ConscientizaçãO Fé E PolíTica

9.262 visualizações

Publicada em

Conscientização Fé e Política

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.262
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
239
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ConscientizaçãO Fé E PolíTica

  1. 1. FÉ e POLÍTICA E x i g ê n c i a s d o E v a n g e l h o
  2. 2. FUNDAMENTAÇÃO BIBLICA <ul><li>A Bíblia é o registro da história política do Povo de Deus. </li></ul><ul><li>No Antigo Testamento , os profetas já denunciavam as questões políticas que afetavam e oprimiam o Povo de Deus: Isaías (10,1-2) já dizia: </li></ul><ul><li>“… ai daqueles que fazem decretos iníquos e daqueles que escrevem sentenças de opressão, para negar a justiça ao fraco e fraudar o direito dos pobres”. </li></ul><ul><li>Moisés é chamado a questionar o poder do Governo do Faraó e libertar o povo oprimido da escravidão do Egito e ( como um deputado constituinte ) eleito por Deus foi o redator da Lei dos dez mandamentos para a humanidade. </li></ul><ul><li>No Novo Testamento , o próprio Filho de Deus vem testemunhar, com a própria vida, que é preciso lutar pelas questões sociais que afetam a vida do povo. Combateu as injustiças, defendeu os mais pobres, bateu com chicote nos corruptos e perdoou a prostituta. Organizou o primeiro “Grupo de Fé Política ” para ensinar a verdade ao povo para libertá-lo. “… A verdade vos libertará - …Eu vim para que TODOS tenham VIDA e a tenham em abundancia”. </li></ul>
  3. 3. Questões de Fé e política? <ul><li>Todo ensinamento e exigências de Jesus Cristo gira em torno das questões sociais: Amor ao próximo, Caridade, Justiça, Solidariedade, vida em comunidade, partilha: </li></ul><ul><li>“ Tive sede e me deste de beber. Tive fome e me deste o que comer. Estive preso e fostes me visitar”. </li></ul><ul><li>Pediu a distribuição das riquezas : repartiu pão, peixe e disse ao rico: </li></ul><ul><li>“… Vá, venda tudo que tens e distribua aos pobres”. </li></ul><ul><li>Ensinando e parlamentando Jesus Cristo desafia o poder estabelecido e subverte a ordem e os valores do poder do mundo: “…o maior é aquele que serve ”: o poder deve ser um serviço e não privilégio. Sua ideologia ameaça os poderosos políticos e religiosos da época e a militância política de Jesus Cristo O leva à prisão e morte na Cruz. </li></ul>
  4. 4. NO JUIZO FINAL <ul><li>Quais serão os critérios do julgamento final que podemos encontrar na Bíblia? </li></ul><ul><li>“… Vinde benditos de Meu Pai, pois Eu tive sede e me deste de beber, Eu tive fome e me deste o que comer, Eu estava nú e tu me vestiste, Eu estava cativo e fostes me visitar.” </li></ul><ul><li>“… mesmo que a tua Fé remova montanhas, se não tiver amor nada disso lhe adiantará.” </li></ul><ul><li>“… não julgueis e não sereis julgado.” </li></ul><ul><li>QUESTÕES POLÍTICO-SOCIAIS? </li></ul>
  5. 5. Pe. Alfredinho <ul><li>Assessor da CNBB em Brasília nos diz: </li></ul><ul><li>“ Não é Fé e Política, não é Fé + Política, não é Fé - Política </li></ul><ul><li>e muito menos Fé x Política. </li></ul><ul><li>O certo é uma Fé Política” </li></ul>
  6. 6. É IMPOSSÍVEL SEPARAR FÉ DA POLÍTICA <ul><li>FÉ SEM POLÍTICA… … é exploração de Deus. </li></ul><ul><li>… é comércio com Deus. </li></ul><ul><li>… é ópio do povo. </li></ul><ul><li>… é espera de milagres. </li></ul><ul><li>… é ilusão mágica. </li></ul><ul><li>… é seita alienadora. </li></ul><ul><li>POLÍTICA SEM FÉ… … é exploração do pobre. </li></ul><ul><li>… é comércio com o pobre. </li></ul><ul><li>… é iludir o pobre. </li></ul><ul><li>… é morte da esperança </li></ul><ul><li>… é truque de político. </li></ul><ul><li>… é a política impura. </li></ul>
  7. 7. A POLÍTICA ESTÁ EM TUDO <ul><li>Na religião, e na vida cotidiana tudo passa por questões e decisões políticas que decidem o nosso dia-a-dia e até condiciona o nosso relacionamento com Deus: Vá primeiro reconsciliar-te com o teu irmão e depois vem fazer tua oferta ao Senhor. </li></ul><ul><li>“ Ao negligenciar os deveres temporais o cristão negligencia os seus deveres para com o próximo e para com o próprio Deus e coloca em risco a sua salvação eterna” (GS 43) </li></ul><ul><li>Até mesmo o dia, o mês e o ano que vivemos hoje, sofreram decisões políticas: o mês de fevereiro tem apenas 28 dias por caprichos, vaidades e decisões políticas de Júlio César e César Augusto, imperadores vaidosos. </li></ul><ul><li>A Política decide a vida das pessoas do nascimento à morte. Por isso é necessário interferir na política, para se viver melhor. </li></ul>
  8. 8. CAMPANHA DA FRATERNIDADE 1996 <ul><li>A CF1996, cujo tema era “ Justiça e Paz se abraçarão ”, que abordou de forma questionadora as questões sociais do Brasil frente as exigências sociais do Evangelho, chama a responsabilidade dos cristãos para as questões políticas que afetavam a VIDA das pessoas. </li></ul><ul><li>Os cristãos foram chamados a assumir sua responsabilidade nas questões sociais do Brasil e a intervir ( como sal da terra ) nesse processo político que gera tanta miséria, fome e morte para milhares de pessoas. </li></ul>
  9. 9. REPERCUSSÃO NO BRASIL <ul><li>Diversos Grupos de Fé e Política foram se multiplicando por todo o Brasil. </li></ul><ul><li>Vários encontros e Seminários sobre Fé e Política foram organizados a níveis paroquiais, arquidiocesano, municipais, estaduais e nacionais. </li></ul><ul><li>Várias Escolas de Fé e Políticas foram criadas. </li></ul><ul><li>Os movimentos Fé e Política chegam a CNBB e é criado o “CENTRO NACIONAL DE FÉ E POLÍTICA DOM HELDER CAMARA” </li></ul>
  10. 10. Primeira turma do CURSO FORMAÇÃO POLÍTICA PARA CRISTÃOS do CENTRO NACIONAL DE FÉ E POLÍTICA DOM HELDER CÂMARA Brasília – DF - 2006
  11. 11. RAMIFICAÇÕES FÉ POLÍTICA <ul><li>Vicariato para Ação Social e Política </li></ul><ul><li>NESP - Núcleo de Estudos Sóciopolíticos da PUC Minas </li></ul><ul><li>Pastoral de Fé e Política </li></ul><ul><li>Escolas de Fé e Política </li></ul><ul><li>SEPAS </li></ul><ul><li>Movimento Mineiro de Fé e Política </li></ul><ul><li>GAL = Grupo de Acompanhamento Legislativo </li></ul><ul><li>Comitês 9840 </li></ul><ul><li>Frente Mineira de Combate a Corrupção </li></ul><ul><li>Conselho Regional de Fé e Política </li></ul><ul><li>Encontros de Fé e Política </li></ul><ul><li>Centro Nacional de Fé e Política Dom Helder Câmara </li></ul>
  12. 12. ÁREAS QUE REQUEREM PENETRAÇÃO E AÇÃO DA FÉ POLÍTICA <ul><li>Igrejas (Conselhos Pastorais e Comunitários, catequese, Equipes de Comunicação e Formação, grupos carismáticos, ação social) </li></ul><ul><li>Escolas públicas (palestras para professores, pais e alunos ,currículo escolar) </li></ul><ul><li>Escolas privadas (palestras para professores, pais e alunos, currículo escolar) </li></ul><ul><li>Universidades (Núcleos de estudos, Formação Política) </li></ul><ul><li>Seminários Arquidiocesanos (Formação Política para Padres) </li></ul><ul><li>Mídia (programas, reportagens, artigos, documentários) </li></ul><ul><li>Internet (Fórum, bate papo, e-mail a políticos, textos, vídeos) </li></ul><ul><li>Poder Legislativo (Comissões, GAL, plenário, e-mail) </li></ul><ul><li>Poder Executivo (Conselhos populares, Op) </li></ul><ul><li>Poder Judiciário (OAB, STJ, STE) </li></ul><ul><li>Associações Comunitárias (Conselhos fiscais e deliberativos) </li></ul><ul><li>Sindicatos (Conselhos fiscais) </li></ul><ul><li>Associações de Pais e Mestres (Conselhos) </li></ul>
  13. 13. FIM <ul><li>QUEM NÃO PARTICIPA </li></ul><ul><li>DAS QUESTÕES POLÍTICAS, </li></ul><ul><li>SERÁ OBRIGADO POR LEI </li></ul><ul><li>A VIVER SEGUNDO AS REGRAS ESTABELECIDAS </li></ul><ul><li>POR AQUELES QUE PARTICIPAM. </li></ul><ul><li>Carlos José dos Santos </li></ul>

×