainda que diversos deles tiveram a sorte de ser queimados “em estátua”, mediante uma representação, castigo bem menos cruel do que os que foram sentenciados a “queimar em carne”. Estes cristãos novos foram mais abundantes na Bahia, no Rio de Janeiro, em Pernambuco e Minas Gerais onde se dedicaram à mineração. Seria exaustivo documentar todos os casos a fim de que se pudesse justificar a enorme lista de nomes usados por sefarditas que publicamos nessa edição, e isso fugiria ao escopo desse trabalho. No entanto, para aqueles que não tiveram oportunidade de conhecer a história dos formadores dessa nação incluímos aqui um trecho de uma dissertação de Anita Novinsky, no momento a mais renomada pesquisadora sobre o passado judaico do Brasil que menciona a condenação de 57 cristãos novos. “Apesar do estágio inicial em que se encontram as investigações sobre a população cristã-nova em Minas Gerais, podemos dizer que seu número foi relativamente alto, uma vez que incluía também os "assistentes" que residiam no Rio de Janeiro e na Bahia, mas que passavam longos períodos em Minas Gerais. No "Livro dos Culpados", que é a principal fonte para o conhecimento da população cristã-nova no Brasil, encontramos anotados os nome de todos os cristãos-novos suspeitos, denunciados ou que foram presos. Nele estão registrados 150 cristãos-novos residentes ou assistentes em Minas Gerais. O número de cristãos-novos em algumas cidades do Brasil ultrapassou o número de judeus que viviam em Amsterdã no período de sua maior efervescência econômica e cultural. Mas devemos ter em mente, que somente é possível obter dados demográficos sobre cristãos-novos em determinadas regiões do Brasil, através da contagem daqueles que foram presos pela Inquisição ou a ela denunciados como judaizantes. O número total será portanto sempre impreciso, pois a maior parte dos cristãos-novos que vieram para o Brasil não foram presos, e diluíram-se em meio a população brasileira. Em Minas Gerais arrolamos, até o presente, aproximadamente 500 cristãos- novos entre denunciados e presos.
  7. 7. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 7 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Analisando apenas 57 condenados de Minas Gerais temos o seguinte quadro: O maior número de prisões de cristãos-novos foram feitas nos anos de grande produção aurífera 1728, 1729, 1730, 1732 e 1734, sendo seu número mais alto em 1728 e 1729 ,com 8 prisioneiros cada ano. No Brasil foram queimados 21 cristãos-novos (2 em estátua e 19 em carne) .Entre os queimados em carne, 8 residiam ou "assistiam" em Minas Gerais, isto é aproximadamente 42%. Dos prisioneiros do Brasil somente os acusados de judaísmo receberam como sentença a pena de morte. Foram queimados "em carne" em Minas Gerais: 1)Miguel Mendonça Valadolid 1731, 2)Diogo Corrêa do Valle 1732, 3)Luís Miguel Corrêa 1732, 4) Domingos Nunes 1732, 5)Manoel da Costa Ribeiro 1737, 6)Luís Mendes de Sá 1739, 7)Martinho da Cunha Oliveira 1747, 8)João Henriques 1748” (Ser marrano em Minas Colonial, Anita Novinsky Universidade de São Paulo, Revista Brasileira de História)1 Nota-se nessa pequena lista, só pelos nomes dos oito condenados que Mendonça, Valadolid, Corrêa, Valle, Miguel, Nunes, Costa, Ribeiro, Mendes, Sá, Cunha, Oliveira e Henriques figuram entre os “cristãos novos” judeus condenados à morte por judaísmo e evidenciam que a presença de um desses nomes numa família pode indicar um passado judaico nas gerações anteriores. No entanto, noutro de seus livros fartamente documentado: “Os Cristãos Novos na Bahia,” (Editora Perspectiva, 1972) Anita Novinsky publica num apêndice de 9 páginas uma lista que inclui dezenas de outros sobrenomes que incluímos aqui apenas para que o leitor se dê por conta da plausibilidade da presente lista já que os sobrenomes usados por judeus sefarditas é ainda muito mais vasto do que aqueles citados em documentos de terra, anais da inquisição, atas de batismo ou sepultamento em cemitérios paroquiais. Os judeus se misturaram de tal forma na sociedade luso-brasileira que como dizia um rabino, a grande pergunta num país como o Brasil e em seus vizinhos sul americanos não é quem descende de judeu, mas quem não descende. 1 Página visitada em 2 de Janeiro de 2012. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-01882001000100008&script=sci_arttext
  8. 8. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 8 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Apesar disso ai vai nossa lista publicada pela investigadora do passado judaico brasileiro Anita Novinsky cujas obras recomendo efusivamente: Abrantes, Afonseca, Aguiar, Aguirre, Aires, Albuquerque, Almeida, Alvarez, Antunes, Araújo Azevedo, Balão, Barbosa, Batista, Bayão, Bitencor, Botelho, Bragança, Brandão, Bravo, Burgos, Brito, Cação, Caldeira, Campos, Castro, Cordeira, Cardoso, Carvalho, Castanho, Chaves, Cirne, Correa, Correia, Costa, Diamante, Dias, Dinis, Duarte, Evora, Faria, Faya, Fernandes, Ferreira, Floriano, Fonseca, Fontes, Francisco, Franco, Freire, Freitas, Gama, Garcia, Girão, Gois, Gonçalves, Gomes, Gusmão, Henriques, Homem, Leão, Lemos, Lobão, Lopes, Machado, Manso, Marques, Martins, Matos, Maya, Medeiros, Mendes, Menezes, Mentola, Mesa, Miplata, Miranda, Moniz, Moraes, Morão, Moreno, Muacho, Navarro, Nunes, Oliveira, Pacheca, Pais, Paiva, Pantaleão, Paredes, Pereira, Peres, Pessoa, Pimentel, Pinheira, Pinto, Pires, Quaresma, Rego, Ribeira, Ribeiro, Rodrigues, Roseiro, Sabona, Sanches, Saraiva, Sarzedo, Serra, Serrão, Silva, Simões, Soares, Teles, Teixeira, Thomas, Tinoco, Ulhoa, Vasconcelos, Vaz, Veigas, Velho, Vicente, Velloso. Claro que toda essa lista é só o começo. Se existe um país no mundo onde imperam nomes usados comprovadamente por judeus, esse país é o Brasil. Isso pode ser facilmente constatável tomando-se os sobrenomes sefarditas mais conhecidos e confrontando-a com uma lista telefônica de qualquer estado ou região do Brasil. Alertamos para o fato de que possuir um nome usado por judeus sefarditas ou por marranos (cristãos novos) não significa automaticamente que haja um passado judaico na família, mas isso é uma evidência que não pode ser descartada e que deve ser usada por aqueles que amam a restauração. A lista que inclui centenas de nomes muito mais que comuns no Brasil deve ser vista como um instrumento que se junta na pesquisa a sua ancestralidade a outros dados como costumes, traços culturais, tradições e evidência de cripto-judaísmo conservadas no passado.
  9. 9. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 9 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Partindo desse princípio pesquisei durante vários dias um site de listas telefônicas eletrônicas 2 disponíveis na internet e me surpreendi com os resultados ao constatar que há mais 26,09 milhões de sobrenomes usados por judeus sefarditas figurando como titulares nas linhas telefônicas do Brasil. Estas linhas somam 29,7 milhões o que demonstram que de longe, apesar dos 25 milhões de descendentes de italianos, dos 15 milhões de descendentes de sírio-libaneses, dos 10 milhões de descendentes de alemães, dos 3,5 milhões de descendentes de polacos, e de 1,5 milhão de descendentes de japoneses são os descendentes de portugueses os que se destacam de longe como a comunidade mais numerosa do Brasil. Evidentemente se tem em conta que nosso país é miscigenado e que existem filhos de portugueses com alemães, italianos e japoneses quase tantos percentualmente falando quanto os há de portugueses com índios e negros. Assim, esses 26,09 milhões de nomes comprovadamente usados pelos judeus sefarditas durante a longa estadia de 2200 anos na península Ibérica mesmo que reduzidos à metade antes de se aplicar o fator multiplicador de 6,5482 que é o número médio de habitantes por telefone fixo em operação nos lares e estabelecimentos comercias e de serviço do Brasil ainda representam mais de 80 milhões de pessoas.3 É importante relembrar que os nomes judaico sefarditas se misturaram a tal ponto com a comunidade luso-espanhola que fica difícil dizer se Portugal formou a identidade judaica ou se a identidade judaica formou Portugal e Espanha. Esse detalhe é relevante na medida em que se pesquisa a origem das famílias portuguesas e se descobrem que muitas precedem as perseguições. 2 A página pesquisada foi a da Telelistas Net: http://www.telelistas.net/ 3 Em média o brasileiro tem dois sobrenomes, um deles indicador de sua ascendência materna e outro de sua ascendência paterna, como no meu caso em que sou Barboza da Silva, ainda que em casos atípicos um nome completo pode incluir três sobrenomes como em Antônio Alves Freitas Barboza ou muito raramente quatro sobrenomes como em Helena Toledo Martins de Oliveira Silva. No entanto, estes casos raros se compensam quando ambos os pais tem o mesmo sobrenome e o registrando termina tendo apenas um sobrenome como em Antônio Silva, por exemplo.
  10. 10. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 10 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Sabe-se que desde sua chegada a 700 anos antes de Yeshua vir ao mundo até sua conversão forçada por decreto real em 1496 e exitosa sob o espanto luminoso das chamas da maldita inquisição, a mais abominável, criminosa e imunda das ações da Igreja Católica os judeus viveram e cresceram na comunidade ibérica. São 2 mil anos de coexistência nos quais a marca da presença judaica foi impressa na cultura, na língua e mesmo nos costumes portugueses. Não é sem causa que chamamos azeitona ao fruto da oliveira, chuva o regresso das águas, lavagem a limpeza das nossas roupas e ação ao produto de nossos atos. Isso fica claro quando descobrimos que oliveira em hebraico é hazeit, que regresso shuv, que branco é lavan e que hazia é ação. O que vamos vera agora é evidência de que as marcas da presença judaica na Espanha e em Portugal são muito mais profundas do que a mera linguagem que em parte também derivamos dos árabes, ela se inscreve profundamente no nossos nomes, no nosso sangue, no nosso DNA. Bem, voltando à metodologia da pesquisa. No Brasil existem segundo dados da Anatel divulgados em sua página no dia 2 de fevereiro de 2012 exatos 29.703.125 telefones fixos em operação não incluídos os orelhões ou telefones públicos. Esse universo geraria, à media de dois nomes por linha telefônica um total de 59.406.250 nomes nas listas telefônicas. Considerando que os 1847 nomes luso-espanhois comuns a judeus sefarditas já contabilizados somam 26.092.651 se pode determinar que a população com sobrenomes de origem luso- espanhola representa 43,92% do povo brasileiro.4 4 Naturalmente estes dados tendem a se alterar para mais à medida que se tem em conta que os estados mais pobres da federação tem uma telefonia fixa bem menos desenvolvida que a média nacional de 16,63 telefones por 100 habitantes que foi a média levada em conta aqui. O contraste é ainda maior quando se compara os estados do Centro-Oeste com alta densidade de telefones como São Paulo com uma densidade de 27,53 telefones por cada 100 habitantes e Rio de Janeiro com 25,93 com estados do Nordeste como a Bahia com 9,73, o Pernambuco com 9,33 e o Ceará com 7,61 ou o Maranhão com 5,85. Nesse trabalho estes fatores não foram levados em conta, mas tampouco foram ignorados. Estamos conscientes de que quando inserirmos esses dados o Brasil se revelará ainda mais lusitano e se descobrirá que a população de origem luso-brasileira se revelará maior. É justamente nesses estados do norte e nordeste onde prevalecem os mulatos (descendentes de branco com negro), os caboclos (descendentes de branco com índio) e os cafuzos (descendentes de negro com índio) que a presença de nomes sefarditas beira os 100%. Ou seja, os dados do nordeste que não foram pormenorizados elevarão essa média justamente por serem “mais puros” etnicamente falando por não terem recebido grandes levas de imigrantes do centro e norte da Europa (Alemanha, Itália, França, Polônia, Ucrânia), da Ásia (Coréia, China e principalmente Japão) ou do Oriente Médio (Síria e Lìbano).
  11. 11. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 11 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Pois bem, com esses dados estratificados e massificados, mesmo sem pormenorizar os estados do nordeste bem como Minas Gerais, locais de grande concentração de cristãos novos ao início de nossa história e onde o percentual de nomes sefarditas com certeza será maior que no resto do Brasil já se pode adiantar uma coisa, os descendentes de espanhóis e portugueses no Brasil são no mínimo 85.422.850. Ou seja 43,92% de uma população de 194.496.470 no início de 2012. Considerados estes aspectos elaborei primeiro de tudo uma lista rápida onde os 182 nomes mais importantes e que figuram na lista de sobrenomes judaico sefarditas de Portugal e Espanha e ocasionalmente também da Itália e de países muçulmanos e que representam 165,059 milhões de nomes e uma população de no mínimo 82,5 milhões de pessoas. Estes 182 nomes, conquanto representem menos de 10% do total dos 1847 nomes sefarditas que encontrei nas listas telefônicas a partir dos milhares pesquisados representam 96,61% da população judaico sefardita do Brasil, e por isso mesmo essa tabela de consulta rápida se revelará efetiva para a maioria esmagadora da população brasileira. Logo se seu nome surgir na lista isso pode ser um indício senão final pelo menos inicial de sua raiz hebraica.5 Gostaria de recordar que um trabalho dessa magnitude não pretende ser perfeito. Pesquisando as páginas na internet relativas ao sefardismo posso me alegrar de estar fazendo uma coisa inédita. Tomei uma enorme lista de nomes cujos resultados práticos são duvidosos já 70% dos 5,300 nomes não foram achados e esse percentual subiria ainda mais caso a pesquisa se estendesse aos mais de 25 mil nomes sefarditas conhecidos e reduzi essa lista àqueles nomes que são encontráveis em solo pátrio. 5 Conquanto que os resultados não sejam finais já que não houve o cruzamento destes nomes com outros tendo o Brasil recebido milhares de imigrantes de outras etnias além dos portugueses e espanhóis, como japoneses, coreanos, escandinavos, holandeses, alemães, italianos, eslavos, lituanos e letões, entre muitos outros a soma de pelo menos 80 milhões de portadores de nomes sefarditas é perfeitamente adequada. Mas essa população pode chegar a 100 milhões e mesmo ultrapassá-la e muito, já que alguns historiadores afirmam que o Brasil recebeu a concorrência principalmente de cristãos novos.
  12. 12. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 12 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Os 182 Nomes Sefarditas Mais Comuns do Brasil por Ordem Alfabética A (13) Abreu Afonso Aguiar Almeida Alonso Alvarenga Amaral Andrade Antunes Araújo Ávila Azevedo B (9) Barbosa Barboza Barros Bastos Borges Braga Brandão Brito Bueno C (16) Camargo Campos Cardoso Carneiro Carvalho Castro Chaves Clemente Coelho Cordeiro Corrêa Correia Costa Coutinho Cruz Cunha D (7) David De Paula Dias Diniz Domingues Dourado Duarte E (1) Esteves F (12) Falcão Faria Farias Fernades Ferreira Figueira Flores Fonseca Franco Freire Freitas Furtado G (8) Gabriel Galvão Gama Garcia Gomes Gonçalves Guedes Guerra H (2) Henrique Henriques J (2) Jacinto Jorge L (9) Lara Leal Leão Lemos Lima Lobo Lopes Lourenço Lucena M (32) Macedo Machado Maia Marcos Maria Marques Martinez Martins Matos Mattos Mello Melo Mendes Mendonça Meneses Menezes Mercado Mesquita Miguel Miranda Monteiro Moraes Morais Moreira Moreno Mota Motta Moura Muller Munhoz Muniz N (5) Navarro Netto Neves Nogueira Nunes O (1) Oliveira P (18) Pacheco Paes Paiva Paz Peixoto Penha Pereira Peres Perez Pessoa Pimenta Pimentel Pinheiro Pinto Pires Porto Prado R (15) Rabelo Ramalho Ramos Rangel Rego Reis Resende Ribas Ribeiro Ricardo Rios Rodrigues Romero Rosa Ruiz S (19) Sá Salgado Salvador Sampaio Sanches Santiago Santo Santos Saraiva Serra Silva Silveira Simão Simões Siqueira Soares Sobrinho Sousa Souza T (6) Tavares Teixeira Teles Toledo Torres Trindade V (10) Vale Valle Vargas Vaz Veiga Ventura Vicente Vidal Vieira Vilela
  13. 13. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 13 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Quantitativamente a pesquisa revela que os dez grupos mais importantes são os Silva com 22,2 milhões, os Santos com 12,7 milhões, os Oliveira com 8,9 milhões, os Souza com 7,4 milhões, os Pereira com 5,3 milhões, os Ferreira com 4,6 milhões, os Maria com 4,2 milhões, os Rodrigues com 3,9 milhões, os Lima com 3,7 milhões e os Costa com 3,5 milhões. Por outro lado os Azeda, os Montaro, os Rucomora, os Torrones e os Yzidoro estão entre nomes com apenas seis pessoas. Na lista a seguir os 25 nomes com mais de 1,5 milhão de indivíduos calculados por amostragem das listas telefônicas. Recorde-se que o percentual de pessoas com nomes sefarditas é bastante variável e fixá-lo depende muito do método utilizado. Considerando-se os nomes levando em conta a variação ortográfica os Silva são quase 11% de toda a população brasileira e de longe o grupo mais importante. O menor grupo com mais de 1,5 milhão de indivíduos são os Sousa com o s final em vez do z, já que os Souza com z são a 4ª família mais numerosa do Brasil.6 No entanto, parece óbvio que algumas variações resultaram de erros notariais que terminaram criando um novo braço para uma família que na verdade é a mesma. Na contabilização estes fatores não foram levados em conta, estando cada grupo por separado. É claro porém que esses números poderiam ser arredondados modificando a plástica dos números. Evitei isso por que dificultaria a localização dos nomes tal como ocorre em sua grafia legal. 7 6 Projetados os dados para a população do Brasil a 2 anos atrás, que era de 190 milhões de pessoas se nota que com 20,87 milhões de indivíduos os Silva representam 10,94% dos 190 milhões de brasileiros seguidos dos Santos com 11,9 milhões (6,25%), dos Oliveira 8,4 milhões (4,43%), dos Souza 6,9 milhões (3,63%) dos Pereira 5 milhões (2,61%), dos Ferreira 4,4 milhões (2,29%), dos Maria 4 milhões (2,08), dos Rodrigues 3,7 milhões (1,94%), dos Lima com 3,5 milhões (1,82%), dos Costa 3,3 milhões (1,71%), dos Gomes 2,6 milhões (1,38%), dos Almeida 2,4 milhões (1,24%), dos Ribeiro 2,3 milhões (1,21%), dos Araújo 2,1 milhões (1,10%), dos Carvalho 2,08 milhões (1,08%), dos Martins 2,04 milhões (1,07%), dos Gonçalves 1,9 milhão (1,07%), dos Barbosa 1,8 milhão (0,94%), dos Lopes 1,73 milhão (0,90%), dos Soares 1,7 milhão (0,89%), dos Vieira 1,64 milhão (0,86%), dos Fernandes 1,6 milhão (0,84%), dos Dias 1,52 milhão (0,79%), dos Santo 1,44 milhão (0,75%), dos Sousa 1,43 milhão (0,75%), dos Andrade 1,29 milhão (0,67%), dos Moreira 1,15 milhão (0,60%), dos Freitas 1,4 milhão (059%), dos Rosa 1,1 milhão (0,57%), dos Machado 1,07 milhão (0,56%), dos Nunes 1,04 milhão (0,54%), dos Reis 1,02 milhão (0,53%) e os Cruz 1 milhão (0,52%). 7 Assim os 6,5 milhões de Souza formariam grupo com os 1,4 milhões de Sousa elevando o total para 7,9 milhões. Os 1,7 milhão Barbosa deveriam estar estatisticamente juntos aos 95 mil Barboza. Os 3,5 milhões de Rodrigues junto ao os 19 mil Rodriguez. Os 1,03 milhões de Rosa junto com os 16 mil Roza e os 650 Rozas. Os 1,4 milhões de Dias junto com os 7,2 mil Diaz. Os 2,5 milhões de Gomes junto aos 9,6 mil Gomez. O mesmo se dá com os 9,7 milhões de Oliveira que formariam um único grupo com os 23 mil Oliva, os 8 mil Olivera, os 3,5 mil Oliver, os 2,1 mil Olivares, os 273 Oliveros, os 82 Oliveria, os 23 Olivarez, os 17 Oliveyra e os 6 Olivos.Muitos outros casos se assemelham como os Vieira, os Viera e os VIeyra só por falar dos grupos mais numerosos.
  14. 14. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 14 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss
  15. 15. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 15 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Por razões práticas, selecionei uma lista dos 182 nomes sefarditas mais frequentes no Brasil, representado 10% do total dos nomes pesquisados. O gráfico que reúne os 35 nomes sefarditas com mais de 1 milhão de indivíduos no Brasil está longe de ser completo, pois inclui menos de 2% de um universo de 1.829 nomes encontrados entre 5.300 nomes pesquisados Ainda assim, esses 182 nomes representam 96,74% dos brasileiros com nomes judaicos sefarditas, um universo de 159,7 milhões de nomes e pelo menos 80 milhões de pessoas. São nomes que foram e ainda são empregados por judeus sefarditas, tanto portugueses como espanhóis, os quais podem denunciar um passado judaico por parte de seus portadores. Estes nomes são suficientes para indicar claramente que um dos ramos da oliveira, a que representa a Casa de Yehudáh brotou no Brasil com grande ímpeto e seus ramos se espalham por toda a parte. Faltar-nos-ia tempo para falar da Casa de Judá e da influência dela no Brasil e isso fugiria ao escopo do presente trabalho, mas uma coisa é certa, os judeus foram muito mais importantes na formação do Brasil colônia e no legado genético de nosso povo do que até aqui tem sido admitido. Recentemente pesquisa científica revelou que uma quinta parte dos espanhóis e até um terço dos portugueses descendem de judeus. 8 Muito mais que um Brasil português, italiano, alemão, ucraniano ou japonês há um Brasil judaico pronto a se redescobrir. E isso não é apenas uma apreciação romântica como muitos imaginam. Pelo contrário, Yah cada vez mais desperta esse mundo. As implicações desses dados se projetados para o Brasil podem revelar um país com um percentual muito, muito maior que os supostos 0,005% ou 96.2000 judeus recenseados no Brasil e que representam apenas 1 para cada 2.000 habitantes. 8 Amostragem do DNA de 1140 homens colhida na Espanha e em Portugal que 19,8% dos habitantes da Península Ibérica são portadores de DNA judaico e que esse percentual chega a atingir 36% no sul de Portugal, pais que contribuiu como nenhum outro para a formação do DNA brasileiro.
  16. 16. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 16 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Se numa estimativa tímida apenas um em cada dez dos 190,732 milhões de brasileiros revelados pelo Censo do IBGE de 2010 for de ascendência judaica teremos 19,073 milhões de benei anusim ou descendentes de judeus convertidos pela força da inquisição. Assim, para cada judeu reconhecido pela Agência Judaica haveria outros 198 descendentes de judeus nesse país. A maioria deles bons cristãos, não raro doutrinados por igrejas denunciadoras do povo judeu e inimigas declaradas das práticas judaicas. Naturalmente se projetarmos os dados de Portugal para o Brasil, que são de até um terço da população teremos uma prevalência muito maior do DNA judaico o que nos permite supor que entre 38 e 68 milhões de brasileiros podem ser descendentes de judeus. Nenhum estudo com essa abrangência foi realizado até agora, mas estudiosos afirmam com base em registros genealógicos que no nordeste a presença do DNA judaico pode alcançar 70% de uma população de 54 milhões de habitantes. E se isso se projetasse no resto do Brasil chegaríamos a mais de 130 milhões de pessoas. E o que pode ser verdade em relação ao Brasil também o será em relação as ex-colônias da Espanha como México, Venezuela, Colômbia, Perú, Bolívia, Paraguay ou Argentina, ainda que nosso foco, por razões óbvias seja o Brasil. Veja que consideramos apenas projeções relativas aos descendentes de judeus que pertencem apenas à duas das doze tribos de Israel. A população das dez tribos e particularmente de Eraim que forma uma multidão de gentios é incalculável e sua soma deve alcançar as centenas de milhões e talvez mesmo bilhões de pessoas. Israel é o povo mais numeroso da terra. Precisa apenas se revelar. Sim, Israel se multiplicou como as estrelas do céu que não pode ser contada, como o pó da terra que não pode ser calculado, como a areia que não pode ser medida e como peixes que não podem ser quantificados. E se isso pode ser notado através do globo também pode ser visto no Brasil onde os bnei anusim, ainda que sendo parte da casa de Yeshudáh vieram a ser a coluna fundamental de nossa anação, e onde imigrantes trazidos à força da África, atraídos do Japão, ou vivendo nas selvas começam a descobrir suas origens em Israel.
  17. 17. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 17 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Bem, para que sua pesquisa sobre nomes sefarditas se enriqueça, nas próximas 20 páginas apresenatremos a lista completa de 1824 nomes judaico sefardoitas que foram o resultado de uma pesquisa de várias semanas cruzando dados disponíveis em diversos sites e fontes dedicadas ao estudo do marranismo e dos bnei anusim com as listas telefônicas do Brasil. É importante ressaltar que esse trabalho está longe de ser definitivo, que à medida em que novas pessoas se juntem ao nosso projeto almejamos chegar a dados pormenorizados com relação a cada estado, principalmente os do sudeste e do nordeste onde a presença judaica foi mito forte. Desde já oramos para que Adonay desperte mais colaboradores. Estou convencido de que a restauração da fé original passa pela restauração das raízes perdidas do povo brasileiro. A igreja de Roma que matou a fé judaica através do braço civil representado pela coroa portuguesa, que matou seus costumes proibindo as práticas judaicas matou também sua memória numa conspiração hedionda para que os milhões de judeus brasileiros metidos nas igrejas vissem os judeus das sinagogas como sapos doutro poço, como oas filhos dos “assassinos e Cristo”, quando na verdade somos a maioria de nós descendentes daqueles que matando Yeshua propiciaram não só a sua redenção, mas também a dos que lhes nasceriam pelas gerações futuras bem como daqueles que não são israelitas. Todavia antes de publicar esta lista desejamos expressar nossos reconhecimentos às pessoas que nos precederam na busca da identidade perdida da Casa de Juedá em Portgal, Espanha e colonias. Isso é justo para com eles que se debruçaram horas à fio na pesquisa desses nomes. Assim, nosso agradecimento especial ao Rabino Rabbi Haim Levi da IFMJ – Federação Internacional de Judeus Messiânicos. 9 Nossos reconhecimentos também à organização LusaWeb que se dedica à pesquisa genealógica do povo português.10 Também recorremos à lista de B. Nahman.11 9 O endereço eletrônico da Federación Internacional de Judíos Mesiánicos pode ser acessada pelo link: http://www.ifmj.org/espanol/index.shtml 10 O endereço eletrônico da LusaWeb pode ser acessada pelo link: http://www.lusaweb.com/
  18. 18. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 18 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Aqui em nosso país muito tem sido feito para resgatar as raíses judaicas do nosso povo o blog Rua da Judiaria de Nuno Guerreiro José12 e a página do Memorial Brasil Sefarad.13 Não há como ignorar o trabalho de intensa pesquisa conduzida pela professora Anita Novinsky autora de dezenas de livros, ensaios e artigos acadêmicoos sobre a presença judaica no Brasil que inundam as páginas da internet sobre o assunto. Merece destaque ainda o trabalho da Associação Brasileira dos Descendentes de Judeus da Inquisição conduzida pelo Rosh Mateus Zandana Guimarães vinculada ao Ministério Ensinando de Sião do Rabino Marcelo Miranda Guimarães da Pampulha em Belo Horizonte.14 Em especial nosso reconhecimento pelo prestigioso artigo do Rabino Marcelo Miranda Guimarães: “Você Sabia que muitos Brasileiros são Descendentes de Judeus?” artigo publicado no seu livro: “Há Restauração Para os Descendentes de Judeus da Inquisição?” uma obra de 160 páginas escrita acerca de dez anos e que agora resurge de cara nova numa edição revista e ampliada que recomendamos aos estudiosos do assunto. Dito isso aclaramos que nosso objetivo inlclui não só restaurar a identidade perdida dos marranos brasileiros, já que todos os dscendenets de Avraham desfrutam de um chamado irrevogável que precisa ser levado em conta em qualquer tempo e lugar que dele se tenha notícias, mas conduzílos a uma mais plena relação com Yeshua o Messias judeu em quem tendo crido manisfestam a mais perfeita fé. Nesse país onde dezenas de milhões acreditam em Yeshua de forma empírica e outros tantos estão procurando viver a fé no Measchiach de forma tão intensa, nessa terra onde tantos foram arrastados pela graça soberana a depositar plena confiança na eterna salvação deveria ser claro que é uma terra de israelitas. 11 O endereço eletrônico de B. Nahman pode ser acessada através do link: http://home.earthlink.net/~bnahman/TOLEDOhtm.htm 12 O endereço eletrônico do blog Rua da Judiaria é: http://ruadajudiaria.com/ 13 O endereço eletrônico do Memorial Brasil Sefarad é: www.brasilsefarad.com 14 A página oficial da ABRADJIM-Associação Brasileira dos Descendentes de Judeus da Inquisição pode ser acessada através do link: http://www.anussim.org.br/
  19. 19. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 19 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Ora, embora os goym ou gentios também possam ser salvos permanecendo como gentios tementede a Adonay e obedecendo às leis impostas aos goym, é certo que lhes pertence o elevado privilégio de serem enxertados na boa oliveira dizendo como Ruth a moabita a Noemi sua sogra israelita: “Não me instes para que te abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Elohim é o meu Elohim.” Ruth 1:6. Nesse sentido a igreja cristã tem falhado, por falta da compreensão do privilégio de ser um israelita de fé e adoção ela tem estimulado os gentios a viverem como gentios e a não pensarem em ser enxertados para se alimentar da seiva da oliveira. No entanto, sendo o Brasil o segundo país cristão do mundo em número de habitantes, uma terra onde cada vez mais os crentes católicos debandam de sua igreja em direção a pastor mais verdes, temos motivos de sobra para acreditar que essa é uma terra de milhões de israelitas. O fato de tantos e tantos católicos deixarem suas igreja pela simples descoberta que ela não representa e jamais representou a voz do manso e humilde Yeshua e como agente promotora da idolatria e do sincretismo entre judáismo e paganismo, sincretismo este que assueme o nome de cristianismo evidencia que aqui estão as outras ovelhas acerca das quais Yeshua disse estarem noutro aprisco para em breve ser chamadas. Ora, uma vez que Yeshua disse não ter vindo senão às ovelhas perdidas da Casa de Israel (Matytyahú/MT 15:24) e uma vez que ele tem achado tantas ovelhas nesse país, não nos resta alternativa senão considerarmos seriamente a hipótese de que muitas dessas ovelhas são os cristãos desse país. Além disso somos confrontados com o fato de que se pertencemos ao Maschiach, então pertencemos também à zerah ou semente de Avraham como está escrito: “E, se sois do Maschiach, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa” Galatás 3:29. Não somos nós que dizemos, mas a Bíblia, a maioria dos crentes descende de Avraham e deveria ter isso em alta conta, pois até uma pedra (Gentio) é exaltada ao se tornar seu filho.
  20. 20. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 20 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Os crentes precisam considerar que descender de Avraham o amigo de Elohim, ainda que o seja apenas na carne não é um privilégio pequeno se a consciência disso abrir caminho para que atuem de acordo com a santidade e obediência de seu pai. Não fosse isso importante e Adonay jamais teria se pronunciado pelo enaltecimento de Israel por se descendente de seu amigo e jamais teria dito que Israel foi escolhido e não rejeitado como supõem os adeptos da horrenda teologia da substituição. “Mas tu, Israel, servo meu, tu, Yakov, a quem escolhi, tu, semente de Avraham, meu amigo; tu a quem tomei das extremidades da terra, e te chamei dos seus cantos, e te disse: Tu és meu servo, eu te escolhi, e não te rejeitei; não temas, porque eu sou contigo; não te espantes, porque eu sou o teu Deus. Fortalecer-te-ei, ajudar-te-ei e sustentar-te-ei com a destra da minha justiça.” Yeshayahú/Is 41:8-11 Sem que muitos saibam, grandes parcelas da população brasileira são descendentes de judeus da península Ibérica, os sefarditas. Ora Sefarad era como os judeus cahamvam a Iberia que incluia Portugal e Espanha, parte da França e talvez também uma parte da Inglaterra foi reservada por Elohim para guardar seu povo Israel até ao tempo do retorno. Oportunamente aqui incluo um artigo breve e suscito de Yakov da Costa publicado na página Memorial Brasil Sefarad sobre o significado da palavra Sefarad mencionada no livro do profeta Ovadiah: “Os primeiros habitantes da Península Ibérica eram os tubalinos, descendentes de Tubal, segundo o historiador clássico Flávio Josefo, ao mencionar os tubalinos como o povo ao qual os gregos chamam de íberos. Tubal aparece na genealogia bíblica como filho de Jafé e neto de Noé. Os primitivos povos íberos, tal como na formação do povo grego, receberam diversas levas migratórias. Entre os povos que compunham essas levas estão os celtas, os fenícios, os gregos, os romanos, os visigodos e os berberes (muçulmanos ou mouros). Embora pareça se referir à região de Sardes na Ásia Menor, o Livro do profeta Obadias (em hebraico Ovadiau), escrito aproximadamente em 589 a.C., menciona a presença judaica em Sefarad: Ob. 1:20 "(...) e os cativos de Jerusalém, que estão em Sefarad, possuirão as cidades do sul".
  21. 21. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 21 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Vários autores hebreus, no entanto, identificaram o termo com a Hispania mesmo, e assim tradicionalmente a palavra Sefarad refere-se à Península Ibérica. Acredita-se que os primeiros judeus chegaram durante o reino do rei Salomão (970-931 a.C.), com os comerciantes de Tiro, os sidônios (fenícios), "donos do mar" naqueles dias. Relatos do século I indicam que cerca de cinqüenta mil judeus se estabeleceram no Sul da Península e também os Concílios da Igreja Católica Romana em Orléans e em Toledo, 538 d.C. e 633 d.C., respectivamente, mencionam a presença judaica na Península Ibérica. Era o início dos olhares da Igreja de Roma sobre a ascendente comunidade judaica em Sefarad.” (Yakov da Costa, Formação da comunidade judaica em Sefarad)15 Se Sefarad onde estavam os cativos de Adonay desde os dias do profeta Ovadiah é Portugal e Espanha com toda a propriedade também é Brasil e Colômbia só para citar duas das ex-colônias dos impérios europeus. Aqui estamos nós a 15.619 quilômetros de Yerushalaim, 16 e no entanto somos uma extesnsão da vasta região de Sefarad que com as descobertas do século XVI incluiu também o Brasil. Então temos motivos para pensar em como sair desse nosso cativeiro espiritual que é a herança de Roma e em como a promessa profética nos alcançará. Ora, quando Lutero iniciou a Reforma na Alemanha, um de seus artigos de maior impacto foi: “Do Cativeiro Babilônico da Igreja”, hoje passados quase 500 anos é tempo de falarmos do “Cativeiro Sefardita da Casa de Judá.” Este cativeiro se chama catolicismo em todas as suas modificações e metamorfoses, inclusive quando assume a bem-intecionada visão reformada, que modificou e melhorou a igreja, e pela qual estamos agradecidos, mas que precisa avançar para uma visão de restauração, da reposição da fé original, o retorno à fé judaica de Yeshua e seus enviados. Naturalmente a restauração de nossa identidade espiritual como judeus ou israelitas crentes em Yeshua passa primeiro pela restauração de nossa identidade nacional, ou seja, quando deixamos de nos considerar gentios trazidos à graça e nos sentimos israelitas. E bem, para isso é importante que conheçamos as centenas de nomes que historicamente os judeus usaram em Portugal e Espanha. 15 Página do Memorrial Brasil Sefarad visitada em 10 de Fevereiro de 2012. http://www.geocities.ws/brasilsefarad/comunidade.htm 16 Distância entre Yerushaalaim e Sâo Paulo.
  22. 22. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 22 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra A 80 Nomes 1 Abendano 21 Aires 41 Ammar 61 Aris 2 Abensur 22 Alaman 42 Andara 62 Ariza 3 Abiles 23 Alarcon 43 Andino 63 Aros 4 Abrantes 24 Alba 44 Andrada 64 Aroyo 5 Abreu 25 Alfonso 45 Andrade 65 Arroyos 6 Abulafia 26 Almeida 46 Andres 66 Artal 7 Acosta 27 Alonso 47 Anes 67 Aseredo 8 Acuna 28 Altamirano 48 Angel 68 Asevedo 9 Ades 29 Alva 49 Anno 69 Assayag 10 Affonseca 30 Alvarenga 50 Antunes 70 Assunção 11 Affonso 31 Álvares 51 Antunez 71 Astorga 12 Afonseca 32 Alvarez 52 Aragon 72 Astorgano 13 Afonso 33 Alverez 53 Arana 73 Ávila 14 Aguado 34 Alvin 54 Araújo 74 Avilar 15 Aguero 35 Amado 55 Arba 75 Aviles 16 Aguiar 36 Amaral 56 Aredes 76 Ayala 17 Aguilar 37 Amarillo 57 Aria 77 Ayeres 18 Aguilo 38 Amato 58 Arias 78 Ayres 19 Aguirre 39 Amaya 59 Ariete 79 Azeda 20 Aguirres 40 Amigo 60 Arino 80 Azevedo
  23. 23. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 23 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra B (133 nomes) 81 Baena 111 Beltran 141 Benzecry 171 Bolea 82 Baez 112 Belusi 142 Beraha 172 Bom 83 Bayão 113 Benadiba 143 Berdugo 173 Boneta 84 Balão 114 Benado 144 Bergel 174 Bonfil 85 Baltazar 115 Benatar 145 Bergman 175 Bonila 86 Barata 116 Benaton 146 Bergmann 176 Bonito 87 Barbosa 117 Benattar 147 Bermejo 177 Bonnin 88 Barboza 118 Benavente 148 Bernal 178 Bono 89 Barela 119 Benavente 149 Bernandino 179 Bonte 90 Barros 120 Benavides 150 Bernat 180 Borges 91 Baruch 121 Bendavid 151 Bernstein 181 Borjas 92 Baruk 122 Ben-David 152 Bertoni 182 Bosquila 93 Barzilai 123 Bendelack 153 Bessa 183 Botelho 94 Barzilay 124 Bendelak 154 Besso 184 Botello 95 Basan 125 Beneviste 155 Betan 185 Boton 96 Bassan 126 Benezra 156 Betito 186 Bracho 97 Bastos 127 Ben-Ezra 157 Betom 187 Braga 98 Bautista 128 Benhaim 158 Beuno 188 Bran 99 Baza 129 Benin 159 Bibas 189 Branda 100 Bazan 130 Benites 160 Bicon 190 Brandão 101 Behar 131 Benitez 161 Bicudo 191 Brando 102 Bejarano 132 Benjo 162 Bitencor 192 Brandoa 103 Belasco 133 Benoliel 163 Biton 193 Brauch 104 Belforte 134 Benros 164 Bitton 194 Braunstein 105 Belgara 135 Bensabat 165 Bivar 195 Brava 106 Belicha 136 Bensadon 166 Blanco 196 Bravo 107 Belilo 137 Bentubo 167 Blau 197 Breve 108 Bello 138 Benveniste 168 Bloch 198 Briceno 109 Belluca 139 Benyair 169 Blum 199 Brigham 110 Belmonte 140 Benzaquen 170 Bo´n 200 Briones
  24. 24. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 24 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra B – Continuação (129 nomes) 201 Brito 205 Buendia 209 Bulhão 213 Bustos 202 Britto 206 Bueno 210 Bunan 214 Buzaglo 203 Brizzo 207 Buin 211 Burgos 204 Buenano 208 Bulat 212 Busaglo
  25. 25. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 25 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra C (193 nomes) 215 Caba 246 Camacho 277 Cardona 308 Cassuto 216 Caballeria 247 Camargo 278 Cardosa 309 Castanheda 217 Caballero 248 Camhi 279 Cardoso 310 Castanho 218 Caban 249 Cami 280 Cardoza 311 Castano 219 Cabeca 250 Caminha 281 Cardozo 312 Castel 220 Cabeza 251 Campo 282 Cari 313 Castellano 221 Cabrera 252 Campos 283 Carias 314 Castellanos 222 Cabrero 253 Candelero 284 Carilho 315 Castelo 223 Cação 254 Candia 285 Carion 316 Castiel 224 Cáceres 255 Canho 286 Carmona 317 Castre 225 Cacim 256 Canisa 287 Carmy 318 Castro 226 Cadique 257 Caniso 288 Carneiro 319 Catalan 227 Cadiz 258 Cano 289 Carnide 320 Catan 228 Cagi 259 Canosa 290 Carrasco 321 Catena 229 Cahon 260 Cansino 291 Carrilho 322 Cateno 230 Caifa 261 Canton 292 Carrillo 323 Cava 231 Caim 262 Cantos 293 Carrion 324 Cazado 232 Caja 263 Capito 294 Carsi 325 Cazares 233 Calache 264 Capua 295 Carvajal 326 Cazeres 234 Calahorra 265 Capuano 296 Carvalho 327 Celan 235 Calama 266 Caraco 297 Carvallo 328 Celano 236 Calasso 267 Caravallo 298 Casado 329 Cenedo 237 Calatayud 268 Caravelle 299 Casal 330 Centeno 238 Calbo 269 Carbajal 300 Casanet 331 Cerda 239 Caldeiras 270 Carballo 301 Casares 332 Cerna 240 Calderon 271 Carbi 302 Caseda 333 Cerrato 241 Caldes 272 Carcamo 303 Caseres 334 Cespedes 242 Callo 273 Carcas 304 Casi 335 Cevallos 243 Calo 274 Carceres 305 Casque 336 Chacao 244 Calvete 275 Cardenas 306 Cassa 337 Chacon 245 Calvo 276 Cardinal 307 Casseres 338 Chahon Continua na próxima página
  26. 26. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 26 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra C (continuação) 339 Chamorro 358 Clemente 377 Cordova 396 Covo 340 Charino 359 Coelho 378 Corea 397 Coyto 341 Chavaria 360 Coen 379 Cori 398 Crasto 342 Chaves 361 Cohem 380 Coriat 399 Crespin 343 Chavez 362 Cohen 381 Cornel 400 Crespo 344 Cheverria 363 Coitinho 382 Coronado 401 Crespon 345 Chicas 364 Colaco 383 Coronnel 402 Crus 346 Chillon 365 Colasso 384 Corre 403 Cruz 347 Chinet 366 Coloma 385 Corrêa 404 Cubas 348 Chirino 367 Concha 386 Correia 405 Cubi 349 Cidre 368 Conclaves 387 Cortes 406 Cuello 350 Cintron 369 Contreras 388 Corvera 407 Cuenca 351 Cirne 370 Contreres 389 Costa 408 Cueva 352 Cisnero 371 Corcho 390 Cota 409 Cunha 353 Cisneros 372 Cordeira 391 Cour 410 Cuno 354 Ciudad 373 Cordeiro 392 Couriel 411 Curiel 355 Claments 374 Cordero 393 Coutina 412 Cutti 356 Clava 375 Cordoba 394 Coutinho 357 Clavero 376 Cordoso 395 Coutino
  27. 27. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 27 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra D e E (105 nomes) 413 Dabela 441 Davis 469 Dorado 493 Ergas 414 Daca 442 Dayan 470 Doria 494 Errera 415 Dacosta 443 Daza 471 Douek 495 Esaguy 416 Dacunha 444 De Paula 472 Dourado 496 Escalante 417 Dadia 445 Defaria 473 Doz 497 Escapa 418 Dadoun 446 Delafuente 474 Drago 498 Escarate 419 Dagama 447 Delgado 475 Duanes 499 Escobar 420 Daguiar 448 Delis 476 Duarte 500 Escoto 421 Dahan 449 Delmar 477 Duque 501 Escudero 422 Dais 450 Delmonte 478 Dura 502 Esnaty 423 Dal Medico 451 Delsotto 479 Duran 503 Espana 424 Dalmão 452 Delvalle 480 Durate 504 Espanol 425 Dalmeida 453 Delvas 481 Duro 505 Espejo 426 Danan 454 Depaz 482 Dwek 506 Espel 427 Dandrade 455 Dessa E 507 Esperança 428 Daniels 456 Devalle 483 Echeverria 508 Esperanza 429 Danino 457 Diamante 484 Egas 509 Espina 430 Danon 458 Dias 485 Elbaz 510 Espinola 431 Dara 459 Diaz 483 Ellias 511 Espinosa 432 Dari 460 Diez 484 Elnecave 512 Espinossa 433 Daroque 461 Dinis 485 Emmanuel 513 Espinoza 434 Dasa 462 Diniz 486 Enrique 514 Estacio 435 Dassa 463 Disraeli 487 Enriques 515 Esteban 436 Dauod 464 Domingues 488 Enriquez 516 Esteves 437 Davelar 465 Dominguez 489 Erazo 517 Évora 438 David 466 Donate 490 Echeverria 518 Ezra 439 Davila 467 Donati 491 Egas 440 Davilla 468 Dondon 492 Elbaz
  28. 28. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 28 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra F (81 nomes) 519 Fadrique 541 Febo 563 Figuerdo 585 Frasão 520 Fajardo 542 Felis 564 Figueroa 586 Frazão 521 Falcão 543 Ferares 565 Filus 587 Freire 522 Falcon 544 Fereira 566 Finci 588 Freitas 523 Faleiro 545 Feriera 567 Florentine 589 Fresco 524 Fanno 546 Ferme 568 Flores 590 Froes 525 Fano 547 Fermo 569 Florez 591 Frois 526 Faquim 548 Fernades 570 Flori 592 Fua 527 Faquin 549 Fernandez 571 Floriano 593 Fuente 528 Farache 550 Ferrares 572 Foa 594 Fuentes 529 Farhi 551 Ferreira 573 Foinquinos 595 Fuertes 530 Faria 552 Ferreiro 574 Fonseca 596 Fullana 531 Farias 553 Ferrera 575 Forron 597 Fundão 532 Farinas 554 Ferrero 576 Forti 598 Funes 533 Faro 555 Ferrira 577 Fração 599 Funez 534 Farraj 556 Ferriz 578 Frances 600 Furtado 535 Farrar 557 Ferro 579 Francia 601 Fuso 536 Farro 558 Ferrufino 580 Francisco 602 Fuster 537 Fats 559 Ferrus 581 Franco 538 Favela 560 Fierro 582 Francolin 539 Favella 561 Figueira 583 Frangi 540 Faya 562 Figueiroa 584 Franses
  29. 29. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 29 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra G (96 nomes) 603 Gabai 628 Garcia 653 Goldrin 678 Gris 604 Gabay 629 Garmendia 654 Goldring 679 Guadalajara 605 Gabbai 630 Garner 655 Gomes 680 Guarda 606 Gabra 631 Garson 656 Gomez 681 Gudiel 607 Gabriel 632 Garzon 657 Gonçalves 682 Guedelha 608 Gaby 633 Gascon 658 Gonsales 683 Guedes 609 Gago 634 Gatinho 659 Gonsalez 684 Guer 610 Gaion 635 Gato 660 Gonzales 685 Guerra 611 Galant 636 Gernonima 661 Gordon 686 Guete 612 Galante 637 Gerondi 662 Gouvea 687 Guetta 613 Galeano 638 Gerrera 663 Goya 688 Guette 614 Galegos 639 Gideon 664 Gracia 689 Guevara 615 Galeno 640 Gidion 665 Gracian 690 Guillen 616 Galindes 641 Gierra 666 Graciano 691 Guillermo 617 Galindez 642 Gil 667 Gradis 692 Guiterrez 618 Galindo 643 Gilabert 668 Granada 693 Gurrez 619 Galvão 644 Gimenez 669 Granado 694 Gusmão 620 Galvez 645 Gimeno 670 Granados 695 Gutieres 621 Gama 646 Girão 671 Granate 696 Gutierres 622 Gamarra 647 Girbal 672 Granda 697 Gutierrez 623 Gamboa 648 Giron 673 Grandiz 698 Gutteres 624 Gamma 649 Girondi 674 Grasia 699 Guttieres 625 Gaon 650 Godinez 675 Graziane 700 Guttierez 626 Garay 651 Gois 676 Graziani 701 Guzman 627 Garbal 652 Goldenberg 677 Gribaldo
  30. 30. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 30 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com as letras H, I,J e K (94 nomes) 702 Haba 729 Henriques 754 Ishac 779 Jonas 703 Habel 730 Henriquez 755 Ishaq 780 Jorge 704 Habib 731 Henrriques 756 Ismail 781 Joseph 705 Habibe 732 Herbas 757 Israel 782 Joshua 706 Hadida 733 Heredia 758 Issak 783 Juares 707 Hain 734 Hernandez 759 Ita 784 Juarez 708 Hakim 735 Herrador 760 Izidro 785 Jubel 710 Hala 736 Herrera 761 Izquierdo 786 Julian 711 Halas 737 Hidalgo 762 Izrael 787 Juliao 712 Halfon 738 Hija J 788 Junques 713 Haman 739 Homem 763 Jacinto K 714 Hamel 740 Homen 764 Jacob 789 Kadoch 715 Hamid 741 Hornstein 765 Jacobs 790 Kadoshi 716 Hamis 742 Hoz 766 Jaen 791 Kaminsk 717 Hamon 743 Huarte 767 Jamiel 792 Kane 718 Hamou 744 Huerta 768 Jaques 793 Katzan 719 Harab 745 Huesca 769 Jara 794 Kessous 720 Haro 746 Huete 770 Javares 795 Klein 721 Haron 747 Hurtado 771 Jenes 796 Kudsi 722 Hassan I 772 Jequiel 723 Hatchuel 748 Ibanez 773 Jerez 724 Hatia 749 Ibrahim 774 Jesurun 725 Hayon 750 Illouz 775 Jimenez 726 Hazan 751 Índia 776 Jimeno 727 Hazzan 752 Isaac 777 Jiminez 728 Helman 753 Isaacs 778 Joel
  31. 31. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 31 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra L (68 nomes) 797 La Mata 815 Lazarus 833 Lindo 851 Louzada 798 Labos 816 Lazo 834 Lion 852 Lovo 799 Ladesma 817 Leal 835 Lis 853 Lozano 800 Laguna 818 Leão 836 Lisbão 854 Luca 801 Lainez 819 Leitão 837 Liz 855 Lucena 802 Lais 820 Leiva 838 Lizardo 856 Lucero 803 Lamega 821 Lemon 839 Llorca 857 Lujan 804 Lamego 822 Lemos 840 Lobo 858 Luna 805 Lamera 823 Lengui 841 Lopes 859 Lunel 806 Laniado 824 Leon 842 Lopez 860 Luque 807 Lanor 825 Lescano 843 Loppes 861 Luria 808 Lara 826 Leuy 844 Loppez 862 Lusena 809 Laredo 827 Levi 845 Lorca 863 Lusitano 810 Larlos 828 Levy 846 Lorence 864 Luza 811 Larran 829 Licona 847 Lorenzo 865 Luzena 812 Lasry 830 Lima 848 Losilla 813 Lassa 831 Linan 849 Lourenço 814 Lazaro 832 Linares 850 Lousada Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas
  32. 32. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 32 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra M (199 nomes) 866 Macedo 899 Mar 932 Maura 965 Mener 867 Machado 900 Marchena 933 Maxes 966 Meneres 868 Machorro 901 Marciano 934 Maya 967 Meneses 869 Macias 902 Marcos 935 Mayo 968 Menezes 870 Madina 903 Marcovitch 936 Mayorcas 969 Menjivar 871 Madrid 904 Maria 937 Mayr 970 Mensosa 872 Madrigal 905 Marich 938 Mazier 971 Mentola 873 Maduro 906 Marik 939 Mazuecos 972 Meran 874 Maestro 907 Marines 940 Medina 973 Mercader 875 Maher 908 Markes 941 Medini 974 Mercado 876 Mahir 909 Marques 942 Mejia 975 Mergui 877 Maia 910 Marquez 943 Meldola 976 Merino 878 Maimi 911 Marrache 944 Melendez 977 Mesa 879 Maimon 912 Marronquin 945 Melhado 978 Mesina 880 Mair 913 Martines 946 Mella 979 Mesquita 881 Majano 914 Martinez 947 Mello 980 Mesquite 882 Majon 915 Martins 948 Melo 981 Michal 883 Mala 916 Martos 949 Melul 982 Miguel 884 Malca 917 Marzilla 950 Mena 983 Milano 885 Maldonado 918 Mascarenhas 951 Menahem 984 Milhado 886 Malec 919 Masia 952 Menasce 985 Milla 887 Malka 920 Masias 953 Menasse 986 Millão 888 Mallorca 921 Masis 954 Menasseh 987 Minis 889 Malque 922 Massias 955 Mencia 988 Mirabel 890 Maman 923 Mata 956 Menda 989 Miranda 891 Mamane 924 Matalon 957 Mendel 990 Mirande 892 Mandil 925 Matana 958 Mendes 991 Misrahi 893 Mani 926 Mataro 959 Mendez 992 Mitrani 894 Manis 927 Matheo 960 Mendis 993 Mizrahi 895 Manso 928 Matos 961 Mendizabal 994 Mocato 896 Mantel 929 Matoss 962 Mendoça 995 Modena 897 Mantino 930 Matoz 963 Mendonça 996 Moeda 898 Maquir 931 Mattos 964 Mendoza 997 Moel Continua na próxima página
  33. 33. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 33 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra M – continuação 998 Mogadouro 1015 Montara 1032 Moran 1049 Moura 999 Moheb 1016 Montarrio 1033 Morão 1050 Mourão 1000 Mohedano 1017 Montavan 1034 Morata 1051 Moya 1001 Moira 1018 Monteflor 1035 Moravia 1052 Moyal 1002 Moles 1019 Monteiro 1036 Morcillo 1053 Muca 1003 Molina 1020 Montel 1037 Moreira 1054 Muel 1004 Monas 1021 Montes 1038 Moreno 1055 Mugnon 1005 Moncayo 1022 Montesino 1039 Morera 1056 Mulina 1006 Mondejar 1023 Montesinos 1040 Moresco 1057 Muller 1007 Monforte 1024 Monteverde 1041 Morin 1058 Munforte 1008 Monis 1025 Montiel 1042 Moro 1059 Munhão 1009 Moniz 1026 Montoro 1043 Moros 1060 Munhos 1010 Monsanto 1027 Montoya 1044 Morros 1061 Munhoz 1011 Montaigne 1028 Mor 1045 Moses 1062 Muniz 1012 Montalto 1029 Moraes 1046 Mosquera 1063 Munoz 1013 Montalvan 1030 Morais 1047 Mota 1064 Murciano 1014 Montanhes 1031 Morales 1048 Motta 1065 Murgi
  34. 34. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 34 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra N (57 Nomes) 1066 Naar 1082 Najera 1098 Navarro 1114 Nogueira 1067 Nabarro 1083 Namias 1099 Navas 1115 Noguera 1068 Nadler 1084 Naon 1100 Navon 1116 Noguerira 1069 Nagara 1085 Naphtali 1101 Nazareno 1117 Noivo 1070 Nagera 1086 Narvaez 1102 Neda 1118 Nones 1071 Nahar 1087 Narvarez 1103 Negrin 1119 Nonez 1072 Nahman 1088 Nasi 1104 Nello 1120 Norca 1073 Nahmias 1089 Nassi 1105 Netto 1121 Noronha 1074 Nahon 1090 Nasso 1106 Neves 1122 Notrica 1075 Nahum 1091 Nassy 1107 Nieto 1123 Novena 1076 Nain 1092 Natali 1108 Nietto 1124 Nunes 1077 Naira 1093 Navarre 1109 Nijar 1125 Nunez 1078 Najar 1094 Navarro 1110 Nino 1126 Nunis 1079 Najara 1095 Navaro 1111 Noah 1080 Najari 1096 Navarra 1112 Noble 1081 Najarro 1097 Navarre 1113 Nogeira
  35. 35. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 35 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra O (44 nomes) 1127 Obadia 1139 Ojos 1151 Olmos 1163 Orta 1128 Obadias 1140 Olid 1152 Ome 1164 Ortiga 1129 Obediente 1141 Oliva 1153 Omella 1165 Ortigas 1130 Ocampo 1142 Olivares 1154 Oporto 1166 Ortis 1131 Ocana 1143 Olivarez 1155 Ordaz 1167 Ortiz 1132 Ochoa 1144 Oliveira 1156 Ordonez 1168 Ortiza 1133 Oetega 1145 Oliver 1157 Oreliana 1169 Osorio 1134 Ohana 1146 Olivera 1158 Orfila 1170 Osvan 1135 Ohanna 1147 Oliveria 1159 Orgaz 1171 Ovalle 1136 Ohayon 1148 Oliveros 1160 Oróbio 1137 Oheb 1149 Oliveyra 1161 Oropesa 1138 Ojalvo 1150 Olivos 1162 Orozco
  36. 36. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 36 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a letra P (132 nomes) 1172 Pacheca 1206 Pass 1240 Perrera 1274 Plache 1173 Pacheco 1207 Passi 1241 Perteira 1275 Pliego 1174 Pacifico 1208 Patto 1242 Perute 1276 Poel 1175 Padilla 1209 Pavia 1243 Pesado 1277 Polar 1176 Padua 1210 Pavon 1244 Pesaro 1278 Polido 1177 Paduano 1211 Pays 1245 Pesoa 1279 Polidoro 1178 Paes 1212 Paz 1246 Pessoa 1280 Pollo 1179 Paiba 1213 Pedraza 1247 Pestana 1281 Polo 1180 Pais 1214 Peinado 1248 Pestanha 1282 Polon 1181 Paiva 1215 Peixoto 1249 Peynado 1283 Pomar 1182 Paiz 1216 Pelayo 1250 Piedrahita 1284 Ponce 1183 Palat 1217 Pena 1251 Pilares 1285 Pontremoli 1184 Pallo 1218 Penas 1252 Pilo 1286 Porat 1185 Palma 1219 Penco 1253 Pimenta 1287 Portela 1186 Palombo 1220 Penha 1254 Pimental 1288 Portella 1187 Palomino 1221 Penhas 1255 Pimentel 1289 Portello 1188 Palos 1222 Peniel 1256 Pimienta 1290 Portelo 1189 Panchame 1233 Pensa 1257 Pina 1291 Portero 1190 Pano 1244 Penso 1258 Pineda 1292 Porto 1191 Pantaleão 1225 Peralta 1259 Pinedo 1293 Potello 1192 Paraiba 1226 Peraza 1260 Pineiro 1294 Prado 1193 Pardes 1227 Perdomo 1261 Pinel 1295 Prato 1194 Pardo 1228 Peregrino 1262 Pinelo 1296 Preto 1195 Paredes 1229 Pereira 1263 Pinero 1297 Pretto 1196 Pareja 1230 Pereiras 1264 Pinheiro 1298 Prieto 1197 Pares 1231 Pereire 1265 Pinhel 1299 Procaccia 1198 Pariente 1232 Pereiro 1266 Pinheyro 1300 Provençal 1199 Paris 1233 Pereria 1267 Pinna 1301 Pueyo 1200 Parra 1234 Peres 1268 Pinto 1302 Pujol 1201 Parsi 1235 Pereyra 1269 Pintto 1033 Pulgar 1202 Partal 1236 Perez 1270 Pires 1304 Purim 1203 Pas 1237 Periera 1271 Pisa 1204 Pasifico 1238 Perirra 1272 Piscciotto 1205 Pasqual 1239 Perreira 1273 Piza
  37. 37. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 37 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com as letras Q e R (115 nomes) Q Rebolledo 1363 Ripol 1393 Romero 1305 Qionos 1334 Redo 1364 Rison 1394 Romy 1306 Quaresma 1335 Rego 1365 Rivas 1395 Rona 1307 Quental 1336 Ribeira 1366 Riveiro 1396 Rosa 1308 Querido 1337 Reibeiro 1367 Rivera 1397 Rosales 1309 Quinon 1338 Reich 1368 Rivero 1398 Rosanez 1310 Quinonez 1339 Reina 1369 Rivert 1399 Rose 1311 Quiro 1340 Reis 1370 Robledo 1400 Roseiro R 1341 Remirez 1371 Robles 1401 Rosel 1312 Rabel 1342 Remos 1372 Roca 1402 Rosello 1313 Rabelo 1343 Renaldo 1373 Rocamora 1403 Rosilio 1314 Rabi 1344 Rendon 1374 Rocco 1404 Rossa 1315 Rabica 1345 Resende 1375 Rochas 1405 Rossete 1316 Ram 1346 Reuben 1376 Roco 1406 Rovigo 1317 Ramalho 1347 Revah 1377 Rocomora 1407 Roxas 1318 Ramires 1348 Rey 1378 Roda 1408 Royo 1319 Ramirez 1349 Reyes 1379 Roditi 1409 Roza 1320 Ramos 1350 Reyna 1380 Rodrigue 1410 Rozas 1321 Ran 1351 Reza 1381 Rodrigues 1411 Rozetta 1322 Rangel 1352 Rezio 1382 Rodriguez 1412 Rozette 1323 Raphael 1353 Ribas 1383 Rofe 1413 Ruah 1324 Raposa 1354 Ribeira 1384 Roffe 1414 Rubel 1325 Ratom 1355 Ribeiro 1385 Rois 1415 Rubin 1326 Raton 1356 Ribera 1386 Roiz 1416 Rubio 1327 Ravel 1357 Riberos 1387 Rojas 1417 Rudilla 1328 Raymundi 1358 Ricardo 1388 Romain 1418 Ruiz 1329 Real 1359 Rico 1389 Roman 1419 Ruso 1330 Rebello 1360 Riera 1390 Romanel 1420 Russo 1331 Rebelo 1361 Rietta 1391 Romano 1332 Rebles 1362 Rios 1392 Romeo
  38. 38. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 38 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a Letras S (224 nomes) 1421 Sá 1453 Salid 1485 Santa Cruz 1517 Sarzedo 1422 Saa 1454 Salih 1486 Santa Fe 1518 Sasson 1423 Saad 1455 Salina 1487 Santa Maria 1519 Sassoon 1424 Saadia 1456 Salinas 1488 Santaclara 1520 Saud 1425 Sab 1457 Salm 1489 Santafe 1521 Savaia 1426 Saba 1458 Salmon 1490 Santamaria 1522 Savariego 1427 Sabak 1459 Salmon 1491 Santangel 1523 Saya 1428 Saban 1460 Salmona 1492 Santi 1524 Sayas 1429 Sabath 1461 Salom 1493 Santiago 1525 Sebag 1430 Sabel 1462 Salomon 1494 Santilhano 1526 Seban 1431 Sabina 1463 Salon 1495 Santillan 1527 Sebi 1432 Sacute 1464 Saltiel 1496 Santillana 1528 Segal 1433 Saday 1465 Salvador 1497 Santo 1529 Segobia 1434 Sadik 1466 Salvator 1498 Santos 1530 Segovia 1435 Sadon 1467 Salzedo 1499 Saporta 1531 Segre 1436 Sadoque 1468 Samaniego 1500 Saqui 1532 Segura 1437 Safadi 1469 Sampaio 1501 Sarabia 1533 Seijas 1438 Safra 1470 Sampayo 1502 Saraga 1534 Seixas 1439 Sager 1471 Samuda 1503 Saragga 1535 Selma 1440 Sagris 1472 Samuel 1504 Saragossa 1536 Semen 1441 Sahl 1473 Samuels 1505 Saraiva 1537 Semtob 1442 Salama 1474 San Martin 1506 Saraval 1538 Senah 1443 Salamanca 1475 San Pedro 1507 Sarfati 1539 Senator 1444 Salamon 1476 Sana 1508 Sarfatti 1540 Seneor 1445 Salas 1477 Sanches 1509 Sarfaty 1541 Senhor 1446 Salazar 1478 Sanchez 1510 Sari 1542 Senior 1447 Salcedo 1479 Sancho 1511 Sarmento 1543 Senor 1448 Saldana 1480 Sandoval 1512 Sarmiento 1544 Sequeira 1449 Saldanha 1481 Sanguinette 1513 Sarqui 1545 Sequerra 1450 Saleh 1482 Sanguinetti 1514 Sarrion 1546 Sera 1451 Salem 1483 Sanson 1515 Saruya 1547 Seraf 1452 Salgado 1484 Santa Clara 1516 Sarzedas 1548 Serana Continua na próxima página
  39. 39. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 39 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a Letras S Continuação 1549 Sereno 1574 Sigala 1599 Soares 1624 Spes 1550 Serero 1575 Silba 1600 Soarez 1625 Spinosa 1551 Serfati 1576 Silos 1601 Sobrinho 1626 Spinoza 1552 Serfaty 1577 Silva 1602 Sobrino 1627 Srael 1553 Serillo 1578 Silveira 1603 Soeira 1628 Ssa 1554 Serjas 1579 Silvera 1604 Soeiro 1629 Suares 1555 Serpas 1580 Silveyra 1605 Sola 1630 Suarez 1556 Seroussi 1581 Silvira 1606 Solano 1631 Suasso 1557 Serqueira 1582 Simão 1607 Solas 1632 Suazo 1558 Serra 1583 Simeon 1608 Solomon 1633 Subel 1559 Serrão 1584 Simha 1609 Soltan 1634 Sueiro 1560 Seruya 1585 Simhon 1610 Soncino 1635 Suero 1561 Sespedes 1586 Simões 1611 Sorge 1636 Suissa 1562 Sevi 1587 Simon 1612 Soria 1637 Sulam 1563 Sevilla 1588 Simone 1613 Soriano 1638 Suleiman 1564 Sevillano 1589 Simoni 1614 Sosa 1639 Sulema 1565 Shalem 1590 Sina 1615 Sosan 1640 Sultan 1566 Shaoul 1591 Siqueira 1616 Sossa 1641 Supino 1567 Shapiro 1592 Sirano 1617 Sossi 1642 Suriano 1568 Sibriani 1593 Sirilo 1618 Sotelo 1643 Susan 1569 Sicsu 1594 Sisa 1619 Soto 1644 Susarte 1570 Sid 1595 Siscar 1620 Sotto 1645 Sylva 1571 Sidi 1596 Sisla 1621 Sousa 1646 Symons 1572 Siera 1597 Siso 1622 Soussan 1573 Sierra 1598 Sisso 1623 Souza Continua na próxima página
  40. 40. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 40 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com as Letras T e U (74 Nomes) 1647 Tabares 1666 Tazaret 1685 Toledo 1704 Trindade 1648 Tabera 1667 Tebet 1686 Tolosa 1705 Tristan 1649 Taboada 1668 Tedeschi 1687 Tomar 1706 Tubi 1650 Tabora 1669 Tedesqui 1688 Tomas 1707 Tuby 1651 Tal 1670 Thomas 1689 Tores 1708 Tudela 1652 Talano 1671 Teixara 1690 Torres 1709 Tuval 1653 Talavera 1672 Teixeira 1691 Torrez 1710 Ubeda 1654 Tam 1673 Teixeyra 1692 Torrijos 1711 Ucles 1655 Tama 1674 Tejeda 1693 Torrones 1712 Ulhoa 1656 Tammam 1675 Teles 1694 Touro 1713 Umanzor 1657 Tamman 1676 Telez 1695 Tovar 1714 Urbina 1658 Tangi 1677 Telles 1696 Tovares 1715 Urcina 1659 Tangui 1678 Testa 1697 Trani 1716 Uri 1660 Tapiero 1679 Texeira 1698 Trebino 1717 Uria 1661 Tartas 1680 Tinoco 1699 Trevino 1718 Urquia 1662 Tavares 1681 Tob 1700 Triana 1719 Urroz 1663 Tavarez 1682 Tobar 1701 Trigo 1720 Urrutia 1664 Taveres 1683 Tobelem 1702 Trigueiros 1721 Uziel 1665 Tawil 1684 Toledano 1703 Trillo
  41. 41. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 41 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com a Letra V (73 Nomes) 1722 Vaes 1744 Varela 1766 Vergara 1789 Villapando 1723 Vaez 1745 Vargas 1767 Vergueiro 1790 Villar 1724 Vais 1746 Varicas 1768 Vicente 1791 Villareal 1725 Vaiz 1747 Varquez 1769 Victoria 1792 Villegas 1726 Valdes 1748 Vasques 1770 Vidal 1793 Villeja 1727 Valdez 1749 Vasquez 1771 Vidales 1794 Villela 1728 Vale 1750 Vaz 1772 Vidas 1795 Villena 1729 Valença 1751 Veiga 1773 Vides 1796 Vindel 1730 Valencia 1752 Veigas 1774 Viegas 1797 Viota 1731 Valensa 1753 Veja 1775 Vieira 1798 Viseu 1732 Valensi 1754 Veja 1776 Viera 1799 Vita 1733 Valenso 1755 Velasco 1777 Vieyra 1800 Vital 1734 Valensuela 1756 Velasquez 1778 Vigil 1801 Vitoria 1735 Valentin 1757 Veles 1779 Vilar 1802 Vitta 1736 Valenty 1758 Velez 1780 Vilela 1803 Viu 1737 Valero 1759 Velho 1781 Villa 1804 Viveros 1738 Valladolid 1760 Vellez 1782 Villagomez 1805 Vives 1739 Valle 1761 Vello 1783 Villahermosa 1806 Vizeo 1740 Valls 1762 Velloso 1784 Villalon 1807 Vizino 1741 Valquir 1763 Ventura 1785 Villalta 1808 Volta 1742 Valverde 1764 Vera 1786 Villanova 1809 Voz 1743 Vara 1765 Verga 1787 Villanueva
  42. 42. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 42 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Lista de Sobrenomes Judaico Sefarditas Luso-brasileiros Nomes Iniciados com as Letras W, X, Y e Z (41 Nomes) W 1817 Yaish 1827 Zacharia 1839 Zarzar 1810 Wahnon 1818 Yamin 1828 Zachin 1840 Zazon X 1819 Yanez 1829 Zaguri 1841 Zeeb 1811 Xabi 1820 Yahya 1830 Zalazar 1842 Zelaya 1812 Xibili 1821 Yepes 1831 Zaldiva 1843 Zerda 1813 Ximenes 1822 Yomtob 1832 Zaldivar 1844 Zini 1814 Ximeno 1823 Yona 1833 Zambrana 1845 Ziza 1824 Yonah 1834 Zamiro 1846 Zuniga Y 1825 Yzidoro 1835 Zamora 1847 Zuzarte 1815 Yacoub 1836 Zaragoza Yafe Z 1837 Zarate 1816 Yahia 1826 Zacarias 1838 Zarco A elaboração dessa lista consumiu semanas de investigação na qual foram acessados cerca de 5300 nomes judaico sefarditas nas Telelistas a fim de que se eliminasse aqueles nomes sem sentido real para o nosso país e se pudesse publicar apenas os nomes sefarditas encontrados no Brasil. A política desse ministério é: “De graça recebestes, de graça daí.”
  43. 43. Edições Comunidade de Israel www.comunidadedeisrael.com.br 43 LLiissttaa ddee SSoobbrreennoommeess JJuuddaaiiccoo SSeeffaarrddiittaass ddee LLuussoo--bbrraassiilleeiirrooss Para que essa lista chegasse às suas mãos os membros da Associação de Congregações Comunidade de Israel pagaram os custos da investigação. Estes membros sabem que doaram do que lhes foi dado por Elohim e estão dispostos a compartir essa doação com todos os grupos e pessoas que buscam a restauração de suas raízes e de sua espiritualidade, no entanto, esperam reconhecimento e respeito pelo seu trabalho. Assim, caso deseje publicar essa lista por favor cite seu autor, Baruch Ben Avraham e essa página COMUNIDADE DE ISRAEL e logo insira um link para a página. www.comunidadedeisrael.com.br

×