Gestão da Mudança Inovação

5.867 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação

Gestão da Mudança Inovação

  1. 1. Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu e MBA Gestão da Mudança e Inovação Prof. Paulo Campos Setembro, 2011Prof. Paulo Campos Gestão da Mudança e Inovação
  2. 2. Gestão da Mudança e Inovação Paulo Campos Joinville – SC Setembro de 2011Professor Paulo Campos Gestão da Mudança e Inovação
  3. 3. Gestão da Mudança e InovaçãoProf. Paulo Campos
  4. 4. Elementos Necessários para uma Mudança Programa de Visão Capacidade de Mudança Mudança Resultado Plano Visão Habilidades Incentivos Recursos Sucesso de AçãoPressão para mudar Plano Habilidades Incentivos Recursos de Ação Confusão Plano Visão Incentivos Recursos de Ação Ansiedade Plano Mudança Visão Habilidades Recursos de Ação Lenta Plano Visão Habilidades Incentivos de Ação Frustração Visão Habilidades Incentivos Recursos Aborto
  5. 5. Duas Visões de Mudança Analogia 1 – Águas Calmas A organização se assemelha a um grande navio atravessando as águas calmas do mar Mediterrâneo em direção a um porto específico. O capitão já fez essa viagem centenas de vezes e com a mesma tripulação. De vez em quando, contudo, o navio se depara com uma tormenta, e a tripulação tem que responder a crise. O capitão faz os ajustes necessários – ou seja, implementa as mudanças – e, com suas manobras em meio a tempestade, faz o navio retornar as suas águas calmas. A implementação de mudanças em uma organização deve ser vista como resposta à quebra do status quo, necessária apenas em determinada situações.Robbins, 2003
  6. 6. Duas Visões de Mudança Analogia 2 – Águas Turbulentas A organização não se assemelha a um grande navio, mas sim a um bote. Em vez de navegar mares de águas calmas, o bote precisa atravessar um perigoso rio, formado por corredeiras ininterruptas. Para dificultar a situação, a embarcação é manejada por dez pessoas que nunca viajaram juntas e que não conhecem o percurso do rio, a maior parte da travessia é feita no escuro, o rio é repleto de curvas e obstáculos inesperados, o destino não é muito preciso e em várias ocasiões o bote precisa atracar na margem para que alguns tripulantes saiam e outros entrem. A mudança é um estado natural e administrá-la é um processo contínuo.Robbins, 2003
  7. 7. Tema para debate Quais as principais mudanças que estão ocorrendo nos seguintes cenários?• ECONÔMICO• TECNOLÓGICO• RELAÇÕES DE PODER ENTRE AS PESSOAS• VALORES
  8. 8. Tipos de organização:• Aquelas que farão as coisas acontecerem. acontecerem.• Aquelas que acham que já fazem as coisas acontecerem. contecerem.• Aquelas que observam as coisas acontecerem. acontecerem.• Aquelas que se surpreendem quando as coisas acontecem. acontecem.• E, aquelas que não saberão o que aconteceu. aconteceu
  9. 9. A escolha é sua... Responsabilidade e •Assumir a liderança •Fazer o que for precisoAtitude de Iniciativa Agente •Obter os resultados desejados •Encontrar as soluções Solução de Problemas •Explorar as alternativas •Envolver os outros de maneira construtiva Aceitação •Desculpar-se (e só) •Pedir esclarecimentos •Admitir que existe um problema •Demonstrar aceitação superficialmente Espera e Esperança •Acreditar que o problema se extinguirá •Esperar que outra pessoa solucione oAtitude de problema vítima •Justificar ações e decisões Culpa e Justificativa •Encontrar a culpa nos outros •Desacreditar as idéias e as contribuições dos outros •Negar a existência do problema •Não ouvir Desconhecimento •Não se envolver
  10. 10. A Mudança e a Curva de Transição Foco no ambiente Negação ComprometimentoPassado Futuro Resistência Exploração Foco no Eu
  11. 11. Passando pela curva de transição Perceba sua negação Identifique a realidade da situação: Curva de Transição Foco no ambiente Negação Comprometimento1. O que está mudando?2. Quais são as causas? Passado Futuro3. Quais são os efeitos? Resistência Exploração Foco no Eu
  12. 12. Passando pela curva de transição Sinta sua resistência Reconheça seus sentimentos com relação a mudança: Curva de Transição1. Escute a si mesmo Foco no ambiente2. Reconheça o que você Negação Comprometimento está perdendo ou ganhando Passado Futuro3. Expresse os seus sentimento Resistência Exploração Foco no Eu
  13. 13. Passando pela curva de transição Reformule sua exploração Visualize a situação de uma perspectiva diferente: Curva de Transição Foco no ambiente1. Procure oportunidades Negação Comprometimento2. Imagine resultados3. Faça as melhores Passado Futuro coisas agora Resistência Exploração Foco no Eu
  14. 14. Passando pela curva de transição Concentre em seu comprometimento Concentre sua energia onde você pode fazer a diferença: Curva de Transição1. Opere em questões que você pode Foco no ambiente controlar Negação Comprometimento2. Deixe para lá o que você não pode controlar Passado Futuro3. Aumente a sua influência Resistência Exploração Foco no Eu
  15. 15. Alto Fluxo Ansiedade E Flow Desafios C D A B MarasmoBaixo Habilidades Alto
  16. 16. Características de uma organização que aprende 1. Existe uma visão compartilhada com a qual todos concordam. 2. As pessoas abrem mão de velhas idéias e das rotinas padronizadas por meio das quais solucionam as problemas ou realizam seu trabalho. 3. Os membros da organização pensam em todos os processos, atividades, funções organizacionais e interações com o ambiente como parte de um sistema de inter-relacionamentos. 4. A comunicação é aberta (vertical e horizontalmente) e não hámedo de criticas ou punições. 5. As pessoas sublimam os interesses pessoais e os de seus departamentos em prol do trabalho conjunto para alcançar a visão compartilhada da organização.Senge, 1996
  17. 17. COMPORTAMENTOS ESSENCIAS PARA UM LÍDER (Ram Charam) 1. Conheça seu pessoal e sua empresa 2. Insista no realismo 3. Estabeleça metas e prioridades claras 4. Conclua o que foi planejado 5. Recompense quem faz 6. Amplie as habilidades das pessoas (orientação) 7. Conheça a si próprioFonte: Charam, 2004
  18. 18. ´

×