SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
CONCEITO DE ÉTICA
É A PARTE DA FILOSOFIA QUE ABORDA OS
FUNDAMENTOS DA MORAL E OS PRINCIPAIS
 IDEIAIS DA CONDUTA HUMANA.

ÉTICA MORAL
CONJUNTO DE REGRAS DE CONDUTA OU
HÁBITO JULGADOS VÁLIDOS, QUE DE MODO
ABSOLUTO, PARA GRUPO OU PESSOA
DETERMINADA.
Jeitinho Brasileiro
O Jeitinho Brasileiro é arte de ludibriar, se dar bem ou passar a
perna com aquilo que a situação lhe dá, alguns chamam, dentre
outros eufemismos, de a arte do improviso em proveito próprio.
Introdução
“É tudo aquilo que sua mãe disse para você não fazer, mas como
você assistiu muita televisão, acabou aprendendo com as novelas
da Rede Globo. O Jeitinho brasileiro é como um vício incontrolável
misturado a uma doença contagiosa, mesmo que o sujeito saiba
que não é ético agir em benefício próprio em detrimento dos
demais, ele irá fazer.
Além disto, como dito, há o fator contagioso do Jeitinho brasileiro.
Quando todos tomam consciência de que não adianta tentar
ajudar o próximo, pois quando for sua vez, você irá se dar mal, as
coisas se tornam um ciclo vicioso.Viu não disse ? Olhar
para os lados e verificar se ninguém viu sua ação sorrateira.”
Sintomas
“Poxa, ele não vai precisar destes R$ 200 reais que
encontrei na carteira. Se precisasse tanto não teria
perdido.”
A frase acima ilustra um dos principais sintomas da
pessoa que foi contaminada pelo Jeitinho brasileiro,
mentir para si próprio. Além disto, são recorrentes
também o sorriso no canto da boca quando você acha
aquela carteira bacana, principalmente se estiver
recheada.
Um fator incriminante é o olhar de bandido pobre.
Aquele olhar com olhos arregalados como se a polícia o
estivesse perseguindo, olhando para todos os lados.
Isto ocorre assim que o indivíduo menos acostumado
aplica o Jeitinho, ele irá olhar.
FALTA DE ÉTICA
Dilma x Época – Falta de Ética ou Falta de
Transparência?
A Polêmica da Semana é que a Época conseguiu o
prontuário médico da Presidente Dilma. A
estratégia é simples, é a mesma lógica de *a noiva
do irmão e contar pra ele, enfatizando que ela é
uma vagabunda, acreditando que com isso o irmão
esquecerá o detalhe que foi corneado em família,
em primeiro lugar. (caso real)
A Época conta com a polêmica do prontuário
“oculto”, se for “revelador” o suficiente ninguém
lembrará da forma questionável com que foi obtido.
Questionável mesmo?
“Um sujeito que abandona o outro lado para se juntar a nós não é
traidor, é convertido. Jornalistas não têm vazamentos, têm fontes.
Por mais que seja tentador culpar o veículo, temos que lembrar
que o modelo de imprensa livre, independente e “irresponsável”
que gera o prontuário roubado é o mesmo que torna público o
Mensalão, Watergate e o Palocci.
É uma sacanagem publicar o prontuário médico da Presidente da
República? Sem dúvida, assim como é sacanagem divulgar.
Quem tem que ser punido é o sujeito que vazou os dados, não a
Época. Do contrário estaremos criando precedentes onde o
Governo se sentirá no direito de calar a boca de todo mundo que
divulgue informações que considere desagradáveis, como os
detalhes da cirurgia de mudança de sexo da Dilma, que pode ou
não estar no tal prontuário.
O buraco aqui eu diria que é inclusive bem mais embaixo. Há que
se questionar o direito do Presidente da República ter sigilo
médico. “
Como assim, Bial?
“O Presidente não é uma pessoa comum, ocupa um cargo estratégico e
suas decisões afetam a vida de milhões de pessoas. Deveria ser direito
da população saber a quantas anda a saúde de seu Representante
Máximo. E não, não estou sendo utópico. Em vários lugares isso é uma
realidade. Tanto que mesmo os idiotas que tentaram de tudo para
provar que Obama não havia nascido nos EUA não tentaram alegar que
ele sofria de alguma doença incapacitante.
Motivo? Nos EUA o Exame Médico Anual do Presidente é obrigatório e
os resultados são públicos. Quer dizer, enquanto aqui esquece-se
qualquer outro problema para discutir um prontuário roubado, nos EUA
é fato público que o Homem Mais Poderoso do Mundo teve uma
câmera*, pois o relatório médico informa os níveis de triglicerídeos até
o fato de Obama ter passado por uma colonoscopia.
Está tudo errado. A Época errada por buscar polêmica barata, o mané
que roubou o prontuário por ser um filho da puta sem ética e a
Presidência da República por manter uma tradição de segredo e falta
de transparência. “
EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS
PROFESSORA: SUZANA DURAES
DISCIPLINA: LPLB
TURMA: 1º ANO A
ALUNOS (AS):

JOCIMÁRIA PINTO DA SILVA
IEDA SANTOS REIS
ELAINE PEREIRA DOS SANTOS
FABIANA SOUZA DOS SANTOS
CAIO MENEZES DE SOUZA
JOSENIR VASCONCELOS DA SILVA
VITOR ROCHA

Obs. Atividade de 2011

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre ViolênciaSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre ViolênciaTurma Olímpica
 
Atividade de ética profissional
Atividade de ética profissionalAtividade de ética profissional
Atividade de ética profissionalWaldeval Sousa
 
Aula 4-sociologia-aula-4-antropologia
Aula 4-sociologia-aula-4-antropologiaAula 4-sociologia-aula-4-antropologia
Aula 4-sociologia-aula-4-antropologiaSuely Lima Lopes
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaTurma Olímpica
 
Jürgen Habermas - Introdução à Teoria da Ação Comunicativa
Jürgen Habermas - Introdução à Teoria da Ação ComunicativaJürgen Habermas - Introdução à Teoria da Ação Comunicativa
Jürgen Habermas - Introdução à Teoria da Ação ComunicativaAndréia Pisco
 
Ideologias
IdeologiasIdeologias
IdeologiasGEO TABA
 
Apresentação sobre o jeitinho brasileiro
Apresentação sobre o jeitinho brasileiroApresentação sobre o jeitinho brasileiro
Apresentação sobre o jeitinho brasileiroMarcelo de Sousa
 
Redes sociais na internet e as novas formas de sociabilidade
Redes sociais na internet e as novas formas de sociabilidadeRedes sociais na internet e as novas formas de sociabilidade
Redes sociais na internet e as novas formas de sociabilidadeAline Corso
 
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08Rodrigo Cisco
 

Mais procurados (20)

Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre ViolênciaSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
 
Democracia
DemocraciaDemocracia
Democracia
 
Sociologia - Aula Introdutória
Sociologia - Aula IntrodutóriaSociologia - Aula Introdutória
Sociologia - Aula Introdutória
 
Atividade de ética profissional
Atividade de ética profissionalAtividade de ética profissional
Atividade de ética profissional
 
A natureza humana.
A natureza humana. A natureza humana.
A natureza humana.
 
Natureza e cultura
Natureza e culturaNatureza e cultura
Natureza e cultura
 
Aula 4-sociologia-aula-4-antropologia
Aula 4-sociologia-aula-4-antropologiaAula 4-sociologia-aula-4-antropologia
Aula 4-sociologia-aula-4-antropologia
 
Instituições sociais
Instituições sociaisInstituições sociais
Instituições sociais
 
O que é ciência
O que é ciênciaO que é ciência
O que é ciência
 
O que é cultura?
O que é cultura?O que é cultura?
O que é cultura?
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
Política e poder
Política e poderPolítica e poder
Política e poder
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
 
Aula 1 o que é antropologia
Aula 1   o que é antropologiaAula 1   o que é antropologia
Aula 1 o que é antropologia
 
Jürgen Habermas - Introdução à Teoria da Ação Comunicativa
Jürgen Habermas - Introdução à Teoria da Ação ComunicativaJürgen Habermas - Introdução à Teoria da Ação Comunicativa
Jürgen Habermas - Introdução à Teoria da Ação Comunicativa
 
Ideologias
IdeologiasIdeologias
Ideologias
 
Apresentação sobre o jeitinho brasileiro
Apresentação sobre o jeitinho brasileiroApresentação sobre o jeitinho brasileiro
Apresentação sobre o jeitinho brasileiro
 
Redes sociais na internet e as novas formas de sociabilidade
Redes sociais na internet e as novas formas de sociabilidadeRedes sociais na internet e as novas formas de sociabilidade
Redes sociais na internet e as novas formas de sociabilidade
 
Zygmunt Bauman
Zygmunt BaumanZygmunt Bauman
Zygmunt Bauman
 
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
O contratualismo hobbes, locke e rouseau aula 08
 

Destaque

Destaque (20)

Jeitinho Brasileiro
Jeitinho BrasileiroJeitinho Brasileiro
Jeitinho Brasileiro
 
O Jeitinho Brasileiro
O Jeitinho BrasileiroO Jeitinho Brasileiro
O Jeitinho Brasileiro
 
Texto 03-o-jeitinho-brasileiro1
Texto 03-o-jeitinho-brasileiro1Texto 03-o-jeitinho-brasileiro1
Texto 03-o-jeitinho-brasileiro1
 
Ser brasileiro
Ser brasileiroSer brasileiro
Ser brasileiro
 
oque faz o brasil Brasil?
oque faz o brasil Brasil?oque faz o brasil Brasil?
oque faz o brasil Brasil?
 
Metamorfose, 1ª fase: inconformidade (Romanos 12)
Metamorfose, 1ª fase: inconformidade (Romanos 12)Metamorfose, 1ª fase: inconformidade (Romanos 12)
Metamorfose, 1ª fase: inconformidade (Romanos 12)
 
Romanos 12.2
Romanos 12.2Romanos 12.2
Romanos 12.2
 
Busquemos la paz
Busquemos la pazBusquemos la paz
Busquemos la paz
 
El Amor y La Ley
El Amor y La LeyEl Amor y La Ley
El Amor y La Ley
 
Renove sua mente se não você, morre
Renove sua mente se não você, morreRenove sua mente se não você, morre
Renove sua mente se não você, morre
 
Romanos 8
Romanos 8Romanos 8
Romanos 8
 
Romanos 8
Romanos 8Romanos 8
Romanos 8
 
Pesquisa Jeitinho
Pesquisa JeitinhoPesquisa Jeitinho
Pesquisa Jeitinho
 
Quem pode me fazer um favorzinho
Quem pode me fazer um favorzinhoQuem pode me fazer um favorzinho
Quem pode me fazer um favorzinho
 
Metamorfose 3ª fase (buscando o padrão de cristo)
Metamorfose 3ª fase (buscando o padrão de cristo)Metamorfose 3ª fase (buscando o padrão de cristo)
Metamorfose 3ª fase (buscando o padrão de cristo)
 
10 comprobando la_voluntad_de_dios (Estudio bíblico en la Carta de Pablo a lo...
10 comprobando la_voluntad_de_dios (Estudio bíblico en la Carta de Pablo a lo...10 comprobando la_voluntad_de_dios (Estudio bíblico en la Carta de Pablo a lo...
10 comprobando la_voluntad_de_dios (Estudio bíblico en la Carta de Pablo a lo...
 
Romanos 12
Romanos 12Romanos 12
Romanos 12
 
Corrupção
CorrupçãoCorrupção
Corrupção
 
Metamorfose
MetamorfoseMetamorfose
Metamorfose
 
10 Mandamentos - Aula 09 - 8º mandamento
10 Mandamentos - Aula 09 - 8º mandamento10 Mandamentos - Aula 09 - 8º mandamento
10 Mandamentos - Aula 09 - 8º mandamento
 

Semelhante a Jeitinho brasileiro

Ainda prefiro um jogo de futebol
Ainda prefiro um jogo de futebolAinda prefiro um jogo de futebol
Ainda prefiro um jogo de futebollugarbuio
 
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)João Marcelo
 
É Possível eleger Marina. Saiba como.
É Possível eleger Marina. Saiba como.É Possível eleger Marina. Saiba como.
É Possível eleger Marina. Saiba como.dcbatista43
 
é Possível eleger marina
é Possível eleger marinaé Possível eleger marina
é Possível eleger marinaRenato Cardoso
 
O Povo Cego e as Farsas do Poder 3ed - eric campos bastos guedes
O Povo Cego e as Farsas do Poder 3ed - eric campos bastos guedesO Povo Cego e as Farsas do Poder 3ed - eric campos bastos guedes
O Povo Cego e as Farsas do Poder 3ed - eric campos bastos guedesericbaymarketconectrio
 
O povo cego e as farsas do poder 3ed
O povo cego e as farsas do poder 3edO povo cego e as farsas do poder 3ed
O povo cego e as farsas do poder 3edEric Guedes
 
O povo cego e as farsas do poder 3ed - Eric Campos Bastos Guedes
O povo cego e as farsas do poder 3ed - Eric Campos Bastos GuedesO povo cego e as farsas do poder 3ed - Eric Campos Bastos Guedes
O povo cego e as farsas do poder 3ed - Eric Campos Bastos Guedesericnalanhouse2
 
Teorias da conspiração
Teorias da conspiraçãoTeorias da conspiração
Teorias da conspiraçãoManuelMarques74
 
140827 jornalismo politico-o_diaadiadojornalismopolitico
140827 jornalismo politico-o_diaadiadojornalismopolitico140827 jornalismo politico-o_diaadiadojornalismopolitico
140827 jornalismo politico-o_diaadiadojornalismopoliticoUNIP-jornalismo2013
 
Falácias Informais - Filosofia
Falácias Informais - FilosofiaFalácias Informais - Filosofia
Falácias Informais - FilosofiaFernanda Clara
 
Assassinato de reputação: a morte civil dos brasileiros
Assassinato de reputação: a morte civil dos brasileirosAssassinato de reputação: a morte civil dos brasileiros
Assassinato de reputação: a morte civil dos brasileirosFlavio Farah
 
Simplesmente corajosa
Simplesmente corajosaSimplesmente corajosa
Simplesmente corajosaLucio Borges
 
Artigos dos alunos blog pdf
Artigos dos alunos blog pdfArtigos dos alunos blog pdf
Artigos dos alunos blog pdfsesijaiara
 
O Dia Digital - Mundo gira e chega a vez de Dallagnol
O Dia Digital - Mundo gira e chega a vez de DallagnolO Dia Digital - Mundo gira e chega a vez de Dallagnol
O Dia Digital - Mundo gira e chega a vez de DallagnolODiaMais
 
A historia secreta da rede globo
A historia secreta da rede globoA historia secreta da rede globo
A historia secreta da rede globoSamuel Lima
 

Semelhante a Jeitinho brasileiro (20)

Ainda prefiro um jogo de futebol
Ainda prefiro um jogo de futebolAinda prefiro um jogo de futebol
Ainda prefiro um jogo de futebol
 
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
 
É Possível eleger Marina. Saiba como.
É Possível eleger Marina. Saiba como.É Possível eleger Marina. Saiba como.
É Possível eleger Marina. Saiba como.
 
é Possível eleger marina
é Possível eleger marinaé Possível eleger marina
é Possível eleger marina
 
O Povo Cego e as Farsas do Poder 3ed - eric campos bastos guedes
O Povo Cego e as Farsas do Poder 3ed - eric campos bastos guedesO Povo Cego e as Farsas do Poder 3ed - eric campos bastos guedes
O Povo Cego e as Farsas do Poder 3ed - eric campos bastos guedes
 
O povo cego e as farsas do poder 3ed
O povo cego e as farsas do poder 3edO povo cego e as farsas do poder 3ed
O povo cego e as farsas do poder 3ed
 
O povo cego e as farsas do poder 3ed - Eric Campos Bastos Guedes
O povo cego e as farsas do poder 3ed - Eric Campos Bastos GuedesO povo cego e as farsas do poder 3ed - Eric Campos Bastos Guedes
O povo cego e as farsas do poder 3ed - Eric Campos Bastos Guedes
 
Teorias da conspiração
Teorias da conspiraçãoTeorias da conspiração
Teorias da conspiração
 
Artigo de opinião
Artigo de opiniãoArtigo de opinião
Artigo de opinião
 
140827 jornalismo politico-o_diaadiadojornalismopolitico
140827 jornalismo politico-o_diaadiadojornalismopolitico140827 jornalismo politico-o_diaadiadojornalismopolitico
140827 jornalismo politico-o_diaadiadojornalismopolitico
 
Falácias Informais - Filosofia
Falácias Informais - FilosofiaFalácias Informais - Filosofia
Falácias Informais - Filosofia
 
Repórter Capixaba 83
Repórter Capixaba 83Repórter Capixaba 83
Repórter Capixaba 83
 
Falácias
FaláciasFalácias
Falácias
 
Assassinato de reputação: a morte civil dos brasileiros
Assassinato de reputação: a morte civil dos brasileirosAssassinato de reputação: a morte civil dos brasileiros
Assassinato de reputação: a morte civil dos brasileiros
 
39
3939
39
 
Simplesmente corajosa
Simplesmente corajosaSimplesmente corajosa
Simplesmente corajosa
 
Artigos dos alunos blog pdf
Artigos dos alunos blog pdfArtigos dos alunos blog pdf
Artigos dos alunos blog pdf
 
O Dia Digital - Mundo gira e chega a vez de Dallagnol
O Dia Digital - Mundo gira e chega a vez de DallagnolO Dia Digital - Mundo gira e chega a vez de Dallagnol
O Dia Digital - Mundo gira e chega a vez de Dallagnol
 
Igualdade de gênero
Igualdade de gêneroIgualdade de gênero
Igualdade de gênero
 
A historia secreta da rede globo
A historia secreta da rede globoA historia secreta da rede globo
A historia secreta da rede globo
 

Mais de Suzana Duraes

REVISTA LITERÁRIA DO EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS - ANO 01 - 2011
REVISTA LITERÁRIA DO EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS - ANO 01 - 2011REVISTA LITERÁRIA DO EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS - ANO 01 - 2011
REVISTA LITERÁRIA DO EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS - ANO 01 - 2011Suzana Duraes
 
Revista Literária do Educandário Roberto Figueira Santos - Ano 02
Revista Literária do Educandário Roberto Figueira Santos - Ano 02 Revista Literária do Educandário Roberto Figueira Santos - Ano 02
Revista Literária do Educandário Roberto Figueira Santos - Ano 02 Suzana Duraes
 
Ser diferente é normal
Ser diferente  é normalSer diferente  é normal
Ser diferente é normalSuzana Duraes
 
Trabalho de L.P.L.B..(Barroco)
Trabalho de L.P.L.B..(Barroco)Trabalho de L.P.L.B..(Barroco)
Trabalho de L.P.L.B..(Barroco)Suzana Duraes
 
Seminário sobre inclusão social
Seminário sobre inclusão socialSeminário sobre inclusão social
Seminário sobre inclusão socialSuzana Duraes
 
A evolução do hino nacional brasileiro
A evolução do hino nacional brasileiroA evolução do hino nacional brasileiro
A evolução do hino nacional brasileiroSuzana Duraes
 
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiroConhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiroSuzana Duraes
 

Mais de Suzana Duraes (11)

REVISTA LITERÁRIA DO EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS - ANO 01 - 2011
REVISTA LITERÁRIA DO EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS - ANO 01 - 2011REVISTA LITERÁRIA DO EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS - ANO 01 - 2011
REVISTA LITERÁRIA DO EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS - ANO 01 - 2011
 
Revista Literária do Educandário Roberto Figueira Santos - Ano 02
Revista Literária do Educandário Roberto Figueira Santos - Ano 02 Revista Literária do Educandário Roberto Figueira Santos - Ano 02
Revista Literária do Educandário Roberto Figueira Santos - Ano 02
 
Ser diferente é normal
Ser diferente  é normalSer diferente  é normal
Ser diferente é normal
 
Trabalho de L.P.L.B..(Barroco)
Trabalho de L.P.L.B..(Barroco)Trabalho de L.P.L.B..(Barroco)
Trabalho de L.P.L.B..(Barroco)
 
Humanismo
HumanismoHumanismo
Humanismo
 
Seminário sobre inclusão social
Seminário sobre inclusão socialSeminário sobre inclusão social
Seminário sobre inclusão social
 
Azulão on line
Azulão on lineAzulão on line
Azulão on line
 
A evolução do hino nacional brasileiro
A evolução do hino nacional brasileiroA evolução do hino nacional brasileiro
A evolução do hino nacional brasileiro
 
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiroConhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
 
Anti ética2
Anti ética2Anti ética2
Anti ética2
 
Moral e ética
Moral e éticaMoral e ética
Moral e ética
 

Último

ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxMartin M Flynn
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 

Último (20)

ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 

Jeitinho brasileiro

  • 1.
  • 2. CONCEITO DE ÉTICA É A PARTE DA FILOSOFIA QUE ABORDA OS FUNDAMENTOS DA MORAL E OS PRINCIPAIS IDEIAIS DA CONDUTA HUMANA. ÉTICA MORAL CONJUNTO DE REGRAS DE CONDUTA OU HÁBITO JULGADOS VÁLIDOS, QUE DE MODO ABSOLUTO, PARA GRUPO OU PESSOA DETERMINADA.
  • 3.
  • 4. Jeitinho Brasileiro O Jeitinho Brasileiro é arte de ludibriar, se dar bem ou passar a perna com aquilo que a situação lhe dá, alguns chamam, dentre outros eufemismos, de a arte do improviso em proveito próprio. Introdução “É tudo aquilo que sua mãe disse para você não fazer, mas como você assistiu muita televisão, acabou aprendendo com as novelas da Rede Globo. O Jeitinho brasileiro é como um vício incontrolável misturado a uma doença contagiosa, mesmo que o sujeito saiba que não é ético agir em benefício próprio em detrimento dos demais, ele irá fazer. Além disto, como dito, há o fator contagioso do Jeitinho brasileiro. Quando todos tomam consciência de que não adianta tentar ajudar o próximo, pois quando for sua vez, você irá se dar mal, as coisas se tornam um ciclo vicioso.Viu não disse ? Olhar para os lados e verificar se ninguém viu sua ação sorrateira.”
  • 5.
  • 6. Sintomas “Poxa, ele não vai precisar destes R$ 200 reais que encontrei na carteira. Se precisasse tanto não teria perdido.” A frase acima ilustra um dos principais sintomas da pessoa que foi contaminada pelo Jeitinho brasileiro, mentir para si próprio. Além disto, são recorrentes também o sorriso no canto da boca quando você acha aquela carteira bacana, principalmente se estiver recheada. Um fator incriminante é o olhar de bandido pobre. Aquele olhar com olhos arregalados como se a polícia o estivesse perseguindo, olhando para todos os lados. Isto ocorre assim que o indivíduo menos acostumado aplica o Jeitinho, ele irá olhar.
  • 7.
  • 8. FALTA DE ÉTICA Dilma x Época – Falta de Ética ou Falta de Transparência? A Polêmica da Semana é que a Época conseguiu o prontuário médico da Presidente Dilma. A estratégia é simples, é a mesma lógica de *a noiva do irmão e contar pra ele, enfatizando que ela é uma vagabunda, acreditando que com isso o irmão esquecerá o detalhe que foi corneado em família, em primeiro lugar. (caso real) A Época conta com a polêmica do prontuário “oculto”, se for “revelador” o suficiente ninguém lembrará da forma questionável com que foi obtido.
  • 9.
  • 10. Questionável mesmo? “Um sujeito que abandona o outro lado para se juntar a nós não é traidor, é convertido. Jornalistas não têm vazamentos, têm fontes. Por mais que seja tentador culpar o veículo, temos que lembrar que o modelo de imprensa livre, independente e “irresponsável” que gera o prontuário roubado é o mesmo que torna público o Mensalão, Watergate e o Palocci. É uma sacanagem publicar o prontuário médico da Presidente da República? Sem dúvida, assim como é sacanagem divulgar. Quem tem que ser punido é o sujeito que vazou os dados, não a Época. Do contrário estaremos criando precedentes onde o Governo se sentirá no direito de calar a boca de todo mundo que divulgue informações que considere desagradáveis, como os detalhes da cirurgia de mudança de sexo da Dilma, que pode ou não estar no tal prontuário. O buraco aqui eu diria que é inclusive bem mais embaixo. Há que se questionar o direito do Presidente da República ter sigilo médico. “
  • 11. Como assim, Bial? “O Presidente não é uma pessoa comum, ocupa um cargo estratégico e suas decisões afetam a vida de milhões de pessoas. Deveria ser direito da população saber a quantas anda a saúde de seu Representante Máximo. E não, não estou sendo utópico. Em vários lugares isso é uma realidade. Tanto que mesmo os idiotas que tentaram de tudo para provar que Obama não havia nascido nos EUA não tentaram alegar que ele sofria de alguma doença incapacitante. Motivo? Nos EUA o Exame Médico Anual do Presidente é obrigatório e os resultados são públicos. Quer dizer, enquanto aqui esquece-se qualquer outro problema para discutir um prontuário roubado, nos EUA é fato público que o Homem Mais Poderoso do Mundo teve uma câmera*, pois o relatório médico informa os níveis de triglicerídeos até o fato de Obama ter passado por uma colonoscopia. Está tudo errado. A Época errada por buscar polêmica barata, o mané que roubou o prontuário por ser um filho da puta sem ética e a Presidência da República por manter uma tradição de segredo e falta de transparência. “
  • 12.
  • 13. EDUCANDÁRIO ROBERTO SANTOS PROFESSORA: SUZANA DURAES DISCIPLINA: LPLB TURMA: 1º ANO A ALUNOS (AS): JOCIMÁRIA PINTO DA SILVA IEDA SANTOS REIS ELAINE PEREIRA DOS SANTOS FABIANA SOUZA DOS SANTOS CAIO MENEZES DE SOUZA JOSENIR VASCONCELOS DA SILVA VITOR ROCHA Obs. Atividade de 2011