Transformação pela Criatividade e Inovação<br />Ruy Sant’Ana, PhD<br />23 de fevereiro de 2011<br />
http://www.sendspace.com/pro/xxxxxx<br />
2002<br />Semdúvidaalguma, a empresatradicionalnuncamaisserá a mesma.<br />Seguramenteelaestaráextintadentro de 25 anos.<b...
2002<br />Encontramo-nos no maiorperíodo de transiçãoquejáhouvenahistória da humanidadedesde a Revolução Industrial.<br />
REGRAS DE UM NEGÓCIO VENCEDOR<br />Ontem – Hoje – Sempre ….<br />REGRA # 1 : Não existenegóciovencedorsemCLIENTE<br />REGR...
1 - Afinal, o queosclientesquerem ?<br />2 - ReflexõessobreCriatividade e Inovação<br />3 - EmpresasInovadoras : Exemplos<...
Qualidade ?  O produto ou serviço<br />excede as necessidades do cliente<br />processosconscientes<br />SONHOS, EMOÇÕES, D...
Nossas CRENÇAS afetam<br />as nossas OBSERVAÇÕES<br />(e as açõessubsequentes)<br />
Quereferências as pessoasutilizamaopensarnumamarca,<br />numaempresa, numaagência ?<br />Porquepreferem um conjunto<br />d...
Que função um produto cumpre na vida dos consumidores ?<br />
O que os clientes sentem em relação<br />ao problema que o produto deveria resolver ?<br />
NÃO VENDEMOS MOTOS !<br />
O quevendemosé a possibilidade<br />(a um contador de 43 anos) de vestir-se<br /> com roupas de couropreto, <br />e passar...
Percepção<br /> é <br />Tudo<br />
2 - ReflexõessobreCriatividade e Inovação<br />
“ A Criatividadeé o recursomaisfecundo com que o homem, desdesempre, procuraderrotarosseus<br />inimigosatávicos: a fome, ...
CRIATIVIDADE : Habilidade de enxergar as coisas de forma diferente<br />                            e ternovasidéias – “In...
História da Criatividade<br />Reconstruindo uma história da<br />criatividade das origensatéosnossosdias<br />Estudos sobr...
O processo secundário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da mente quando está DESPERTA<br /> e se serve d...
ESFERA RACIONAL<br />ESFERA EMOTIVA<br /> Atitudes<br />Emoções<br />Sentimentos<br />Intuição<br />Imaginação<br />Opiniõ...
O processo secundário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da mente quando está DESPERTA<br /> e se serve d...
O processo secundário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da mente quando está DESPERTA<br /> e se serve d...
CONCRETUDE<br />O processosecundário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento<br />da mentequandoestá DESPERTA<br /> ...
Treze experiências extraordinárias de idealização coletiva<br />   A Casa Thonet<br />   Anton Dohrn e a Estação Zoológi...
INOVAÇÃO INCREMENTAL ( > 95 % )<br />Melhoriascontínuas de idéias,<br />Produtos e Serviçosexistentes<br />KAIZEN<br />
KAI<br />ZEN                              <br />改善<br />Mudança<br />Melhor<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Transformação pela criatividade e inovação ruy sant'ana parte_1

1.662 visualizações

Publicada em

Transformação pela Criatividade e Inovação, professor Ruy Sant'Ana

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.662
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transformação pela criatividade e inovação ruy sant'ana parte_1

  1. 1. Transformação pela Criatividade e Inovação<br />Ruy Sant’Ana, PhD<br />23 de fevereiro de 2011<br />
  2. 2. http://www.sendspace.com/pro/xxxxxx<br />
  3. 3.
  4. 4. 2002<br />Semdúvidaalguma, a empresatradicionalnuncamaisserá a mesma.<br />Seguramenteelaestaráextintadentro de 25 anos.<br />
  5. 5. 2002<br />Encontramo-nos no maiorperíodo de transiçãoquejáhouvenahistória da humanidadedesde a Revolução Industrial.<br />
  6. 6. REGRAS DE UM NEGÓCIO VENCEDOR<br />Ontem – Hoje – Sempre ….<br />REGRA # 1 : Não existenegóciovencedorsemCLIENTE<br />REGRA # 2 : Não existe LUCRO sem CLIENTE SATISFEITO<br />REGRA # 3 : Nãoexistesobrevivênciaseminovação<br />
  7. 7. 1 - Afinal, o queosclientesquerem ?<br />2 - ReflexõessobreCriatividade e Inovação<br />3 - EmpresasInovadoras : Exemplos<br />
  8. 8.
  9. 9. Qualidade ? O produto ou serviço<br />excede as necessidades do cliente<br />processosconscientes<br />SONHOS, EMOÇÕES, DESEJOS,<br />MISTERIO, MAGIA, SENSUALIDADE,<br />ENCANTAMENTO, DESCOBERTA<br />processosinconscientes<br />pensamentosocultos do cliente<br />
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12.
  13. 13.
  14. 14.
  15. 15. Nossas CRENÇAS afetam<br />as nossas OBSERVAÇÕES<br />(e as açõessubsequentes)<br />
  16. 16. Quereferências as pessoasutilizamaopensarnumamarca,<br />numaempresa, numaagência ?<br />Porquepreferem um conjunto<br />de atributosemdetrimento de outros ?<br />Qualé o verdadeirosignificadoqueos<br />clientesdão a termoscomo<br /> “LUXO” <br />“BOM PARA A SAÚDE “<br /> “EMPRESA CONFIÁVEL “? <br />
  17. 17. Que função um produto cumpre na vida dos consumidores ?<br />
  18. 18. O que os clientes sentem em relação<br />ao problema que o produto deveria resolver ?<br />
  19. 19. NÃO VENDEMOS MOTOS !<br />
  20. 20. O quevendemosé a possibilidade<br />(a um contador de 43 anos) de vestir-se<br /> com roupas de couropreto, <br />e passarporpequenas<br />cidades, achandoque as pessoas<br />estãomorrendo de medo dele<br />www.tompeters.com<br />
  21. 21. Percepção<br /> é <br />Tudo<br />
  22. 22. 2 - ReflexõessobreCriatividade e Inovação<br />
  23. 23. “ A Criatividadeé o recursomaisfecundo com que o homem, desdesempre, procuraderrotarosseus<br />inimigosatávicos: a fome, o cansaço, a ignorância,<br />o medo, a feiúra, a solidão, a dor e a morte. <br />Em cadaesquina do planeta, emcadafase da<br />evolução, a criatividadehumanaconsegueatribuir uma forma aocaos, um significadoàscoisas “<br />Domenico de Masi<br />
  24. 24. CRIATIVIDADE : Habilidade de enxergar as coisas de forma diferente<br /> e ternovasidéias – “Inventar” algoporexemplo<br />CONCEITO<br />INOVAÇÃO : Habilidade de transformar boas idéias em algo útil e <br /> viável economicamente<br />PROCESSO<br />Boas idéias não bastam – Inovações não acontecemporosmose … <br />
  25. 25.
  26. 26.
  27. 27.
  28. 28.
  29. 29.
  30. 30.
  31. 31.
  32. 32. História da Criatividade<br />Reconstruindo uma história da<br />criatividade das origensatéosnossosdias<br />Estudos sobre a Criatividade<br />Textos que nos permitem caracterizar as abordagens de algumas disciplinas e a compreensão da criatividade individual e coletiva<br />Trêscampos de Criatividade<br />Livrosquenospermitemdescrever e avaliar a imensaproduçãocriativa de homememtrêscamposprivilegiados<br />859<br />
  33. 33. O processo secundário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da mente quando está DESPERTA<br /> e se serve da LÓGICA COMUM<br />PENSAMENTO <br />SECUNDÁRIO<br />- CONSCIENTE -<br />O processo primário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da PSIQUE, especialmente <br />da sua parte inconsciente<br />PENSAMENTO <br />PRIMÁRIO<br />- INCONSCIENTE -<br />Silvano Arieti : O processo CRIATIVO consiste <br />numa síntese entre o pensamento primário e o pensamento secundário.<br /> ( Creativity,The Magic Syntesis )<br />
  34. 34. ESFERA RACIONAL<br />ESFERA EMOTIVA<br /> Atitudes<br />Emoções<br />Sentimentos<br />Intuição<br />Imaginação<br />Opiniões<br />Conhecimentos<br />Habilidades<br />Razão<br />Fatos & Dados<br />Técnicas<br />Domenico de Masi : O processo CRIATIVO é também síntese da esfera Racional e da esfera Emotiva. <br /> FANTASIA E CONCRETUDE<br />
  35. 35. O processo secundário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da mente quando está DESPERTA<br /> e se serve da LÓGICA COMUM<br />PENSAMENTO <br />SECUNDÁRIO<br />- CONSCIENTE -<br />O processo primário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da PSIQUE, especialmente <br />da sua parte inconsciente<br />PENSAMENTO <br />PRIMÁRIO<br />- INCONSCIENTE -<br />ESFERA RACIONAL<br />ESFERA EMOTIVA<br />Silvano Arieti : O processo CRIATIVO consiste <br />numa síntese entre o pensamento primário e o pensamento secundário.<br /> ( Creativity,The Magic Syntesis )<br /> Atitudes<br />Emoções<br />Sentimentos<br />Intuição<br />Imaginação<br />Opiniões<br />Conhecimentos<br />Habilidades<br />Razão<br />Fatos & Dados<br />Técnicas<br />Domenico de Masi : O processo CRIATIVO é também síntese da esfera Racional e da esfera Emotiva. <br /> FANTASIA E CONCRETUDE<br />
  36. 36. O processo secundário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da mente quando está DESPERTA<br /> e se serve da LÓGICA COMUM<br />PENSAMENTO <br />SECUNDÁRIO<br />- CONSCIENTE -<br />FANTASIA<br />O processo primário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da PSIQUE, especialmente <br />da sua parte inconsciente<br />PENSAMENTO <br />PRIMÁRIO<br />- INCONSCIENTE -<br />ESFERA RACIONAL<br />ESFERA EMOTIVA<br />Silvano Arieti : O processo CRIATIVO consiste <br />numa síntese entre o pensamento primário e o pensamento secundário.<br /> ( Creativity,The Magic Syntesis )<br /> Atitudes<br />Emoções<br />Sentimentos<br />Intuição<br />Imaginação<br />Opiniões<br />Conhecimentos<br />Habilidades<br />Razão<br />Fatos & Dados<br />Técnicas<br />Domenico de Masi : O processo CRIATIVO é também síntese da esfera Racional e da esfera Emotiva. <br /> FANTASIA E CONCRETUDE<br />
  37. 37. CONCRETUDE<br />O processosecundário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento<br />da mentequandoestá DESPERTA<br /> e se serve da LÓGICA COMUM<br />PENSAMENTO <br />SECUNDÁRIO<br />- CONSCIENTE -<br />FANTASIA<br />O processo primário, para Freud, <br />é um modo de funcionamento <br />da PSIQUE, especialmente <br />da sua parte inconsciente<br />PENSAMENTO <br />PRIMÁRIO<br />- INCONSCIENTE -<br />ESFERA RACIONAL<br />ESFERA EMOTIVA<br />Silvano Arieti : O processo CRIATIVO consiste <br />numa síntese entre o pensamento primário e o pensamento secundário.<br /> ( Creativity,The Magic Syntesis )<br /> Atitudes<br />Emoções<br />Sentimentos<br />Intuição<br />Imaginação<br />Opiniões<br />Conhecimentos<br />Habilidades<br />Razão<br />Fatos & Dados<br />Técnicas<br />Domenico de Masi : O processo CRIATIVO é também síntese da esfera Racional e da esfera Emotiva. <br /> FANTASIA E CONCRETUDE<br />
  38. 38. Treze experiências extraordinárias de idealização coletiva<br /> A Casa Thonet<br /> Anton Dohrn e a Estação Zoológica de Nápoles<br /> O Círculo Matemático de Palermo<br /> O Instituto Pasteur de Paris<br /> O grupo de Bloomsbury<br /> A genialidade politécnica da Wiener Werkstate<br /> O Círculo Filosófico de Viena<br /> A criatividade racional da Bauhaus<br /> O Instituto de Pesquisa Social de Frankfurt<br /> Enrico Fermi e o grupo da rua Panisperna<br /> O Instituto Central de Restauração de Roma<br /> A Escola de Biologia de Cambridge<br /> O Projeto Manhattan em Los Alamos<br />
  39. 39. INOVAÇÃO INCREMENTAL ( > 95 % )<br />Melhoriascontínuas de idéias,<br />Produtos e Serviçosexistentes<br />KAIZEN<br />
  40. 40. KAI<br />ZEN <br />改善<br />Mudança<br />Melhor<br />

×