Instalações Elétricas: Cálculo da demanda em edificações individuais

421 visualizações

Publicada em

Cálculo da Demanda em Edificações Individuais da CEMIG.
Demanda referente a iluminação e TUGs, dada pelas Tabelas 15 e 16 (ND 5.1)
Recomendo "Projeto de instalação elétrica residencial"http://www.slideshare.net/Snipermineiro/projeto-de-instalao-eltrica-residencial/Snipermineiro/projeto-de-instalao-eltrica-residencial

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
421
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instalações Elétricas: Cálculo da demanda em edificações individuais

  1. 1. NR-10 Prof.: Ivo Chaves da Silva Junior ENE065 Instalações Elétricas I26/03/2012 ivo.junior@ufjf.edu.br
  2. 2. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações – Tensão Secundária
  3. 3. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais (a) (b) (c) (d) (e) (f)
  4. 4. NR-10 Demanda referente a iluminação e TUGs, dada pelas Tabelas 15 e 16 (ND 5.1); Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  5. 5. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  6. 6. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  7. 7. NR-10 Demanda relativa aos aparelhos eletrodomésticos e de aquecimento. Os fatores de demanda, dados pelas Tabelas 17 e 18 (ND 5.1), devem ser aplicados, separadamente, à carga instalada dos seguintes grupos de aparelhos: Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  8. 8. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais b1 : Chuveiro Torneira Elétrica Cafeteira Elétrica b2 : Aquecedor de Água Elétrico
  9. 9. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais b3 : Forno Elétrico b4 : Fogão Elétrico Grill Ferro Elétrico Máquina de lavar roupa Máquina de secar roupa Máquina de lavar louça
  10. 10. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais b5 : Demais aparelhos TV SOM Ventilador Geladeira Micro-ondas Torradeira Liquidificador ...... ETC
  11. 11. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  12. 12. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  13. 13. NR-10 Demanda dos aparelhos condicionadores de ar: -100%, para os primeiros 5 aparelhos ou ar condicionado central; - 86 %, para os demais. Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  14. 14. NR-10 Demanda de motores elétricos, dada pelas Tabelas 19 e 20 (ND 5.1) Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  15. 15. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  16. 16. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  17. 17. NR-10 Demanda de máquinas de solda e transformador, determinada por: - 100% da potência do maior aparelho; - 70% da potência do segundo maior aparelho; - 40% da potência do terceiro maior aparelho; - 30% da potência dos demais Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  18. 18. NR-10 Demanda dos aparelhos de Raios-X, determinada por: - 100% da potência do maior aparelho; - 10% da potência dos demais aparelhos. Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  19. 19. NR-10 Determine a demanda da residência abaixo. Cálculo da Demanda em Edificações Individuais a b c
  20. 20. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais Grupos parcela B (número de aparelhos): b1 – 01 chuveiro elétrico b2 – 02 aquecedores de água b4 – 01 máquina de lavar roupas 01 máquina de lavar louças 01 máquina de secar roupas 01 ferro de passar roupas b5 – 01 exaustor 01 enceradeira 01 conjunto de som 01 aspirador de pó 01 freezer vertical 01 geladeira 03 tv a cores 9 4 1 2
  21. 21. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Individuais (a) (b) (c) (d) (e) (f)
  22. 22. NR-10 Demanda Iluminação ----- Parcela “a” da expressão Demanda CEMIG Potência Total (VA) = 1400 VA ( fator de potência unitário) Consulta Tabela 15 ---- Fator de Demanda Iluminação  0,81 ou 81% a = 1400 x 0,81 = 1130 VA Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  23. 23. NR-10 Demanda Aparelhos Eletrodomésticos e Aquecimento Parcela “b” da expressão Demanda CEMIG Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  24. 24. NR-10 b1 (Chuveiro)  Potência Total (VA) = 4400 (fator de potência unitário) Consulta Tabela 18 ---- Fator de Demanda  0,76 ou 76% b2 (Aque.Água)  Potência Total (VA) = 3000 (fator de potência unitário) Consulta Tabela 18 ---- Fator de Demanda  0,92 ou 92% b2 = 3000 x 0,92 = 2760 VA b4 (aparelhos: máquina lavar , secar e ferro)  Potência Total (VA) = (7000/0.92) (fator de potência 0.92) b4 = (7000/0.92) x 0,76 = 5780 VA Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  25. 25. NR-10 b5 (demais aparelhos)  Potência Total (VA) = (2600/0.92) (fator de potência 0.92) Consulta Tabela 18 ---- Fator de Demanda  0,54 ou 54% b5 = (2600/0.92) x 0,54 = 1520 VA b = b1 + b2 + b4 + b5 b = 4400 + 2760 + 5780 + 1520 = 14460 VA Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  26. 26. NR-10 Demanda Ar Condicionado ----- Parcela “c” da expressão Demanda CEMIG Potência Total (VA) = (2600/0.92) VA ( fator de potência 0.92) Consulta Tabela 18 ---- Fator de Demanda  0,92 ou 92% c = (2600/0.92) x 0,92 = 2600 VA Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  27. 27. NR-10 D = a + b + c D = 1400 + 14460 + 2600 D = 18190 VA Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  28. 28. NR-10 D ≈ 18,19 KVA A concessionária pode determinar: • o tipo de fornecimento Cálculo da Demanda em Edificações Individuais
  29. 29. NR-10 Tipos de Fornecimento e Tensão de Alimentação
  30. 30. NR-10 Com base no tipo de fornecimento são tabeladas na ND 5.1: - Disjuntor de Proteção (Quadro de Medição) - Ramal de Entrada (Condutor Eletroduto) - Aterramento - Poste - Pontalete
  31. 31. NR-10 Dimensionamento – Ligações a 2 ou 3 Fios
  32. 32. NR-10 Dimensionamento – Ligações a 4 Fios
  33. 33. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Coletivas
  34. 34. NR-10 D = D1 + D2 Demanda dos apartamentos (KVA) Demanda do Condomínio (KVA) ( igual a realizada a unidades individuais ND 5.1) D1 = 1.4 x f x a f = fator de demanda em função do número de apartamentos (Tabela 10 – ND 5.2) a = demanda em função da área útil (Tabela 11 – ND 5.2) Cálculo da Demanda em Edificações Coletivas
  35. 35. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Coletivas
  36. 36. NR-10 Cálculo da Demanda em Edificações Coletivas
  37. 37. NR-10 Dimensionamento da Entrada de Edificações de Uso Coletivo – ND 5.2 CEMIG 15,1kVA <= D <= 95kVA D = 82 kVA Exemplo: Item 8 (tabela acima)
  38. 38. NR-10 Dimensionamento da Entrada de Edificações de Uso Coletivo – ND 5.2 CEMIG 95,1kVA <= D <= 750kVA
  39. 39. NR-10 Dimensionamento da Entrada de Edificações de Uso Coletivo – ND 5.2 CEMIG 95,1kVA <= D <= 750kVA
  40. 40. NR-10 Calcule a Demanda do Edifício com base na ND 5.2 CEMIG
  41. 41. NR-10 Demanda dos apartamentos (KVA) D1 = 1.4 x f x a f = fator de demanda (Tabela 10) -------------------------------------  f = 19.86 a = demanda em função da área útil (Tabela 11) ---------------  a = 1.96 D1 = 1.4 x 19.86 x 1.96 = 54.5 kVA
  42. 42. NR-10 Demanda do Condomínio (KVA) (igual a realizada para as unidades individuais ND 5.1) Tabelas ND 5.1 15 – Iluminação e Tomadas 18– Aparelhos de Aquecimento 20 – Motores Trifásicos
  43. 43. NR-10 Demanda Iluminação e Tomadas --- Parcela “a” da expressão D (CEMIG) Potência Total (kVA) = (50x60)/1 + (8x100)/1 + (15x100)/0.92 = 5430 VA Consulta Tabela 15 ---- Fator de Demanda  0,64 ou 64% a = 5430 x 0,64 = 3480 VA
  44. 44. NR-10 Demanda Aparelhos de Aquecimento --- Parcela “b” da expressão D (CEMIG) Potência Total (kVA) = (1x4400)/1 = 4400 VA Consulta Tabela 18 ---- Fator de Demanda  1 ou 100% b = 4400 x 1 = 4400 VA
  45. 45. NR-10 Demanda Motores --- Parcela “d” da expressão D (CEMIG). Potência Total (kVA) = 1 x 0,97(kVA) + 2 x 4,54(kVA) = 10.05 kVA Consulta Tabela 20 ---- Demanda kVA d = 10050 VA
  46. 46. NR-10 Demanda do Condomínio (KVA) (igual a realizada para as unidades individuais ND 5.1) a = 5430 x 0,64 = 3480 VA b = 4400 x 1 = 4400 VA d = 10050 VA D2 = D = 17930 VA ou 17.93kVA
  47. 47. NR-10 D = D1 + D2 D = 54.5 kVA +17.93kVA D = 72.43 kVA
  48. 48. NR-10 Demanda do Edifício D = 72.43 kVA Com base no valor da demanda do Edifício são tabeladas na ND 5.2 : - Ramal de Ligação - Proteção - Ramal de Entrada - Condutor de Proteção - Poste - Pontalete
  49. 49. NR-10 Dimensionamento da Entrada de Edificações de Uso Coletivo – ND 5.2 CEMIG 15,1kVA <= D <= 95kVA D = 72.43 kVA Exemplo: Item 7 (tabela acima)
  50. 50. NR-10
  51. 51. NR-10
  52. 52. NR-10 Simbologia Gráfica
  53. 53. NR-10 Projeto de Instalações Elétricas Simbologia
  54. 54. NR-10 Projeto de Instalações Elétricas Simbologia – NBR5444
  55. 55. NR-10 Projeto de Instalações Elétricas Simbologia – NBR5444
  56. 56. NR-10 Projeto de Instalações Elétricas Simbologia – NBR5444
  57. 57. NR-10 Projeto de Instalações Elétricas Simbologia – NBR5444
  58. 58. NR-10 Projeto de Instalações Elétricas Simbologia – NBR5444
  59. 59. NR-10 Projeto de Instalações Elétricas Simbologia – NBR5444
  60. 60. NR-10 Projeto de Instalações Elétricas Planta Elétrica – Residencial - Exemplo
  61. 61. NR-10 4º TRABALHO SALA DE AULA GRUPOS DEMANDA RESIDÊNCIAL ND 5.1 CEMIG
  62. 62. NR-10 Informações – Residência
  63. 63. NR-10 Objetivos Tendo em mãos as informações, anteriormente, apresentadas e de acordo com as normas ND-5.1 (CEMIG) e NDU-001 (Energisa): • Calcular a carga instalada; • Calcular a demanda; • Determinar o ramal de entrada; • Comparar os resultados (Cemig x Energisa) Trabalho – Grupos (3 alunos) – Entrega 03-04-2012
  64. 64. NR-10 Temas do Primeiro Seminário Combate e Prevenção de Incêndios em Instalações Elétricas Residenciais Edifícios e Casas Inteligentes Energia Renováveis em Instalações Residenciais 2 Rafaella L. B. Cardoso Raissa F. Washington L. Gonçalves Grupos 3 Ana Gabriela Proença Bruno Moreira Nogueira Vilela Guilherme Faria 1 Guilherme Teixeira Martins Lucas Matias de Siqueira Rafael Vasconcellos Fraga. 1 2 3
  65. 65. NR-10 Avaliação do Seminário 1. Apresentação do Seminário (Transparências power point) 2. Conteúdo sobre o tema 3. Tempo de apresentação ( 30 à 50 minutos) 4. Domínio do assunto 5. A nota não é individual

×