Apresentaçao BIG - Business Insights Group

310 visualizações

Publicada em

Espaço para reflexão e diálogo sobre as mudanças na sociedade e suas implicações e impactos nos negócios.
Estímulo à geração de insights sobre a atuação dos negócios.
Articulação em rede no Business2Business – fortalecer o movimento crowd.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
310
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentaçao BIG - Business Insights Group

  1. 1. 08/05/15
  2. 2. AGENDA DO DIA
  3. 3. Atividades 08h00 às 08h45 – Café e network 08h45 às 09h15 – Sobre o BIG 09h15 às 09h40 – Validação do conceito [BIG] 09h40 às 10h20 – Olhar sobre o futuro 10h20 às 11h10 – 3M: Tendências Emergentes e New Ventures com Daniel Scholten. 11h10 às 11h30 – Overview sobre inovação no Brasil com Luis Dambra [CIEL/IAE Business School – Argentina]. 11h30 às 11h40 – Fechamento e próximos passos.
  4. 4. SOBRE O BIG
  5. 5. De onde vem a ideia §  Volume de informação crescente maior que nossa capacidade de assimilá-la - Como conectar informações desconexas? §  Eventos no Brasil tem perfil expositivo e promovem pouco tempo ou espaço para reflexão e troca de experiências e conhecimentos – Quais as implicações e impacto nos meus negócios? §  O verdadeiro conhecimento tem sido construído nas redes - Comunidades de Interesse e Comunidades de Prática. §  Nós da consultoria temos percebido o surgimento de desafios transversais – desafios atingem a todos simultaneamente e vão além da problemática setorial. 5
  6. 6. Princípios §  Espaço para reflexão e diálogo sobre as mudanças na sociedade e suas implicações e impactos nos negócios. §  Estímulo à geração de insights sobre a atuação dos negócios. §  Articulação em rede no Business2Business – fortalecer o movimento crowd. 6
  7. 7. Qual a proposta Construir uma comunidade capaz de gerar insights relevantes para o grupo em torno de temas transversais de interesse durante 1 ano (abril/15 a abril/16) por meio de 4 encontros trimestrais presenciais e interações online entre os encontros. Acreditamos que ao longo deste exercício podem e devem surgir desdobramentos de ações com participação das empresas do BIG:   §  pesquisas exploratórias consorciadas entre empresas [exemplos: Mobilidade, Saúde e Prevenção, entre outros §  parcerias em inovação e novos negócios. §  white papers com pontos de vista 7
  8. 8. Algumas regras de funcionamento §  Não somos um espaço para propaganda e spams comerciais. §  Este será um grupo produtivo, portanto limitaremos a 35 empresas, sendo no máximo 2 representantes por empresa. §  Caso o participante não possa comparecer a reunião, não será possível a participação de um substituto. §  Mais do que convidar empresas, convidamos indivíduos. Se por eventualidade, o membro do grupo deixar a empresa que representa, não poderá haver a substituição automática da vaga. O novo substituto deverá ser indicado para pleitear uma participação. 8
  9. 9. O que esperar dos participantes §  Se comprometerem em participar em 3 das 4 sessões durante 1 ano [pré-requisito para manutenção na vaga no grupo]. §  Contribuição ativa com a sua experiência. §  Dialogar abertamente. §  Construir insights relevantes com o grupo. 9
  10. 10. O que esperar da Symnetics §  Moderação do grupo: presencial e online. §  Curadoria de conteúdo e pesquisa exploratória sobre os temas de interesse [apoio acadêmico da CIEL/IAE]. §  Aproximação com especialistas relacionados com os temas emergentes. §  Organização da informação gerada com geração de insight book. §  Articulação de ações futuras com as empresas participantes. 10
  11. 11. VALIDAÇÃO DO CONCEITO BIG
  12. 12. OLHAR SOBRE O FUTURO
  13. 13. §  Novas formas de aprendizagem, trabalho e carreira §  Nova economia §  Inteligência artificial §  Urbaneering §  Prevenção, life tracking e longevidade §  Ativismo e representação político-social §  Choque de culturas, valores e comportamentos §  Novo marco legal Temas transversais 13
  14. 14. Tema PREVENÇÃO, LIFE TRACKING E LONGEVIDADE Estilo de vida saudável e induzido por novos medicamentos e tecnologias permitem aumentar significativamente o tempo de vida. Plataformas inteligentes que permitem monitoramento (preventivo) e contínuo da saúde, autodiagnostico/ exames com indicação de tratamentos e mudanças de comportamento.   CONTROVÉRSIAS Sustentabilidade da previdência. Segurança de dados. Perda do “toque humano” na medicina. EyeMitra Speaking Exchange Ferramenta de baixo custo que usa a câmera do celular para realizar exames de retina. Pode detectar diabetes - uma das principais causas de cegueira no mundo todo. Projeto da escola idiomas CNA conecta crianças e adolescentes a idosos moradores de asilos em Chicago, nos Estados Unidos exame.abril.com.br/marketing/galerias/galeria-de- comerciais/jovens-brasileiros-treinam-ingles-com-idosos- americanos 14
  15. 15. Tema MOOCS EMPREENDEDORES CORPORATIVOS A educação aberta faz referência a diversos projetos educacionais que permitem o acesso online e gratuito dos usuários a aulas em vídeo, artigos científicos ou qualquer outro tipo de material didático por meio de MOOCs (Massive Online Open Courses). Jovens querem trabalhar COM as empresas e não mais PARA as empresas. 15 CONTROVÉRSIAS Gerações mais novas acessam conhecimento exponencial e desafiam gerações mais velhas Mercantilização da educação Restrições das leis trabalhistas. NOVAS FORMAS DE APRENDIZAGEM, TRABALHO E CARREIRA Busca por conhecimento de forma não linear, autodidata e orientada pelo contexto que está se vivendo. Novos modelos educacionais e tecnologias valorizam o desenvolvimento transdisciplinar, prático/experimental,  informal (não curriculuar). Mudanças no estilo e ambiente de trabalho (+ flexível, virtual, fragmentado e orientado a múltiplas carreiras) e relacionamento entre profissionais e as instituições que o
  16. 16. Tema PIA MANCINI OPEN GOVERNMENT Pia Mancini, ativista política, ajudou a fundar na Argentina o Partido de La Red, cujos candidatos a cargos eletivos se comprometem a ouvir a opinião da maioria da população, usando um aplicativo pelo celular. https://www.youtube.com/watch?v=5aSZHsZm-5Qv Seul utiliza plataformas de cocriação desde o planejamento da cidade até o compartilhamento de serviços de transporte público. 16 ATIVISMO E REPRESENTAÇÃO POLÍTICO SOCIAL Indíviduos e grupos mais informados, conectados e ativos socialmente se articulam e manifestam pelo digital em prol de causas (políticas, econômicas, sociais, meio ambiente) e respostas de seus governos ou até visando derrubar governos que não correspondem aos anseios da sociedade CONTROVÉRSIAS Legitimidade e legalidade do ativismo digital. Aumento do controle da internet pelos governos
  17. 17. Rolezinhos em Sao Paulo Pai do lar Encontros de jovens que começaram nos shoppings da periferia de São Paulo ganharam tons de protesto por causa da reação da polícia e da Justiça [V] https://www.youtube.com/watch?v=X1mtOeJVAnU Homens que tem feito uma pausa para cuidar dos filhos tem sofrido rejeição por parte dos entrevistadores. http://goo.gl/M7YjGv [valor 2015] http://goo.gl/PsJZtA [isto é 2012] CHOQUE DE CULTURAS, VALORES E COMPORTAMENTOS Enfrentamento de valores, crenças e símbolos de diferentes culturas e polaridades/paradoxos presentes na sociedade: global x local, secular x contemporâneo, low tech x hi tech, materialista x espiritualista, entre outros. CONTROVÉRSIAS Terrorismo. Movimento “antiprogresso”. Preconceito, bulling e rejeição 17 Tema
  18. 18. Direito ao esquecimento Future Crimes A União Européia deu ganho de causa a favor de González contra o Google, que teve que remover os dados de seu sistema de busca. Open data, drones, cameras em todos os lugares. Quais serão os limites éticos e morais das informações disponiveis no mundo digital? https://www.youtube.com/watch?v=lvkf-TBWGG0 NOVO MARCO LEGAL Repensar dos direitos e deveres civis do ser digital na era digital e da era digital. CONTROVÉRSIAS Interferência governos sobre empresas que dominam o digital (ex: Google, Facebook) Privacidade, acesso à informação, propriedade (intelectual) 18 Tema
  19. 19. LEILA TAKS RABBIT Loja de empréstimos que conta com mais de 500 membros que doam bens e em troca podem utilizar qualquer um dos 2.000 itens da loja. [V] https://www.youtube.com/watch?v=fX9Eru08zzw Site e aplicativo conecta usuários com pessoas que estejam em sua vizinhança para pequenos trabalhos ou tarefas domésticas. [V] http://www.bloomberg.com/news/videos/b/ 0ada8064-3d06-4664-86be-dcb75843a637 NOVA ECONOMIA: COMPARTILHAMENTO DE RECURSOS Novos modelos/conceitos econômicos: moedas (sociais, digitais), compartilhamento do acesso à propriedade privada (ex: carro, casa), acesso (a a produtos/serviços (“streaming”, “everything as a servisse”) ao invés da compra, crowdfunding e outros mecanismos de microfinanças. CONTROVÉRSIAS Controle fiscal, monetário e cambial dos governos Redução do consumo e do crescimento (econômico) Tema 19
  20. 20. LOCAL MOTORS EKOCYCLE [CUBIFY] Comunidade mundial de co –criação composta por entusiastas, inovadores amadores e profissionais. Reúne designers , engenheiros e fabricantes . Impressora 3D voltada ao uso doméstico que utiliza garrafas pet como matéria-prima /www.cubify.com/en/Ekocycle Tema 20 NOVA ECONOMIA: PRODUÇÃO DESCENTRALIZADA Novos modelos/conceitos econômicos: moedas (sociais, digitais), compartilhamento do acesso à propriedade privada (ex: carro, casa), acesso (a a produtos/serviços (“streaming”, “everything as a servisse”) ao invés da compra, crowdfunding e outros mecanismos de microfinanças. CONTROVÉRSIAS Controle fiscal, monetário e cambial dos governos Redução do consumo e do crescimento (econômico)
  21. 21. Tema LUCIDPIPE RAINFOREST CONNECTION Gerador de energia elétrica dentro de um encanamento, que gira pequenas turbinas. https://www.youtube.com/watch?v=XDKTXvreGo8 Reciclando celulares para salvar as florestas do desmatamento www.brainstorm9.com.br/50084/inovacao/ reciclando-celulares-para-salvar-florestas- desmatamento/ NOVA ECONOMIA: ESCASSEZ DE RECURSOS Constatação de que os recursos físicos do planeta não são abundantes mas limitados para demandas crescentes da economia e da sociedade e consequente tomada de consciência com ações preventivas e corretivas para reduzir ou rever o padrão de produçào, consumo e “pegada” do ser humano no meio ambiente. CONTROVÉRSIAS Prédisposição das instituições (governos, empresas, etc). Consciência forçada. 21
  22. 22. Tema NATURALLY CLICQUOT FEIT A primeira embalagem 100% biodegradável isotérmica já criada para um Champagne. https://www.youtube.com/watch?v=jZgqPHPguks Marca de sapatos e acessorios de NY produz tudo artesanalmente, com materia prima natural e em quantidade limitada. http://www.feitdirect.com/ NOVA ECONOMIA: PRODUÇÃO E CONSUMO LIVRE DE CULPA Pessoas (demandando) e empresas (ofertando) produtos e serviços abertos, honestos, transparentes/ éticos, sustentáveis e “legais”. Pessoas buscando “status adquirido” ao consumir livre de culpa. CONTROVÉRSIAS Acesso (é para poucos) Isto muda (de verdade) o mundo? Conscientização genuina ou “forçada” pelo contexto? Nova ostentação. 22
  23. 23. CONVERSA “HUMANA” GOOGLE NOW Atendimento automatizado indistinguível de um atendimento humano newsfeed.time.com/2013/12/10/meet-the-robot- telemarketer-who-denies-shes-a-robot/ Com grande uso de dados [do usuário e da massa], o aplicativo é capaz de prever necessidades www.google.com/landing/now/ INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL: ANÁLISE +COMPORTAMENTO PREDITIVO Assim como as máquinas superaram a força física humana, o raciocínio lógico humano também começa a ser replicado e, eventualmente, superado por dispositivos e softwares CONTROVÉRSIAS Desemprego em massa. IA mau intencionada prejudicaras pessoas (impossível de controlá-la) Tema 23
  24. 24. Tema FIRST V1SION THE CALAOS PROJECT Sistema broadcast na camiseta dos jogadores de futebol. https://vimeo.com/113480849 O objetivo do projeto é produzir um conjunto de software completo, com codigo aberto, que permite o usuario configurar, controlar e monitorar as suas casas do jeito que ele quiser. INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL: INTERNET DAS COISAS Aperfeiçoamento de sensores wireless com uso de nanotecnologia conectando objetos/aparelhos do dia-a- dia das pessoas a grandes bases de dados e à Internet, transformando objetos/aparelhos estáticos em algo dinâmico, misturando inteligência ao meio, com alcance e impacto sobre a vida das pessoas ainda desconhecido. CONTROVÉRSIAS Máquina comandando as pessoas. Crimes cibernéticos 24
  25. 25. Tema TACO BELL C&A FASHION LIKE Aplicativo permite que o cliente faça pedidos utilizando todos os ingredientes disponiveis pela rede. Integra sistema de pagamento e premiaçoes. https://vimeo.com/116262700 Ação da C&A integra Facebook com cabides na loja física https://www.youtube.com/watch? v=TyWQrmiRoLE&t=31 INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL – OMNI CHANNEL Não há mais diferenças entre lojas físicas ou lojas online. O consumidor omni-channel usa todos os canais simultaneamente e as empresas que utilizarem uma o omni-channel irão acompanhar clientes mais experientes em todos os canais. CONTROVÉRSIAS Canibalização dos canais. Perda de foco e confusão no consumidor. 25
  26. 26. SOLAROAD 1° ciclovia solar que gera energia para a cidade Minhocão – novo centro cultural coletivo Projeto holandês que aplica nas ciclocivas painéis de concreto com celulas fotovoltaicas que geram energia para o entorno. https://www.youtube.com/watch? v=iSpFM9eeyEk&t=13 Resignificação dos espaços da cidade criando nova interação com a população de SP. https://catracalivre.com.br/sp/ar-livre/gratis/ minhocao-se-transforma-em-centro-cultural-no- aniversario-de-sao-paulo/ URBANEERING: REPENSAR DO ESPAÇO URBANO Iniciativas de repensar, revitalizar e reconceituar do espaço urbano visando cidades mais sustentáveis, humanas e inteligentes, com implicações sobre a arquitetura, ambientação e funcionalidade dos espaços privados e públicos, mobilidade urbana, interação social com o meio ambiente, além da distribuição e uso mais eficiente dos serviços de utilities (energia, água, digital). Novas formas dei interação social   CONTROVÉRSIAS Inclusão x exclusão social no acesso às “novas” cidades Limites ao crescimento desenfreado das cidade. Tema 26
  27. 27. URBANEERING: CIDADES INTELIGENTES Reconstrução virtual de uma cidade como digital, cidade da informação, 'cidade conectada’, cobrindo uma ampla gama de aplicações eletrônicas e digitais. Territórios caracterizados pela alta capacidade de aprendizado e inovação, que já é embutida na criatividade de sua população, suas instituições de geração de conhecimento, e sua infra-estrututura digital para comunicação e gestão do conhecimento. CONTROVÉRSIAS Invasão de privacidade. BIG BROTHER - controle da sociedade. E-books gratis no Metro de Pequim Barcelona Smart City Com um scan de um código QR no interior do trem, passageiros podem acessar uma biblioteca de e- books gratuitos. Centro de Operações de monitoramento de da cidade e seus recursos. https://www.youtube.com/watch?v=TCbvxb5t5_8 Tema 27
  28. 28. Hype cycle 28
  29. 29. "I have a problem: I don't have the new cell phone," is a concern of the Innovator Early Majority says, "I have a problem, all my friends have a new cell phone and I don't." "The device I have doesn't have the right features.” (others) [Seth Godin] Ciclo de adoção 29
  30. 30. Hype
  31. 31. Foco de desenvolvimento 31
  32. 32. §  Novas formas de aprendizagem, trabalho e carreira §  Nova economia §  Inteligência artificial §  Urbaneering §  Prevenção, life tracking e longevidade §  Ativismo e representação político-social §  Choque de culturas, valores e comportamentos §  Novo marco legal Temas transversais [relevância] 32

×