3º ano cultura - ii período

326 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3º ano cultura - ii período

  1. 1. Professora Andrea
  2. 2.  Conjunto de crenças, regras, manifestaçõesartísticas, técnicas, tradições, ensinamentos ecostumes produzidos e transmitidos nointerior de uma sociedade. Tudo o queproduzimos o que não é natural.
  3. 3. Félix Guattari ( 1930 – 1992)Reuniu os diferentes significadosde cultura em três grupos...
  4. 4.  Sentido mais antigo; Parte da ideia de “ cultivar o espírito”; Faz julgamento de valor ( quem tem ou nãocultura clássica, artística ou científica, sepertence ao meio culto).
  5. 5.  Sinônimo de civilização; Expressa a ideia de que todos os grupos temcultura e identidade cultural.
  6. 6.  Cultura de massa; Não comporta julgamento de valor nemdelimitação de um território; Compreende bens ou equipamentos (centrosculturais, cinemas, bibliotecas, filmes, discos,livros) que estão a venda no mercado.
  7. 7.  O conceito de cultura é vinculado àAntropologia, mas os antropólogos definemesse conceito de diferentes formas usandouma visão universalista para uma particular.
  8. 8.  Foi o desenvolvedor de um dos primeirosconceitos, que trata-se de uma definiçãomuito ampla, de acordo com ele, a cultura éum conjunto complexo deconhecimentos, crenças, arte, moral edireito, além de costumes e hábitosadquiridos pelos indivíduos em umasociedade.
  9. 9.  Diferente de Edward tinha uma visãoparticularista, demostrando que a diferençaentre grupos e sociedades eram culturais enão biológicas.
  10. 10.  Afirmava que para fazer uma análise objetiva, eranecessário examinar as culturas em seu estadoatual, sem preocupações com suas origens. Considerava a cultura como sistemas funcionaisequilibrados, formado por elementosinterdependentes ( alimento, proteção ereprodução) que não poderiam ser examinadosisoladamente.
  11. 11.  Investigavam as relações entre cultura epersonalidade.
  12. 12.  Desenvolveu o conceito de padrãocultural, destacando uma homogeneidade ecoerência em cada cultura; Em suas pesquisas ele identificou dois gruposextremos: O apolínico (pessoasconformistas, tranquilas, solidárias, respeitadoras) na expressão de sentimentos; O dionisíaco (grupo deambiciosos, agressivos, individualistas, exagerados); Mass seria possível os intermediários quemesclariam traços dos dois.
  13. 13.  Investigou o modo como os indivíduosrecebiam os elementos de sua cultura e amaneira que isso formava a suapersonalidade. Baseada em suas pesquisasela afirmou que a diferença de personalidadenão está vinculada ao sexo, porexemplo, mas sim na forma como as criançassão educadas. ( diferenças entre homem emulher).
  14. 14.  Para ele a cultura deve ser considerada como oconjunto de sistemas simbólicos(linguagem, regrasmatrimoniais, arte, ciência, religião e normaseconômicas) que se relacionam e influenciam arealidade social. Teve a preocupação de analisar o que era comume constante ( as regras universais) em todas associedades. Um dos elementos é a proibição doincesto que é presente em todas as sociedades eo mito.
  15. 15. Existem culturas superiores a outras?
  16. 16.  O termo etnocentrismo foi criado pelo sociólogoestadunidense William Summer ( 1840 – 1910)em 1906. É a visão demonstrada por alguém que considerao seu grupo étnico ou cultura o centro detudo, portanto, num plano mais importante queas outras culturas e sociedades. O termo éformado pela justaposição da palavra de origemgrega "ethnos" que significa "nação, tribo oupessoas que vivem juntas" e centrismo que indicao centro.
  17. 17.  No mundo globalizado em que vivemos épossível afirmar que há uma cultura “ pura”? Até que ponto chegou o processo demundialização da cultura?
  18. 18. O termo “Culturas Híbridas” pode serdefinido como um rompimento entre asbarreiras que separa o que é tradicional e oque é moderno, entre o culto, o popular e omassivo. Em outras palavras, culturas híbridasconsiste na miscigenação entre diferentesculturas, ou seja, uma heterogeneidadecultural presente no cotidiano do mundomoderno.
  19. 19.  Até o século XIX as relações ocorriam somente com osgrupos próximos, valores nacionais eram abstração. Do século XIX aos dias de hoje houve um grandedesenvolvimento nos meios de comunicação, transporte ehouve o contato com culturas diferentes. ( avaliação) O avanço da comunicação e o contato com outras pessoasresultou em trocas culturais intensas. As expressões culturais de alguns países se proliferam ese mesclam a estas expressões construindo culturashíbridas que não podem ser consideradas de um únicopaís , mas como parte de uma imensa cultura mundial. As expressões culturais características de um grupo nãodesaparecem mas coexistem com essas culturas híbridasno cotidiano das pessoas.
  20. 20.  É resultado da manifestação das diferençassociais; Está relacionada à divisão da sociedade emclasses sociais.
  21. 21.  A cultura erudita abrange expressõesartísticas como a música clássica do padrãoeuropeu, as artes plásticas ( escultura epintura, o teatro e a literatura universal. Identificada com o segmento superior, com aelite.
  22. 22.  Encontra expressão nos mitos e contos, danças, música de sertaneja acabloca, artesanato rústico de cerâmica ou demadeira e pintura. Manifestação genuína criada pelo povo seja ncampo ou na cidade. Folclore, expressões urbanas como o grafiteo hip hop.
  23. 23.  "Sem a cultura, e a liberdade relativa que elapressupõe, a sociedade, por mais perfeita queseja, não passa de uma selva. É por isso que todaa criação autêntica é um dom para o futuro."(Albert Camus)

×