Diccionario aristocratico

1.295 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diccionario aristocratico

  1. 1. DICC10NAR10 ARISTOCRÁTICO
  2. 2. DICCIONARIO ARISTOCRÁTICO QUE CONTEM TODOS OS ALVARÁS DE FOROS DE FIDALGOS DA CASA R E A L , MÉDICOS, REPOSTEIROS E PORTEIROS DA R E A L GAMARA, TÍTULOS E CARTAS DO CONSELHO; F I E L EXTRACTO DOS LIVROS DO REGISTRO DAS MERCÊS EXISTENTES NO ARCHIVO PUBLICO DO RIO DE JANEIRO; DESDE 1808 ATÉ SEPTEMBRO DE 1822 OFFERECIDO AO SEU AMIGO INNOCENCIO FRANCISCO DA SILVA POR i . R. S. B. F. * LISBOATyp. do Panorama — 1 1 2 Rua do Arco do Bandeira 112 MDCCCLXVII
  3. 3. S35
  4. 4. Amigo e Sr. Inneçencio Francisco da Silva Tomo a liberdade de offerecer a v. a presente copia ex-trabida com toda a exactidão dos livros originaes das mer-cês feitas pelo príncipe regente, depois rei D. Jo2o vi, du-rante o período em que a corte portugueza permaneceu noBrasil; livros que actualmente se guardam no Archivo Pu-blico do Rio de Janeiro. Amigo como é de tudo quanto pode interessar por qual-quer.modo ás lettras pátrias, e servir á justa curiosidadepublica, v. nao deixará de acceitar com a sua usual bene-volência esta pequena demonstração de estima do seu Amigo e obrigadissimo criado 20 — 5 - 6 7 . Sanches de Baena Farinha.
  5. 5. A QUEM LER A falta que desde muito tempo tem sido notada por vá-rios escriptores, de não haver noticia exactade todos os des-pachos de graças e mercês honoríficas, conferidos pelo se-nhor D. João vi durante o período de treze annos em queresidiu a corte portugueza no Rio de Janeiro, é preenchidaneste meu pequeno trabalho. Fiz quanto estava ao meu alcance para que a presente co-pia, fielmente extrahida dos livros originaes a que se reporta,sahisse completa e exacta. Cuido havel-o conseguido, emuito aprazimento terei se assim o julgarem os entendidosnesta matéria.
  6. 6. AFFONSO ANTÔNIO XAVIER PRAGANA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 4 de Abril de 1 8 2 1 . Livro 65.° foi. 58.AGOSTINHO ANTÔNIO DE FARIA, Marechal de Campo. Fidalgo Cavalleiro. por Alvará de 2 0 de Julho de 1820. Livro 59.° foi. 5 4 .AGOSTINHO CIMBRON BORGES, natural da ilha de S. Mi­ guel, filho de Antônio Cimbron Borges de Sousa, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 6 de Março de 1813. Livro 24.° foi. 4 5 verso.AGOSTINHO LUIZ DA FONSECA, Tenente General dos Exér­ citos. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 4 d*Abril de 1821. Livro 65.° foi. 37.AGOSTINHO PINTO DE MIRANDA, natural do Porto, filho de Manuel Pinto de Miranda. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 11 de Junho de 1811. Uto 17.° foi. 17. 2
  7. 7. 2 ALALBINO FLORENCIO DE BRITO, natural desta corte do Rio de Janeiro, filho de Francisco de Paula. Repostei­ ro da Câmara do Numero, por Alvará de 7 de Maio de 1817. Livro 39.° foi. 94 verso.ALBINO DOS SANTOS PEREIRA. Porteiro da Câmara de cavallo do Numero, por Alvará de 10 de Outubro de 1817. Livro 42.° foi. 45.ALEXANDRE ALRERTO DE SERPA PINTO DA COSTA, Coronel do regimento de Milícias de Penafiel, filho de Antônio de Serpa Pinto, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 13 de Outubro de 1815. Livro 32.? -foi. 2 1 8 verso. *ALEXANDRE ELOY PORTELLI, Marechal de Campo dos Exércitos. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará do 1.° de Feve­ reiro de 1813. Livro 26.° foi 186.ALEXANDRE ELOY PORTELLI, Tenente General dos Exér­ citos, Conselheiro de Guerra. Titulo do Conselho, por Carta de 14 de Abril de 1 8 2 1 . Livro 65.° foi. 106.ALEXANDRE JOSÉ CORADO DE FIGUEIREDO E ALBU­ QUERQUE (P.*), natural da cidade de Aveiro, filho legiti­ mo de Antônio José Corado, Fidalgo da minha Casa. Ca­ valleiro Fidalgo, e Fidalgo Cavalleiro por Alvará de 3 de Abril de 1809. Livro 1.° foi. 136 verso.ALEXANDRE JOSÉ PICALUGA. Titulo do Conselho, por Car­ ta de 12 de Dezembro de 1808. Livro 1.° foi. 163.ALEXANDRE MANUEL MARQUES PORTELLI, filho de
  8. 8. AN 3 Alexandre Eloy Portelli, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará do 1.° de Abril de 1814. Livro 27.° foi. 36 verso.ÁLVARO DA FONSECA COUTINHO, filho de Lqiz Freire da Fonseca Coutinho, Desembargador do Paço e Fidalgo Cavalleiro. Moço Fidalgo, por Alvará de 15 de Julho da 1819. Livro 52.° foi. 37.AMARO VELHO DA SILVA. Titulo do Conselho, por Carta de 22 de Agosto de 1812. - Livro 22.° foi. 33 verso.ANDRÉ HECHEL. Reposteiro da Gamara do Numero, por Alvará de 15 de Novembro de 1820. Livro 64.° foi. 7 vçrso.ANDRÉ DE MORAES TEIXEIRA DE QUEIROZ, filho de José de Queiroz Botelho de Almeida Vasconcellos, Fidalgo Ca- valleiro. O mesmo foro, por Alvará de 16 de Junho de 1820. Livro 56.° foi. 179 verso.ANNAFRANCISCA MACIEL DA COSTA (D.), viuvado Co- ronel Braz Carneiro Leão, Fidalgo da Casa Real. Baroneza de S. Salvador dos Campos, por Carta de 19 de Dezem- bro de 1812. Livro 21.° foi. 179.ANSELMO JOSÉ BRAAMCAMP DE ALMEIDA CASTELLO BRANCO, natural de Lisboa, filho de Geraldo Wenceslau Braamcamp, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará do 1.° de Abril de 1814. Livro 27.° foi. 44.ANSELMO DA SILVA FRANCO, natural de Lisboa, filho de Manuel da Silva Franco, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 7 de Março de 1817. Livro 40.° foi. 5 5 .
  9. 9. 4 ANANTONIA MARIA DE JESUS VILLAS-BOAS (D.), filha de Joaquim Filippe Martins Villas-Boas, e sobrinha de D. F r . Manuel do Cenaculo Villas-Boas. Foro de Fidalgo Caval- leiro à pessoa com quem ella houver de casar, sendo ca- paz e digna da referida graça, por Alvará de 24 de Ou- tubro de 1810. Livro 12.° foi. 179 verso,ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE E MELLO, natural da cida- de de Viseu, filho de Manuel Caetano dAlbuquerque e Mello, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 17 de Outubro de 1813. Livro 26.° foi. 165.ANTÔNIO DE ALMEIDA (D.), Veador daPrinceza tia. Conde de Avintes, por Carta de 2 9 de Julho de 1815. Livro 32.° foi. 159.ANTÔNIO DE ALMEIDA MORAES PEÇANHA, filho de An. tonio de Almeida Moraes Peçanha, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 3 de Junho de 1820. Livro 58.° foi. 56 verso.ANTÔNIO DE ALMEIDA PORTUGAL E LANCASTRE (D.), Marquez do Lavradio. Tratamento de Marquez Parente, por Carta do 1.° de Junho de 1810. Livro 10.° foi. 121 verso.ANTÔNIO DE ARAÚJO DE AZEVEDO, Conselheiro «TEstadò, Grão-Cruz da Ordem de Christo. Barão da Barca, em sua vida, por Carta de 2 0 de Dezembro de 1815. Livro 34.° foi. 114.ANTÔNIO BARBOSA PEREIRA, filho de João Barbosa Viei- ra, e neto de Francisco Barbosa. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 5 de Agosto de 1819. Livro 56.° folha 182 verso.ANTÔNIO DE BARROS E VASCONCELLOS, natural da ci-
  10. 10. AN 5 dade do Maranhão, filho de FHippe de Barros e Vascon- cellos, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 2 8 de Novembro de 1811. Livro 19.° foi. 72 verso.ANTÔNIO CAETANO PEREIRA, natural de Santarém pa- triarchado de Lisboa, filho de Manuel Caetano Pereira. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 5 de Abril de 1809. Livro 2.° foi. 124 verso.ANTÔNIO CAETANO PINTO COELHO, hatural da íreguezia de S. João Baptista do Morro-Grande, filho de Antônio Caetano Pinto Coelho da Cunha. Moço Fidalgo, e neto de Luiz José Pinto Coelho. Moço Fidalgo, por Alvará de 27 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 124 verso.ANTÔNIO DO CANTO DE QUE VEDO CASTRO MASCARE- NHAS. Em attenção a suas tias, D. Henriqneta Julia Ga- brielade Quevedo Eça, e D. Marianna Ignacia de Andrade: Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 3 de Maio de 1810. Livro 7.° foi. 160.ANTÔNIO CARNEIRO DA COSTA, natural de Lisboa, filho de José Carneiro da Costa. Cirurgião do numero, por Al- vará de 14 de Dezembro de 1808. Livro 1.° foi. 182.ÀNTONIO^CARNEIRO DA COSTA, Cirurgião honorário da Real Câmara. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 25 de Ju- nho de 1819. Livro 51.° foi. 17.ANTÔNIO DE CASTRO CORRÊA DE LACERDA FIGUEIRA DE AZEVEDO, filho de José de Castro Corrêa de Lacer- da Figueira de Azevedo, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 11 de Agosto de 1815. Livro 33.° foi. 160.ANTÔNIO CESARIO DE SOUSA DA GUERRA QUARESMA,
  11. 11. 6 AN natural de Leiria, filho de Bernardo José de Sousa da Guerra, Conselheiro da Fazenda e Fidalgo Cavalleiro. Fi- dalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 0 de Dezembro de Ifcfrll. Livro 19.° foi. 73. rANTÔNIO CORRÊA DE AMORIM E CASTRO (D.° ), Depu- tado honorário da Meza da Consciência. Titulo do Conse- lho, por Carta de 3 de Dezembro de 1813. Livro 26.° foi. 148 verso.ANTÔNIO CORRÊA DE AMORIM E CASTRO, Conselheiro da Fazenda. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 9 de Janeiro de 1815. Livro 30.° foi. 137 verso.ANTÔNIO CORRÊA PICANÇO DE FARIA, filho legitimo do Desembargador Antônio Corrêa Picanço, Fidalgo Cavallei- ro. O mesmo foro, por Alvará de 18 de Abril de 1821. Livro 65.° foi. 170 verso.ANTÔNIO COUTINHO DE LENCASTRE (D.), Governador das ilhas de Cabo-Verde. Titulo do Conselho, por Carta de 26 de Março de 1808. Livro 2.° foi. 76 verso.ANTÔNIO DA CRUZ, natural de Lisboa, fiiho de Jorge Papi. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 11 dè Novembro de 1808. Livro 1.° foi. 148. »ANTÔNIO DA CUNHA DE SOUSA E VASCONCELLOS, na- tural da cidade do Rio de Janeiro, filho legitimo de Luiz da Cunha de Sousa e Vasconcellos, Moço Fidalgo com exercício, e neto de Antônio da Cunha de Sousa, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 5 de Janeiro de 1819. Livro 48.° foi. 167 verso.ANTÔNIO DA CUNHA SOUTO-MAIOR, filho legitimo de
  12. 12. AN 7 José Antônio da Cunha Souto-Maior, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 5 de Agosto de 1820. Livro 59.° foi. 173.ANTÔNIO DOUTEL DE ALMEIDA, filho legitimo de Antônio Wenceslau Doutel de Almeida, Fidalgo Cavalleiro. O mes­ mo foro, por Alvará de 27 de Fevereiro de 1812. Livro 19.° foi. 114 verso.ANTÔNIO DOUTEL DE ALMEIDA. Por seu casamento com a Viscondessa de Mirandella, Visconde deste mesmo titulo, por Carta de 17 de Maio de 1815. Livro 31.° foi. 114 verso.ANTÔNIO FERNANDES PEREIRA DE CAMPOS, natural de Lisboa. Porteiro da Câmara de Cavallo, por Alvará de 24 de Novembro de 1808. Livro 1.° foi. 153.ANTÔNIO FRANCISCO LEAL, Medico honorário da Real Câmara. Medico effectivo della, por Alvará de 18 de Agos­ to de 1818. Livto 45.° foi. 8 0 verso.ANTÔNIO GERMANO DA VEIGA, filho de José Antônio da Veiga, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Outubro de 1 8 ( 6 . Livro 38.° foi. 109 yerso.ANTÔNIO GERMANO DA VEIGA, fílhodo Desembargador José Antônio da Veiga, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 20 de Outubro de 1819. Livro 53.° foi. 160.ANTÔNIO GOMES BARROSO, Negociante do Rio de Janeiro. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 8 de Maio de 1 8 1 9 . Livro 49.° foi. 87.ANTÔNIO GOMES BARROSO, natural do Rio de Janeiro,
  13. 13. 8 AN. filho legitimo de Antônio Gomes Barroso, Fidalgo Caval- leiro. O mesmo foro, por Alvará do 1.° de Julho de 1819. Livro 51.° foi. 10 verso.ANTÔNIO GOMES DA SILVA, filho de Manuel Gomes da Silva, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 22 de Maio de 1815. Livro 33.° foi. 180.ANTÔNIO HYPOLITO DA COSTA, Marechal de Campo. Fi- dalgo Cavalleiro, por Alvará de 3 de Maio de 1816. Livro 36.° foi. 139.ANTÔNIO JOÃO GABRIEL GUDIN. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 4 de Dezembro de 1818. Livro 53.° foi. 115 verso.ANTÔNIO JOÃO MARTINS, natural de Lisboa, filho de Ma- thias João. Cirurgião effectivo da Real Câmara, por Alvará de 5 de Abril de 1808. Livre 1.* foi. 7(5 verso.ANTÔNIO JOAQUIM MACHADO. Porteiro da Câmara de ca- vallo do Numero, por Alvará de 6 de Outubro de 1817. Livro 42.° foi. 79.ANTÔNIO JOAQUIM DÀ SILVA, Almoxarife do Real Paçoe Quinta do Ramalhão. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 9 de Fevereiro de 1820. Livro 54.° foi. 188.ANTÔNIO JOAQUIM VAZ PINTO, Porteiro da Câmara de cavallo do Numero. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 27 de Fevereiro de 1813. Livro 24;° foi. 4 6 :ANTÔNIO JOSÉ DE ABREU FEO GUIÃO, filho do Desem- bargador do Paço, Francisco José de Faria Guião. Moço Fidalgo, por Alvará do 1.° de Fevereiro de 1816. Livro 37.° foi. 9 verso.
  14. 14. AN ^ 9ANTÔNIO JOSE DE ALMADA MELLO VELHO E LENCAS- TRE, filho primogênito do Visconde de Villa-Nova de Souto dEl-Rei. O mesmo titulo em sua vida, por Carta de 10 de Janeiro de 1814. Livro 26.° foi. 167 verso.ANTÔNIO JOSE DE ARAÚJO. Reposteiro da Câmara do Nu- mero, por Alvará de 18 de Março de 1816. Livro 36.° foi. 6 8 .ANTÔNIO DE S. JOSE BASTOS (Fr.), Bispo de Pernam- buco. Titulo do Conselho, por Carta de 2 8 de Novembro de 1815. Uvro 35.° foi. 154.ANTÔNIO JOSE DA COSTA PISCO. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 16 de Fevereiro de 1816. Livro 34.° foi. 194 verso.ANTÔNIO JOSE DA CRUZ, natural de Lisboa, filho de Joa- quim Antônio de Oliveira e Cruz. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 27 de Novembro de 1810. Livro 14.° foi. 5 9 .ANTÔNIO JOSE DA CUNHA E VASCONCELLOS. Monse- nhor Vice-Decano dar Capella Real de Nossa Senhora de Monte-Carmello. Titulo do Conselho, por Carta.de 11 de Janeiro de 1820. Livro 56.° foi. 14.ANTÔNIO JOSE DIAS COELHO, Marechal de Campo refor- mado. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 15 de Janeiro de 1818. Livro 44.° foi. 152.ANTÔNIO JOSE DE FREITAS. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 22 dAbril de 1818. Livro 44.° foi. 103 verso. 3
  15. 15. 10 ANANTÔNIO JOSE GUIÃO, Conselheiro honorário da Fazen- zenda. Titulo do Conselho, por Carta do 1.° de Junho de 1813. Livro 21.° foi. 120 verso. .ANTÔNIO JOSE MARIA CAMPELLO, Official da Secretaria de Marinha. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 6 de Feve- reiro de I81ft. Livro 65.° foi. 54. orANTÔNIO JOSE" DE MIRANDA (D. ), Desembargador do Paço. Titulo,do Conselho, por Carta de 2 3 de Fevereiro de 1818. Livro 42.° foi. 132. orANTÔNIO JOSÉ DE MIRANDA (D. ), Desembargador do Paço. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 6 de Fevereiro de 1819. Livro 5.° foi. 10 verso.ANTÔNIO JOSÉ DE OLIVEIRA PULLA. Cirurgião da Fami- lia Real, por Alvará de 7 de Março de 1815. Livro 31.° fok 170 verso.ANTÔNIO JOSÉ RIBEIRO FREIRE. Porteiro da Câmara de Gavallo do Numero, por Alvará de 6 de Outubro de 1817. Livro 4 t . ° foi. 115 verso.ANTÔNIO JOSÉ DE SÁ E MATTOS, filho legitimo de Ma- nuel Joaquim de Mattos, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 4 de Outubro de 1820. Livro 60.° foi. 130 verso.ANTÔNIO LEITÃO ARNOSO, filho de Manuel de Mello Be- zerra Arnoso, neto de Antônio Leitão Arnoso, Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro,4>or Alvará de 16 de Janeiro de 1816. Livro 3ü.° foi. 18.ANTÔNIO DE LEMOS PEREIRA DE LACERDA, Tenente Ge-
  16. 16. AN neral do Exercito. Titulo de Visconde de Jttfòmenha em sua vida, por Carta de iO de Julho de 1816. Livro 37.° foi. 16.ANTÔNIO DE LEMOS PEREIRA DE LACERDA, filho do Visconde de Juromenha, Antônio de Lemos Pereira de Lacerda, Tenente General dos Exércitos e Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 27 de Juftho de 1818. Livro 46.° foi. 16 verso.ANTÔNIO DE LOCIO E SEIRLZT (D.), natural de Pernam- buco, filho legitimo do Marechal de Campo D. Jorge Eu- gênio de Locio e Seiblzt. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 17.de Abril de 1809. Livro 2.° foi. 136 verão.ANTÔNIO LOURENÇO BARRETO. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 17 de Julho de 1817. Livro 40.° foi. 154 verso.ANTÔNIO LUIZ AMADEU CATELINAN. Reposteiro da Câ- mara do Numero, por Alvará de 2 de Janeiro de 1818. Livro 46.° foi. 169 verso.ANTÔNIO LUIZ DE CASTRO DO RIO FARIA E MENEZES, natural do lugar de Meca, termo dá villa de Al em quer, filho de Duarte Dias de Menezes, Moço Fidalgo com ac- crescentamento a Fidalgo Escudeiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 8 de Junho de 1815. Livro 32.° foi. 92 verso.ANTÔNIO LUIZ COELHO. Reposteiro da Câmara do Nume- ro, por Alvará de 27 de Maio de 1820. Livro 57.° foi. 121 verso.ANTÔNIO LUIZ FIGUEIRA DA CUNHA, filho do Conselhei- ro Antônio Luiz Pereira da Cunha, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 18 de Novembro de 1814. Livro 31.° foi. 17.
  17. 17. 12 ANANTÔNIO LUIZ MARIZ. Barão de Andaluz, em sua vida, por Carta de 22 de Maio de 1810. Livro 9.° foi. 89 verso.ANTÔNIO LUIZ MARIZ SARMENTO, Fidalgo e Guarda- Roupa da Casa Real. Titulo do Conselho, por Carta de 22 de Maio de 1810.. Livro 9.° foi. 9 0 . rANTÔNIO LUIZ PEREIRA DA CUNHA (D. ), Chanceller da Relação da Bahia. Titulo do Conselho, por Carta de 16 de Maio de 1808. Livro 1.° foi. o verso.ANTÔNIO LUIZ PEREIRA DA CUNHA, Chanceller da Rela- ção do Rio de Janeiro e Conselheiro da Fazenda, natural da Bahia, filho de Bartholomeu Pereira da Cunha. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 7 de Janeiro de 1809. Livro 1.° foi. 186 verso.ANTÔNIO MARCELLINO DO VjyLLE. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará do 1.° de Março de 1811. Livro 17.° foi. 17 verso. •ANTÔNIO MARCELLINO DA VICTORIA, Tenente General dos Exércitos. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 24 de Septembro de 1816. Livro 38.° foi. 106.ANTÔNIO MARIA GOMES, filho de Bernardino Antônio Go- mes, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 15 de Julho de 1819. Livro 51.° foi. 25 verso.ANTÔNIO MARIA GOMES RIBEIRO DA CUNHA, natural de Lisboa, filho do Doutor Antônio Gomes Ribeiro, Fidalgo da minha Casa, Desembargador do Paço, e neto de Domin- gos Gomes Ribeiro. Moço Fidalgo, por Alvará de 7 de Outubro de 1802. (Por se lhe ter consumido o seu Alvará
  18. 18. AN 13 nó incêndio que houve na noite de 30 dé Agosto de 1814, nas casas da sua habitação, se lhe passou o presente com salva.)ANTÔNIO MARIA DA SILVA TORRES, sobrinho do Bispo Capellão-mór, Sargento-mór de Cavallaria. Fidalgo Caval- * leiro, por Alvará de 14 de Abril de 1821. Livro 65.° foi. 70.ANTÔNIO MARIA SOARES LIMA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará do 1.° de Abril de 1821. Livro 65.° foi. 66 verso.ANTÔNIO MARQUES DE OLIVEIRA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 15 de Novembro de 1819. Livro 54.° foi. 96 verso.ANTÔNIO DE MATTOS DE FARIA BARBOSA, Capitão-mór das Ordenanças da vilto de Barcellos. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 8 de Março de 1821. Livro 65.° foi. 15.ANTÔNIO MAYA, filho de Antônio de Oliveira Maya, Fidal- go Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 8 de Agosto de 1816. Livro 37.° foi. 67 verso.ANTÔNIO DE MELLO, filho primogênito do Conde de Fica- lho. Conde de Ficalho, por Carta de 2 de Agosto de 1814. Livro 28.* foi. 147.ANTÔNIO DE MELLO COUTINHO DE VILHENA, filho legi- timo de Henrique de Mello Coutinho de Vilhena, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 5 de Março de 1821. Livro 65.° fól. 76.ANTÔNIO DE MELLO VAZ DE SAMPAIO, filho de Lopo
  19. 19. 14 AN Vaz de Sampaio e Mello, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Junho de 1820. Livro 57.° foi. 143.ANTÔNIO MOURÃO CABRAL DA FONSECA, filho legitimo de Pedro Cabral da Fonseca, Escudeiro e Cavalleiro Fi- dalgo. O mesmo foro, por Alvará de 31 de Janeiro de 1821. Livro 63.° foi. 143 verso.ANTÔNIO MUNIZ FERRÃO E ARAGÃO, filho legitimo de José Joaquim Muniz Barreto de Aragão e Menezes, Fidal- go Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 9 de Feve- reiro de 1 8 2 0 . Livro 54.° foi. 192.ANTÔNIO NICOLAÜ DE MOURA STOCKLER, filho do Mare- chal de Campo Francisco de Borja Garção Stockler, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 de Junho de 1813. Livro 54.° foi. 102.ANTÔNIO OLAVO MONTEIRO, natural de Lisboa, filho do Chefe de Esquadra Joaquim José Monteiro Torres. Fidal- go Cavalleiro, por Alvará de 2 8 de Março de 1810. Livro 65.° foi. 2 3 .ANTÔNIO DE OLIVEIRA MAYA. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 19 de Julho de 1810. Livro 37.° foi. 2 6 verso.ANTÔNIO PEDRO ALVES LEÃO, natural de Lisboa, fre- guezia da Ajuda, filho de João Alves. Medico effectivo da Real Gamara, por Alvará de 5 de Abril de 1808. Livro 1.° foi. 76.ANTÔNIO PEREIRA, filho de Manuel Pereira, Fidalgo Ca- valleiro. O mesmo foro, por Alvará de 3 0 de Julho de 1816; Livro 37.° foi. 33.
  20. 20. KS 15AOTONIO PEREIRA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 30.de Novembro de 1818. Livro 47.° foi. 61 verso.ANTÔNIO PEREIRA DE CARVALHO, natural de Lisboa, fi- lho de João Pereira de Carvalho. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 2 de Abril de 1808. Livro 1.° foi. 62 verso.ANTÔNIO PEREIRA DA CUNHA, natural da comarca deSa- bará, filho do Conselheiro Chanceller da Bahia, Antônio Luiz Pereira da Cunha. Foro de Fidalgo da Casa Real, por Alvará de 25 de Janeiro de 1811. Livro 13.° foi. 190.ANTÔNIO PEREIRA MONTEIRO, Primeiro Medico do Exer- cito. Medico da Real Câmara, por Alvará de 30 de Junho de 1816. Livro 37.° foi. 14 verso.ANTÔNIO FILIPPE SOARES DE ANDRADE DÇ BREDE- RODE (Desembargador). Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 1 8 de Julho de 1812. Livro 22.° foi. 23- verso.ANTÔNIO FILIPPE SOARES DE ANDRADE E BftEDERO- or DE (D. ), Desembargador do Paço. Titulo do Conselho, por Carta de 14 de Fevereiro de 1818. Livro 41.° foi. 122 verso.ANTÔNIO PITTA DE CASTRO E MENEZES, filho de Igna- cio Pitta Leite, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 30 de Julho de 1816. Livro 37.° foi. 7 1 .ANTÔNIO PUSICH, Chefe de Esquadra. Fidalgo Cavalleiro, por AJvará de 7 de Agosto de f819. Livro 59.° foi. 74 verso.
  21. 21. 16 ANANTÔNIO REBELLO DE ANDRADE, filho de Antônio Re- bello de Andrade. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 9 de Janeiro de 1815. Livro 31.° foi. 9 8 verso.ANTÔNIO RODRIGUES ROQUEIRO. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 18 de Novembro de 1814. Livro 31.° foi. 2 9 .ANTÔNIO RODRIGUES TAVARES, natural de Lisboa, filho de Valerio Rodrigues Tavares. Porteiro da Câmara de ca- vallo, por Alvará de 2 8 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 121 verso. rANTÔNIO RODRIGUES VELLOSO (D.° ). Titulo do Conse­ lho, por Carta de 30 de Maio de 1812. Livro 19.° foi. 189. orANTÔNIO RODRIGUES VELLOSO ( D . ) , natural da cidade de S. Paulo, filho do Tenente Coronel José Rodrigues Pe­ reira. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 12 de Novembro de 1812. Livro 24.° foi 186.ANTÔNIO RODRIGUES VELLOSO DE OLIVEIRA, filho do Desembargador do Paço Antônio Rodrigues Velloso. Foro, de Moço Fidalgo, por Alvará de 26 de Julho de 1813. Livro 55.° foi. 157 verso.ANTÔNIO RODRIGUES VELLOSO DE OLIVEIRA, filho do Desembargador do Paço, Antônio Rodrigues Velloso de Oliveira. Moço Fhralgo, por Alvará de 12 de Maio de 1820. Livro 60.° foi. 1 4 9 .ANTÔNIO DO ROSÁRIO GONZAGA ALVARES, natural da província de Salsete do estado da índia, filho (te Pedro Antônio Alvares, Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 6 de Março de 1813. Livro 24.° foi. 63 verso.
  22. 22. ANANTONÍO DOS SANTOS HEITOR, natural <fe Lisboa, filho de Theotonio Pedro Heitor. Reposteiro da Gamara do Nume- mero, por Alvará de 23 de Julho de 1814. Livro 28.° foi. 160 verso.ANTÔNIO SARAIVA DE SAMPAIO CDUTINHO, Conselheiro da Fazenda. Foro de Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 5 de Outubro de 1845. Livro 34.° foi. 3 5 verso.ANTÔNIO SOARES LUNA. Reposteiro da Câmara do Nume­ ro, por Alvará do 1.° de Outubro de 1814. Livro 31.° foi. 29 verso.ANTÔNIO DE SERPA PINTO, filho de Alexandre Alberto, de Serpa Pinto da Costa, neto de Antônio de Serpa Pinto, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 13 de Outubro de 1815. Livro 33.° foi. 39.ANTÔNIO TAVARES GODINHO, Medico honorário da Real Câmara, por Alvará de 8 de Junho de 1813. Livro 25.° foi. 141 verso.ANTÔNIO TAVARES GODINHO Medico honorário da Real > Câmara. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 30 de Septem- bro de 1814. Livro 31.° foi. 4 0 .ANTÔNIO TEIXEIRA DE QUEIROZ DE ALMEIDA MORAES SARMENTO, filho de Josér de Queiroz Botelho de Almei­ da e Vasconcellos, Fidalgo Cavalleiro. ü mesmo foro, por Alvará de 2 0 de Março de 1819. Livro 49.° foi. 36 verso.ANTÔNIO TDEMUDO DE MENDANHA, filho de José The- mudo de Mendanha Pinto Savedra e Vasconcellos, Caval­ leiro Fidalgo. Escudeiro e Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 13 de Outubro de 1815. Livro 34.° foi. 39 verso. 4
  23. 23. 18 AYANTÔNIO THOMAZ DE ALMEIDA E SILVA, Coronel de in- fanteria graduado, com exercício de Thesoureiro geral das tropas. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 38 de Feve- reiro de 1816. Livro 36.° foi. 15 verso.ANTÔNIO THOMAZ DE FIGUEIREDO NEVES, Coronel do regimento de cavallaria do termo de Vilia-nova da Rai- nha de Caeté, filho legitimo do Capitão Antônio Ferreira Neves.^ Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 13 de Fevereiro de 1810. Livro 8.° foi. 148.ANTÔNIO VIEIRA, natural do Porto, filho de Manuel Vieira. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 12 de Janeiro de 1811. Livro 5.° foi. 22 verso.ATHANASIO JOSÉ COELHO. Reposteiro da Câmara do Nu- mero, por Alvará de 15 de Fevereiro de 1810. Livro 8.° foi. 136 verso.AUGUSTO WERT. Cirurgião da Real Câmara, por Alvará de 7 de Julho de 1820. Livro 58.° foi. 5 8 verso.AUGUSTO XAVIER PALMEIRIM, filho do Marechal de Cam- po Luiz Ignacio Xavier Palmeirim. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 16 de Fevereiro de 1816. Livro 35.° foi. 87 verso. •AYRES CORRÊA DE LACERDA FIGUEIRA DE AZEVEDO, filho de José da Costa Corrêa de Lacerda Figueira de Aze- vedo, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de H de Agosto de 1815. Livro 33.° foi. 161.AYRES PINTO DE SOUSA, filho de Ayres Pinto de Sousa Coutinho, Fidalgo Escudeiro. O mesmo foro» por Alvará e 18 de Julho de 1813. iro 26.° foi. 16 verso.
  24. 24. BBARÃO DE ANDALUZ. Visconde de Andaluz, por Alvará de 24 de-Dezembro de 1811. Livro 19.° foi. 55 verso.BARÃO DE CONDEIXA. Visconde de Condeixa, por Alvará de 30 de Dezembro de 1811. Livro 19.° foi. 48 verso.BARÃO DE LAGUNA, Carlos Frederico Lecôr, Governador e Capitão General de Montevideo. Titulo do Conselho, por Carta de 14 de Abril de 1819. Livro 50.° foi. 37.BARÃO DE S. LOURENÇO. Visconde de S. Lourenço, por Carta de 10 de Maio de 1819. Livro 50.° foi. 43 verso.BARÃO DE MAGÉ. Visconde de Magé, por Alvará de 10 de Janeiro de 1812. Livro 19.° foi. 62.BARÃO DO RIO SECCO. Visconde do Rio Secco, por Carta de 11 de Fevereiro de 1818. Livro 42.° foi. 106.BARÃO DE VILLA NOVA DA BAINHA. Titulo de Visconde de Villa-nova da Rainha em duas vidas, por Carta de 24 de Maio de 4840. Livro 9.° foi. 84.
  25. 25. 20 BEBARONEZA DO REAL AGRADO.Viscondessa do Real Agfa- . do, por Carta de 8 de Junho de 1810. Livro 9.° foi. 125. orBALTHAZAR DA SILVA LISBOA fD. ), Conselheiro da Fa- zenda aposentado. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 6 de Dezembro dé 1816. y v r o 38.° foi 188. orBALTHAZAR DA SILVA LISBOA (D. ). Titulo do Conselho, por Carta de 18 de Novembro de 1816. Livro 39.° foi. 7 verso.BARTHOLOMEU DE ARAGÃO E COSTA, genro do Tenente General Antônio Marcellino da Victoria, Coronel de Milí- cias da cidade da Guarda. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 15 de Março de 1821. Livro 65.° foi. 8 1 .BARTHOLOMEU BARRETO. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 17 de Julho de 1817. Livro 40.° foi. 155.BARTHOLOMEU JOSÉ VAZ PRETO, natural de Castello- branco, filho de Manuel Vaz Nunes Preto Tudella, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 8 de Junho de 1813. Livro 25.° foi. 122.BELCHIOR RIBEIRO PEIXOTO DE ANDRADE E CASTRO. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 16 de Fevereiro do 1816. Livro 34.° foi. 194.BENTO JOSÉ CORRÊA DA CÂMARA, filho de Patrício José Corrêa da Câmara, Marechal de Campo e Fidalgo Caval- leiro. O mesmo foro, por Alvará de 13 de Abril de 1813. Livro 23.° foi. 8 0 verso.BENTO JOSÉ SARAIVA DO AMARAL (Desembargador),
  26. 26. JM5 tf filho dp JWelcfeior do Amaná. fidalgo CavaHeiP©, por Al- vará de 14 de Novembro de 1813. Livro 26.° foi. 140 verso.BENTO SOARES DE SOUSA FERREIRA DE ALBERGARIA. natural de Ponia-Delgada, filho de João Soares de Sousa Ferreira de Albergaria, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 19 de Junho de 1811. Livro 16.° foi. 137 verso.BERNARDINO ANTÔNIO GOMES, filho de Bernanjioo Antô- nio Gomes, Medico da Real Câmara e Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro. por Alvará de 26 de Maio de 181$. Livro 43.° foi. 135 verso.jBEBNAPDINO JOSÉ DE SENA FREITAS, filho Jegitimp de José Joaquim da Silva Freitas, Fidalgo Cavalleiro. O mes- mo foro, por Alvará de 10 de Juobo de 4 8 2 0 . Livro 57.° foi. 138 verso.BERNARDO ANNES GORDILHO DE BARBUDA, filho de José Júlio lenriques Gordifto Cabral, e da Dona da Real Câmara, a viuva D. Maria Barbara Cabral Velloso de Bar- buda. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 18 de Novembro de 1814. Livro 30.° foi. 8 0 verso.BERNARDO DOUTEL DE ALMEIDA, filho legitimo de An- tônio Wenceslau Doutel de Almeida, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 27 de Fevereiro de 1812. Livro 19.° foi. 113 verso, *BERNARDO JOAQUIM DA COSTA fUBEIRO, filho de João da Costa Ribeiro, aquelle natural da villa do Sabará. Re- posteiro da Câmara do Numerpi por Alvará de 87 de Fe- vereiro de 1812. Livro 19.° foi. 139 verso. 0PBERNARDO JOSE DE ABRANTES E CASTRO (D. ). Me-
  27. 27. 22 BE dico honorário da Real Gamara, por Alvará de 12 de No- vembro de 1812. Livro 24.° foi. 30 verso.BERNARDO JOSÉ DA CUNHA GUSMÃO E VASCONCEL- LOS, natural de Lisboa, filho do Desembargador José Leandro de GusmSo e Vasconcellos. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 3 de Fevereiro de 1810.BERNARDO JOSÉ DA CUNHA GUSMÃO E VASCONCELLOS or (D. ), Deputado da Meza da Consciência. Titulo do Con- selho, por Carta de 7 de Maio de 1808. Livro 1.° foi. 13.BERNARDO JOSÉ DE NORONHA (D.), filho de D. Lourenço Vicente Christovão João de Noronha, e neto de D. Luiz Jgnacio de Noronha, Moço Fidalgo. Moço Fidalgo com ajuntamento a Fidalgo Escudeiro, por Alvará de 9 de Maio de 1818. Livro 44.° foi. 149.BERNARDO JOSÉ PINTO COELHO, natural da freguezia de S. João do Morro-grande, filho de Antônio Caetano Pinto Coelho, Moço Fidalgo da minha Casa, e neto de Luiz Pin- to Coelho..Moço Fidalgo, por Alvará de 27 de Outubro de 1808. Livro 1.° íol. 181.BERNARDO LOBO CORRÊA DE MORAES E CASTRO, na- tural da villa de Guimarães, filho de Simão Lobo Macha- do de Couros, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Al- vará de 12 de Novembro de 1812. Livro 21.° foi. 161 verso.BERNARDO MARIA LOURENÇO BOTELHO ABREU REGO CASTRO,filholegitimo de José Lourenço Botelho de Lemos. Foro de Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 10 de Abril de 1810. 0 Livro IO. foi. 136.
  28. 28. BRBERNARDO MIMOSO DA COSTA PEREIRA, filho de José Bernardo da Costa Mimoso e Vasconcellos, Fidalgo Caval- leiro. O mesmo foro, por Alvará do 1.° de Novembro de 1817. Livro 42.° foi. 65.BERNARDO DE SA NOGUEIRA DE FIGUEIREDO, filho do Desembargador Faustino José Lopes Nogueira de Figuei- redo Sá. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 8 de Abril de 1814. Livro 28.° foi. 104.BERNARDO DA SILVEIRA PINTO DA FONSECA, Marechal de Campo, Governador e Capitão General da Capitania do Maranhão. Titulo do Conselho, por Carta de 21 de Maio de 1819. Livro 50.° foi. 46 verso.BERNARDO SOARES PEREIRA DA SILVA, Monsenhor. Ti- tulo do Conselho, por Carta de 31 de Maio de 1809. Livro 3.° foi. 2 4 .BERNARDO TEIXEIRA COUTINHO ALVARES DE CARVA- or LHO (D. ). Titulo do Conselho, por Carta de 29 de Maio de 1810. Livro 9.° foi. 105.BERNARDO TEIXEIRA COUTINHO ALVARES DE CARVA- LHO, natural da casa de MarvSo, filho de Manuel Teixei- ra da Cunha e Andrade. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 16 de Junho de 1810. Livro 9.° foi. 187 verso.BERNARDO VIEIRA LEITÃO, filho de Manoel de Mello Be- zerra Arnoso, e neto de Antônio Leitão Arnoso, Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 16 de Janeiro de 1816. Livro 36.° foi. 18 verso.BRAZ CARNEIRO BELÉM, natural do Rio de Janeiro, filho
  29. 29. 14 CA de Geratáa Carneiro Belém, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de. 26 de Julho dl f8*14. Livro* 49.° foi. 62.BRAZ CARNEIRO NOGUEIRA DA GOSTlA E GAMA, filho legitimo de Manuel Jacinto Nogueira da Gama, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 8 de Março de Í821. Livra 64.° foi. 123. cCAETANO ANTÔNIO DE LEMOS, natural de Goa, filho de . Bernardo Antônio de Lemos Tello de Menezes, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 29 de Abril de 1812. Livro 19.° foi. 186 verso.CAETANO JOSÉ JANUÁRIO, natora? de Lisboa^ filho de Francisco da Fonseca. Reposteiro daí Câmara do Numero, por Alvará de 7 de Março de 1843. Livro 31.° foi. 162 verso.CAETANO JOSÉ DA SILVA VALENTE. Reposteiro da Câ­ mara do Numero, por Alvará de 2 * de Outubro de 1818. Livro 46.° foi. 197.CAETANO LOPES VILLAS-BOAS, natural da Bahia, filho legitimo de Luiz Lopes Villas-boas, Escudeiro e Cavallei­ ro Fidalgo. Escudeiro Fidalgo com accrescentamento a
  30. 30. CA 25 CavaUeiro Fidalgo, por Alvará de 2 6 de Abril de 1811. Livro 15.° foi. 139 verso.CAETANO PINTO DE MIRANDA MONTE-NEGRO, filho le-, gitimo do Conselheiro Caetano Pinto de Miranda Monte- negro, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 13 de Abril de 1821. Livro 65.° foi. .63 verso.CAMILLO MARIA TONELLET, natural de Lisboa, filho de Cláudio Henrique Tonellet. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 4 de Junho de 1810. Livro 10.° foi, 125 verso.CAMILLO MARIA TONELLET, Tenente General dos Exerci- tos, Conselheiro da Guerra. Titulo do Conselho» por Car- ta de 13 de Abril de 1821. Livro 65.° foi. 106 verso:CAMILLO MARTINS LAGE, Official maior da Secretaria dos Estrangeiros. Titulo do Conselho, por Carta de 6 de Maio 1819. .Livro 49.° foi. 68.*CAMILLO VICENTE ALVARES DA COSTA, natural de Sal- sete, estado da índia, filho de Pedro Antônio Alvares, Ca- valleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 6 de Mar- ço de 1813. Livro 23.° foi. 67.CÂNDIDA ROSA VILLAS-BOAS (D.)i natural de Lisboa, fi- lha de Joaquim Filippe Martins Villas-boas. Foro de Fi- dalgo Cavalleiro á pessoa com quem ella houver de casar, sendo capaz e digna da referida graça, por Alvará de 2 4 de Outubro de 1810. Livro 12.» foi. 179.CÂNDIDO JOSÉ MOURÃO GARCEZ PALHA, Chefe de Es- 5
  31. 31. 26 CA quadra graduado da Marinha de Goa. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 6 de Outubro de 1819. Livro 53.° foi. 92.CARLOTA MARIA NOGUEIRA (D.), sobrinha do Doutor Ri- cardo Raymundo Nogueira, Fidalgo e do Real Conselho, - Lente da Faculdade de Leis, Deputado da Junta da Fazen- da, Bibliotbecario da Universidade. O foro de Fidalgo Ca- valleiro á pessoa com quem ella houver de casar-se, por Alvará de 17 de Abril de 1820. Livro 59.° foi. 6 4 .CARLOS INFANTE DE LACERDA DE SOUSA TAVARES, filho legitimo de João Infante Pereira de Lacerda, Fidal- go Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Abril de 1821. Livro 62.° foi. 139.CARLOS FELIX GERARDO MAY, Chefe de Esquadra gra- duado. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 27 de Abril de 1820. Livro 57.° foi. 67 verso.CARLOS FELIX GERARDO MAY, Chefe de Esquadra, Con- selheiro do Almirantado. Titulo do Conselho, por Carla de 2 0 de Maio de 1820. Livro 57.° foi. 102.CARLOS FREDERICO LECOR, Tenente General. Barão de Laguna, por Carta de 2 de Janeiro de 1819. Livro 48.° foi. 54.CARLOS JOSÉ DA SILVA BRAGA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 9 de Fevereiro de 1820. Livro 55.* foi. 106.CARLOS MANUEL DE MACEDO SOUTO-MAIOR E CASTRO MU1T0-N0BRE (D.), por seu avô paterno D. Alexandre de
  32. 32. CL 27 Macedo Soúto-Maior e Castro Muito-Nobre. Fidalgo Ca­ valleiro, por Alvará de 3 de Junho de 1 8 1 7 . Livro 4 1 . ° foi. 5 5 verso.CESARIO JOSÉ DA SILVA. Porteiro da Câmara do Numero, por Alvará do 1 . ° de Agosto de 1 8 2 0 . Livro 6 1 . ° foi. 1 0 0 .CHRISTOVAM CARCAMO LOBO, Tenente da Marinha Real da índia, natural da freguezia dos Santos Reis Magos, fi­ lho de Antônio de Carcamo Lobo. Fidalgo da Casa Real, por Alvará do 1 . ° de Junho de 1 8 1 0 . Livro 1 0 . ° foi. 1 2 3 .C L À U D I A N O JOSÉ DA CRUZ. Porteiro da Câmara de Ca- vallo do Numero, por Alvará de 1 1 de Julho de 1 8 1 6 . Livro 3 6 . ° foi. 1 8 3 . 0PCLÁUDIO JOSÉ PEREIRA DA COSTA (D. ), Desembarga­ dor do Paço. Titulo do Conselho, por Carta de 1 0 de Fe­ vereiro de 1 8 2 1 . Livro 6 3 . ° foi. 6 1 . Foro de Fidalgo Ca­ valleiro, por Alvará de 1 5 de Janeiro de 1 8 2 1 . Livro 6 4 . ° foi. 7 1 verso.CLÁUDIO MARIA PEREIRA DA COSTA, filho legitimo do Desembargador do Paço Cláudio José Pereira da Costa. Moço Fidalgo, por Alvará de 5 de Março de 1 8 2 1 . Livro 6 5 . ° foi. 6 .CLEMENTE FERREIRA FRANÇA (D."), Desembargador do Paço. Titulo do Conselho, por Carta de 6 de Abril de 1821. Livro 64.° foi. 1 5 1 verso. orCLEMENTE FERREIRA FRANÇA (D. ), Desembargador ho­ norário do Paço. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 7 de Abril de 1 8 2 1 . Livro 6 4 . ° foi. 1 5 1 .
  33. 33. 28 COCLEMENTE JOSÉ D l FIGUEIREDO, natural de Coimbra, fi- lho de José de Carvalho- Reposteiro da Câmara do Nu- mero, por Alvará de 2 0 de Outubro de 1810. Livro 12.° foi. 180.CONDE DE AGUIAR, D. Fernando José de Portugal. Mar- quez de Aguiar, por Carta de 24 de Dezembro de 1813. Livro 25.° foi. 124.CONDE DE AMARANTE, Francisco da Silveira Pinto da Fonseca. Titulo do Conselho» por Carta de 29 de Junho de 1811. Livro 17.° foi. 1 verso.CONDE DOS ARCOS, D. Manhel de Noronha. Titulo do Con- selho, por Carta de 13 de Janeiro de 1814. Livro 26.° foi. 175 verso.CONDE DE BARBACENA, Ffaàcísco FuKado de Castro dò Rio de Mendonça. Titulo do Conselho, por Carta de 3 0 de Janeiro de 1818. Livro 41.° foi. 127 verso. CONDE DO BARREIRO. Titulo do Conselho, por Carta de• 18 de Janeiro de 1813. Livro 25.° foi. 138 verso.CONDE DE CAVALLEIROS, D. Gregorio Ferreira de Eça Menezes, filho primogênito do Conde de Cavalleiros. Titu- lo do Conselho, por Carta de 4 de Dezembro de 1814. Livro 29.° foi. 2 1 .CONDE DA CUNHA, D. José Maria Vasques da Cunha. Ti- tulo do Conselho, por Carta de 25 de Outubro de 1813. Livro 25.° foi. 7 9 .CONDE DE FICALHO, Francisco de Mello. Titulo do Con- selho, por Carta de 11 de Septembro de 1812. Livro 22.° foi. 6 1 .
  34. 34. CO 29 CONDE DE FICàLBO, Atltonio de Mello. Titulo do Conse- lho, por Carta de 2 de Agosto de 1814. Livro 26.° foi. 44 verso. CONDE DA FIGUEIRA, D. José de Castellò-braMo. Titulo do Conselho, por Carta de 2 6 de Maio de 1810. Livro 10.° foi. 87 verso. CONDE DE LINHARES, D. Victoriò de Sousa Coutinho, fi- lho do fallecido Conde de Linhares, D. Rodrigo de Sousa Coutinho, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 6 de Fevereiro de 1816. Livro 35.° foi. 75 verso.# CONDE DE PARATY. Titulo do Conselho, por Carta de 18 de Janeiro de 1813. Livro 25.° foi. 138 verso. CONDE DE PENICHE, D. Maiuel de Almeida e Noronha. Titulo do Conselho, por Carta de 20 de Outubro de 1814. Livro 29.° foi. 175 verso. CONDE DE POMBEIRO, D. Antônio de Castello-branco Cor- rêa e Cunha Vasconcellos e Sousa. Marquez de Bellas, por Carta de 15 de Dezembro de 1812. Livro 22.° foi. 153 verso. CONDE DA REDINHA, José Francisco Xavier Maria de Car- valho e Mello Daun, irmão do Marquez de Pombal Hen- rique José de Carvalho e Mello. Marquez de Pombal, por Carta de 13 de OütuWo de 1814. Livro 30.° foi. 7 verso. CONDE DE REDONDO, Fernando Maria de Sousa Coutinho. Titulo de Marquez de Borba, em sua vida, por Carta de 2 0 de Maio de 1812. Livro 20.° foi 148. CONDE DE REDONDO, D. José Luiz de Sousa Coutinho. Ti-
  35. 35. 30 Dl tolo do Conselho por carta de 9 de Janeiro de 1809, Livro 1.° foi. 178 verso.CONDE DE TRANCOSO. Marquez de Campo-maior, por Car- ta de 11 de Janeiro de 1813. Livro 22.° foL 161 verso.CONDE DE VIMEIRO. Marquez de Torres-vedras, por Al- vará de 2 0 de Dezembro de 1811. Livro 19,° foi. 46 verso.CUSTODIO MANUEL GOMES, fllho de Bernardino Antônio Gomes, Medico da Real Câmara, e Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 6 de Maio de 1818. Livro 43.° foi. 136. DDELFIM HERMENEGILDO DE SIQUEIRA. Reposteiro da Gamara Ao Numero, por Alvará de 2 de Agosto de 1 8 1 5 . Livro 33.° foi. 177 verso.DINIZ MARIA DE FIGUEIREDO, natural de Lisboa, filha de José Anastácio de Figueiredo, Cavalleiro Fidalgo. Caval- leiro Fidalgo, por Alvará de 5 de Dezembro de 1810. Livro l í . ° foi. 61 verso.DIOGO ÁLVARO PEREIRA SARMENTO FORJAZ, filho de João Pereira Sarmento Forjaz de Lacerda, Fidalgo Caval- leiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 0 de Outubro de 1820. Livro 61.° foi. 115 verso.
  36. 36. Dl 31DIOGO BARATA DE LIMA DA FONSECA TOVAR E ALBU­ QUERQUE; filho legitimo de Manuel Barata de Lima Hen- riques da Fonseca Arnaud, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 0 de Julho de 1820. Livro 59.° foi. 6 3 verso.DIOGO DE LEMOS E NÁPOLES, filho de José de Lemos e Nápoles, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 17 de Septembro de 1818. Livro 45.° foi. 141.DIOGO DE MELLO COUTINHO DE VILHENA, filho legiti­ mo de Henrique de Mello Coutinho de Vilhena, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de S de Março de 1821. Livro 65." foL 77 verso.DIOGO NORBERTO DA PAZ E ABREU. Reposteiro da Câ­ mara do Numero, por Alvará de 2 0 de Março de 1820. Livro 86.° foi. 47.DIOGO DE NORONHA (D.), filho de D. José Francisco de No­ ronha, Moço Fidalgo, com accrescentamento a Fidalgo Es­ cudeiro. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Junho de 1820. Livro 57.° foi. 144.DIOGO DE SOUSA (D.), Vedor da Casa Real. Conde de Rio Pardo, por Carta de 2 9 de Julho de 1815. Livro 32.° foi. 140 verso.DIOGO DE TOLEDO LARA E ORDONHES, Conselheiro da Fazenda. Foro de Fidalgo Cavalleiro, por Alvará do 22 de Junho de 1810. Livro 9.° foi. 1 7 3 . orDIOGO DE TOLEDO LARA E OftDONHKS (D. ), Conselhei­ ro da Fazenda, Titulo do Conselho, por Carta de 2 0 de Maio de 1810. vro - 10.° foi. 112.
  37. 37. 32 DODIOGO VIEIRA DE TOVAR E ALBUQUERQUE, Fidalgo da Casa Real. Titulo do Conselho, por Carta de 7 de Maio de 1848.. Livro 43.° foi. 46.DOMINGOS ANTÔNIO DA SILVA. Cirurgião da Família Real, por Alvará de 2 6 de Julho de 1813. Livro 26.° foi. 67 verso.DOMINGOS ANTÔNIO DA SILVA. CirurgiSo eflectivo da Real Câmara, por Alvará do 1.° de Fevereiro de 1816. Livro 3».° foi. 7 3 .DOMINGOS ANTÔNIO DE SOUSA COUTINHO (D.). Gonde- do Funchal, por Carta de 8 de Junho da 1812. Livro 21.° foi. 2 verso.DOMINGOS CARVALHO DE QUEIRQGA, natural de Lisboa, filho de José Antônio Marcellino de Amorim Queiroga. Re- posteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 15 de De- zembro de 1810. Livro 14.° foi. 130,DOMINGOS GURGEL VIANNÀ DO AMARAL, filho de Luiz José Vianna Gurgel do Amaral e Rocha, Fidalgo Cavallei- ro. O mesmo foro, por Alvará de 5 de Junho de 1815. Livro 32.° foi. 75 verso.DOMINGOS JOSÉ DE FREITAS. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 1 0 de Fevereiro de 1815. Livro 32.° foi. 6 verso.DOMINGOS LUCAS PEREIRA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 2 0 de Dezembro de 1814. Livro 30.? foi. 97 verso.DOMINGOS MAYA, filho de Antônio de Oliveira Maya. Fi- dalgo Cavalleiro, por Alvará de 8 de Agosto de 1816. Livro 37.° foi. 6 8 .
  38. 38. Dü 33DOMINGOS RIBEIRO DOS GTIMARÃES PEIXOTO. Cirurgião da Família Real, por Alvará de 4 de Novembro de 1817. Livro 42.° foi. 51 verso.DOMINGOS RIBEIRO DOS GUIMARÃES PEIXOTO. Cirurgião da Real Câmara, por Alvará de 7 de Julho de 1820. Livro 59.° foi. 33.DOMINGOS RIBEIRO DOS GUIMARÃES PEIXOTO, Cirurgião da Real Câmara. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 16 de Abril de 1821. Livro 65.° foi. 160 verso.DOMINGOS VICENTE DE SALDANHA DE OLIVEIRA E DAUN, filho do primeiro Conde de Rio-maior João de Saldanha de Oliveira e Sousa, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 2 0 de Julho de 1811. Livro 16.° fòL 150 verso.DUARTE CARDOSO DE SA, filho de José Antônio de Sá, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 7 de Julho de 1820. Livro 59.° foi 36 verso.DUARTE MENDES DE SAMPAIO FIDALGO, Monsenhor da Real Capella. Titulo do Conselho, por Carta de 13 de Abril de 1818. Livro 44.° foi. 19.DUQUE DE CADAVAL, D. Nuno Caetano Alvares Pereira de Mello. Titulo do Conselho, por Carta de 24 de Outu- bro de 1810. Livro 13,° foi. 5 8 verso. 6
  39. 39. EÈGAS MONIZ FERRÃO E ARAGÃO, filho legitimo de José Joaquim Moniz Barreto Aragão e Menezes, Fidalgo Caval- leiro. O mesmo foro, por Alvará de 9 de Fevereiro de 1820. Livro 54.° foi. 192 verso.ELIAS ANTÔNIO LOPES, natural do Porto, filho do Capitão Antônio Lopes Guimarães. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 19 de Outubro de 1810. Livro 13.° foi. 16 verso.ELIAS ANTÔNIO LOPES, Deputado da Real Junta do Com- mercio, Agricultura, etc. etc. Titulo do Conselho, por Carta de 8 de Janeiro de 1812. Livro 19.° foi. 57 verso.ESTAGIO GOLARTE PEREIRA, natural do Rio de Janeiro, filho de João Golarte Pereira. Medico da Familia, ficando dispensado do serviço do Paço, por Alvará de 26 de Ou- tubro de 1808. Livro 1.° foi. 109.ESTACIO GOLARTE PEREIRA, filho de João Golarte Perei- ra, natural do Rio de Janeiro. Medico da Real Câmara, por Alvará de 4 de Julho de 1809. Livro 3.° foi. 195.ESTEVÃO JOSÉ VIEIRA DE MELLO, filho de Manuel de
  40. 40. FE 35 Mello Bezerra Arnoso, e neto de Antônio Leitão Arnoso, Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 16 de Janeiro de 1816. Livro 35.° foi. 93 verso.ESTEVAM RODRIGUES PIMENTA. Porteiro da Câmara de Cavallo do Numero, por Alvará de 17 de Maio de 1809. w Livro 3.° foi. 5 4 verso. FFELICIANO ANTÔNIO RIBEIRO. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 22 de Maio de 1819. Livro 51.° foi. 52.FELISBERTO CALDEIRA BRANT PONTES, Marechal de Campo graduado. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 27 de. Junho de 1818. Livro 46.° foi. 3 0 verso.FELISBERTO CALDEIRA BRANT PONTES, filho legitimo de Felisberto Brant Pontes Caldeira, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 8 de Fevereiro de 1820. Livro 55.° foi. 106.FELIX ANTÔNIO DE ARAÚJO. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 15 de Dezembro de 1820. Livro 64.° foi. 72.FERNANDO CARNEIRO LEÃO, natural do Rio de Janeiro,
  41. 41. 36 FR freguezia da Candelária, filho de Braz Carneiro Leão, Fi- dalgo da minha Casa. Fidalgo CqyaHeiro, por Alvará de 12 de Septembro de 1808. Livro 1.° foi. 91 verso.FERNANDO JOSÉ DE PORTUGAL <D.). Titulo de Conde de Aguiar, por Carta de 22 de Dezembro de 1808. Livro 1.° foi. 190.FERNANDO DE MELLO COUTINHO DE VILHENA, filho legitimo de Henrique de Mello Coutinho de Vilhena, Fi- dalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 5 de Mar- ço de 1821. Livro 65.° foi. 76 verso.FILIPPE PINTO DA CUNHA SOUSA, Monsenhor da Real Capella. Titulo do Conselho, por Alvará de 23 de Agosto 1808. Livro 1.° foi. 48.FLORENCIO ANTÔNIO BARRETO. Cirurgião effectivo da Real Câmara, por Alvará de 2 de Junho de 1815. Livro 32.° foi. 95 verso.FLORENCIO FRANCISCO DOS SANTOS FRANCO, Cirurgião honorário da Real Câmara, filho do Coronel Antônio Hen- riques dos Santos Franco, aquelle natural de Lisboa. Ca- valleiro Fidalgo, por Alvará de 11 de Dezembro de 1812. Livro 24.° foi. 6 9 .FLORENCIO JOSÉ CORRÊA DE MELLO, Tenente General dos Exércitos. Titulo do Conselho, por Carta de 12 de Fevereiro de 1816. Livro 36.° foi. 9 verso.FRANCISCO ALVES PEREIRA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 9 de Maio de 1818. Livro 43.° foi. 170 verso.
  42. 42. FR . 37FRANCISCO DE ALMEIDA DE MELLO E CASTRO ( D . ) . Conde das Galvêas, por Carta de 8 de Fevereiro de 1818. Livro 42.° foi. 115 verso.FRANCISCO DE ANDRADE CORVO, filho de Jo3o de An- drade Corvo, e neto de José de Andrade Corvo, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 28 de Novem- bro de 1815. Livro 34.° foi. 120.FRANCISCO ANTÔNIO DE ARAÚJO DE AZEVEDO, Gover- nador e Capitão General das ilhas dos Açores. Titulo do Conselho, por Carta de 12 de Novembro de 1816. Livro 40.° foi. 45 verso.FRANCISCO ANTÔNIO DUARTE DA FONSECA MONTANHA or (D. ), Desembargador do Paço. Titulo do Conselho, por Carta de 8 de Maio de 1818. Livro 43.° foi. 72.FRANCISCO ANTÔNIO DE LEMOS, natural de Goa, filho de Bernardo Antônio de Lemos Tello de Menezes, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 29 de Abril de 1812. Livro 19.° foi. 186 verso.FRANCISCO ANTÔNIO PIRES. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 2 0 de Novembro de 1817. Livro 46.° foi. 97.FRANCISCO ANTÔNIO DA SILVA, filho de José Antônio de Silva. Beposteiro da Câmara do Numero, por Alvará da 26 de Novembro de 1812. Livro 22.° foi. 156 verso.FRANCISCO ANTÔNIO DA SILVA FRANCO, natural de Lis- boa, filho de Manuel da Silva Franco. Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 7 de Março de 1817. Livro 40.° foi. 54 verso.
  43. 43. 38 FRFRANCISCO ANTÔNIO DA SILVEIRA, natural de Braga, fi- lho legitimo de Antônio de Sousa da Silveira, Fidalgo da minha Casa. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 0 de Abril de 1809. Livro 3.° foi. 109 verso.FRANCISCO ANTÔNIO DA VEIGA CABRAL DA CÂMARA, dp meu Conselho, Marechal do Exercito. Titulo de Vis- conde de Mirandella em sua vida, por Carta de 21 de Maio de 1810. Livfo 20.° foi. 6 0 .FRANCISCO DE ASSIS MASCARENHAS (D.), Capitão Gene- ral de Goyaz. Conde da Palma, por Carta de 2 6 de Outu-bro de 1810. Livro 13.° foi. 8 5 .FRANCISCO DE ASSIS DE MENDONÇA E MOURA (D.), neto de Antônio de Moura Borralho, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 7 de Março de 1815. Livro 31.° foi. 2 0 8 verso.FRANCISCO DE ASSIS PINTO COELHO, natural de S. João Baptista do Morro-grande, filho de Antônio Caetano Pinto Coelho da Cunha, Moço Fidalgo, e neto de Luiz José Pinto Coelho. Moço Fidalgo, por Alvará de 27 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 128.FRANCISCO AVELLINO PESSOA DE AMORIM, natural de Lisboa, filho de Gaspar Pessoa Tavares de Amorim, Fi- dalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 6 de Agosto de 1817. Livro 54.° foi 118. rFRANCISCO BAPTISTA RODRIGUES (D.» ). Conselheiro da Fazenda. Titulo do Conselho, por Carta de 10 de Janeiro de 1815. Livro 31.° foi. 65 verso.
  44. 44. FR 39FRANCISCO BAPTISTA RODRIGUES, Conselheiro da Fa- zenda. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 18 de Janeiro de 1818. Livro 31.° foi. 92.FRANCISCO BARRETO CATALÃO (Fr.), Deputado do Con- selho Geral do Santo Officio. Titulo do Conselho, por Al- vará de 9 de Novembro de 1815. Livro 34.° foi. 61 verso.FRANCISCO BARROSO PEREIRA, filho do Desembargador dos Aggravos na Casa da Supplicaeão, Antônio Barroso Pereira. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 14 de Feverei- ro de 1814. Livro 25.° foi. 184 verso.FRNCISCO BENTO MARIA TARGINI, Conselheiro da Fa- zenda. Titulo do Conselho, por Alvará de 13 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 100.FRANCISCO BENTO MARIA TARGINI, do Real Conselho. Barão de S. Lourenço em soa vida, por Alvará de 2 0 de Dezembro de 1811. Livro 18.° foi. 187 verso.FRANCISCO BERNARDO DE NORONHA (D.), filho de D. Lourenço Vicente Christovão João de Noronha, Moço Fi- dalgo com accrescentamento a Fidalgo. Escudeiro, e neto de D. Luiz Ignacio de Noronha, Moço Fidalgo. Moço Fi- dalgo com ajuntamento a Fidalgo Escudeiro, por Alvará de 9 de Maio de 1818. Livro 44.° foi. 148 verso.FRANCISCO DE BORJA GARÇÃO STOCKLER, Marechal de Campo. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 3 de Dezembro de 1812. Livro 22.° foi. 151.FRANCISCO DE BORJA GARÇÃO STOCKLER, Governador
  45. 45. 40 PR e Capitão General das ilhas dos Açores. Titulo do Conse- lho, por Carta de 29 de Novembro de 1819. Livro 54.° foi. 105.FRANCISCO DE CASTRO CORRÊA DE LACERDA FIGUEI- RA DE AZEVEDO, filho de José de Castro Corrêa de La- cerda Figueira de Azevedo, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 11 de Agosto de 1815. Livro 33.° foi. 161 verso.FRANCISCO CORRÊA DE AMORIM, filho de Antônio Corrêa de Amorim, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alva- rá de 22 de Maio de 1815. Livro 33.° foi. 179 verso.FRANCISCO CORRÊA PICANÇO, filho de Manuel Corrêa Pi- canço, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro» por Alvará de 12 de Novembro de 1812. Livro 21.° foi. 165 verso.FRANCISCO FEO CARDOSO DE AZEVEDO COUTINHO, na- tural de Santa Maria dos Olivaes, filho de Luiz da Mòtta Feo e Torres. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 10 de Ju- nho de 1804. (Por se lhe haver desencaminhado o Alva- rá de 9 de Fevereiro de 1783, se lhe passou este.) Livro 4.° foi. 163.FRANCISCO DA FONSECA FIGUEIREDO. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 7 de Julho de 1817. Livro 39.° foi. 134 verso.FRANCISCO GOMES DA SILVA PEIXOTO, natural de Lis- boa, filho de Antônio Gomes. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará do 1.° de Fevereiro de 1810. Livro 8.° foi. 179 verso.FRANCISCO HOMEM DE MAGALHÃES PIZARRO, Marechal• de Campo, Governador e Capitão General da capitania do Maranhão. Titulo do Conselho, por Carta de 2 5 de Maio de 1818. - ivro 4 4 . ° foi. 1 3 3 .
  46. 46. 41FRANCISCO INFANTE DE LACERDA DE SOUSA TAVARES, filho legitimo de João Infante Pereira de Lacerda, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Abril de 1821. Livro 62.° foi. 140.FRANCISCO JOAQUIM DE AZEVEDO, natural do Rio de Janeiro, filho de Francisco Ferreira de Sons?. Medico ef- fectivo da Real Câmara, por Alvará de 2 0 de Dezembro de 1809. Livro 13.° foi. 104 verso.FRANCJSCÕ JOAQUIM PEREIRA DE CARVALHO, natural de Pernambuco, filho de José Antônio Pereira de Carva- lho, Fidalgo da minha Casa. O mesmo foro, por Alvará de 8 de Septembro de 1810. Livro 13.° foi. 14.FRANCISCO JOAQUIM DE SIQUEIRA, natural do Rio de Janeiro, filho de Joaquim José de Siqueira, Fidalgo Caval- leiro. O mesmo foro, por Alvará de 18 de Fevereiro de 1813. Livro 23.° foi. 4 0 verso.FRANCISCO JOSÉ DO AMARAL. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 10 de Novembro de 1818. Livro 47.° foi. 9 0 .FRANCISCO JOSÉ BOTELHO DE SAMPAIO E ARRUDA, natural da cidade de Ponta-Delgada, filho de Antônio Fran- cisco de Sampaio e Arruda, neto de Francisco Botelho de Sampaio e Arruda, Cavalleiros Fidalgos. Escudeiro Fi- dalgo com ajuntamento a Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 2 de Maio de 1818. Livro 44.° foi. 152 verso.FRANCISCO JOSÉ DE BRITO. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 8 de Janeiro de 1811. Livro 14.° foi. 130. 7
  47. 47. 42 FRFRANCISCO JOSÉ DA COSTA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 20 de Julho de 1813, Livro 26.° foi. 33 verso.FRANCISCO JOSÉ DIAS, natural deJMonte-mór o velho, fi- lho de Manuel José. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 3 de Fevereiro de 1808. Livro 2.° foi. 57. orFRANCISCO JOSÉ DE FARIA GUIÃO (D. ), Desembarga- dor. Titulo do Conselho, por Carta do 1.° de Junho de 1813. Livre 23.° foL 130.FRANCISCO JOSÉ MARIA DE BRITO. Ministro Plenipoten- ciario nos Paizes Baixos. Titulo do Conselho, por Carta de 17 de Janeiro de 1816. Livro 35.° foi. 57 verso.FRANCISCO JOSÉ DE MATTOS FERREIRA E LUCENA, Marechal de Campo, natural de Lisboa, filho de Antônio José de Mattos Ferreira. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 0 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 124.FRANCISCO JOSÉ DE MATTOS FERREIRA E LUCENA, na- tural da Bahia, filho legitimo de Antônio José de Mattos Ferreira e Lucena, Fidalgo da minha Casa. Fidalgo Caval- leiro, por Alvará de 3 dé Fevereiro de 1809. Livro foi. 63 verso.FRAJNCBCO JOSÉ RE1ELLO DE ANDRADE, filho de Anto- nio< Rebello de Andrade. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 9 de Janeiro de 1815. Livro 31.° foi. 98.FftANCISCO JOSÉ RUFINO DE SOUSA LOBATO, Porteiro da minha Real Câmara, e Guarda-joias da Casa Real. Titu- lo do Conselho, por Carta de 3 0 de Dezembro de Í 8 0 8 . Livro 1 . ° foi. 171.
  48. 48. Fft «3 FRANCISCO JOSÉ RÜFINO DE SOUSA LOBATO, do meu Conselho, Porteiro da minha Real Câmara, Barão de Villa- nova da Rainha em duas vidas, por Carta de 5 de Junho de 1809. Livro 3." foi. 4 5 . FRANCISCO JOSÉ VIEIRA TELLES CASA-ALTA. Repostei- ro da Câmara do Numero, por Alvará de 5 de Março de 1821. Livro 63.° foi. 196. FRANCISCO P E LEMOS FARIA PEREIRA COUTINHO, Con- selheiro honorário da Fazenda. Titulo do Conselho, por Carta de 4 de Janeiro de 1813. Livro 21.° foi. 186 verso. FRANCISCO LIBERATO DE SÁ E MATTOS, filho legitimo de Manuel Joaquim de Mattos, Fidalgo Cavalleiro. O mes- mo foro, por Alvará de 4 de Outubro de 1 8 2 0 . Livro 60.° foi 131. FRANCISCO UBORIO DE SOUSA MARIZ SARMENTO, filho de Francisco Paula Liborio de Sousa Maria Sarmento, Fi- dalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 7 de Agosto de 1819. Livro 51.° foi. 107. FRANCISCO LOPES DE SOUSA FARIA E LEMOS, Corre- gedor do Crime da Corte e Casa. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 7 de Dezembro de 1808. Livro 1.° foi. 164. or. FRANCISCO LOPES DE SOUSA FARIA E LEMOS (D. ), Conselheiro da Fazenda. Titulo do Conselho, por Carta de de 25 de Maio de 1812. Livro 20.° foi. 149 verso. FRANCISCO LOPES VILLAS-BOAS, natural da Bahia, filho de Luiz Lopes Villasrboas, Escudeiro e Cavalleiro Fklal-
  49. 49. 44 FR go. Escudeiro Fidalgo com accrescentamento de Cavallei-. ro Fidalgo, por Alvará de 2 6 de Abril de 1811. Livro 16.° foi. 84.FRANCISCO LUIZ ANTAS COELHO, natural davilla de Ar- cos de Val-de-Vez, filho do Doutor José Antas Coelho. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 13 de Fevereiro de 1817. Livro 39.° foi. 145.FRANCISCO MANUEL DE PROENÇA PEGADO, natural do Rio de Janeiro, filho de Roberto de Proença Castello- branco, Cavalleiro Fidalgo da minha Real Casa. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 16 de Maio de 1809. Livro 3.° foi. 25 verso.FRANCISCO MANUEL DE PAULA. Medico effectivo da Real Câmara, por Alvará de 18 de Agosto dé 1812. Livro 21.° foi. 68.FRANCISCO MANUEL DA SILVA E MELLO, Marechal de Campo dos Exércitos. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 15 de Septembro de 1819. Livro 52.° foi. 146 verso.FRANCISCQ MARIA GORDILHO VELLOSO DE BARBUDA, filho de José Júlio Henrique Gordilho Cabral, e de D. Ma­ ria Barbosa Cabral Velloso de Barbuda, Dona da Real Câ­ mara. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 18 de Novembro de 1814. Livro 30.° foi. 8 0 .FRANCISCO MARIA DE MATTOS TELLES DE MENEZES, filho legitimo de Ignacio de Mattos Telles de Menezes, Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 2 0 de Março de 1820. Livro 57.° foi. 12.FRANCISCO MAURÍCIO DE SOUSA COUTINHO (D.;, filho
  50. 50. FR 45 do Conde de Linhares D. Rodrigo de Sonsa Coutinho. Moço Fidalgo, por Alvará de 11 de Janeiro de 1809. Livro 1.° foi. 181 verso.FRANCISCO DE MELLO. Conde de Ficalho, por Carta de 11 de Septembro de 1812. Livro 22.° foi. 60 verso.FRANCISCO DE MELLO COUTINHO DE VILHENA, filho legitimo de Henrique de Mello Coutinho de Vilhena, Fi- dalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará da 5 de Mar- ço de 1812. Livro 65.° foi. 77.FRANCISCO MENDES RIBEIRO, natural da fresuezia de S. Marinha de Fornos, Bispado do Porto, filho de Pedro Ri- beiro. Cirurgião do Numero da minha Casa, ficando dis- pensado do serviço do Paço, por Alvará de 2 0 de Outu- bro de 1808. Livro 1.° foi. 109.FRANCISCO DE MENEZES DA SILVEIRA E CASTRO (D.), Conde de Caparica. Marquez de Vallada em sua vida, por Carta de 24 de Dezembro de 1813. Livro 25.° foi. 123.FRANCISCO MIMOSO DA COSTA ALPOIM, filho de José Bernardo da Costa e Vasconcellos, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará do 1.° de Novembro de 1817. Livro 42.° foi. 65.FRANCISCO DE MORAES DOUTEL DE ALMEIDA, filho le- gitimo de Antônio Wenceslau Doutel de Almeida, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 27 de Fevereiro de 1812. Livro 19.° foi. 112 verso.FRANCISCO PAES BARRETO, natural de Pernambuco, fi- lho de João Paes Barreto, Fidalgo Cavalleiro de minha
  51. 51. «6 FR" fleai Casa. O mesmo foro, por Alvará d e l i de Agosto de 1 8 0 9 . Livro 5.° foi. 5 verso.FRANCISCO PAES RODRIGUES HORTA, natural de S. Se* bastião do bispado de Marianna, filho de José Caetano Rodrigues Horta. Escudeiro e Cavalleiro Fidalgo, por Al- vará de 10 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 145 verso.FRANCISCO DE PAULA, filho do primeiro Conde de Rio- maior, João de Saldanha, Moço Fidalgo. Foro de Fidalgo, por Alvará de 20 de Julho de 1811. Livro 16.° foi. 151.FRANCISCO DE PAULA ALBUQUERQUE MARANHÃO, fi- lho de Affonso Albuquerque Maranhão, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 31 de Maio de 1816. Livro 36.° foi. 155.FRANCISCO DE PAULA CAVALCANTI E ALBUQUERQUE, natural de Pernambuco, filho de Francisco Xavier Caval- canti e Albuquerque. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 7 de Dezembro de 1808. Livro 1.° foi. 166.FRANCISCO DE PAULA CAVALCANTI E ALBUQUERQUE, filho de Francisco de Paula Cavalcanti e Albuquerque, Fi- dalgo Cavalleiro. O mesmo toro, por Alvará de 30 de Ju- nho de 1816. Livro 36.° foi. 190.FRANCISCO DE PAULA CHAVES. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 30 de Outubro de 1818. Livro 47.° foi. 184.FRANCISCO DE PAULA CORDOVÍL DE BRITO DE VAL- LADARES LIMPO DA ROCHA BOÇARRO, filho de F r « - cisco José Cordov.l de Brito -Mousinho de Valladares
  52. 52. FR SoMo-maior, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Al- vará de -20 de Novembro de 1816. Livro 40.° foi. 45 verso.FRANCISCO DE PAULA LIBORIO DE SOUSA MARIZ SAR- MENTO, filho de Manuel Liborio de Sousa Mariz Sarmen- to e neto de Antônio Caetano de Sousa, Fidalgos Cavallei- rçs. O mesmo foro, por Alvará do 1.° de Outubro de 1*818. Livro 46.° foi. 176.FRANCISCO DE PAULA MAGESSI, Governador e Capitão General dç Matto-Grosso. Titulo do Conselho, por Carta de 14 de Julho de 1817. Livro 39.° foi. 131 verso.FRANCISCO DE PAULA MARTINS. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 21 de Fevereiro de 1820. Livro 63.° foi. 164 verso.FRANCISCO DE PAULA MENA BARRETO, filho dò M&re- , chal de Campo João Dias Mena Barreto. Fidalgo Caval- leiro, por Alvará de 10 de Septembro de 1822. Livro 66.° foi. 195 verso.FRANCISCO DE PAULA DA ROCHA PINTO, filho de Thomaz da Rocha Pinto, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 17 de Maio de 1815. Livro 31.° foi. 112 verso.FRANCISCO DE PAULA RODRIGUES HORTA, natural do bispado de Marianna, filho de Francisco Rodrigues Horta. Escudeiro e Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 6 de De- zembro de 1808. Livro 1.° foi. 192.FRANCISCO DE PAULA DA SILVA. Reposteiro da Camarâ do Numero, por Alvará de 3 0 dé Maio de 1817. Livro 39.° foi. 128 verso.
  53. 53. 48 FRFRANCISCO DE PAULA VIElfeA DA SILVA DE TOVAR E ALBUQUERQUE, Fidalgo da Casa Real, Major de Caval- laria. Barão de Molellos em sua vida, por Carta de 9 de Janeiro de 1816. Livro 34.° foi. 136 verso.FRANCISCO PINTO VAZ GUEDES BACELLAR DE MORAES PIMENTEL, filho de Luiz Vaz Guedes Pereira Pinto, e neto de Miguel Antônio Vaz Guedes Pereira, Moços Fidalgos. O mesmo foro com accrescentamento a Fidalgo Escudeiro, por Alvará de 13 de Outubro de 1818. Livro 46.° foi. 143.FRANCISCO REBELLO PEIXOTO DE ANDRADE E CASTRO, filho de Belchior Rebello Peixoto de Andrade e Castro, Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 16 de Fevereiro de 1816. Livro 34.° foi. 194.FRANCISCO DA SILVEIRA PINTO DA FONSECA, Marechal de Campo dos Exércitos. Conde de Amarante, por Alvará de 28 de Junho de 1811. a Livro 17.° íol. l . verso.FRANCISCO DE SOUSA GUERRA ARAÚJO GODINHO, Con- selheiro da Fazenda. Titulo do Conselho, por Alvará de 8 de Julho de 1808. Livro 1.° foi. 11 verso.FRANCISCO DE SOUSA GUERRA ARAÚJO GODINHO or (D. ), Conselheiro da Fazenda, natural da cidade de Ma- rianna, filho do Doutor Manuel da Guerra Leal de Sousa e Castro. Fidalgo Cavalleiro, por Alvaráde 1 de Dezem- bro de 1808, Livro 1.° foi. 156.FRANCISCO DE SOUSA DE OLIVEIRA, Vereador da Câma- ra da cidade do Rio de Janeiro. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 22 de Abril de 1818. Livro 44.° foi. 150.
  54. 54. GA 49FRANCISCO VICENTE SOÜTO-MAIOR, 1.° Tenente da Ma­ rinha, filho do Chefe de Esquadra Francisco Manuel Souto- maior. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 14 de Junho de 1810. Livro 10.° foi. 128 verso. *FRANCISCO VENANCIO DA VEIGA, filho de José Antônio da Veiga, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Outubro de 1816. Livro 38.° foi. 108.FRANCISCO XAVIER DE MENDONÇA, Monsenhor da San­ ta Egreja de Lisboa. Titulo do Conselho, por Carta de 2 8 de Janeiro de 1817. Livro 40.° foi. 2 5 .FRANCISCO XAVffiR DOS SANTOS, natural da capitania de S. Paulo, filho de Lopo dos Santos Serra. Cavalleiro Fi­ dalgo, por Alvará de 2 8 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 120. orFRANCISCO XAVIER DA SILVA CABRAL (D. ), Conselhei­ ro da Fazenda. Titulo do Conselho, por Carta de 17 de Fevereiro de 1818. Livro 41.° foi. 125 verso. GGABRIEL ANTÔNIO FRANCO DE CASTRO, Marechal de Campo. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 3 de Outubro de 1820. Livro 61.° foi. 110.
  55. 55. 90GABRIEL DA COSTA PISCO, sobrinho de Antoni® José dar Costa Pisco. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 46 de Fe- $mvo de 1816> Livro 34.° foi. 193 verso.GASPAR FRANCISCO MENA BARRETO, filho de João de De«ft M$m< Barreto,. Fidalgo Cavalleiro. 0 mesmo foro» pon Alvará; d# 2 3 (ie Abril de Í819; Livro 49.° foi. 70.GASPAR JOSÉ DE MATTOS FERREIRA E LUCENA, Con- selteira- de Guerrar. TitolLV do Conselho, por Alvará de 2 0 dfrtaotro d* 1808. Livro 1.° foi. 10 verso.GASPAR JOSÉ DE MATTOS FERREIRA E LUCENA, natu- rdrâe? Lisboa, filhado Marechal de Campo Fuancisca José de Mattos Ferreipa deíhacena. Fidaigo Cavalleiro, por Al- vará de U d» Novembro de: 1808. Livro 1.° foi. 142 verso.GASPAR TEIXEIRA EB QUEIROZ DE ALMEIDA) MORAES S&RMENIQ;, fi)ho de José de Queiroz Botelho de Almei- da e Vasconcellos, Fidalgo Cavalleiro.. 0» mesmo foro* por Alvará de 20 de Março de 1849. Livro 49.° foi. 4 1 .GONÇALO CARDOSO BARBA DE MENEZES, natural do Porto, filho de Gaspar Cardoso de Carvalho Fonseca e Vasconcellos, Fidalgo Cavalleiro. 0 mesmo foro, por Al- vará de 3 de Dezembro dê 1812. Livro 22.° foi. 146 verso.GREGORIO FERREIRA DE EÇA E MENEZES (D.), filho primogênito do Conde de Cavalleiros, do Conselho Real et Mordomo-roór da Rainha. Conde de Cavalleiros na vida 4M8 lbe competir, por. Carta de 4 de Dezembro der 1.814. Livro 29.° fol/20 verso.
  56. 56. m stGREGORIO GOMES SALGMK). Reposteiro ê» Cattrara 4Q Numero, por Alvará 4 e 2 0 deOutòbw» de 4®t7., Livro 41.° foi. 59 verso.GUILHERME CARR BERESFOKD, Marechal Commmdaote em Chefe dos Exércitos. Conde 4 e TranOoso, por «Garta de 15 de Maio de 1811. Livro 15.° foi. 147 verso.GUILHERME FREDERICO DE OLIVEIRA MATA, flll.o de Aototrio Maya, neto de AtítoBio de Oliveira Maya, FWalgos Cavalleiros. O mesmo foro, por Alvará de 0 de Notenibro de 1818. Livro 46.° foi. 2 0 5 .GUILHERME ÍOSÉ NABUCO DE ARAÚJO, fito» legitimode Manuel Fernandes Nabuco, Cavalleitx» Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 12 de Abril de 1820. Livro 50.° foi. 9 1 .GUILHERME WILLOUGHfiY DE LEMOS, fimo de Antônio de Lemos Pereira de Lacerda, Visconde de Juromenlta, Te- nente General e Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alva- rá de 27 de Junho de 1818. Livro 45.° foi. 8 2 . HBEMETEMO DE BARttOS E VASCONCELLOS, natural de Lisboa, filho de Herculano José de Barros e Vasconceltos, Fidalgo Escudeiro. 0 mesmo foro, por Alvará de 22 de Agosto de Í 8 Í 2 . Livro 21.° foi. 73 verso.
  57. 57. HEHENRIQUE GERALDO. Reposteiro da Gamara do Numero, por Alvará de 30 de Agosto de 1816. Livro 38.° foi. 40 verso.HENRIQUE JOSÉ DE ALVARENGA, natural de Lisboa, fi­ lho de José da Cruz Alvarenga. Reposteiro da Gamara do Numero, por Alvará de 3 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 137 verso.HENRIQUE JOSÉ MARIA DE SOUSA GALHARDO, Porteiro da Câmara de cavallo do Numero. Cavalleiro Fidalgo, por Alvará de 12 de Novembro de 1812. Livro 21.° foi. 162 verso.HENRIQUE DE MELLO COUTINHO DE VILHENA. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 8 de Septembro de 1814. Livro 31.° folr89.HENRIQUE DE OLIVEIRA VELLOSO PEREIRA, filho do Desembargador do Paço Antônio Rodrigues Velloso. Moço Fidalgo, por Alvará de 2 6 de Julho de 1813. Livro 55.° foi. 161.HENRIQUE PINTO DE MESQUITA SARMENTO, Major Com- mandante da reserva de Caçadores no Deposito de infan- teria. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 13 de Agosto de 1818. Livro 52.° foi. 111 verso.HENRIQUE DA SILVEIRA MAYA, filho de Antônio de Oli­ veira Maya, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 9 de Novembro de 1818. Livro 46.° foi. 2 0 4 verso.HENRIQUE TEIXEIRA DE SAMPAIO. Titulo do Conselho, por Carta de 9 de Maio de 1818. Livro 43.° foi. 6 1 .
  58. 58. 1G 53HENRIQUE TEIXEIRA DE SAMPAIO. Barão de Teixeira, por Carta de 9 de Maio de 4818. Livro 44.° foi. 8 9 .HERMENEGILDO DA COSTA CAMPOS, Marechal de Campo reformado. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 3 0 de Mar- ço de 1819. Livro 50.° foi. 2 3 verso.HERMENEGILDO RAYMUNDO DE MESQUITA, natural de Lisboa, filho de Luiz Caetano de Mesquita. Escudeiro Fi- dalgo, por Alvará de 6 de Julho de 1810. Livro 9.° foi. 182 verso.HERMOGENIO JOSÉ DE SIQUEIRA, natural de Lisboa, filho de Hermogenio de Siqueira. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 21 de Julho de 1810. Livro 12.° foi. 59.HILÁRIO JOSÉ FERREIRA CHAVES, ãatfirãl delfsboa, fi- lho de Francisco Ferreira Chaves. Reposteiro: da Câmara do Numero, por Alvará de 2 0 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 117. IIGNACIO DE ANDRADE SOUTO-MAIOR PINTO COELHO, filho de Ignaeio de Andrade Souto-maior Rondon, Fidal- go Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 2 6 de Julho de 1813. Livro 42.° foi. 33.
  59. 59. 54 1GIGNACIO DA COSTA QDTNTELLA, Viòe-AImirante. Titulo do Conselho, por Carta de 2 0 de Junho de 1820. Livro 57.° foi. 144 verso.IGNACIO FRANCISCO DA COSIA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 21 de Novembro de 1821. Livro 63.° foi. 58 verso. .IGNACIO JOÃO DENTO DE AZEVEDO, natural de Lisboa, freguesia de Nossa Senhora da Ajuda, filho de Joaquim José de Azevedo. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 3 de Outubro de 1808. Livro 1.° foi. 93 verso.IGNACIO JOAQUIM DE PAIVA, arargiãô-mór do Bataltâo de infanteria e artilharia do Rio-grande do Sul, por Al- vará de 2 9 de Agosto de 4 8 0 9 . Livro B.° foi. 70.IGNACIO JOSÉ LOURENÇO. Reposteiro da Câmara do Nb- mero, por Alvará de 15 de Septembro de 1820. Uvro 6 0 . ° foi. 93.IGNACIO DE MATTOS TELLES DE MENEZES, filho legiti- mo de Ignaeio de Mattos Telles de Menezes, Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 2 0 de Março de 1820. Livro 57.° foi. 13 verso.IGNACIO PIZARRO DE MORAES SARMENTO,filhode Fran- cisco Homem de Magalhães Quevedo Pizarro, e neto de João de Sousa Cardoso Pizarro, Fidalgo Cavalleiro. O mes- mo foro, por Alvará de 13 de Agosto de 1818. Livro 4 5 ° foi. 78 verso.IGNACIO RATTON, filho de Henrique José Ratton, e neto de Jacome Ratton, Fidalgos Cavalleiros. O mesmo foro, por Alvará de 15 de Julho de 1819. Livro 51.° foi. 37 verso,
  60. 60. IS 55IGNACIO XAVIER DE LEMOS CASTELLO-BRANCO. Titulo de Visconde do Real Agrado, por Carta de 7 de Feverei­ ro de 4816. Livro 35.° foi. 76 verso.IGNACIO XAVIER DA SILVA, Physico-mór da Armada. Me­ dico honorário da Real Câmara, por Alvará de 10 de De­ zembro de 1814. Livro 31.° foi. 5 5 verso.INNOCENCIO RODRIGUES DE AGUIAR. Reposteiro da Câ­ mara do Numero, por Alvará de 18 de Novembro de 1820. Livro 61.° foi 167 verso.ISABEL SELL BEZERRA ( D ) , viuva de Mo Paulo Bezerra, que foi Enviado extraordinário e Ministro pfenipotenciario nas cortes de Haya e S. Petersbourgo; e que também serviu de Presidente do Real Erário. Viscondessa de Ta- guahy em saa vida. por Carta de ft> de Mato de ( 8 4 0 . Livro 5ü.* foK 46tISIDORO DA COSTA E OLIVEIRA, natural da fregaezía de Nossa Senhora da Ajuda, filho de Isidoro da Cesta e Oli­ veira. Reposteiro da Câmara do Numero» por Alvará de 4 (te Mho de 1809. * Livro 4.° foi. 135 verso.ISIDORO DA COSTA E OLIVEIRA. Cavalleiro Fidalga, por Alvará de 27 de Fevereiro de 1813. Livre 24.° foi. 38».ISIDORO JOSÉ FRANCISCO, natural da fregwzía da Ajuda, * patriarchado de Lisboa, filho de Manuel Francisco. Repos­ teiro da Câmara do Numero, por Alvará de 14 de Dezem­ bro de 1808. Livro 1 . ° foi. 188 verso.
  61. 61. JJACINTO DA CÂMARA LEME, naturafdo Funchal, filho de João Francisco da Câmara Leme, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 17 de Agosto de 1809. Livro f>.° foi. 9 verso.JACINTO SOARES DE ALBERGARIA, filho de João Soares de Sousa Ferreira, e neto de Antônio Soares de Sousa Ferreira, Moços Fidalgos. O mesmo foro, por Alvará de 24 de Septembro de 1820. Livro 6 0 > foi. 112.JACOME DE MATTOS TELLES DE MENEZES, filho de Igna- eio de Mattos Telles de Menezes, Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 2 0 de Março de 1820. Livro 57.° foi. 14.JACQUES FILIPPE DE LANDERSET, filho de Joaquim Fi- lippe de Landerset, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 30 de Março de 1819. Livro 49.° foi. 137.JACQUES PLANC. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 2 8 de Junho de 1820. * Livro 59.° foi. 142.JANUÁRIO AGOSTINHO DE ALMFIDA, BarSo de S. José
  62. 62. JO 37 de Portoalegre. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 3 de Janeiro de 1815. Livro 31.° foi. 146.JANUÁRIO MOREIRA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 4 de Dezembro de 1818. Livro 48.° foi. 3 8 verso.JAYME CAETANO ALVARES PEREIRA DE MELLO (D.), irmão do Duque de Cadaval. Honras de Marquez destes reinos, por Carta de 16 de Junho de 1810. Livro 10.° foi. 135 verso.JAYME CAETANO ALVARES PEREIRA DE MELLO CD.). Titulo do Conselho, por Carta de 25 de Junho de 1810. Livro 10.° foi. 153 verso.JERONYMO ALVES DE MOURA, Cirurgião da Família Real. Cirurgião da Câmara, por Alvará de 17 dé Julho de 1812. Livro 22.° foi. 27.JERONYMO PEREIRA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 6 de Fevereiro de 1810. Livro 8.° foi. 142 verso.JERONYMO SODRÉ PEREIRA, filho de Francisco Maria Sodré Pereira, e neto de Francisco Pereira Sodré, Moços Fidalgos. O mesmo foro, por Alvará de 13 de Outubro de 1818. Livro 46.° foi. 144.JOANNA (D.), successora e herdeira da casa de seu irmão o Marquez das Minas D. João Francisco Benedicto de Sou- sa Lencastre e Noronha. Marqueza das Minas, por Carta de 2 5 de Novembro de 1815. Livro 34.° foi. 6 5 .JOANNA DA SILVA TELLO (D.) filha do Marquez de Vagos, 9
  63. 63. JOf, Nuoó ctó Silva Tello, MaPqueaa de Vagos, per Carta de 13 de Abril de 1818. Livro 44.° foi. 9 0 .JOÃO DE ALBUQUERQUE MARANHÃO, filho legitimo de Luiz de Albuquerque Maranhão, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Abril de 4 8 2 1 . Livro 62.° foi. 107 verso.JOÃO D£ ALMEIDA MS IKELLO E CASTRO ( D ) . Titulo de Conde das Gatv&s, por Carta de 2 de Dezembro de 1808. Livro 1.° foi. 176.JOÃO DR ALMEIDA MORAIS. PEÇANHA, filho legitimo de . Aniocúo Mamei de Almeida Mwaes Peçanba, e neto de Antônio José de Almeida Moraes Peçanba, Fidalgos Caval- leiros. O mesmo foro. por Alvará de 23 de Junho de 1820. Q Livro 5 9 . foi 21 versouJOÃO ANTÔNIO COUTINHO, natural de Lisboa, da fregue- zia de Ajuda, filho de José Antônio Coutinho. Reposteiro da Câmara, por Alvará do 31 de Outubro de 1808. Livro i.°«fct t 6 8 verso.JOÃO ANTÔNIO DAMASCENQt Círuçgilo da eútede de Rio de Janeiro. Cirurgião effectivo da Real Câmara, por Al- vará de. 14 de Dezembro, da 1809. Livso, foi. 9 9 .JOÃO ANTÔNIO DAMASCENO, natural do Rio ée Janeiro, filho de Antônio Martins Santiago, Fidalgo CavaUeko, por* Alvará de 14 de Março de 1810. 0 Livro. IO. foi. 26 ve^ao.JOÃO ANTÔNIO DE LEMOS PEREIRA DE LACERDA. Vis- conde de Juromenha, filho do Viscoede do. mesmo titulo Antônio de Lemos Pereira de Lacerda, Moço Fidalgo da minha Casa. O mesmo foro, por Alvará de 27 de Junho (te 1818. Livco 45.° fui. 52.
  64. 64. JO 3srJOÃO ANTÔNIO DE LEMOS PEREIRA DE LACERDA, fiihri do Visconde de Juromenba, Antônio de Lemos Pereira de Lacerda. O mesmo titulo, por Carta de 4 de Julho de 4818. Livro 44.° foi. 193.JOÃO AUGUSTO DE MATTOS TELLES DE MENEZES, filho legitimo de Ignaeio de Mattos Telles de Menezes* Caval- leiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará dé !áO de Março de 1820. Livro 57.° foi. 12 verso.JOÃO BAPTISTA DE AZEVEDO COUTlNHO RAMOS DE MONTAURI, filho de Marco Antônio de Aievedo Coutinho de Montauri, e neto de João Baptista de Azevedo Coutinho de Montauri, Fidalgos Cavalleiros. Moço Fidalgo, poí* Al- vará de 17 de Dezembro de 1847. Livro 44.° foi. 48. 4JOÃO BAPTISTA DE AZEVEDO COUTINHO DE MONTAU- RI, Marechal de Campo, e Ajudante Generaí dos Exerci- tos. Fidalgo Cavalleiro, por lhe pertencer por seu afvò paterno Marco Antônio de Azevedo, lambem Fidalgo Ca- valleiro, e seu bisavó Bartholomeu de Azevedo Coutinho, que também teve o mesmo foro. Alvará de 21 de Outu- bro de 1808. Livro 1.° foi 103 verso. - 1JOÃO BAPTISTA ELYSIO DE SOUSA MONTEIRO, filto dê 1 Antônio José de Sousa, Escudeiro Fidalga com accrèscen- tatnento a Cavalleiro Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 16 de Maio de 4816. Livro 3.° foi. 150.JOÃO BAPTISTA LAMPINI, natural de Mantiia; fllhô dé Já* come Lampini. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 25 de Janeiro de 1810. Livro 7.° foi. 135.
  65. 65. ,«b JO JOÃO BAPTISTA DE SIQUEIRA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 16 de Fevereiro de 1816. Livro 34.° foi. 2 2 0 verso.JOÃO DE BARROS E VASCONCELLOS. natural de Lisboa, filho de Herculano José de Barros e Vasconcellos, Fidalgo Escudeiro. O mesmo foro, por Alvará de 22 de Agosto, de 1812. Livro 22.° foi. 34.JOÃO BORGES PACHECO, filho de José Borges Pacheco, Fi- dalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 15 de De- zembro de 1819. Livro 55.° foi. 32 verso.JOÃO DE BRITO MOUSINHO, Marechal de Campo. Fidal- go Cavalleiro, por Alvará de 8 de Janeiro de 1814. Livro 25.° foi. 150. orJOÃO DE CAMPOS NAVARRO (D. ), Medico da Real Câ- mara. Titulo do Conselho, por Carta de 2 de Abril de 1818. Livro 41.° foi. 192 verso.JOÃO DE CAMPOS NAVARRO, Medico da Real Câmara. Fi- dalgo Cavalleiro, por Alvará de 16 de Abril de 1818. Livro 44.° foi. 66 verso. orJOÃO DE CAMPOS NAVARRO DE ANDRADE (D. ), Lente de Prima da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Medico da Real Câmara, por Alvará de 2 0 de Septembro de 1817. Livro 41.° foi. 5 0 verso.JOÃO CARLOS DE AZEVEDO, natural de Lisboa, freguezia da Ajuda. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 3 de Outu- bro de 1808. Livro 1 . ° foi. 9 4 .JOiO CARLOS DE AZEVEDO, filho do Visconde do Rio-
  66. 66. JO seccOà Barão úo Rio-secco, por Carta de 11 de Maio de 1819.. Livro 50.° foi. 44.JOÃO CARLOS DE BRITO MOUSINHO, filho de Maximia- no de Brito Mousioho, e neto de João de Brito Mousi- nho, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 21 de Março de 1817. Livro 40.° foi. 93 verso.JOÃO CARLOS DA COSTA E OLIVEIRA, natural de Lisboa, filho de Isidoro da Costa e Oliveira. Reposteiro da Câma- ra do Numero, por Alvará de 2 5 de Maio de 1811. Livro 15.° foi. 185 verso.JOÃO CARLOS DA CUNHA GUSMÃO E VASCONCELLOS, filho do Desembargador do Paço Bernardo José da Cunha Gusmão e Vasconcellos. Foro de Moço Fidalgo com ac- crescentamento a Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 14 de Março de 1810. Livro 10.° foi. 5 verso.JOÃO CARLOS FEO CARDOSO, filho de Luiz da Motta Feo, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Septembro de 1812. Livro 21.° foi. 108 verso.JOÃO CARLOS FILIPPE DE LANDERSET, filho de Joaquim Filippe dè Landerset, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 30 de Março de 1819. Livro 49.° foi. 136 verso.JOÃO CARLOS MONTEIRO TORRES. Moço Fidalgo, por Al- vará de 4 de Abril de 1821. Livro 64.° foi. 147.JOÃO CARLOS DA SILVA, natural da freguezia de Nossa Se- nhora da Ajuda de Lisboa, filho de Antônio José Lourenço da Silva. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 11 de Maio de 1811. Livro 16.° foi. 97 verso.
  67. 67. 61 JOJOÃO CARLOS DE SOUSA COUTINHO (D.), filha do falleci- do Conde de Linhares D. Rodrigo de Sousa Coutinho, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 6 de Fevereiro de 1816. Livro 34.° foi. 178.JOÃO CARLOS DE SOUSA COUTINHO, Conselheiro da Fa- zenda. Titulo do Conselho, por Carta de 2 de Abril de 1821. Livro 65.° foi. 144 verso,JOÃO CARLOS XAVIER DA SILVA FERRÃO, Marechal de Campo. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 de Junho de 1819. p Livro 5 i . foi. 2 1 .JOÃO CHRYSOSTOMO. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 2 0 de Março de 1820. Livro 60.° foi. 6 3 .JOÃO COELHO. Reposteiro da Câmara do Numero, por Al- vará de 9 de Julho de 1819. # Livro 5 2 . foi. 19 verso.JOÃO DA> COSTA DE BRITO SANCHES, Governador e Capitão General de Moçambique, Rios de Senna e Sofala. Titulo do Conselho, por Carta de 24 de Maio de 1819. Uvro 50.° foi. 8 6 .JOÃO CYRIACO COELHO. Reposteiro da Câmara do Nume- ro, por Alvará de 5 de Março de 1821. • Livro 62.° foi. 134 verso.JOÃO DE DEUS MENNA BARRETO, Marechal de Campo. Fi- dalgo Cavalleiro, por Alvará de 9 de Julho de 1818. a Livro 4 ô . foi. 7 1 .JOÃO DIAS RIBEIRO CRESPO. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 23 de Junho de 1818. # Livro 4 5 . foi. 54.
  68. 68. v JO 63JOÃO DIOGO DE BÀRROS LEITÃO E CARVALHOS A, Por- teiro-Guarda jóias da Casa Real. Titulo do Conselho, por Carta de 23 de Agosto de 1809. Livro 5.° foi. 14 verso.JOÃO DIOGO DE BARROS LEITÃO E CARVALHOSA, do Real Conselho. Visconde de Santarém, por Alvará de 2 0 de Dezembro de 1811. f Livro 19.° foi. 48.JOÃO DOUTEL DE ALMEIDA, filho legitimo de Antônio Wenceslau Doutel de Almeida, Fidalgo Cavalleiro. O mes- mo foro, por Alvará de 27 de Fevereiro de 1812. Livro 19.° foi. 113 verso.JOÃO FERNANDES CARNEIRO VIANNA, filho de Paulo Fernandes Vianna, do Real Conselho, Desembargador do Paço. Moço Fidalgo, por Alvará de 7 de Agosto de *819. Livro 30.° foi. 140.JOÃO DA FONSECA COUTINHO, filho de Luiz Freire da Fonseca Coutinho, Desembargador do Paço, e Fidalgo Ca- valleiro. Moço Fidalgo, por Alvará de 15 de Julho de 1819. Livro 51.° foi. 37 verso.JOÃO FREDERICO CALDWELL* fllbo do Teneote General Frederico Caídweli. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 2 3 de Abril de 1819. Livro 49.° foi. 68 verso.JOÃO DE FREITAS CORRÊA, filho legitimo de Nuno de Freitas.da Silva, Fidalgo Cavalleiro. Q mesmo foro» por Alvará de 10 de Outubro de 1820. Livro 6 í . ° foi. 84 verso.JOÃO GOMES DA SILVA TELLES* natural de Lisboa, filho do Marquez de Penalva, Fernando Telles da Silva, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará de 18 de Novembro de 1814. Livro 31.° foi- 8.
  69. 69. 64 JOJOÃO HENRIQUES DE PAIVA. Medico da Real Câmara, por Alvará de 30 de Seplembro de 1820. ^ivro 61.° foi. 69.JOÃO HUET DE BACELLAR PINTO GUEDES DE SOUTO- MAIOR, filho de Duarte Cláudio Buet de Racellar Souto- maior, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 26 de Abril de 1815. Livro 33.° foi 50.JOÃO IGNACIO FRANCISCO DE PAULA DE NORONHA, filho do Conde de Paratyi Titulo de Conde de Paraty em sua vida, por Carta de 2 0 de Outubro de 1820. Livro 60.° foi. 127.JOÃO JOSÉ DE ALMEIDA VALLE MEXIA, filho de Diogo Cardoso de Almeida Valle Mexia. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 5 de Outubro de 1815. Livro 32.° foi. 2 0 6 .JOÃO JOSÉ MASCARENHAS DE AZEVEDO SILVA, Des- embargador, Vereador da Câmara do Senado. Titulo do Conselho, por Carta de 31 de Março de 1821. Livro 65.° foi. 23 verso.JOÃO JOSÉ DE OLIVEIRA TAVARES. Reposteiro da Câma- ra do Numero, por Alvará de 8 de Janeiro de 1818. Livro 42.° foi 99 verso.JOÃO JOSÉ PEREIRA. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 15 de Outubro de 1813. Livro 25.° foi. 75 verso.JOÃO JOSÉ REBELLO DE ANDRADE, filho de José Antô- nio Rebello de Andrade. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 9 de Janeiro de 1815. Livro 30.° foi. 140.JOÃO JOSÉ SABINO DE ASSIS, natural de Lisboa, filho de
  70. 70. JO «5 João Antônio. Reposteiro da Camâra do Numero, por Al» w á de 4 de Jraho de 1814. Livro 28.° foi. 8 1 .JOÃO JOSÉ VAZ DE CASTILHO, natural de Casteile-bran- co, filho de Manoel Vaz Nanes Preto Tudella, Fidalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 8 de Julho de 1813. Livro 35.° foi. 192 verso.JOÃO JOSÉ DA VEIGA, filho de José Antônio da Veiga, Fi- dalgo Cavalleiro. O mesmo foro, por Alvará de 10 de Ou- tubro de 1816. Livro 38.° foi. 108 verso.JOÃO DE LENCASTRE (D.), filho D. de Antônio Coutinho de Lencastre, Moço Fidalgo. O mesmo foro, por Alvará do 1.° de Outubro de 1813. Livro 26.° foi. 162 verso.JOÃO LOURENÇO DE ANDRADE. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 22 de Julho de 1815. Livro 42.° foi. 71 verso.JOÃO MANUEL DA SILVA, Governador e Capi&o General de Moçambique, etc. etc. Titulo do Gonselbo, por Carta de 31 de Março de 1821. Livro 65.° foi. 4 1 .JOÃO MARIA COUTINHO PEREIRA DE SEAÜRA, filho do Viscpnde da Bahia Manuel Maria Coutinho de Seabra Sou- sa. O titulo de Visconde da Bahia, por Carta de 30 de Junho de 1819. Livro 49.° foi. 170.JOÃO MARIA DO REGO BOTELHO E FARIA, natural da cidade de Ponta-delgada da ilha de S. Miguel, filho de Diogo José do Rego Botelho, Fidalgo Cavalleiro. 0 mes- mo foro, por Alvará de 27 de Fevereiro de 1813. Livro 24.* foi. 3 3 verso. 10
  71. 71. 66 JOJOÃO MART1NHO DE AZEVEDO COUTINHO DE MONTAU- RY, natural de Lisboa, filho de João Baptista de Azevedo Coutinho de Montaury, Marechal de Campo e Ajudante General dos Exércitos. Moço da Câmara, por Alvará de 2 3 de Septembro de 1808. Livro 1.° foi. 87 verso.JOÃO MART1NHO DE AZEVEDO COUTINHO DE MONTAU- RY, natural de Lisboa, filho do Marechal de Campo João Baptista de Azevedo Coutinho de Montaury, e neto do Ministro e Secretario de Estado Marco Antônio de Azeve- do. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de U de Novembro de 1808. Livro 1.° foi. 141.N: B. Por Apostilla de 3 de Outubro de 181è se declarou não ser João Martinho neto, mas sim bisneto de Marco Antônio.JOÃO MATHIAS DA SILVA. Reposteiro da Câmara do Nu- mero, por Alvará de 4 de Julho de 1821. Livro 65.° foi. 191 verso.JOÃO MATHIAS DE SOUSA LOBATO BARRUNCHO, filho de Matbias Antônio de Sousa Lobato. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 12 de Novembro de 1812. • Livro 21.° foi. 162.JOÃO DE MATTOS VASCONCELLOS BARBOSA DE MA-. GALHÃES,* Desembargador do Paço. Fidalgo Cayalleiro, por Alvará de 13 de Fevereiro de 1817. Livro 40.° foi. 41 verso.JOÃO DE MATTOS VASCONCELLOS BARBOSA DE MA- or GALHÃES (D. ). Titulo do Conselho, por Capta de 4 de Fevereiro de 1813. Livro 24.° foi. 2 verso.JOÃO MONTEIRO DE CARVALHO, natural do Porto, filho
  72. 72. JO 67 legitimo de Joio Monteiro de Carvalho, Fidalgo da minha casa. Fidalgo Cavalleiro, por Alvará de 13 de Novembro de 1809. Livro 8.° foi. 8 5 verso.JOÃO PÃES DE FARIA PEREIRA, filho de Joio Paes do Amaral e Menezes, e neto deSimáo José de Faria Pereira, Fidalgo Cavalleiro. Moço Fidalgo, por Alvará de 2 8 de Abril de 1819. Livro 49.° foi. 8 4 .JOÃO DE PAIVA REIS. Cirurgião effectivo da Real Câmara, por Carta de I I de Janeiro de 1810. Livro 10.° foi. 19 verso.JOÃO PAULINO DE CARVALHO. Porteiro da Câmara do cavallo do Numero, por Alvará de 15 de Julho de 1819. Livro 52.° foi. 33.JOÃO PEDRO DE ALCÂNTARA. Porteiro da Câmara de ca- vallo, por Alvará de 11 de Novembro de 1808. Livro 1.° foi. 135.JOÃO PEDRO CARDOSO CRISPIM, filho de Antônio Pedro Cardoso. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 4 de Novembro de 1817. Livro 52.° foi 67. rJOÃO PEDRO FRE1X0 DE MIRANDA (D.* ), Monsenhor da Santa Egreja Patriarchal. Titulo do Conselho, por Carta de 24 de Maio de 1819.1 Livro 50.° foi. 5 6 verso.JOxVO PEDRO MONTEIRO, natural de Lisboa, filho de João Estanislau Monteiro. Reposteiro da Câmara do Numero, por Alvará de 17 de Julho de 1810. * Livro 12.° foi. 39 verso.JOÃO PEREIRA FORJAZ SARMENTO DE LACERDA, filho

×