RIO+20VISÃO GERAL E PERSPECTIVAS          Aron Belinky      aron@vitaecivilis.org.br       Instituto Vitae Civilis       C...
RIO+20: QUANDO E ONDE                       Os dias da Rio+20                      Os espaços da Rio+20- Locais (Riocentro...
BUSCANDO INTEGRAÇÃO …EQUILÍBRIO                    E             Na logomarca da Rio+20, as três dimensões do desenvolvime...
BUSCANDO INTEGRAÇÃO E EQUILÍBRIO???                         EQUILÍBRIOO mero crescimento econômico afasta as pessoas da na...
“Um documento político focado, expressando             um compromisso político renovado* ”                 Promessas      ...
ONDE ENTRA A ECONOMIA VERDE?         HIATOS NO CUMPRIMENTO         DOS COMPROMISSOS P/ DS         QUADRO INSTITUCIONAL    ...
A RIO+20 É UM PONTO DE CONVERGÊNCIAOs “Major Groups” da ONU                  Estão envolvidos comtêm grande diversidade   ...
A SOCIEDADE CIVIL RUMO À RIO+20Trabalhadores, Mulheres, Indígenas e outros setores da SC         MG “A”                   ...
CONSTRUINDO OS RESULTADOS DA RIO+20Deadline p/        2ª Inters.             “Draft 0” e        Neg. Texto          Neg. T...
CONSTRUINDO OS RESULTADOS DA RIO+20                     OS TRÊS CANAIS DA                                  RIO+20         ...
E PARA ONDE ISSO NOS LEVA?   A Rio+20 não é ponto final:                  Por quê 2015?é ponto de encontro e de partida!  ...
E O QUE QUEREMOS CONSTRUIR?DIREITOS HUMANOS: garanti-los é o objetivo declarado de nossa civilização.Expressam os mais amp...
CONVIVENDO NUMA ROSQUINHA…
FATORES CRÍTICOS, SOCIAIS E AMBIENTAIS
MONITORANDO OS FATORES CRÍTICOS                          O “TetoO “Piso Social”                         Ambiental”
UMA BÚSSOLARUMO AO FUTURO QUE QUEREMOS
E O QUE VAI ACONTECER NA RIO+20?      O QUE VAI SAIR DISSO?
O CANAL OFICIAL...       Estados-Membros (países) negociam declaração oficial no âmbito da ONU                       Produ...
ASSUNTOS QUENTES DO CANAL OFICIAL     Alguns pontos-chave:                     “Entrelinhas”• Metas do Desenv. Sust. (SDGs...
O CANAL OFICIAL...    Estados-Membros (países) negociam declaração oficial no âmbito da ONU                  Como e onde p...
26 TEMAS EM PAUTA       e os transversais: Principios, Q Inst, EV, Implementação    G77 has proposed a new order for the s...
Diálogos para o Des. Sustentável - DDS                           www.riodialogues.org* ONGs e movimentos sociais, sindicat...
O CANAL SEMI-OFICIAL…           Sociedade Civil* participa em espaços negociados junto aos Estados* ONGs e movimentos soci...
O CANAL SEMI-OFICIAL…           Sociedade Civil* participa em espaços negociados junto aos Estados     Ciclo de Debates – ...
O CANAL SEMI-OFICIAL…           Sociedade Civil* participa em espaços negociados junto aos Estados* ONGs e movimentos soci...
O CANAL SEMI-OFICIAL…           Sociedade Civil* participa em espaços negociados junto aos Estados                        ...
O CANAL AUTÔNOMO…           Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados• CÚPULA DOS POVOS  ONGs, Mov.Sociai...
O CANAL AUTÔNOMO…               Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados                                 ...
O CANAL AUTÔNOMO…Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados                         www.cupuladospovos.org.br
O CANAL AUTÔNOMO…Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados                             www.cupuladospovos....
www.vitaecivilis.org.br  “VC na Rio+20”
www.vitaecivilis.org.br  “VC na Rio+20”
TROCANDO EM MIÚDOS:- O mundo é mais que a soma dos países  gestão e pol. públicas: o sub-nacional no desafio global  artic...
OBRIGADO!   ... E NOS VEMOS NO RIO!            Aron Belinky          aron@vitaecivilis.org.brCoordenador de Processos Inte...
Rio+20 - Visão Geral e Perspectivas
Rio+20 - Visão Geral e Perspectivas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rio+20 - Visão Geral e Perspectivas

440 visualizações

Publicada em

Rio+20 - Visão Geral e Perspectivas

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
440
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rio+20 - Visão Geral e Perspectivas

  1. 1. RIO+20VISÃO GERAL E PERSPECTIVAS Aron Belinky aron@vitaecivilis.org.br Instituto Vitae Civilis Cidadania e Sustentabilidade JUNHO/2012
  2. 2. RIO+20: QUANDO E ONDE Os dias da Rio+20 Os espaços da Rio+20- Locais (Riocentro + Pq. dos Atletas + Flamengo + vários outros...)- A cidade do Rio de Janeiro- Locais por todo o mundo- Dias de Ação Global
  3. 3. BUSCANDO INTEGRAÇÃO …EQUILÍBRIO E Na logomarca da Rio+20, as três dimensões do desenvolvimento sustentável
  4. 4. BUSCANDO INTEGRAÇÃO E EQUILÍBRIO??? EQUILÍBRIOO mero crescimento econômico afasta as pessoas da natureza… … extrapola os limites do planeta e aumenta a desigualdade.
  5. 5. “Um documento político focado, expressando um compromisso político renovado* ” Promessas Progressos Hiatos Desafios é Compromisso Político Renovado dos grandesOBJETIVO acordos até este momento = (faltas na efetivação) + novos e/ou emergentes assegurar sobre o DS FOCO (temas) Economia DIAGNOSTICAR DIAGNOSTICAR Verde no IDENTIFICAR PREENCHER meios contexto de de Erradicação implementação da Pobreza e Desenvolvi// Sustentável + Quadro Institucional meios para o de governança Desenvolvi// Sustentável* é o produto previsto para a Rio+20, conforme resolução ONU 64/236/20a+b, de 24/12/2009
  6. 6. ONDE ENTRA A ECONOMIA VERDE? HIATOS NO CUMPRIMENTO DOS COMPROMISSOS P/ DS QUADRO INSTITUCIONAL P/ GOVERNANÇA DO DS As pol sunto êm ico !SOCIAL ECONÔMICO AMBIENTAL
  7. 7. A RIO+20 É UM PONTO DE CONVERGÊNCIAOs “Major Groups” da ONU Estão envolvidos comtêm grande diversidade A Rio+20 é uma múltiplas agendas... internamente e entre sí... oportunidade ímpar nacionais e de convergência...e representam a sociedade civil internacionaisde um modo um tanto incompleto. IFIs MG “A” G 20 OMC de convergência Rio+20 Oportunidade MG “C” MG “B” OIT MG “D” UNFCCC MG “F” MG “E” CBD Outros MG “H” Multi- laterais Eventos MG “I” OUTROS... Processos paralelos não-estatais MG “G”
  8. 8. A SOCIEDADE CIVIL RUMO À RIO+20Trabalhadores, Mulheres, Indígenas e outros setores da SC MG “A” Eventos Geração+20 e outros movimentos da juventude paralelos MG “B”MG “C” Facilitador da Soc. Civil para a Rio+20 (CFSC) Comitê MG “D” Rio+20BR & ONU processo preparatório da UNCSD 2012 MG “F” MG “E” MG “H” União Global pela Sustentabilidade (UGS) MG “I” OTHERS... Eventos Green Economy Coalition (no Brasil: Diálogos Nacionais da EV) paralelos MG “G”BASD/BR – Business Action for Sustainable Development
  9. 9. CONSTRUINDO OS RESULTADOS DA RIO+20Deadline p/ 2ª Inters. “Draft 0” e Neg. Texto Neg. Texto 3ª Inters. Neg. Texto PrepCom3 UNCSDinputs p/ UNCSD Neg. Texto Informais Informais UNCSD Informais UNCSD (20-22/jun)Secret. (15-16/dez) Informais (2ª de 4) (3ª de 4) (26-27/mar) (4ª de 4) (13-15/jun) (RIO)UNCSD (NY) (1ª de 4) (13-17/fev) (19-23/mar) (NY) (30/abr a 04/ (RIO) Resultado(01/nov) (16-18/jan) (NY) (NY) mai) Oficial da(Internet) (NY) (NY) Rio+20 Relatório do Painel de Alto Nível do SG/ONU sobre DS (fim de nov?)CDES(06/out) Contibuição CDES(22/nov) Quais os “8 temas dos 4 dias especiais?” Como serão definidos, preparados e debatidos? “8 temas dos“Acordo p/ o Oficial do “Seminário dias especiais”Desenvolv. Brasil para o propostas do CDES identificará seus temas-chave e aprofundará debates/propostas sobre eles. (“sanduíche”Sustentável” “Draft Zero” Brasil para (16-19/jun) MRE e consultas Rio+20” SGPR incluirá Rio+20 e seu temário em todas as 15 Conferências Nacionais até lá. - Input no 01/Nov proc oficial - Msg forte p/ Comissão Nacional Rio+20, MRE, MMA, MFAZ, MDS e outros continuarão consultas? a sociedade2º Seminário Debates on- “EV e 4 Debates: “EV no doc 3º Seminário Debates: “EV no doc Espaço plural “Economias qNacional EV line sobre as questões Oficial Rio+20 vs Agenda Nacional EV Oficial Rio+20 vs Agenda Mostra e queremos”(DNs/GEC) “economias q políticas” + Essencial da EV” (DNs/GEC) Essencial da EV” debates - Evento de(17-18/out) queremos” “draft zero” (12-13/mar) (11-22/jun) alto nível e(SP) + papers de VC e outros Seminários: (RIO) Seminários: (RIO) densidade apoio ao (25-29/jan) “Economistas e a “Economistas e a (16-19/jun) debate (FST/POA) aplicação prática da EV” aplicação prática da EV” (RIO)CFSF: enlace (CFSC) “mapa de lutas”: G20, Fórum Soc. (CFSC) “enlace de lutas”: mobilização global a propósito da Rio+20 ”Cúpula dosinternacional Durban, Marselha, occupy W Temático povos”+FST: semin. Street, indignados, p. árabe... Rio+20 (11-23/jun)preparatório (25-29/jan) (FST) articulação de campanhas globais em torno dos temas catalizadores (RIO)(21-23/out) (FST) grupos temáticos auto- (POA) - Eventos(POA) organizados na plataf. on-line de massa e (temas-força/catalizadores) Setores populares auto-organizados (indígenas, jovens, trabs, mulheres...) impactoProcessos de organização de vários eventos empresariais, acadêmicos e temáticos (comerciais e não-comerciais, no Brasil e no exterior) Resultados variados
  10. 10. CONSTRUINDO OS RESULTADOS DA RIO+20 OS TRÊS CANAIS DA RIO+20 OFICIAL SEMI-OFICIAL Estados-Membros (países) Sociedade Civil* participa em negociam uma declaração espaços negociados junto aos oficial no âmbito da ONU Estados-Membros AUTÔNOMO Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados. * ONGs e movimentos sociais, sindicatos, governos sub-nacionais, empresas,e academia.
  11. 11. E PARA ONDE ISSO NOS LEVA? A Rio+20 não é ponto final: Por quê 2015?é ponto de encontro e de partida! - Revisão das Metas do Milênio - Data crítica para negociações do clima - Prazo viável para implementar decisões 2015
  12. 12. E O QUE QUEREMOS CONSTRUIR?DIREITOS HUMANOS: garanti-los é o objetivo declarado de nossa civilização.Expressam os mais amplamente aceitos e reiterados acordos internacionais.LIMITES AMBIENTAIS: são um fato da natureza. Mesmo com grandes ganhosde eficiência, estão sendo ultrapassados, pondo em risco o meio de quedependemos. LIMITES AMBIENTAIS DIREITOS HUMANOS
  13. 13. CONVIVENDO NUMA ROSQUINHA…
  14. 14. FATORES CRÍTICOS, SOCIAIS E AMBIENTAIS
  15. 15. MONITORANDO OS FATORES CRÍTICOS O “TetoO “Piso Social” Ambiental”
  16. 16. UMA BÚSSOLARUMO AO FUTURO QUE QUEREMOS
  17. 17. E O QUE VAI ACONTECER NA RIO+20? O QUE VAI SAIR DISSO?
  18. 18. O CANAL OFICIAL... Estados-Membros (países) negociam declaração oficial no âmbito da ONU Produtos principais: -Declaração dos Chefes de Estado (“O Futuro Que Queremos”) -Abordará com maior ou menor ambição uma extensa pauta. -Trará desde compromissos genéricos até demandas diretas para que a ONU produza acordos e outros instrumentos, em certo prazo. Processo:-Negociações no âmbito da ONU, por meio de reuniões preparatórias enegociações “bilaterais” entre países e/ou blocos econômicos.-Há também eventos/debates paralelos envolvendo, além dos países,órgãos da ONU e a sociedade civil  “side events”, sem poder decisório,mas úteis para lobby, articulação e amadurecimento de propostas/idéias.
  19. 19. ASSUNTOS QUENTES DO CANAL OFICIAL Alguns pontos-chave: “Entrelinhas”• Metas do Desenv. Sust. (SDGs) • Baixo perfil da questão climática e amb.• Métricas além do PIB • Proeminência do “pilar econômico”• Roadmap e princípios da EV • Centralidade dos Direitos ou Mercados?• Financiamento do DS • Aplicação ou erosão dos Princípios?• WEO ou PNUMA+? • Desenvolvidos x Emergentes x LDCs• CDS ou ECOSOC+? • Papéis: Estado x Empresas x Soc. Civil• Convenção sobre RSE+A • Governança global ≠ burocracia ONU• Convenção sobre Princípio 10• “Omdudsman das Futuras Gerações”
  20. 20. O CANAL OFICIAL... Estados-Membros (países) negociam declaração oficial no âmbito da ONU Como e onde participar:-As negociações preparatórias são na sede da ONU, em NY-A próxima rodada é de 23/Abril a 04/Maio (última em NY?)-No Rio de Janeiro, negociações serão no Riocentro(“prepcom” de 13 a 15/Jun. “alto nível” de 20 a 22/Jun).-Acesso somente a delegações oficiais dos países erepresentantes de organizações já credenciadas-Cada org. deve fechar sua lista de inscritos até 20/Maio- Formalmente, apenas os países tem direito a voz e voto.-“Major Groups” talvez tenham voz (em negociação)
  21. 21. 26 TEMAS EM PAUTA e os transversais: Principios, Q Inst, EV, Implementação G77 has proposed a new order for the sections in Part A, as follows:• Eradication of poverty • Oceans and seas• Sustainable consumption and • Chemicals and waste production • Natural disasters• Cities • Climate change• Health • Energy• Education • Sustainable tourism• Gender equality • Sustainable transportation• Social inclusion • Harmony with nature• Food security • SIDS• Land degradation and desertification • LDCs• Forests • Africa• Biodiversity • Other groups and regions with• Mountains sustainable development challenges• Water • Trade.
  22. 22. Diálogos para o Des. Sustentável - DDS www.riodialogues.org* ONGs e movimentos sociais, sindicatos, empresas, governos sub-nacionais e academia.
  23. 23. O CANAL SEMI-OFICIAL… Sociedade Civil* participa em espaços negociados junto aos Estados* ONGs e movimentos sociais, sindicatos, empresas, governos sub-nacionais e academia.
  24. 24. O CANAL SEMI-OFICIAL… Sociedade Civil* participa em espaços negociados junto aos Estados Ciclo de Debates – Min. do Meio Ambiente Jardim Botânico do Rio – 1º a 14 de Junho (?) TEMAS: 1. Juventude e sustentabilidade 2. Mulheres e sustentabilidade 3. Consumo e Produção Sustentáveis 4. Florestas 5. UCs e Biodiversidade 6. Resíduos Sólidos e Reciclagem 7. Inclusão Financeira e Sustentabilidade (MF, BACEN) 8. Químicos 9. Empreendedorismo verde – MPEs (SEBRAE)* ONGs e movimentos sociais, sindicatos, empresas, governos sub-nacionais e academia.
  25. 25. O CANAL SEMI-OFICIAL… Sociedade Civil* participa em espaços negociados junto aos Estados* ONGs e movimentos sociais, sindicatos, empresas, governos sub-nacionais e academia.
  26. 26. O CANAL SEMI-OFICIAL… Sociedade Civil* participa em espaços negociados junto aos Estados ESPAÇO BRASIL (local: Parque do Atletas – Barra da Tijuca) Pavilhão de exposições que serávutilizado para a apresentação, de forma artística e interativa, das experiências e políticas governamentais associadas ao desenvolvimento sustentável. O conteúdo desse espaço está sendo coordenado pela Casa Civil junto a todos os ministérios e órgãos governamentais TEMAS 1. Inovação Tecnológica e produção sustentável; 2. Pobreza, Inclusão Social, Cidadania e participação política; 3. Energia e Infraestrutura; 4. Turismo, Grandes Eventos e Cultura; 5. Meio Ambiente: Desmatamento, Fundo Clima, Fundo Amazônia, ARPA, Acesso a recursos genéticos, Bolsa Verde, CAR, Água* ONGs e movimentos sociais, sindicatos, empresas, governos sub-nacionais e academia.
  27. 27. O CANAL AUTÔNOMO… Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados• CÚPULA DOS POVOS  ONGs, Mov.Sociais, Sindicatos  Pq. Flamengo• FAIR IDEAS/IDÉIAS JUSTAS  “think thanks”e outros  PUC-Rio• CONFERÊNCIA INT. ETHOS  empresas e soc. Civil  São Paulo• ESPAÇO FORTE  FIESP, FIRJAN, Pref.RJ e outros  Forte de Copacabana• BUSINESS SUSTAINABILITY FORUM  Pacto Global e BASD  H. Windsor• YOUTH BLAST  Grupos de Juventude no sist. ONU e outros  Ct. Sul.Am.• Forum CTI e Des. Sustentável  ICSU e comunidade científica  PUC-Rio• e muito, muuuuuuuuito mais, em diversos espaços do Rio de Janeiro Saiba mais em: www.vitaecivilis.org.br www.radarrio20.org.br
  28. 28. O CANAL AUTÔNOMO… Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados MESMICE COLOCARÁ EM RISCO A RIO+20 Organizações da sociedade civil se unem em alerta sobre as ultimas negociações da conferência da ONU (04/maio) DEMANDAS EM DESTAQUE•metas globais para o desenvolvimento sustentável•recursos novos e adicionais para o DS, incluindo fontes inovadoras, como a FTT•instituições fortes e acesso público à informação,•empregos verdes e decentes e meios de vida sustentáveis, + transição justa da economia•piso de proteção social global•consumo e produção mais sustentáveis + compras públicas e incentivos•fornecimento de informações pelas empresas,•alimentação + produção sustentável•acordo de proteção à vida marinha em alto-mar Conv. da ONU sobre o Direito do Mar.•soluções energéticas justas e duradouras + apoio técnico e financeiro p/ Paises em Des.
  29. 29. O CANAL AUTÔNOMO…Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados www.cupuladospovos.org.br
  30. 30. O CANAL AUTÔNOMO…Sociedade Civil* se manifesta em espaços auto-organizados www.cupuladospovos.org.br Articulações e atividades autogestionadas Plenárias de ConvergênciaArticulações e atividades autogestionadas Plenárias de ConvergênciaArticulações e atividades autogestionadas Assembléia - Causas MOBILIZAÇÃO GLOBALArticulações e atividades autogestionadas Assembléia - Soluções Assembléia - Lutas ATO DE ENCERRAMENTO
  31. 31. www.vitaecivilis.org.br  “VC na Rio+20”
  32. 32. www.vitaecivilis.org.br  “VC na Rio+20”
  33. 33. TROCANDO EM MIÚDOS:- O mundo é mais que a soma dos países gestão e pol. públicas: o sub-nacional no desafio global articulação transnacional, regional, local território = complexidade descomplicada- Seguindo na ilusão chegaremos ao desastre valorizar patrimônio natural  psa, matriz R20, uso sust. potencializar patrimônio humano  edu/criat/inov/emp/qv- Todos precisam participar pcs consumidores, empresas, soc civil, poder público condições viabilizadoras  critérios e pol. públicas compreender e sintetizar  ciência, técnica, certificação informação e transparência  participação, controle soc.
  34. 34. OBRIGADO! ... E NOS VEMOS NO RIO! Aron Belinky aron@vitaecivilis.org.brCoordenador de Processos Internacionais Instituto Vitae Civilis JUNHO/2012

×