márcia koja breigeiron

521 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
521
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

márcia koja breigeiron

  1. 1. IX ENCONTRO NACIONAL DE GERENCIAMENTO EM ENFERMAGEM O PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM, O QUE MUDOU? GERAÇÃO ANOS 90 Márcia Koja Breigeiron Erica Rosalba Mallmann Duarte UFRGS / HCPA
  2. 2. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 Década de 70 -80  Momento político de ditadura militar e “resquícios”  Estrutura de atenção à saúde era destinada a quem detinha carteira de trabalho assinada ou podia pagar pelos serviços. Currículos de Graduação em Enfermagem: modelo biomédico, na atenção hospitalar, cunho curativo e individualizado, processos de trabalho centrados em procedimentos. Final década de 70: aumento das vagas para a formação universitária (enfermagem). Equipe: médicos, enfermeiros, atendentes de enfermagem técnicos, auxiliares e Enfermeiros formados década 70-80: Profissão pouco valorizada, visão limitada da realidade em saúde, submissão ao médico. PEREIRA, M.J.B. et al. Rev. Bras. Enfermagem, 2009; 62(5):771-7
  3. 3. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 Década de 70 Movimento de Reforma Sanitária Objetivo : Universalizar o direito à saúde Descentralizar as gestões Promover participação e controle social Promover saúde preventiva Década de 80 1986 VIII Conferência Nacional de Saúde 1988 Constituição Federal Sistema Único de Saúde (SUS) 1989 Implantação do SUS “Saúde direito de todos e dever do estado”. BAGNATO, M.H.S; RODRIGUES, R.M. Rev. Bras. Enfermagem, 2007; 60(5): 507-12
  4. 4. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 VIII Conferência Nacional de Saúde 1986 Médico Sanitarista Sérgio Arouca Principal protagonista do SUS Disponível em: <http:wwwsaudedafamilia.blogspot.com.> Acesso em: 25/08/2013 Disponível em: http:www.confap.org.br>. Acesso em: 25/08/2013
  5. 5. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 Anos 80-90 - época marcada pelo desemprego, com crescimento do trabalho informal, terceirização, perda da qualidade do emprego, declínio da qualidade de vida da população SUS – surge a necessidade de gerar recursos humanos para a sua implementação Década de 90 Contratação de mais profissionais da saúde Setor da saúde passa a configurar novas demandas de ocupações A implementação do SUS - marco para a demanda de emprego VARELLA, T.C.; PIERANTONI, C.R. Revista Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 18 (3): 521-44, 2008
  6. 6. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 Década de 90 Demanda de emprego - SUS Criação das Unidades Básicas de Saúde, ambulatórios regionais, hospitais secundários e terciários Alto incremento dos estabelecimentos principalmente na esfera municipal públicos, Significativa expansão do acesso da população aos serviços de saúde VARELLA, T.C.; PIERANTONI, C.R. Revista Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 18 (3): 521-44, 2008
  7. 7. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 Princípios do SUS: universalização do atendimento, integralidade da atenção, equidade, participação social  Exigência de trabalho de forma integral e integrada, em vários níveis de atenção: primário, secundário e terciário  Indissociabilidade entre as ações preventivas, curativas, promocionais e reabilitadoras Novas exigências para os profissionais da saúde NOVOS PERFIS PROFISSIONAIS
  8. 8. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 NOVOS PERFIS PROFISSIONAIS SUS – Profissionais com conhecimentos, habilidades e atitudes articuladas e integradas para o cuidado individual e coletivo, exercendo gestão participativa e democrática com ênfase no trabalho de equipe ! Necessidade de revisão dos processos: - Assistenciais - Gerenciais - Educacionais - Integração em equipe ENFERMAGEM MUDANÇA CURRICULAR MARTINS, C. et al. Texto Contexto Enfermagem, 2006; 15(3): 472-8
  9. 9. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 A Formação do Enfermeiro Frente à Reforma Sanitária Maria Cecília Puntel de Almeida Cadernos de Saúde Pública, R.J., 2(4): 505-510, out/dez, 1986  “O corpo de conhecimentos deve assegurar a assistência do enfermeiro no processo saúde-doença, se estendendo à organização do processo de trabalho em enfermagem, na inclusão de um papel de administrativo que lhe possibilite o bom gerenciamento da assistência prestada, e uma ação conjunta com outros profissionais, se afastando da Administração Científica até então vigente nos currículos....”  “Torna-se imprescindível que o enfermeiro exerça funções de coordenação, ensino, supervisão, dentro de novos modelos de administração condizentes com a realidade...”  “A formação se estenda ao pós-graduação quanto ao preparo pedagógico dos docentes para o ensino, além da pesquisa, permitindo, assim, uma transmissão eficaz de conhecimentos...”
  10. 10. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 Década de 90 Reformulação curricular pautada em competências curriculares ! Objetivos:  Buscar definir o perfil do enfermeiro, suas competências gerais e específicas  Capacitar o enfermeiro a interagir com a equipe  Identificar e intervir nas situações clínicas diversas  Possuir domínio intelectual com dinâmica assistencial de cunho generalista  Formar líderes SANTOS, S.S. Rev. Bras. Enfermagem, 2003; 56(4):361-4
  11. 11. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 Década de 90-ACREDITAÇÃO HOSPITALAR NO BRASIL Alternativa moderna de avaliação do desempenho de serviços de saúde e de aplicação dos preceitos da qualidade Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC) - papel pioneiro no desenvolvimento da acreditação (1986 - Comissão Especial Permanente de Qualificação de Hospitais).  Iniciativas regionais aos estados de SP, RJ, PR, RS  Em 1994 - Programa de Avaliação e Certificação de Qualidade em Saúde – PACQS Disponível em: http://www.cbacred.org.br/site/historico/. Acesso em: 26/8/2013
  12. 12. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 SURGEM DESAFIOS PARA A ENFERMAGEM  Capacidade de considerar a singularidade das famílias e das pessoas para o enfrentamento dos processos de saúde-doença  Inserção em outra perspectiva no trabalho em equipe pressupondo horizontalizações (equipeinteração) com desenvolvimento de ações por meio de práticas e de saberes em processos coletivos de cuidar  Busca da qualidade dos serviços de saúde
  13. 13. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 Lei n. 7.498/86 - Decreto n. 94.406/87 • regulamenta o exercício da profissão • nova percepção de formação dos profissionais de enfermagem Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn) Entidades da Classe Escolas de Enfermagem do país Proposta Preliminar de Currículo Mínimo para os Cursos de Graduação em Enfermagem (Portaria nº 1.721/94) – com carga horária de 3500h; tempo mínimo de quatro anos e máximo seis anos. SANTOS, S.S. Rev. Bras. Enfermagem, 2003; 56(4):361-4
  14. 14. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO EM ENFERMAGEM Décadas 70 e 80  Produção científica ocorria individualmente ou na relação orientando-orientador  Conhecimento para enfermagem Década 90  Expansão de recursos financeiros para o avanço científico na enfermagem  Constituição de grupos de pesquisa e núcleos de estudos em um área temática  Interação de alunos da IC, aperfeiçoamento, mestrado e doutorado, e pesquisadores  Conhecimento para a sociedade com um todo CARVALHO, E.C. Rev. Latino-Am. Enfermagem, 1998; 6(1): 119-22
  15. 15. O profissional de enfermagem, o que mudou? Geração anos 90 O QUE FICA PARA A PRÓXIMA DÉCADA? A década 90 foi extremamente profícua para a enfermagem, quer no campo da produção científicoacadêmica, quer no campo da prática assistencial e gerencial.  A área do gerenciamento em enfermagem mostrou-se bastante fecunda, porém ainda indicando a necessidade de se pensar formas alternativas de gerenciamento em saúde.  Para responder às demandas da problemática advinda dos processos assistencial e gerencial, há que se rever e recompor os modelos de gestão, bem como, as competências inerentes à formação dos profissionais/gestores.
  16. 16. IX ENCONTRO NACIONAL DE GERENCIAMENTO EM ENFERMAGEM O PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM, O QUE MUDOU? GERAÇÃO ANOS 90 mbreigeiron@gmail.com.br ermd@terra.com.br UFRGS / HCPA

×