Sistema digestivo

2.038 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.038
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema digestivo

  1. 1. Sistema Digestivo
  2. 2. Sistema Digestivo - Função O organismo humano recebe os nutrientes através dos alimentos. Estes alimentos têm de ser transformados em substâncias utilizáveis, envolvendo vários fenómenos físicos e químicos. Estes fenómenos ocorrem ao longo do tubo digestivo com o auxílio de vários órgãos que lançam nele os seus produtos.
  3. 3. Sistema Digestivo (conclusão): Tem como função retirar dos alimentos ingeridos os nutrientes necessários para o desenvolvimento e a manutenção do organismo , isto é , o tubo digestivo tem a função de transformar alimentos em nutrientes e absorvê-los.
  4. 4. Sistema Digestivo - Constituíção O sistema digestivo é constituído pelo tubo digestivo e pelos órgãos anexos.
  5. 5. Sistema Digestivo  Boca  órgão inicial do tubo digestivo;  órgão constituído pela língua, dentes, lábios e bochechas.
  6. 6. Sistema Digestivo Glândulas Salivares  produzem saliva que possui enzimas digestivas (amilase salivar / ptialina). A saliva facilita a deglu- tição.
  7. 7. Sistema Digestivo Faringe  porção do tubo digestivo que faz a ligação entre a boca e o esófago. Esófago  Tubo musculoso que conduz os alimentos ao estômago.
  8. 8. Sistema Digestivo Cárdia  EstômagoPiloro  é um órgão em forma de bolsa, de parede muito musculosa, onde os alimentos perma- necem cerca de 2 a 3 horas. Delimitado por duas aberturas: a Cárdia e o Piloro.
  9. 9. Sistema Digestivo Intestino Delgado  porção mais longa do tubo digestivo, tem 6 a 7 metros de comprimento, razão pela qual se encontra dobrado várias vezes sobre si.  é formado pelo duodeno (segmento inicial, que se segue ao estômago e que recebe os sucos produzidos pelo fígado e pelo pâncreas) e pelo jejuno- íleo (zona de absorção digestiva).
  10. 10. Sistema Digestivo – Intestino Delgado
  11. 11. Sistema Digestivo Fígado  Pâncreas  segrega ácidos  produz o suco pan- biliares, que se con- creático lançando-o no centram na vesicula duodeno. biliar, para formar a bílis .
  12. 12. Sistema Digestivo Intestino Grosso  apresenta um diâmetro maior que o intestino delgado e tem 1,5 metros de comprimento.  não é enrolado, sendo formado pelo cólon ascendente, cólon transverso e cólon des- cendente. Este último termina no recto que abre para o exterior pelo ânus.
  13. 13. Digestão – como tudo acontece… Os alimentos sofrem, durante a digestão, uma acção mecânica e uma acção química. A acção mecânica é desenvolvida pela língua, pelos dentes e pelos movimentos peristálticos que ocorrem ao longo de todo o tubo digestivo. A acção química é provocada pelos sucos digestivos (possuem enzimas) produzidos pelos diferentes órgãos do sistema digestivo
  14. 14. Digestão na boca… - Onde tudo começa Mastigação  os dentes trituram e moem os alimentos. Insalivação  os alimentos são misturados com a saliva produzida pelas glândulas salivares. A acção da saliva e dos dentes permite transformar cada pedaço de alimento numa massa em forma de bolo – o bolo alimentar.
  15. 15. Deglutição O bolo alimentar é empurrado pela língua em direcção à faringe. A úvula distende-se e tapa as fossas nasais, sendo o bolo alimentar empurrado para a faringe.
  16. 16. Deglutição (cont.)  Na faringe a a epiglote tapa o acesso às vias respiratórias, seguindo o bolo alimentar para o esófago.  Esta passagem do bolo alimentar da boca para a faringe e esófago dá-se o nome de deglutição.
  17. 17. Movimentos Peristálticos A progressão do bolo alimentar faz-se através de contracções, em ondas, dos músculos da parede do esófago.
  18. 18. Digestão no estômago – Um banho de ácido O bolo alimentar é transformado antes de passar ao intestino delgado. As paredes do estômago estão forradas por glândulas gástricas que segregam o suco gástrico (contém enzimas, ácido clorídrico, muco). Os movimentos peristálticos permitem misturar os alimentos com o suco gástrico, originando uma mistura líquida – o quimo.
  19. 19. Digestão no intestino delgado - Por fim,um trajecto sinuoso No intestino delgado ocorrem as últimas fases da digestão, mas também as mais importantes. Quando o quimo passa para o duodeno, estimula a secreção do suco intestinal que contém várias enzimas. Também o fígado lança o suco biliar, que não é enzimático, e o suco pancreático produzido no pâncreas.
  20. 20. Digestão no intestino delgado - Por fim,um trajecto sinuoso (cont.)  Os nutrientes encontram-se agora na sua forma mais simples e em conjunto com as substâncias que não sofreram digestão (água, vitaminas, sais minerais, celulose) formam o quilo.  O intestino delgado é a principal área de absorção dos nutrientes.  A absorção é muito eficiente devido à presença das válvulas coniventes (pregas) e das vilosidades intesti- nais
  21. 21. Absorção – Ultrapassando a barreira  Cada uma dessas pregas apre- senta pequenas saliências em forma de dedo de luva – as vilosidades intestinais, que por sua vez possuem expan- sões – as microvilosidades.  Cada vilosidade contém capi- lares sanguíneos e realiza uma absorção selectiva dos nutrientes.
  22. 22. Absorção - Intestino Grosso As substâncias não digeridas passam para o intestino grosso misturadas com água. Aqui ocorrerá a absorção da maior quantidade possível de água. No intestino grosso podemos encontrar algumas bactérias que desempenham um importante papel no fabrico de certas vitaminas que depois são absorvidas pelo sangue. Os restos dos alimentos formam as fezes que serão expulsas pelo ânus.

×