Relações intra e interpessoas e trabalho em equipe

269 visualizações

Publicada em

Relações Humanas com ferramentas de Coach, material adaptado por Sinmarlene Dueti Rezende Silva

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
269
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relações intra e interpessoas e trabalho em equipe

  1. 1. RELÇÕES FNTR E rNTER@EsS@; ;í xrS É TRABALH V í If
  2. 2. Sinmarene Duet sinmarlene@hotmail. com 94 9911942203 = 61 81397797 e Administradora e Especialista em Consultoria Empresarial pela USP e Consultora e Palestrante - Especialista em Gestão de Recursos Humanos e Advanced Coach Sênior e Coach Eriksoniano e Master Coach e Pós Graduada em Gestão de Pessoas com Coaching
  3. 3. PRQFÉSSEQNAL CQACH “É um processo, com inicio, meio e tim; definidos em conjunto, em busca da realização de metas de curto, medio e iongo prazo, atraves de desenvolvimento de competências e reconhecimento e superação de ioioqueadores de sucesso? ”
  4. 4. CONTRATO GRUPAL “Tudo que vier é bem vindo. .. eixe que venha. .. Se for bom, deixe que fique. Se for ruim, deixe que vá. ..”
  5. 5. CONTRATO GRUPAL "Todas as vezes que as minhas palavras e meus gestos não fizerem sentido para você, eu peço e eu permito que você mude as minhas palavras elou os meus gestos para que façam mais SENTIC para você".
  6. 6. "NAA A TEMER A NÃO SER o PRÓPRIO Mepow
  7. 7. INÂMICA Escolha uma pessoa do grupo e converse com ela relatando sobre suas relações com as demais pessoas, opinião sobre trabalho em equipe e limitações que gostaria de superar. ..
  8. 8. CiCLO A APRENiZAGÉAriAT ViVÉNCiAL Experiência Concreta A. I APREENSÃO (senti r) Conhecimento Conhecimento Acomodativo Divergente - r ' T r ' êxpenmentacã°a_“aêãtê"iitçâã“a '°? â?é“i3âçÊ3“_. ..a observação Atwa (agir) (refletir) Renexwa Conhecimento Conhecimento convergente Assimiiativo COM PR EENSÃO (pensar) conceituação Abstrata
  9. 9. PARTINO PARA O CONHECIMENTO E SÍ MESMO. "É SE ESAFIANO QUE ESCORIRÁS O TESOURO ESCONIO ENTRO E SÍ”.
  10. 10. ALTERAN O A "VOZ INTERNA" Roteiro para NEUTRALIZAR a voz interna crítica e substitui-la por uma voz FORTALECEDORA 1) ê um nome à voz interna crítica ou diálogo interno negativo; 2) Monitore a repetição, deste a intensidade do pensamento quanto as palavras exatas, no momento da autocrítica;
  11. 11. ALTERANDO “VOZ iNTERN e” Roteiro para NEUTRALIZAR a voz interna crítica e substitui-Ja por uma voz FOÍRTALECEORA 3) Escolha um ou dois padrões negativos que gostaria de focar; 4) Utilize ou crie aigumas frases contrárias para neutralizar o diáiogo interno negativo; (ex. :”mentira", “eu já consegui no passado** “Posso fazer guaiguer coisaii)
  12. 12. ALTERANDO A “VOZ WTERN ,4 ” Roteiro para NEUTRALIZAR a voz interna crítica e substitui-Ja por uma voz FORTALECEORA 5) Pratique as sentenças neutralizadoras e monitore a treguencia, intensidade, uso das frases de manera exata a cada utiização da autocritica ou ação neutraiizadora. 6) Continue praticando, praticando e praticando, ate que a voz interna seja substituída totaimente por pensamentos positivos e construtivos.
  13. 13. FEEDS-CK URGER 1 = Gerar estado de receptividade = i foco no positivo -= elogío verdadeiro; 2 = Inserir o ponto de melhoria = "go-setea. ,¡""ii; . ,, , , M45,c. ~.«~xii: _5gi_› realizar o feedback -= sugestao de à* _ melhoria; “i” ~ ' t_i1;. :f* 3 -= Foco no positivo -= sempre concluir no positivo, ponte ao futuro: construir tela mental, memória do futuro. Terminar o feedback com energia em alta.
  14. 14. COMO WTERROMPER PADRÕES É PENSAMENTOS NEGATVOS? 1) Defina guai ou guas pensamentos negativos te impedem de reiacionarase mehor consigo e com os outros; 2) Escoiha ou crie um padrão de interrupção. (EX. : Utiiizar uma iiquinha no puiso e esticã= lla todas as vezes que quiser dizer a si mesmo: PARE! )
  15. 15. COMO INTERROMPER PAROES E PENSAMENTOS NEGATIVOS? 3) Substitua o pensamento negativo por um novo pensamento POSITIVO. 4) Acompanhe seu crescimento pessoal: o os pensamentos negativos estão reduzindo dia-a-dia? - Estão ocorrendo com menos intensidade? ° Essa ferramenta tem sido útil para melhorar meus relacionamentos?
  16. 16. ENSAIO COGNITIVO TÉCNICA PARA AUMENTAR o ESEMPENHO ATRAVÉS DO ENSAIO MENTAL Visualize o comportamento que ESEJA mudar; Determine o que será mudado; Edite o filme e altere conforme sua decisão; Entre no filme e se transforme nesta pessoa; Crie uma conexão com o futuro.
  17. 17. agita) _r _ E muito eficiente para mudar comportamentos que estão nos trazendo prejuízos ou constrangimentos a' 'à , l I L ' NEGATIVO POSITIVO Sombras' Luz; ' Coragem; Medo; Fé_ Ceticismo Energm; Lembranças negativas Lembranças posmvas
  18. 18. INÂMICA A AMIZAE (recebendo convidado(a) especial)
  19. 19. DLHO E EQUlPE. .. lNlClÉ UTlLlZANDO 5 LlNGUAGENS DO N (Gary Chapman) E "Patrocínio positivo" Ô "Estar inteiro na relação/ dialogo" P "Pequenos gestos, maior expressão de AMOR" ê D E E "Ousar fazer diferente" É "Afeto maior"
  20. 20. iii/ xl: ii_ii->/ i_i-i1:? ? i1( Hoi( | i/iti: iMií› lííl oiii# @É WRTÀ Eiíiioii? É ( x > Flexibilidade; 5' bi > Empatia; l' ç » Comunicação Eficaz; I” 'A >Consciencia Ética; ” f EL** > Consciência Profissional; " > Visão Holística; > Saber ouvir ;
  21. 21. HAILIAES OS MEMROS E UMA EQUIPE > Ser paciente ; > Capacidade de lidar com estresse; > Respeitar as diferenças individuais; > Ser ASSERTIVO; > Habilidade em administração de conñüos.
  22. 22. EQUlPE X GRUPO = Sillêfgíã m: í ° ? : à aos @Kitty cinto que ; iiiiiaiioir . r “u ç ç ç ç , , , ç o : tivos coiiiurirtcs. ao que a SOÍHÉJL partos. .
  23. 23. “só EXlSTE EQUlPE ouAuo tonos CONHECEIl/ /l os OBJETWOS, ESTAO ClENTES DAS NECESSlADES E ALCANCAELOS E EsENvoLvEM uuA VlSAO CRlTlCA A RESPElTO E CADA uu E no oeueo coiio uu TOC”
  24. 24. T BALHO EM EQUlPE Cooperar com outros e negociar os interesses imediatos da área elou individuais em prol do atingimento das metas da empresa. Inclui ouvir e participar ativamente do grupo, construindo relações de trabalho efetivas. interagir bem com a equipe, mantendo a comunicação e a sinergia no seu e com os outros setores.
  25. 25. T BALHO EM EQUlPE ar atenção e ensinar as tarefas quando necessário. Reconhecer seus erros e corrigi= los. interagir mais próximo da equipe, entendendo necessidades. Estar sempre disposto e disponível para ajudar a equpe em suas tarefas e em suas metas.
  26. 26. |O " T «iEALHO EM EOUlPE emonstrar entusiasmo e alegria no trabalho contribuindo para o clima da área. Vibrar com as iniciativas individuais ou da equipe. Colaborar com a equipe de trabalho. izer sempre sobre o que não concorda, procurando dar sugestões de forma adequada. Manter sempre aberto o canal de comunicação com a equipe.

×