SlideShare uma empresa Scribd logo

A Vida de Leonardo da Vinci - Fichamento de filme 220412

Fichamento do filme A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos: 2012 Documentário BBC - A Vida de Leonardo da Vinci Documentário 2012 - Philippe Leroy, Mario Molli, Ann Odessa, Glauco Onorato, Renzo Rossi, Filippo Scelzo, James Werner, A Vida de Leonardo da Vinci.

1 de 20
Baixar para ler offline
Autoria do Discente Ricardo Laub Jr.




Aluno: Ricardo Julio Jatahy
Laub Junior

UFMT – ICHS - Curso
Licenciatura em História

Disciplina: História Moderna I
– 2012 / 1

Professor  Doutor                  Otávio
Canavarros

            http://historinhasdamedicina.blogspot.co
               m.br/2011/08/leonardo-da-vinci-o-
                        anatomista_16.html


 Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
Autoria do Discente Ricardo Laub Jr.




                                  Provável autorretrato de Leonardo da Vinci,
                                            cerca de 1512 a 1515.
                                   Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
Autoria do Discente Ricardo Laub Jr.




                                                             O Batismo de Cristo (1472–1475)—Uffizi, de
                                                                       Verrocchio e Leonardo
                                                               Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.



Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
Autoria do Discente Ricardo Laub Jr.


Objeto do Autor: A vida e obra de Leonardo da Vinci.

Objetivo do Autor: Mostrar através de atores, entrevistadores e especialistas
estudiosos da vida de Leonardo da Vince, num cenário da época renascentista, a sua
influencia para aquele importante contexto de transformação do mundo feudal em um
mundo moderno, e de toda a sua produção científica, artística, elementos da vida
privada e cotidiana realizados na sua longa trajetória de vida e como isso tem relação e
ou influenciou inventores e pesquisadores após sua morte.

Metodologia do Autor: Apresentação em Vídeo, Pesquisa Bibliográfica, Entrevistas,
Testes Empíricos, Testes científicos, Documentos Históricos, Monumentos.



                                                      http://historinhasdamedicina.blogspot.com.br/2
                                                                 011/08/leonardo-da-vinci-o-
                                                                     anatomista_16.html


  Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
Autoria do Discente Ricardo Laub Jr.


Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci - A vida e as Invenções do
Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC)

                                    Introdução
Este documentários produzido pela BBC discorre sobre a vida e obra do grande
artista e inventor italiano Leonardo di Ser Piero da Vinci, mais conhecido, “Leonardo
da Vinci”, do seu nascimento até sua morte. (Anchiano, 15 de abril de 1452 –
 Amboise, 2 de maio de 1519). “Leonardo da Vinci” era uma personalidade erudita
do Alto Renascimento, destacou-se como cientista, matemático, engenheiro, inventor,
anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico. Representante
importante do homem renascentista, considerado um dos maiores pintores de todos
os tempos e possuidor de talentos diversificados.

 Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
Autoria do Discente Ricardo Laub Jr.



Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo
da Vinci- A vida e as Invenções do Homem
mais curioso de todos os Tempos – (BBC)

O filme inicia com a apresentação de Leonardo da
Vinci, filho ilegítimo, proveniente de um
relacionamento entre seu pai, Messer Piero
Fruosino di Antonio da Vinci, um notário florentino,
e Caterina, uma camponesa que pode ter sido
uma escrava oriunda do Oriente Médio, que
influenciara sua vida toda, pois ser bastardo o
impedia de ter acesso a língua grega e latina e seus
escritos, o que em nada o impediu de ser
considerado a primeira mente moderna da história.
                                                                   A Virgem dos Rochedos
                                                                      Versão do Louvre
                                                                      (Primeira Versão)
                                                                         1483-1486

Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros

Recomendados

Modelo de relatorio
Modelo de relatorioModelo de relatorio
Modelo de relatorioatja12
 
Psic 10º ano m1 - evolução da psicologia
Psic 10º ano   m1 - evolução da psicologiaPsic 10º ano   m1 - evolução da psicologia
Psic 10º ano m1 - evolução da psicologiaJorge Machado
 
Elaborar biografia
Elaborar biografiaElaborar biografia
Elaborar biografiaamelasa
 
Relatório de estágio cursos profissionais
 Relatório de estágio  cursos profissionais Relatório de estágio  cursos profissionais
Relatório de estágio cursos profissionaisAlzira Figueiredo
 
Como fazer uma apresentação oral de um livro 2
Como fazer uma apresentação oral de um livro 2Como fazer uma apresentação oral de um livro 2
Como fazer uma apresentação oral de um livro 2Graça Moutinho
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe
Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan PoeHistórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe
Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan PoeAlexandralicious
 
Como elaborar um relatório de estágio
Como elaborar um relatório de estágioComo elaborar um relatório de estágio
Como elaborar um relatório de estágioMariajoao F Silva
 
Relatório do filme "A Vida é Bela"
Relatório do filme "A Vida é Bela"Relatório do filme "A Vida é Bela"
Relatório do filme "A Vida é Bela"Mariana Santos
 
Como fazer uma apresentação oral?
Como fazer uma apresentação oral?Como fazer uma apresentação oral?
Como fazer uma apresentação oral?becastanheiradepera
 
Pedro alecrim resumos.
Pedro alecrim   resumos.Pedro alecrim   resumos.
Pedro alecrim resumos.manuela016
 
Memória descritiva
Memória descritivaMemória descritiva
Memória descritivamadaoomt
 
Erikson e o desenvolvimento psicossocial
Erikson e o desenvolvimento psicossocialErikson e o desenvolvimento psicossocial
Erikson e o desenvolvimento psicossocialpsicologiaazambuja
 
ReflexãO Individual Ana Santos
ReflexãO Individual   Ana SantosReflexãO Individual   Ana Santos
ReflexãO Individual Ana SantosAnaSAnaO
 
Descritores da Língua Portuguesa 5º ano (Teoria)
Descritores da Língua Portuguesa 5º ano (Teoria)Descritores da Língua Portuguesa 5º ano (Teoria)
Descritores da Língua Portuguesa 5º ano (Teoria)Prof Barbosa
 
Sessão 5. Cenários de aprendizagem
Sessão 5. Cenários de aprendizagem Sessão 5. Cenários de aprendizagem
Sessão 5. Cenários de aprendizagem Fernanda Ledesma
 
Oliver twist ficha
Oliver twist fichaOliver twist ficha
Oliver twist fichaziquinha
 
Plano de curso 9 ano
Plano de curso 9 anoPlano de curso 9 ano
Plano de curso 9 anoJaiza Nobre
 

Mais procurados (20)

Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe
Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan PoeHistórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe
Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe
 
Como elaborar um relatório de estágio
Como elaborar um relatório de estágioComo elaborar um relatório de estágio
Como elaborar um relatório de estágio
 
Caderno prof ing_fund
Caderno prof ing_fundCaderno prof ing_fund
Caderno prof ing_fund
 
Relatório do filme "A Vida é Bela"
Relatório do filme "A Vida é Bela"Relatório do filme "A Vida é Bela"
Relatório do filme "A Vida é Bela"
 
Como fazer uma apresentação oral?
Como fazer uma apresentação oral?Como fazer uma apresentação oral?
Como fazer uma apresentação oral?
 
Atitude suspeita
Atitude suspeitaAtitude suspeita
Atitude suspeita
 
Pedro alecrim resumos.
Pedro alecrim   resumos.Pedro alecrim   resumos.
Pedro alecrim resumos.
 
Memória descritiva
Memória descritivaMemória descritiva
Memória descritiva
 
Erikson e o desenvolvimento psicossocial
Erikson e o desenvolvimento psicossocialErikson e o desenvolvimento psicossocial
Erikson e o desenvolvimento psicossocial
 
ReflexãO Individual Ana Santos
ReflexãO Individual   Ana SantosReflexãO Individual   Ana Santos
ReflexãO Individual Ana Santos
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Smog
SmogSmog
Smog
 
Descritores da Língua Portuguesa 5º ano (Teoria)
Descritores da Língua Portuguesa 5º ano (Teoria)Descritores da Língua Portuguesa 5º ano (Teoria)
Descritores da Língua Portuguesa 5º ano (Teoria)
 
O meu livro é 5 estrelas
O meu livro é 5 estrelasO meu livro é 5 estrelas
O meu livro é 5 estrelas
 
As aventuras de joão sem medo imagens
As aventuras de joão sem medo imagensAs aventuras de joão sem medo imagens
As aventuras de joão sem medo imagens
 
2º ata reunião encarregados de educação
2º ata   reunião  encarregados de educação2º ata   reunião  encarregados de educação
2º ata reunião encarregados de educação
 
Sessão 5. Cenários de aprendizagem
Sessão 5. Cenários de aprendizagem Sessão 5. Cenários de aprendizagem
Sessão 5. Cenários de aprendizagem
 
Oliver twist ficha
Oliver twist fichaOliver twist ficha
Oliver twist ficha
 
Plano de curso 9 ano
Plano de curso 9 anoPlano de curso 9 ano
Plano de curso 9 ano
 

Destaque

Fichamento de um filme exemplo
Fichamento de um filme   exemploFichamento de um filme   exemplo
Fichamento de um filme exemploProwerewolf
 
Bibliografia - Leonardo da Vinci
Bibliografia - Leonardo da VinciBibliografia - Leonardo da Vinci
Bibliografia - Leonardo da Vincigeehrodrigues
 
10. escultura renacentista
10.  escultura  renacentista10.  escultura  renacentista
10. escultura renacentistarurenagarcia
 
Como fazer fichas resumos e resenhas.doc (2)
Como fazer fichas resumos e resenhas.doc (2)Como fazer fichas resumos e resenhas.doc (2)
Como fazer fichas resumos e resenhas.doc (2)Taii Amaral
 
Resenha FILME MEU NOME É JONAS
Resenha FILME MEU NOME É JONASResenha FILME MEU NOME É JONAS
Resenha FILME MEU NOME É JONASRaedja Guimarães
 
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e SinópseGêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e SinópseGislene Vidal
 
Modelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em wordModelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em wordMister B
 

Destaque (10)

Fichamento de um filme exemplo
Fichamento de um filme   exemploFichamento de um filme   exemplo
Fichamento de um filme exemplo
 
Bibliografia - Leonardo da Vinci
Bibliografia - Leonardo da VinciBibliografia - Leonardo da Vinci
Bibliografia - Leonardo da Vinci
 
Fichamento de Projetos
Fichamento de ProjetosFichamento de Projetos
Fichamento de Projetos
 
10. escultura renacentista
10.  escultura  renacentista10.  escultura  renacentista
10. escultura renacentista
 
Como fazer fichas resumos e resenhas.doc (2)
Como fazer fichas resumos e resenhas.doc (2)Como fazer fichas resumos e resenhas.doc (2)
Como fazer fichas resumos e resenhas.doc (2)
 
Resenha FILME MEU NOME É JONAS
Resenha FILME MEU NOME É JONASResenha FILME MEU NOME É JONAS
Resenha FILME MEU NOME É JONAS
 
Quadro dos pronomes
Quadro dos pronomesQuadro dos pronomes
Quadro dos pronomes
 
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e SinópseGêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
 
Modelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em wordModelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em word
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
 

Semelhante a A Vida de Leonardo da Vinci - Fichamento de filme 220412

Semelhante a A Vida de Leonardo da Vinci - Fichamento de filme 220412 (20)

Leonardo da Vinci
Leonardo da VinciLeonardo da Vinci
Leonardo da Vinci
 
6 renascimento leo
6 renascimento leo6 renascimento leo
6 renascimento leo
 
LEONARDO DA VINCI
LEONARDO DA VINCILEONARDO DA VINCI
LEONARDO DA VINCI
 
Renascimento europeu
Renascimento europeuRenascimento europeu
Renascimento europeu
 
classicismo.pdf
classicismo.pdfclassicismo.pdf
classicismo.pdf
 
Leonardo da Vinci
Leonardo da VinciLeonardo da Vinci
Leonardo da Vinci
 
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
Leonardo%20di%20ser%20 piero%20da%20vinci %20lázaro[1]
 
Leo
LeoLeo
Leo
 
Leo
LeoLeo
Leo
 
Leo
LeoLeo
Leo
 
Leonardo da vinci PELO DIOGO LOPES
Leonardo da vinci   PELO DIOGO LOPESLeonardo da vinci   PELO DIOGO LOPES
Leonardo da vinci PELO DIOGO LOPES
 
Leonardoda Vinci1
Leonardoda Vinci1Leonardoda Vinci1
Leonardoda Vinci1
 
Leonardoda Vinci
Leonardoda VinciLeonardoda Vinci
Leonardoda Vinci
 
O Sfumato de Leonardo Da Vinci
O Sfumato de Leonardo Da Vinci O Sfumato de Leonardo Da Vinci
O Sfumato de Leonardo Da Vinci
 
C:\Fakepath\Da Vinci Educa
C:\Fakepath\Da Vinci EducaC:\Fakepath\Da Vinci Educa
C:\Fakepath\Da Vinci Educa
 
Da Vinci Educa
Da Vinci EducaDa Vinci Educa
Da Vinci Educa
 
Leonardo da Vinci
Leonardo da VinciLeonardo da Vinci
Leonardo da Vinci
 
Leonardo Da Vinci
Leonardo Da VinciLeonardo Da Vinci
Leonardo Da Vinci
 
Leonardo Da Vinci
Leonardo Da VinciLeonardo Da Vinci
Leonardo Da Vinci
 
Leonardo Da Vinci
Leonardo Da VinciLeonardo Da Vinci
Leonardo Da Vinci
 

Mais de UFMT Universidade Federal de Mato Grosso

Esquema: Correntes políticas da Religião no Século XVII - Revolução Inglesa
Esquema: Correntes políticas da Religião no Século XVII - Revolução InglesaEsquema: Correntes políticas da Religião no Século XVII - Revolução Inglesa
Esquema: Correntes políticas da Religião no Século XVII - Revolução InglesaUFMT Universidade Federal de Mato Grosso
 
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...UFMT Universidade Federal de Mato Grosso
 
AS POSIÇÕES POLÍTICAS DE JEAN-PAUL SARTRE E O TERCEIRO MUNDO (1947-1979)
AS POSIÇÕES POLÍTICAS DE JEAN-PAUL SARTRE E O TERCEIRO MUNDO (1947-1979) AS POSIÇÕES POLÍTICAS DE JEAN-PAUL SARTRE E O TERCEIRO MUNDO (1947-1979)
AS POSIÇÕES POLÍTICAS DE JEAN-PAUL SARTRE E O TERCEIRO MUNDO (1947-1979) UFMT Universidade Federal de Mato Grosso
 
GASOLINA, PARTICIPAÇÃO NA FORMAÇÃO DA ESTRUTURA SOCIAL DE APROPRIAÇÃO PARA O ...
GASOLINA, PARTICIPAÇÃO NA FORMAÇÃO DA ESTRUTURA SOCIAL DE APROPRIAÇÃO PARA O ...GASOLINA, PARTICIPAÇÃO NA FORMAÇÃO DA ESTRUTURA SOCIAL DE APROPRIAÇÃO PARA O ...
GASOLINA, PARTICIPAÇÃO NA FORMAÇÃO DA ESTRUTURA SOCIAL DE APROPRIAÇÃO PARA O ...UFMT Universidade Federal de Mato Grosso
 
o desenvolvimento da competência narrativa na aprendizagem histórica: uma hip...
o desenvolvimento da competência narrativa na aprendizagem histórica: uma hip...o desenvolvimento da competência narrativa na aprendizagem histórica: uma hip...
o desenvolvimento da competência narrativa na aprendizagem histórica: uma hip...UFMT Universidade Federal de Mato Grosso
 

Mais de UFMT Universidade Federal de Mato Grosso (20)

Esquema: Correntes políticas da Religião no Século XVII - Revolução Inglesa
Esquema: Correntes políticas da Religião no Século XVII - Revolução InglesaEsquema: Correntes políticas da Religião no Século XVII - Revolução Inglesa
Esquema: Correntes políticas da Religião no Século XVII - Revolução Inglesa
 
Por Uma História Política - Réne Rémond
Por Uma História Política - Réne RémondPor Uma História Política - Réne Rémond
Por Uma História Política - Réne Rémond
 
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
 
AS POSIÇÕES POLÍTICAS DE JEAN-PAUL SARTRE E O TERCEIRO MUNDO (1947-1979)
AS POSIÇÕES POLÍTICAS DE JEAN-PAUL SARTRE E O TERCEIRO MUNDO (1947-1979) AS POSIÇÕES POLÍTICAS DE JEAN-PAUL SARTRE E O TERCEIRO MUNDO (1947-1979)
AS POSIÇÕES POLÍTICAS DE JEAN-PAUL SARTRE E O TERCEIRO MUNDO (1947-1979)
 
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
 
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 6
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 6Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 6
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 6
 
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 5
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 5Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 5
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 5
 
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 4
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 4Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 4
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 4
 
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 3
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 3Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 3
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 3
 
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 2
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 2Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 2
Relatório Comissão Rondon Volume 2 - Parte 2
 
Relatório da Comissão Rondon Vol. 02 -1907 a 1910
Relatório da Comissão Rondon Vol. 02 -1907 a 1910Relatório da Comissão Rondon Vol. 02 -1907 a 1910
Relatório da Comissão Rondon Vol. 02 -1907 a 1910
 
Joan Scott e Michelle Perrot - Gênero
Joan Scott e Michelle Perrot - GêneroJoan Scott e Michelle Perrot - Gênero
Joan Scott e Michelle Perrot - Gênero
 
MODELO Dissertação mestrado 2017 da UFMT - PPGHIS - Mestrado História
MODELO Dissertação mestrado 2017 da UFMT - PPGHIS - Mestrado HistóriaMODELO Dissertação mestrado 2017 da UFMT - PPGHIS - Mestrado História
MODELO Dissertação mestrado 2017 da UFMT - PPGHIS - Mestrado História
 
A Política e a sua Essência Prática
A Política e a sua Essência PráticaA Política e a sua Essência Prática
A Política e a sua Essência Prática
 
FICHA DE CITAÇÕES TRISTES TRÓPICOS - LÉVI-STRAUSS
FICHA DE CITAÇÕES TRISTES TRÓPICOS - LÉVI-STRAUSSFICHA DE CITAÇÕES TRISTES TRÓPICOS - LÉVI-STRAUSS
FICHA DE CITAÇÕES TRISTES TRÓPICOS - LÉVI-STRAUSS
 
História Cultural para a Análise Historiográfica
História Cultural para a Análise HistoriográficaHistória Cultural para a Análise Historiográfica
História Cultural para a Análise Historiográfica
 
Memória - Ensaio do Livro História e Memória - Le Goff
Memória - Ensaio do Livro História e Memória - Le GoffMemória - Ensaio do Livro História e Memória - Le Goff
Memória - Ensaio do Livro História e Memória - Le Goff
 
GASOLINA, PARTICIPAÇÃO NA FORMAÇÃO DA ESTRUTURA SOCIAL DE APROPRIAÇÃO PARA O ...
GASOLINA, PARTICIPAÇÃO NA FORMAÇÃO DA ESTRUTURA SOCIAL DE APROPRIAÇÃO PARA O ...GASOLINA, PARTICIPAÇÃO NA FORMAÇÃO DA ESTRUTURA SOCIAL DE APROPRIAÇÃO PARA O ...
GASOLINA, PARTICIPAÇÃO NA FORMAÇÃO DA ESTRUTURA SOCIAL DE APROPRIAÇÃO PARA O ...
 
o desenvolvimento da competência narrativa na aprendizagem histórica: uma hip...
o desenvolvimento da competência narrativa na aprendizagem histórica: uma hip...o desenvolvimento da competência narrativa na aprendizagem histórica: uma hip...
o desenvolvimento da competência narrativa na aprendizagem histórica: uma hip...
 
Costumes em Comum Edward P. Thompson x Gramsci – Um Dialogo Difícil
Costumes em Comum   Edward P. Thompson x Gramsci – Um Dialogo DifícilCostumes em Comum   Edward P. Thompson x Gramsci – Um Dialogo Difícil
Costumes em Comum Edward P. Thompson x Gramsci – Um Dialogo Difícil
 

Último

2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdfJanielleCristina1
 

Último (20)

2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
 

A Vida de Leonardo da Vinci - Fichamento de filme 220412

  • 1. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Aluno: Ricardo Julio Jatahy Laub Junior UFMT – ICHS - Curso Licenciatura em História Disciplina: História Moderna I – 2012 / 1 Professor Doutor Otávio Canavarros http://historinhasdamedicina.blogspot.co m.br/2011/08/leonardo-da-vinci-o- anatomista_16.html Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 2. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Provável autorretrato de Leonardo da Vinci, cerca de 1512 a 1515. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 3. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. O Batismo de Cristo (1472–1475)—Uffizi, de Verrocchio e Leonardo Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 4. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Objeto do Autor: A vida e obra de Leonardo da Vinci. Objetivo do Autor: Mostrar através de atores, entrevistadores e especialistas estudiosos da vida de Leonardo da Vince, num cenário da época renascentista, a sua influencia para aquele importante contexto de transformação do mundo feudal em um mundo moderno, e de toda a sua produção científica, artística, elementos da vida privada e cotidiana realizados na sua longa trajetória de vida e como isso tem relação e ou influenciou inventores e pesquisadores após sua morte. Metodologia do Autor: Apresentação em Vídeo, Pesquisa Bibliográfica, Entrevistas, Testes Empíricos, Testes científicos, Documentos Históricos, Monumentos. http://historinhasdamedicina.blogspot.com.br/2 011/08/leonardo-da-vinci-o- anatomista_16.html Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 5. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci - A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Introdução Este documentários produzido pela BBC discorre sobre a vida e obra do grande artista e inventor italiano Leonardo di Ser Piero da Vinci, mais conhecido, “Leonardo da Vinci”, do seu nascimento até sua morte. (Anchiano, 15 de abril de 1452 – Amboise, 2 de maio de 1519). “Leonardo da Vinci” era uma personalidade erudita do Alto Renascimento, destacou-se como cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico. Representante importante do homem renascentista, considerado um dos maiores pintores de todos os tempos e possuidor de talentos diversificados. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 6. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) O filme inicia com a apresentação de Leonardo da Vinci, filho ilegítimo, proveniente de um relacionamento entre seu pai, Messer Piero Fruosino di Antonio da Vinci, um notário florentino, e Caterina, uma camponesa que pode ter sido uma escrava oriunda do Oriente Médio, que influenciara sua vida toda, pois ser bastardo o impedia de ter acesso a língua grega e latina e seus escritos, o que em nada o impediu de ser considerado a primeira mente moderna da história. A Virgem dos Rochedos Versão do Louvre (Primeira Versão) 1483-1486 Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 7. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Um gênio criativo, inventivo e artista que irá se destacar como pintor, projetou diversas armas de guerra, obras de rara beleza como a Mona Lisa, pensou maquinas voadoras. Suas ideias quase sempre foram descartadas, mas nesse documentário, a BBC testa de forma cientifica algumas de suas maiores invenções que foram precursoras, direta ou indiretamente de invenções como o Tanque de Guerra, o paraquedas, o escafandro, e a asa delta. A Virgem dos Rochedos (Versão Cheramy) (1494-1497) Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 8. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Com características diferenciais Leonardo Da Vinci não apenas escreve com a mão esquerda, mas também de trás para a frente, transforma-se em um ser reservado e numa figura curiosa e exploradora de tudo a seu redor, a natureza como um todo, uma admiração especial pelo voo dos pássaros. Fonte: http://www.voxdei.org.br/invencoes.htm Deixando muitas anotações riquíssimas sobre como fazer o homem voar. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 9. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Em 1460, seu pai muda-se com ele para Florença, uma cidade tida naquele contexto daquele momento como centro do mundo civilizado, da cultura e da ciência, berço do renascimento, cheia de talentos, mas também uma época de grande conflito, violência e dificuldades. Leonardo tinha sentimentos ambivalentes sobre a violência do homem, ainda assim projetou armas terríveis para o piores tiranos da época. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 10. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Ainda jovem não podendo ser médico nem advogado por ser filho ilegítimo, Leonardo seguiu para o oficio de artista, cargo que era comparado a um alfaiate na época, que não era uma atividade de elite, que um dia ele aspirava um dia ser, assim foi ser aprendiz de Andrea Del Verrocchio, um importante escultor e artesão onde cresceu e se desenvolveu. Andrea Del Verrocchio - O Batismo de Cristo. Leonardo Da Vinci pintou o pequeno anjo na extrema esquerda. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 11. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Anatomia “A formação de Leonardo da anatomia do corpo humano iniciou-se com o seu aprendizado no ateliê de Andrea del Verrocchio, seu mestre insistia que todos os alunos deviam aprender anatomia. Como artista, ele rapidamente se tornou mestre da anatomia topográfica, realizando muitos estudos de músculos, tendões e outras características anatômicas visíveis”. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 12. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Nesse momento em que sua carreira começa a decolar, Leonardo se envolve em um escândalo sexual, provavelmente ele era homossexual e em 1476 ele foi acusado de sodomia, por sorte recebe uma pena leve, pois um dos jovens que o acompanhava era filho de um nobre influente. Isso o deixou mais reservado e em 1482 para a cidade de Milão. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 13. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Um deles, Ludovico Sforza, governante temido e tirano reconhecidamente distante do povo, proveniente de uma família de mercenários que estavam tentando arrastar a cidade de Milão para o renascimento. Neste contexto que Leonardo chega a sua corte com a intenção de ser bem vindo, porém teria de ser cauteloso, Ludovico era megalomaníaco e perigoso, vivia rodeado de artistas, astrólogos e engenheiros. Apesar de Conseguir o emprego, não era de fato valorizado como engenheiro. Ludovico Sforza (pintura de Giovanni Ambrogio de Predis). Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 14. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Recebeu a tarefa de projetar o esgoto do banheiro da Duquesa, entre outras tarefas e a de organizar as festas dos Sforza. Milão foi o local onde ele mais trabalhou para si mesmo avançando os limites da ciência, e onde fez descobertas preciosas. Como observar o funcionamento dos olhos humanos e desenvolver maquinas para a agricultura e para guerra, como inventos terríveis a exemplo das foices que cortam pernas e tanques mortíferos. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 15. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Foi em Milão que Leonardo da Vince admitiu Giacomo Caprotti (Salai), como aprendiz em 1490, esse com quem veio ter uma grande relação emocional, talvez a mais importantes na sua vida, a ponto de Salai herdar muitas de suas pinturas. Nesse momento completa duas de suas obras primas. Uma delas um dos grandes retratos da renascença o de Cecília Gallerani, amante de Ludovico Sforza . Retrato de Cecília Gallerani, Dama com Arminho. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 16. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Em 1495 fazia 13 anos que Leonardo trabalhava para os Sforza, quando recebeu a incumbência de pintar a Última Ceia no mosteiro de Santa Maria delle Grazie, como de costume resolveu inovar nas técnica de se pintar sobre gesso, mudando o processo de forma a poder demorar mais na pintura, o que consumiu mais de um ano de trabalho, acabando em 1498. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 17. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) “Entre as obras realizadas por Leonardo na década de 1500 está um pequeno retrato, conhecido como Mona Lisa ou La Gioconda, "a risonha". A pintura é famosa principalmente pelo sorriso elusivo no rosto da retratada, e pela qualidade misteriosa, possivelmente provocada pelo fato de que o artista sombreou sutilmente os cantos de sua boca e olhos, para que a natureza exata do sorriso não pudesse ser determinada”. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Mona Lisa (1503-1507—Louvre) Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 18. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) Em 1512, Leonardo viu-se sem patrono, após as expulsão das tropas francesas. Em 1513, Giuliano de' Médici, o então chefe do estado de Florença, Salai, criado de convida Leonardo viajar Leonardo da Vinci, como São João a Roma. Giuliano é tido como Batista(c. 1514) — Louvre. um dos mais perigoso tiranos da Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre época. Onde fica até 1516 e depois vai para França onde vive seu últimos dias. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 19. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Ficha Resumo do Filme: A Vida de Leonardo da Vinci- A vida e as Invenções do Homem mais curioso de todos os Tempos – (BBC) “Em vida, a fama de Leonardo foi tamanha que o rei da França levou-o como um troféu, o mantendo na velhice, e o tinha preso nos braços quando morreu. O interesse por Leonardo nunca afrouxou. As multidões ainda fazem filas para ver suas obras mais famosas, seu desenho mais famoso, hoje é estampa de camisetas e escritores, como Vasari, continuam a maravilhar-se com seu gênio e especular sobre sua vida privada e, particularmente, sobre o que uma pessoa tão inteligente realmente acreditava intimamente”. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros
  • 20. Autoria do Discente Ricardo Laub Jr. Curso Licenciatura em História – Disciplina Moderna I – Prof. Dr. Otávio Canavarros